Você está na página 1de 3

Patrick Ferreira Araujo

Nº: 25

Ebulioscopia

A ebulioscopia é uma propriedade coligativa que ocasiona a elevação da temperatura de um líquido quando a ele se adiciona um soluto não-volátil e não-iônico. A temperatura em que se inicia a ebulição do solvente em uma solução de soluto não-volátil é sempre maior que o ponto de ebulição do solvente puro (sob mesma pressão). Isso acontece porque a água, por exemplo, só entrará em ebulição novamente se receber energia suficiente para que sua pressão de vapor volte a se igualar à pressão externa (atmosférica), o que irá acontecer numa temperatura superior a 100°C. Exemplo:

Patrick Ferreira Araujo Nº: 25 Ebulioscopia A ebulioscopia é uma propriedade coligativa que ocasiona a elevação

Água pura: P.E. = 100°C Água com açúcar: P.E. maior que 100°C

Veja a tabela comapartiva a seguir com diferentes soluções de sacarose em água e o P.E.:

Quantidade de matéria de sacarose (por Kg de água)

P.E. Água Pura a 1atm

P.E. água na solução a

1atm

0,01

  • 100 100,01

 

0,2

  • 100 100,10

 

0,8

  • 100 100,42

 

Observe que quanto mais partículas dissolvidas há na solução, maior é a temperatura de ebulição.

Quanto maior a quantidade de partículas em uma solução, maior será o seu P.E.

Diagrama de Fases e o Ponto Triplo

A transformação de cada estado físico possui um nome. Obseve:

Patrick Ferreira Araujo Nº: 25 Ebulioscopia A ebulioscopia é uma propriedade coligativa que ocasiona a elevação

Existe um gráfico que representa as curvas de variação da temperatura de ebulição e da variação da temperatura de solidificação de uma substância qualquer em função da pressão de vapor. Essas curvas coincidem num ponto específico de cada substância.

Fonte: http://estadofisico.blogspot.com/2007/08/as-substncias-podem-mudar-de- estado.html As curvas de variação das temperaturas de ebulição e de solidificação da água

Fonte: http://estadofisico.blogspot.com/2007/08/as-substncias-podem-mudar-de- estado.html

As curvas de variação das temperaturas de ebulição e de solidificação da água em função da pressão de vapor coincidem no ponto em que a pressão é igual a 4,579mmHg e a tempertura é 0,0098°C. Esta coordenada representa o Ponto Triplo da água e o equilíbrio das fases. Isto quer dizer que a substância pode ser encontrada, neste ponto exato da curva, nos três estados físicos ao mesmo tempo: sólido, líquido e gasoso.

Equilíbrio das fases:

Fonte: http://estadofisico.blogspot.com/2007/08/as-substncias-podem-mudar-de- estado.html As curvas de variação das temperaturas de ebulição e de solidificação da água

Considere estes dois conceitos:

  • 1. O solvente apresenta características que podem modificar o comportamento de um

líquido, neste caso ele é responsável pela elevação do ponto de ebulição deste

 

líquido.

 
 
  • 2. Sabemos que fenômeno da ebulição ocorre quando uma substância passa do

 

estado líquido para o estado gasoso, o ponto de ebulição da água é de 100,0°C.

Mas como isso ocorre na prática? Para melhor entender usemos de um exemplo bem

simples, quando misturamos sal à água aumentamos seu ponto de ebulição, sendo

 

assim, ela vai demorar mais a levantar fervura. Isto porque quando um soluto não

 

volátil é dissolvido em água, observa-se que a temperatura de ebulição da solução

 

formada é superior ao valor da temperatura de ebulição da água pura. Este fenômeno

é denominado efeito ebulioscópico.

 

A fórmula usada para o cálculo da Ebulioscopia é:

Δte = Te2 - Te, onde:

Te = temperatura de ebulição da solução

 

Te2 = temperatura de ebulição do solvente

Experimento:

Um líquido entra em ebulição (ferve) quando o aquecemos e a pressão de vapor se iguala à pressão atmosférica (temperatura = 100 ° C), essa seria a reação esperada deste procedimento, mas quando adicionamos um soluto não volátil a uma solução, acontece o inesperado, a Ebulioscopia surge então para explicar a elevação do ponto de ebulição da água.

Através do procedimento a seguir, podemos observar a propriedade coligativa da Ebulioscopia:

Material:

Água Açúcar Recipiente para se levar ao fogo.

Procedimento:

  • - Coloque no recipiente um copo de água pura e leve ao fogo;

  • - Quando a água começar a entrar em ebulição, misture 3 colheres de açúcar e observe o que acontece.

Explicação: A água vai demorar um pouco mais a entrar em ebulição, mas por quê? Os cristais de açúcar são partículas que retardam o ponto de ebulição da água.

Quando o ponto de ebulição de um líquido é elevado pela presença de um soluto não volátil, o novo valor é diretamente proporcional ao número de mols da solução. O açúcar funciona como soluto não volátil.

Como se vê, o exposto aqui é vivenciado no dia-a-dia, o que não sabíamos é que este contexto tem tudo a ver com a Físico-Química, aliás, a cozinha é um verdadeiro laboratório presente em praticamente todos os lares.