Você está na página 1de 7

BOMBEAMENTO EM AQFEROS Escoamento permanente radial (nodal) em direo a um poo Bombeamento em um Aqfero Confinado: Uma situao comum na qual

o escoamento radial encontrado o caso de um escoamento na direo a um poo de bombeamento. A gua entra no poo atravs de uma seo perfurada do poo quando esta seo se estende por toda a espessura b do aqfero confinado. Neste caso o poo denominado de totalmente penetrante.

No caso de escoamento radial permanente em um aqfero confinado, a equao de Laplace, em coordenadas cilndricas que rege o problema a seguinte:
2h = 2 h 1 h 1 2 h 2 h + + =0 + r 2 r r r 2 2 z 2

(1)

No entanto, a equao (1) pode ser simplificada atravs da suposio de Dupuit:


2h =0 z 2

(2)

e como o escoamento geralmente simtrico em relao a :


2h =0 2

(3)

Portanto, a equao (1) se reduz a:


2 h 1 h =0 + r 2 r r

(4)

Se considerarmos =

h , teremos: r 1 + =0 r r
(5)

Ou

Ou

dr r

(6) (7)

ln = ln r + C1

=
Mas,

C1 r

(8)

=
Assim,

dh dr

(9)

C dh C1 = dh = 1 dr dr r r h = C1 ln r + C 2

(10)

Usando agora as condies de contorno: h = hw quando r = rw E h = ho quando r = re h = ho

(ho hw ) r ln rw re ln re

(11)

A vazo em direo ao poo dada por: Q = kA


ho

dh dh = k (2rb) dr dr
r

(12) (13)

Q e dr = dh 2kb r r h
w w

ho hw =
Ou

re Q ln 2kb rw
ho hw re ln r w

(14)

Q = 2kb

(15)

Se ns definirmos o rebaixamento como s = ho h e sendo T = kb Ento:


s w = ho hw = Q re ln 2T rw

(16)

Portanto: s = ho h = Da equao (15), ns temos: Q re ln 2T r (17)

h hw ho hw Q Q o = = 2kb re 2kb rw ln ln r r e w Substituindo-se este resultado na equao (11) teremos:

(18)

h = ho +

Q r ln 2kb re Q r ln 2kb re

(19) (20)

ho h =

Em termos de rebaixamento s = ho h
s= r Q ln e 2kb r r Q ln e 2s r

(21)

De onde ns podemos calcular a transmissividade, T = kb , do aqfero confinado:


T=

(22)

Esta a conhecida Equao de Thiem Exemplo: O bombeamento em um aqfero confinado atingiu o regime permanente e os valores do nvel dgua medidos foram os segundo a tabela abaixo. O potencial hidrulico inicial de 96,52 m. Distncia do Nvel dgua Rebaixamento poo (m) 4,6 10,4 19,8 34,5 65,8 91,8 (m) 95,14 95,58 95,88 96,14 96,36 96,43 (m) 1,38 0,94 0,64 0,37 0,16 0,09

Calcule a transmissividade mdia do aqfero se a vazo de 0,0312 m3/s.

Soluo: Se ns plotarmos os s x logr, em um papel semi-logartmo.

Note que o grfico uma reta. De fato, consideramos a equao de Thiem.

ln

re r 2,303 log e r = r = 2T = constante s s Q


2,303Q(log r1 log r2 ) 2 (s 2 s1 )

Portanto, considerando dois pontos ao longo da reta.


T=

No caso:

T=

2,303(0,0312 ) 2 (1,22)

T = 0,0094m 2 / s

Bombeamento em um Aqfero no confinado (livre)

q=k
E utilizando a suposio de Dupuit:

dh dr dh dh = kr 2h dr dr
r

Q = qA = k 2rh
ho

Q e dr 2 = hdh k r h r
2

ho h 2 =

Q re ln k r

Em termos do rebaixamento s = ho h ou h = ho s
ho (ho s ) 2 =
2 2 2

Q re ln k r Q re ln k r

ho ho + 2ho s s 2 =

s2 2ho s 2ho
kho =

Q re = k ln r
ln re r

Q s2 s 2 2ho

s2 Observe que se ns definirmos s= s 2ho


corrigido e

como um rebaixamento, s ,

T = kho como uma transmissividade para um aqfero livre,

chegaremos equao de Thiem.


T= r Q ln e 2s r