Você está na página 1de 3

ÉLDER D.

TODD CHRISTOFFERSON
Da Presidência dos Setenta

eu puder ajudar a propor-lhes alguns temas de

M
reflexão, o Espírito poderá
agir em vocês a fim de não precisarem que
uito tempo atrás, uma jovem de outra ninguém lhes diga o que é sagrado e como agir,
pois sentirão por si mesmos. Será parte de sua
parte dos Estados Unidos foi passar algumas natureza; de fato, muito disso já o é.
semanas na casa de parentes. Em seu primeiro
domingo, foi à Igreja com uma blusa simples e Roupas de Domingo
elegante, uma saia na altura dos joelhos e um
Nossos templos e capelas são dedicados ao
suéter claro com botões. Estava usando meia-
Senhor como um espaço sagrado. Em cada
calça e sapatos sociais e seu penteado era
templo há a inscrição: Santidade ao Senhor — A
simples, mas feito com cuidado. No todo, sua
Casa do Senhor. A consciência das coisas
aparência transpirava graça jovial.
sagradas deve levar-nos a agir e falar com
Infelizmente, sentiu-se logo deslocada. Parecia
reverência dentro e nos arredores desses prédios
que todas as outras jovens de sua faixa etária
e deve induzir-nos a vestir-nos da maneira certa
estavam usando saias informais, algumas muito
quando lá estivermos.
acima dos joelhos; usavam também camisetas
A falta de recato no vestuário desonra o corpo, a
justas, que às vezes mal chegavam à cintura;
criação mais sagrada de Deus. O vestuário e a
não usavam meias nem meias-calças; e
aparência indecentes, desleixados ou sujos em
calçavam tênis ou sandálias de dedo.
momentos e locais sagrados são um escárnio à
Poderíamos esperar que, ao verem a nova moça,
santidade da casa do Senhor e ao trabalho lá
as outras percebessem o quanto seu modo de
realizado.
vestir-se era inadequado para a capela e o Dia
Há vários anos, minha ala no Tennessee usou
do Senhor e imediatamente mudassem para
uma escola secundária para as reuniões da
melhor. Contudo, a triste verdade é que foi a
Igreja aos domingos enquanto nossa capela, que
visitante que, para não destoar do grupo, adotou
sofrera estragos com a passagem de um tufão,
os hábitos das anfitriãs.
estava em reforma.
Esse exemplo ilustra uma de minhas
Uma congregação de outra religião reunia-se no
preocupações.
mesmo prédio durante a construção de sua nova
Referindo-me à sociedade em geral, infelizmente
igreja.
acho que muitos de minha geração não
Fiquei chocado a ver os trajes dos membros
incutiram nos mais jovens a consciência das
dessa outra congregação. Não havia um único
coisas sagradas.
terno ou gravata entre os homens.
Neste artigo, espero ajudá-los a aprimorar sua
Vestiam-se como se estivessem vindo de um
capacidade de reconhecê-las e tratá-las com o
campo de golfe ou indo para lá. Era difícil achar
devido respeito. Entre tantas coisas sagradas
uma mulher de vestido ou algo além de calças
pelas quais devemos demonstrar reverência —
informais ou até mesmo shorts. Se eu não
as escrituras, os profetas, o corpo físico, a
soubesse que estavam na escola para as
Deidade — concentrarei minha atenção no
reuniões de sua igreja, seria levado a crer que se
respeito pelos locais e eventos sagrados.
tratava de um evento esportivo.
Na verdade, muito do que quero transmitir- lhes
Comparativamente, os padrões de vestuário dos
não pode ser passado de uma pessoa para
membros de nossa ala eram bem mais elevados,
outra; precisa vir de dentro de cada um. Mas se
mas estou começando a achar que a diferença
está diminuindo cada vez mais, pois observo
uma tendência em nosso povo para aproximar-se evangelho “manifesta- se o poder da divindade”.
dos hábitos do mundo. (D&C 84:20) Sou grato pelos sacerdotes, mestres
Antes falávamos de “roupas de domingo”. As e diáconos que usam gravata e camisa social
pessoas entendiam essa expressão como as (branca, se possível) para oficiar no sacramento.
melhores roupas que tinham. As peças Eles demonstram que valorizam e respeitam a
específicas do vestuário poderiam variar de uma Deus e a ocasião. Recentemente, li o
cultura para outra e segundo a condição comunicado de um homem que incentivava seus
financeira, mas era o melhor de que dispunham. colegas a usar terno e gravata para aparecer
Deus ofende-Se quando vamos a Sua casa, juntos num evento público em homenagem à
principalmente em Seu dia santificado, sem nos organização a que pertenciam. A reunião era
arrumarmos e vestirmos da maneira mais cívica, não de natureza religiosa, assim não a
cuidadosa e recatada que permitirem nossas chamaríamos de sagrada. Contudo, ele
circunstâncias. Se um compreendia o princípio de que algumas coisas
membro nos confins do Peru precisa atravessar merecem respeito e que nosso vestuário é parte
um rio a nado para chegar à Igreja, o Senhor dessa expressão. Ele disse que se vestiria de
certamente não Se ofenderá com uma mancha modo mais formal não por considerar-se
de água barrenta em sua camisa branca. Mas importante, “mas porque a ocasião era tão
como esperar que Deus não Se entristeça ao ver importante”. Esse comentário contém uma
alguém que, mesmo tendo roupas de sobra e verdade fundamental. Na realidade, não se trata
fácil acesso à capela, vai à Igreja com calças de de nós mesmos. Agir e trajar-nos de modo a
moletom e camiseta? honrar ocasiões e locais sagrados diz respeito a
Com minha vivência ao viajar pelo mundo Deus.
inteiro, garanto que os membros da Igreja com As Bênçãos da Reverência
menos recursos acabam encontrando meios de
chegar às reuniões dominicais limpos e bem Quando vocês desenvolverem uma reverência
vestidos, com roupas apresentáveis, as melhores cada vez mais profunda pelas coisas sagradas, o
que têm. Por outro lado, aqueles cujos bens Espírito Santo se tornará seu companheiro
ultrapassam em muito suas necessidades são os freqüente e depois constante.
que costumam ir à Igreja em trajes descuidados Vocês crescerão em entendimento e verdade. As
ou sujos. escrituras referem-se a isso como uma luz que
se torna
O Vestuário Importa? “mais e mais brilhante, até o dia perfeito” (D&C
50:24).
Algumas pessoas acham que o vestuário e o Esse processo também é descrito como crescer
penteado não têm importância — afirmam que o de graça em graça. O próprio Salvador progrediu
que conta é o interior da pessoa. Creio que é o dessa forma até alcançar a plenitude e vocês
interior da pessoa que podem seguir Seus passos (ver D&C 93:12–20).
verdadeiramente importa, mas é isso que me É a isso que os conduzirá a consciência das
preocupa. O vestuário descuidado em locais e coisas sagradas.
ocasiões sagrados é uma mensagem sobre o que Por outro lado, aqueles que não valorizarem as
há no coração. Pode denotar orgulho, rebelião ou coisas sagradas as perderão. Sem um
outra coisa, mas no mínimo revela: “Não vejo sentimento de reverência, sua conduta e atitude
diferença entre o sacro e o profano”. se tornarão cada vez mais displicentes. Eles se
Nessa condição, as pessoas distanciam-se distanciarão da segurança proporcionada por
facilmente do Senhor. Não dão valor ao que têm. seus convênios com Deus. Seu senso de dever
Preocupo-me com elas. A menos que adquiram para com Deus diminuirá e por fim será
alguma compreensão das coisas sagradas e esquecido. A partir daí, eles se preocuparão
despertem a sensibilidade para elas, essas apenas com seu próprio conforto e com a
pessoas correm o risco de um dia virem a perder satisfação de seus apetites desenfreados. Por
tudo o que mais importa. fim, passarão a desprezar as coisas sagradas,
Vocês são santos da grandiosa dispensação dos até mesmo a Deus, e então desprezarão a si
últimos dias — cultivem uma aparência mesmos.
condizente. ocasiões sagradas ou que exijam
reverência: batismos, confirmações, ordenações, Tratar com Cuidado o que É Sagrado
bênçãos de enfermos, a administração do
sacramento e assim por diante. Doutrina e Lembrem-se sempre de que à medida que a
Convênios ensina-nos que nas ordenanças do santidade crescer dentro de vocês e for-lhes
confiado mais conhecimento e compreensão,
vocês devem tratar essas coisas com cuidado. O
Senhor ensinou: “Aquilo que vem de cima é
sagrado e deve ser mencionado com cuidado e
por indução do Espírito” (D&C 63:64). Deu-nos
também o mandamento de não lançar pérolas
aos porcos ou entregar aos cães o que é sagrado
(ver 3 Néfi 14:6; D&C 41:6), o que significa que
não se deve falar de coisas sagradas com as
pessoas que não estejam preparadas para dar-
lhes o devido valor.
Sejam sábios com o que o Senhor lhes conceder.
É algo que Ele lhes confiou. Vocês não devem,
por exemplo, falar do conteúdo de sua bênção
patriarcal com qualquer pessoa.
Todas as coisas sagradas e santas hão de ser
reveladas e reunidas nesta última e sublime
dispensação. Com a Restauração do evangelho,
da Igreja e do sacerdócio de Jesus Cristo, temos
livre acesso a um tesouro inestimável de coisas
sagradas. Não podemos negligenciá-las ou
deixá-las escapar.
Em vez de deixarem sua vida vagar à deriva
num mar de negligência, aumentem o grau de
obediência estrita.
Espero que pensem, sintam, vistam-se e ajam de
modo
a demonstrar reverência e respeito pelas coisas,
locais e ocasiões sagrados. Oro para que a
consciência das coisas sagradas se destile em
sua alma como orvalho do céu. Que isso os
aproxime de Jesus Cristo, que morreu,
ressuscitou, vive e é seu Redentor. Que Ele os
torne santos como Ele é santo.