Você está na página 1de 2

I...

i
-~
..
I!
~
!
I

!
PUbliC.~dO
Em,
~
no,
(Jfl--i2J o..0,(~E.
J •
~ ~rvv "'C/\~ <

TRIBUNAL DE C'ôN~AS DO E~A15ffetaT do Tribunal Pleno

Processo TC. H.o 02059/07

PRESTAÇÃO DE CONTAS DO PREFEITO


DO MUNICíPIO DO CONDE. Exercício
financeiro de 2006. Parecer Favorável à
aprovação das Contas. Recomendação.

PARECER PPl Te N.O

Vistos, relatados e discutidos os autos do Processo Te N.O 2059/07, que


trata da orestacão de contas do Prefeltü do rnunícfpío do COiidlê, Sent'"lüi-AlUisio Vinagre
Régis, exercício financeiro de 2006;

CONSIDERANDO que, nos relatórios de fls.1629/1640 e fls. 3615/3624, a


Auditoria entendeu, após a análise da defesa apresentada, que permaneceram as seguintes
irregularidades:
1. despesas realizadas sem licitação, no valor de R$ 663.530,23, correspondendo a
3,54% da despesa orçamentária realizada;
2. aplicação de 24,68(\/0 dos recursos de impostos em ~·1DE, abaixo dos 25%
obrigatórios;
3. GFIPs e a ausência de informação do recolhimento devido das duas parcelas de
contribuição (prestador e tomador do serviço);
4. ausência de repasse da contribuição patronal do Município para o Instituto;
5. diferença não recolhida ao INSS, calculada em R$ 880.625,73, referente às
obrigações patronais, devidas aquele órqão, concernente ao pessoal efetivo do
município;

CONSIDERANDO que o Relator solicitou informações mais detalhadas sobre as


irregularidades apontadas nos itens 21 31 4 e 5 anteriores, face a documentos e argumentos
constantes dos autos e não considerados pela Auditorta, tendo o órgão de instrução no
complemento de defesa (fls. 3628/3629) concluído:
a) pela elevação do índice de MDE, de 24,68% para 25,41%, com o aporte de
despesas de Restos a Pagar/20061 pagas entre 1/01 e 30/03/2007 em valor
1

igual a R$ 99.205/791 originalmente não computadas nos cálculos;


b) reçistrou como sanadas as falhas rC!3t:V3S 3CS itens 3, 4 e 5, em face de
comprovação de providências de parcelamentos de débito junto aos
credores, respectivamente em 16/04 e 30/07/2007, conforme documentos
existentes nos autos, tambérn não considerados no exam€: da def€:sa;
c) afirmou restar como irregularidade apenas a falta de realização de licitação
para despesas que somaram R$ 663.530)3 identificadas no quadro de fls.
1

~. " r "-../ r: ."Yl z.Cl.-


1..
-]
!~~
~
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

Processo Te. N.o 02059/07

CONSIDERANDO entender o Relator que das despesas remanescentes sem


licitação está plenamente justificada a falta dessa providência para despesasque somam R$
174.510,00 (refeições, projeto de engenharia, manutenção de equipamentos médicos,
transporte de doentes, criação de arte e impressão de cartões, exames laboratoriais,
aquisição de urnas funerárias, aquisição de verduras), o que reduz o montante para R$
489.020,00, dos quais R$ 298.574,00 dizem respeito a transporte de estudantes,
merecendo recomendaçõesao gestor para correção;

CONSIDERANDO que, quanto a Gestão Fiscal, o chefe do Poder Executivo do


Município do Conde, no exercício de 2006, atendeu integralmente as exigências da Lei de
ResponsabilidadeFiscal(LRF);

CONSIDERA.NDO os relatórios da Auditoria, o Parecer oral da Procuradoria


Geral, o voto do Relator e o mais que dos autos consta;

DECIDEM os Conselheiros integrantes do Tribunal de Contas do Estado, por


deliberação unânime, em sessãohoje realizada:
I) emitir PARECERFAVORÁVELà aprovação das Contas do Prefeito do Município
do Conde, Senhor Aluísio Vinagre Régis, exercício financeiro de 2006;
II) recomendar ao Gestor Municipal à estrita observância dos preceitos
constitucionais, legais e nonnativos, Resoluções e Normas do TCE-PB,tendo
como objetivo a não repetição das falhas apontadas nos presentes autos,
especialmente ao estabelecido na legislação de licitações, sob pena de
cobrança de multa e outras cominações legais, na hipótese de repetição;
lU) anexar cópia da presente decisão ao processo da PCA do Instituto de
Previdênciamunicipal referente ao exercício de 2006.

Publique-se, intime-se e registre-se.


Sala das Sessões do TCE-PB - Plenário jvÍinistro João Agripino.

João Pessoa,01 de outubro de 2008.

o Diniz Filho

~/

/·j~é ~~~~es ~ariz /~_... '-


I Conselheiro ./..-J-

!(OiJ .. ~
Fábio TÚliO~;lgUeiraSNogC ..-' ~~~O~IO
Conselheiro ( .' '.. ' .,/ ) '> I Conseiheiro Substituto

Fui presente:
~~ André Car,furres
-'~::J\/\
Pontek . I

Procurador Geral, em exercício

Interesses relacionados