Você está na página 1de 2

Jesus Cristo possui o ADN de Maria, sua mãe?

Por Ruy Porto Fernandes

Embora muitos cristãos não se sintam confortáveis em discutir a humanidade de Jesus


Cristo, adquirida carnalmente por meio da gravidez virginal de Maria, seja por medo de
ofenderem a Deus ou menosprezarem a sua divindade, eu não creio que tal tema deva ser
considerado proibido ou insignificante.

Assim como devemos proclamar a Sua divindade, revelada por meio das Escrituras e
do testemunho do Espírito Santo em nossas mentes, também devemos racionalmente
compreender que a Genética pode esclarecer em detalhes se Jesus Cristo possuía os caracteres
adquiridos por hereditariedade, transmitidos por meio dos genes durante a sua concepção.

O gene é uma seção na longa cadeia molecular do ácido desoxirribonucléico (ADN),


que carrega basicamente informações para a produção de proteínas, moléculas utilizadas pela
célula. Por meio da coleção de moléculas que codificam, os genes influenciam ou determinam
características, como: cor de olhos, pele e cabelo; personalidade; características familiares e
comportamentais. Os genes também podem promover debilidades e defeitos no corpo;
fazendo com que o descendente esteja predisposto a certas doenças, como glaucoma e
cardiopatias.

O ADN é encontrado no núcleo das células humanas, e em todas as formas de vida


celular, pois codificam moléculas essenciais para reprodução, sobrevivência e crescimento. O
ser humano possui cerca de 35.000 genes, segundo pesquisas do Projeto do Genoma Humano.
As unidades de ADN enoveladas são chamadas de nucleossoma, que se enrolam e se dobram
em estruturas chamados cromossomos.

Os humanos possuem 23 pares de cromossomos. Em cada par, um cromossomo vem


da mãe e o outro do pai. Vinte e dois pares são os mesmos em ambos os sexos, homens e
mulheres. São denominados autossomas e responsáveis por transmitirem as características
humanas herdadas. Enquanto que o vigésimo terceiro par, denominados cromossomas
sexuais, é o responsável em determinar o gênero sexual do indivíduo, macho ou fêmea.

Os cromossomos sexuais também são denominados cromossomos X e Y. As fêmeas


possuem dois cromossomos X, (XX) e os machos têm um cromossomo X e um Y, (XY). O
cromossomo Y possui mais ou menos um terço do tamanho do cromossomo X. A célula
reprodutora masculina, o espermatozóide, possui um dos dois cromossomos, o cromossomo X
ou um Y. Mas, o óvulo, a célula reprodutora feminina, carrega somente um cromossomo X.

Além dos cromossomas, as células reprodutoras, que também necessitam de energia


para a sua atividade e metabolismo, possuem mitocôndrias para provê-las de tal energia. Sem
as mitocôndrias, as células de qualquer órgão humano seriam incapazes de exercer a sua
função adequadamente. Pois estas necessitam se multiplicarem constantemente graças a uma
série de reações complexas. Portanto, sem mitocôndrias, as células não produziriam energia
par sobreviverem. E estas mitocôndrias, que também possuem suas próprias unidades
circulares de ADN, são exclusivamente transmitidas pelas fêmeas, por meio do óvulo, de
geração à outra.

No Novo Testamento podem ser encontradas 80 passagens em que Jesus Cristo refere-
se a si mesmo como filho do homem. Ora, tal terminologia não seria verdadeira se não
houvesse nele a humanidade herdada por meio de sua ascendência materna. E, para que esta
transmissão ocorra, faz-se necessário que suas células possuam a herança intermediada pelos
cromossomas maternos. Portanto, o Espírito Santo utilizou o óvulo de Maria em sua
totalidade, isto é, com os 23 cromossomas e todas as organelas necessárias para o
funcionamento celular: manutenção, duplicação e divisão.

Outras passagens nos Evangelhos que reforçam esta descendência materna são as
genealogias em Mateus e Lucas (Mt 1.1-17; Lc 3.23-38) que atribuem a Jesus uma
transmissão hereditária e a referência em Mateus 13.55 e 56 de que Jesus possuía irmãos e
irmãs carnais, ou seja, Jesus foi o primogênito em sua família judia (Mt 1.25; Lc 2.7).

Conseqüentemente, as células de Jesus Cristo, e as de seus irmãos e irmãs, carregam


as informações genéticas herdadas de Maria por meio dos 23 cromossomas, bem como as
mitocôndrias necessárias para o seu funcionamento celular.

Contudo, a característica sexual masculina, e divina, que Jesus Cristo possui como
filho de Deus, herdadas por meio dos 23 cromossomas do seu lado paterno, foram
acrescentados por ação de Deus, o Pai, e do Espírito Santo, ao próprio óvulo de Maria.

Assim ficou completo o zigoto Jesus, que é a célula formada pela reunião do gameta
paterno e materno, e que neste caso excepcional, foi o óvulo de Maria fecundado por Deus na
trompa de Falópio, para logo adiante, no próprio útero de sua mãe, ocorrer a nidação,
momento em que, na fase de blástula, o embrião fixa-se ao endométrio para completa
gestação.

Portanto, Jesus Cristo foi gerado por Deus (Jo 1.14) utilizando o óvulo completo de
sua mãe judia, tornando-se assim um verdadeiro judeu, filho de Adão (do homem) e também
filho de Abraão, Isaque e Jacó, e descendente do rei Davi, como o Leão da Tribo de Judá (Ap
5.5).

Ruy Porto Fernandes


Niterói, 09 de junho de 2009

Referências:
Genoma: http://es.wikipedia.org/wiki/Genoma_humano
ADN: http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81cido_desoxirribonucleico
Cromossomo: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cromossomo
Mitocôndria: http://pt.wikipedia.org/wiki/Mitoc%C3%B4ndria
Zigoto: http://pt.wikipedia.org/wiki/Zigoto

Filho do homem no Novo Testamento, 83 ocorrências.


Mt 8.20; 9.6;10.23; 11.19; 12.8, 32, 40; 13.37, 41;16.13, 27, 28; 17.9,12, 22
Mt 18.11; 19.28; 20.18, 28; 24.27, 30, 37, 39, 44; 25.13, 31; 26.2, 24, 45, 64
Mc 2.10, 28; 8.31, 38; 9.9,12, 31; 10.33, 45; 13.26; 14.21, 41, 62
Lc 5.24; 6.5, 22; 7.34; 9.22, 26, 44, 56, 58; 11.30; 12.8, 10, 40
Lc 17.22, 24, 26, 30; 18.8, 31; 19.10; 21.27, 36; 22.22, 48, 69; 24.7
Jo 1.51; 3.13, 14; 5.27; 6.27, 53, 62; 8.28; 12.23, 34, 31
At 7.56; Ap 1.13; 14.14

Filho de Deus no Novo Testamento, 44 ocorrências.


Mt 4.3, 6; 8.29; 14.33; 26.63; 27.40, 43, 54; Mc 1.1; 3.11; 15.39; Lc 1.35; 4.3, 9, 41
Lc 22.70; Jo 1.34, 49; 3.18; 5.25; 9.35; 10.36; 11.4, 27; 19.7; 20.31
At 8.37; 9.20; Rm 1.4; 2Co 1.19; Gl 2.20; Ef 4.13; Hb 4.14; 6.6; 7.3; 10.29
1Jo 3.8; 4.15; 5.5, 10, 12, 13, 20; Ap 2.18