tribunaregionalsp@gmail.

com Fone: (14) 3456-1143 | (14) 9724-1319
Ano IV Edição nº 083 1 à 15 Outubro de 2013 - www.tribunaregionalsp.com.br R$ 2,00
Edição concluída 14 de outubro às 17h28
Oriente
Academia ao
Ar Livre
Convênio assinado pelo prefeito
Dado visa melhorar a qualidade de
vida e incentivar a prática desportiva
O prefeito Dado esteve nes-
ta quinta-feira no Palácio
do Governo do Estado as-
sinando mais um convênio
que beneficiará a cidade de
Oriente, na ocasião com o
governador Geraldo Alckmin
e o deputado Barros Munhoz
o prefeito explanou sobre
prioridades que devem ser
adotadas pela administração
municipal. Para o prefeito
esta é mais uma importante
conquista junto ao Governo
do Estado “esta conquista é
resultado do relacionamento
próximo que a nossa admi-
nistração vem tendo junto ao
Governador Geraldo Alckmin
e outras lideranças como o
deputado Barros Munhoz
que estão empenhadas junto
conosco para o bem de nos-
sa cidade”. Este é mais um
resultado das inúmeras idas
do prefeito à capital, desde
o início de seu mandato, o
prefeito Dado nunca deixou
de cumprir compromissos
políticos tanto em São Paulo
quanto em Brasília “pessoas
como o governador sabem
distinguir quem está traba-
lhando e está interessado
em fazer boas políticas pú-
blicas, sempre que possível
estamos nos reunindo para
discutir ações que podem ser
feitas pela nossa cidade” –
concluiu o prefeito.
A construção de mais uma
academia ao ar livre reflete a
intenção de promover a práti-
ca desportiva e, consequen-
temente, melhorar a quali-
dade de vida dos moradores
de Oriente, várias ações da
administração municipal
seguem esta linha como a
construção de uma pista de
caminhada, o apoio à proje-
tos como o Dia a Dia Saudá-
vel e a praça do idoso (que
está sendo reformulada). A
expectativa é que a mesma
seja construída ainda este
ano.
Nova Creche-
Escola
Fruto das incansáveis idas à capital,
obras devem iniciar ainda este ano
O prefeito Dado esteve na
última quinta-feira (10) na
Secretaria Estadual de Edu-
cação. Dado assinou o con-
vênio para a construção de
uma Creche Escola onde a
Prefeitura disponibilizará o
terreno para a construção
da creche e o trâmite será
realizado pelo Governo do
Estado. “O programa é de-
senvolvido em conjunto pe-
las secretarias estaduais de
Desenvolvimento Social e
de Educação, que possibili-
ta a construção de unidades
para a Educação Infantil. O
objetivo é garantir o direito
da criança a educação, as-
sim como propiciar a mãe
tranquilidade de manter os
seus filhos em segurança”,
ressalta Dado. Ainda segun-
do o prefeito Dado “É uma
conquista muito grande para
os orientenses. O empenho
foi grande e a nova creche
será maior e mais moderna”
- concluiu.
Prefeito Dado Assina MAIS DOIS
Convênios que Beneficiarão Oriente
ERRATA
Edição anterior (nº82), houve um erro de digitação onde foi
publicado o número “81” sendo assim, o seu Jornal Tribuna
prossegue na numeração correta. Esta, portanto, é nossa 83ª
edição de notícias voltadas para Oriente, Pompeia e Região.
Dia das Crianças
com programação
especial em Oriente
Missa de Aparecida
celebra os 75 anos
da Paróquia
Página 2
Página 6
Terceira Idade Comemora Dia do Idoso em Oriente
Página 3
TRIBUNA REGIONAL 1 à 15 de Outubro de 2013 - Página 2
Design e Diagramação:
OrienteSP Soluções Digitais
CNPJ 17.592.268/0001-56
I. M. 22/2013
www.orientesp.com.br
R. Rodolfo Miranda, 345
(14) 9795-0322
Oriente terá
Quermesse-Leilão
dia 20 de Outubro
O evento acontecerá em prol da reforma e ampliação da igreja matriz
O Tradicional Leilão de Gado
e Quermesse realizado pela
Paróquia Nossa Senhora
Aparecida será a primeira
sob a direção do padre Sid-
nei de Paula que há poucos
meses se mudou para Orien-
te. O pároco aproveita para
deixar expresso o fato de
que a realização do evento
beneficente depende total-
mente da participação po-
pular “sabemos que o even-
to, tão necessário à nossa
comunidade, não alcançará
o sucesso esperado se não
obtivermos a compreensão e
a colaboração das pessoas.
Por isso solicitamos doações
espontâneas no intuito de
nos ajudar” – diz o padre em
nota oficial.
Apesar do crescimento do
protestantismo em nosso
país, a cidade de Oriente
possui uma cultura católica
apostólica romana arraigada
em sua tradição e formação.
A chegada do Padre Sidnei
de Paula é associada ao avi-
vamento que a comunidade
católica local tem vivido, sua
homilia e conhecimentos bí-
blicos são reconhecidos pela
maioria dos fiéis e o aumen-
to, segundo informações, a
quantidade de pessoas que
voltaram a frequentar as mis-
sas é um dos principais fato-
res que levam à necessidade
de uma ampliação na igreja.
Para melhorar a sonoplastia
da missa, quase todos os
equipamento foram trocados
e alguns instrumentos foram
adquiridos, a melhoria e a
modernização chegou tam-
bém às projeções onde o
velho projetor de transparên-
cias fora substituído por um
novo Datashow. Sendo as-
sim, é de se esperar que esta
edição do Leilão-Quermesse
seja ainda maior que a dos
anos anteriores.
Para entrar em contato com
a Paróquia ligue (14) 3456-
1235 ou compareça na Rua
Albertina Zola Palácio, 12. O
evento do dia 20 de outubro
será aberto à toda a popula-
ção.
por Sérgio C. S. Jr.
Paróquia Nossa Senhora
Aparecida comemora seus 75 anos
A programação contou com terço, carreata e missa superlotada
A Comunidade Católica de
Oriente tem muito o que co-
memorar, são 75 anos de
história onde muitas vezes
se difunde com a história
do próprio município, e para
contar esta história um ví-
deo-documentário realizado
em parceria com a OrienteSP
Soluções Digitais. O curta de
pouco mais de 10 minutos
contou, através de relatos e
registros, um pouco da his-
tória da construção da igreja
matriz, dos sacerdotes que
passaram pela nossa cidade
e revelou uma história iné-
dita, um segredo que tinha
sido guardado por todos es-
tes anos: Oriente possui sua
própria cápsula do tempo.
Na inauguração da igreja
matriz, 75 anos atrás, fora
construída uma “urna de
vidro” onde as pessoas co-
locaram seus pertences, fo-
tos, documentos, jornais do
dia, joias, cartas e uma ata
assinada por todos presen-
tes. Esta urna de vidro foi
enterrada em baixo da porta
da igreja há uns dois metros
abaixo da terra e completada
por concreto. Esta revelação
feita 75 anos depois foi des-
taque das comemorações,
para uma das organizadoras
e pesquisadoras do docu-
mentário, Denise Moris, esta
é uma curiosa revelação que
muita gente vai gostar de sa-
ber “acho que vão ficar com a
‘pulga atrás da orelha’ (risos)
achei muito interessante esta
revelação e neste documen-
tário que fizemos achei im-
portante as pessoas também
ficarem sabendo” – disse.
Para Edna Costa, pesquisa-
dora do documentário, esta
iniciativa foi um marco na
história da igreja “75 anos de
história é muita coisa, este
documentário vai ficar guar-
dado como registro de todos
estes anos, nós que fomos
nas ruas buscar registros his-
tóricos da igreja percebemos
como eles são raros e que
digitalizar tudo isso é uma
forma de impedir que eles se
percam” – disse.
O jornalista e editor do vídeo
documentário, Sérgio C. S.
Junior revelou ter se surpre-
endido com a reação das
pessoas diante ao documen-
tário “acho muito interessan-
te registrarmos e eternizar-
mos tudo isso digitalmente,
para mim foi uma honra fa-
zer parte desta equipe e ver
como as pessoas gostaram
do vídeo para mim é algo fe-
nomenal, valeu muito a pena
esta empreitada” – concluiu.
O atual pároco Pe. Sidnei
Santos elogiou e apoiou a ini-
ciativa e agradeceu principal-
mente à adesão das pessoas
à suas atividades ministeriais
“quando cheguei aqui me de-
parei com muitas coisas no-
vas, nunca tinha sido padre
numa cidade pequena, tenho
feito aqui muitas amizades
e tenho tido a honra de aju-
dar muitas pessoas também,
esta está sendo para mim
uma grande experiência, tem
sido muito gratificante ver
as pessoas se empenhando
nas atividades da igreja e ver
cada vez mais as pessoas
vindo às missas e participan-
do de nossas programações,
como pároco esta é uma das
maiores alegrias que se pode
ter” – concluiu o pároco.
Vereadores homenageiam professores
Moção de Parabenização expedida pelo legislativo reconhece esta importante profissão
“A base de toda conquista é
o professor. A fonte de sa-
bedoria, um bom professor.
Em cada descoberta, cada
invenção. Todo bom começo
tem um bom professor. No
trilho de uma ferrovia… No
bisturi da cirurgia… No tijolo,
na olaria, no arranque do mo-
tor. Tudo que se cria tem um
bom professor. No sonho que
se realiza… Cada nova ideia
tem um professor. O que se
aprende, o que se ensina…
Uma lição de vida, uma lição
de amor. Na nota de uma
partitura, no projeto de arqui-
tetura. Em toda teoria, tudo
que se inicia. Todo bom co-
meço tem um bom professor”
Baseando-se na música/po-
esia, a Câmara Municipal de
Oriente parabenizou oficial-
mente todos os professores
reconhecendo a importância
desta nobre profissão. Nas
palavras do autor da moção,
professor Osvaldo Alonge
“esta é uma oportunidade de
homenagearmos esta classe
que tanto luta por seus dire-
tos”.
TRIBUNA REGIONAL 1 à 15 de Outubro de 2013 - Página 3
Email: cosepa@uol.com.br
Rua: Rodolfo Miranda, 550 - Oriente SP
3456-1362
Cel: 99713-7905
Rehnaciamentos, 8eguro Rural, DPVT e outros
Empresarial, Consórcio, Vida, Financiamentos
8eguros em Geral, Automóvel, Residencial
Fone{14}
Projeto Guri faz
apresentação do
dia das crianças
O maior projeto musical da América
Latina possui seu polo em Oriente
Para celebrar o dia das crian-
ças, os alunos e professores
do Projeto Guri de Oriente
preparam uma apresentação
especial. A proposta do Pro-
jeto que visa inclusão social
através da música é que a
comunidade tenha conheci-
mento, acesso e contato com
as atividades do Polo Orien-
te.
O projeto funciona numa par-
ceria entre a Prefeitura e a
Associação Amigos do Pro-
jeto Guri nas dependências
do Lar-Escola “Maria Tereza
de Jesus” as aulas violão,
percussão, cavaco são mi-
nistradas por professores
qualificados à crianças e
adolescentes de 6 à 17 anos.
Para o prefeito Dado esta é
uma parceria que dá certo
graças ao profissionalismo
dos envolvidos “o Projeto
Guri possui toda uma equipe
de administradores, profes-
sores, assistente social, psi-
cóloga e outros profissionais
envolvidos, são muito profis-
sionais e bons no que fazem,
não é à toa que o Guri já
recebeu diversos prêmios e
é considerado um dos maio-
res projetos socioculturais
do mundo, nós em Oriente
temos orgulho de fazermos
parte dessa história de su-
cesso, parabéns à todos os
envolvidos” – disse.
O Projeto Guri é um projeto
de educação musical gratuita
que beneficia cerca de 49 mil
alunos anualmente, em mais
de 410 polos de ensino, pre-
sentes em aproximadamente
320 municípios.
Projeto Dia a Dia saudável
realiza Sessão de Cinema
Com filmes selecionados por uma equipe
de profissionais, a iniciativa visa gerar
aprendizado e apreço pela sétima arte
O Projeto Dia a Dia Saudável
realizou nesta sexta-feira (11)
sessões de cinema abertas à
população onde o objetivo é
aumentar o interesse, prin-
cipalmente dos jovens, em
filmes de conteúdo didático.
Para Mônica Raimundi, uma
das profissionais envilvidas
na seleção dos filmes, o in-
tuito é apresentar filmes que
entretém e educa ao mesmo
tempo “temos nos filmes uma
ótima ferramenta de aprendi-
zado e laser, é uma forma de
aprendermos de forma dinâ-
mica e prazerosa, este foi um
teste para ver a aceitação do
público, pretendemos fazer
mais vezes” afirmou.
O Projeto Dia a Dia Saudável
possui programações diárias
variadas para todas as faixas
etárias que vão desde o ensi-
no de artes marciais para jo-
vens e adultos até ginásticas
para a terceira idade, o pro-
jeto visa a promover qualida-
de de vida para a população
orientense.
Dia do Idoso é comemorado em Oriente
Festa comemorativa ocorreu nas dependências do Projeto Dia a Dia Saudável
O Dia do Idoso é comemo-
rado no Brasil no dia 1º de
Outubro e tem como objetivo
a valorização do idoso. Até o
ano de 2006, esta data era
celebrada no dia 27 de Se-
tembro, porém, em razão da
criação do estatuto do idoso
em 1º de Outubro, o dia do
idoso foi transferido para
esta data de acordo com a lei
número 11.433 de 28 de De-
zembro de 2006. Em Orien-
te, a Secretaria de Promoção
Social, o Fundo Social de
Solidariedade e a Secretaria
de Saúde realizaram com o
apoio da Prefeitura Municipal
uma festa para comemorar
este dia. Foi realizada uma
rápida palestra feita pela en-
fermeira Renata e uma dinâ-
mica onde todas as senho-
ras participaram com muito
entusiasmo, após a palestra
houve um momento de des-
contração e dança seguido
de um banquete se frutas
preparado especialmente
para elas.
Até 2050, a população idosa
deverá representar 22% da
população mundial. Deste
número, mais de 80% viverá
em países em desenvolvi-
mento. E pela primeira vez na
história da humanidade, tere-
mos no mundo mais idosos
do que crianças. As trans-
formações no Brasil já estão
em curso. Em 2010, nosso
país já possuía mais pes-
soas com mais de 65 anos
do que crianças com até 4
anos de idade. Só em São
Paulo, a população idosa já
representa 11% de todos os
habitantes do Estado. Esse
novo perfil populacional pede
ações integradas para garan-
tir o envelhecimento ativo do
idoso e fortalecer sua impor-
tância na sociedade.
No primeiro semestre de
2013, uma das primeiras
ações da atual administração
foi adequar-se ao Programa
Amigo do Idoso do Governo
do Estado, aderir ao progra-
ma traz ao município diver-
sos benefícios como o Car-
tão Amigo do Idoso onde o
idoso com mais de 80 anos
recebem o auxílio de R$ 100
caso se enquadre nos re-
quisitos do programa. Para
o prefeito Dado, valorizar o
idoso é uma forma de hon-
rar as gerações anteriores e
garantir um envelhecimento
saudável para as atuais ge-
rações “temos que pensar na
população como um todo e
respeitar os idosos é respei-
tar a vida, são pessoas que
merecem o nosso respeito.
Além das reformas que esta-
mos fazendo na praça do ido-
so, das atividades do Projeto
Dia a Dia Saudável e outras
coisas, estamos planejando
ações que beneficiarão esta
classe, uma delas é a cons-
trução de um centro comuni-
tário que faremos” – disse o
prefeito.
por Sérgio C. S. Jr.
www.orientesp.com.br
Conselho do Meio Ambiente
inicia suas Atividades em Oriente
Presidido pelo próprio Secretário do Meio Ambiente, o conselho se destaca por seu perfil jovem e profissional
A posse do Conselho Munici-
pal do Meio Ambiente que se
deu neste dia primeiro é só o
início de uma grande missão:
opinar e assessorar o poder
executivo municipal – a Pre-
feitura, suas secretarias e o
órgão ambiental municipal
– nas questões relativas ao
meio ambiente. Segundo o
Secretário do Meio Ambiente
e Presidente do Conselho,
Carlos Alonge, as próximas
reuniões serão feitas em
breve “teremos como pau-
ta das primeiras reuniões a
elaboração de um estatuto
interno que regerá nossas
atividades, estamos otimis-
tas devido a participação de
representantes da sociedade
civil, industrial e comercial de
Oriente, este é só o início de
nosso trabalho” – disse.
Grande parte dos problemas
que afetam o meio ambien-
te e a qualidade de vida das
pessoas ocorre no municí-
pio. E a partir dele podem
ser empreendidas ações ca-
pazes de preveni-los e solu-
cioná-los. Mais do que isso,
o município é o local onde
se podem buscar caminhos
para um desenvolvimento
que harmonize o crescimen-
to econômico com o bem-es-
tar da população.
A preocupação com a qua-
lidade ambiental vem cres-
cendo nos municípios bra-
sileiros. Por isso, têm sido
criados mecanismos para
aumentar a consciência e
promover a mudança de há-
bitos e de comportamentos.
Cada vez mais a população,
juntamente com o Poder Pú-
blico, tem sido chamada a
participar da gestão do meio
ambiente.
O Conselho Municipal de
Meio Ambiente é um órgão
criado para esse fim. Esse
espaço destina-se a colocar
em torno da mesma mesa
os órgãos públicos, os seto-
res empresariais e políticos
e as organizações da so-
ciedade civil no debate e na
busca de soluções para o
uso dos recursos naturais e
para a recuperação dos da-
nos ambientais. Trata-se de
um instrumento de: exercício
da democracia, educação
para a cidadania e convívio
entre setores da sociedade
com interesses diferentes.
Em Oriente, os conselheiros
são: Edvaldo Scanavacca –
Vice-presidente, Junior Mos-
quini, Eduardo Biffe, Paulo
Comine, Rodolpho Moris,
Nelson Horácio Correa, Car-
los Alonge – Presidente, Bru-
no Padovan e Natália Hurta-
do – Secretária. A Secretaria
Municipal do Meio ambiente
convida toda população para
participar e colaborar com as
ações ambientais de nosso
município.
TRIBUNA REGIONAL 1 à 15 de Outubro de 2013 - Página 4
CÂMARA MUNICIPAL DE ORIENTE
LEI NUMERO 2.087 DE 01 DE OUTUBRO DE 2.013.
“Dispõe sobre o Plano Plurianual para o quatriênio de 2014/2017 e dá outras providências”.
CARLOS EDUARDO BOLDORINI MORIS, Prefeito do Município de Oriente, Estado de São Paulo, faz
saber que a Câmara do Município de Oriente SP, aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte Lei;
ARTIGO 1º - Esta lei institui o Plano Plurianual do Município de Oriente, para o quadriênio de
2014 a 2017, em cumprimento ao disposto no artigo 165, parágrafo 1º da Constituição Federal e será
executado nos termos da Lei de Diretrizes Orçamentárias e da Lei Orçamentária Anual de cada exercí-
cio.
§ 1º - A Lei de Diretrizes Orçamentárias de cada exercício financeiro indicará os programas prioritários
a serem incluídos no projeto de lei Orçamentária Anual.
§ 2º - Para fins desta lei, considera-se:
I – Programa, o instrumento de organização da ação governamental visando à concretização
dos objetivos pretendidos;
II – Objetivos, os resultados que se pretende alcançar com a realização das ações governa-
mentais;
III – Justificativa identificação da realidade existente, de forma a permitir a mensuração dos
problemas e necessidades a serem sanadas;
IV – Ações, conjunto de procedimentos com vistas a possibilitar a execução dos programas,
sendo discriminadas em projetos, atividades e operações especiais;
V – Metas, objetivos quantitativos e financeiros em termos de produtos e resultados que se
pretende alcançar.
§ 3º - O Plano Plurianual tem como diretrizes;
I – Promoção do Desenvolvimento Sustentável e Solidário;
II – Realização de Politicas Públicas para a Cidadania;
III – Afirmação dos Direitos e da Justiça Social;
IV – Efetivação da Democracia e da Qualidade da Gestão Pública.
ARTIGO 2º - Nos termos da Lei Orgânica do Município e Lei da Responsabilidade Fiscal, esta
lei estabelece os demonstrativos que compõem os programas com seus respectivos objetivos, justifica-
tivas e metas, bem como as receitas para o custeio os programas do Ente Municipal, para o quadriênio
2014/2017, tendo como parte integrante os seguintes anexos:
Anexo I – Fontes de Financiamento dos Programas Governamentais;
Anexo II – Descrição dos Programas Governamentais/Metas/Custos;
Anexo III – Unidades Executoras e Ações voltadas ao Desenvolvimento do Programa Governamental;
Anexo IV – Estrutura de Órgãos, Unidades Orçamentárias e Executoras.
§ Único – Acompanham apresente Lei, as metas-fim da Administração Pública Municipal para o exercí-
cio de 2014, discriminadas nos Anexos V – Descrição dos Programas Governamentais, Metas e Custos
para o exercício. E VI – Unidades Executoras e Ações Voltadas ao Desenvolvimento dos Programas
Governamentais, conforme artigo 3º da Lei 2.065 de junho de 2013.
ARTIGO 3º - Os valores constantes no relatório Anexo I constituem fontes de financiamen-
tos para os programas a serem desenvolvidos pela Administração Publica Municipal Direta e Indireta,
discriminados nos Anexos II e III, são oriundos de fontes próprias do Município, de sua Autarquia, das
transferências Constitucionais e convênios com o Estado e a União e deverá expressar o principio do
equilíbrio orçamentário na fase de planejamento.
ARTIGO 4º - Os programas que constituem os Anexos II e III de que trata o artigo anterior,
constituem a integração entre os objetivos do Plano Plurianual, as prioridades e metas a serem fixadas
na Lei de Diretrizes Orçamentárias, bem como a programação do orçamento anual, referente ao quadri-
ênio 2014/2017.
§ 1º - As metas estabelecidas para o período do Plano Plurianual constituem-se na programação a ser
observado em cada Lei de Diretrizes Orçamentárias e em cada Lei Orçamentária, assim como em pro-
postas para créditos adicionais.
§ 2º - Os custos fixados para cada ação governamental constante no Plano Plurianual são referenciais
e não constituem em limites à execução das despesas nas Leis Orçamentárias e seus créditos adicio-
nais, pois poderão sofrer alterações no transcorrer da execução, mediante a edição de projetos de leis
ou decretos.
ARTIGO 5º - A alteração, exclusão ou inclusão de um novo programa dentro da estrutura de
planejamento, será sempre proposto pelo Poder Executivo, através de projeto de lei especifico.
§ 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a alterar indicadores dos programas e ações, mediante Decre-
to, sempre que tais modificações não requeriam mudança no orçamento do município.
§ 2º - A movimentação de valores e alteração de indicadores entre as ações de um mesmo programa
poderá ocorrer por Decreto.
ARTIGO 6º - As prioridades da administração municipal em cada exercício serão expressas na
Lei de Diretrizes Orçamentárias e extraídas dos anexos desta Lei.
§ 1º - Anualmente o Poder Executivo poderá revisar o Plano Plurianual alterando-o, se necessário,
desde que guarde consonância com o cenário de financiamento, mantendo os ajustes efetuados nos
exercícios seguintes.
ARTIGO 7º - Na execução do orçamento, as alterações de ações do PPA, resultantes da mu-
dança da fonte de financiamento, poderão ocorrer através de Decreto do Poder Executivo.
ARTIGO 8º - As codificações de programa e ações desde Plano serão observadas em cada
Lei de Diretrizes Orçamentárias, em cada Lei Orçamentária Anual e em seus Créditos Adicionais, assim
como nas Lei de revisão do Plano Plurianual e prevalecerão até a extinção dos programas e ações a
que se vinculam.
ARTIGO 9º - Nenhum investimento, cuja execução ultrapasse um exercício financeiro, poderá
ser iniciado sem prévia inclusão no plano plurianual e diretriz orçamentária.
ARTIGO 10º - No momento da elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias e da Lei Orça-
mentaria Anual, poderá o Poder executivo promover alterações no Plano Plurianual, desde que promo-
va o encaminhamento das alterações ao Poder Legislativo para apreciação.
ARTIGO 11º - Os responsáveis pela execução dos programas, no âmbito de cada Poder, de-
verão:
I – registrar as informações referentes à execução física e financeira das respectivas ações;
II – adotar, quando possível, mecanismo de avaliação;
III – promover o acompanhamento permanente e avaliar anualmente.
ARTIGO 12º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, com efeito, a partir de 01
de janeiro de 2014, revogadas as disposições em contrário.
Prefeitura do Município de Oriente, ao primeiro dias do mês de outubro do ano de dois mil e treze.
CARLOS EDUARDO BOLDORINI MORIS
Prefeito Municipal
Registrada e publicada nesta Prefeitura na dada supra.
MIGUEL ZOQUI PEDROZA
Diretor Planejamento e Gestão
MOÇÃO DE CONGRATU-
LAÇÃO Nº 49/2013, Do ve-
reador Osvaldo Alonge fei-
ta na sessão do último dia
07/10/2013.
Requeiro na forma regimen-
tal, após ouvido o plenário,
que conste em Ata dos nos-
sos trabalhos desta noite,
votos de Congratulação a
todos os Professores pela
passagem do “DIA DO PRO-
FESSOR”, em 15 de outubro.
Requeiro ainda, que seja
dada ciência desta manifes-
tação a todos os Professores
da rede Municipal e Estadual
de ensino, ativos e inativos.
– Justificativa, Os Professo-
res, embora enfrentado pés-
simas condições de trabalho,
desvalorização profissional
constante, continuando per-
manentemente vigilantes e
atuantes, colaborando para a
edificação de uma sociedade
mais justa e mais fraterna. E,
neta oportunidade, expresso
o mais sinceros agradeci-
mento a todos os professores
pelos serviços prestados aos
estudantes de nossa socie-
dade. Sala de Sessôes ‘’ Nick
Carter Moris’’, aos sete dias
do mês de Outubro do ano de
dois mil e treze. APROVADO.
INDICAÇÃO Nº 213/2013,
feita na sessão do último dia
07/10/2013.
Indico ao Exmo. Sr. Prefei-
to Carlos Eduardo Boldorini
Móris, que tome as devidas
providências com a máxima
urgência, desentupir a gale-
ria pluvial localizada no final
da Praça João Paulo ll.
REQUERIMENTO Nº
64/2013, feita na sessão do
último dia 07/10/2013
Requeiro à Mesa, após ouvi-
do o plenário, que encaminhe
oficio à CPFL (Companhia
Paulista de Força e Luz), so-
licitando providências com a
máxima urgência, que faça a
substituição de um poste de
concreto localizado na Rua
Odília M. caíres, em frente ao
nº. 118, Bairro Novo Oriente,
pois o mesmo apresenta vá-
rias rachaduras. APROVA-
DO.
MOÇÃO DE PESAR Nº
47/2013, feita na sessão do
último dia 07/10/2013
Requeiro na forma regimen-
tal, após ouvido o plenário,
que envie oficio em nome de
todos os Vereadores desta
casa, conste em ata dos tra-
balhos desta noite, um voto
de profunda pesar pelo fale-
cimento da Sra. MARIA GO-
MES DE SÁ dando ciência
desta manifestação à família
enlutada. APROVADO.
INDICAÇÃO Nº 211/2013,
feita na sessão do último dia
30/09/2013.
Indico ao Exmo. Sr. Prefei-
to Carlos Eduardo Boldorini
Móris, que tome as devidas
providências com a máxima
urgência, construir uma caixa
coletora de água de chuva na
Rua das Camélias, entre os
nºs. 485 e 489, bairro jardim
Dona Elvira.
INDICAÇÃO Nº 212/2013,
feita na sessão do último dia
30/09/2013.
Indico ao Exmo. Sr. Prefei-
to Carlos Eduardo Boldorini
Móris, que tome as devidas
providências com a máxima
urgência, instalar corrimãos
na rampa da rodoviária.
REQUERIMENTO Nº
62/2013, feita na sessão do
último dia 30/09/2013
Requeiro à Mesa, após ou-
vido o plenário, que encami-
nhe oficio à SABESP, na ci-
dade de Tupã SP, solicitando
informações referente a doa-
ção de uma área de terreno
medindo 892,96 m², para os
APICULTORES da cidade de
oriente SP, localizado próxi-
mo da Estrada Municipal que
dá acesso ao bairro jatobá.
APROVADO.
MOÇÃO DE PESAR Nº
44/2013, feita na sessão do
último dia 30/09/2013
Requeiro na forma regimen-
tal, após ouvido o plenário,
que envie oficio em nome
de todos os Vereadores des-
ta casa, conste em ata dos
trabalhos desta noite, um
voto de profunda pesar pelo
falecimento da Sra. ADELAI-
DE VENANCIO GINO dando
ciência desta manifestação
à família enlutada. APROVA-
DO.
MOÇÃO DE PESAR Nº
45/2013, feita na sessão do
último dia 30/09/2013
Requeiro na forma regimen-
tal, após ouvido o plenário,
que envie oficio em nome de
todos os Vereadores desta
casa, conste em ata dos tra-
balhos desta noite, um voto
de profunda pesar pelo fa-
lecimento da Sra. JACINTA
TEIXEIRA GALVÃO dando
ciência desta manifestação
à família enlutada. APROVA-
DO.
REQUERIMENTO Nº
63/2013, Do vereador Marce-
lo Costa Rufino feita na ses-
são do último dia 30/09/2013
REQUEIRO, à mesa, cumpri-
da as formalidades regimen-
tais e ouvido o Plenário da
casa legislativa, que seja en-
viado oficio ao Senhor Thiago
Parra Labigalini, secretário
Municipal da Saúde, sobre
prevenção da AMBLIOPIA no
município de Oriente. APRO-
VADO.
MOÇÃO DE PESAR Nº
48/2013, Do vereador Ed-
son Guimarães Bueno fei-
ta na sessão do último dia
07/10/2013
Requeiro na forma regimen-
tal, após ouvido o plenário,
que envie oficio em nome
de todos os Vereadores des-
ta casa, conste em ata dos
trabalhos desta noite, um
voto de profunda pesar pelo
falecimento da Sra. CON-
CEIÇÃO DE JESUS SILVA
dando ciência desta mani-
festação à família enlutada.
APROVADO.
MOÇÃO DE PESAR Nº
50/2013, feita na sessão do
último dia 07/10/2013
Requeiro na forma regimen-
tal, após ouvido o plenário,
que envie oficio em nome de
todos os Vereadores desta
casa, conste em ata dos tra-
balhos desta noite, um voto
de profunda pesar pelo fale-
cimento da Sra. AGATI TAN-
NER dando ciência desta
manifestação à família enlu-
tada. APROVADO.
MOÇÃO DE PESAR Nº
46/2013, Do vereador Nelson
Horácio Correa feita na ses-
são do último dia 30/09/2013
Requeiro na forma regimen-
tal, após ouvido o plenário,
que envie oficio em nome de
todos os Vereadores desta
casa, conste em ata dos tra-
balhos desta noite, um voto
de profunda pesar pelo fa-
lecimento da Sr. ANTONIO
RODRIGUES FILHO dando
ciência desta manifestação à
família enlutada.
TRIBUNA REGIONAL 1 à 15 de Outubro de 2013 - Página 5
PREFEITURA MUNICIPAL DE ORIENTE
PERÍODO: 3º TRIMESTRE EXERCÍCIO: 2013
Acumulado Acumulado
244.048,13 0,00
72.921,92 716.285,30
491.956,08 324.326,94
33.105,27 0,00
121.116,34 0,00
32.558,36 ( = ) 1.040.612,24
0,00 ( - ) 226.582,31
4.391.136,88 ( - ) 0,00
2.425,70 ( - ) 0,00
11.804,14 ( = ) Total da Despesa com Recursos Próprios 814.029,93
Imposto s/ Circ. de Mercadorias e Serviços 2.608.882,27 ( + ) Depesas realizadas com Recursos do FUNDEB 695.572,67
Imposto s/ Propriedade de Veículo Automotor 523.355,67 ( + ) Valor Efetivamente Retido ao FUNDEB 628.009,11
18.773,94 ( - ) Parcela Empenhada do Ganho Líquido - FUNDEB 0,00
8.552.084,70 ( = ) TOTAL APLICADO NO ENSINO 2.137.611,71
APLICAÇÃO NO ENSINO (ART. 212 CF) 25,00%
340.556,21
6.028,16
0,00
883.173,46 Aplicação dos recursos recebidos do FUNDEB 78,87%
Rendimentos de Aplicação Financeira do FUNDEB 4.730,18 Aplicação nos profissionais do Magistério - FUNDEB 40,64%
1.234.488,01
9.786.572,71 REPASSES À CONTA DO ENSINO - ART.69,§5º,LEI 9.394/96 0,00
Despesas c/ Recursos de Operações de Crédito
FUNDEB
Prefeito(a) Municipal Contador(a)
_______________________________________
Alessandra Fernandes Pessoa
RECEITAS E DESPESAS DO ENSINO - PUBLICAÇÃO (ARTIGO 256 DACONSTITUIÇÃO ESTADUAL)
MUNICÍPIO: ORIENTE
12.122 - Administração Geral da Secretaria da Educação
DESPESAS DO ENSINO
Imposto Predial Territorial Urbano - IPTU
RECEITAS ARRECADADAS
Imposto s/ Transmissão de Bens Imóveis
Imposto s/ Serviços de Qualquer Natureza
QSE, Convênios e Outros Recursos Adicionais
Rendimentos de Aplicação Financeira - Conta LDB e Adicionais
Fundo de Participação dos Municípios
Imposto Territorial Rural
TOTAL DA RECEITA ARRECADADA
TOTAL DOS RECURSOS ADICIONAIS
Secretário(a) da Educação
__________________________________________ ___________________________________________
Carlos Eduardo Boldorini Moris
12.361 - Ensino Fundamental
12.366 - Educação de Jovens e Adultos
12.367 - Educação Especial
Recursos recebidos do FUNDEB
Desoneração de Exportações (LC-87/96)
Multa/Juros provenientes de impostos
12.365 - Educação Infantil
Total da Despesa do Ensino
Despesas c/ Recursos do QSE, Convênios e Outros
TOTAL DAS RECEITAS DE IMPOSTOS E TRANSFERÊNCIAS
Imposto de Renda Retido na Fonte
Dívida Ativa de Impostos
Atualização de Dívida Ativa de Impostos
Recursos de Operações de Crédito
Imposto s/ Produto Industrial s/ Exportação
Despesas c/ Rendimentos de Aplicações - Conta LDB
RREO – ANEXO 6 (LRF, art 53, inciso III) R$ 1
RECEITAS PRIMÁRIAS
PREVISÃO
ATUALIZADA
RECEITAS REALIZADAS
Jan a Ago 2013 Jan a Ago 2012 No Bimestre
RECEITAS PRIMÁRIAS CORRENTES ( I ) 12.398.000,00 1.823.028,39 8.275.340,17 7.294.601,45
Receita Tributária 1.201.000,00 79.115,99 850.906,74 850.607,14
IPTU 380.000,00 -198.713,37 230.897,92 206.102,47
ISS 540.000,00 159.839,19 431.333,29 490.544,35
ITBI 100.000,00 32.310,78 60.781,09 50.106,01
IRRF 25.000,00 9.091,65 29.021,32 15.275,42
Taxas 101.000,00 76.587,74 98.873,12 88.578,89
Contribuição de Melhoria 55.000,00 0,00 0,00 0,00
Outras Receitas Tributárias 0,00 0,00 0,00 0,00
Receita de Contribuições 1.000,00 0,00 0,00 0,00
Receitas Previdenciárias 0,00 0,00 0,00 0,00
Outras Receitas de Contribuições 1.000,00 0,00 0,00 0,00
Receita Patrimonial Líquida 9.000,00 2.706,78 6.269,84 6.252,37
Receita Patrimonial 46.000,00 20.068,80 35.765,04 10.645,42
(-)Aplicações Financeiras 37.000,00 17.362,02 29.495,20 4.393,05
Transferências Correntes 10.858.000,00 1.525.424,15 7.101.748,68 6.231.733,51
LC 61/89 0,00 0,00 0,00 0,00
LC 87/96 17.000,00 3.541,26 9.443,33 9.128,64
Convênios 415.000,00 7.035,57 128.724,01 88.277,67
FPM 5.860.000,00 673.092,16 3.174.508,83 2.992.726,39
ICMS 2.660.000,00 463.055,23 1.870.985,24 1.587.456,45
IPVA 320.000,00 35.839,44 405.742,61 337.852,24
ITR 16.000,00 0,00 880,30 4.462,65
Outras Transferências Correntes 1.570.000,00 342.860,49 1.511.464,36 1.211.829,47
Demais Receitas Correntes 329.000,00 215.781,47 316.414,91 206.008,43
Dívida Ativa 115.000,00 170.043,39 170.043,39 70.768,46
Diversas Receitas Correntes 214.000,00 45.738,08 146.371,52 135.239,97
RECEITAS DE CAPITAL (II) 2.655.000,00 3.607,85 773.606,51 2.188.086,71
Operações de Crédito (III) 700.000,00 0,00 0,00 0,00
Amortização de Empréstimos (IV) 0,00 0,00 0,00 0,00
Alienação de Bens (V) 350.000,00 0,00 20.660,00 179.230,00
Transferências de Capital 1.415.000,00 0,00 747.068,60 2.003.100,61
Convênios 1.225.000,00 0,00 747.068,60 1.988.189,41
Outras Transferências de Capital 190.000,00 0,00 0,00 14.911,20
Outras Receitas de Capital 190.000,00 3.607,85 5.877,91 5.756,10
RECEITAS PRIMÁRIAS DE CAPITAL (VI)=(II-III-IV-V) 1.605.000,00 3.607,85 752.946,51 2.008.856,71
RECEITA PRIMÁRIA TOTAL(VII)=(I+VI) 14.003.000,00 1.826.636,24 9.028.286,68 9.303.458,16
RREO – ANEXO 6 (LRF, art 53, inciso III) R$ 1
DESPESAS PRIMÁRIAS
DOTAÇÃO
ATUALIZADA
LIQUIDADAS
DESPESAS EXECUTADAS
No Bimestre Jan a Ago 2013 Jan a Ago 2012
NÃO
PROCESSADO
RESTOS A PAGAR
INSCRITAS EM
NÃO
PROCESSADO
RESTOS A PAGAR
INSCRITAS EM
Em 2012
LIQUIDADAS
Em 2013
DESPESAS CORRENTES (VIII) 12.614.580,00 1.676.905,74 6.200.237,70 7.721.978,77
Pessoal e Encargos Sociais 5.257.000,00 838.246,97 3.103.896,45 2.706.891,00
Juros e Encargos da Dívida (IX) 188.000,00 4.500,08 18.121,53 3.200,00
Outras Despesas Correntes 7.169.580,00 834.158,69 3.078.219,72 5.011.887,77
DESPESAS PRIMÁRIAS CORRENTES (X) = (VIII-IX) 12.426.580,00 1.672.405,66 6.182.116,17 7.718.778,77
DESPESAS DE CAPITAL (XI) 2.475.420,00 297.764,30 812.974,65 2.202.459,38
Investimentos 1.865.420,00 290.587,34 751.001,59 2.135.917,17
Inversões Financeiras 0,00 0,00 0,00 0,00
Concessão de Empréstimos (XII) 0,00 0,00 0,00 0,00
Aquisição de Título de Capital já Integralizado(XIII) 0,00 0,00 0,00 0,00
Demais Inversões Financeiras 0,00 0,00 0,00 0,00
Amortização da Dívida (XIV) 610.000,00 7.176,96 61.973,06 66.542,21
DESPESAS PRIMÁRIAS DE CAPITAL (XV)=(XI-XII-XIII-XIV) 1.865.420,00 290.587,34 751.001,59 2.135.917,17
RESERVA DE CONTINGÊNCIA (XVI) 0,00 0,00
RESERVA DO RPPS(XVII) 0,00 0,00
DESPESAS PRIMÁRIAS TOTAL(XVIII)=(X+XV+XVI+XVII) 14.292.000,00 1.962.993,00 6.933.117,76 9.854.695,94
RESULTADO PRIMÁRIO (VII-XVIII) -289.000,00 -136.356,76 2.095.168,92 -551.237,78
SALDOS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES 0,00 0,00
META DE RESULTADO PRIMÁRIO FIXADA NO ANEXO DE METAS FISCAIS
DISCRIMINAÇÃO DA META FISCAL VALOR
3 de 3
PREFEITURA MUNICIPAL DE ORIENTE
RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
ORÇAMENTOS FISCAIS E DA SEGURIDADE SOCIAL
DESPESAS
DOTACAO
INICIAL
DOTAÇÃO
ATUALIZADA
PERIODO: Janeiro a Agosto 2013/BIMESTRE Julho - Agosto
BALANÇO ORÇAMENTÁRIO
CRÉDITOS
ADICIONAIS
BIMESTRE JAN A AGO 2013
DESPESAS EMPENHADAS
(d) (e) (f)=(d+e)
RREO – ANEXO 1 (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas “a” e “b” do inciso II e § 1º)
DESPESAS LIQUIDADAS
BIMESTRE JAN A AGO 2013
(g)
LIQUIDAR
(f-g)
%
(g/f)
R$ 1
SALDO
(h)
DESPESAS EXECUTADAS
INSCRITAS EM
RESTOS A
PAGAR NÃO
PROCESSADOS
DESPESAS (EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS)(VIII) 15.090.000,00 0,00 1.734.392,75 7.651.557,56 1.974.670,04 7.013.212,35 8.076.787,65 46,48 15.090.000,00 0,00
DESPESAS CORRENTES 12.614.580,00 774.580,00 1.483.702,36 6.836.956,82 1.676.905,74 6.200.237,70 6.414.342,30 49,15 11.840.000,00 0,00
PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS 5.257.000,00 440.000,00 838.246,97 3.103.896,45 838.246,97 3.103.896,45 2.153.103,55 59,04 4.817.000,00 0,00
JUROS E ENCARGOS DA DíVIDA 188.000,00 -2.000,00 4.500,08 18.121,53 4.500,08 18.121,53 169.878,47 9,64 190.000,00 0,00
OUTRAS DESPESAS CORRENTES 7.169.580,00 336.580,00 640.955,31 3.714.938,84 834.158,69 3.078.219,72 4.091.360,28 42,93 6.833.000,00 0,00
DESPESAS DE CAPITAL 2.475.420,00 -774.580,00 250.690,39 814.600,74 297.764,30 812.974,65 1.662.445,35 32,84 3.250.000,00 0,00
INVESTIMENTOS 1.865.420,00 -674.580,00 243.513,43 752.627,68 290.587,34 751.001,59 1.114.418,41 40,26 2.540.000,00 0,00
INVERSÕES FINANCEIRAS 0,00 -100.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 100.000,00 0,00
AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA 610.000,00 0,00 7.176,96 61.973,06 7.176,96 61.973,06 548.026,94 10,16 610.000,00 0,00
RESERVA DE CONTINGÊNCIA 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
RESERVA DO RPPS 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
DESPESAS (INTRA-ORÇAMENTÁRIAS)(IX) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
SUBTOTAL DAS DESPESAS (X)=(VIII+IX) 15.090.000,00 0,00 1.734.392,75 7.651.557,56 1.974.670,04 7.013.212,35 8.076.787,65 46,48 15.090.000,00 0,00
AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA - REFINANCIAMENTO (XI) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Amortização da Dívida Interna 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Dívida Mobiliária 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Outras Dívidas 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Amortização da Dívida Externa 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Dívida Mobiliária 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Outras Dívidas 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
SUBTOTAL COMREFINANCIAMENTO (XII)=(X+XI) 15.090.000,00 0,00 1.734.392,75 7.651.557,56 1.974.670,04 7.013.212,35 15.090.000,00 0,00
SUPERÁVIT (XIII) 2.065.229,53
TOTAL (XIV)=(XII + XIII) 15.090.000,00 0,00 1.734.392,75 7.651.557,56 1.974.670,04 9.078.441,88 15.090.000,00 0,00
1 de 3
PREFEITURA MUNICIPAL DE ORIENTE
RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA
ORÇAMENTOS FISCAIS E DA SEGURIDADE SOCIAL
PERIODO: Janeiro a Agosto 2013/BIMESTRE Julho - Agosto
RECEITAS
INICIAL
PREVISÃO
ATUALIZADA
SALDO PREVISÃO
BALANÇO ORÇAMENTÁRIO
A REALIZAR BIMESTRE %
(a) (b) (b/a)
JAN A AGO 2013
(c)
%
(c/a) (a-c)
RECEITAS REALIZADAS
RREO – ANEXO 1 (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas “a” e “b” do inciso II e § 1º) R$ 1
RECEITAS(EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS)(I) 15.080.000,00 6.001.558,12 1.843.998,26 12,23 9.078.441,88 60,20 15.080.000,00
RECEITAS CORRENTES 12.435.000,00 4.130.164,63 1.840.390,41 14,80 8.304.835,37 66,79 12.435.000,00
RECEITA TRIBUTARIA 1.201.000,00 350.093,26 79.115,99 6,59 850.906,74 70,85 1.201.000,00
Impostos 1.045.000,00 292.966,38 2.528,25 0,24 752.033,62 71,96 1.045.000,00
Taxas 101.000,00 2.126,88 76.587,74 75,83 98.873,12 97,89 101.000,00
Contribuicao de Melhoria 55.000,00 55.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 55.000,00
RECEITA DE CONTRIBUICOES 1.000,00 1.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1.000,00
Contribuicoes Sociais 1.000,00 1.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1.000,00
Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Contribuição de Iluminação Pública 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
RECEITA PATRIMONIAL 46.000,00 10.234,96 20.068,80 43,63 35.765,04 77,75 46.000,00
Receitas Imobiliárias 4.000,00 -1.280,14 2.703,14 67,58 5.280,14 132,00 4.000,00
Receitas de Valores Mobiliários 41.000,00 10.515,10 17.365,66 42,36 30.484,90 74,35 41.000,00
Receitas de Concessões e Permissões 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Compensação Financeiras 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Receita Decorrente do Direito de Exploração de Bens Públicos em Áreas de Dom 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Receita da Cessão de Direitos 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Outras Receitas Patrimoniais 1.000,00 1.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1.000,00
RECEITA AGROPECUARIA 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Receita da Produção Vegetal 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Receita da Produção Animal e Derivados 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Outras Receitas Agropecuárias 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
RECEITA INDUSTRIAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Receita da Indústria Extrativa Mineral 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Receita da Indústria de Transformação 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Receita da Indústria de Construção 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Outras Receitas da Indústria 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
RECEITA DE SERVIÇOS 7.000,00 7.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 7.000,00
Receita de Serviços 7.000,00 7.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 7.000,00
TRANSFERENCIAS CORRENTES 10.858.000,00 3.756.251,32 1.525.424,15 14,05 7.101.748,68 65,41 10.858.000,00
Transferências Intergovernamentais 10.423.000,00 3.449.975,33 1.518.388,58 14,57 6.973.024,67 66,90 10.423.000,00
Transferências de Instituições Privadas 10.000,00 10.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 10.000,00
Transferências do Exterior 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Transferências de Pessoas 10.000,00 10.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 10.000,00
Transferências de Convênios 415.000,00 286.275,99 7.035,57 1,70 128.724,01 31,02 415.000,00
Transferências para o Combate à Fome 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
OUTRAS RECEITAS CORRENTES 322.000,00 5.585,09 215.781,47 67,01 316.414,91 98,27 322.000,00
Multas e Juros de Mora 77.000,00 31.287,45 45.712,55 59,37 45.712,55 59,37 77.000,00
Indenizações e Restituições 115.000,00 14.341,03 25,53 0,02 100.658,97 87,53 115.000,00
Receita da Dívida Ativa 115.000,00 -55.043,39 170.043,39 147,86 170.043,39 147,86 115.000,00
Receitas Decorrentes de Aportes Periódicos para Amortização de Déficit Atuar 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Receitas Correntes Diversas 15.000,00 15.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 15.000,00
RECEITAS DE CAPITAL 2.645.000,00 1.871.393,49 3.607,85 0,14 773.606,51 29,25 2.645.000,00
OPERAÇÕES DE CRÉDITO 700.000,00 700.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 700.000,00
Operações de Crédito Internas 700.000,00 700.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 700.000,00
Operações de Crédito Externas 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
ALIENAÇÃO DE BENS 350.000,00 329.340,00 0,00 0,00 20.660,00 5,90 350.000,00
Alienação de Bens Móveis 300.000,00 279.340,00 0,00 0,00 20.660,00 6,89 300.000,00
Alienação de Bens Imóveis 50.000,00 50.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 50.000,00
ARMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
TRANSFERENCIAS DE CAPITAL 1.415.000,00 667.931,40 0,00 0,00 747.068,60 52,80 1.415.000,00
Transferências Intergovernamentais 190.000,00 190.000,00 0,00 0,00 0,00 0,00 190.000,00
Transferências de Instituições Privadas 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Transferências do Exterior 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Transferências de Pessoas 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Transferência de Outras Instit. Públicas 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Transferências de Convênios 1.225.000,00 477.931,40 0,00 0,00 747.068,60 60,99 1.225.000,00
Transferência para o Combate à Fome 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL 180.000,00 174.122,09 3.607,85 2,00 5.877,91 3,27 180.000,00
Integralização do Capital Social 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Remuneração das Disponibilidades 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Receitas de Capital Diversas 180.000,00 174.122,09 3.607,85 2,00 5.877,91 3,27 180.000,00
RECEITAS INTRA-ORÇAMENTÁRIAS (II) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Receita de Contribuições 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Receita Patrimonial 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Receita de Serviços 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Outras Receitas Correntes 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
SUBTOTAL DAS RECEITAS (III)=(I+II) 15.080.000,00 6.001.558,12 1.843.998,26 12,23 9.078.441,88 60,20 15.080.000,00
2 de 3
ORÇAMENTOS FISCAIS E DA SEGURIDADE SOCIAL
PERIODO: Janeiro a Agosto 2013/BIMESTRE Julho - Agosto
RECEITAS
INICIAL
PREVISÃO
ATUALIZADA
SALDO PREVISÃO
A REALIZAR BIMESTRE %
(a) (b) (b/a)
JAN A AGO 2013
(c)
%
(c/a) (a-c)
RECEITAS REALIZADAS
RREO – ANEXO 1 (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas “a” e “b” do inciso II e § 1º) R$ 1
OPERAÇÕES DE CRÉDITO - REFINANCIAMENTO (IV) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Operações de Crédito Internas 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Mobiliária 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Contratual 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Operações de Crédito Externas 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Mobiliária 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
Contratual 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00
SUBTOTAL COMREFINANCIAMENTO (V) = (III+IV) 15.080.000,00 6.001.558,12 1.843.998,26 12,23 9.078.441,88 60,20 15.080.000,00
DÉFICIT (VI) 0,00
TOTAL (VII) = (V+VI) 15.080.000,00 1.843.998,26 12,23 9.078.441,88 15.080.000,00
SALDOS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES (UTILIZADOS PARA CRÉDITO ADICIONAIS 0,00 0,00
Superávit Financeiro 0,00 0,00
Reabertura de Créditos Adicionais 0,00 0,00
Vereador Edinho encontra com Comandante
da Polícia Militar para entregar pessoalmente
requerimento de sua autoria
Na última semana o Verea-
dor e Presidente Municipal
do PTB Edinho, encontrou
com o Comandante do 9°
Batalhão da Polícia Militar
do Estado de São Paulo SR
Marco Cesar Leite e com o
Tenente Gomes de Sá.
O encontro foi para entregar
o requerimento de sua auto-
ria aprovado por todos Vere-
adores, solicitando apoio do
Comando da Polícia Militar
ao combate a criminalida-
de em Oriente, com foco no
tráfico de drogas e furtos. O
encontro teve a participação
do munícipe e Subtenente
da Polícia Militar Sr Andrade,
que também ofereceu apoio,
utilizando suas experiências.
O Comandante destacou que
a participação da população
é fundamental na ajuda no
combate ao crime. A denún-
cia, é a mais forte ferramenta
contra o crime. Todos devem
denunciar e registrar a de-
núncia. Além disso, destacou
que as portas do Batalhão
estão abertas para atender
as necessidades de nosso
Município.
O encontro foi muito produ-
tivo, sinto que estreitamos o
relacionamento entre nossas
necessidades e a Polícia Mi-
litar, afirmou o Vereador.
A PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ORIENTE comunica aos interessados
a realização do Pregão Presencial Nº 9/2013 – Processo nº 49/2013 – Or-
dem de Serviço nº 49/2013. ÓRGÃO: Prefeitura do Município de Oriente.
OBJETO: Referente à aquisição de 1 (um) veículo (0 KM) tipo passageiro.
MODALIDADE: PREGÃO. VALOR DO EDITAL: R$ 10,00 (dez) reais. EN-
CERRAMENTO: 31.10.2013 às 10:30 horas. ABERTURA DOS ENVELO-
PES: 31.10.2013 às 10:35 horas. Edital completo e demais informações no
Setor de Compras e Material na Prefeitura Municipal de Oriente de segunda
à sexta-feira das 9:00 horas às 11:00 horas e 13:30 horas às 16:00 horas ou
pelo e-mail administracaopm2013@bol.com.br. CARLOS EDUARDO BOL-
DORINI MORIS - PREFEITO MUNICIPAL.
TRIBUNA REGIONAL 1 à 15 de Outubro de 2013 - Página 6
Dia das Crianças com programações especiais
Os alunos orientenses tiveram na semana das crianças diversas atividades que uniram diversão e aprendizado
A Secretaria da Educação
em parceria com a Prefeitu-
ra Municipal de Oriente de-
ram um show de diversão
e aprendizado para nos-
sas crianças, em uma pro-
gramação diversificada as
crianças tiveram a oportuni-
Na sexta-feira (11) as crian-
ças puderam passar um dia
descontraído no ginásio de
esportes onde brinquedos
e brincadeiras não falta-
ram. Com uma merenda
especialmente preparada
para o dia delas, as crian-
dade de aprender brincan-
do e comemorar o dia delas
com muita diversão. Das
atividades desenvolvidas,
destaca-se a apresentação
da contadora de histórias
Célia Beatriz (Marília-SP)
que encantou nossas crian-
ças na quinta-feira (10) em
histórias empolgantes que
mantiveram, por horas, as
crianças compenetradas.
Professora aposentada, a
contadora de histórias re-
velou ao Jornal Tribuna a
importância desse tipo de
atividade nas escolas “as
crianças nesta idade se en-
contram na fase do imagi-
nário, quando os bonecos
falam é como se eles tives-
sem vida de verdade, esta é
uma importante ferramenta
para o aprendizado, utili-
zar-se do imaginário para
apresentar conteúdos didá-
ticos e lições como compar-
tilhar e respeitar o próximo”
– disse. Ainda segundo ela,
as crianças se mostram in-
teressadas em histórias en-
toadas, toda criança saudá-
vel adora uma boa história
quanto mais uma criança
imagina, mais ela cria e
quanto mais ela cria, mais
inteligente e criativa ela se
tornará, concluiu.
por Sérgio C. S. Jr.
www.orientesp.com.br
ças puderam brincar, as-
sistir o teatro apresentado
pela IEHP e ainda levaram
para casa bolas e sorvete.
Para a primeira dama Tati
“esta é uma oportunidade
de nossas crianças brinca-
rem e se divertirem à vonta-
de com a monitoria de suas
professoras, toda criança
tem o direto de se divertir e
cada vez mais a tv e os ví-
deos game tomam o tempo
em que elas poderiam estar
se exercitando e conviven-
do entre elas, a programa-
ção foi feita propondo esta
ideia, a de proporcionar
brincadeiras e convívio en-
tre elas, descalças e sem
preocupações, e elas se
divertiram muito (risos)” –
disse. Algumas professo-
ras até se fantasiaram de
palhaço para animar ainda
mais a garotada “é muito
bonito de ver como as pro-
fessoras e toda a equipe
da educação se dedicam
e ‘vestem a camisa’ para
proporcionar o melhor para
nossas crianças, elas são
muito competentes e dedi-
cadas, não fazem apenas
o trivial, elas ensinam e se
preocupam com nossas
crianças, devem os meus
parabéns pela linda festa” –
concluiu.
Um novo tempo para a Educação em Oriente
Investimentos históricos em infraestrutura, formação e pessoal
Conciliar entretimento e
aprendizado tem sido o de-
safio da Secretaria da Edu-
cação em Oriente, segun-
do a secretária Ana Beatriz
“hoje em dia a configuração
(maneira em que a criança
age, aprende e convive) da
criança é muito diferente do
que décadas atrás, sendo
assim estamos buscando no-
vos métodos de ensino para
podermos melhorar a apren-
dizagem de nossos alunos” –
disse. Os professores da rede
municipal tem participado
frequentemente de capacita-
ções que visam apresentar
diversidades metodológicas
de ensino sempre buscando
um aprendizado saudável e
mais dinâmico, um exemplo
disso foi o investimento em
aparelhagem multimídia fei-
ta pela Prefeitura Municipal,
na EMEIF “Elza Cavadas
Reis” todas as salas possui-
rão (após a reforma) TV’s de
tela plana acompanhados
por Blue-Ray Players “assim
nossas professoras terão no-
vas ferramentas de trabalho
possibilitando proporcionar à
nossas crianças um aprendi-
zado cada vez mais interati-
vo” – concluiu a secretária.
O novo slogan adotado pela
Secretaria da Educação
“Brincando, Aprendendo e
Crescendo Juntos” indica
que cada vez mais busca-se
proporcionar um aprendiza-
do contextualizado e voltado
aos valores da cidadania e
da ética valorizando o pró-
ximo e humanizando o en-
sino. Grande parte das pro-
fessoras da rede municipal
de ensino estão cursando
pós-graduações e especia-
lizações para elevar ainda
mais a qualidade do ensino,
são cursos como psicopeda-
gogia, gestão escolar entre
outros. Oficinas e palestras
para professores estão sen-
do promovidas e realizadas,
são iniciativas que refletirão,
com certeza, na qualidade do
ensino de nossas crianças.
A Prefeitura também tem
feito seu trabalho, o inves-
timento e implementações
feitos neste ano tomam pro-
porções históricas. A EMEIF
“Elza Cavadas Reis” fora to-
talmente reformulada e com
novas janelas (mais claras e
arejadas), novo piso (antider-
rapante), novo forro (anticha-
mas), novo refeitório (maior e
mais arejado), nova cozinha
(novos móveis e aparelhos
adquiridos como fogão, ge-
ladeira e etc.), nova arquite-
tura (fachada e disposição
dos móveis), televisores em
todas as salas, novas de-
pendências entre outas me-
lhorias, segundo registros,
nunca o prédio que abriga
a escola tinha sofrido tama-
nhas modificações.
O investimento de 25% da
arrecadação que deve ser
direcionado à educação
nem sempre foi cumprido
em Oriente, em declarações
recentes o prefeito munici-
pal Dado Moris revelou as
dificuldades enfrentadas em
seu governo devido o investi-
mento, no ano passado, não
ter alcançado o previsto por
lei “por este motivo estamos,
infelizmente, impedidos de
receber verbas mas esta si-
tuação jamais ocorrerá em
nosso governo, vamos in-
vestir e nos empenhar para
prover o melhor sistema de
ensino possível, investir em
educação é investir num fu-
turo melhor e esta é uma das
prioridades de minha admi-
nistração” – disse o prefeito
ao Jornal Tribuna. Atualmen-
te mais de trezentas e vinte
crianças estão matriculadas
na rede municipal de ensino.
Ano IV Edição nº 083 1 à 15 Outubro de 2013 - www.tribunaregionalsp.com.br R$ 2,00
Edição concluída 14 de outubro às 17h28
Pompeia
Prefeito Oscar assina convênio e garante
R$2,5 milhões de recursos para Pompeia
O prefeito Oscar Yasuda
assinou nessa quinta-feira,
10/10, no Palácio dos Ban-
deirantes, em São Paulo, na
presença do Governador Ge-
raldo Alckmin e do amigo e
parceiro Deputado Estadual
Barros Munhoz (PSDB/SP),
o convênio para a constru-
ção de uma creche escola
no Bairro Octávio Cavalcanti
Lacombe e para a constru-
ção da primeira etapa da in-
fraestrutura do novo Distrito
Industrial IV.
O convênio para a cre-
che escola é no valor de
R$1.750.000,00 (um milhão
setecentos e cinqüenta mil
reais) e da infraestrutura do
novo Distrito R$800.000,00
(oitocentos mil reais).
Esses recursos foram con-
quistados pelo prefeito Oscar
Yasuda junto ao Governador
Geraldo Alckmin com o apoio
incondicional do Deputado
Barros Munhoz.
O Governador Geraldo Alck-
min destacou que Pompeia
se destaca pela excelência
no seu desenvolvimento
educacional e profissional,
prova disso é o pólo da FA-
TEC com curso agrícola iné-
dito no País. “Temos a certe-
za que essa Creche Escola
alavancará ainda mais o de-
senvolvimento educacional
do município, bem como a
infraestrutura para o pólo in-
dustrial do município, que fo-
mentará o desenvolvimento
industrial, econômico e social
da cidade, com a geração de
inúmeros empregos para a
população”.
Já o parceiro Deputado Bar-
ros Munhoz comentou que
“O Geraldo Alckmin é o Go-
vernador que ajuda os mu-
nicípios, é um extraordinário
municipalista, uma pessoa
aguerrida e íntegra, que luta
sempre para o desenvolvi-
mento do País e dos municí-
pios do Estado de São Pau-
lo”. Barros ainda agradeceu
ao Povo de Pompeia pela
a oportunidade dada a ele
de representar o município
em seus anseios “Pompeia
é uma cidade querida para
mim, é onde conheci pesso-
as serias e comprometidas
com o bem comum. O Pre-
feito Oscar e o Vice Jorge
são muito competentes, e a
prova disso são as inúme-
ras conquistas conseguidas
para a cidade. É o meu de-
ver como legislativo sempre
apoiar a Cidade em suas ne-
cessidades”, disse.
O prefeito Oscar Yasuda
agradece Alckmin pelo cari-
nho prestado ao de Pompeia
e a sua gente, “o Governa-
dor Geraldo Alckmin é uma
pessoa abençoada, sempre
sensibilizada com as causas
municipais. Essas benfeito-
rias ajudarão o Município a
se desenvolver ainda mais.
O que o Alckmin tem feito por
nossa cidade e região, tem
feito toda a diferença. O povo
de Pompeia agradece”.
Finalizando, o prefeito Oscar
Yasuda agradece ao apoio
marcante e fundamental do
Barros Munhoz, “Ele é uma
pessoa extraordinária para
nós, uma pessoa que tra-
balha noite e dia. Sem ele
jamais conseguiríamos reali-
zar todas essas benfeitorias
que Pompeia já conseguiu
(Creche do Idoso, Rodoviá-
ria, Trevo Paulópolis, Reca-
pes, dentre outras). Seremos
eternamente gratos a ele,
se Pompeia se desenvolve
cada dia mais, é porque te-
mos um político competente,
trabalhador e honesto, um
exemplo de Parlamentar”, fi-
nalizou.
Agentes comunitários são
homenageadas em manhã especial
Foi comemorado no dia 4
de outubro, o dia Nacional
do Agente Comunitário, de
acordo com a Lei n. 11.585
de novembro de 2007. E
para celebrar, o DHS (Depar-
tamento de Higiene e Saúde)
promoveu, no Clube JK, uma
manhã bastante especial de
muitas homenagens e reco-
nhecimento.
O prefeito Oscar Yasuda e
o superintendente do DHS
Vitor Simões conversaram
e compartilharam toda grati-
dão pelo trabalho bem feito
que vem sendo realizado na
cidade.
“Esse é um gesto de carinho
e cooperação em reconheci-
mento ao importante trabalho
desenvolvido por vocês junto
a nossa população”, disse o
prefeito Oscar. “Esses mo-
mentos nos permitem con-
versar melhor, ouvir vocês e
saber mais sobre a realidade
do dia a dia de todos”, emen-
dou.
Vitor elogiou a atuação dos
agentes comunitários, “em
casos de necessidade, como
vocês estão em contato di-
reto com os moradores, vo-
cês orientam o cidadão a
procurar atendimento nas
unidades de saúde, por isso
considero fundamental o pa-
pel de vocês e é uma honra
participar desse momento”,
comentou.
O agente comunitário de
saúde é o profissional que
desenvolve ações que bus-
cam a integração entre a
equipe de saúde e a popula-
ção adscrita à Unidade Bási-
ca de Saúde.
Tem como atribuição o exer-
cício de atividades de preven-
ção das doenças e agravos
e de vigilância à saúde por
meio de visitas domiciliares e
ações educativas individuais
e coletivas, nos domicílios e
na comunidade, sob normati-
zação do município.
TRIBUNA REGIONAL 1 à 15 de Outubro de 2013 Página 2A
Prefeito Oscar entrega tablets
para agentes comunitários
O prefeito Oscar Yasuda se-
gue investindo e buscando
soluções inteligentes para to-
dos os trabalhadores, resul-
tando assim numa prestação
de serviço com mais qualida-
de para a população.
Recentemente, o prefei-
to Oscar, juntamente com
o Superintendente do DHS
(Departamento de Higiene e
Saúde) realizou a entrega de
tablets para os agentes co-
munitários de saúde.
A intenção, de acordo com o
prefeito, é aumentar a preci-
são do atendimento e a co-
leta de dados que são muito
importantes no acompanha-
mento médico de cada mo-
rador.
Hoje em dia, Pompeia conta
com uma rede de informáti-
ca unificada que gera muito
mais exatidão e eficiência no
atendimento médico e tam-
bém facilita o trabalho do
gestor municipal da saúde. A
entrega dos tablets é a inclu-
são dos agentes nessa rede.
Vitor comenta que será muito
importante para os agentes
essa inclusão, “nosso siste-
ma está todo informatizado, o
que vem gerando um ganho
enorme para todos e sem
dúvidas, facilitará muito para
que eles possam trabalhar,
bem como o nosso acesso
e controle de informações,
para que possamos direcio-
nar os nossos investimentos
e sentir a necessidade de
cada pompeense”, disse.
Oferecer o instrumento de
trabalho necessário é funda-
mental para que os servido-
res possam exercer e bem o
seu papel. O prefeito Oscar
pensa que tudo o que soma
é benéfico e o investimento
é válido, “a gente deve se
esforçar e buscar maneiras
para que nossos trabalha-
dores façam o melhor para a
população e na área da saú-
de é assim, quanto mais con-
dições, melhor será o atendi-
mento”, finalizou.
Circo de Pulgas é atração
do CCP em Pompeia
Pompeia receberá no próxi-
mo sábado, 19/10, mais uma
vez a Cia de Bonecos com o
espetáculo Circo de Pulgas,
na Praça Jesus Maria, a par-
tir das 17h30min.
O Circuito Cultural Paulista
(CCP) é uma parceria da Di-
visão de Educação e Cultura
(DEC) com a Secretaria Es-
tadual de Cultura.
A Cia. Circo de Bonecos
apresenta o espetáculo in-
fantil Circo de Pulgas, que
conta a história de dois
amigos, Clau e Rani, que
decidem fazer um circo de
pulgas, recriando o mundo
maravilhoso circense dentro
desse universo, mas como
tudo começa a dar errado, os
garotos decidem treinar uma
pulga de verdade, a partir daí
a imaginação toma conta,
eles brincam reinventam os
universos familiares, as rela-
ções amorosas e constroem
um pensamento criativo.
O espetáculo mostra de uma
forma poética que a magia
de uma tarde no circo pode
estar contida no ato simples
e maravilhoso de brincar.
“A parceria entre prefeitura de
Pompéia e CCP proporciona
a nossa população, espetá-
culos e apresentações cultu-
rais que antes dificilmente os
pompeenses tinham acesso,
agora além de incentivarmos
a cultura, trazemos a nossa
gente algo para entreter e se
espelhar”, lembra o prefeito,
Oscar Yasuda.
A Cia. Circo de Bonecos
O grupo é uma companhia
profissional de teatro de bo-
necos que desde sua origem,
no final de 1999, se destaca
pela qualidade de seus espe-
táculos e pela busca cons-
tante de inovações técnicas
e plásticas para a linguagem
do teatro de bonecos e de
animação.
Nesta primeira década de
existência, eles são respon-
sáveis por realizar apresen-
tações nas principais capitais
e em mais de 80 cidades do
interior do Brasil, atingindo
cerca de 1 milhão especta-
dores.
Prefeitura do Município de Oriente
Rua Thomaz Martins Parra n.º 80 CNPJ 44.482.552/0001-59
Fone Fax 014 – 3456-1227

A PREFEITURA MUNICIPAL DE ORIENTE comunica para a Câmara Municipal, Partidos Políticos,
Entidades Assistências, Religiosas, Educacionais, Saúde, Sindicatos e Comunidade em Geral,
que recebeu durante o mês de SETEMBRO de 2013 repasse financeiro de Órgãos
Governamentais, a saber:

Fundo de Participação dos Municípios 394.565,45
Imposto Territorial Rural 1.325,36
Piso de Atenção Básica de Saúde 13.305,50
Programa Saúde da Família – PSF – Creche 14.260,00
Secretaria Estadual Saúde – PAB Estadual e SUS 5.403,50
Secretaria Estadual Assistência Social 2.143,70
Secretaria Estadual Educação – Transporte Escolar 27.036,12
Secretaria Estadual Educação – Merenda Escolar – Ensino Fundamental 22.475,00
Secretaria Estadual Educação – Merenda Escolar – Ensino Médio 8.100,00
Secretaria Estadual Habitação – CDHU 115.511,65
Secretaria Estadual Economia e Planejamento 370.000,00
Imposto Circulação de Mercadorias 298.586,59
Cota Parte IPVA 16.293,48
Teto Alta e Média Complexibilidade 8.068,32
Fundo Nacional Assistência Social 1.050,19
FNDE – Merenda Escolar - Creche 1.880,00
FNDE – Merenda Escolar – Ensino Fundamental 6.118,00
FNDE – Merenda Escolar – Ensino Pré Escolar 1.190,00
FNDE – Merenda Escolar – Ensino Médio 1.314,00
FNDE – Merenda Escolar – AEE 140,00
FNDE – Jovens Adultos - EJA 102,00
FNDE – Quota Estadual/Municipal 10.227,23
IPI Exportação 2.100,83
Royalties do Petróleo 685,82
Royalties Energia Elétrica 7.657,39
Fundo Nacional da Saúde - Investimentos 81.600,00
Governo Federal – Apoio Financeiro 126.947,47
Deduções emfavor do FUNDEB
- Descontados da Cota do FPM
- Descontados da Cota do ITR
- Descontados da Cota do ICMs
- Descontados da Cota do IPVA
-Descontados da Cota do IPI Exportação
142.574,39
78.913,09
265,14
59.717,31
3.258,69
420,16

Pompeia tem ampla programação no “Outubro Rosa”
A prefeitura municipal e o
DHS (Departamento de Hi-
giene e Saúde) também
estão unidos na campanha
“Outubro Rosa” – de comba-
te ao câncer de mama.
Em Pompeia, o mês terá
uma ampla programação
para levar informações a res-
peito do tipo do câncer, que é
o segundo que mais mata em
todo o mundo – ficando ape-
nas atrás do de pele. Será
promovida uma caminhada
no sábado, 19/10, com saída
às 10 horas na Rua Senador
Rodolfo Miranda. No dia 21,
no Espaço Cultural “Profes-
sor Carmen Célia Verri Ma-
ciel”, o médico oncologista
Dr. Sergio Nechar, ministrará
uma palestra para convida-
dos a partir das 19 horas.
No dia 23, no mesmo local
e horário, o Dr. Léo Pastori
– diagnóstico e tratamento
do câncer de mama. Já no
dia 30, às 20 horas o médico
ginecologista e obstetra Dr.
Paulo Saito também minis-
trará palestra, bem como a
psicóloga Lucimari Oliveira.
Fará parte da programação o
teatro “E Agora Maria?”
Pompeia recebe segundo
treinamento da Coalizão
A Coalizão Comunitária an-
tidrogas de Pindamonhan-
gaba esteve em Pompeia
no sábado, dia 05/10, para
realizar mais um treinamento
com o grupo da cidade.
Neste segundo encontro, que
aconteceu na sede da Divi-
são de Educação e Cultura,
foram expostos dados cole-
tados sobre o município e as
dificuldades de implantação.
Este foi o segundo encontro
da coalizão Pinda em Pom-
peia e reuniu diversas auto-
ridades de setores como da
educação, saúde, justiça e
segurança, além dos vere-
adores Dr. Carlos Rogério e
Vanderlei dos Santos.
O prefeito Oscar Yasuda fez
a abertura agradecendo os
presentes e lembrou que
este é um compromisso a
longo prazo e que esta é uma
ação apartidária, “consegui
trazer a coalizão para Pom-
peia, mas cabe a todos nós
enquanto comunidade, nos
unirmos. Há uma necessida-
de da união dos pompeense
e setores envolvidos para
que alcancemos o objetivo
da coalização que é uma ci-
dade que não cresça no con-
sumo de drogas e diminua na
medida do possível”.
Eliane Marcondes que é a
presidente da coalizão trou-
xe o Padre Julio e Lafaiete
Marcondes que mais uma
vez conduziram o treinamen-
to. Integrantes da coalizão da
cidade de Taubaté também
estiveram em Pompéia para
demonstrar o andamento e
trocar experiências que de-
ram certo.
Para a presidente da coa-
lizão, os problemas locais
dever ser resolvidos primei-
ro aqui e as metas devem a
ser desenvolvida em etapas,
mas as medidas iniciais a
serem tomadas tem de es-
tar solidificadas, para que a
base da solução seja forte e
resistente, para que com o
passar do tempo não tenha
intervenções que corrompam
essa estrutura, por esse mo-
tivo enalteceu também a pre-
sença e disponibilidade de
todos inclusive do prefeito.
De acordo com o vereador
Carlos Rogério, que é um
dos que encabeça o projeto
em Pompeia, esse treina-
mento é válido para sensibi-
lizar a comunidade, deixa-la
a par do que será implanta-
do e de que modo será feito
essa inserção em Pompéia.
O vereador lembra também
que em breve a cidade terá
seu lançamento oficial. “Por
enquanto trabalhamos com
uma formação de um esta-
tuto próprio, com formar de
reunir essas pessoas e em
seguida diagnosticar proble-
mas da comunidade e propor
ações”.
Vale lembrar que a coalizão é
um espaço democrático, para
compartilhar um mesmo ob-
jetivo, o combate a qualquer
tipo de droga que pretende
fazer com que Pompeia seja
mais um exemplo de suces-
so como Pindamonhangaba
e Taubaté que implantaram
o mesmo sistema e viram o
uso indiscriminado de drogas
não crescer, colocando em
prática ações desenvolvidas
que deram certo com a ajuda
e conscientização da popula-
ção.
Ação Jovem encerra
curso ‘Habitudes’
Trinte e oito alunos da turma
do Programa Estadual Ação
Jovem, participaram no Clu-
be JK, no dia 08/10, da for-
matura do curso ‘Habitudes’,
promovido numa parceria
entre Prefeitura Municipal,
através do CRAS (Centro de
Referência de Assistência
Social), Universidade da Fa-
mília (UDF), Associação Oá-
sis e Igreja Holiness.
‘Habitudes’, que é a união
das palavras hábitos e atitu-
des e o objetivo principal do
curso, é fazer com que os es-
tudantes pudessem desco-
brir em si o potencial de lide-
rança, desenvolver valores e
atitudes relacionadas de lide-
rar e desenvolver interação.
Para Natália Morelli Costa,
coordenadora do CRAS, os
alunos do Ação Jovem são
sempre incentivos por eles
a buscar oportunidades para
estudar e se capacitar. “O
Habitudes foi mais uma das
várias ações promovidas
pelo CRAS e rendeu bons
frutos, foi uma parceria muito
bem aceita por todos envol-
vidos”.
O CRAS agradece os vo-
luntários, Caio, Eliza, Lílian,
Pércio, Rebeca e os Pasto-
res Marcos e Paulo, que mui-
to acrescentaram à formação
e crescimento dos alunos.
O curso desenvolvido pelo Dr. Tim Elmore foi
traduzido e daptado para a realidade brasileira
Drª Mayara Mastrange soprando velinhas ao lado de seu
namorado Sérgio Caetano Jr. Muitas felicidades sempre!
Graziele Oliveira comemorando mais um ano de vida
exalando beleza e simpatia. Parabéns!
Ana Carolina Spadon comemora neste dia 16/10 mais um
aniversário ao lado de sua mãe Edna e seu irmão Armando.
Recebe os parabéns dos amigos e familiares.
Juninho completa mais um ano de vida neste dia 16/10.
Recebe os abraços de sua namorada, amigos e familiares.
Rolando Moris comemora mais um ano de vida ao lado dos
filhos Matheus e Rodolpho. Recebe os parabéns dos amigos
e familiares. Muitas felicidades!
João Francisco e suas medalhas conquistadas no
Campeonato Internacional de Futsal Down. Atleta
orientense foi destaque em sua modalidade
TRIBUNA REGIONAL 1 à 15 de Outubro de 2013 Página 4A
Ao todo, 16 escolas participarão dos Jogos da Primavera
“Queremos fazer da 35ª edi-
ção dos Jogos da Primavera,
um evento esportivo marcan-
te, bem organizado, fazendo
com que as escolas e seus
alunos, sintam orgulho e dis-
posição de fazer parte dessa
festa do esporte tão tradicio-
nal”, é o que falou o diretor
de esportes Cléber Pereira
ao anunciar as escolas que
participação em 2013. Toda a
equipe da Divisão de Espor-
tes e Recreação da prefeitura
municipal já vem trabalhando
e se empenhando para orga-
nizar os jogos e a abertura,
que promete muitas atrações
na sexta-feira, 25, na Arena
Esportes & Eventos.
Com relação as escolas e
projetos que participarão
do evento, confira a lista:
EMEF Professora Nilce Del-
fini Diziola (Oscar Bressane),
Colégio Cristo Rei (Marí-
lia), EMEF Professor Pedro
Sommerhauzer (Quintana),
Colégio Shunji Nishimura,
EE Professora Aparecida Lo-
pes Ramos (Oriente), EMEF
Professor Carmelino José
Dalsenter, Prodam (Hercu-
lândia), Colégio Absoluto, EE
Índia Vanuíre (Tupã), EMEF
de Pompeia, EE Professor
Altino Arantes (Quintana),
EMEF Orlando Cassaro,
Bom de Bola na Escola (Lu-
pércio), EE Cultura & Liber-
dade, EE Vitú Giorge (Orien-
te) e EE 17 de Setembro.
Já sobre as modalidades
esportivas, as seguintes se-
rão disputadas: Atletismo
(novidade), basquete, bola
ao cesto, damas (novidade),
dança, futsal, mini futebol,
natação, queima, tênis (no-
vidades), voleibol e vôlei de
areia.
Realizado com sucesso o
Torneio de Judô Amizade
Foi realizado com grande su-
cesso, no domingo, 13/10, na
Arena Esportes & Eventos, o
XI Torneio Judô Amizade de
Pompeia, que contou com a
participação de centenas de
judocas de inúmeras cida-
des de todo o estado de São
Paulo.
Durante todo o dia, acon-
teceu várias lutas, sendo a
grande atração do domingo
na Cidade.
O Torneio, realizado pela
ACEP (Associação Cultural e
Esportiva de Pompeia) com o
apoio da prefeitura municipal,
foi muito especial e teve bas-
tante homenagens, afinal,
esse ano 2013, marca os 50
anos de judô em Pompeia.
A Prefeitura Municipal de
Pompeia / Divisão de Espor-
tes e Recreação, dará inicio
a mais um Campeonato de
Futebol Amador Regional
Sub16, no próximo final de
semana. O campeonato con-
tará com a participação de
Campeonato de Futebol
Amador Regional Sub 16
06 equipes: Pompeia / Her-
culandia / Queiroz / Oriente /
Tupã e Escolinha da Chácara
São Francisco.
As equipes foram divididas
em 02 grupos de 03 equipes
cada, onde as 02 melhores
equipes de cada grupo de
classificam para as semifi-
nais, e posteriormente para a
grande final.
Todos os jogos serão dispu-
tados no Estádio Municipal
Nestor de Barros, e terão
duração de 35 minutos cada
tempo.
Copa Record de Futsal Masculino
Disputando as oitavas de fi-
nal da Copa Record de Fut-
sal, a equipe de Pompeia,
conseguiu uma belíssima
vitória contra a equipe de Ta-
rumã pelo placar de 4 x 2, no
ultimo dia 07 de outubro na
cidade de Garça.
Agora a equipe de Pompeia
irá disputar as quartas de fi-
nais, e esta aguardo o seu
próximo adversário, que ain-
da não foi definido.
Vale destacar que a equi-
pe de Pompeia, já esta en-
tre as 08 melhores equipes
da Competição e graças ao
bom desempenho de todos
os Jogadores e da Comissão
Técnica esta conquistando
importantes vitórias, e com
o apoio de todos os torcedo-
res a equipe vai Pompéia, vai
atrás de mais essa vitória.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful