Você está na página 1de 9

GRUPO WAKABA YOSAKOI SORAN

ESTATUTO

I – DA DENOMINAÇÃO, SEDE E FINALIDADES

Art. 1o - O GRUPO WAKABA YOSAKOI SORAN, a seguir denominado GRUPO, é uma organização
da sociedade civil de direito privado, sem fins lucrativos, com prazo de duração indeterminado, regido
pelo presente Estatuto, com sede e foro na cidade de Curitiba, Estado do Paraná, sendo um GRUPO
vinculado ao Departamento Cultural da Associação Cultural e Beneficente Nipo-Brasileira de Curitiba,
Nikkei Curitiba, com sede à Rua Padre Júlio Saavedra, no. 598, Bairro Uberaba, Curitiba, PR.

Art. 2o - São finalidades do GRUPO:


a) Promover o resgate, a preservação e a difusão da cultura japonesa através do Yosakoi
Soran;
b) Oportunizar o aprimoramento dos integrantes através de aulas especiais, oficinas e
workshops;
c) Despertar a consciência do bem viver e da contribuição da cultura japonesa,
especialmente o Yosakoi Soran em nossa sociedade;
d) Promover manifestações e apresentações culturais e artísticas, garantindo a participação
de seus membros, a valorização do indivíduo, o reconhecimento de sua linguagem,
identidade e harmonização entre as vivências pessoais e culturais;
e) Estabelecer parcerias e manter intercâmbio com organizações e grupos similares,
nacionais e internacionais, filiando-se, celebrando convênios, contratos e termos de
cooperação.

f) Aumentar a rede de amizades, responsabilidades e espírito de equipe dos integrantes.

II – DO QUADRO SOCIAL

Art. 3o - O GRUPO será constituído de um número ilimitado de participantes e na forma estabelecida


por este Estatuto.

Art. 4o - Será considerado integrante efetivo, com direito a votar e ser votado nas Assembléias
Gerais, todo associado que contribua com o GRUPO, previamente admitido pela Coordenação Geral,
atendidos os requisitos estabelecidos pelo Estatuto e pelas Normas Internas.

III – DOS DIREITOS E DEVERES

Art. 5o - São direitos e deveres comuns aos integrantes:

a) Votar e ser votado para qualquer cargo eletivo;

b) Usufruir dos benefícios e vantagens objetivadas nas finalidades sociais do GRUPO e nas
condições por ele estabelecidas;

c) Zelar pelo patrimônio e serviços do GRUPO e da Associação, cuidando de sua correta


aplicação;

d) Comparecer às reuniões, ensaios e eventos convocados pelo GRUPO e pela Associação;

e) Prestar ao GRUPO e à Associação, cooperação material, intelectual e esforço pelo seu


engrandecimento;

f) Sugerir linhas de ação que visem a fortalecer o GRUPO e a Associação;


g) Zelar pela independência e autonomia da representação cultural e comunitária;

h) Acatar as deliberações das Assembléias Gerais, respeitando os dispositivos estatutários;

i) Zelar pelos interesses e pelo bom nome do GRUPO e da Associação.

Art. 6o - Será excluído, por resolução da Coordenação Geral do GRUPO Wakaba Yosakoi Soran, o
integrante que não cumprir com suas obrigações sociais, estabelecidas neste Estatuto e nas Normas
Internas do GRUPO.

IV – DO PATRIMÔNIO E DAS FONTES DE RECEITA

Art. 7o - O patrimônio do GRUPO será constituído de bens como:


I – Narukos;

II – Valores arrecadados;

III – Aparelhos de som;

IV – Figurinos;

V – Entre outros.

Art. 8o - O patrimônio será administrado pela Coordenação Geral.

Art. 9º - Em caso de extinção do GRUPO, a destinação do patrimônio será motivo de deliberação em


Assembléia Geral Extraordinária.

Art. 10. - As fontes de receita do GRUPO compor-se-ão de:

I – Mensalidades;

II – Subvenções, contribuições ou doações de qualquer natureza;

III – Rendimentos pela utilização do patrimônio;

IV – Cachês;

V – Patrocínios.

Art. 11. - O GRUPO poderá firmar convênios de qualquer natureza, com órgãos públicos ou privados,
desde que não impliquem em sua subordinação ou vinculação a compromissos e interesses
conflitantes com seus objetivos e filosofia.

V – DA ORGANIZAÇÃO

Art. 12. - São órgãos de administração do GRUPO:

I – Assembléia Geral;

II – Coordenação Geral.
VI – DA ASSEMBLÉIA GERAL

Art. 13. - A Assembléia Geral, órgão soberano da vontade social, constitui-se dos integrantes em
pleno gozo de seus direitos estatutários.

Art. 14. - Compete à Assembléia Geral:

I – eleger a Coordenação Geral;

II – decidir sobre reformas do Estatuto;

III – decidir sobre a conveniência de alienar, transigir, hipotecar ou permutar bens patrimoniais
do GRUPO;

IV – apreciar o relatório anual da Coordenação Geral;

V – discutir e homologar as contas e o balanço aprovado pela Coordenação Geral.

Art. 15. - A Assembléia Geral realizar-se-á extraordinariamente, quando convocada:


I – pela Coordenação;

II – por requerimento de 50% (cinqüenta por cento) mais um dos integrantes.

Art. 16. - A convocação da Assembléia Geral será feita por meio de edital afixado na sede da
Associação, por circulares ou outros meios convenientes para ela, com antecedência mínima de 5
(cinco) dias úteis.

Parágrafo Único. Qualquer Assembléia do GRUPO instalar-se-á em primeira convocação com a


presença de metade mais um dos integrantes, e em segunda convocação, com qualquer número.

VII – DA COORDENAÇÃO GERAL

Art. 17. - A Coordenação Geral será constituída de Diretor, Coordenador, Vice-Coordenador,


Secretário, Tesoureiro e Comissões Especiais, eleitos em Assembléia Geral, tendo mandato de 2
(dois) anos, sendo prorrogável pelo mesmo período.

Art. 18. - Ocorrendo vacância na Coordenação Geral, a mesma será preenchida por designação dos
demais membros.

Art. 19. - Compete à Coordenação Geral:

I – Executar as decisões da Assembléia Geral;

II – Apresentar relatórios e prestações de contas à Assembléia Geral;

III – Convocar, extraordinariamente, a Assembléia Geral;

IV – Nomear Comissões Especiais,

Art. 20. - Compete ao Coordenador convocar e presidir reuniões da Coordenação Geral e


Assembléias Gerais e representar o GRUPO em juízo e fora dele.

Art. 21. - Compete ao Vice-Coordenador substituir o Coordenador em seus impedimentos eventuais.

Art. 22. - Compete ao Secretário organizar e secretariar as reuniões da Coordenação e Assembléias


Gerais.

Art. 23. - Compete ao Tesoureiro arrecadar as anuidades dos integrantes e administrar o patrimônio
do GRUPO conforme as normas definidas pela Coordenação Geral.
VIII – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 26. - O presente Estatuto poderá ser reformado, no todo ou em parte, em qualquer tempo, por
decisão da maioria dos integrantes ou da Comissão, em Assembléia Geral, especialmente convocada
para esse fim, e entrará em vigor assim que definida em Assembléia Geral.

Art. 27. - Os casos omissos no presente Estatuto serão resolvidos pela Coordenação Geral e
referendados pela Assembléia Geral.

Art. 28. - A composição ou alteração da Coordenação Geral do GRUPO WAKABA YOSAKOI SORAN
será decidida em Assembléia Geral convocada para este fim e será consignada em ata, bem como as
demais decisões tomadas pelo GRUPO.
ANEXO I

São membros da Coordenação Geral do GRUPO WAKABA YOSAKOI SORN:

______________________________ ______________________________
Diretor: Katsuyuki Kajiwara Coordenador: William Satoshi Furukawa

______________________________ ______________________________
Vide-Coordenador: Gisele Miyoko Onuki Tesoureira: Lídia Mayumi Yamaguti

______________________________
Secretária: Cristina Keiko Yamaguti

CURITIBA, xx DE xxxxxxxxxxxxxx DE 2008.


GRUPO WAKABA YOSAKOI SORAN

NORMAS INTERNAS

OBRIGATÓRIO:

• Uso de calça preta e camiseta de cores claras em dias de aulas/ensaios.

• Comparecimento e participação nas aulas/ensaios oficiais e extras sob pena de remoção do


GRUPO caso do integrante:

o apresentar 2 (duas) faltas consecutivas nos ensaios sem justificativa prévia (doença,
viagem de trabalho, etc.);

o apresentar 3 (três) faltas em 2 (dois) meses sem justificativa prévia nos ensaios;

o faltar ao treino "pré-estréia" de música, em evento OFICIAL.

o faltar em alguma apresentação OFICIAL do GRUPO.

OBS.: Ser removido da coreografia não significa ser removido do GRUPO.

• A venda de rifas e a participação em eventos que contribuam com o caixa financeiro do


GRUPO, incluindo ajuda em MATSURIS de Curitiba, jantares promovidos pelo GRUPO e
outros.

• Apresentação dos boletins escolares (para integrantes que estejam cursando o Ensino
Fundamental ou Médio) para o programa YOSAKOI/ESCOLA.

• Pagamento das mensalidades, no valor de R$ 10,00 (dez reais) para associados do Nikkei
Curitiba, e de R$ 20,00 (vinte reais) para não associados do Nikkei Curitiba. O valor
arrecadado será utilizado para pagar, integral ou parcialmente, as despesas com ônibus de
viagens, refeições durante as viagens, figurinos, músicos, materiais para o GRUPO e outras
despesas inerentes à atividade do GRUPO. Caso o valor arrecadado não seja suficiente para
custear as despesas acima citadas, os integrantes deverão pagar o restante dos seus custos.

• Respeito aos outros membros do GRUPO, sem nenhum tipo de preconceito, zelando e
preocupando-se com o GRUPO e com os colegas, priorizando a harmonia entre todos os
membros e evitando a formação de “panelinhas”.

• Responsabilidade para com o GRUPO, dedicando-se para a melhoria dos trabalhos em


equipe e para a divulgação da cultura japonesa e da filosofia do GRUPO.

• Aceitar conselhos construtivos do Diretor, professores, coordenadores e colegas, e também


dá-los sempre que achar necessário.
PROIBIDO:

• Os integrantes são proibidos de consumir bebidas alcoólicas, fumo e outras drogas ilícitas de
acordo com a Constituição Federal durante os treinos, viagens, apresentações ou
em quaisquer atividades em que o integrante esteja representando o GRUPO, a Associação
Nikkei Curitiba e/ou vestindo uniforme do Wakaba. Os acompanhantes de integrantes
também têm as proibições acima citadas, válidas quando estiverem assistindo aos treinos e
ensaios.

• O namoro entre os integrantes é permitido, todavia, durante treinos, apresentações e eventos


do GRUPO não é permitido demonstrações de afeto devido às reclamações por parte dos
pais de integrantes e para zelar o bom encaminhamento e harmonia das aulas/ensaio;

• Uso de jeans, blusas curtas (modelos baby-look), saias, decotes, shorts extremamente curtos
e blusas demasiadamente justas.

• A divulgação de vídeos e/ou imagens do Yosakoi Soran que envolvam música ou figurino do
GRUPO Wakaba Yosakoi Soran sem a prévia autorização da Coordenação.

• O hábito de mascar chicletes, chupar balas, ingerir alimentos ou bebidas durante os ensaios,
aulas e apresentações, excetuados os horários dos intervalos concedidos pelos líderes, por
apresentar riscos à saúde e para manter o bom andamento dos ensaios.

• Uso de cabelos soltos (médios e longos), brincos de porte médio e grande, correntes,
relógios, pulseiras, piercings e acessórios em geral, durante aulas, ensaios e apresentações
(exceto se fizer parte do figurino), para manter a uniformidade da equipe, evitar acidentes e
evitar lesões aos integrantes.

• Chegada após o limite de tolerância permitido pela Coordenação em aulas (quinze minutos),
ensaios (quinze minutos) e, principalmente, em apresentações (sem tolerância).

INFORMAÇÔES GERAIS

• São objetivos do GRUPO as apresentações no Festival Folclórico e de Etnias, Festivais e


Campeonatos de Yosakoi Soran, MATSURIS de Curitiba, viagens de integração e
apresentações feitas através de convites ao GRUPO.

• Independente da idade, cada integrante é responsável por seus atos. Ficando vetada a
intromissão de pais e responsáveis nas reuniões da Diretoria do GRUPO.

• Ao entrar no GRUPO, o integrante estará autorizando, automática e gratuitamente, a


utilização de sua imagem para divulgação do GRUPO.

• Caso o integrante não obedeça ao Estatuto em qualquer um dos itens acima citados, a
Coordenação irá conversar com o integrante no intuito de informá-lo dos erros cometidos e
adverti-lo para que os mesmos fatos não voltem a acontecer. Caso o Estatuto seja
novamente desobedecido, a Coordenação Geral marcará uma reunião com o integrante e
com o Diretor do WAKABA YOSAKOI SORAN, onde será decidida a sua permanência ou não
no GRUPO.
TERMO DE COMPROMISSO

Eu, _____________________________________, declaro que li, compreendi e obedecerei


ao Estatuto do GRUPO WAKABA YOSAKOI SORAN e suas Normas Internas, sob pena de
afastamento temporário ou definitivo do GRUPO, conforme decisão da Coordenação Geral, caso
ocorra o descumprimento do mesmo.

______________________________________________

CFP:

RG:

______________________________________________

Coordenador: William Satoshi Furukawa

Curitiba, XX de XXXXXXX de 2009.


PROJETOS EM ANDAMENTO

• YOSAKOI/ESCOLA

Integrantes que estejam cursando o Ensino Fundamental ou Médio devem apresentar


seus boletins para a Comissão, e caso existam notas abaixo da média, primeiramente a
Comissão irá conversar com o integrante, no intuito de ajudá-lo a melhorar seu desempenho
escolar, detectar as possíveis causas das notas baixas, podendo retirá-lo temporariamente da
coreografia caso a Comissão, juntamente com o integrante, entenda que os ensaios do
Yosakoi estão sendo o motivo para o baixo desempenho escolar.

Caso o integrante afirme que seu boletim não está sendo influenciado negativamente
pelos ensaios, poderá continuar participando da coreografia, porém, caso as notas abaixo da
média persistam no próximo boletim, a Comissão entrará em contato com o integrante
juntamente com os pais para, novamente, tentar detectar alguma influência negativa causada
pelos ensaios.

• COLEGA ORIENTADOR

Todo novo integrante terá, no mínimo, um colega orientador que auxiliará no


entrosamento com o restante da equipe, passará as informações necessárias e também irá
sanar possíveis dúvidas que o integrante venha a ter.

Interesses relacionados