Você está na página 1de 6
SGA Introdução Qualidade LEVANTAMENTOS, DIAGNÓSTICOS E AUDITORIAS SGA ISO 14001 AMBIENTAIS SGA por Níveis
SGA
Introdução
Qualidade
LEVANTAMENTOS,
DIAGNÓSTICOS E
AUDITORIAS
SGA
ISO
14001 AMBIENTAIS
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
Sistemas
SISTEMAS DE
Sustentáveis
GESTÃO DO
Casos
AMBIENTE
Prática
Manuel
2003/2004
Duarte
Pinheiro
SGA Levantamentos Ambientais, Diagnósticos, Auditorias Introdução Qualidade 1. Processo ISO 14 010 e Tipologias de
SGA
Levantamentos Ambientais,
Diagnósticos, Auditorias
Introdução
Qualidade
1. Processo ISO 14 010 e Tipologias de
SGA
ISO
14001 Auditorias
SGA por
Níveis
2. Motivação, benefícios
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Prática
3. Agentes envolvidos
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA Introdução Qualidade Aponta princípios gerais de Auditorias Ambientais. Enfatiza os seguintes pontos: SGA
SGA
Introdução
Qualidade
Aponta princípios gerais de Auditorias
Ambientais. Enfatiza os seguintes
pontos:
SGA
ISO
14001
SGA por
1 - Uma auditoria deve claramente definir foco e âmbito
Níveis
Sistemas
Integrados
Sistemas
2 - Possibilidade de cliente da auditoria, ser o auditado
ou entidade reguladora
Sustentáveis
Casos
Prática
3 - Constatações podem ser positivas e negativas
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA Introdução Qualidade SGA ISO 14001 SGA por Níveis Sistemas Integrados Sistemas Sustentáveis Casos
SGA
Introdução
Qualidade
SGA
ISO
14001
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA Introdução Qualidade SGA ISO 14001 SGA por Níveis Sistemas Integrados EM SÍNTESE O PROCESSO
SGA
Introdução
Qualidade
SGA
ISO
14001
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
EM SÍNTESE O
PROCESSO
SEGUNDO
ISO 14010
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA Os princípios gerais abrangem as seguintes categorias: Objectivos e âmbito da auditoria Introdução Qualidade
SGA
Os princípios gerais abrangem as seguintes
categorias:
Objectivos e âmbito da auditoria
Introdução
Qualidade
Objectividade, independência e competência da equipa
auditora
SGA
ISO
A utilização de atitudes profissionais
14001
A utilização de procedimentos sistemáticos
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
O exame dos critérios da auditorias como forma de obter
evidências e atingir as constatações
Sistemas
Sustentáveis
Assegurar as fiabilidade das constatações e conclusões
Casos
Prática
Relatar à gestão e ao cliente
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA AUDITORIA AMBIENTAL ISO 14010 Introdução Qualidade SGA ISO 14001 SGA por Níveis Sistemas Integrados
SGA
AUDITORIA AMBIENTAL
ISO 14010
Introdução
Qualidade
SGA
ISO
14001
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Prática
Manuel
Auditoria Ambiental
Processo de verificação sistemática e
documentada de forma a obter informação e
avaliar se determinadas actividades,
acontecimentos, condições, sistemas de
gestão ambientais, ou informação sobre estes
assuntos, estão em conformidade com os
critérios de auditoria e comunicação dos
resultados deste processo ao cliente.
Objectivo e Âmbito
O objectivo da auditoria deve ser definido
pelo cliente, mas será o auditor, em conjunto
com o cliente, a definir o âmbito da auditoria
(extensão e limites da auditoria).
Duarte
Pinheiro
SGA Requisitos para uma Auditoria Ambiental Só deve ser realizada se, após consulta do cliente,
SGA
Requisitos para uma Auditoria Ambiental
Só deve ser realizada se, após consulta do cliente, o
auditor ficar com a opinião que:
Introdução
– Existe informação suficiente e apropriada sobre o tema
da auditoria;
Qualidade
– Existem recursos adequados para suporte ao processo
de auditoria;
SGA
– Existe uma cooperação adequada por parte da
ISO
14001 organização a ser auditada.
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
Critérios de Auditoria
Passo essencial numa auditoria. Devem ser definidos no
início da auditoria pelo auditor e cliente.
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
Políticas, práticas, procedimentos ou requisitos em
relação aos quais o auditor compara a informação
recolhida no processo de auditoria. Os requisitos
podem incluir, mas não estão limitados a, normas,
directrizes, requisitos específicos da organização, e
requisitos legislativos ou regulamentares.
SGA PREPARAÇÃO DA AUDITORIA AMBIENTAL Introdução Qualidade Plano de Auditoria: • Local e data da
SGA
PREPARAÇÃO DA AUDITORIA
AMBIENTAL
Introdução
Qualidade
Plano de Auditoria:
• Local e data da Auditoria;
SGA
• Cronograma de reuniões com o auditado;
ISO
14001
• Tempo e duração da auditoria;
• Objetivos e âmbito;
SGA por
Níveis
• Logística;
Sistemas
Integrados
• Metodologia;
• Áreas prioritárias de auditoria;
Sistemas
Sustentáveis
• Material de referência;
Casos
• Períodos de retenção de documentos; e
Prática
Manuel
• Formato e estrutura, data de emissão e distribuição
esperadas para o relatório.
Duarte
Pinheiro
SGA MODELO CONCEITUAL Introdução Qualidade Âmbito SGA Critério ISO 14001 Observações Referência SGA por
SGA
MODELO CONCEITUAL
Introdução
Qualidade
Âmbito
SGA
Critério
ISO
14001 Observações
Referência
SGA por
Níveis
Evidências
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Constatações
Casos
Prática
Conclusões
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA MACRO FLUXO DO PROCESSO DE AUDITORIA AMBIENTAL Introdução Qualidade Actividades Definição da Equipa SGA
SGA
MACRO FLUXO DO PROCESSO DE AUDITORIA
AMBIENTAL
Introdução
Qualidade
Actividades
Definição da Equipa
SGA
Pré-Auditoria
ISO
14001
Planeamento da Auditoria
SGA por
Níveis
Auditoria
Sistemas
Actividades
Notificação à Entidade
Integrados
na Entidade
Sistemas
Análise das
Sustentáveis
Regulamentações e
Informações Aplicáveis
Casos
Actividades
Prática
Pós-Auditoria
Preparação do Material
Necessário
1
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA MACRO FLUXO DO PROCESSO DE AUDITORIA Introdução AMBIENTAL Qualidade 1 Reunião de Abertura Actividades
SGA
MACRO FLUXO DO PROCESSO DE AUDITORIA
Introdução
AMBIENTAL
Qualidade
1 Reunião de Abertura
Actividades
SGA
Pré-Auditoria
ISO
Verificação
14001
Entrevistas
SGA por
Níveis
Auditoria
Sistemas
Avaliação e Verificação
dos Registros
Actividades
Integrados
na Entidade
Sistemas
Redação e Validação
dos Resultados
Sustentáveis
Casos
Elaboração do Relatório
Preliminar
Actividades
Prática
Pós-Auditoria
Reunião de Encerramento
Manuel
Duarte
2
Pinheiro
SGA EXECUÇÃO DA AUDITORIA Introdução • Reunião de Qualidade abertura SGA ISO 14001 • Recolha
SGA
EXECUÇÃO DA AUDITORIA
Introdução
• Reunião de
Qualidade
abertura
SGA
ISO
14001
• Recolha de
SGA por
Níveis
evidências
Sistemas
Integrados
Sistemas
• Constatações
Sustentáveis
Casos
Prática
• Reunião de
Manuel
Duarte
encerramento
Pinheiro
SGA Introdução REALIZANDO A AUDITORIA NA UNIDADE Qualidade ENTREVISTAS SGA ISO 14001 As perguntas devem
SGA
Introdução
REALIZANDO A AUDITORIA NA
UNIDADE
Qualidade
ENTREVISTAS
SGA
ISO
14001
As perguntas devem ser:
SGA por
Níveis
• claras
Sistemas
Integrados
• objectivas
Sistemas
Sustentáveis
• racionais
Casos
• completas
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA MACRO FLUXO DO PROCESSO DE AUDITORIA AMBIENTAL Introdução Qualidade Revisão do Relatório 2 Preliminar
SGA
MACRO FLUXO DO PROCESSO DE AUDITORIA
AMBIENTAL
Introdução
Qualidade
Revisão do Relatório
2
Preliminar
Actividades
SGA
ISO
Pré-Auditoria
14001
Emissão do Relatório
Final
SGA por
Níveis
Auditorias
Sistemas
Distribuição do
Actividades
Integrados
Documento
na Entidade
Sistemas
Sustentáveis
Preparação do Plano
de Acção
Casos
Actividades
Prática
Pós-Auditoria
Manuel
Acompanhamento da
Execução do Plano
Duarte
Pinheiro
SGA REALIZANDO A AUDITORIA NA ENTIDADE Introdução ENTREVISTAS Qualidade • Explique os motivos da entrevista
SGA
REALIZANDO A AUDITORIA NA
ENTIDADE
Introdução
ENTREVISTAS
Qualidade
• Explique os motivos da entrevista
SGA
• Planeie: estabeleça objectivo e meta e organize
ISO
14001
suas ideias
SGA por
• Use a mesma linguagem do entrevistado
Níveis
Sistemas
• Faça as perguntas para a pessoa certa
Integrados
Sistemas
• Faça perguntas abertas
Sustentáveis
• Mantenha a lógica das perguntas
Casos
Prática
• No final faça um resumo junto com o
Manuel
Duarte
entrevistado
Pinheiro
SGA REALIZANDO A AUDITORIA NA UNIDADE Introdução FECHO DA ENTREVISTA Qualidade • Não exceda o
SGA
REALIZANDO A AUDITORIA NA UNIDADE
Introdução
FECHO DA ENTREVISTA
Qualidade
• Não exceda o tempo programado
• Termine com algo positivo
SGA
ISO
• Agradeça
14001
• Promova sugestões
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA Relatório da Auditoria Informação que deve ser incluída nos relatórios: • Identificação da organização
SGA
Relatório da Auditoria
Informação que deve ser incluída nos relatórios:
• Identificação da organização auditada e do cliente;
Introdução
• Objectivos e âmbito da auditoria;
Qualidade
• Critérios de auditoria;
• Período de tempo abrangido pela auditoria e data de
SGA
realização da auditoria
ISO
14001
• Identificação dos membros da equipa auditora;
SGA por
Níveis
• Identificação dos representantes da organização a
ser auditada que participaram na auditoria;
Sistemas
Integrados
Sistemas
• Declaração da confidencialidade dos conteúdos da
auditoria;
Sustentáveis
• Lista de distribuição do relatório da auditoria;
Casos
Prática
Manuel
• Sumário do processo de auditoria, incluindo as
principais dificuldades encontradas;
Duarte
Pinheiro
• Conclusões da auditoria.
SGA Introdução Qualidade TIPOLOGIAS SGA ISO 14001 DE SGA por Níveis AUDITORIAS Sistemas Integrados
SGA
Introdução
Qualidade
TIPOLOGIAS
SGA
ISO
14001
DE
SGA por
Níveis
AUDITORIAS
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA QUANTO AO OBJECTIVO AUDITORIA DE FASE I e FASE II Introdução (Exº Multinacional); Qualidade
SGA
QUANTO AO OBJECTIVO
AUDITORIA DE FASE I e FASE II
Introdução
(Exº Multinacional);
Qualidade
Fase 1 - Obter um visão global (baseada nos dados existentes);
Fase 2 - Precisar questões criticas (amostragem)
SGA
ISO
14001 AUDITORIA DE AQUISIÇÃO E ALIENAÇÃO
SGA por
(Due Dilligence)
Níveis
Sistemas
Integrados
AUDITORIA DE SGA
Sistemas
Sustentáveis
(Certification)
Casos
Prática
AUDITORIA DE CONFORMIDADE
(Compliance)
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA Tipologia de Auditorias, mais usuais AuditoriasAuditorias AmbienteAmbiente (1)(1) Introdução Auditorias
SGA
Tipologia de Auditorias, mais
usuais
AuditoriasAuditorias AmbienteAmbiente (1)(1)
Introdução
Auditorias Auditorias de de
Qualidade
Conformidade Legal
Conformidade Conformidade
SGA
ISO
14001
Risco (Contaminação)
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
Sistemas de Gestão
Sistemas
Sustentáveis
Casos
(E) Pré-Impressão
5 dez-99
Ambiental
jan-99
4
(R) Ruido
(E)
Impressão
Prática
3
2
1
0 (E) Acabamentos
Manuel
Desempenho Ambiental
(E) Chaminé Exterior Plastificação
Duarte
Pinheiro
(E) Chaminé Interiror da Plastificação
(R)
Latas
( R ) Emba lagens Usadas
SGA Tipologias Introdução Múltiplas aplicações (áreas, ) Qualidade SGA ISO 14001 SGA por Níveis
SGA
Tipologias
Introdução
Múltiplas aplicações (áreas,
)
Qualidade
SGA
ISO
14001
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Múltiplas perspectivas (referencial,
)
Casos
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA QUANTO À ABRANGÊNCIA Introdução Qualidade AUDITORIA DE QUESTÕES ISOLADAS (Especificas) AUDITORIA DE
SGA
QUANTO À ABRANGÊNCIA
Introdução
Qualidade
AUDITORIA DE QUESTÕES ISOLADAS
(Especificas)
AUDITORIA DE INSTALAÇÕES
SGA
ISO
14001
AUDITORIA DE RESÍDUOS
SGA por
Níveis
AUDITORIA DE EMBALAGEM
Sistemas
Integrados
AUDITORIA DE RISCO
Sistemas
Sustentáveis
AUDITORIA DE FORNECEDORES
Casos
Prática
AUDITORIA DE DESEMPENHO
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA AUDITORIA AO SGA Introdução Qualidade “Processo de verificação documentado e sistemático para obter e
SGA
AUDITORIA AO SGA
Introdução
Qualidade
“Processo de verificação documentado e
sistemático para obter e avaliar
objetivamente evidências para
SGA
determinar se o sistema de gestão
ISO
14001
SGA por
Níveis
Sistemas
ambiental de uma organização está
em conformidade com os critérios de
auditoria do SGA, e para comunicar os
resultados desse processo ao cliente.“
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Casos
(ISO 14001, 1996)
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA QUANTO À EQUIPA Introdução Qualidade AUDITORIA DE PRIMEIRA PARTE: auditoria interna SGA ISO 14001
SGA
QUANTO À EQUIPA
Introdução
Qualidade
AUDITORIA DE PRIMEIRA PARTE:
auditoria interna
SGA
ISO
14001
AUDITORIA DE SEGUNDA PARTE:
SGA por
Níveis
auditorias
externas
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
AUDITORIA DE TERCEIRA PARTE
Casos
auditoria de certificação
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA Introdução Qualidade SGA ISO 14001 SGA por Níveis Sistemas Integrados MOTIVAÇÃO, BENEFICIOS E AGENTES
SGA
Introdução
Qualidade
SGA
ISO
14001
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
MOTIVAÇÃO,
BENEFICIOS E
AGENTES ENVOLVIDOS
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA Motivações Introdução Qualidade ÁREA BENEFÍCIOS • EVITAR LEGAL SGA • AUMENTAR A CONFIANÇA DAS
SGA
Motivações
Introdução
Qualidade
ÁREA
BENEFÍCIOS
• EVITAR
LEGAL
SGA
• AUMENTAR A CONFIANÇA DAS ENTIDADES REGULADORAS
ISO
14001
• MELHORAR O CONTROLE DOS CUSTOS;
FINANCEIRAS
• CAPACIDADE PARA ATINGIR OS REQUISITOS DOS CLIENTES;
SGA por
NEGÓCIOS
• REDUZIR PREÇOS DOS SEGUROS;
Níveis
Sistemas
Integrados
• AUMENTAR COTA DE MERCADO E/OU MARGENS; •
SONDAGEM PARA ADJUDICAÇÃO OU INVESTIMENTO
• FOMENTAR ORGULHO, IMAGEM E RELAÇÕES PÚBLICAS
Sistemas
IMAGEM
Sustentáveis
• AUMENTAR A ATRACTIVIDADE PARA OS EMPREGADOS
Casos
• MELHORAR " PAZ DE ESPÍRITO"
• EVITAR CRISES
Prática
GESTÃO
• CONSISTÊNCIA NAS ABORDAGENS
Manuel
• NOVAS OPORTUNIDADES
Duarte
Pinheiro
SGA QUANTO AO TIPO (SGA) Introdução Qualidade PRÉ-AUDITORIA SGA ISO CERTIFICAÇÃO 14001 SGA por Níveis
SGA
QUANTO AO TIPO (SGA)
Introdução
Qualidade
PRÉ-AUDITORIA
SGA
ISO
CERTIFICAÇÃO
14001
SGA por
Níveis
MANUTENÇÃO - A CADA 6 MESES
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
RENOVAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO -
Casos
Prática
A CADA 2 ANOS
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA Introdução Qualidade SGA ISO 14001 MOTIVAÇÕES E BENEFICIOS SGA por Níveis Sistemas Integrados Sistemas
SGA
Introdução
Qualidade
SGA
ISO
14001
MOTIVAÇÕES E BENEFICIOS
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA BENEFÍCIOS DA AUDITORIA Introdução Qualidade SGA ISO 14001 SGA por Níveis Sistemas Integrados Sistemas
SGA
BENEFÍCIOS DA AUDITORIA
Introdução
Qualidade
SGA
ISO
14001
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Identificação dos passivos ambientais,
existentes ou potenciais, em relação às
leis existentes
Redução de conflitos com as entidades
de ambiente
Harmonização de práticas e
procedimentos em diversas unidades
operacionais de uma organização
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA BENEFÍCIOS DA AUDITORIA Introdução Qualidade Prioridades dos Investimentos SGA ISO 14001 Avaliação dos
SGA
BENEFÍCIOS DA AUDITORIA
Introdução
Qualidade
Prioridades dos Investimentos
SGA
ISO
14001
Avaliação dos passivos ambientais de
organizações em processo de venda ou
fusão
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Criação de oportunidades de redução de
custos, através do controlo de perdas de
matéria prima e energia
Casos
Prática
Manuel
Duarte
Acesso a mercados com requerimentos
ambientais específicos
Pinheiro
SGA ACTORES DO PROCESSO DE AUDITORIA Introdução Qualidade Clientes SGA ISO 14001 SGA por Níveis
SGA
ACTORES DO PROCESSO
DE AUDITORIA
Introdução
Qualidade
Clientes
SGA
ISO
14001
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Prática
Auditores
Auditados
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA FUNÇÕES, RESPONSABILIDADES E ATIVIDADES Introdução Qualidade CLIENTE • Necessidade da auditoria AUDITADO
SGA
FUNÇÕES, RESPONSABILIDADES
E ATIVIDADES
Introdução
Qualidade
CLIENTE
• Necessidade da auditoria
AUDITADO
SGA
ISO
• Cooperação do auditado
14001
• Informar aos funcionários
• Objectivos da auditoria
• Assegurar os recursos
SGA por
• Seleccionar a empresa
Níveis
auditora
• Acompanhamento
Sistemas
Integrados
• Autoridade/Recursos
• Acesso às instalações
Sistemas
• Determinar âmbito
Sustentáveis
• Cooperação
• Aprovar plano da auditoria
Casos
Prática
• Receber relatório de
auditoria
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA Introdução Qualidade SGA ISO 14001 AGENTES ENVOLVIDOS SGA por Níveis Sistemas Integrados Sistemas
SGA
Introdução
Qualidade
SGA
ISO
14001
AGENTES ENVOLVIDOS
SGA por
Níveis
Sistemas
Integrados
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
SGA FUNÇÕES, RESPONSABILIDADES E ACTIVIDADES Introdução Qualidade AUDITOR AUDITOR-LÍDER • Apoio ao Líder
SGA
FUNÇÕES, RESPONSABILIDADES E
ACTIVIDADES
Introdução
Qualidade
AUDITOR
AUDITOR-LÍDER
• Apoio ao Líder
• Condução da auditoria
• Executar as tarefas
• Contactos com
SGA
• Reunir/analisar evidências
ISO
cliente/auditado
14001
• Preparar documentos
• Formar a equipa
• Auxiliar no relatório de
• Elaborar plano de auditoria
SGA por
auditoria.
Níveis
• Notificar constatações
Sistemas
• Resultados da auditoria
Integrados
Sistemas
EQUIPA DE AUDITORIA
Sustentáveis
• Qualificações
Casos
• Tipo de organização auditada
Prática
• Competências
Manuel
• Conflitos
Duarte
Pinheiro
• Requisitos
SGA Perfil de Auditor - ISO 14012 Introdução Qualidade Capacidade de se expressar claramente; Habilidade
SGA
Perfil de Auditor - ISO 14012
Introdução
Qualidade
Capacidade de se expressar
claramente;
Habilidade de se relacionar e de ouvir;
SGA
ISO
14001 Capacidade de manter-se
independente;
SGA por
Níveis
Ser organizado e metódico;
Sistemas
Integrados
Capacidade de julgar e ser objetivo;
Sistemas
Sustentáveis
Casos
Capacidade de reagir com sensibilidade
e respeitar a cultura alheia.
Prática
Manuel
Duarte
Pinheiro
Sistema de Certificação dos Auditores