Você está na página 1de 22
História Geral Modernidade Renascimento & Reformas Religiosas Profº: Ítalo Almeida

História Geral

Modernidade

Renascimento & Reformas Religiosas

Profº: Ítalo Almeida

Mentalidade Moderna

“Criador e criatura do mundo em que vive”

Nova maneira de ver e pensar o mundo

Indivíduo

Ambição

Competitividade

Transformação do mundo em que se vive

Novos valores:

* Humanismo;

* Racionalismo (Fé

* Indivíduo

Razão);

Renascimento: Movimento intelectual e cultural que caracterizou a transição de mentalidade do medievo à modernidade



Inspiração da

Cultura Clássica

(Classicismo)



Nascimento de

um novo homem

Produção Cultural Urbana

Movimento

elitista

Aumento da qualidade e quantidade da produção cultural

Aumento da qualidade e quantidade da produção cultural Desenvolvimento da imprensa Johann Gutemberg (1400-1468) 

Desenvolvimento da imprensa Johann Gutemberg (1400-1468)

Divulgação da literatura

Johann Gutemberg (1400-1468)  Divulgação da literatura Ação dos Mecenas * Patrocínio ao trabalho de artistas

Ação dos Mecenas * Patrocínio ao trabalho de artistas e intelectuais

(1400-1468)  Divulgação da literatura Ação dos Mecenas * Patrocínio ao trabalho de artistas e intelectuais

Importância do Humanismo

Humanismo

Reformulações do ensino universitário

Homem no centro das preocupações intelectuais

Antropocentrismo

Novas orientação no estudo das humanidades

* Filosofia;

* História;

* Poesia;

* Retórica.

Novo sistema de

valores

Principais Humanistas

Poesia; * Retórica. Novo sistema de valores Principais Humanistas Roterdã Maquiavel Cervantes Camões Morus Shakespeare

Roterdã

Maquiavel

Cervantes

Camões

Morus

Shakespeare

Renascimento artístico

Mudanças técnicas e temáticas

Equilíbrio, leveza e elegância

X Paixão e fé medieval + espírito rude feudal

Pinturas de perspectiva e a óleo

* Mitologia;

* Cenas do cotidiano; * Corpo humano.

rude feudal Pinturas de perspectiva e a óleo * Mitologia; * Cenas do cotidiano; * Corpo
rude feudal Pinturas de perspectiva e a óleo * Mitologia; * Cenas do cotidiano; * Corpo

Obs! Assinatura nas obras

- Berço do Renascimento * Florença - séc. XV * Roma e Veneza - Séc.

- Berço do Renascimento

* Florença - séc. XV

* Roma e Veneza - Séc. XVI

* Desenvolvimento comercial e urbano;

* Mecenato: Obs! Médici, Este e Sforza;

* Fuga dos sábios bizantinos;

* Sede do império romano.

Principais artistas italianos Giotto (1267-1337)

romano. Principais artistas italianos Giotto (1267-1337) Lamentação * Introdutor da perspectiva na pintura; * Seres
romano. Principais artistas italianos Giotto (1267-1337) Lamentação * Introdutor da perspectiva na pintura; * Seres

Lamentação

* Introdutor da perspectiva na pintura;

* Seres divinos e humanos com semelhante aparência.

Principais artistas italianos

Principais artistas italianos “Nascimento de Vênus” Botticelli (1444-1510) Obs! Leveza e suavidade de seus

“Nascimento de Vênus”

Botticelli (1444-1510)

Botticelli (1444-1510)

Obs! Leveza e suavidade de seus personagens

Leonardo da Vinci (1452-1519)

suavidade de seus personagens Leonardo da Vinci (1452-1519) "De tempos em tempos, o céu nos envia

"De tempos em tempos, o céu nos envia alguém que não é apenas humano, mas também divino, de

modo que, através de seu espírito e da

superioridade de sua inteligência, possamos atingir o Céu"

Principais artistas italianos

Principais artistas italianos A Mona Lisa Ticiano (1490-1576) O homem vitruviano A ú l t i

A Mona Lisa

Ticiano (1490-1576)

Principais artistas italianos A Mona Lisa Ticiano (1490-1576) O homem vitruviano A ú l t i
Principais artistas italianos A Mona Lisa Ticiano (1490-1576) O homem vitruviano A ú l t i

O homem vitruviano

italianos A Mona Lisa Ticiano (1490-1576) O homem vitruviano A ú l t i m a

A última ceia

Lisa Ticiano (1490-1576) O homem vitruviano A ú l t i m a c e i

Vênus deitada

Lisa Ticiano (1490-1576) O homem vitruviano A ú l t i m a c e i

Dionísio

Principais artistas italianos

Rafael (1483-1520)

Principais artistas italianos Rafael (1483-1520) Michelangelo (1475-1564) Donna Velata Pietà A Transfiguração O fôlego

Michelangelo (1475-1564)

artistas italianos Rafael (1483-1520) Michelangelo (1475-1564) Donna Velata Pietà A Transfiguração O fôlego da vida
artistas italianos Rafael (1483-1520) Michelangelo (1475-1564) Donna Velata Pietà A Transfiguração O fôlego da vida

Donna Velata

artistas italianos Rafael (1483-1520) Michelangelo (1475-1564) Donna Velata Pietà A Transfiguração O fôlego da vida

Pietà

artistas italianos Rafael (1483-1520) Michelangelo (1475-1564) Donna Velata Pietà A Transfiguração O fôlego da vida

A Transfiguração

artistas italianos Rafael (1483-1520) Michelangelo (1475-1564) Donna Velata Pietà A Transfiguração O fôlego da vida

O fôlego da vida

A Expansão do Renascimento François Rebelais (1494-1553) Gargântua e Pontagruel Thomas Morus (1478-1535) Utopia Michel

A Expansão do Renascimento

A Expansão do Renascimento François Rebelais (1494-1553) Gargântua e Pontagruel Thomas Morus (1478-1535) Utopia Michel

François Rebelais (1494-1553)

A Expansão do Renascimento François Rebelais (1494-1553) Gargântua e Pontagruel Thomas Morus (1478-1535) Utopia Michel
A Expansão do Renascimento François Rebelais (1494-1553) Gargântua e Pontagruel Thomas Morus (1478-1535) Utopia Michel

Gargântua e Pontagruel

Thomas Morus (1478-1535)

(1494-1553) Gargântua e Pontagruel Thomas Morus (1478-1535) Utopia Michel de Montaigne (1533-1592) Ensaios William
(1494-1553) Gargântua e Pontagruel Thomas Morus (1478-1535) Utopia Michel de Montaigne (1533-1592) Ensaios William

Utopia

Michel de Montaigne (1533-1592)

Ensaios
Ensaios

William Shakespeare (1564-1616)

Thomas Morus (1478-1535) Utopia Michel de Montaigne (1533-1592) Ensaios William Shakespeare (1564-1616) Romeu e Julieta
Thomas Morus (1478-1535) Utopia Michel de Montaigne (1533-1592) Ensaios William Shakespeare (1564-1616) Romeu e Julieta

Romeu e Julieta

A Expansão do Renascimento Albrecth Dürer (14711-1528) A adoração dos magos Hans Holbein (1497-1553) Retrato

A Expansão do Renascimento

A Expansão do Renascimento Albrecth Dürer (14711-1528) A adoração dos magos Hans Holbein (1497-1553) Retrato Henrique

Albrecth Dürer (14711-1528)

A Expansão do Renascimento Albrecth Dürer (14711-1528) A adoração dos magos Hans Holbein (1497-1553) Retrato Henrique
A Expansão do Renascimento Albrecth Dürer (14711-1528) A adoração dos magos Hans Holbein (1497-1553) Retrato Henrique

A adoração dos magos

Hans Holbein (1497-1553)

(14711-1528) A adoração dos magos Hans Holbein (1497-1553) Retrato Henrique VIII Luís Vaz de Camões (1524-1580)
(14711-1528) A adoração dos magos Hans Holbein (1497-1553) Retrato Henrique VIII Luís Vaz de Camões (1524-1580)

Retrato

Henrique VIII

Luís Vaz de Camões (1524-1580)

Retrato Henrique VIII Luís Vaz de Camões (1524-1580) O s L u s í a d
Retrato Henrique VIII Luís Vaz de Camões (1524-1580) O s L u s í a d

Os Lusíadas

Henrique VIII Luís Vaz de Camões (1524-1580) O s L u s í a d a

Miguel de Carvantes

(1547-1616)

Henrique VIII Luís Vaz de Camões (1524-1580) O s L u s í a d a
Henrique VIII Luís Vaz de Camões (1524-1580) O s L u s í a d a

Dom Quixote

A Expansão do Renascimento Van Eyck (1390-1441) M a d o n a Erasmo de

A Expansão do Renascimento

Van Eyck (1390-1441)

A Expansão do Renascimento Van Eyck (1390-1441) M a d o n a Erasmo de Roterdã
A Expansão do Renascimento Van Eyck (1390-1441) M a d o n a Erasmo de Roterdã

Madona

Erasmo de Roterdã (1466-1536)

(1390-1441) M a d o n a Erasmo de Roterdã (1466-1536) Elogio da loucura Hieronymus Bosch
(1390-1441) M a d o n a Erasmo de Roterdã (1466-1536) Elogio da loucura Hieronymus Bosch

Elogio da loucura

Hieronymus Bosch (1450 1516)

M a d o n a Erasmo de Roterdã (1466-1536) Elogio da loucura Hieronymus Bosch (1450
M a d o n a Erasmo de Roterdã (1466-1536) Elogio da loucura Hieronymus Bosch (1450

Humanidade

Renascimento Científico

Espírito crítico Desenvolvimento da ciência moderna

Novo perfil do cientista

* Observar * Investigar 
* Observar
* Investigar

* Racionalista;

* Examinador;

* Experimentalista.

X * Obediente religioso;

* Dogamático pela fé.

* Experimentar

Leonardo da Vinci

(1452-1519)

religioso; * Dogamático pela fé. * Experimentar Leonardo da Vinci (1452-1519) Protótipos voadores Criança no útero
religioso; * Dogamático pela fé. * Experimentar Leonardo da Vinci (1452-1519) Protótipos voadores Criança no útero

Protótipos voadores

religioso; * Dogamático pela fé. * Experimentar Leonardo da Vinci (1452-1519) Protótipos voadores Criança no útero

Criança no útero

Renascimento Científico

Nicolau Copérnico (1548-1600)

“A terra é esférica”
“A terra é esférica”

Heliocentrismo

Paracelso (1493-1541)

Nicolau Copérnico (1548-1600) “A terra é esférica” Heliocentrismo Paracelso (1493-1541) Farmácia de Paracelso
Nicolau Copérnico (1548-1600) “A terra é esférica” Heliocentrismo Paracelso (1493-1541) Farmácia de Paracelso

Farmácia de

Paracelso

Renascimento Científico

Miguel Servet (1511-1553)

Renascimento Científico Miguel Servet (1511-1553) Condenação de Servet Galileu Galilei (1564-1662) D e s e n
Renascimento Científico Miguel Servet (1511-1553) Condenação de Servet Galileu Galilei (1564-1662) D e s e n

Condenação de Servet

Galileu Galilei (1564-1662)

Condenação de Servet Galileu Galilei (1564-1662) D e s e n v o l v i
Condenação de Servet Galileu Galilei (1564-1662) D e s e n v o l v i

Desenvolvimento

de Servet Galileu Galilei (1564-1662) D e s e n v o l v i m

Acusação a

do telescópio

Galilei

Reformas Religiosas

* Mudanças de Mentalidade

* Críticas à Igreja

* Corrupção do Clero

* Negociação de simonias, indulgências

* Usura

* Novas interpretações da Bíblia

* Nova ética religiosa

* Sentimento nacionalista

de simonias, indulgências * Usura * Novas interpretações da Bíblia * Nova ética religiosa * Sentimento

Reforma Luterana

Reforma Luterana * 1505 - Quase morre * 1510 - decepção com a corrupção do clero

* 1505 - Quase morre

* 1510 - decepção com a corrupção do clero

* 1517 - Rompimento com a Igreja Católica

* 1520 - Excomunhão

* 1530 Confissão de Augsburgo

* Difusão do Luteranismo

Questões políticas e econômicas

* 1520 - Excomunhão * 1530 Confissão de Augsburgo * Difusão do Luteranismo Questões políticas 

Reforma Calvinista

Reforma Calvinista Ética calvinista  Predestinação Fé burguesa  Governador de Genebra 1541-1560

Ética

calvinista

Predestinação

Fé burguesa

Governador de

Genebra 1541-1560

Reforma Anglicana

   Reforma Anglicana * Questões político-economia transformam a fervorosidade de Henrique VIII Igreja Anglicana

* Questões político-economia transformam a fervorosidade de Henrique VIII

Igreja Anglicana

Interesses do Rei e da Nobreza

Negação do divórcio

* Conteúdo protestante e ritual católico

* 1534 - Ato de supremacia

Contra Reforma

Contra Reforma Moralização do Clero  Reorganização das Estruturas administrativas * Criação dos Jesuítas *

Moralização do Clero

Reorganização das Estruturas administrativas

* Criação dos Jesuítas

* Inquisição

* Index

Divergências entre as doutrinas

Igreja

 

Livro

Salvação

Sacramentos

Rito

Sagrado

Humana

Religioso

Católica

A

Bíblia fonte da fé, mas

Fé e Obras

Batismo; Crisma;

Missa solene

com a interpretação pelos

Eucaristia; Matrimônio;

em latim

padres.

Penitência; Ordem e extrema unção.

Luterana

A

Bíblia é a única fonte da

Batismo e Eucaristia

Culto simples com uso da língua nacional

fé, com livre interpretação.

Calvinista

A

Bíblia é a única fonte da

Fé e a graça de Deus

Batismo e Eucaristia

Culto simples com uso da língua nacional

fé, com livre interpretação.

Anglicana

A Bíblia é a principal fonte

Fé e a graça

Batismo e Eucaristia

Culto

da fé, com livre exame, mas interpretação pela igreja.

de Deus

(Instituídos por Cristo)

conservando a forma católica com uso da língua nacional

Reconhecimento dos demais sacramentos.

Incidência Protestante

Incidência Protestante