Você está na página 1de 1

162 – São Paulo, 123 (179)

Diário Oficial Poder Executivo - Seção I

sábado, 21 de setembro de 2013

V - ter coordenado projetos de Núcleo de Ensino ou Progra-

ma de Educação Tutorial (PET);

VI - ter coordenado projetos de extensão universitária

credenciados em IES;

VII - ter participado, como membro titular, de atividades

administrativas ou de gestão acadêmica em pelo menos 2 (dois) órgãos colegiados da Universidade;

VIII - ter produzido material didático, demonstrativo,

impresso ou por mídia eletrônica de comprovada qualidade editorial, que não os já apresentados no inciso III;

IX - ter participado de Programa de Pós-Graduação lato

sensu ou Programa de Residência;

X - ter orientado 6 (seis) alunos de graduação, sendo pelo

menos 3 (três) com Bolsa de Iniciação Científica de Agência

de Fomento, ou Bolsa de Núcleo de Ensino, ou Bolsa de Apoio Acadêmico e Extensão II;

XI - ter participado de pelo menos 10 (dez) congressos cien-

tíficos, com apresentação de trabalho em cada um;

XII - ter realizado estágio de pós-doutoramento que totalize,

pelo menos, 5 (cinco) meses;

XIII - ter recebido Bolsa de Produtividade do CNPq;

XIV - ter coordenado Curso de Graduação e/ou de Pós-

Graduação stricto sensu;

XV - ter coordenado Projeto Temático ou similar;

XVI - ter obtido auxílio individual para pelo menos uma

das seguintes finalidades: participação em congresso, realização de evento científico, publicação de texto, obtenção de bolsa de estudo, própria ou para orientados de Pós-Graduação stricto sensu e supervisão de Pós-Doutoramento, excetuando-se as previstas no inciso XIII, e despesas com professor visitante;

§ 1o Os incisos de I a IV serão compulsórios, sendo que o

candidato em cuja Unidade não exista Curso de Pós-Graduação stricto sensu recomendado pela Capes, Mestrado ou Doutorado, em sua área de atuação, deverá ter no mínimo:

a) 15 (quinze) publicações científicas ou obras artísticas;

b) 2 (dois) projetos de pesquisa financiados por agência de

fomento externa à Unesp;

c) orientado 10 (dez) alunos de iniciação científica com

bolsa concedida por órgão de fomento ou da Unesp.

§ 2o Dos incisos V ao XVI, o candidato deverá comprovar atividades em pelo menos 5 (cinco) deles.

1.2. No ato da inscrição, além dos itens acima, o candidato

deverá apresentar:

1.2.1. Requerimento dirigido ao Diretor da Faculdade de

Ciências e Letras de Assis, indicando nome completo, data de nascimento, naturalidade, estado civil, domicílio, profissão e número da Cédula de Identidade;

1.2.2. Fotocópia do Título de Eleitor e/ou prova de estar em

dia com as obrigações eleitorais;

1.2.3. Prova de quitação com o serviço militar para o candi-

dato do sexo masculino;

1.2.4. Dez (10) exemplares de Memorial circunstanciado,

devidamente comprovado, contendo informações que permitam

a avaliação do mérito do candidato, principalmente quanto às

atividades relacionadas com a disciplina em concurso, elaborado de modo que resultem nítidas e separadas as atividades desen- volvidas pelo candidato antes e após o doutoramento;

1.2.5. Dez (10) exemplares de Tese original e inédita ou

texto que sistematize criticamente a obra do candidato ou parte

dela, elaborados após o doutoramento e por ele apresentado de forma ordenada e crítica de modo a evidenciar a originalidade de sua contribuição nos campos da Ciência, das Artes ou das

Humanidades;

1.2.6. Comprovante de recolhimento da taxa de inscrição, a

ser efetuado junto à Seção de Finanças desta Faculdade.

1.3. Caberá à Congregação da Unidade deliberar sobre o

cumprimento das exigências no ato da homologação das inscri-

ções dos candidatos. 2. - DAS PROVAS:

Do concurso para obtenção do título de Livre-Docente

constarão as seguintes provas:

2.1. Julgamento de memorial circunstanciado, contendo

informações que permitam a avaliação do mérito acadêmico

do candidato, principalmente quanto às atividades relacionadas com a disciplina ou conjunto de disciplinas em concurso, de conformidade com a Portaria n° 068/2001-D, alterada pela Portaria n° 169/2003-D;

2.2. Defesa de tese original e inédita ou de texto que

sistematize criticamente a obra do candidato ou parte dela, elaboradas após o doutoramento e por ele apresentado de

forma ordenada e crítica, de modo a evidenciar a originalidade de sua contribuição nos campos da ciência, das artes ou das

humanidades;

2.3. Prova didática que será pública e terá a forma de

aula, com duração de, no mínimo, 50(cinqüenta) e no máximo 60(sessenta) minutos, cujo ponto será sorteado com 24 (vinte e quatro horas) de antecedência, de uma lista de 10(dez) pontos

organizada pela Comissão Examinadora a partir do programa do concurso; a. - Prova escrita, que versará sobre ponto sorteado de uma

lista de 10(dez) pontos organizada pela Comissão Examinadora,

a partir do programa do concurso, terá a duração de 5(cinco)

horas, podendo uma hora ser destinada à consulta de material e

organização de roteiro e as 4(quatro) horas restantes destinadas

à redação.

§ 1o Concluída a prova escrita, o candidato procederá à

leitura do texto em sessão pública perante a Comissão Orga- nizadora.

§ 2o A critério da Comissão Organizadora poderá ser

elaborada lista única de10 (dez) pontos para as provas didática

e escrita e, nesse caso, os pontos sorteados em cada prova deverão ser necessariamente distintos. 3. DA AVALIAÇÃO:

3.1. Na avaliação dos candidatos será adotado o critério de

notas de 0(zero) a 10(dez) em todas as provas.

3.2. As provas de julgamento do memorial e de defesa

de tese ou de texto que sistematize criticamente a obra do

candidato, ou parte dela, terão peso 2 (dois) e as demais provas peso (1) um.

3.3. Serão considerados aprovados os candidatos que obti-

verem média final igual ou superior a 7 (sete) com, pelo menos,

3 (três) examinadores, de acordo com o inciso VI do Artigo 128 do Regimento Geral da Unesp.

3.4. A aprovação não implica o aproveitamento obrigatório

do candidato como docente da Unidade onde for realizado o Concurso de Livre-Docente.

3.5. O concurso obedecerá às disposições contidas na Reso-

lução UNESP 27, de 15-04-2009.

- Na Seção de Comunicações, nos dias e horários acima

mencionados, os interessados poderão obter quaisquer informa- ções a respeito do assunto, o programa da disciplina objeto do

concurso, bem como cópia da Portaria n° 123/2010-D.

CAMPUS DE BOTUCATU Faculdade de Medicina

FACULDADE DE MEDICINA Edital nº 148-2013-STDARH

- Classificação Final

- A Diretora da Faculdade de Medicina do Campus de

Botucatu, torna público a classificação final do concurso público

para contratação de 01 (um) Professor Substituto, na disciplina de Endocrinologia Pediátrica, conforme segue:

Nome do Candidato – RG – Média Final - Classificação

Gil Kruppa Vieira – 24.388.095-9 – 10 – 1º

Em razão em ser o único candidato inscrito e aprovado, desnecessário se faz o lapso de tempo de 02 (dois) dias úteis para interposição de recurso. (Proc. 2703/2013). FACULDADE DE MEDICINA Despacho da Diretora da FM de 17-9-2013

Homologando, Ad Referendum da Congregação o concurso público para contratação de 1 (um) Professor Substituto, no regime jurídico da CLT e Legislação Complementar, em 24 horas semanais de trabalho, na disciplina de Neuropediatria, junto ao Departamento de Neurologia, Psicologia e Psiquiatria da Faculdade de Medicina do Campus de Botucatu. (Proc. nº

2693/2013-FM).

Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia

Universidade Estadual Paulista Campus de Botucatu Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia HOMOLOGANDO “ad referendum”, o Concurso Público para provimento mediante contratação de 01(um) Professor Substituto junto ao Departamento de Higiene Veterinária e

Saúde Pública no conjunto de disciplinas: “Inspeção Sanitária de Alimentos de Origem Animal” e “Higiene e Legislação de

Alimentos”

(Processo 0755-2013-FMVZ)

CAMPUS DE FRANCA Faculdade de Ciências Humanas e Sociais

Edital -119-2013 - STDARH-CF - RESULTADO DAS PROVAS

O Diretor da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais do

Câmpus de Franca torna público o resultado das provas obtido no Concurso Público para contratação de um Professor Subs- tituto, com titulação mínima de Mestre, Ref. MS-2, em caráter emergencial, para atender excepcional interesse público, no período relativo ao 2º semestre letivo de 2013, em jornada de 12

horas semanais de trabalho, sob regime jurídico da CLT e LC no conjunto de disciplinas "Serviço Social : Organização e Gestão Social do Trabalho Profissional I e II", junto ao Departamento de Serviço Social da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais do Câmpus de Franca, (objeto do Edital de Abertura de Inscrições 103-2013-STDARH-CF, publicado no D.O. de 30-8-2013- Poder Executivo - Seção I- pág. 169/170), realizado nos dias 18 e 19-9- 2013, cabendo recurso sob os aspectos legal e formal, no prazo de 2 dias úteis, contados a partir do primeiro dia subsequente

à data da publicação deste Edital no Diário Oficial do Estado

de São Paulo, a saber: Candidata habilitada: TAIS PEREIRA DE FREITAS, RG. 32.375.546-X-SSP/SP - Prova de Títulos - Peso 2 - Titulação Acadêmica (peso 2)= 16,00; Experiência Profissional (peso 1) = 7,00; Atividades Acadêmico- Científicas (peso 1) = 10,00 - Média (peso 2)= 16,50, Prova Didática - Peso 1 = 10,00, Média Final = 8,83 (oito inteiros e oitenta e três centésimos); Candidata inabilitada: RG. 20.349.324-2-SSP/SP Prova de Títu- los - Peso 2 - Titulação Acadêmica (peso 2)= 16,00; Experiência Profissional (peso 1) = 0,00; Atividades Acadêmico- Científicas (peso 1) = 5,75 - Média (peso 2)= 10,88, Prova Didática - Peso 1 = 8,00, Média Final = 6,29 (seis inteiros e vinte e nove centésimos)-Proc. 1079-2013-CF.

CAMPUS DE GUARATINGUETÁ Faculdade de Engenharia

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES nº 160/2013-CTIG/

FEG

O Diretor da Faculdade de Engenharia do Campus de Gua-

ratinguetá, por meio da comissão especialmente indicada pelo Conselho Deliberativo do Colégio Técnico Industrial de Guaratin-

guetá, torna pública a ABERTURA DE INSCRIÇÕES ao CONCUR- SO PÚBLICO para a constituição do Cadastro de Docentes do Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá “Professor Carlos

Augusto Patrício Amorim”, objetivando a admissão, em caráter temporário, para ministrar aulas que surgirem disponíveis (livres ou em substituição), durante o ano letivo de 2014, nos com- ponentes curriculares ou grupos de componentes curriculares abaixo discriminados. I – Das Funções 1. O docente habilitado no Concurso Público, quando da necessidade, será admitido para exercer a função de Docente de Ensino Médio I ou Docente de Ensino Médio II (DEM-I ou DEM- II), de acordo com sua titulação, conforme segue:

1.1 Docente de Ensino Médio II

a) Ser portador de Licenciatura Plena na área objeto do

Concurso Público e no correspondente componente curricular;

b) Ser portador de curso de graduação plena na área objeto

do Concurso Público e possuir curso de graduação em Pedagogia ou curso do programa especial de formação pedagógica, nos ter- mos previstos pelo Conselho Nacional de Educação, Resolução nº 02, de 26/06/97, ou na forma prevista pela Portaria Ministerial

MEC nº 432, de 19/07/71, Esquema I, ou, ainda;

c) Ser Portador de curso de bacharelado, fora da área de

atuação, porém com curso de pós-graduação na área de atuação

e possuir curso de graduação em Pedagogia ou curso do progra-

ma especial de formação pedagógica, nos termos previstos pelo Conselho Nacional de Educação, Resolução nº 02, de 26/06/97,

ou na forma prevista pela Portaria Ministerial MEC nº 432, de 19/07/71, Esquema I.

1.2 Docente de Ensino Médio I

a) - Ser portador de curso de graduação plena em curso

superior na área profissional afim;

b) - Ser portador de curso de graduação em curso superior

de cujo currículo conste duração mínima de 160 horas em com-

ponentes curriculares afins à área pretendida;

c) - Ser portador de curso de graduação em curso técnico de

nível superior de curta duração relacionado com o componente curricular a atender;

d) - Estar regularmente matriculado em curso superior de

graduação relacionada com a habilitação profissional a atender

e ter cursado, no mínimo, 160 horas em componentes curricula- res afins à área pretendida, ou, ainda;

e) - Ser Técnico de Nível Médio na área de atuação.

2. O Concurso Público destina-se à constituição do Cadastro de Docentes dos componentes curriculares ou grupo de compo- nentes curriculares a seguir especificados:

Item - Componente Curricular/Grupo de Componentes

Curriculares

1 - Língua Portuguesa e Literatura

2 - História

3 - Geografia

4 - Física

5 - Química

6 - Matemática

7 - Biologia

8 - Artes

9 - Educação Física

10 - Inglês e Inglês Técnico

11 - Organização Industrial; Gestão de Negócios

12 - Informática Aplicada; Linguagem de Programação;

Lógica de Programação; Técnica de Programação; Sistemas

Operacionais

13 - Resistência dos Materiais; Elementos Orgânicos de

Máquinas

14 - Circuitos Eletrônicos; Laboratório de Circuitos Eletrôni-

cos; Projetos Eletrônicos

15 - Comandos Hidráulicos e Pneumáticos

16 - Geração, Transmissão e Distribuição de Energia; Con-

servação de Energia

17 - Tecnologia Mecânica; Tecnologia dos Materiais, Máqui-

nas e Ferramentas

18 - Prática Profissional; Metrologia

19 - Eletricidade Básica; Laboratório de Eletricidade Básica;

Eletrônica Básica; Laboratório de Eletrônica Básica

20 - Microprocessadores e Laboratório de Microprocessa-

dores; Microcontroladores e Laboratório de Microcontroladores 21 - Automação Industrial; Laboratório de Automação

Industrial

22

- Desenho Técnico; Desenho Técnico Mecânico; Desenho

outras licenciaturas plenas, ou equivalentes, com habilitação em Biologia

Assistido por Computador; Projetos Mecânicos de Máquinas,

Ferramentas e Dispositivos

 

7.3

Graduação em curso superior de cujo currículo conste

23

- Telecomunicações; Laboratório de Telecomunicações;

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares

Teleprocessamento de Sinais

afins à área pretendida;

24

- Robótica; Sistema de Manufatura Flexível

 

7.4

Matrícula regular em curso superior de graduação rela-

25

- Redes de Computadores; Manutenção de Computa-

cionada com a habilitação profissional a atender e ter cursado, no mínimo, 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida;

dores

26

- Eletrotécnica; Laboratório de Eletrotécnica; Análise e

Medidas, Comandos Elétricos; Projetos Elétricos

 

8.

ARTES

27

- Sistemas Digitais; Laboratório de Sistemas Digitais

8.1.

Licenciado: ser portador de licenciatura plena em

28

- Eletrônica Industrial; Laboratório de Eletrônica Indus-

Educação Artística; 8.2. Graduado (Bacharel): ter concluído a graduação supe- rior em Educação Artística; ou ser portador de outras licencia- turas plenas, ou equivalentes, com habilitação em Educação Artística;

trial

29

- Máquinas Elétricas; Laboratório de Máquinas Elétricas

30

- Ensaios Mecânicos e Metalográficos; Mecânica Geral

31

- Produção Mecânica

32

- Instrumentação e Controle de Processo; Laboratório de

 

8.3

Graduação em curso superior de cujo currículo conste

Instrumentação e Controle de Processo

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares

33 - Língua Espanhola

afins à área pretendida;

34 - Ética e Cidadania, Sociologia e Filosofia

 

8.4

Matrícula regular em curso superior de graduação rela-

3.

Ao docente admitido em caráter temporário será atribuí-

cionada com a habilitação profissional a atender e ter cursado, no mínimo, 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida;

da carga horária sob o título de hora-aula excedente

3.1.

A jornada semanal de trabalho é constituída de horas-

aula, horas-atividade e horas-atividade específica.

 

9.

EDUCAÇÃO FÍSICA

 

3.1.1.

O tempo destinado às horas-atividade corresponde a

9.1.

Licenciado: ser portador de licenciatura plena em

20% da jornada semanal de trabalho e o docente dele disporá em horário e local de sua livre escolha.

Educação Física; ser portador de outras licenciaturas plenas, ou equivalentes, com habilitação em Educação Física;

 

3.1.2.

O tempo destinado às horas-atividade específica cor-

9.2. Graduado (Bacharel): ter concluído a graduação supe- rior em Educação Física ou ser portador de outras licenciaturas plenas, ou equivalentes, com habilitação em Educação Física;

responde a até 20% da jornada semanal de trabalho e o docente dele disporá no local de trabalho.

3.2.

O padrão inicial para a função de DEM-I é 9-A, cujo

 

9.3

Graduação em curso superior de cujo currículo conste

valor da hora-aula, referente ao mês de setembro/2013, é R$

16,78 (dezesseis reais, setenta e oito centavos). O padrão inicial para a função de DEM-II é 11-A, cujo valor da hora-aula é R$ 18,50 (dezoito reais, cinquenta e cinco centavos).

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida; ou

Matrícula regular em curso superior de graduação rela-

cionada com a habilitação profissional a atender e ter cursado, no mínimo, 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida;

9.4

O salário será fixado pelo total de horas aula exce-

dentes a ser atribuída ao docente admitido, acrescentando-se as horas-atividade e as horas-atividade específica. II – Dos Requisitos de Titulação

3.2.1.

 

10.

INGLÊS; INGLÊS TÉCNICO

10.1.

Licenciado: ser portador de licenciatura plena em

1.

LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA

Letras, com habilitação em Inglês;

1.1.

Licenciado: ser portador de licenciatura plena em

 

10.2.

Graduado (Bacharel): ter concluído a graduação

Letras, com habilitação em Português;

superior em Letras, com habilitação em Inglês; Secretariado

1.2.

Graduado (Bacharel): ter concluído a graduação supe-

Executivo, com habilitação em Inglês;

rior em Letras, com habilitação em Português; ser portador de outras licenciaturas plenas, ou equivalentes, com habilitação em Português;

 

10.3

Graduação em curso superior de cujo currículo conste

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida; ou

1.3

Graduação em curso superior de cujo currículo conste

 

10.4

Matrícula regular em curso superior de graduação

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida; ou

relacionada com a habilitação profissional a atender e ter cur- sado, no mínimo, 160 horas em componentes curriculares afins

1.4

Matrícula regular em curso superior de graduação rela-

à

área pretendida;

cionada com a habilitação profissional a atender e ter cursado, no mínimo, 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida;

 

11.

ORGANIZAÇÃO INDUSTRIAL; GESTÃO DE NEGÓCIOS.

11.1

Licenciado: ser portador de diploma de graduação

superior em uma das habilitações relacionadas no subitem 11.2

2.

HISTÓRIA

possuir Certificado equivalente ao da licenciatura plena, obtido por meio de cursos regulares de programas especiais, nos termos previstos pelo Conselho Nacional de Educação, na Resolução nº 02, de 26 de junho de 1997, ou na forma prevista pela Portaria

e

2.1.

Licenciado: ser portador de licenciatura plena em His-

tória; ser portador de licenciatura plena em Estudos Sociais, com

habilitação em História;

Graduado (Bacharel): ter concluído a graduação supe-

rior em História: ser portador de graduação em Estudos Sociais, com habilitação em História; ser portador de licenciatura plena em Filosofia, ser portador de outras licenciaturas plenas, ou equivalentes, com habilitação em História;

2.2.

Ministerial MEC nº 432, de 19.07.71, Esquema I. Ser portador de diploma de curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio em Administração, com Esquema II.

Graduado (Bacharel ou Tecnólogo): ser portador de

diploma de graduação superior em Administração (qualquer modalidade); Administração de Sistemas de Informação; Ciên- cias Administrativas; Ciências Contábeis; Ciências Econômicas/

Economia; Ciências Gerenciais e Orçamentos Contábeis; Ciên- cias Jurídicas; Ciências Jurídicas e Sociais; Direito; Engenharia de Produção (qualquer modalidade); Sistemas de Informação/ Análise de Sistemas). Ser portador de diploma de curso superior de Tecnologia - modalidade Tecnólogo Executivo; Tecnologia em Gestão de Logística; Tecnologia em Informática – Ênfase Industrial; Tecnologia em Informática - Modalidade de Gestão de Produção Industrial; Tecnologia em Informática - Modalidade de Gestão Financeira; Tecnologia em Logística (qualquer modalida- de); Tecnologia em Planejamento Administrativo e Programação Econômica; Tecnologia em Produção - Ênfase Industrial.

11.2

Graduação em curso superior de cujo currículo conste

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida; ou

2.3

2.4

Matrícula regular em curso superior de graduação rela-

cionada com a habilitação profissional a atender e ter cursado,

no mínimo, 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida;

3.

GEOGRAFIA

3.1.

Licenciado: ser portador de licenciatura plena em Geo-

grafia; ser portador de licenciatura plena em Ciências Sociais, com habilitação em Geografia;

Graduado (Bacharel): ter concluído a graduação supe-

rior em Geografia: ser portador de graduação em Ciências Sociais, com habilitação em Geografia; ser portador de outras

3.2.

 

11.3

Graduado: em curso superior de cujo currículo conste

licenciaturas plenas, ou equivalentes, com habilitação em Geografia

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares relacionados com o subitem 11.2;

3.3

Graduação em curso superior de cujo currículo conste

 

11.4

Graduado: ser portador de curso técnico de nível

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida; ou

superior de curta duração em Administração de Empresas e de Produção;

3.4

Matrícula regular em curso superior de graduação rela-

 

11.5

Matriculado regularmente em curso superior de gradu-

cionada com a habilitação profissional a atender e ter cursado, no mínimo, 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida;

ação com a habilitação profissional a atender e ter cursado, no

mínimo, 160 horas em componentes curriculares afins relaciona- dos com o subitem 11.2, ou;

4.

FÍSICA

 

11.6

Técnico: ter concluído o curso Técnico de Nível Médio

4.1.

Licenciado: ser portador de licenciatura plena em Física;

em Administração; Produção.

ser portador de licenciatura plena em Ciências, com habilitação em Física;

INFORMÁTICA APLICADA; LINGUAGEM DE PROGRA-

MAÇÃO; LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO; TÉCNICAS DE PROGRA- MAÇÃO; SISTEMAS OPERACIONAIS.

12.

4.2.

Graduado (Bacharel): ter concluído a graduação supe-

rior em Física; ser portador de outras licenciaturas plenas, ou

 

12.1

Licenciado: ser portador de graduação superior em

equivalentes, com habilitação em Física

um dos cursos relacionados no subitem 12.2 e do certificado obtido em cursos regulares de programas especiais, nos termos previstos pelo Conselho Nacional de Educação, Resolução nº 02, de 26/06/97, ou na forma prevista pela Portaria Ministerial

4.3

Graduação em curso superior de cujo currículo conste

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares

afins à área pretendida; ou

4.4

Matrícula regular em curso superior de graduação rela-

MEC nº 432, de 19/07/71, Esquema I, ou ser portador de curso Técnico de Nível Médio conforme relacionado no subitem 12.6 com Esquema II;

cionada com a habilitação profissional a atender e ter cursado, no mínimo, 160 horas em componentes curriculares afins à área

pretendida;

 

12.2.

Graduado: ser portador de graduação superior em

5.

QUÍMICA

Informática (Processamento de Dados); Engenharia da Compu- tação; Análise de Sistemas; Ciência da Computação; Bacharel

5.1.

Licenciado: ser portador de licenciatura plena em Quí-

mica; ser portador de licenciatura plena em Ciências, com habili-

em Computação; Computação Científica; Engenharia da Com- putação;

tação em Química; ser portador de licenciatura plena em Física;

5.2.

Graduado (Bacharel): ter concluído a graduação supe-

 

12.3

Graduado em curso superior de cujo currículo conste

rior em Química ou Física; Engenharia Química; Engenharia

Química Industrial ser portador de outras licenciaturas plenas, ou equivalentes, com habilitação em Química

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares afins às áreas relacionadas no item 12.2;

 

12.4.

Graduado: ser portador de curso técnico de nível

5.3

Graduação em curso superior de cujo currículo conste

superior de curta duração em Tecnologia em Informática (Pro- cessamento de Dados);

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares

afins à área pretendida;ou

 

12.5

Matriculado regularmente em curso superior de gradu-

5.4

Matrícula regular em curso superior de graduação rela-

ação com a habilitação profissional a atender e ter cursado, no mínimo, 160 horas em componentes curriculares afins relaciona- dos com o subitem 12.2, ou;

cionada com a habilitação profissional a atender e ter cursado, no mínimo, 160 horas em componentes curriculares afins à área

pretendida; ou

 

12.6.

Técnico: ter concluído o curso Técnico de Nível Médio

5.5.

Técnico: ter concluído o Técnico de Nível Médio em

em Informática (Processamento de Dados); Informática Indus- trial; ou em Programação de Sistemas.

Química;

6.

MATEMÁTICA

 

13.

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS; ELEMENTOS ORGÂNI-

6.1.

Licenciado: ser portador de licenciatura plena em

COS DE MÁQUINAS.

Matemática; ser portador de licenciatura plena em Ciências, com habilitação em Matemática; ser portador de outras licenciaturas plenas, ou equivalentes, com habilitação em Matemática

 

13.1

Licenciado: ser portador de graduação superior em

um dos cursos relacionados no subitem 13.2 e do certificado obtido em cursos regulares de programas especiais, nos termos

6.2.

Graduado (Bacharel): ter concluído a graduação supe-

previstos pelo Conselho Nacional de Educação, Resolução nº 02, de 26/06/97, ou na forma prevista pela Portaria Ministerial MEC nº 432, de 19/07/71, Esquema I, ou ser portador de curso Técnico de Nível Médio conforme relacionado no subitem 13.6 com Esquema II;

rior em Matemática, Química ou Física; ou ser portador de outras licenciaturas plenas, ou equivalentes, com habilitação

em Matemática.

6.3

Graduação em curso superior de cujo currículo conste

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida;

Graduado: ser portador de graduação superior em

Engenharia Mecânica; Engenharia de Materiais; Engenharia Industrial Mecânica, Tecnologia em Mecânica; Engenharia de

13.2.

6.4

Matrícula regular em curso superior de graduação rela-

cionada com a habilitação profissional a atender e ter cursado, no mínimo, 160 horas em componentes curriculares afins à área pretendida;

Produção Mecânica; Engenharia Industrial Mecânica; Engenha- ria Operacional Mecânica; Engenharia Metalúrgica; Engenharia de Produção Mecânica;

7.

BIOLOGIA

 

13.3

Graduado em curso superior de cujo currículo conste

7.1.

Licenciado: ser portador de licenciatura plena em

duração mínima de 160 horas em componentes curriculares

Ciências Biológicas; ou ser portador de licenciatura plena em Ciências, com habilitação em Biologia;

afins às áreas relacionadas no item 13.2;

 

13.4

Graduado: ser portador de curso técnico de nível

7.2.

Graduado (Bacharel): ter concluído a graduação supe-

superior de curta duração em Tecnologia em Tecnologia em

rior em Ciências Biológicas ou História Natural; ser portador de

Mecânica; Tecnologia em Mecânica – modalidade Materiais;