Você está na página 1de 1

Questão 1 Num primeiro momento, o contato da empresa Suíça, que vislumbrou um grande potencial no produto da Fujitec, possibilitou o contato

da empresa com demandas externas. Dessa forma, a empresa, em associação com suíços, participaram em parceria de uma licitação na Suíça. Uma segunda parceria com um investidor australiano também permitiu a empresa participar de concorrências internacionais. Questão 2 Fator primordial para os sucessos da Fujitec foram as parcerias. Essas, como explicitado no texto, são fundamentais no negócio da empresa pois são responsáveis pela assistência técnica que será dada após a implantação do sistema, ou seja, são as responsáveis pela manutenção do produtos. Ademais, as parcerias possibilitaram acesso a mercado externo e a aquisição de conhecimentos específicos de cada mercado. Como principal fator responsável pelos reveses da empresa está a sua inexperiência. Devido a isso, os procedimentos da empresa não eram sistematizados através de processos e rotinas de trabalho, o que resultava na falta de documentação e preparo em licitações. Questão 3 A empresa está num ambiente de muito risco – atua no mercado externo e atua num setor de alta tecnologia. Por isso, a empresa mais do que qualquer coisa deve estar adaptada a mudanças constantes. Em específico, recomendaria a atuação em países com ampla utilização de ônibus, para aproveitar o know-how que a empresa obteve no Brasil, e ampliação do seu produto para uso em outros modais de transporte. Questão 4 Sim. Aliás, a estratégia de internacionalização da empresa está focada na formalização de parcerias, como a feita na Itália. Definitivamente, pode ser replicada. No entanto, essa opção também expõe o menor grau de comprometimento da empresa no exterior, uma vez que num maior grau de comprometimento a empresa estabeleceria empresas subsidiarias nesses países e prestaria serviços de manutenção. Questão 5 Sim. O mercado latino-americano também utiliza com frequência o sistema de ônibus, setor em que a empresa tem vantagem competitiva em função da experiência prévia no Brasil. Questão 6 A empresa tem porte pequeno. Por isso, recomendaria focar no mercado latino americano, porém mantendo investimentos em países avançados com o objetivo de estar em constante atualização tecnológica. Questão 7 Recomendaria focar a internacionalização na América Latina; estabelecer processos formais e estrutura organizacionais que possibilitem a empresa se adaptar, pois a empresa num setor em constante evolução tecnológica. Recomendaria, adicionalmente, a atuação em países avançados para estar próximo das inovações do setor e o desenvolvimento de produtos para outros modais de transporte.