Você está na página 1de 56

1 - A EDUCAÇÃO DA CONSCIÊNCIA - A humanidade conhece a educação da personalidade, mas

desconhece a EDUCAÇÃO DA CONSCIÊNCIA; conhece a cultura da mente e do intelecto, mas não conhece
a cultura da alma.

“Educar a Consciência” significa, não aceitar na mente nenhum pensamento, nenhuma idéia negativa; uma
consciência educada, não aceita em sua mente, por exemplo, beber ou tomar bebidas alcoólicas ou um
pensamento de roubar, ou um pensamento de golpear ou ferir a um ser humano, ou de odiar, ou de enganar
um ser amado, ou ter ira, violência, agressividade, ou palavras insultantes ou grosseiras que maltratam a uma
pessoa ou a um grupo; não há razão que justifique tal comportamento.

Toda a maldade do ser humano é levada em sua mente, em seu pensamento e quando a pessoa não aceita em
sua mente e nem em seu pensamento nenhuma idéia ou pensamento negativo, é fato que nessa pessoa não há
maldade, porque sua mente e seu pensamento estão totalmente limpos de maldade.

São coisas tão elementares, tão simples, sensíveis e descomplicadas, que qualquer pessoa entende e
compreende, que quando se controla a mente e não se permite ingressar nenhum pensamento negativo, esta
terá um bom comportamento. Esta maneira de controlar a mente é parte da EDUCAÇÃO DA
CONSCIÊNCIA.
As pessoas que fazem guerras matam, destroem e acabam com vidas, cidades, pontes, crianças inocentes,
anciãos, pessoas de todas a idades, etc., são pessoas que levam a maldade em sua mente, são totalmente
inconscientes, não sabem o que fazem, ainda que pareçam conscientes não estão, já que se não cometessem
delitos e erros que realizam infringindo todas as leis, então estariam conscientes.

Como pode o ser humano mudar sua conduta péssima, por umas condutas excelentes, maravilhosas e
admiráveis. Simplesmente mudando seus pensamentos, muda seu comportamento e assim mudando seu
comportamento, muda sua moral, sua conduta, quando abandona para sempre a ira, a soberba, a violência, a
agressividade, a prepotência, e o mau gênio, as más palavras, a mentira, a luxúria e toda atitude negativa,
então virá a compreensão, a tolerância, o respeito, a consideração, a estima, o bom gênio, o carinho, as boas
maneiras, a cortesia, uma maravilhosa educação, muita bondade e em geral, uma conduta cheia de virtudes.

Para obter essa mudança com toda segurança, só se necessitam três coisas fundamentais que são: um grande
desejo sincero de mudar seu temperamento e seu comportamento, uma grande força de vontade a toda prova e
uns controles infalíveis, exatos e preciso da mente, para não permitir a entrada nela, de nenhum pensamento
negativo; se a pessoa controla a mente, se vigia apoiando-se em Deus e na pureza da mente, seu
comportamento será um exemplo de conduta excelente.

Se a humanidade executar uma série de mudanças em sua personalidade, em sua maneira de tratar seu próprio
corpo, com amor, apreço, carinho, respeito, alta espiritualidade, poderá ser muito deferente sua vida, se não
afetar seus pulmões com enfisema pulmonar, por causa do cigarro, nem seu fígado não será afetado por
bebidas alcoólicas idiotizando-se com bebedeiras, menos ainda fazendo terríveis danos aos seus semelhantes e
a si mesmo por meio da abominável droga, etc.

E´ tanta a desordem humana em quase todos os aspectos e quase em todas as nações, especialmente na ordem
moral, social, educacional, emocional, cultural, político, espiritual, administrativo, legislativo, judicial, muita
corrupção, uma grande escola pornográfica pela televisão, Internet e revistas para degeneração das
juventudes, guerras, ódios, rancores, crimes com andarilhos, seqüestros, prostituição e uma imensa falta de
amor e respeito `a vida, etc., etc., são tantas as falhas de nossa humanidade em sua vida diária, que há lugares
em muitas nações que são invivíveis e insuportáveis.

Todo pensamento que chega na mente, se pode converter em atos ou pode desaparecer da mente, se a pessoa
não lhe dá nenhuma importância. E quais pensamentos que o ser humano lhes pode dar muita importância
para converter esses pensamentos em atos? Ser humano somente presta importância, a todo aquilo que quer
fazer e o que gosta, como por exemplo, se quer fumar e não tem cigarros, vai a um lugar onde vendem
cigarros, compra um maço, uma caixa de fósforos, o acende e começa a fumar, isto significa que o
pensamento que lhe chegou na mente de fumar, se converteu em um ato e assim todos, se podem materializar,
e converter os pensamentos em atos evidentes, quando há interesse.

1
Em toda nossa existência, todos os seres humanos realizamos ao longo de nossa vida dois tipos de
aprendizagem que são, as coisa boas e as coisas más; toda aprendizagem das coisas boas nos chamamos
CONSCIÊNCIA POSITIVA e a toda aprendizagem das coisas más e negativas chamamos CONSCIÊNCIA
NEGATIVA.
Quando chegamos a estes conhecimentos altamente espirituais, se é que realmente nos interessa liberarmos da
dor e sofrimento que negligenciam os vícios, os maus costumes e o mal comportamento, temos que renunciar
para sempre `a toda consciência negativa e cairmos unicamente com a consciência positiva, tendo em conta
que a listas das coisas más da consciência negativa é mais ou menos a seguinte:

A fornicação, o adultério, a masturbação, a luta ou dar golpes em outra pessoa, o ódio, o rancor, a soberba, o
roubo ou furto, o insulto, a pornografia, a mentira, o vício do álcool ou idiotizar-se mediante bebedeira, auto
suicidar-se fumando cigarros até morrer de enfisema pulmonar, o vício da droga, a prepotência, inveja,
vaidade, a cobiça, a fofoca com palavrão vulgar e grosserias, a vingança, a calunia, a gula, o ciúme, o orgulho,
a preguiça, a maledicência, etc.
Todo o conteúdo deste último parágrafo é um conjunto de coisa aprendidas e algumas delas praticadas por
ignorar as conseqüências contra o corpo e contra a alma.

Quando já conhecemos quanto dano nos causa a consciência negativa e conseguimos tirar de nossa mente
para sempre mediante técnicas especiais, então advém à consciência superior, são práticas muito efetivas e
precisas que se ensinam nas diferentes associações iniciáticas, que montam o trabalho secreto.

Para conseguir compreender estes adventos, esta vinda da consciência superior, se necessita conhecer ainda
um pouco de cosmologia, a multidimensionalidade e outros aspectos que se devem estudar como os níveis
hierárquicos que as pessoas que não tenha estudado estes temas não pode entender, como a lei da não
ubiqüidade, sem espaço, sem distancia, sem contagem de tempo, etc.

Questionário
1 -O que significa educar a consciência?
2 – Como pode o ser humano mudar sua conduta péssima, por uma conduta excelente?
3 – Quais são as três coisas fundamentais que se requer para alcançar essa mudança?
4 – Quantos tipos de consciência existem?

2 - A AMBIÇÃO - A palavra ambição tem duas interpretações que se podem confundir uma com a outra se
não houver uma explicação satisfatória que marque cada significado.

Existe a ambição positiva e também a ambição negativa; a primeira é aquele desejo sincero de superar-se
espiritualmente, economicamente para ajudar a tantos necessitados, preparando-se adequadamente com o
conhecimento superior para ensinar a sabedoria de Deus para que a humanidade encontre sua própria
liberação mediante a união com seu próprio Ser, e para que acabe o erro, o mau costume e assim evitar a dor e
o sofrimento.
A segunda interpretação é as ambições negativas, que não é outra coisa que o desejo de adquirir riquezas sem
limites para ser poderoso, para ser dominante e arrogante e assim poder submeter a todas as pessoas que
queira, a seus caprichos e colocá-los abaixo de seus pés em todos os aspectos desejados.

Toda ambição negativa tem levado a uns caminhos equivocados e umas metas inclinadas ao erro a qual se
apóia sempre na infração da lei, tanto da natureza, como da dos homens e divinas.

Um dos erros e delitos que mais vibra e se hospeda na ambição negativa, é, por exemplo, o furto, a estafa, a
chantagem, a falcatrua, o ato de apoderar-se de algo alheio usando qualquer pretexto, desculpa ou razão.
A ambição desmedida pela riqueza converte o homem em ser ladrão, assassino, foragido, intimidador,
desumano, desapiedado, aproveitador, violento, cínico, etc., etc.

O homem ambicioso negativamente, passa por cima de todos os preceitos das boas maneiras, dos patrões que
escravizam seus simples e humildes trabalhadores com salários de miséria e de fome, às vezes quase só por
comida.

2
Essas pessoas não tem nenhuma sensibilidade social, nenhum sentimento humano com seus empregados, tudo
por excesso de ambição e capitalização, e dão aos trabalhadores comidas deficientes e de pouca qualidade
porque a grande maioria pagam pouco dinheiro para que o trabalhador e sua família se alimentem com
reduzido salário.
Essa tem sido a eterna luta dos empregados com os patrões, donos e representantes de empresas, fábricas,
industrias, redes comerciais, etc., tudo por um mesmo motivo, a ambição.

A ambição negativa é uma espécie de sinônimo da cobiça e por essa mesma causa, temos visto desaparecer
grandes empresas, industrias e negócios, porque os sindicatos exigem salários mais além da capacidade
econômica e produtiva da fábrica ou empresa que então quebra e leva a ruína ou liquidação, motivo: a
ambição.
As máfias de traficantes de drogas são assombrosas, os líderes chegam a conseguir tanto dinheiro, que quando
os matam ou morrem deixam enormes fortunas, que para consegui-las, deixaram um verdadeiro cemitério, ou
seja, muitas vítimas, tudo por ambição.

É evidente que a conduta do homem, muda radicalmente quando se apodera de sua personalidade o ego da
ambição, se começa a danificar suas intenções e a inspirar maus pensamentos no interior de sua mente e
desaparece o bom cidadão e em seu lugar aparece o homem arrogante, dominador, cruel, desapiedado, que já
não respeita nem a dignidade nem a vida de ninguém.

Por ambição, se formam assassinos intelectuais e os assassinos materiais, os que pagam e planejam os crimes,
os que consumam os fatos por dinheiro, esta é a chamada industria do crime, negociar com a vida humana.

Igual coisa sucede com o tráfico de mulheres para prostituição, venda de crianças, meninas virgens que as
prostitutas acostumaram a vender, enganam adolescentes e jovens para o apetite doentio de idosos
rejuvenescidos e endinheirados, corrompidos e perversos; tudo pelo ego repugnante da ambição negativa.

Realmente é insaciável a ambição dos homens, e a tudo isso nomeamos de “progresso, desenvolvimento,
projeção econômica, planejamento, expansionismo monetário, integração, etc.”.

Os índios da selva não progridem e nem se desenvolvem, porque são inocentes dessa gama de aspectos
malignos que tem ocorrido na nossa sociedade, somente por dinheiro, custe o que custe, a isso que se chama
ambição.
O homem que deseje o progresso dentro da lei do amor, sem causar dano a nada nem a ninguém, e com o
desejo sincero de repartir todos os benefícios com seu próximo, essa seria uma legítima ambição a que todos
temos direito, a ambição positiva de ajudar a outros, um nobre sentimento humano.

Todos deveremos ter essa mesma ambição positiva, o desejo de repartir com nosso próximo de acordo com
nosso possibilidade e nossos ganhos econômicos ao que em consciência podemos dar e ajudar não somente
em aspectos materiais, e sim em conhecimentos, o saber do Ser e da personalidade e riquezas espirituais.

Há muita falta de amor para ajudar os que não tem nada e necessitam de tudo, porque o coração daquele que
tudo tem e nada necessita, é muito duro e insensível a dor humana, porque não tem a menor experiência do
que é sofrer.
Algumas das muitas vezes que saímos em tempos de Natal para as lojas e comercio, industrias e fabricas a
pedir para as crianças pobres, desamparados, sem pais e abandonados, dos que quiseram doar, bens, exceto
roupas, alimentos ou brinquedos, cinco por cento nos contestaram com raiva e impacientes “olha não tenho
provisões para doações agora, e espera que a pessoa vá logo embora”.

Um dia em que fomos a uma imensa papelaria, a maior da cidade para pedir lápis e cadernos para crianças
pobres, aos quais um grupo de estudiosos teve em conta que eram mais de trezentas crianças, os donos da
grande loja doaram os mais miseráveis objetos usados e antigos do comércio como apontadores e rascunhos,
então muito triste de ver a atitude tão humilhante para as indefesas crianças sendo que tinham coisas boas em
abundancia, escrevi as seguintes estrofes:

3
“Eu quero ter muito dinheiro”.
Para dar a ti irmão necessitado
Não é desprezo que seja necessitado
É destino da comida, casa e abrigo.

Eu te daria os mais indispensáveis


Sua medicina, Sua roupa, Seu alimento.
Boa cultura, e vida confortável.
Conhecendo Deus por complemento.

Mostraria-te um mundo diferente


Ensinaria-te a amar seu semelhante
Conhecendo a bondade das pessoas
Dos humildes, também dos elegantes.

Para os bebês sem mães e pais e sem nada


Também as mães que foram abandonadas
Aos idosos que não tem lar
A todos esses encaminhe seus cuidados.

Para todos haverá felicidade


E cada um será feliz
Se acabar a ruína e o abandono
E nosso mundo será muito bonito.

Convido a todos donos de riqueza


Que nos ajudem a ajudar os aflitos
A eliminar de todos a tristeza
E a proteger as mães sem marido.

No lugar de ambições negativas


De acumular riquezas aos montes
É melhor cumprirem iniciativas
De alegrar tristes corações ““.

As ambições dos que tem muitas propriedades e dinheiro é amontoar muitos cavalos, muitas vacas, terras,
lojas, fábricas, industrias, bancos, etc., tudo isso colocado em custódia para defender suas riquezas e quando
alguém pede uma ajuda para os inválidos, idosos, crianças desamparadas etc., eles se ofendem com seu
caráter cego, e mandam seus empregados expulsar as pessoas usando palavras como: “o dono não está e sem a
autorização não podemos fazer nada” ou “volte outro dia” ou “saia que estamos fechando”.

São tantas as desilusões que um sofre quando dedica seu tempo e seus propósitos a serviço dos necessitados
que quase sempre surge uma pergunta: Mas será possível que isto ainda acontece no nosso mundo, nossa
casa?
O melhor negócio que qualquer pessoa pode fazer com a Divindade. É dar para quem nunca vai poder
retribuir, aquele que não tem nada material ou moral, ao indefeso, ao inválido, a criancinha carente e descalço
que seminu estende a mãozinha implorando estudo, caridade, atenção, etc., etc.,

Portanto, a ambição do poderoso não o permite perceber em seu interior a necessidade de ajudar ninguém,
nem se dar conta da fome e da miséria de tanta gente que pena no mundo e às vezes vizinho da sua casa.

Ajudar na medida de sua capacidade econômica e moral a todo necessitado incapaz é uma obrigação de toda
pessoa, inclusive é o que diz os princípios religiosos, “Dar de comer ao faminto, dar de beber ao sedento,
vestir os desnudo, ensinar o ignorante, etc”.

4
É uma das obrigações da humanidade, ainda que esta só reclama seus direitos, mas não se preocupa em
absoluto, por cumprir suas obrigações com seu próximo, seu semelhante.

Enfrente você, amado leitor e a Divindade te devolverá em acréscimos tudo quanto der aos verdadeiramente
necessitados, esta deve ser sua maior ambição positiva, repartir o bem, conforme a lei, porque deve ser que
para esse delito não há lei.
Dirão os juizes a advogados que sim existe a lei, mas é certo que uma mãe abandonada, com um monte de
filhos, sem dinheiro, nenhum juiz ou advogado, se preocupam em ajudar desinteressadamente só por amor ao
próximo, já que para o ser humano comum acumulador, o amor ao próximo é com dinheiro na mão, não
conhecem outra maneira de servir.
Outro grave delito que se comete contra a humanidade e que, por tanto não se tem como tal, e que se faz
publicamente pelo radio, a imprensa e a televisão, é a propaganda do álcool e do tabaco, o cigarro, sabendo
que tanto a bebida embriagante como o tabaco do cigarro, são venenos mortais para a humanidade.

Outro delito muito grave contra a humanidade e que tão pouco considerado pelas leis dos homens, é a
violência e o crime que se ensina na televisão e no cinema. Estas coisas nos meios de comunicações por meio
da tela grande e atraente são tão efetivos para a difusão da violência e do crime desde a infância ate a idade
madura.
Todo o anterior constitui delito contra a humanidade que não está considerado como tal em nenhuma lei na
realidade, mas que é possível usar na teoria para se orientar.

Colaborar no despertar dos valores humanos para realizar o bem comum é louvável e plausível, mas não
cooperar com os meios de comunicação em gerar vícios de qualquer espécie, porque isto é delito contra a
humanidade.
Questionário
1. Em que consiste a ambição positiva?
2. Quais são os erros que se aliam e mais vibram com a ambição do tipo negativa?
3. Quais são as conseqüências que traz para a humanidade um desenvolvimento da ambição negativa? Dê
alguns exemplos:
4. Porque você acreditaria no autor que afirma que o melhor negócio que uma pessoa pode fazer com Deus é
dar a quem nunca pode retribuir?
5. Poderia dar alguns exemplos de delitos contra a humanidade que não figuram como tais em nenhuma lei?

3 - RENÚNCIA E EXPULSÃO DOS DEFEITOS - Iniciei logo o processo de eliminar meus defeitos.
Recordo bem que o primeiro defeito que quis abandonar para sempre, depois do defeito da fornicação, foi o
do ORGULHO, comecei me relacionando com pessoas muito sensíveis, modestas e humildes. Minha primeira
prova foi num parque da cidade.
Naqueles tempos eu era, da chamada classe media, e pertencia a instituições de caráter social, tais como
clubes, associações, comitês, etc. Sentei-me no parque ao lado de um modesto estropiado descalço de roupa
remendada e suja, e observei meu estado psicológico, quando vi chegar-se o Senhor prefeito em companhia
de um médico, ambos íntimos amigos meus e companheiros do clube, etc.

Mudei de cor e estremeci, não sabia se saia correndo ou que atitude tomar, mas lembrei que meu propósito era
empreender a deixar meu orgulho absurdo e torpe, resisti até passar os personagens, me saudaram e miraram o
acompanhante modesto e sensível e passaram ao largo, observei que em mim liberava uma batalha campal, o
defeito do orgulho protestava e eu resistia a renunciar para sempre os meus defeitos.

Posteriormente fui ao mercado portando uma bolsa e em companhia da minha esposa iniciamos a comprar no
mercado e eu enchendo e carregando a bolsa, logo descartamos artigos a um carregador e saímos rumo a
nossa casa passando em frente aonde viviam os mais esnobes amigos, eu suava frio, mudava de cor, mas tinha
que curar o complexo tonto “nossa, que vão falar de mim”. Cheguei em casa envergonhado, mas uma força
superior me decaía: Do que me envergonho? Alguém deles te ajudou na sua iniciação? Acaso eles são mais
que os seres humanos que o estropiado do parque? Não acredita que o estropiado pode ter muito mais virtudes
que os amigos esnobes?
Segui logo com o DEFEITO DA IRA. Quando o defeito me invadia, dominei o defeito não falando, mas
sentia igualmente uma luta interior. O defeito da ira protestava energicamente contra mim, porque não

5
esmagava minhas implicâncias e pequenez, mas porque me recolhia calado; e nessa ordem continuei lutando
com meus defeitos um a um.

O vício repugnante do cigarro com o qual seguramente amarga à vida de muitas pessoas que suportam a
fumaça de chaminés humanas. Quantos danos lhes causam por desconhecimento total de que um fumante
ativo prejudica gravemente as pessoas em seu redor envolvendo-os como fumantes passivos.
Eu tinha oito maços em casa e meio maço no bolso da camisa; imediatamente atirei os oito maços no lixo e
um cigarro que fumava desmanchei em pedaços e disse: não volto nunca mais a fumar, este foi o último e
nunca mais voltei a atormentar nenhuma pessoa com esse vício odioso e repugnante que tantos milhões de
vidas tem tirado, gerando câncer e enfisema pulmonar.

Situação urgente acontece com vício do álcool, renunciei para sempre a voltar a ingerir álcool e fica claro
que todo começo me foi trabalhoso, é necessário consciência, já que todo vício reclama seu alimento, porem
nunca voltei a alimentá-lo. É mais uma questão de desejo sincero e força de vontade.

Iniciação.- Resumo de conhecimentos da Sabedoria Universal, cuja aplicação prática permite a qualquer
pessoa, homem ou mulher, avançar na conquista de seu próprio Ser interior; expulsando de sua personalidade
humana toda classe de defeitos, erros, vícios, hábitos negativos ou costumes equivocados, assim vai alcançar
incorporar todas as virtudes de sua própria Consciência assegurando-se desta maneira uma vida feliz, bem
aventurada, agradável, conforme o cumprimento de todas as leis superiores, humanas e da natureza.

Ego.- Conjunto de defeitos, erros, vícios e costumes equivocados que podem expressar-se através de uma
personalidade humana; tais como o ego da violência, da ira, o ego do tabaco, o ego da agressividade, o ego do
ódio, o ego do rancor, o ego da luxúria, o ego da cobiça etc... Etc...

Defeitos.- O Ego não é mais que um pensamento que entra na mente e nos ordena fazer tal qual coisa
negativa. O ego é responsável de toda dor e sofrimento humano, já que pelo ego é que violamos as Leis
Superiores que regem nosso destino, sendo a dor a conseqüência de tais violações.

Questionário:
1.- Qual a causa da dor e do sofrimento do ser humano?
2.- Como podemos descobrir os defeitos que nos prejudicam e danam nossa relação conosco mesmo e com
nossos semelhantes?
3.- Qual é a chave para renunciar a nossos defeitos?

4 - MÉTODOS E SISTEMAS PARA CONSOLIDAR A FELICIDADE CONJUGAL


LISTA DE ALGUMAS CAUSAS PELAS QUAIS OS PARCEIROS DANAM SUA RELAÇÃO
MATRIMONIAL.

Aqui algumas das muitas causas pelas quais os parceiros danam sua relação chegando até mesmo ao
tédio, ao divórcio e a total separação:
Lista de algumas causas

1.- Enamoramento de um dos dois, de alguém que não é o par.


2.- Ter ciúmes e manifestar desconfiança do par.
3.- Cometer adultério por parte de qualquer um do par.
4.- Sentir atração física por qualquer pessoa que não o par.
5.- A paquera com pessoas que se pode namorar.
6.- Propor e sustentar discussões com seu par.
7.- Os maus tratos com más palavras e maus atos.
8.- A imposição de idéias e caprichos pessoais ao par.
9.- Não prestar atenção nem dar importância ao par.
10.- A não demonstração de amor nem afetos ao par.
11.- As palavras duras com falsidade e soberba.
12.- O ato de não aceitar nem repartir responsabilidades.
13.- Um marido que grita ou uma esposa que grita.

6
14.- A falta de comunicação entre o par.
15.- Fiscalizar ou vigiar o par impedindo a liberdade.
16.- A cobiça dos triunfos e dos êxitos do par.
17.- A falta de respaldo e apoio nos esforços do par.
18.- Submeter o par à coação ou escravidão psicológica.
19.- O ato de querer explorar economicamente o par.
20.- A incompreensão quase total do par.
21.- A perda total e definitiva do AMOR.

PRÁTICA DOS VAZIOS PARA CONSOLIDAR UMA FELICIDADE ESTÁVEL.

Esta prática dos vazios consiste no seguinte: Sentam-se os dois em cadeiras ao redor de uma mesa,
cada um com uma folha de papel grande e um lápis devendo escrever como título num dos lados da folha:
“coisas e aspectos que eu não gostaria de ver em você”, aqui cada um escreve, por exemplo: “Não gosto que
você use short e chinelos velhos ao sair comigo na rua” (diria a mulher). O homem poderia dizer o seguinte:
“Não me agrada que use mini-saia e vestidos decotados”.
A mulher poderá escrever muitos pontos similares, como por exemplo: Não me agrada que você me leve aos
seus pais, ou não gosto que visite o vizinho de frente que é pessoa degenerada, má pessoa e mal conselheiro “,
etc., etc”.
O homem também pode escrever em sua folha muitas outras coisas que quiser prevenir para o futuro.

Uma vez preenchido um lado da folha ambos escrevem no outro lado da folha o seguinte título: “Coisas que
eu desejo em ti”. A mulher poderia escrever, por exemplo, alguns aspectos como os seguintes: “Adoraria que
todo o domingo me levasse ao bosque, rio, montanha, etc., ou... quero que seja mais carinhoso, menos seco,
mais doce comigo, mais amoroso”, etc., etc.

O homem por sua vez pode escrever em sua página muitas outras coisas que deseja dela, como por exemplo:
“me agradaria que nunca me responda de mau humor porque isto me fere muito, ou... fico feliz se vestir
sempre cores claras e não cores escuras, ou... eu gostaria que toda noite lesse algumas páginas de um livro
para eu adormecer profundamente com sua voz”, etc., etc.
O resultado desta PRÁTICA DOS VAZIOS é corrigir para sempre futuros problemas que poderiam danar a
harmonia se não fizer sinceramente. O importante é não se justificar nenhum dos dois, não usar desculpas,
não justificar nenhum erro, só simplesmente aceitar o que seu par lhe mostra, é porque é assim.
Finalizado os textos nos dois lados da folha do que cada um sente, quer, deseja do seu par, então, devem
trocar as folhas e cada um se dispor na tarefa de cumprir o solicitado pelo par na folha entregue, cumprindo ao
pé da letra, tal como solicita e deseja o seu par.

Esta prática dos Vazios pode prevenir futuras desgraças conjugais, além do mais é uma prática que somente
devem fazer os casais que se amem cem por cento, que se adorem eternamente, que sejam capazes de darem a
vida um pelo outro.
Questionário

1. - Cite pelo menos três das causas pelas quais os casais danam sua relação matrimonial com o par?
2. - Como acredita que pode evitar as discussões com seu par?
3. - Descreva brevemente em que consiste a prática dos vazios.

5 - A EDUCAÇÃO DAS CRIANÇAS


A INFANCIA

O ser humano necessita um especial cuidado na formação de sua personalidade, principalmente nos sete
primeiros anos de sua vida que influem determinadamente em seu futuro destino de pessoa, já que a psique da
criança é como uma esponja absorvente que consolida, plasmando radicalmente em sua mente, todas as
imagens, formas, sons, cores, expressões, movimentos e experimentos de tudo que a rodeia.

Este processo constitui em si, a formação de sua personalidade, já que vem depois como estudo, ensino
acadêmico, intelectual, artesanal, etc., vem a ser o fortalecimento afirmativo da personalidade, sendo que se

7
forma nos primeiros sete anos como já dissemos, a criança está em uma continua investigação e comprovação
de suas experiências e novas vivências.

A psique da criança, a mente e seus sentidos físicos em conjunto formam algo assim como um gravador
perfeito, quando está em formação da personalidade, porque as impressões, emoções, percepções, sensações,
carinhos, gostos e desgostos, são registrados e gravados no aparato psíquico da criança, com repercussões
psicológicas, emotivas, temperamentais e anímicas nos mecanismos internos, que constituem um verdadeiro
laboratório em permanente desenvolvimento e elaboração de novas idéias, conceitos e experimentos em vias
de comprovação.
É nessa idade quando os pais da criança devem dar o melhor ensinamento por meio do exemplo e empreender
uma eficiente atividade na perfeita formação da personalidade, cuidando, a todo o momento de não gravar na
personalidade do inocente, crenças inacreditáveis, dogmáticas ou fantásticas que mais tarde vão hospedar sua
transcendência concretamente em sua mente com imagens falsas tendo-as como certas e projetando-as como
fariam os demais seres humanos que os rodeiam.

Por exemplo: se todo nenê se amedronta ou se atemoriza infundindo medo e terror “O vampiro, a bruxa má, a
mula sem cabeça, o fantasma, o saci pererê” e tantos outros nomes que em todos os lugares tem fantásticas
imagens tenebrosas com que ignorantemente alguns pais de família, os irmãozinhos do nenê ou pessoas
externas particularmente estúpidas, querendo assustar aos infantes, gravando em suas mentes formas
imaginárias, monstros horripilantes, temores e medos exagerados, imagens fixas que vão causar traumas
psicológicos com ingerência na saúde mental, anímica e física da criança, isto como sendo natural e próprio
do normal, fica claro que causa grave dano no futuro desenvolvimento integral da personalidade da pessoa
formada.
Muitos pais de família não prestam a menor atenção ao companheirinhos e companheirinhas que a criança
elege para seus jogos e andanças, geralmente aos pais de família lhe parece normal todos os movimentos dos
filhos; a criança inocente e ingênua pode cair em práticas desonestas, fumar, e tantos outros costumes secretos
que vão contra a moral e os bons costumes.

Há crianças maiores que de visita estabelecem amizade com a criança de casa, estes com mais experiências
em vícios e costumes sexuais inferiores, que em forma muito sutil e reservada vão ensinando a criança
inocente, sem que os pais suspeitem que os amiguinhos estão causando grave dano que pode mais tarde
causar degeneração.
Há necessidade de exercer um controle especial sem infringir a liberdade do infante sem que se sinta como
um preso vigiado em todo momento, ao contrário ensina-lhes a cuidar de si mesmos por sua própria conta,
que em qualquer lugar que se encontre, onde quiser ir e com quem esteja; durante o dia devem dedicar uma
meia hora diária a dar instruções especiais a criança para ensinar a ser prevenido e mostrar os perigos que
existem em todas as partes sobre as crianças desprevenidas e ingênuas.

É urgente que os pais de família se preparem adequadamente para vigiar a formação da personalidade da
criança, a fim de evitar um descaminho, tornar-se depravados, decaídos, enfermos, fumantes, drogados, etc.

Ensine as crianças, afirmando a verdade na psique a respeito de todas as criaturas da natureza, assegurar que
não se deve matar aos pássaros, os animais do campo, da selva, porque são criaturas que tem direito a vida
como qualquer ser humano e que eles também sentem dor como sente a criança com qualquer golpe, mostrar
a criança que a convivência com os bichinhos da natureza, engrandece a postetade do homem sobre a terra por
exercer proteção e amor para todas as criaturas de Deus, faça-as cair em conta as que andam com atiradeiras,
armadilhas para os animais ou estilingues, flechas ou qualquer outro instrumento de ferir aos passarinhos ou
aves do céu, ou animais de qualquer espécie que não causam dano ao homem, são crianças sem instruções dos
pais, sem cultura, sem respeito à natureza, distanciados de todo sentimento amor humano e de toda
sensibilidade, estão cruéis e desapiedados.

Da mesma forma em linguagem infantil pode-se prevenir ao infante contra os entorpecentes, fumos, bebidas
alcoólicas, etc., o importante é prevenir a criança de forma inteligente e precisa contra os perigos que acenam
por parte dos amiguinhos e desconhecidos oportunistas inconscientes.

8
Para a criança jamais se deve mentir, deve-se sempre dizer a verdade, quando começa a pedir explicações
sobre como nasceu, por onde, como se formou, etc., deve dizer francamente de forma inteligente, tudo que
perguntar; responda sempre com a verdade, porque assim lhe dará exemplo desde muito pequeno de que seus
pais jamais mentem e se ensinamos por meio do exemplo, assegurar, com atos, com realidade, nunca
aprenderão o ato de mentir, sempre deve incutir a idéia fixa que é um ser do bem, de honra, a pessoa que anda
dentro da lei, jamais deverá mentir, porque o que mais vale no ser humano é a palavra, porque o verbo é
criador e a palavra é a pessoa verdadeira, deve ser como uma escritura, a verdade e nada mais que a verdade,
custe o que custe.
Já dissemos que o melhor ensinamento que podemos dar a nossos filhos é com o exemplo; se o filho nos vê na
bebida alcoólica, embriagando-nos, falando palavras descompostas, fazendo mal ao próximo, rindo,
ofendendo, etc., com que autoridade podemos repreender e corrigir aos filhos quando este cresceu e segue os
exemplos dos pais, se foi isso que lhe ensinamos; como poderemos corrigi-lo quando segue os maus costumes
que lhe ensinamos por meio do exemplo, se não sabemos nos comportar. Como podemos exigir bom
comportamento a nossos filhos se nos mesmos jamais damos exemplo de bom comportamento?

Se um pai de família volta embriagado, no meio da noite, insultando, descrente, falando coisas horríveis,
palavras hostis, agredindo a esposa, ou os filhos, etc., se os filhos ao crescerem chegam embriagados no meio
da noite insultando e fazendo tudo que o pai fazia quando eram crianças, como poderá o pai reclamar dos
filhos? Só agora vai queixar-se? Porque não deu exemplo aos filhos quando eram pequenos?

Por esta razão muito lógica, os pais devem ser verdadeiros modelos de cultura, não devem ter vícios de
nenhuma espécie nem maus costumes, ser corretos ante a Lei, diante de Deus e diante das pessoas, é
necessário e normal, para ter suficiente autoridade moral de corrigir aos filhos quando forem grandes e
começarem o processo de lutas contra o mundo e seus prazeres, com exemplo de boas maneiras sociais e
espirituais podemos ensinar tudo aquilo que praticamos e conhecemos muito bem porque já vivemos. As
crianças não devem ser criadas amedrontadas, cria-se livre, mas dentro das leis, do amor, da obediência e dos
bons costumes imprimindo em sua mente a necessidade de que mesmo que se cuide dos perigos, afugentando
tudo quanto seus pais ensinaram a repelir, todo o mal, prejudicial, estudando o bom e conveniente para a
sociedade dentro da lei divina e das pessoas; porque é necessário e urgente ensinar as crianças desde muito
pequeno a conhecer todo o bem e o mal do mundo que a rodeia.

O ato de não castigar aos filhos e concordar com toda classe de caprichos, também é falta de responsabilidade
dos pais, de permitir aos filhos, não somente de passar por cima de algo estabelecido em família, lhe causará
um grave dano que mais tarde quando for adolescente, vai ter graves conseqüências, porque seus
companheiros não vão suportar nem tolerar suas imponências e caprichos com os quais seus pais o criaram e
que formaram sua personalidade em forma inconveniente para seu futuro desenvolvimento.

ENSINAMENTOS PARA AS CRIANÇAS

Tudo se pode realizar se há vontade e desejo de ajudar, e ser ajudado, dar e receber, trabalhar e descansar, ser
feliz e fazer que os demais também sejam felizes e estarem dispostos a compartilhar com o próximo tudo que
o mundo ou o planeta tem para dar por vontade de Deus, que é quem tudo pode.

Podemos assegurar que nós todos seres humanos adultos aceitamos a proposta de servir melhor, mas não é
nosso propósito esperar esta aprovação do mundo todo, mas sim das crianças de hoje que serão os adultos de
amanha.
E a alma, o coração e a mente das crianças, estará de porta aberta sempre, para aceitar, acreditar e por em
prática todo ensinamento que o leve a fazer o bem. Todo infante está disposto a estudar e aprender sem
nenhum tipo de raciocínio negativo, sem por obstáculos nem barreiras de aprendizagem de tudo que é para
ele, um novo conhecimento.
Dos jovens de ambos os sexos de hoje e sempre, constituem as duas colunas básicas da esperança da
humanidade, se em lugar de darmos para as juventudes o veneno apocalíptico do materialismo ateu de Carlos
Marx e de Lennin, cuja filosofia consistia em ensinar a violência, o despotismo, a infração aos direitos
humanos, a escravidão do homem pelo homem, a guerra e o materialismo ensinavam tudo ao contrário, ou
seja, a violência, Deus diante de tudo e primeiro de tudo, não a nenhum Deus religioso imaginário, e sim ao
real que vive e palpita em todos os seres viventes na Terra, nos mundos, nas galáxias e no cosmos infinito,

9
não a tirania bárbara, e sim a cordialidade e ao amor, não a escravidão de povos e nações, sim a liberdade
conforme a lei de respeito à vida e aos direitos humanos, e não a guerra, sim a paz estruturada no
conhecimento consciente do respeito recíproco, harmonioso e pacífico conforme aos princípios da Lei
Universal do Amor a todos os seres vivos e não no materialismo de Marx e de Lênin, sim ao conhecimento
superior do Divino.
É evidente que se começamos a formação da personalidade da criança, introduzindo em sua memória o
conhecimento do que é Deus a nível científico, a fim de que a criança saiba que Deus é tudo, é vida, é amor, é
espírito, é energia e é matéria; e não só aqui, é em todos os planos e todas as dimensões e em todo o espaço
infinito, todo o vazio sempre é preenchido por Deus e que também Deus é a Consciência Universal que tem
tantos níveis quanto à existência de seres tridimensionais.

Além do mais, devemos introduzir claramente na memória e na psique das crianças, que sendo Deus o
Espírito Universal de vida que vivifica tudo que tem vida, que de fato está dentro de todos os seres humanos e
de todos os seres viventes, tanto do Reino humano como do Reino animal, Reino vegetal e inclusive do Reino
mineral.
A esperança do planeta está nas crianças de hoje, se lhes damos uma educação básica estruturada com base
num profundo respeito à Vida o que é Deus nas pessoas, Deus em todas as criaturas.

Matar é o delito mais grave que as pessoas podem cometer, devido a que tudo pode ser recuperável, menos a
vida, é a única que se perde, um fato que não regressa mais, se desincorpora de Deus, se desliga de Deus que
era o corpo que onde vivia, quando se mata a um ser vivente qualquer que seja, porque não há delito mais
grave que matar.
Se queremos penetrar psicologicamente na mente das crianças, fazendo-as compreender muito bem, que
jamais se deve matar a nada nem a ninguém; que é preferível fugir, correr, para evitar matar a um ser humano,
que jamais recuperará a vida e com isso causará profunda dor aos pais, irmãos, filhos, esposa, parentes,
amigos e o dano que se faz é irreparável.

Tratar de tornar isso entendido por criminosos, terroristas, assassino profissional é inútil, devemos pedir a
Deus que despertem para o arrependimento o quanto antes, mas para as crianças sim podemos convencer
fazer delas pessoas defensores da vida das pessoas, animais, plantas e arvores.

Às crianças podemos ensinar a serem justas e corretas, defensores dos indefesos, dos humildes, as criaturas do
bosque, das arvores, etc., mas as populações são inconscientes nesses aspectos, dizer a um caçador que não
mate mais criaturas da natureza, soa tão inútil como dizer a um rio que corra em marcha-ré, ou seja, rio acima,
porque parecem casos perdidos, estão muito amargos, não há nada que se fazer, é como dizer aos governos
que não libere mais as licenças de caçadores assassinos da fauna, e que não permita o funcionamento dos
clubes de caça e pesca, e que proíba de funcionar as industrias que contaminam a água dos rios e mares.

O MUNDO MENTAL DAS CRIANÇAS

Nada mais belo que o mundo mental das crianças, com acúmulo de fantasias, brincadeiras e bagunças, que
fazem-nas sonhar e acreditar inocentemente tantas coisas de sua própria imaginação.

Se premiamos com amor, compreensão e afetos essas mentes puras das crianças e semeamos nelas sementes
selecionadas de amor a Deus que é vida de pessoas, animais, plantas, árvores e tudo que existe, os frutos das
colheitas será pessoas respeitadores da vida e dos direitos de todos os seres vivos, vivendo desfrutando a
presença de Deus que é a vida.
Quando ensinamos a filosofia da alma para as crianças, fazendo-as entender plenamente o que é a alma e o
que é Deus, de onde veio à alma e para onde deve ir e como deve se comportar na vida para chegar na união
com Deus, então será a esperança nas boas maneiras, na boa conduta, nos bons cidadãos, não somente entre
pessoas, mas com a natureza, com a água, com floresta, com os animais, etc.

Todo o mundo poderia mudar radicalmente em uma manhã, se as crianças de hoje moldadas na mente
mediante um amor ensinado conscientemente amem a seus semelhantes, perdoem os erros humanos, vivam
em paz compartilhando a vida e a felicidade com os demais sem egoísmo, com grande amor vivenciado da
cultura da alma, a religião do amor e a doutrina de servir sem esperar algo em troca, trabalhando

10
honradamente e ganhando o pão, teto, abrigo e demais coisas necessárias, em harmonia com Deus e com seus
semelhantes.
É questão de agir com empenho de forma inteligente nas mentes das crianças sobre os efeitos mortais e
decadentes da droga, assombrosos efeitos, tabaco, cigarros, álcool, masturbação, roubo, crime e todo vício ou
delito.
As experiências nos tem ensinado, o que se incorpora nas crianças e na sua psique, em sua consciência e na
sua personalidade, guarda em sua memória para toda sua vida e nunca esquecerá nem nada poderá fazer
acreditar em outra coisa sem um trabalho educativo com base em Deus e nos princípios humanos.

O barro ou a terra preparada para a olaria, é tão flexível, suave e branda, que se pode moldar o quanto que se
queira; mas um vez já seca ou passado no forno, então é inútil tentar amolecer para mudar a sua forma que a
olaria lhe deu quando estava branda e moldável.

Igual se passa com a criança quando seu centro pensante é terno, é recente, suave e moldável, mas quando é
jovem ou pessoa madura, já fica mais trabalhoso fazer mudar seus hábitos, seus costumes, vícios ou conceitos
ideológicos, religiosos ou políticos.

O mesmo podemos fazer com a mulher, que desde menina, entre cinco e dez anos, lhe mostramos todos os
perigos a que ela mulher está exposta e como deve comportar-se frente ao sexo oposto, como deve defender-
se dos perigos que podem conduzi-la a prostituição, então estará a salvo desse perigo.

Quantas coisas boas podemos fazer em defesa e a favor da humanidade, se tomarmos a bandeira desse serviço
a tempo, é falar, com as crianças de ambos os sexos, para moldar a futura sociedade, com um conceito muito
diferente, uma conduta exemplar e um comportamento adequado com seus semelhantes, para estruturar uma
convivência pacífica, harmoniosa e dentro da lei do amor, e respeito à vida, as virtudes alheias e as dignidades
de todas as pessoas.
Que diferente seria a vida, se os seres humanos tivessem uma mentalidade dedicada a cumprir a lei da vida,
estudando as técnicas para sacar o ego do interior da personalidade.

Na criança, o ego não tem força nem raiz, por isso é tão maravilhoso criar uma criança, um futuro cidadão
honesto, altruísta, muito humano, solícito e respeitoso do direito à vida que tem toda a criatura humana e dos
direitos civis e uma vez consciente das obrigações que tem toda pessoa com a humanidade, com Deus, com a
natureza e com o planeta.

Na mudança das pessoas adultas, o ego está muito gravado, muito estabelecido e tem muitas experiências e
práticas para fazer mal e causar muitos danos tanto a seres humanos como a fauna e a flora, matando e
destruindo.
Queremos entregar ao leitor um modelo de estrutura social completamente diferente, com uma cultura
superior não a um nível universitário como é a crença geral, que superior é unicamente o que se estuda em
uma faculdade. Não, “A cultura superior é aquela que emana do superior que é Deus, a nível científico, social,
espiritual e humano, mas não a nível religioso, nem dogmático”.

Hoje em dia, esta civilização de Cali Yuga está tão densa e materializada que falar de Deus é quase um delito,
e qualquer leitura pode ser interessante até que cite o nome de Deus, nesse ponto perde o interesse e a
importância.
Em escolas, colégios e universidades com algumas poucas exceções, só se estuda, letras e números, a nível
científico profissional em todas os ramos da ciência e da arte, mas muito pouco ao nível da ciência de Deus,
da alma, do espírito e das leis superiores que regem a alma em seus aspectos, o ativo e o passivo.

Nada se ensina às pessoas sobre as escalas ou níveis de consciência, nem sobre as raízes do ego, nem se
explica nada dele porque se o cigarro e o álcool são venenos que matam anualmente milhões de pessoas,
sendo os próprios governos em todos os países, os quais comercializam e autorizam a fabricação e a venda
desses venenos, que tanto dano causam a sociedade.

11
As pessoas devem procurar um limite em seus excessos de ambições a riqueza e não fabricar nem vender
elementos tão nocivos para a saúde, como é o álcool, o tabaco, o cigarro, e muito especialmente a droga
maldita que tem sido descoberta em nosso mundo, com a maldição apocalíptica de morte e destruição.
Necessitamos um renascimento, uma renovação de valores humanos, morais, espirituais e sociais que vão
sendo rebaixado em muito mais de cinqüenta por cento nos últimos cinqüenta anos.

Essa renovação de valores só é possível através das crianças e dos jovens, incorporando neles o conhecimento
superior da cultura da alma que iremos ver nos diferentes capítulos deste curso, cuja finalidade é contribuir
abertamente com a humanidade, para o alcance de uma mudança, uma transformação na conduta e no
comportamento do ser humano. Não é trabalho simples fazer entender as pessoas os ideais sem delitos e sem
infringir as leis, tanto divinas como humanas.

Mas através do tempo e da experiência, podemos evidenciar, que mediante a dor que produz o delito, também
os delinqüentes buscam um dia de descanso e se arrependem se a justiça lhe dá uma possibilidade.
Algum dia a humanidade assumirá de ver os resultados de seu comportamento; pelo menos devemos
conservar essa remota esperança e esperar tempos melhores para as pessoas e para o planeta.

O que devemos fazer com empenho insistentemente é todos cooperar na formação psicológica da
personalidade das crianças e das crianças interior dos adultos como a esperança de uma futura sociedade mais
responsável, mais consciente e melhor preparada para viver em paz e em equilíbrio com Deus e suas leis, com
a natureza e com seus semelhantes.
Conceitos:

Ego: Conjunto de defeitos, erros, vícios, manias, hábitos e costumes equivocados, que se manifestam ou
podem manifestar-se através de uma personalidade humana. Um “ego” não é mais que um pensamento
negativo que quando nos identificamos com eles “entram” na mente e nos ordena fazer tal ou qualquer coisa
equivocada. Exemplos: o ego da violência, o ego da preguiça; o ego da ambição, o da ira... Etc... Etc...

Leis: Tudo no universo está regido por Leis e Princípios imutáveis e infalíveis, sendo igual no
comportamento e no destino do ser humano. Quando por desconhecimento ou desobediência, violamos as
afortunadas Leis superiores sucedendo uma conseqüência e efeito do tipo negativo. Isto é igual à Lei da Causa
e Efeito, “o que você dá, você recebe” ou como disse Jesus Cristo: Pela vara que medires serás medido “.
Exemplo; o ódio gera mais ódio, a violência gera mais violência; o que fuma pode prejudicar aos pulmões; o
que ama será amado... etc...”.

Cali Yuga: Literalmente significa idade do ferro. Segundo a filosofia oriental toda raça ou civilização
atravessa por quatro idades, idade do ouro, idade da prata, idade do bronze e idade do ferro ou Cali Yuga. A
idade do ouro corresponderia à época de maior esplendor e consciência, a idade do ferro ou época atual
corresponderia à época de maior decadência.

Chaves do tema de hoje:


* Nada mais belo que o mundo mental das crianças.
* Devemos premiar as mentes das crianças com amor, compreensão e dedicação.
* Devemos ensinar as crianças como devem comportar-se na vida para chegar a unir-se a Deus.
* Devemos incutir de maneira inteligente os efeitos negativos e os perigos das drogas, o tabaco e o
álcool.
* Aquilo que se incorpora na criança e na criança interior dos adultos e em sua psique, em sua
consciência e em sua personalidade nunca será esquecido, nem nada poderá fazê-la crer em outra coisa se
o trabalho educativo não seja feito com base em Deus e nos princípios humanos.

Questionário
1.- Em que etapa da vida e de que maneira se forma a personalidade?
2.- Porque dizemos que as crianças e jovens são a esperança da humanidade e do planeta?
3.- Pode citar alguns aspectos básicos que devemos persistir a todas as crianças, para uma melhor
educação e formação integral de sua personalidade?
4.- Qual o delito mais grave que as pessoas podem cometer?

12
6 - A ALIMENTAÇÃO E A SAÚDE - A alimentação do ser humano é à base da vida e da boa saúde, quando
sana e nutritiva, assim como também é a causa das enfermidades e deteriorização do corpo físico, quando não
é saudável e não reúne condições indispensáveis para a plenitude da vida.

Hoje em dia, com a grande quantidade de inseticidas e venenos de toda a espécie que se vende no mercado do
ramo da agricultura, o agricultor se guia pela pessoa que recomenda o produto, sem suspeitar da alta
periculosidade mortal do dito inseticida.

Para uma melhor orientação no assunto da contaminação dos alimentos, quero transcrever algo que escrevi
em meu livro “En Broma y en Serio”, por considerá-lo muito importante para prevenir a humanidade de tais
perigos.

“Sabe você agora, que todos os alimentos vegetais, alimentos enlatados, enfrascados, frangos, pescados,
carnes vermelhas, etc., tudo esta contaminado”.

Quero que você amável leitor repare, que o ar, as águas, os legumes e em geral todos os alimentos estão
contaminados.

As carnes das reses, dos suínos, dos frangos, etc., estão contaminadas, com vacinas, hormônios e outras
drogas que os criadores destes animais lhes adicionam, para um desenvolvimento, crescimento e engorda do
gado, com os seguintes prejuízos para os consumidores.

Em alguns lugares os vegetais são mais contaminados, são envenenados em certa porcentagem, para ser mais
claro vou explicar o porque:

Existem os pesticidas que os agricultores utilizam para vaporizar nas plantações; mas tais pesticidas são
substancias químicas altamente tóxicas; são venenos mortais que se vão introduzindo nas plantas, alguns
desses produtos são residuais.

Dizem os entendidos que os pesticidas são substâncias químicas altamente perigosas, capazes de matar
insetos, vírus, parasitas, bactérias, etc., afetando o sistema ecológico e o sistema natural de vida incluindo o
ser humano.
Os pesticidas constituem somente uma porção das químicas comuns, mas são os mais perigosos para a saúde.
A Organização Mundial para a Saúde (O.M.S.) estima que anualmente 500.000 pessoas são envenenadas por
pesticidas, resultando em morte em massa.

Sabe-se que em 1986 morreram em um país asiático, mais de duas mil (2.000) pessoas por causa do escape de
um gás químico de uma central desses produtos.

Os inseticidas residuais são produtos tóxicos terríveis contra a saúde e contra a vida do ser humano.

Estes inseticidas que contem hexaclorociclohexano, chamado Gamexano(esp) ou D.D.T. é um pó mais


mortífero e tremendamente perigoso para a vida humana; o D.D.T. é diluído em água e vaporizado e borrifado
nas casas, é um produto residual, ou seja, que continua no ambiente após muito tempo de ter sido aplicado.

Dizem que o D.D.T. foi retirado do mercado e proibido sua fabricação, mas seus derivados ainda são usados e
vendidos com outros nomes e criados outros venenos muito similares, mortais e perigosos que continuam
matando insetos e intoxicando e matando pessoas através do repolho envenenado, a alface, o tomate, etc.,

Os produtos clorados como o monoerozofo, por exemplo, tem e possuem um alto poder residual, sumamente
prejudicial para a saúde; (residual significa, que continua e permanece muito tempo ativo) causando muito
dano ao homem.

Os repolhos, os alfaces, as hortaliças, as verduras, os vegetais em geral, chegam ao mercado contaminados


com venenos, tais como o inseticida chamado Dipterex para a alface; o Decis, o Montol, o Ambus, O Cimbus

13
e outros produtos altamente daninhos e tóxicos para o homem. O repolho é vaporizado com esses produtos em
muitos lugares.
O feijão, o habichuela(esp), o poroto(esp), feijão branco, também é borrifado contra lagartas; e outros tipos de
venenos, e logicamente o estomago do homem sofre as conseqüências.

O tomate borrifado com vários produtos inseticidas, entre eles Ridomic, Curzate, Galven, Cuprico, Mazate,
Cuprazan, Cupravit, etc.
São muitos os inseticidas, praguicidas, herbicidas, pesticidas, etc., que são tóxicos e que causam as seguintes
enfermidades em animais e principalmente em seres humanos, assim:

Problemas da pele, cirrose hepática, aberrações cromossômicas, cegueira e diversos problemas óticos, câncer
em longo prazo, danos no tecido adiposo, manchas e fungos na pele, todo tipo de transtornos digestivos,
intoxicações orgânicas que produzem erupções cutâneas, ulcerosas, estomacais por excesso de nervosismo e
algumas outras anomalias na saúde.

Ante o perigo universal que representam os “agrotóxicos”, foi criado a Rede Mundial de Ação contra
Praguicidas, na qual deu a conhecer “A Dúzia Maldita”, onde se apresentam os 12 praguicidas mais danosos
para a humanidade, por seus efeitos cancerígenos, bioacumuláveis, mutagênicos, embriotóxicos no sistema
nervoso e hepático, altamente tóxico, causador de fibrose pulmonar e renal.

São eles: (em espanhol)

1.- Clordano hepla cloro


2.- Paratión
3.- Aldacarb (temik)
4.- 2, 4 – D/2, 4, 5 t
5.- EDB y DBCP
6.- Lindano Gamma HCH
7.- D.D.T.
8.- Paraguat
9.- Los Dines (cendrín, dieldrín)
10.- Clordimefrom (Galecron)
11.- Monocrotofos (azodrín, monocron, nuevacron)
12.- Mercuriales.

Hoje em dia existem muitíssimas enfermidades estomacais, devido aos venenos e tóxicos que os agricultores
usam nos vegetais, verduras, hortaliças, alguns porque não sabem o que fazem e outros que fazem com
consciência do mal que fazem, pois o que lhe importa mais é o dinheiro do que a saúde das pessoas, sem
contar o numero de mortos que talvez chegue a dezenas de milhões, que morrem de úlceras, intoxicações,
câncer, cirrose, etc., sendo que seus parentes e familiares nunca lhes ocorre de pensar que essas enfermidades
se devem aos alimentos e saladas contaminadas por algum produto da “dúzia maldita”, ou algum de tantos
outros produtos.
Por todo o anterior, nós seres humanos estamos expostos a qualquer momento a sofrer enjoou, cólicas, alta e
baixa pressão, diarréias, obstrução intestinal, febres altas, verrugas na pele, etc.

Tudo isso devemos a muitos fatores como temos visto e dito anteriormente, aos pesticidas, as vacinas
aplicadas nos frangos, nas vacas, nos touros, aos conservantes de diferentes tipos que estão nos alimentos
enlatados, nas bebidas também enlatadas e enfrascadas e a toda essa gama de substâncias químicas daninhas
que os consumidores ingerem e digerem, sem saber as conseqüências que originam para a saúde, tais
alimentos e bebidas.

Poderíamos dizer que os responsáveis por estes flagelos contra a saúde da humanidade, são por parte os
químicos, as industrias produtoras de alimentos enlatados e enfrascados; os veterinários, fazendeiros de gado,
granjas e fazendeiros de frangos, os hormônios e vacinas, mas os culpáveis e responsáveis das enfermidades
derivadas dos inseticidas, pesticidas e demais pó e vapores que envenenam e contaminam os alimentos, são os

14
agricultores e finalmente quem mata milhões somos nós consumidores que constituímos a humanidade
inteira, sem mencionar a vida do meio ambiente, a natureza.

Tanto veterinários como químicos que produzem vacinas e químicas, ou igual a quem elabora a dúzia maldita
e outros venenos, ou fazem quiçá de boa fé e com o propósito de colaborar com o bem-estar da humanidade,
ou quiçá sabendo o dano que causam a humanidade, porque todos esses produtos daninhos produzem muito
dinheiro, realmente não sabemos nada sobre esse assunto, mas pelo que sabemos, é que grande parte da
humanidade, para não dizer toda, vive muito enferma por conseqüência da contaminação dos alimentos e que
está na moda os vírus desconhecidos, talvez para dissimular um pouco, ou para trocar de nome ou moda.

Os feijões, os porotos(esp), o feijão branco, as lentilhas, o grão de bico, o repolho, a alface, as favas, os
guandules(esp), os tomates e muitas frutas chegam ao mercado e ao comercio envenenados, ou seja, já
contaminados com essas substancias daninhas e tóxicas que já estão incorporadas dentro da casca do cereal
qualquer que seja.

Tudo tem seu preço e a comodidade ao chegar em um supermercado e encontrar toda uma gama de alimentos
dispostos e frescos, aparentemente tem uns preços muito altos, cujo valor é nada menos que a saúde, todavia
ninguém pode culpar diretamente dessa situação a nível pessoal, já que parece que todos somos culpados.

Poderemos dizer que para evitar os problemas de contaminação dos alimentos, o melhor seria uma mesma
colheita, mas como isso não é possível, então podemos recomendar as pessoas que cozinham, o seguinte:

Nas farmácias vendem uns pequenos frascos de tintura de iodo, com o que se podem lavar as verduras, o
repolho, a alface, o tomate, o espinafre, acelgas, aipo, etc., colocando cinco gotas de tintura em um litro de
água, misturando e mexendo bem a água, lavando as folhas e verdura muita bem nessa água de tintura de
iodo, lavando a superfície de cada folha e enxaguando em seguida na água limpa.

Também nas casas das cidades, invés de comprar muitas plantas e vasos e semear um jardim, é melhor semear
alfaces, tomates, repolhos e outros tipos de verduras que se podem cultivar em casa.

Pode-se converter em horta caseira, seja na terra do solo, ou em terra de vasos ou matéria orgânica, ou outro
recipiente com terra.

Existem agora Associações de agricultores que cultivam alimentos sem químicas, sem venenos ou tóxicos; Na
Espanha chamam-se produtos ou “Alimentos Biológicos”; nos Estados Unidos chamam a estes alimentos sem
contaminação, “Alimentos Orgânicos”, que se encontram em todos os grandes supermercados naturistas.

No que se refere às carnes, temos que afirmar enfaticamente, que todas as carnes sem exceção contem
substancias prejudiciais para o corpo humano.

Sobre esse assunto quero transcrever algumas partes do livro “The Vegetarian Handbook” do escritor
americano Gary Null, em que diz em alguns parágrafos:

“A carne é um dos alimentos que mais químicos tem” diz Gary Null que – “de vinte a trinta mil drogas são
administradas nos animais”

O escritor mencionado afirma em seu livro The Vegetarian Handbook, que os antibióticos são talvez as drogas
mais utilizadas.

Desde que foram introduzidos os antibióticos na comida para animais em 1949, a utilização cresceu de fato de
quatrocentos e noventa mil libras em 1954 a um ponto dois milhões em 1960, cerca de nove milhões de libras
por ano hoje em dia”“.

Mais adiante segue dizendo o Senhor Null que “estes altos níveis de antibióticos tem enormes efeitos
secundários nas pessoas que comem estes animais criados com drogas”

15
Disse mais o Senhor Null, que “as pessoas alérgicas a antibióticos que tem sido administrado nos animais
podem sentir uma variedade de sérias e adversas reações quando comem a carne cheia de resíduos das
drogas”.

“Outras drogas e químicas que são utilizados rotineiramente em animais, incluem hormônios para regular a
reprodução, tranqüilizantes, e aqueles que promovem o aumento de peso”.

“Estes hormônios sintéticos podem causar câncer nos animais ministrados com essas drogas, sendo que na
maioria dos casos não afeta a comercialização da carne”.

“Não sabemos ainda em que grau o câncer tem origem viral, mas estudos recentes encontraram vírus
responsáveis por alguns cânceres”.

“Assim fazendo um aparte ao aspecto não apetecível de comer carne cancerosa, esta carne pode ser veículo
para que os vírus do câncer entrem em nossos corpos”.

Até aqui a transcrição de alguns parágrafos textuais do livro “The Vegetarian Handbook” do grande escritor
Gary Null, no qual temos lido e traduzido em espanhol, coisa que nos coloca na pele da galinha com relação
ao ato de comer carne.

No periódico O MUNDO de um país da América do Sul, saiu a seguinte notícia em 20 de agosto de 1991:

“ANABOLIZANTE QUE CAUSA CRECIMENTO DOS SEIOS NOS HOMENS VEM DA CARNE NO
BRASIL”

SÃO PAULO, 19 (AFP).- Em 30% da carne vacinada consumida no Brasil contém um hormônio
anabolizante, o Dietilestibestrol (DES), prejudicial para a saúde, segundo informe realizado por veterinários
da Universidade de São Paulo (USP) e entregue na segunda-feira ao Procurador da República.

O Dietilestibestrol, um produto que é utilizado por fazendeiros de gado para acelerar a engorda dos animais, é
responsável de casos de impotência sexual masculina, e desenvolvimento de seios nos homens e de graves
alterações orgânicas em adolescentes.

Preocupado com as graves conseqüências que pode ter para a população o consumo dessa carne, o procurador
Mario Luis Bonsaglia determinou que se investigue os frigoríficos e fazendas e que se proíba aos fazendeiros
de gado o uso de hormônios, anabolizantes para engordar seus rebanhos.

O investigador Enrico Lippi da USP declarou que os fazendeiros brasileiros utilizam o anabolizante porque
aumenta o peso do animal em 5% a 20% em dois a três meses.

No Rio de Janeiro, o ministro da agricultura, Antonio Cabrera disse que em 1990 foram fechados 17
frigoríficos devido a este tipo de irregularidade no país”“.

Aparte do anteriormente transcrito sobre a carne, dos males o menor, dos efeitos da carne contra a saúde do
corpo humano, existem outros fatores que não são físicos e sim psicológicos, que também causam muito dano
a personalidade humana.

Está comprovado que as pessoas que comem carne, são iracundas, orgulhosas e soberbas, se irritam
demasiado por qualquer coisa e são exageradamente explosivas e violentas.

No livro “DERECHOS Y OBLIGACIONES DE LA HUMANIDAD” e mais 28 livros, dou testemunho, que


enquanto enfermo, entretanto comi carne e quando deixei de comê-la, recuperei totalmente a plenitude de
minha saúde, ate o ponto desejado porque nunca pensei que a carne fora tão sumamente daninha e prejudicial
para o corpo e agora penso: quiçá para a alma.

16
A carne aumenta o colesterol, o ácido úrico e a intoxicação do corpo, produz dores no corpo, gases com
odores numa putrefação horrível, dano na próstata e quando está com muitas vacinas e injeções, então produz
diarréias e outras enfermidades no estomago, no sangue e na pele.

Os mariscos que aparentemente são sanos; resulta que sucede tudo ao contrário, porque o marisco é um
animal marinho rasteiro, isto significa que sempre se mantém sobre o solo do mar, anda sobre o piso do mar e
se alimenta de toda a sociedade que encontra na superfície do solo marinho, e que se desenvolvendo em águas
negras das grandes e pequenas cidades, povos e aldeias; todos os dejetos constituem grande parte da
alimentação dessas espécies, sem contar a contaminação marinha nuclear que se alojam no fundo do mar.

Agora entendemos porque quatro quintos são à parte da humanidade que sofre de alguma enfermidade e só
uma quinta parte da humanidade é alentada ainda que não em forma perfeita.

O pescado depois do audacioso desperdício atômico no mar, também tem muitas radiações introduzidas, a
mesma contaminação de químicas empreendidas no mar de todas as partes do mundo.

Realmente, não só a cólera é transmitida pelo pescado ao corpo humano, e sim muitas outras enfermidades ao
ser humano também pela carne do suíno, de frango, etc.

Comer qualquer classe de carne é ingerir enfermidades, somente por um mal costume que
temos desde tempos imemoriais.
Questionário
1. - Sabe dizer qual é à base da vida e da boa saúde no ser humano?
2. - Conhece o numero de pessoas que segundo dados da Organização Mundial da Saúde, resultam
anualmente afetadas pelos pesticidas com os quais tratam os produtos agrícolas?
3. - Poderia relacionar algumas enfermidades que podem causar ao consumir produtos tratados com
pesticidas, inseticidas, praguicidas etc…?
4. - Que conselhos podemos seguir para evitar os problemas de contaminação dos alimentos?

7 - A INFLUÊNCIA DAS CORES - Existem cores que dão harmonia e cores que deprimem, desarmonizam
e às vezes enfermam a pessoa, ainda que uma cor possa ser fatal a uma pessoa, para outra poderá ser benéfica
e harmoniosa.

As pessoas devem saber que as cores às vezes são tão importantes como os alimentos que usamos todos os
dias.

É muito importante saber as vibrações das cores em relação com nosso corpo, a aparência, o gosto particular
de cada um, para sabermos que cores devemos usar na roupa que vestirmos.

Conheci uma senhora que lhe encantava usar seus vestidos de uma cor que ela gostava muito, todavia esteve
muito enferma num dia, por ocasião conversando com este servidor, contando-me sobre suas fraquezas na
saúde, me ocorreu pergunta-lhe se tinha alguma preferência por alguma cor em especial, ela me confessou
fascinada por tal cor e me mostrou uma coleção de vestidos em variados tons, mas sempre da mesma cor
principal, tons mais amenos, comum, etc.

Ocorreu-me sugerir-lhe que trocasse a tal cor e renunciasse dessa cor por um tempo só por experimentar.
Igual surpresa da senhora para mim, quando me contou que se sentia muito bem desde que mudou as cores de
seus trajes.

Havia uma casa que tinha as portas e janelas pintadas de uma cor que ao ver sentia essa casa muito
deprimente e triste.

Um dia, aos donos lhes ocorreu mudar a cor das janelas, portas e pisos, alem das paredes. Dali em diante a
casa ficou encantadora e suas vibrações mudaram totalmente.

17
Em outra ocasião havia um senhor que eu havia visto muito bem de saúde, então um dia o encontrei
consumido, extenuado, de má aparência e muito adoentado, não obstante, optei por guardar silêncio e não
perguntei sobre sua saúde, não conversando nada nos despedimos e ele foi para um lado e eu para outro.

No dia seguinte nos encontramos novamente, ao ver-lhe ele me pareceu não somente bem de saúde, como
também rejuvenescido e muito alegre.

Oito dias depois voltei a encontrá-lo e de novo parecia enfermo, novamente optei em guardar silêncio.

Mais tarde fui a minha casa e de novo o vi muito bem de saúde, alegre e eufórico, isto me causou inquietude e
perguntei se havia estado doente, no que me disse que não ficava enfermo há vários anos .

Então caí em conta que era o traje que ele usava que fazia com que eu o visse como enfermo, então lhe contei
que às vezes me parecia doente com tal traje, em algumas vezes que o havia encontrado.

O senhor não voltou a vestir o dito traje e nunca mais o encontrei como enfermo, já que era o traje que me
fazia ver como se estivesse saído do hospital.

Todas estas experiências que narro são para as pessoas que queiram encontrar uma seleção de cores que
vibrem melhor com sua personalidade, para adequar melhor seus trajes em compatibilidade com sua afinidade
de caráter, vibração, cor de pele, etc.

Ainda que pareça um pouco utópico e inverossímil, a verdade é que as cores encenam um papel muito
especial numa boa ou má apresentação das pessoas, igual com a aparência de boa ou má saúde, é questão de
uma boa seleção das cores adequadas de sua roupa para ver-se e sentir-se muito bem.

Este capítulo foi escrito, tratando de contribuir da maneira mais eficaz e precisa para uma boa saúde, evitando
assim a dor e o sofrimento que causam as enfermidades.

Somente experimentando podemos ver os resultados em qualquer ramo da ciência, ou simplesmente na vida
corrente de qualquer pessoa.

Selecionando os alimentos, as cores e os pensamentos, além de amar a todas as pessoas e criaturas da


natureza, podemos consolidar a boa saúde, a paz interior e a verdadeira felicidade que está no Ser.

Questionário
1.- As cores que nos rodeiam podem ter alguma influência sobre nós?
2.- Influem as cores da mesma maneira no mundo todo?
3.- Como poderemos conhecer que cores vibram melhor com nossa personalidade e forma de ser?

8 - O PODER DO PENSAMENTO E DA PALAVRA -Podemos causar dano às pessoas com o pensamento,


com as palavras e com nossos atos negativos e todo dano que fazemos a outros, o pagaremos da mesma
maneira; por essa razão terrível da Lei de Compensação, é que não devemos medir a ninguém, nem com
pensamento, nem com palavras e menos ainda com atos, para não sermos medidos mais tarde com a mesma
vara.
O pensamento é uma energia emanada de nosso próprio cérebro, geralmente do hemisfério esquerdo quando é
razonativo e negativo, já que no hemisfério direito se encontram as virtudes da alma e alguns poderes inatos,
produto das faculdades ganhas ou adquiridas em outras existências.

O som das palavras emite uma energia especial que produz umas vibrações que podem dar saúde, alegria ou
felicidade se são positivas, febre, dor de cabeça e até diarréia, se são muito negativas.

Eis aí a razão pela qual, um seguidor da doutrina de Deus ao pé da letra de maneira exata e precisa, não media
cem por cento, ou seja, um iniciado nos mistérios de Deus, não deve pronunciar nenhuma palavra falsa,
deprimente ou ofensiva contra ninguém, porque este ato origina desagrados e até doenças físicas quando o

18
emissor está muito carregado de força negativa, se o receptor não está prevenido ou preparado para repelir tais
energias negativas, emitidas pelas bocas através das palavras.

De maneira igual, os pensamentos constituem correntes de energia que igualmente aos átomos ou as vibrações
de energia, transpassam qualquer corpo denso, como uma parede, um muro ou uma vala qualquer de concreto,
e muito mais fácil se é um corpo humano que é transpassado com a mais absoluta facilidade.

Se o pensamento emitido é de proporção negativa, essa energia vai carregada de um efeito daninho ao
encontro de alguma pessoa, e em direção daquela que emitiu esse pensamento e se essa pessoa contra a qual
se lançou o mau pensamento não tem nada contra, pois é amor, respeito, apreço, etc.

Então se faz um contato parecido com uma ligeira indisposição telepática de pensamentos, mas se a pessoa
receptiva não guarda ressentimento, nem rancor, nem ódio ou vingança e soberba, sem um grande amor
respeito e carinho, então tal pensamento emitido negativo, retorna ao seu lugar de origem, devido ao fato que
encontra na sua chegada uma vibração contrária a seu elemento vibratório e por ressonância contrária é
repelido e por lei de vibração regressa ao lugar de emissão causando o efeito desejado na sua própria matéria.

Aqui se volta a cumprir a Lei de Compensação, porém a um nível de emissão e recepção vibratória que por
ressonância regressa para se cumprir a Lei de simpatia original.

Se estudarmos um pouco a Lei energética dos sons, as palavras e vibrações, teremos que analisar em separado
para compreender porque as palavras insultantes, deprimentes, desrespeitosas etc., transmitidas em uma carta
ou em uma fita gravada, causam os mesmos efeitos de contato psicológico receptivo, que se fossem emitidas e
escutadas diretamente dos lábios ao ouvido.

Ainda que a carta contenha sons, tenha as mesmas vibrações de seu conteúdo de origem que causam o mesmo
dano anímico e psicológico, já que os hidrógenos muito pesados e com vibrações muito densas, adoecem a
matéria e por sua densidade, o cérebro ou os neurônios não conseguem dissolver ou desincorporar tais
vibrações com hidrógenos muito pesados.

Numa vez que um senhor me odiava demais, sem que houvera nenhum encontro, discussão ou desgosto entre
nos dois, me enviou uma carta escrita em uma linguagem com hidrógenos tão pesados que minha esposa que
tinha minha autorização para abrir toda correspondência que chegasse no meu nome, ao ler essa carta,
adoeceu com febre de quarenta graus, diarréia e desanimo em todo o corpo, como se houvesse levado uma
surra.
Muitos dos meus amigos me escrevem cartas como esta: “A sua carta que recebi nestes dias, me encheu de
alegria e me deu muita força e alento, me ajudou muitíssimo a resolver um problema que eu tinha, pelo qual
quero agradecer-lhe de todo coração todo o bem que você me fez, e agora me sinto muito bem, estou muito
contente e feliz graças a você”.

O anterior nos indica que o poder da palavra serve para fazer o mal e também para fazer o bem, tudo depende
dos hidrógenos que contem a palavra, se contem hidrógenos pesados e densos por ter muitas leis, poderá
causar muito dano, mas se a palavra leva hidrogeno insignificante, sutil de poucas leis cósmicas então o
resultado será maravilhoso, estupendo, é questão de conhecer o fator positivo ou negativo da palavra falada
ou escrita.
O ser humano foi criado pelo Supremo Criador, a imagem e semelhança de Deus, varão e fêmea, com livre-
arbítrio, sabendo e conhecendo o bem e o mal, motivo pelo qual, o homem tanto como a mulher são
autônomos construtores de seu próprio destino e nenhuma pessoa pode impedir que o homem e a mulher
sejam donos de suas próprias determinações.

Devemos compreender que cada ser humano tem dois tipos de destino, a saber: O destino de sua
personalidade e corpo físico e o destino da sua alma, isto equivale ao destino temporário ou perecível e o
destino imperecível ou eterno que corresponde ao corpo e alma respectivamente.

A grande maioria dos seres humanos atua fazendo o contrário da lógica, isto é se preocupam com seu destino
temporário, pois teriam sim é cuidar do destino da alma e de seu EU SOU ou Ser interior ou Deus interno:

19
este último não lhe preocupa o mínimo, já que milhões de pessoas nem sequer sabem que o “EU SOU” o seu
“REAL SER” ou “DEUS Interno”, está dentro de cada personalidade, queira ou não queira; isto é
desconhecido por muitos milhões de homens e mulheres, porque supõem que Deus está no céu, que está
acima segundo ensinamentos religiosos.

Ainda que, cada criatura humana é absolutamente livre de interpretar as coisas como bom lhe pareça e, como
é de seu gosto e vontade e por essa mesma razão, queremos indicar aqui a maneira real e lógica, um sistema
prático de realizar as mudanças necessárias, para quem quer transformar seu destino, assim fará o que lhe for
bom.

O que primeiro devemos saber, é que este trabalho, não pode fazer nada por nós ou por uma pessoa, por um
amigo ou parente que seja, nada absolutamente nada poderá fazer pela criatura humana, nem pagando muito
dinheiro, nem grátis de nenhuma maneira, isto indica que somente se podem alcançar as transformações e
mudanças pessoalmente, ela com ela mesma.
O segundo que devemos ter muito em conta, é que o trabalho não se deve retardar, não se deve ter preguiça e
nem deixar pra depois, a integração da alma com o Ser, o Deus Interno, ou seja, a mudança de seu destino
material ou temporário, já que ambas as coisas são de igual maneira muito urgentes e necessárias na vida de
toda pessoa se ela quiser.

O terceiro que devemos ter em conta é, iniciar já, agora mesmo o seguinte trabalho: Começar a transformar
nossas crenças negativas equivocadas, por afirmações positivas contrárias, como por exemplo: Se Temístocles
Farsan crê que na cidade onde ele vive, não se consegue trabalho, pensa e fala “nesta cidade não se consegue
trabalho”, Temístocles Farsan com essa afirmação negativa nunca conseguirá trabalho “, isso é matemático e
infalível que cada pessoa consegue ou se atrai ao que pensa e ao que fala e Temístocles nessa cidade não
poderá nunca conseguir trabalho por essa crença negativa, mas se Temístocles quer transformar esse processo
negativo, tem que mudar a crença negativa; deverá mudar esse pensamento, por outro pensamento positivo
afirmativo”.

Terá que pensar que consegue trabalho; a crença que Temístocles deve pronunciar seria a seguinte: “Eu
Temístocles Farsan sim consigo trabalho nesta cidade” sendo que tem que escrevê-la, pensá-la, falá-la e
respirá-la.

Todo o exercício completo tem que ser o seguinte: Primeiro escrever completa a seguinte afirmação: “Eu
Temístocles Farsan consigo um bom trabalho, bem remunerado aqui nesta cidade”. Segundo lê-la com uma
grande confiança e segurança de que assim é e no mesmo instante em que termina de lê-la, respirar
profundamente imaginando que com essa respiração grava totalmente, registrando a dita afirmação na
consciência e na mente; deve escrevê-la vinte e sete vezes respirá-la vinte e sete vezes durante vinte e sete
dias.
Assim retém totalmente trocada a crença negativa, logo deve seguir todo o tempo seguir acreditando que é
hora de se conseguir trabalho no momento em que o busque, devido a que já não pensa negativamente contra
a crença.

Devemos saber que cada pessoa se atrai a tudo o que crê, ou seja, no que pensa e no que fala; POR ESSA
MESMA CAUSA A PESSOA QUE SÓ PENSA NA POBREZA E FALA, “É QUE EU SOU MUITO
POBRE” ESSA PESSOA SEMPRE SERÁ POBRE PORQUE ESSA É SUA CRENÇA OU SEU
PENSAMENTO E POR ISSO SOMENTE ATRAI POBREZA E MISÉRIA.

No anterior imita a pessoa que diz e crê que não merece nada de bom, como por exemplo: quando um homem
rico se enamora de uma senhorita pobre e humilde e ela diz: “eu não mereço tanto”, então surgirá um
inconveniente que não permitirá tal matrimônio, é quase seguro que haverá um divórcio ou separação, se ela
não mudar essa crença ou afirmação negativa de que ela não merece casar com homem rico.

Quando o ser humano transforma suas crenças e afirmações, seus pensamentos e palavras negativas por
crenças, afirmações, pensamentos e palavras positivas, de ato e por direito troca seu comportamento, seu
procedimento, sua conduta e sua consciência e já alcançadas todas as mudanças, poderá mudar totalmente seu
destino, porque quando o ser humano transforma todos seus aspectos negativos por positivos, com intensos

20
trabalhos realizados dentro da lei com imenso amor desenvolvido pela humanidade, pode também mudar os
karmas por darmas e aceitar melhores ofertas das bondades do universo a seu favor.

São transformações maravilhosamente trabalhosas estas mudanças, mas não é impossível tampouco; só se
necessita uma grande força de vontade, um propósito inquebrantável e uma disciplina a toda prova, para fazer
a tarefa por cima de todos os obstáculos que o mesmo karma trata de impor-se um propósito infalível, com
uma fé cega e uma imensa responsabilidade consigo mesmo e com sua própria sorte.

A pessoa interessada em fazer mudanças pertinentes para efetuar a modificação total de seu destino tem que
levar a cabo as lições destinadas a consolidar a transformação total ou modificação ampla do destino em todos
seus aspectos para uma vida feliz, tranqüila e sem sofrimentos.

Trate de compreender, que as frases ou palavras negativas, sempre trará a você, o que pensar, falar, por essa
razão abstenha-se de pensar e falar as seguintes palavras e frases negativas mais outras semelhantes:

O QUE SE DEVE CALAR : O QUE SE DEVE AFIRMAR:


1. Eu sou incapaz Eu sou capaz de tudo que me proponha.

2. Eu sou impotente Eu sim posso fazer tudo que quero na lei.

3. Eu sou imerecedor Eu mereço tudo de bom que Deus e o


Universo nos tem reservado para nossa felicidade.

4. Eu sou muito pobre Eu tenho toda a riqueza e a abundancia


do universo a minha disposição.

5. Eu odeio tal coisa. Eu amo todas as coisas, porque em


mim existe amor incondicional por tudo.

6. Rejeito fulano e outros. Eu respeito todas as pessoas porque para


todas tenho amor.

7. Eu só vou incólume e isento. Eu vou com segurança porque Deus


sempre me acompanha.

8. Se tu me rejeitas eu morro. Eu te amo e seguirei desfrutando da


felicidade da vida.

9. A vida é dura e difícil. A vida é grata porque é Deus que deu.

10. Aqui tudo é tão difícil. Aqui pra mim tudo é tão fácil.

11.Eu quero, mas me dá preguiça. A mim me encanta toda atividade


positiva a realizar de imediato.

12. Neste lugar há ociosidade. Eu neste lugar consigo trabalhar agora.

13. Eu vivo muito triste. Eu sempre vivo alegre e feliz.

14. Eu adoeço muito. Meu corpo físico está totalmente são,


curado, alentado, totalmente cheio de
energia e vitalidade, uma saúde OK.

15. Eu me sinto morto. Estou sempre disposto para servir.


16. Oxalá que eu possa. Eu posso com toda segurança.

21
17. Morra fulano(a). Admiro e torço por fulano(a).

18. Eu detesto isso ou aquilo. Eu adoro tudo de bom na vida.

19. O mal de fulano(a) é. O melhor de fulano(a) é.

Na lição anterior queremos indicar que nunca se deve falar negativamente de si mesmo e das demais pessoas,
devemos mencionar suas virtudes, mas calar seus defeitos, vícios, erros e maus costumes.

Karma: (sâns.) esta palavra origina do sânscrito e significa ação ou destino.


O homem é responsável pelos próprios atos. Também pode traduzir-se como “castigo” ou conseqüências
negativas de atos, pensamentos ou palavras negativas.

Darma: (sâns.) prêmio ou merecimento. Conseqüências positivas de atos positivos.

A Lei de Karma e Darma é a mesma lei de causas e efeitos. Tal causa tal efeito. O ódio gera ódio, a violência
gera mais violência; o que ama será amado etc...

Questionário:
1.- Pode explicar o que é e em que consiste a Lei da Compensação?
2.- Como podemos mudar nossas crenças negativas equivocadas?
3.- Porque não devemos pronunciar nem pensar frases ou palavras negativas?

9 - O MUNDO ALUCINANTE DAS DROGAS - Para bem de uma grande causa e tendo em conta, os
próprios traumas prejuízos e pesos, que no mundo moderno estão causando as drogas e alucinógenos,
propomos narrar em forma simples e prática as experiências de um jovem de nome Revol Consc mais outras
experiências de consumo de drogas congênita hereditária.

Nosso personagem Revol iniciou o processo de experimentação dos mais diferentes tipos e classes de drogas
e alucinógenos, como é normal, nos tempos de juventude.

Era filho único, desfrutava de uma situação econômica eficiente e com respeito aos demais companheiros
tinha muitas vantagens, pois podia conseguir o que se propunha, ao que queria, sem luta, no entanto, não
estava contente com seu bem-estar social, com a sorte que lhe sorria, com as muitas comodidades que lhe
rodeavam, sendo que, além disso, deseja experimentar muitas coisas que naquela época eram desconhecidas
por ele.
Eu primeiro contato com o mundo das drogas fez por intermédio de um companheiro seu, era uma pessoa
mais chegada à família, seu amigo de confiança.

Em certa ocasião dito amigo perguntou a Revol se havia fumado maconha, este como é natural a uma pessoa
ingênua lhe contestou que não e que pelo momento não queria tal experiência.

A insistência do amigo de Revol e a constante sugestão de que se iniciara nos experimentos de alucinógenos,
vencido por fim o propósito de Revol e pela primeira vez fumou um cigarro da erva maldita, -a maconha-.

Revol e seu amigo se dirigiram a um sitio perto do centro da cidade chegaram a um lugar solitário e o amigo
de Revol sacou um cigarro extra grande recheado da erva maldita e Revol começou a fumar e aspirar em
grande quantidade o fumo até que se acabou o cigarro.

Logo terminado de fumar todo o cigarro extralargo, Revol começou a sentir os primeiros efeitos da maconha.

Os primeiros sintomas foram verdadeiramente raríssimos para Revol, fora do normal, pois seu amigo se
encontrava a dois passos de distância e Revol o via a duas quadras enquanto gritava e o chamava com
ansiedade, pois Revol era muito jovem e sentia temor ao se ver só e ainda que estava a dois passos de
distancia, acreditava que se encontrava muito longe.

22
Revol começou a caminhar e a experimentar uma sensação que lhe fazia sentir medo de si mesmo, pois sentia
palpitar seu coração, sentia circular o sangue em sua veias, sentia e percebia como se movia sua existência
dentro de si mesmo, as batidas de seu coração fizeram-se tão perceptíveis que Revol sentia medo de tal
fenômeno até este momento desconhecido e, além disso, escutava a corrente sanguínea em sua veias como
quem escuta uma corredeira de águas por uma cascata.

Depois de chamá-lo por um momento, o companheiro de Revol foi desaparecendo da sua vista sentindo-se
abandonado ao mesmo tempo em que começou a experimentar dentro de sua psique uma sensação de medo,
espanto e solidão, começou a buscá-lo por todas as partes, pois nesses momentos esse amigo era o único
apoio de Revol, no entanto, via tudo muito distante e isso aumentava sua sensação de solidão.

Esta plena manifestação da vida em suas células, em suas veias, em seus coração, em seu cérebro e em todo
seu organismo, o ato de sentir palpitar tudo sobre sua existência através dos órgãos de seu corpo fez que
Revol sentisse profundo medo ao se perceber como se realizam os processos orgânicos em uma forma tão
sincronizada e de uma maneira tão perfeita.

Esse ir e vir de Revol em seu estado lamentável, ao passar por uma esquina encontrou-se com alguns
companheiros do abominável vício da maconha, aos quais comunicou seu desejo sincero de abandonar e
desfazer-se de tais sensações e marchar para casa; eles então lhe disseram que não seria conveniente que fosse
para casa naquelas condições lamentáveis de alienação e delírio de percepções negativas.

Ao passar Revol por outra esquina observou que havia muita gente num velório, acompanhavam os instantes
finais de um falecido dentro de um ataúde. Isso despertou em Revol uma gargalhada diabólica, de risos
extremados ate o ponto de sentir seu organismo num estado de não conseguir conter a vontade de rir
sarcasticamente. Revol mostrou burla, insensatez, insensibilidade, desrespeito, falta de cultura e baixíssimos
sentimentos morais e humanos.

Os companheiros de Revol o retiraram do velório com suas loucas gargalhadas e o levaram a um cinema onde
passava o filme “Sete peraltices na piscina”.

Revol começou a experimentar que a dita fita tinha momentos de tanta luminosidade e brilho que seus olhos
não suportavam olhar para a tela; às vezes via escuridão, isso provocava sensação de riso estrondosa que os
funcionários o fitaram como uma “figura” rara.

Todo o público assistia ao filme em silêncio, somente Revol experimentava brilho, ofuscamento e escuridão,
emanando de seu interior estrondosas gargalhadas que originaram protestos e olhares de desaprovação do
público.
Os companheiros de Revol ao ver esta situação, levaram-no a sua casa, estrebuchando como morto, gasto,
sem força, cansado, extenuado e rendido.

Foi à primeira vez que Revol teve experiência com as drogas alucinantes pela qual experimentou, passados os
efeitos, terrível cansaço, desanimo absoluto, sensação de esgotamento físico, perda de força, etc., pois que,
produz sono e nostalgia, indo parar na cama.

No entanto, quando passaram os efeitos da maconha, Revol quis experimentar novas sensações, se deu conta
que a maconha provoca novos desejos, é certo que deixa o corpo com a porta aberta ambicionando mais uma
vez os efeitos da erva maldita.

É claro que as pessoas que fazem ou que passam por essa classe de experiências com a maconha, LSD,
Cocaína, Morfina, etc., voltam supremamente débeis, fáceis de sugestionar, seu cérebro se torna como uma
massa, uma espécie de barro que se molda com toda facilidade do caso, para onde o sugestionador queira
levá-lo, tendo como sugestionador qualquer drogado.

Em outra ocasião quis Revol experimentar os efeitos da Cocaína, produto que custa muito dinheiro, é vendido
como doces, guloseimas, mentas, gomas etc.

23
Ao saborear uma menta com a respectiva droga, sentiu que o doce se convertia em uma nave cósmica e
produzia vapores que saiam pela boca de Revol, como é natural, Revol sentia que não conseguia engolir a
nave, que sufocava, começou a gritar, estou afogando, estou afogando. Os companheiros de Revol lhe
chamaram a atenção pelo seu comportamento desequilibrado tentando acalmá-lo inicialmente, mas aos 5
minutos sugestionados os companheiros de Revol, começaram a sentir os mesmos efeitos em que a menta se
convertia em uma nave cósmica que produzia muitos vapores e que se sufocavam formando uma verdadeira
catástrofe de jovens desequilibrados e loucos pelos efeitos de uma menta carregada de cocaína.

A debilidade dos drogados consiste em que são facilmente moldáveis, muito suscetíveis de serem
sugestionados por qualquer um, como quiserem, são débeis ao extremo e como antes, pode se dizer que suas
mentes e seus cérebros se tornam como uma gelatina ou como uma massa de barro fácil de elaborar qualquer
tragédia dentro deles mesmos.

O drogado homem ou mulher se converte em uma máquina sem consciência, nem sequer podemos chamá-los
de intelectuais ou pensantes, e sim programados mecânicos terrivelmente influenciáveis, sugestionáveis e
prontos para cometer qualquer delito de qualquer espécie e meter-se em situações absurdas, anormais, é dizer,
que podem fazer coisas que somente são realizadas por pessoas alienadas, desequilibradas totalmente, loucos
sem razão e sem sentido.

Outra ocasião nosso amigo Revol Consc, andou com um grupo de amigos pelas cercanias das serras altas da
cidade sob efeitos da maconha e bebida alcoólica, começaram a ver que as nuvens se encontravam acima da
cidade se transformaram em deuses e de imediato foram transportados ao mundo do nível da quarta dimensão
(ao mundo infradimensional), experimentando que o nível tem a sua própria organização e seu próprio
governo, tem vida própria, dialogam entre si e tem intercâmbios de idéias com movimentos diversos, todos ali
tinham a vida do mundo e do nível, um mundo desconhecido para o grupo de drogados.

Como coincidência nesse mesmo dia um grupo de jovens estudantes efetuaram uma excursão a serra.
Entretanto o grupo de drogados onde estava nosso amigo Revol, começaram a escutar rádio no mundo do alto
nível, helicópteros que voavam, sirenas, pois pensaram que se tratava da polícia.

O pânico invadiu todos, o medo se apoderou de todos eles e dada à casualidade do momento cercando o grupo
de estudantes, eram jovens de bons costumes, sanos de coração, nunca pensaram na droga maldita, no entanto,
os drogados pensando que eram policiais que subiam em perseguição, começaram a atirar pedras e aos jovens
estudantes restou sair correndo.

Aos drogados como considera normal que sua principal missão é levar drogas a novos consumidores, novas
vítimas e seu maior interesse radical é na proliferação do “mundo alucinante das drogas”.

O drogado, pseudo-homem, dizem, o humano masculino quer seduzir muitas mulheres tentando conseguir
muitas vítimas que ingressam no mundo alucinante da maconha, LSD, a Cocaína, diferentes tipos de
comprimidos, morfina, etc. É claro que a mulher sob os efeitos de qualquer dessas drogas também se mostre
moldável, fácil de seduzir e encaminhar pelo caminho doloroso da prostituição.

A droga produz no ser humano masculino fácil expressão da palavra, pseudo-espiritualidade, e finge sentir
muito amor pela mulher amada uma vez que ela sob efeito da droga se sente cortejada, amada, emocionada, e
se entrega facilmente ao drogado para que lhe converta numa aliada da droga, uma vítima da prostituição.

O homem drogado emprega várias fórmulas, métodos e sistemas para levar qualquer mulher ao mundo
alucinante das drogas, ainda que ela não queira, sem se dar conta e sem aperceber-se de nada.

O drogado prepara a maconha moída com patê de fígado, de rês ou cerdo, enchem o pão ou torradas,
preparam apetitosos sanduíches com pão e maconha moída com mostarda ou salsa e tomate e outras coisas
similares, tratam com garçons ou funcionários do negócio uma propina, e assim com a mulher inocente, a
noiva deslumbrada, a senhora que lhe encanta no mundo social, a mulher que gosta da sua amizade,
facilmente pode ser vítima de sua própria confiança ou de seus próprio amigos ou desconhecidos.

24
Também aplicam a droga em chicletes, chocolates, como já dissemos na essência, nos doces, guloseimas,
coca-cola, café ou chá, etc., e assim as mulheres são seduzidas, violadas, cometem com elas as mais horrendas
barbaridades.

Revol é um jovem ativo, investigador e dinâmico em todos os aspectos próprios da juventude, isto o fez
abster-se de usar a droga LSD por medo de destruir os próprios genes e a criar futuros filhos monstruosos.

Algum tempo depois um “Mala” chamou Revol e sua turma de jovens drogados para oferecer uma maconha
“especial”, e na verdade lhe vendeu uma erva maldita vermelha muito forte e com efeitos especiais, a
maconha comum e corrente que haviam provado, posteriormente exigiram do ‘Mala” que lhe vendam a
mesma maconha e este insistiu que a “especial” tinha mais componentes com mais efeitos”.

Em geral os drogados tendem a ser pessoas inúteis, se convertem em parasitas da sociedade e da natureza, a
capacidade criativa, a independência, a liberdade de pensamentos e todos esses aspectos quase que
desaparecem por completo nos drogados, convertem-se em autômato, pessoa influenciável, um robô humano,
uma espécie de máquina que deriva nas circunstâncias.

Revol e seus amigos drogados buscavam sensações cada vez mais fortes, novas experiências e assim foi
quando experimentaram fumar tabaco com álcool 90°, e em outra vez com gasolina.
Ainda que Revol era um jovem investigador e inquieto, evitava algumas drogas, as que tinha tido a
oportunidade de observar os efeitos e reações nos “amigos”, naqueles que consumiam cocaína, destruíam as
fossas nasais, após a inalação, imediatamente sangrava o nariz, seus nervos estavam comprometidos e
destruídos, pois o pó estraga todo o organismo e trás mudanças psicológicas que origina da droga, nos jovens
os torna bruscos, terríveis.

Em geral os drogados tendem a ser pessoas inúteis, se convertem em parasitas da sociedade e da natureza, a
capacidade criativa, a independência, a liberdade de pensamento e todos esses aspectos quase desaparecem
por completo no usuário de droga, convertendo-se em autômato, influenciável, um robô humano, uma espécie
de máquina que deriva nas circunstâncias.

Revol e seus amigos drogados buscavam sensações cada vez mais fortes, novas experiências e assim uma vez
experimentaram fumar tabaco com álcool 90º e com inalação de gasolina.

Em um desses experimentos Revol inalando gasolina com óleos para automóveis e outros produtos que
degeneram as fossas nasais, o cérebro, os órgãos internos respiratórios, etc., sentiu muito amor pelos demais
ate o ponto de enamorar-se por um poste de luz que estava na esquina da rua.

Revol se abraçou ao poste desejadamente, sentindo grande amor e experimentando amor ao poste, pois
acolhia com amor fraternal e Revol sentia que o dito poste se convertia em uma mãe cheia de ternura, de
amor, de carinho e mimos maternais.
Os “amigos” quiseram levar Revol, mas ele respondia “não vou porque quero muito este poste e ele me ama
muito e estou feliz aqui abraçando muito o poste”; então se sentindo acolhido e protegido pelo poste segundo
Revol, conseguiram desabraça-lo e levá-lo a um lugar que se reuniam sempre.

O “point” de Revol com seus amigos era uma espécie de pocilga imunda, um quarto escuro, uma cova onde se
tinha as drogas, pastilhas, comprimidos, pós, maconhas, cervejas, e toda a espécie de objetos próprios de
pessoas sem ofícios tais como sandálias, colares, camisetas extravagantes, perucas, etc. Também haviam
misturas horripilantes dentro do mocó.

Revol chegou a passar ao outro lado do espelho, coisa que fez e segundo ele, se sentiu num mundo paralelo,
pois estava plenamente desperto, não estava dormindo fisicamente, foi uma experiência possível somente com
uso da droga, nosso amigo Revol teve grandes desilusões no “mundo alucinante das drogas”, pois pode ver
muitos de seus companheiros passar por situações espantosas, uns foram ao cárcere, outros se suicidaram,
outros morreram em acidentes, outros caíram traumatizados, loucos, alterados, outros cometeram crimes com
seus próprios pais, amigos e parentes, etc., etc., etc.

25
Em uma ocasião um de seus amigos drogados disparou em seu pai, ferindo uma perna, depois incendiou a
casa, pois tinha inalado STP, um aditivo para automóveis.

O uso de drogas naturalmente causa estragos e traumas irreparáveis na psique, no cérebro, no sangue, nos
genes, na visão e em outros órgãos, sendo que contem gordura, barro, provoca manchas, devido ao fato que a
maconha contem muita gordura, produz irritação e erupções internas e externas, por isso o drogado anda sujo,
abandonado, degenerado, ocioso em síntese, como uma marca da sociedade.

Falando confidencialmente, Revol nos dizia textualmente: “Agora que estudo a sabedoria cósmica, me
arrependo de ter passado pela terrível experiência das drogas, pois me vem o remorso na consciência de duas
senhoritas que por minha culpa se prostituíram, uma delas tentou suicidar-se tomando 60 comprimidos e teve
que ser levada ao hospital meio morta, com muito esforço conseguiram salvá-la, no entanto ficou
traumatizada”.

O último caso que nos narra nosso amigo Revol, em conversação pessoal, trata dos parceiros amigos, que tem
que passar por uma vida vergonhosa, dolorosa e amarga, devido ao fato que quando iniciaram com drogas não
tiveram em conta o futuro de seus filhos.
Revol nos afirmou com tenuidade e seu olhar triste algo que queremos consignar nestes texto como um
exemplo para quem se encontra em tentação com o terrível mundo das drogas.

Quando conheci os amigos drogados – disse Revol andavam com um garotinho, levavam ao pai, outras vezes
à mãe, de vez em quando levavam o menino coberto e não se atreviam a mostrá-lo...

Um dia meu amigo confidenciou: “Revol queremos contar algo”, imediatamente fomos a minha casa e
estando os três acomodados, meu amigo com os olhos marejados disse a esposa: “contamos?”, “ou não
contamos?”; a esposa dando força disse “conte tudo”.

“Revol, disse-me, vem aqui que quero mostrar algo’, encontrei um bebezinho que não possuía cintura: suas
extremidades estavam unidas ao tronco, sua cabecinha estava disforme, era um nenê mongolóide, não podia
respirar porque seus ossos do nariz estava unido ao centro, a mãe chorava, o pai chorava, “veja o castigo que
merecemos: nosso filho é um pequeno monstro”“.

È realmente lamentável, triste e doloroso, contemplar episódios e presenciar os fatos sobre os frutos da adição
de drogas no organismo, quando em verdade seus processos são chegados a esse resultado.

A história de Revol como drogado terminou com essa amarga experiência pela qual passavam seus amigos
que levavam consigo um testemunho claro de seu erro; depois confessaram a Revol que eles se uniam
sexualmente sob efeito das drogas e é claro que quem vai sofrer as conseqüências serão inocentes criaturas,
pequenos monstros.

Finalmente, nosso amigo Revol profundamente arrependido e já convertido em homem sério, responsável e
totalmente regenerado, nos disse com grande segurança: Graças a Deus que conheci o mundo dos mistérios da
Ciência Cósmica a tempo. O mundo da sabedoria, a ciência da consciência superior é assim, embora seja
solteiro, quando me flagrei examinando completamente o cérebro, o sangue, etc., me encontrava
completamente normal, sano, pois anteriormente um médico me examinou a base do cérebro e o encontrou
totalmente destroçado pelas drogas, pela cocaína, pela gasolina, pelos comprimidos, etc.

Agora, depois de meu “eu sou”, estudar a sabedoria e usar o tempo praticando a doutrina do amor, de novo
me fiz examinar o cérebro e o médico me diagnosticou totalmente reformado, curado, graças à ciência, ao
conhecimento, a transformação maravilhosa que regenera não somente o corpo, mas também a alma.

É realmente lamentável triste e doloroso, conhecer episódios e presenciar esses fatos, frutos do consumo de
drogas quando na verdade são às plenas conseqüências desse processo.

Causa pânico conhecer as manifestações de certas drogas nas pessoas, quando as reações atingem a psique,
que pede nova dose da droga maldita.

26
A pessoa quando está apegada e compenetrada com a droga ou determinadas drogas e que por uma ou outra
causa é restringida e fica sem, sofre uma reação espantosamente dolorosa.

Assistimos um paciente num hospital psiquiátrico impedido da droga, esse indivíduo, suplicava, rogava,
implorava ao médico e as pessoas que o rodeavam, que, por favor, que por Deus lhe ministrassem a droga
porque se sentia morrendo.

Se revoltava e se arrastava pelo solo como uma triste lombriga, como um porco, chorava e gritava pedindo
ajuda “ por mais que queiram tenham piedade de mim”, etc., algo realmente impressionante.

Mas não é só triste e doloroso conhecer esses quadros dantescos nas pessoas drogadas, insensíveis e
consumidas, é ainda mais triste conhecer os bebês drogados recém nascidos.

As conseqüências congênitas do consumo de drogas daqueles pais e mães irresponsáveis que se unem
sexualmente sob o efeito das drogas e as tem levado ao sangue e aos genes, são os fluídos degenerativos da
droga maldita.
Desses pais perversos e completamente animalescos, degenerados que geram filhos sob efeito de drogas,
nascem às crianças drogadas, já pervertido para toda sua vida, condenados a serem um estorvo para a
sociedade, uma vergonha da espécie, uma carga pesada e kármica para a família.

A criança recém nascida chora e suplica em sua linguagem muda, que lhe ministrem a droga, mas quando não
sabem, lhe dão alimento, chupeta ou mamadeira e a criança segue chorando, rejeita a chupeta ou a
mamadeira, no entanto se lhe ministram a droga deixa de chorar, descansa e se aquieta.

Isto é algo que não há palavras para descrever. È estupor, assombro que estas classes de experiências causam;
existir homens e mulheres no mundo tão doentes e perversos que são capazes de cometer esse delito criminal
com sua própria geração.
Os médicos começam por ministrar-lhe a droga, cada vez em dose menor, reduzidas, até suprimi-la
totalmente, mas a doença, a degeneração, o trauma registrado na psique, no sangue e no próprio gen, só se
pode esperar uma herança racial degenerada, perversa, anormal.

Nestes parágrafos não podemos estender com amplas análises científicas e nem históricas, mas narramos este
capítulo as diferentes experiências de um drogado como exemplo para as juventudes que desconhecem por
completo os efeitos destrutivos e catastróficos do “mundo alucinante das drogas”.

Questionário:
1.- Qual é a etapa da vida mais possível de iniciar-se no consumo de drogas?
2.- Quais são as causas que levam muitos jovens a consumir drogas?
3.- Quais são as conseqüências imediatas para as pessoas que passam por esse tipo de experiência?
4.- Quais as conseqüências para a posteridade e seus futuros filhos?

10 - EXERCÍCIOS - Primeiro Exercício.- O estudante se coloca de pé com os braços abertos em cruz lado a
lado, em seguida começa a dar voltas, a girar da esquerda pra direita como os ponteiros de um relógio (ver
figura 1), é claro que os chakras também giram ao realizar o exercício com alguma intensidade e depois de
algum tempo de prática.

27
Simular que estamos parados em um centro de um relógio e girar igual com as agulhas dos minutos do
relógio, até completar doze voltas; é claro que alguns comecem com poucas voltas até chegar o dia de fazer as
doze, se faz com olhos abertos e quando se termina de girar, fechar os olhos para não cair, porque terminará
um pouco zonzo, seguir aumentado as voltas, mas só chegará ao exercício completo que são doze voltas.

Segundo exercício.- Agora que já terminou de rodar, abras os olhos, deve deitar de costas no solo em posição
decúbito dorsal, e olhando pra cima com os pés juntos, pernas estiradas, braços abertos em forma horizontal
lado a lado em forma de cruz, mirando para o teto.

(Ver figura num 2).

Figura 2

Terceiro exercício.- De costas, levantar as pernas pondo na forma vertical, não há necessidade de por os
braços em cruz, com as mãos pode apoiar pela cintura, coloque o mais vertical possível, mas sem levantar as
nádegas do solo, ou melhor, a cintura deve estar bem colocada sobre o solo, sobre o piso. Isso é o que se
chama no oriente, Biparitha Karanhy Mudra, o sangue flui todo pela cabeça, precipita pelo crânio para que
acione ao trabalho determinadas áreas do cérebro, para fortificar os sentidos, para que fortifique a visão, pois
é necessários ter muito boa visão, olfato, tato, boa audição, boa degustação, etc., etc., etc., Permaneça um
tempo nessa posição (figura 3).

figura 3

Quarto exercício.- “Agora vamos continuar com o ensinamento, para que todos conheçam a fundo os seis
Ritos mediante os quais, as pessoas maiores podem recuperar a juventude e as pessoas jovens podem
conservar-se jovens por tempo que quiser”.

Estes exercícios também servem para despertar os chakras como já dissemos, antes, porém devemos ir para a
parte prática, conhecendo a dança dos Derviches, O Bipharitha karhanhy Mudra e outras posições; como

28
disse, estes exercícios não são apenas físicos, e sim são seis modos de oração; Os Lamas praticam estes seis
Ritos sobre o tapete da oração, bem: Pode ser o solo ou tapete ou como queira chamar, existem tantas palavras
e cada pessoa tem muitas maneiras de interpretar um objeto ou coisa e é claro que um não se sinta obrigado a
usar diferentes termos com o propósito que as pessoas entendam.

Estes exercícios serão incorporados com muita paciência, com mansidão, até que um dia se faça os exercícios
com facilidade, não são para fazer todos de uma vez, vai-se acostumando o organismo lentamente e pouco a
pouco aperfeiçoando até fazê-lo de forma otimizada e dinamizada, de forma correta, e para acostumar o corpo
poderá levar dias, outros semanas, meses, outros durantes anos, etc., etc., etc.

...então realizemos aos exercícios que estou ministrando.

Agora empenhe aí no solo, ponha-se de joelhos em direção ao oriente, onde nasce o sol, incline um pouco a
cabeça para baixo, só um pouco, não muito... a continuação deve ter uns três pranallamas assim: coloca o
dedo indicador da mão direita sobre a fossa nasal esquerda, inala pela fossa direita; pressione com ambos os
dedos indicadores e o polegar nas fossas, mantém o ânimo por uns segundos, em seguida destape a fossa
esquerda e exale todo o ar, continuando inale pela fossa nasal esquerda tapando a direita com o dedo polegar,
pressiona as duas fossas com os dedos polegar e indicador, repetindo o exercício por duas vezes mais até
completar três inalações e três exalações, isso equivale a três pranallamas, entendido?

Atente que só se usam os dedos e nada mais, exclusivamente o indicador e o polegar da mão direita, se tapa
com um, inalando pela outra fossa, se tapam as duas, se abre a outra etc., esse é um jogo que quando se fecha
com se abre com a outra e vice-versa.

figura 4

Quinto exercício.- Agora assim como está, inclina seu corpo para trás conservando a posição de joelhos, os
braços devem continuar unidos ao longo do corpo, mova o corpo para trás até o máximo que agüente,
permaneça assim por algum tempo.

Este exercício é mais curto devido ao alto esforço imposto, mas é muito bom para agilizar o corpo e queimar

algumas toxinas, interessante fazê-lo o melhor que podemos. figura 5

Sexto Exercício.- Agora procederá da seguinte maneira: Sentado no solo com as pernas estiradas para adiante
e as mãos colocadas para trás no solo, o tronco do corpo pouco inclinado para trás apoiado pelas mãos, a
cabeça mirando para frente (ver figura 6) calcanhares juntos, pontas dos pés abertos em forma de leque.

29
figura 6

Sétimo Exercício.- Agora para executar este exercício é suficiente encolher um pouco as pernas colocando as
plantas dos pés no piso e levantar as nádegas e a pança ou o estomago colocando em posição de mesa, os
joelhos e a pança com a frente é uma só linha horizontal.

A frente deve estar mirando para cima, o teto da casa, o corpo deve estar apoiado nas mãos e nos pés, com a
boca pra cima formando uma mesa humana, conforme está na gravura. (ver figura 7).

figura

Oitavo Exercício.- Veremos agora o MAYURASANHA, decidido no mês de maio, em vez de dizer maio se
diz mayu e se soma rasana MAYURASANHA, a palavra ASANA significa postura sagrada, bom vou
descrever para que veja como é o Muyurasanha.

Antes de tudo, é necessário que volte a fazer um novo pranallama, aqui se faz um novo exercício de
PRANALLAMA (ver figura num4) completo como feito no exercício numero quatro e depois do pranallama
e dos três pranallamas de que se compõe o exercício então se coloca como em forma de lagartixa, por isso que
se chama essa posição de LAGARTIXA.

“Com as palmas das mãos postas sobre o solo apoiado na maneira da lagartixa, me sustento com as pontas dos
pés e as pernas estiradas para trás, a face mirando para frente conservando em linha reta a cabeça, a nuca, a
coluna, as nádegas, as pernas, até mesmo os calcanhares, tal como uma lagartixa”. (ver figura 8).

figura 8

Naturalmente que agora tendo a face para frente, logo quando for efetuar o segundo movimento, então abaixe
a cabeça, encostada no peito o mais que puder e faço esse movimento, para baixo, para cima, para baixo, para
cima, etc. (ver figura 9).

30
figura 9

Exercício número 10.- “Agora, termina de executar o exercício e ensinarei o seguinte, daí mesmo, nessa
posição, como tem a cabeça bem encostada no peito porque está fazendo o e”.
Exercício da Lagartixa que é com a cabeça colocada para baixo; nessa posição, com as mãos paradas em seu
lugar avance um passo curto para adiante para ficar convertido em um arco humano tal como está na figura
número 10”“.

figura 10. (posição arco humano, face para abaixo nas plantas dos pés e das mãos.)

Agora depois de permanecer um tempo nessa posição, abaixe um pouco os joelhos, dobre para abaixar o
corpo, levante as mãos e se levante, ou seja, ponha-se de pé ao terminar o exercício.

Lembre que essa posição de arco humano tal como foi dado, consegue-se que o sangue venha para a cabeça e
alavanque linfas e irrigue toda a zona do crânio.

Condensado del libro “Transformación Radical” (2ª ed) de E. Villegas Quintero (.M. Desoto).

Conceitos:

Chakras: centros ou discos magnéticos, situados na anatomia oculta ou ultrafísica do organismo humano e
pelos quais penetra a energia cósmica vitalizando e curando todo o corpo físico.

Asana: Na yoga, representa a postura sustentada junto um adequado estado de concentração na realização de
um exercício.
Pranallama: No oriente, ciência ou arte da respiração. Exercício respiratório.

TRANFORMAÇÃO
Capítulo 5
EXPLICAÇÃO SOBRE A TRANSMUTAÇÃO SEXUAL

Realmente, eu estava impressionado com aquele bom homem que, com tanta boa vontade, me
explicava todos os pormenores da ciência do sexo e com grande segurança, documentando nos livros
sagrados, me mostra quase graficamente o motivo da dor da humanidade, e as conseqüências terríveis dos
equívocos do homem; lembrei-me daquela máxima: “o que inocentemente peca, inocentemente se condena”.

31
Eu perguntei de novo a Dom Arthur: “Agora, gostaria que o Senhor me explicasse sobre a
transmutação”. Dom Arthur, fazendo uso da paciência e talentos conquistados nos estudos, com grande
serenidade me respondeu:

Transmutação quer dizer troca, mudança, transformação substancial de uma coisa, modificação ou
alteração química ou alquímica de uma matéria. No caso de transmutação sexual, é extrair da substancia a
energia. A energia dá força ao espírito e o resultado de semelhante superação de valores, ou mudanças
fundamentais internas, e a sabedoria espiritual cósmica”.

“Se o homem, ao invés de dar rédeas soltas aos seus instintos e desejos sexuais, que o fazem cometer
um tremendo erro contra seu próprio corpo, que é fornicar, transmutasse suas águas seminais em força,
energia, vitalidade, luz e sabedoria, estaria na verdade aproveitando sua existência em algo útil para depois da
morte e durante sua vida celular”.

“Se o casal que se une sexualmente, ao invés de revolver-se no furor de suas fornicações,
derramando suas águas seminais da vida por prazer, por luxúria, por incontido desejo da carne, fizesse o rito
sagrado da transmutação sexual como faziam os antigos sacerdotes maias, astecas, egípcios, incas, gregos,
etc., estou certo que aconteceria uma transformação radical, total e definitiva da psicologia humana,
aconteceria a transformação integral da espécie”.

“O senhor sabe que o homem vem ao mundo pelo sexo, toda criatura se engendra pelo sexo e nasce
pelo sexo; da mesma maneira, toda criatura se gesta pelo sexo, se gasta pelo sexo, quando é fornicaria, ou
também se regenera pelo sexo, se energiza pelo sexo e se cura de seus males pelo sexo, quando faz uso da
castidade científica ou transmutação”.

“Pelo exposto, damo-nos conta de que no sexo está a fonte da vida, não somente física, mas
espiritual; aí estão as águas puríssimas e cristalinas da vida; esse é o óleo das lâmpadas de que nos fala a
escritura, quando o óleo se gasta, apaga-se a candeia, extingue-se a chama e, por conseguinte termina a luz e
ficamos nas trevas. A humanidade anda nas trevas pela fornicação, porque derrama o óleo com o qual
poderiam homens e mulheres iluminarem-se, transmutando sua força sexual em consciência superior”.

O homem se forma das águas da vida; dizemos da vida porque em cada espermatozóide há um átomo
crístico, que contém em si mesmo a essência da vida para a criação da espécie humana”.
No Ens Seminis está a semente humana e nela está a vida da espécie; de nenhuma outra maneira
pode nascer a vida, somente pela energia criadora que está no sexo; se apenas uma semente dá vida a um novo
ser, quanta vida nos podemos dar absorvendo essa energia mediante a transmutação?”.

“Essa é a vida universal que palpita em toda semente humana, quando a Lei Kármica o permite; essa
é a panacéia que vitaliza o corpo celular, o organismo humano, fortifica o veículo da alma com uma fonte
inesgotável de energia, que nos dá satisfação e felicidade física e espiritual”.

“Como o Senhor pode ver, a humanidade sofre demasiado por não querer estudar os mistérios do
sexo, pois no sexo está a força do homem: no estudo cosmogênico do microcosmos homem encontramos a
matéria, a alma, o espírito, além do material essencial para conquistar totalmente a sabedoria do Ser”.

“O homem que não raciocine negativamente, que não se deixe enredar pela mente, que faça as
práticas de transmutação, seja para casados ou para solteiros, dará um testemunho fiel dessas verdades que a
humanidade rechaça, por estar escravizada à luxúria, aos vícios e a todos os prazeres que causam dor; por isso
a castidade é incompatível com esses instintos humanos, com os costumes que rebaixam os valores anímicos e
espirituais do ser humano, pela fisionomia instintiva dos seus atos”.

Eu perguntei de novo a Dom Arthur: “Então as pessoas solteiras não podem fazer as práticas de
transmutação sexual?”.
Dom Arthur, sem nenhuma vacilação, me respondeu: “Sim, podem fazer a transmutação para solteiros; há
práticas para casados e também para solteiros”.

32
“A prática de transmutação sexual para solteiros, seja homem ou mulher, é a seguinte: O aluno senta-
se comodamente em uma poltrona, ou deita-se em seu leito; inspira o ar e o leva com a imaginação até o
cóccix, pronuncia o mantram HAM-SAH e, contraindo o cóccix ritmamente, imagina que sua energia sexual
sobe por sua coluna vertebral em forma de chama energética e ilumina seu cérebro. Esses exercícios devem
ser repetidos várias vezes, até completar pelo menos 10 minutos”.

“A transmutação para casados consiste na conexão sexual entre os esposos, homem e mulher que se
pertençam em matrimônio legítimo. Uma vez unidos sexualmente, cada um deve inalar o ar de forma rítmica,
sem forçar o organismo e pronunciar o mantram I.A.O. letra por letra, assim:”

“Primeiro, inspira-se o ar, em seguida contrai-se um pouco o cóccix sem forçar o corpo,
pronunciando a vogal AAAAA até exalar todo o ar; novamente inspira-se o ar de maneira normal, sem forçar
o corpo ou os pulmões, contrai-se de novo o cóccix um pouco e pronuncia-se a vogal OOOOO, até que os
pulmões fiquem totalmente vazios de ar”.

“Esse exercício deve se realizar, começando primeiramente com uns 5 ou 10 minutos; quando o casal
já se sinta mais forte, depois de seis meses de transmutação, aumentará o tempo de duração até que chegue a
15, 20 ou 30 minutos”.
Eu então perguntei outra vez a Dom Arthur: “Essa prática de transmutação que o senhor me indica
pode-se praticar com qualquer mulher, ou a mulher com qualquer homem?” Dom Arthur me respondeu
enfaticamente: “Não. Somente com sua esposa legítima ou em amor, ou a mulher com seu esposo legítimo
também em amor, isto é em matrimônio legal diante de Deus e diante dos homens; porque se o homem o faz
com outra mulher que não seja sua esposa, transforma-se num adúltero e de fato o adúltero não entrará no
reino da sabedoria, porque é um mandamento da fidelidade conjugal (são esposos as pessoas unidas pelos
laços de amor e responsáveis como tal perante a sociedade)”.

De novo perguntei a Dom Arthur: “É... quanto tempo deve-se permanecer unido sexualmente com a
esposa nessa prática sexual ou transmutação?” Dom Arthur me respondeu: “O principiante deve começar com
15 minutos e, a medida que vá adquirindo prática e tornando-se mais forte, vai aumentando o tempo; não
obstante, se o iniciado sente o perigo da ejaculação, não deve ater-se ao tempo e sim retirar-se a tempo para
evitar o fracasso sexual”.

“O interessante é não perder, por nenhum motivo, a energia sexual, porque se o iniciado é débil e se
deixa cair, não está fazendo nada; está fazendo o que faz qualquer homem comum, sem mérito e dessa forma
jamais poderá levantar seus valores energéticos para iluminar sua consciência”.

Eu queria saber tudo de uma vez, como todo principiante, e não resisti à tentação de fazer-lhe outra
pergunta: “O senhor me disse, Dom Arthur, que o homem intelectual de tipo inferior não pode entrar nesses
estudos, porque é muito cético e fecha as portas do conhecimento com o raciocínio. Por acaso eles não podem
transformar seus caprichos e chegar a ser grandes iluminados?”.

“Eu não disse que os intelectuais não podem entrar nesses estudos superiores”, me respondeu Dom
Arthur, “eu só disse que para o intelectual que não queira abandonar seus caprichos e suas idéias fixas é mais
difícil entender os mistérios sagrados, por sua própria vaidade, ceticismo e orgulho; mas se um intelectual
abandona o capricho e coloca o intelecto a serviço da Sabedoria Divina, é mais rápida sua iluminação, porque
já está preparado, somente lhe falta equilibrar seus valores materiais com os espirituais”.

“O intelectual sofre para compreender o ensinamento quando não quer prescindir do raciocínio nem
deixar o orgulho, as dúvidas e as vacilações da mente; mas quando um intelectual se despoja de suas idéias
fixas, seus caprichos, seu orgulho e seu ceticismo, põe-se a estudar os livros iniciáticos e fazer as práticas,
avança muito mais rápido no progresso e aproveitamento do ensinamento, devido ao equilíbrio; então temos
um homem disposto a cristificar-se e liberar-se para sempre da dor dessa quimera terrena”.

“é claro que quando um intelectual faz esse sacrifício, de fato deixa de ser intelectual e se transforma
por direito próprio em um iniciado inteligente; não se deve confundir o intelectual com o inteligente, pois são
dois aspectos totalmente diferentes (intelecto: conhecimento letivo, Inteligência: uma função da alma)”.

33
O homem inteligente é aquele que estuda e pratica o ensinamento para extrair o bom do mau e
conhecer o mau do bom, observando a prudência, o exame, a análise e as normas mais adequadas para aceitar
ou rechaçar uma idéia ou ensinamento que não seja conhecido”.

“O homem inteligente é aquele que investiga, pensa, discerne, medita, experimenta e escolhe o
melhor, porque, ainda que não esteja dentro de seu costume ou dos conhecimentos da época, o inteligente
seleciona e emite seus conceitos, sem interromper as aspirações e o livre arbítrio dos demais, porque respeita
os propósitos de cada um”.

“Em contrapartida, o homem intelectual é diferente: primeiro critica e depois analisa, mas dentro da
curiosidade, sem nenhum propósito fundamental; primeiro ri do que não sabe, destrói os são propósitos de
investigação dos demais e se refugia em suas teorias, seu orgulho e seus diplomas”.

“O intelectual inferior geralmente só dá crédito às suas conclusões, conceitos e opiniões; sua mente
está petrificada nas crenças cegas e para iniciar uma possível mudança de mentalidade de um círculo vicioso a
outro, dentro de um mundo social, primeiramente observa se há pessoas influentes, garantias, homenagens,
graus e retribuições econômicas; jamais faz um serviço ao próximo de forma desinteressada, pelo contrário,
olha com desprezo o necessitado e o homem simples”.

“Esse é o homem intelectual inferior, para que não se confunda com o inteligente, o qual serve a
sociedade com o que tem, investiga dentro da dinâmica construtiva da incrementação do benefício comum e
suas virtudes, ação e descobrimentos estão a serviço da humanidade como colaboração generosa para
consolidar o bem estar da comunidade, sem distinção de classes e sem interesse de lucro econômico, nem
honras do mundo da vaidade”.

“Entendeu nossa explicação, Dom Evangelista?” Perguntou-me Dom Arthur, ao terminar sua
maravilhosa exposição do que constitui em si a transmutação. “Sim, entendi perfeitamente; claro que ainda
tenho algumas dúvidas, não ao que se refere ao ensinamento e sim à maneira de executar certas práticas; mais
tarde lhe perguntarei sobre algumas coisas que li”.

“Não se esqueça”, disse-me Dom Arthur, “que o que explicamos sobre transmutação somente se
pratica entre esposo e esposa; a prática da magia sexual de que tão sabiamente nos falam os mestres é o
Grande Segredo da sabedoria”.

“Essa é a alquimia sexual, e toda aquele que a pratique descobrirá os mais belos segredos da
natureza, porque é energia dentro de nós. Absorvendo-a e elevando-a para cima e para dentro nos dá vida,
força, poder, sabedoria e graça diante de Deus, o que é muito importante para aqueles, que, como nós tem
dívidas com a Justiça Cósmica”.

“A humanidade não sabe nada disso, simplesmente porque nunca pessoa alguma deu o ensinamento,
apenas os mestres da sabedoria cósmica nos entregam chaves infalíveis para conseguir a manifestação do Pai
que nos mostra a realidade; a humanidade nunca cumpriu o sexto mandamento de Deus, porém, no dia em
que os homens conheçam o ensinamento, que contém as grandes verdades de Deus, nesse dia acabar-se-á a
dor do mundo”.

Depois de dizer isso, Dom Arthur pegou sua mochila novamente, levantou-se de sua cadeira e se
dispôs a viajar. Eu tinha muitas perguntas para formular-lhe a respeito dos estudos cósmicos, mas já era tarde
e ele tinha que realizar muitas atividades na cidade.

Deu-me a mão e disse-me: “Estude primeiro os livros detidamente de forma inteligente e depois os
estude espiritualmente; quando os compreenda em sua essência e se quiser comprovações da ciência deve ser
casto em pensamento, palavras e atos; deve praticar as chaves exatamente como são ensinadas pelos mestres
nos livros. Falo dos mestres da Sabedoria Cósmica, para que não se confunda a finalidade fundamental desses
estudos”.

34
Amável e tranqüilo, sereno, aprazível e feliz em suas reflexões psicológicas, despediu-se, jogou sua
mochila às costas e saiu rumo à praça do mercado para comprar as encomendas para seus trabalhadores que o
acompanhavam no campo.

Eu admirava aquele homem modesto e simples, sentia-me um completo ignorante, um verdadeiro


fracasso na vida; há tantas coisas que se escondem no silêncio e humildade de algumas classes simples de
nossa sociedade. No caso de Dom Arthur, eu estava maravilhado com sua elevada cultura espiritual e seus
profundos conhecimentos, sem alardes nem fantasias. Tive que me resignar em considerar e aceitar que a
sabedoria de Deus não se expressa através dos homens ou mulheres vaidosos(as) de grande intelecto
desenvolvido, com títulos e diplomas a granel, uma vez que neles se expressa a sabedoria dos homens; por
isso existem os grandes homens de política, do comércio internacional, da diplomacia, da literatura, etc.

Deus sempre se manifestou no mundo através de humildes pescadores, simples e laboriosos


lavradores, aprazíveis camponeses; todos os profetas e enviados de Deus foram e serão pessoas com mansidão
de servos e sempre tem sido ou tem chegado ao mundo independentes e livres de correntes dogmáticas, de
seitas ou crenças cegas e nunca vêm filiados a nenhum grupo religioso; por esse motivo são torturados,
submetidos a suplícios, condenados à morte pelas religiões imperantes de cada época, na qual lhes compete
vir ao mundo.

Religiões há muitas, porém verdadeira existe apenas uma: A LIGAÇÃO UNIVERSAL DO AMOR, a
ligação do Deus Cósmico, ligação direta, não é re-ligação de re-ligião que é religar, já estamos ligados, mas os
homens em seu afã de servir os equívocos do mundo, quiseram se assenhorear, se apropriar de algo que nem
sequer entendem e se dividiram em milhare$ de $eitas e religiõe$, tergiversado totalmente o sentido real e o
significado exato das escrituras, que contém os mistérios de Deus e as verdades ocultas da Criação.

Essas eram minhas conclusões dessa conversa com Dom Arthur; deste momento em diante comecei a
compreender que, se eu queria conhecer os segredos da criação e os Mistérios do Cosmos, teria que buscá-los
por minha própria conta nas fontes superiores da sabedoria, tais como nos livros dos mestres que guiam os
iniciados, porque em nenhum dos tantos lugares onde eu estive filiado, em tantos grupos religiosos nos quais
busquei essa ciência de Deus, me explicaram racionalmente; apenas repetiam o que estava escrito na Bíblia e
me diziam que isso era um mistério e que ninguém sabia dessas coisas; agora eu compreendia porque me
diziam que ninguém sabia: é porque todo neófito acredita que os outros também são neófitos (calouro).

Percebi que os dirigentes de tantas seitas e religiões são pessoas que leram muito, mas não
experimentaram nada do que leram à letra morta, são gente sincera e boa que dá o que tem, mas das coisas
que concernem a Deus, nada sabem, a não ser a teoria e a história, mas não a verdade.

O pior de tudo é que muitos dirigentes dessas seitas religiosas não aceitam a verdade de um simples
pecador, de um simples lavrador, de um modesto camponês, porque em seu orgulho o consideram louco, débil
mental, alucinado, falso profeta e fazem levá-lo à prisão, ao exílio, ou o caluniam.

O homem que vive falsamente uma vida de ilusões e fantasias em homenagens, banquetes e
compromissos sociais, quase nunca aceita a verdade de uma pessoa modesta, quando lhe fala com a sabedoria
de Deus, porque em seguida solta uma gargalhada própria do ignorante que se considera superior aos demais;
não aceita que joguem por terra suas opiniões teóricas e vê seus semelhantes como pessoas inferiores.

Meu bom amigo, Luis Eduardo, em conversas anteriores, deu-me instruções muito precisas sobre as
zombarias que fariam meus amigos ilustrados da cidade contra algo que nem sequer entendiam; eu estava de
sobre aviso do que teria de suportar de meus colegas e amigos do clube, da política, do escritório, etc., pois as
zombarias seriam muitas contra mim.

Porém com as instruções de Dom Arthur e os magníficos conselhos de meu amigo Luis Eduardo, eu
já havia formado uma idéia precisa e traçado um plano a seguir dentro do ensinamento para conseguir A
GRANDE TRANSMUTAÇÃO. Praticar os ensinamentos e fazer as práticas de meditação, vocalização,
discernimento, etc., para descobrir a verdade e comprovar tantas interrogações que ninguém me pôde
responder em nenhuma parte.

35
Dei-me à tarefa de ler e estudar profundamente os livros iniciáticos da sabedoria cósmica dos
grandes mistérios.

Que livros tão maravilhosos! Eu devorava suas páginas com uma sede febril, as horas pareciam
minutos e os minutos segundos, o tempo se encurtava ou desaparecia para mim. Aqui estava o princípio de
minha transformação de homem amargurado e sofrido para um homem feliz e ditoso.

Eu já sabia o principal, a chave de transmutação para casados e solteiros; com esse processo
melhoraria meus sentidos físicos e também meus sentidos internos; melhoraria minhas palavras e trocaria
totalmente minha velha personalidade por uma nova e régia personalidade espiritual de tipo superior, que me
servisse para servir a humanidade como apóstolo do criador de tudo quanto existe.

(Livro A GRANDE TRANSFORMAÇÃO, de EFRAIN VILLEGAS QUINTERO - Cap. 5).

Prática para a semana

Recomendamos durante esta semana realizar os exercícios descritos mantendo um adequado estado de
concentração.

Questionário: Tema 10

1 - Pratica exercícios para o corpo físico?

2 – Compreende a intenção da pratica da força do Ser, ânsia do Ser?

11 - O INTELECTO - 1.-LEITURA
O homem comum geralmente confunde os valores do intelecto com os valores da consciência, isto como é
óbvio, são dois aspectos completamente diferentes que tem que se saber distinguir muito bem um do outro.
O INTELECTO é um centro Pensante sem forma, mas com manifestações bem definidas e conhecidas
amplamente por todo ser humano normal, é o mesmo raciocínio que nos distingue e nos diferencia do animal
irracional.

O que seria de nós todos sem intelecto? Seríamos animais irracionais, algo assim como o Macaco ou
Chimpanzé ou o Gorila, já não seríamos seres humanos e sim animais irracionais e completamente instintivos
e sem grande qualidade desse formoso centro pensante.

O INTELECTO é tão importante na vida do ser humano, que tem que cultivá-lo, e não atrofiá-lo com
misturas, como drogas, álcool, tabaco, alucinógenos e outros vícios daninhos, pois ele que sofre as
conseqüências, o intelecto, porque geralmente se força uma divisão muito importante que é a memória, e esta,
ao monitoramento pode se mostrar infiel, e assim vem à pressão do intelecto e por conseqüência a perda de
faculdades importantes desse centro maravilhoso.

O homem deve estudar e Oxalá tornar-se profissional da sua Lei, do destino se assim monitorado, estudar
muito, ler muito, cultivar o saber, culturizar a personalidade, estudar todas as ciências de todos os ramos que
puder, já que a cultura é tão importante em todos os campos positivos para poder servir a comunidade, é a
forma mais nobre e sensível sem exibir ostentação, como muitos que se crêem infalíveis, muitos se tornam
mitômanos, céticos e chegam a crer que não sabem e tudo isto é absurdo, porque quanto mais sabedoria se
tem, se deve ser mais simples e sensível para alcançar servir melhor no saber e na inteligência do Ser e da
personalidade culta e preparada.

Não podemos confundir a educação e cultura com a intelectualidade do tipo inferior, como é o caso do
intelectual cético e sem bases sólidas com uma quantidade de cartolinas coladas na parede, idolatrando os
pergaminhos convertendo em uma pessoa inútil para a comunidade, já que a base do estudo e da cultura, é o
serviço eficiente para a comunidade, sem esperar nada por retorno.

36
Uma coisa é um intelectual sem cultura e outra coisa muito diferente é o inteligente, o primeiro opta pela
teoria, o egocentrismo, a adoração da personalidade e do ego, a linhagem e seus diplomas, o auto-
engrandecimento, o ceticismo e em uma palavra, a intelectualidade sem cultura. O segundo, ou seja, o
inteligente se decide pela prática antes da teoria, a investigação e comprovação do construtivo e benéfico para
a sociedade, respeitando os conceitos e idéias alheias, praticando o bem, o conveniente, sem atrofiar os
sentidos, sendo sempre sensível, natural e humano em todos os campos e sensível a dor do próximo.

O conjunto de glândulas que trabalham pelo intelecto devemos de estimulá-las e cuidar em alto grau,
posteriormente falaremos concretamente sobre o conjunto de centros da personalidade humana, com o fim de
analisar as bases fundamentais para melhorar a qualidade do homem para coletivamente melhorar a qualidade
de nossa sociedade.

Um sistema prático de cuidar do intelecto é lendo temas altamente espirituais, altruístas, sublimes, poéticos,
líricos, inspirados nos pensamentos mais puros de essência, narrações amenas e deliciosas que nos tragam
felicidades, tranqüilidades, paz e harmonia, toda leitura deve ser dosada para não forçar o intelecto e
conservar sempre a força do pensamento dentro dos princípios do amor e da Lei.

Não convém para o intelecto, leituras que tragam desgraças e tragédias ou aventuras dolorosas, tão pouco
convém de nenhuma forma leitura materialistas que blasfemem contra Deus e as Leis divinas e do Cosmos,
porque isto contamina a mente do homem e afeta o intelecto, tudo aquilo que vai contra o princípio criativo,
aquilo que nos dá vida, aquilo que levamos muito dentro e nos chamamos Deus, toda leitura que negue a
Deus, é uma peste que infecta e corrompe as mentes e os corações, quando o homem perde o respeito a Deus,
quando desconhece o mais elevado princípio cósmico da criação como é Deus, se transforma de pronto o
homem em uma verdadeira pobre criatura humana, sem Deus, sem Lei, ainda que se presuma Grande Senhor
do mundo, não passa de uma criatura renegando contra seu próprio criador...

Do intelecto do homem jovem se pode fabricar muitas coisas, podem ser maravilhosas e de grande valor para
a sociedade, ou cruéis, destrutivas e materialistas, pode ser um intelecto para benefício da sociedade por meio
da virtude e do serviço dentro da Lei, e também pode cair nas garras do ideal horripilante e monstruoso do
materialismo que infecta para sempre o coração sensível do homem desprevenido que de boa fé se confunde e
trata de confundir a todos que poderia.

Necessitamos cuidar do intelecto do homem desde muito menino porque este pode ser instrumento de Deus
ou do diabo; servir para fazer o bem ou fazer dano, para irradiar amor e paz, ou para semear a discórdia, o
desespero, o ódio e a destruição, tudo depende do cultivo e a direção da sua cultura.

O intelecto é como dinheiro, serve para fazer o bem e proporcionar muitos benefícios para a sociedade,
também serve para humilhar, escravizar e corromper o homem convertendo em uma criatura desapiedada e
cruel, hipnotizada pelo dinheiro e completamente vazia de todo o sentimento humano, sem nenhuma
sensibilidade social.

O intelecto, pois, é um maravilhoso instrumento muito delicado em qual se pode fazer coisas formosas
sabendo cultivar, estimular e alimentar com ensinamentos elevados dentro da Lei e o amor, a ciência e o
altruísmo; não podemos, pois de nenhuma maneira rechaçar a preparação intelectual para nivelar com a
espiritual, a fim de que haja um perfeito equilíbrio na conduta do homem, até convertê-o em homem tipo
superior, um verdadeiro ser humano perfeitamente equilibrado intelectual e espiritualmente, para ser útil à
sociedade.

Temos que resgatar as juventudes de cair na materialidade hostil aos princípios Divinos, da sociedade e da
mesma natureza, imprimindo desde a infância, o estudo e prática da doutrina maravilhosa do amor.

Quando o intelecto se prepara com tempo, adequadamente com ideais altamente espirituais, místicos e
altruístas, dentro da ordem de liberdade, amor, cooperação social, oposta a desordem, oposto aos ideais
materialistas e escravizantes, então florescerá no interior do homem o desejo sincero de voltar-se a ajudar o
próximo, a seu povo, dentro das liberdades e direitos a que tem direito todo ser humano.

37
2.-PRÁTICA RECOMENDADA PARA A SEMANA:

A prática que sugerimos para esta semana é a leitura cada noite antes de dormir, ao menos duas páginas de
qualquer livro de conteúdo espiritual.

3.-QUESTIONÁRIO
1.- O que é o intelecto?
2.- Saberia dizer-nos à diferença que existe entre os valores intelectuais e os valores da Consciência?.
3.- Qual seria a maneira prática de cultivar e cuidar do centro intelectual?.
4.- A que chamamos intelectualidade de tipo inferior?.

12 - PSICOLOGIA DA SOCIEDADE ATUAL - Se fizermos uma análise detida e pormenorizada


dos pontos essenciais que regem a vida corrente e normal do homem contemporâneo que conforma a
sociedade atual, é apenas lógico que encontramos abismos e vazios tão profundos que mais parece que a
psique da sociedade atual está invertida.

Hoje em dia está no seio da sociedade atual, O BEM NÃO TEM LUGAR e quase tudo positivo é
rechaçado; ainda que O MAL TEM TODAS AS PORTAS ABERTAS e todo o negativo é aceito sem proteção
de nenhuma espécie.

Alguns leitores poderiam dizer que isto é um absurdo, mas se equivocam porque não se detém a
elaborar um mapa psicológico sobre os gostos, emoções, agrados e desagrados, prazer ou felicidade, os
fatores que incomodam e os que produzem carinho, complacências, ira, misticismo, ilusões, desanexo,
entusiasmo, desilusões, etc., etc.

Vamos analisar este grupo de fatores que modelam a conduta e o comportamento da sociedade atual,
para demonstrar com atos concretos que a sociedade contemporânea está dentro de uns parâmetros
completamente negativos.

Observemos por exemplo às diversões que em sua maioria as pessoas buscam, como campo de
desafogo, o peão de rodeio fazendo tirania a um touro encorpado, bravo, beleza, classe, força e presença, por
castidade induzida a esse belo animal.

Observamos agora outro triste exemplo do mau uso de algumas pessoas como a rinha de galos;
aqueles que gozam vendo destruírem-se os franguinhos que os separam desde pintinhos separados das fêmeas
da espécie, os cuidam e os alimentam especialmente para logo fazerem matar outros galos.

A sociedade atual, com algumas exceções, só gosta dos espetáculos nos quais aja sempre sangue e
barbaridades; já onde não haja brutalidade, sangue e violência, não serve o espetáculo.

O boxe é outro espetáculo de violência e selvagerismo, pelo qual os espectadores pagam centenas de
milhares de dólares e se fazem milionárias negociações econômicas entre empresários e boxeadores, cujos
mandantes são pagos pelos aficionados ao dito esporte bestial.

A luta livre é outro esporte bestial que tem seus seguidores e simpatizantes que também pagam
muitos milhares de dólares por presenciar eventos dantescos de brutalidade humana.

O homem se embebeda quando está triste, porque necessita dos efeitos do álcool, para sentir
“alegre”; também se embriaga quando está alegre e quer celebrar sua alegria seguida pelos efeitos do álcool.
O cinema só é bem aceito pela crítica escrita e falada quando o filme tem pornografia, violência,
pistoleiros, desastres, guerras destrutivas, acidentes com muitos mortos e feridos, monstros arrepiantes e
emoções negativas de proporções perigosas para a saúde e também para a vida.

O homem culto, educado, calmo, sereno, silencioso, reservado e simples, é rechaçado em muitos
círculos sociais por deficiente, lerdo y fraco; no inverso temos o homem malvado, tirano, criminoso, violento,

38
todo mundo tem medo, a maioria das pessoas também ajudam economicamente e o nomeiam chefe
convertendo logo em caudilho que consegue o que quer, pelas boas e pelas más palavras.

E um sábio, filósofo, teólogo, psicólogo, médico ou cientista, oferece uma conferência, um


ensinamento especial, ou um curso de orientação conjugal, etc., em um imenso coliseu, e chega mínima
porcentagem; se for para sessenta mil pessoas, por exemplo, assistem dez a quinze mil pessoas quando o
personagem é muito importante e de fama internacional.

Pois se esse convite para o mesmo coliseu for para ver, por exemplo, mulheres dançando sem
vestido, ingerir bebidas embriagantes grátis, consumir maconha ou repartir armas, então o coliseu se encheria
em 100% e ainda ficaria gente de fora.

Se em um concurso de pintura alguém pinta um monstro indefinido, abstrato, algo horrível que
arrepia os pelos pela sua concepção abismal com hidrogeno de mais de noventa e seis leis; mais o resto de
concursadas pinturas de paisagens belas de natureza e quadros de anjos ou do espaço cósmico com todos seus
encantos definidos, é claro que em primeiro lugar as dúvidas são para que pintou o monstro abstrato e o
jurado qualificador felicita com grandes ovações e entrega o prêmio ao autor do monstro que dali em diante
será famoso e assim será famosa sua pintura e esses quadros aumentarão consideravelmente seu valor.

O homem honrado, honesto, trabalhador culto e boa pessoa, não pode carregar uma arma para sua
defesa pessoal, porque a polícia ou o exército apreende e o encarceram.

Na andança do malvado, facínora, assaltante, delinqüente, esse passa tranqüilo, livre e sem
problemas passando debaixo do nariz das autoridades portando todo tipo de arma individual, inclusive
bombas, cometendo crimes e se acaso cai nas mãos da polícia, o advogado se encarrega de deixá-lo livre,
como? Isso já é um aspecto totalmente desconhecido por nós todos.

Depois de algum tempo, novos crimes e novos assaltos se registram naquele lugar ou em
outras comarcas e o tempo segue sua marcha como se nada ocorresse.

A justiça ordinária tem tantas faltas, que sempre há uma porta aberta para os mais cruéis
delinqüentes; o mundo de direito tem mil códigos que complicam e enredam as causas, os agravantes e os
atenuantes e como coisa curiosa os juízes e advogados que tem que ver com o mundo da delinqüência, quase
sempre se apóiam nos códigos de procedimentos; o certo é que hoje em dia o delinqüente tem muita proteção,
muita defesa e muito amparo, não sabemos como, mas sempre há uma escapatória, e as pessoas de bem tem
que suportar e aceitar caladamente estas faltas da Lei.

As grandes potências econômicas do mundo gastam milhões de dólares não precisamente em planos
sociais para reduzir a miséria, a fome, à ignorância e o desemprego e as enfermidades como era de esperar-se,
destina-se em aquisições de mísseis e foguetes intercontinentais com ogivas nucleares, aviões de guerra,
submarinos atômicos, bombas nucleares, tanques de guerra eletrônicos e todo tipo de armas sofisticadas de
morte e destruição, ou seja, o contrário do que a humanidade necessita.

A humanidade necessita com urgência privadamente e impostergavelmente desintoxicar o ambiente


ecológico, descontaminar as águas, o ar, reflorestar os bosques, findar o analfabetismo, incrementar a
agricultura, desenvolver estudos superiores com participação de todos os níveis, econômicos, todas as raças e
nacionalidades, aumentar os hospitais, clínicas e centros de saúde com tarifas de baixo custo, ao alcance das
classes de baixa renda, implantar tarifas de baixo custo, implantar estudos esotéricos em colégios e faculdades
para conhecer as causas, os efeitos, as leis de retorno e recorrência, as Leis de Karma e Darma, as leis
cósmicas, as dimensões superiores, as inferiores ou submersas, as leis ultrafísicas, etc...

No entanto, as condições da sociedade atual são completamente diferentes como deixando manifestar
mais angústia e acelerar ainda mais a desordem e a decomposição social, a corrupção e a degeneração física e
mental, especialmente as juventudes de ambos os sexos, as burocracias e em geral, a mente e o coração dos
homens.

39
Os empréstimos de dinheiro que os bancos internacionais fazem a diferentes países do mundo para
fomento e desenvolvimento de rebanhos, agricultura, industria, etc., são distribuídos ditos milhões entre os
grandes empórios, monopólios e capitalistas em geral, mas nunca entre os verdadeiros necessitados, os
necessidades sempre serão necessidades e desse dinheiro não participam nem com mínima parte, assim são as
ironias da vida, esse dinheiro é entregue aos que já tem e fazem péssimo uso e não necessitam enquanto quem
necessita de verdade não recebe nada.

Se um grande pensador, humanista, psicólogo, sociólogo ou qualquer cidadão que escreva um ou


muitos livros científicos, humanizados, espirituais, conjugais etc., apresenta sua obra ou suas obras em
consideração aos seus leitores em sua grande maioria se inclinam pela novela materialista ateu, é quase certo
que os leitores em sua grande maioria se inclinam pela novela materialista, pornográfica, trágica ou de
conteúdo ateu marxista ou imperialista, devido a que nossa sociedade contemporânea se materializou e se
aferrou ao poder do dinheiro, ao álcool, à musica agitada, a luta armada, ao seqüestro, ao terrorismo, a drogas,
etc., etc.
Então, se as novelas em concurso tocam qualquer destes tópicos de conteúdo trágico, violento,
materialista, pornográfico, máfias, etc., é claro qualquer delas ganha o concurso e desde logo o suculento
prêmio, em troca um livro de conteúdo científico, construtivo e benéfico para a humanidade, aquele livro que
se apóia no cumprimento da Lei Divina e também o respeito e aceitação das leis dos homens e da natureza,
essa no máximo ganha uma menção honorífica de consolação de terceira categoria.

A sociedade atual em sua imensa maioria parece que está acostumada e familiarizada com a
desordem social, moral, cultural, etc., e como resultado dessa indiferença com a ordem dos aspectos, rechaça
tudo aquilo que envolve a Divindade, a responsabilidade, a ordem social, a moralidade, a espiritualidade e o
respeito e cumprimento equilibrado das Leis.

O império das donas de casa e os chefes do lar (com algumas poucas exceções) batem a porta na cara
do infeliz necessitado, degenerado ou esfarrapado que chega em sua casa pedindo ajuda; e os ricaços “pobres”
de coração, pura vaidade e ostentação, soberba e crueldade apregoam aos quatro ventos que não dêem
esmolas.
Tem pessoas com tantas riquezas que não sabem o que tem e só sabem viver se iludindo em viagens
de recreação, passeios, clubes, etc., mas nem remotamente se lembram que do lado de fora das mansões estão
os anêmicos, maltrapilhos, rostos degenerados, mães esquálidas solteiras e casadas, etc., A miséria rondando
as suas portas, no entanto, isto não comove a esses personagens que são muito ricos, mas muito pobres,
afortunadamente sempre há muitas exceções, ou seja, que há muitos ricos criativos, mas desafortunadamente
há uma imensa maioria de ricos medíocres parasitas da natureza que mais tarde servirão de forragem do
planeta terra.
O homem atual se repete duro de coração, cruel e desapiedado com seu verbo e com seu
comportamento com seu próximo e com a natureza.

O que temos descrito no presente Capítulo é apenas uma pequena parte do muito que poderemos
narrar sobre a psicologia da sociedade atual, completamente invertida, ao invés, o contrário do que deveria
ser.

A sociedade atual ou mais claramente, a generalidade psicológica contemporânea da humanidade, é


mais ou menos como um circo artístico com muitas apresentações de palhaços, domadores, trapezistas,
magos, etc... etc... poderíamos comparar o nosso mundo atual e sua gente, com muitos animais de diferentes
aspectos, agradáveis, repulsivos, repugnantes, rasteiros, felinos, depredadores, daninhos, como aves formosas
de variadas cores, águias, tartarugas e cobras venenosas, etc.

Estudando um pouco mais a fundo o aspecto psicológico da humanidade, damos conta que através
dos ciclos e dos milênios, se tem rebaixado demais os valores internos da ciência, diminuído muito as oitavas
da inteligência espiritual, aumentando contrariamente a inteligência egóica da materialidade densa da mente,
desaparecendo quase por completo do cérebro humano a sutilidade harmônica aprazível e florescente dos
valores energéticos do Ser Íntimo que a estas alturas do século XXI, já não se reflete na mentalidade do
conhecimento humano em total decadência, moral, espiritual, social, etc.

40
As ciências encontradas ou produzidas pelos homens atuais com algumas exceções lhe vão alienando
o lado negativo da guerra e destruição da verdade que é a ciência positiva, o pouco que o homem inventa e
descobre a serviço da humanidade marcha a passo de tartaruga, lento demais, e sem projeção objetiva em
direção a um desenvolvimento integral coletivo sem restrição humana.

QUESTIONÁRIO

1- Por qual razão você considera que a sociedade atual aceita facilmente tudo de mal, mas coloca toda
classe de dificuldades para aceitar o bem?
2- Dê alguns exemplos de aspectos que hoje em dia se considera comportamentos “normais” na nossa
sociedade contemporânea, e que, no entanto poderiam ser qualificados como comportamentos
totalmente invertidos ou anormais segundo a Consciência do tipo Superior?

13 - AS INFLUÊNCIAS PRÉ-NATAIS - Neste livro falaremos claramente, sobre o dano que os pais de
família causam em seus filhos antes de nascer, tudo por não conhecer a forma que deve comportar os pais, as
mães, os familiares, os visitantes, etc., com a mulher gestante, a fim de não causar o menor dano ao menino
ou menina em seu processo pré-natal.

A imensa maioria da humanidade vem marcada a este mundo, já que nascem os homens e mulheres com
muitos prejuízos pré-natais e quase sempre todos estes traumas, complexos, medos e defeitos físicos ou
psicológicos são muito difíceis de curar ou sanar.

Queremos explicar amplamente como e porque a criança no ventre materno percebe tudo que fala a mãe, o
pai, o vizinho, o médico, o que chega, etc., a criança nessa etapa ainda não tem personalidade e como tal é
fácil dizer que a criança não sabe nada de nada, mas o que não sabem nem os pais, nem os médicos, nem os
visitantes, é que a alma que está na criança esta sim está percebendo tudo o que falam a seu favor ou contra e
essa alma está guardando tudo em seu inconsciente de criança.

Quando a criança nasce e começa a formar sua personalidade, então pouco a pouco começa a aflorar na
criança, os medos de quando o pai inculto e com instintos perversos ou criminais, diz à mãe que aborte este
filho, que ele não quer mais filhos; para uma melhor informação de nossos amáveis leitores, proponho contar
algumas anedotas, com o sano propósito que o leitor fique bem interado, quero informar que algumas coisas
que vou a narrar neste livro, já tem escrito em outros livros, mas falarei novamente para aqueles que ainda não
leram.

Conheci um senhor que tinha um complexo de que era muito feio, ao fazer-lhe um renascimento, descobriu
que no momento de nascer, seu pai ao vê-lo, exclamou: “Ai! Mas que menino feio!”.

O resultado dessa expressão do pai foi, ficou gravada essa crença em seu filho, para toda a vida, a triste
convicção de que ele era muito feio.

Conheci uma jovem de uns 23 anos de idade aproximadamente, que sempre se queixava de uma suposta
nevralgia nos olhos, no nariz e na face, ate que um dia através de um renascimento, ela conseguiu penetrar no
ventre da sua mãe e dizer: “Estou no ventre de minha mamãe e meu pai disse a minha mamãe que a quer
muito, e agora se uniram sexualmente, e ai meu pai está me golpeando os olhos, o nariz e a face, ai, ai, ai, já
não resisto a tantos golpes”.

Em outra ocasião havia uma senhora gestante e um policial quis violá-la e ela gritou e pediu auxilio correndo
e quando a policial se viu descoberto pelos vizinhos que acudiram com ajuda à senhora, saiu flagrado e
desapareceu.

A senhora há seu tempo deu a luz a uma criança aparentemente normal, mas que quando cresceu tinha terror
da polícia e já sendo um homem de quarenta e cinco anos vivia com terror da polícia, se escondia e sempre se
evadia.

41
Até que em um dia, alguém lhe fez um renascimento, então a alma do dito senhor alcançou entrar no ventre
da mãe e descobriu por si mesmo a causa pela qual tinha medo dos policiais. Com este renascimento, ficou
totalmente curado; nunca voltou a ter medo de nenhum policial.

Em outra ocasião chegou no nosso consultório uma senhora e disse: Senhor venho consultar-lhe sobre o que
fazer com uma filha que não quer ser mulher; ela mesma se nomeou de Quico ou Kico e não quer ser mulher.
Onde está a menina? Perguntei a senhora, ela suspeitou que tomou a rua: Lá está ela sentada com um grupo de
quatro jovens que estavam num banco do parque.

A menina parecia vaqueiro, com botas, jaqueta, cabelo cortado bem curto, vestia-se igual aos peões que
formavam o grupo, ou seja, de homem. -Traga a menina; disse para a senhora, ela foi buscar; a menina logo
que chegou disse: - Se você pode converter-me em homem fico aqui, do contrário vou embora agora mesmo.

Contestei que eu não podia desfazer o que Deus e a Natureza haviam feito. A menina de imediato foi ao
encontro da sua turma.

Então disse a senhora: - Esses são erros que cometem os pais de família no caso da senhora, enquanto estava
gestando esta menina, queria passar por cima da Lei da Natureza desejando com muito afinco que fosse
homem, que com contínuo pensamento, alcançou introduzir um homem, em um corpo feminino e ai teve
resultado, uma mulher que quer ser homem.

A senhora banhada em lágrimas movia sua cabeça de baixo para cima sinalizando e consentindo que sim e
dizendo com palavras entrecortadas pelo pranto, que assim tinha sido e se sentia culpada por essa desgraça da
sua filha.

Como os exemplos anteriores que menciono neste capítulo de introdução, são muitos milhões de seres
humanos traumatizados por toda a sua vida, por culpa de seus pais que ignoram totalmente como devem tratar
a seus queridos, desde antes de nascer.

Portanto este livro tem por missão, ensinar a corrigir este problema, não somente às mães e pais de família,
que não sabem tantas coisas que lhe vamos ensinar com este livro, a fim de que depois de lê-lo com atenção,
seu comportamento seja muito diferente com o ser humano desde antes de nascer.

Esclarecimento de Conceitos:

Renascimento: (do inglês Rebirhting). Se trata de uma técnica de respiração eficaz e segura que reduz
tensões, aumenta a energia e aporta alívio e felicidade as relações pessoais. Durante as sessões aumenta o
nível de energia no corpo e esta estimula a capacidade natural do organismo para limpar-se e purificar-se nas
pautas do pensamento que limitam o bem-estar. Durante esse processo não é estranho poder relembrar de
forma espontânea, experiências vividas e gravadas no subconsciente, incluindo recordações pré-natais.

Questionário

1. - O que são as influências pré-natais?


2. - Poderia relacionar algum exemplo de como uma experiência de tipo pré-natal – vivida no caso por uma
mãe gestante podendo influir no comportamento psicológico do filho, agora como pessoa adulta?
3. - Onde encontramos a causa ou a origem que explicaria em alguns casos, o comportamento homossexual no
ser humano?

14 - SUA MAJESTADE O ÁLCOOL -Vamos tratar de analisar no presente capítulo, um dos vícios mais
arraigados em todas as classes, raças e nacionalidades da humanidade sem perder de vista seu companheiro
CIGARRO.

42
O álcool tem entrado silenciosamente em todas as esferas sociais, em todos os níveis intelectuais,
econômicos, políticos, etc., estabelecendo um domínio absoluto sob a pessoa, na família e na sociedade.

O álcool tem se convertido em elemento necessário, urgente e indispensável em todos os povos do mundo, no
Oriente, no Ocidente, de Norte ao Sul, em todos os continentes e nações reina invencível SUA MAJESTADE
O ÁLCOOL.
Hoje em dia o primeiro convidado de todo acontecimento social, familiar, oficial, etc., é SUA MAJESTADE
O ÁLCOOL; sempre é o primeiro nas mesas de honra, nas reuniões, nos clubes, em toda festa, cerimônia,
protocolos, batismos, primeiras comunhões, matrimônios, inaugurações, congressos, encontros, visitas, férias,
passeios, aniversários, velórios, enterros, estádios, praça de touros, bares, cantinas, tendas, nas graduações,
nos negócios, discotecas, bingos, clubes, bailes, etc., etc.,

Em cada país tem sua bebida favorita, seja whisky, aguardente, tequila, pinga, vinho, vodka, gengibre, brandy,
rum, champanhe, cerveja, etc., sem contar com mil coquetéis nacionais de cada país, em todos eles com
porcentagem de álcool.

O rei do mundo é o álcool, preferido e bem recebido em todas as partes, desde o lugar mais humilde, até o
palácio de mais refinado protocolo sempre sua Majestade o Álcool entra primeiro que os convidados de honra
e que todo mundo, não tem fronteiras, não tem amigos, todos são seus admiradores.

O álcool começa seu trabalho de conquista com o adolescente, que convidado por seus amiguinhos que tem
mais experiências convidam a tomar um copo em meio de risadas e palavras de alento: “Vamos, vamos, beba,
ou é covarde? Logo hoje na festa de fulano ou fulana não vamos celebrar o evento? Chin chin, vamos encher
a cara!”.
O garoto não quer mostrar “covardia”, nem medo, para não cair no “ridículo” ante seus amigos, e fazendo
uma cara horrível bebe de golada, passando pela garganta e queimando sua existência, logo outra e outra; e ao
fim das defesas do organismo desenvolvem essas vibrações negativas do álcool as quais o corpo não está
habituado a receber, vomitando e se entregando a bebida.

Uma outra vez busca o jovem a tomar mais e mais, até vencer as defesas orgânicas, então o álcool conquistou
uma vítima a mais, que ingressa no caminho dos embriagados iniciando sua tragédia.

A jovem que na paquera apenas começa a conseguir seus primeiros amigos de discoteca convidada também
por suas amigas com uma maior experiências em questões de sabores a meia luz entre copos e música
diabólica.
Nessas festas e discotecas que são as residências da sua Majestade o Álcool, parecem mais covas ou cavernas
onde habitam morcegos, delatores, bruxas e diabos bailando com rock dos infernos, entre luzes vermelhas
para aluciná-las, é algo tenebroso.

Qualquer classe de bebida alcoólica incita outra série de vícios, aberrações e hábitos horripilantes, tais como a
agressividade, a violência, o crime, degenerações sexuais espantosas, etc., devido ao fato que as ditas
vibrações são um incentivo especial ao Ego nas vibrações do álcool, se despertam todos os instintos negativos
que estão escondidos no subconsciente e se estimulam de acordo com a assimilação do álcool.

Chega o dia em que o Ego do alcoolismo necessita alimentar-se e começa a pedir a seu incorporador: “Quero
álcool!”, “Dê-me álcool!”. O anfitrião desse vício, desse Ego, que logrou incorporar depois de vômitos e mal-
estares estomacais já tem um companheiro, uma dependência, já ingressou em uma nova modalidade de
escravidão, é uma vítima do Rei do Mundo para alimentar essa criatura que o escraviza, o vício do álcool.

O vício do álcool já hospeda o bêbado e como tal, tem que alimentá-lo, ainda que para tal fim tenha que
recorrer aos mais baixos recursos delinqüentes, roubar, matar, assaltar, etc., ao alcoólatra não importa as
conseqüências.
A vibração do álcool é tão forte, que penetram na psique e no corpo físico da vítima, causando destroçamento
no aparato digestivo, no cérebro, nos neurônios e no sistema nervoso, até causar danos irreparáveis.

43
Ditas vibrações é tão terrivelmente forte que alem de destruir as células, as moléculas, os cromossomos, os
genes e em geral o corpo físico, além do mais destroem lares, amizades, sentimentos e tudo que concerne o
fator amor, cordialidade, sinceridade, fraternidade, etc.

No varão o álcool desperta o instinto do ciúme, o instinto da luxúria, o instinto do machismo e quando chega
ao domicílio sempre encontra uma vítima principal, a pobre esposa que tem que suportar rabugentos,
ridicularização, caçoação, xingamentos, ciúmes passional desmedido do álcool convertido em uma verdadeira
besta humana desenfreada.

Ao alcoólatra não importa gerar filhos monstruosos ou paralíticos e retardados mentais, etc., é uma criatura
irresponsável, não sabe o que faz, a única pessoa que merece piedade é a esposa que quando não é ultrajada
com atos violentos, é com palavras, com toda classe de humilhações e maus tratos.

Os filhos são outras vítimas do pai embriagado, os irmãos também são vítimas do bêbado, os pais vítimas do
alcoólatra, os vizinhos vítimas do alcoolizado e ate gente das ruas do bairro que não tem nada a ver, tem que
suportar a brutalidade do álcool através dessa personalidade que tem perdida a razão por estar alcoolizado.

Quantos lares se perdem, se destroem, por conseqüências de sua Majestade o Álcool, o rei da escuridão, o rei
deste mundo de tragédias, como causador de milhões de assassinatos de esposas inocentes e de vítimas em
geral que nada tem que ver com as atrocidades do álcool.

Que bom será quando governos do mundo inteiro demonstrarem com atos que em verdade protegem a seus
povos, mas isto é tão improvável como cuidar da lua com um avião de vôo curto.
Entretanto para as pessoas sensatas que querem contribuir com seu exemplo ao bem-estar comum e a
tranqüilidade civil escrevemos este livro, para que leiam, estudem e ponham em prática, fazendo uma
campanha extensiva contra sua Majestade o Álcool que tanto dano causa aos lares e famílias na sociedade e
em geral na humanidade.

Essas vibrações vão materializando, tomando formas horripilantes de modo de vermes astrais tomando o
nome de larvas astrais, que qualquer clarividente pode mirar.

Essas larvas possuem uma força terrível quando se desenvolvem e se incrustam na psique e nos corpos
internos da vítima, logrando estabelecer um domínio quase total da máquina humana, causando no alcoólico
um desejo insuportável de ingerir álcool, até chegar ao desespero, quando não se abastece do alimento álcool
as larvas, que são elementos materializados e posicionados nas psiques do corpo mental das vítimas.

Nestas condições o calor do álcool quando já criou tais larvas, que não são outra coisa que a materialização
das vibrações negativas e diabólicas do álcool; esse calor ultrafísico do álcool queima uma quantidade de
neurônios que nunca regressam.

Aqui se inicia a degeneração, não somente da personalidade humana, e sim perdida nos valores humanos,
vitais, intelectuais, a memória, o talento e as boas maneiras começam a deteriorar-se, a máquina entra em
processo de reta final de decrepitude e estupidez absoluta.

Convertido em uma imperfeição humana, perde-se a vergonha, não lhe importa pedir, andar com péssima
aparência ou sensivelmente morto por esgotamento total das reservas orgânicas físicas.

Esse triste final do alcoólatra como pessoa, mas ainda falta observar a herança que deixa, filhos pervertidos,
retardados mentais, pequenos monstros disformes que completam a miséria de nosso mundo.
Ao alcoólico ou simplesmente embriagado não tem em conta seu estado de bêbado para unir-se sexualmente
num estado de embriaguez com uma mulher ou com quer que seja, pois não guarda nem um pouco de respeito
nem a seu próprio corpo, menos ainda a sua esposa ou das pessoas, vítimas que tem que suportar diariamente
a repugnância, odor, exalação do marido embriagado semelhante a um mendigo abandonado, que não tem
higiene; pobres dessas pessoas que nessa desgraça kármica de um esposo alcoólatra, é digna de piedade.

44
O dependente embriagado deixa um triste exemplo ao gerar filhos, que vem ao mundo sem nenhuma
esperança; explicando que o calor que origina das vibrações do álcool queimam os neurônios produzindo
estupidez, a perda da razão, também o sêmen e o óvulos, por meio do sangue que transporta o fluído
vibratório incendiando a esse sêmen, assim contaminados e queimados, nascem paralíticos, surdo-mudos,
cegos, desengonçados, e também degenerados como sádicos, assassinos, paranóicos, tarados psíquicos,
violadores, etc., etc., etc.

Estas são as conseqüências desastrosas do álcool, sem mencionar com o complemento do CIGARRO, uma
crença da qual vivem muitos povos do mundo, este vício desagradável e repugnante símbolo de ignorância e
péssima educação e no fim das contas, segundo o conceito dos fumantes é um vício menos prejudicial,
entretanto segundo as estatísticas, o cigarro vem deixando muitas vítimas no seu passo e índice de
mortalidade pelas conseqüências do cigarro que é alarmante se tivermos em conta que a maioria das
enfermidades dos brônquios, pulmões, fígado, cérebro, garganta, coração, etc., quando atribuem seus
diagnósticos a outras causas, são originadas pelo cigarro e tabaco, pois é o mesmo problema.

Há pessoas tão imprudentes e mal educadas que nos restaurantes logo que servem o prato acendem o cigarro
ou charuto, logo que terminam acendem outro e não se importa em baforar nos presentes quando estão
levando alimento a boca acompanhada da fumaça do companheiro insano que tem ao lado, em outra mesa ou
na mesma. As autoridades sanitárias e higiênicas devem proibir fumar especialmente nos restaurantes.

Conheci um país que segundo estatísticas, noventa e cinco porcento das pessoas maiores de quinze anos
fumam e recordo que no aeroporto da capital era obscuro de fumaça, pois havia mil pessoas e eram mil
chaminés enchendo de fumaça repugnante que saia até pelas orelhas.

Como então esta humanidade poderá ter saúde? Como poderia regenerar-se, se os governos prevêem,
patrocinam e entregam o veneno maldito do álcool e cigarro as insanas vítimas humanas para que intoxiquem
seu organismo e gerem filhos tarados e degenerados que vem encher o mundo de miséria humana?

Observamos um catedrático de grande prestígio intelectual em uma ocasião que palestrava uma conferência
em um grande auditório, com um cigarro na mão frente a um público muito culto, entretanto o cidadão se
sentia e se considerava um brilhante intelectual, era uma de tantas figuras humanas com a mente
empanturrada e cheia de teorias de todos autores, mas inculto e desrespeitoso com o público, porque palestrar
com cigarro na mão é falta de respeito e sinal de má educação.

Nos aviões, a aeromoça após dar os avisos, anuncia que já se pode fumar e em cinco minutos o ambiente está
até escuro de fumaça, uma lástima para os olhos e para dor de cabeça; quando o mais indicado é por higiene e
consideração proibir fumar, mas as chaminés humanas consideram quase uma lei, assim podem fumar em um
recinto tão estreito e sem canais de escape para o fumo, como é um avião.

Que absurdos são os homens de nosso mundo com vícios tão horríveis e sem esperanças de algum dia poder
melhorar a espécie limpando algo que essa espessa camada de aberrações, vícios, costumes e debilidades que
há no nosso mundo, um lugar de castigo em meio de tormentos e súplicas.

Quando será que o homem inconsciente se tornará consciente deixando toda essa série de atos absurdos?
Quando vai resolver renunciar ao Ego, e quando será isso? Esperemos que seja logo.

O remédio para abandonar todos esses hábitos e vícios é a expulsão do Ego, eliminar com força de vontade
todos esses erros e entidades que levamos dentro, é fácil se existir o propósito de regeneração, assumindo
concretamente os vícios do álcool e do cigarro, resistir ao primeiro trago, resistir ao primeiro cigarro, é dizer
para não alimentar esses hóspedes monstruosos e eliminado os vícios qualquer que seja. Isto não é coisa do
outro mundo, qualquer um pode fazer e ficar livre dessas larvas horríveis.

Por Deus os fumantes e alcoólatras saibam que seus filhos são vítimas inconscientes desses repugnantes
assassinos da humanidade, sua majestade o álcool e seu companheiro o cigarro e o tabaco, e os fumantes e
alcoólatras são responsáveis diretos das vítimas inocentes, seus próprios filhos.

45
Interrogações para uma reflexão pessoal:

1.- Porque você pensa que o álcool converteu-se em um elemento tão necessário e indispensável em qualquer
acontecimento social?
2.- O que motiva os adolescentes a começar a consumir álcool?
3.- Você conhece os danos que o álcool produz no organismo físico? E nas relações pessoais? Como vê as
vítimas, o par, filhos, amizades...? E no âmbito profissional?

15 - A TV. ESCOLA DO BEM E DO MAL -.A violência, o roubo, o terrorismo, a prostituição, os assaltos, o
crime, as torturas, o alcoolismo e todo tipo de vício e mau costume como a pornografia, todo o anterior e
muito mais o que aprendem os adolescentes e as juventudes na escola gratuita da televisão.

Quanta má ação aprendida de maneira fácil e cômoda através da televisão, os pais de família que compram
televisor especial para todas as horas do dia e da noite, aí está a escola do delito, todo mau costume ali se
aprende gratuitamente sem nenhum esforço.

A televisão poderia cumprir a missão mais louvável e ponderada em toda redondeza da Terra, ensinando
coisas belas à humanidade, através de filmes, teatro e muitos programas culturais.

Mas realmente são em poucas ocasiões de propagandas que não tenha a ver com violência, tiros explosões,
crimes e toda gama mostrada de delitos em questão de poucos minutos ou segundos.

Se a televisão no mundo por meio de um tratado ou convênio coletivo, depois de estudar; observar e
comprovar que com a programação atual se esta fazendo muito dano a humanidade de todos os níveis e
idades, mudaria seus filmes e programas de violência, roubos, terrorismo, cigarro, droga, tabaco, álcool,
pornografia, etc, por uma programação diferente inspirada em uma cultura superior da alma baseada no amor,
na educação da alma, a ampliação da consciência, um comportamento dentro dos limites e parâmetros da não
violência, não vício, não agressividade e do não delito em todos os momentos da vida, que dignificante seria a
convivência humana e que formoso seria nosso mundo com uma televisão de elevada altura, com alto espírito
de responsabilidade moral, espiritual, cultural, social, educacional e humana dentro da norma infalível de
amor universal entre todos os seres humanos.

Todas as pessoas se contagiaram encostando exemplarmente no nosso mundo, que seria a escola das boas
maneiras e do correto e adequado comportamento de todo ser humano, baseando no exemplo da televisão.

Se reflexionarmos um instante nos parágrafos anteriores, caberia fazer uma pergunta: Como se poderiam fazer
essas mudanças na programação cultural, comercial, Estatal, privada da televisão?

Tudo seria uma questão de conscientizar o pensamento, o entendimento e o procedimento de todos os


trabalhadores do ramo, no campo profissional e amador, todos os níveis de compreensão.

Não duvidamos que todos os trabalhadores da televisão o quanto fazem para apresentar ao respeitável público
televisivo, é com as melhores intenções e os melhores desejos de satisfazer plenamente a quem gosta de ver
seus programas.

Um programa ou filme que se projetam na tela grande, apresentam na tela de tv tal qual no cinema, com todos
seus disparos, mortes, tiranos, carrascos, torturadores, ladrões, drogados, violadores, etc., etc., sem modificar
nem mudar nada, devido a que as circunstancias não permitem.

É muito difícil, para não dizer impossível, que esses moldes ou padrões de programas de televisão da ordem
dos maus costumes, especialmente de crimes, golpistas, embriagados, pornografia, assaltos, roubos, violência
etc., etc., podem de alguma maneira mudar totalmente para o sentido inverso, ou seja, com o oposto que
seriam programas de educação elevada, trato respeitoso, cordial e sensível, uma cultura da alma e da
consciência baseada na virtude do amor aos nossos semelhantes, a Deus e a natureza.

46
Em alguns países tem programas de televisão educativa, que ensinam a ler, escrever, somar, subtrair,
multiplicar e dividir; cuidar da natureza, urbanização e bom comportamento. Tudo isto seria maravilhoso se
posteriormente não viessem outros programas que ensinam a matar; roubar e especialmente o jogo horrível da
guerra, da crueldade, da pornografia, etc., etc.

Toda a violência dos programas se vê em algumas cidades e nações do mundo, como se fossem programas de
televisão, mas na própria pele das pessoas.
Caberia aqui fazer outra pergunta: Porque os governos do mundo se omitem a estes gravíssimos problemas
nos quais incluem todos os seres humanos de nosso aflito mundo.

Porque os governos da quase todas as nações realizam grandes reuniões mundiais para fazer turismo
demagógico algumas vezes, e outras para tratar graves problemas ecológicos e de outra índole, mas jamais se
reúnem para melhorar o grave dano que corrói e dana a mente das crianças, dos adolescentes, dos jovens, e
pessoas de todas as idades que não são outros que os programas daninhos já mencionados de televisão?

Em alguma cidade de uma formosa nação de nosso mundo, apresentaram na televisão um homem e uma
mulher aplicando tatuagem, cortando-se com um instrumento e abrindo uma incisão com agulhas, pinta-se
animais, diabos, porcos e coisas horríveis, explicando como se fazem pactos de sangue, etc.

Em pouco tempo resultou em adolescentes homens e mulheres cortando-se as mãos e fazendo pactos de
sangue entre eles pinçando e aplicando tinta indestrutível, pintando diabos, porcos, etc.

Alguns deles se infectam e os pais de família vêem seus enteados com ataduras nas mãos e não lhe ocorrem
olhar, investigar nada.
Estamos frente a uma escola muito perigosa que não conta com a censura nem a vigilância de ninguém que
tenha a consciência moral nem visão objetiva de observação positiva; nossa humanidade está totalmente
desprotegida, a deriva e só tem censura aqueles que querem contribuir com a humanidade com algo positivo
como o conhecimento Divino, quando então dizem não.
“Hay Señales en el Cielo y en la Tierra” (1ª ed.) E. Villegas Quintero (M. Desoto)
Questionário:
1. - Porque dizemos que a tv é uma escola gratuita do bem e do mal?
2. - O que as crianças e adolescentes podem aprender vendo tv?
3. - Você considera adequado que as crianças tenham sua própria tv em seu quarto de dormir?
4. - De que maneira poderia a tv contribuir com uma boa formação moral, cultural, espiritual e social
da humanidade?
16 - O QUE FAZ O AMOR
O amor inexiste numa maneira exata e precisa para ser definido, porque é tão grande e sublime que
inexiste palavras em um idioma para determinar um justo valor completo e verdadeiro.

O amor é o Resumo de todas as belezas e não tem um limite, nem um princípio e nem um fim, já que
está diluído e manifestado em toda a Natureza e no cosmos infinito.

O amor é como um conjunto de virtudes, ideais, atributos e belezas celestiais que formam a harmonia
universal e a felicidade plena.

Em tudo positivo há amor; há amor na mãe que dá a vida pelos seus filhos, há amor na esposa que
muito complacente, feliz e repleta de ilusões, se entrega com toda a majestade de seus encantos e virtudes
femininas a seu esposo.
É amor e há amor no riacho cantante que sana as penas para fazer as delícias dos humanos sedentos,
animais e vegetais, que se deleitam em suas águas frescas e cristalinas.

É amor e há amor na planície que embelezada pelo sol, nos faz a entrega do trigal dourado que
merecido pelo vento, semeia uma formosa dança ao ritmo das harmonias da natureza, que depois convertemos
em alimentos deliciosos para nosso corpo.

47
É amor e há amor na raridade excepcional do pintassilgo, no passaro que canta, anunciando com seus
orquestrais trinos, a aurora de um novo amanhecer.

É amor e há amor, na planície que embelezada pelo sol, nos faz a entrega do trigal dourado que
tocado pelo vento, semeia uma formosa dança no ritmo das harmonias da natureza, que depois convertemos
em alimento delicioso para a vida.

É amor e há amor no bosque que não só embeleza o vale e a cordilheira, sendo que enriquece o solo,
fazendo-o fecundo e generoso com suas madeiras e frutos.

É amor e há amor na águia agressiva que desde as alturas se lança implacável sobre sua presa para
levar alimentos a sua ninhada.
“É amor e há amor no extenso rio majestoso que percorre quilômetros e quilômetros levando o
líquido precioso e vital para a vida de todas as criaturas viventes de nosso mundo”.

É amor e há amor na cordilheira empinada que com seus brancos picos perpétuos e nevados, suas
escarpadas serras e rastros secretos, quando o solo serve de refúgio para as criaturas do bosque, sendo que
guarda a paz e o silêncio delicioso da chamada terra gelada.
É amor e há amor na chuva que umedece todos os contornos da terra e da mesma natureza.
É amor e há amor no ar que respiramos para conservar a vida.

É amor e há amor na vaca e na pequena cabra que nos dá leite para alimentarmos, na galinha que nos
dá ovos, lembrando que há amor na mãe natureza através de suas criaturas.
É amor e há amor no Sol que pari, ilumina, nos dá calor, nos dá cor, e o som da vida.

É amor e há amor na terra que produz o alimento diário de grãos, tubérculos, verduras, frutas, raízes
e tudo aquilo que alimenta o corpo de nós seres humanos, nossos irmãos menores vegetais e animais.

É amor e há amor no sorriso carinhoso e sincero da criança inocente, também do amigo, do irmão, da
pessoa de passagem; em toda manifestação de apreço e carinho.

É amor e há amor no preparo dos alimentos no ambiente de calor estressante da cozinha para
saciarmos a fome.
É amor e há amor no alfaiate, estilista de moda, que com paciência nos toma as medidas para
confeccionar os trajes, o vestido, a roupa para cobrir o corpo.

É amor e há amor no artesanato que fabrica e cria o formoso ornamento cheio de graça e colorido de
sua pátria.
É amor, há amor em tudo de bom e belo que faz a pessoa para benefício de todas as criaturas da
natureza.
É amor, há amor num ecólogo que estuda os métodos e sistemas com as técnicas de lutar pela defesa
da natureza do nosso testado e desafiado mundo.

Plasmemos que as virtudes mais sentidas do amor se concretizem com maior e absurda força, nas
pessoas das áreas de saúde, no médico honrado e generoso que trabalha para quitar a dor do seu próximo e
despertar a cura e a vida nos seus pacientes.

Também brilha com lua resplandecente, o amor puro e sincero, no pastor e pregador evangélico, adventista,
testemunha de Jeová, pentecostal e nas demais denominações religiosas, que com seus hinos e cânticos ao
criador sublimizam a alma e retiram a tristeza do mundo e com seus predicados veementes como buscador da
mensagem de Cristo e trabalham para despertar a consciência de seus seguidores.

É amor, há amor no sacerdote católico, missionário que aporta sua cota de sacrifício, com espírito de
serviço a todos os integrantes de sua comunidade.

48
É amor, há amor em todos aqueles seres humanos, homens e mulheres que de uma ou outra forma se
sacrificam pela humanidade dentro dos princípios divinos da Lei Cósmica, é assegurar, sem infringir a Lei
com mansidão e boa vontade.
É amor, há amor, no mestre da escola, no professor ou instrutor que se preocupa por ensinar a seu
aluno a lição que o conduzirá ao enriquecimento do saber.

É amor, há amor no sapateiro, no ferreiro, na cozinheira e instrutora e em todo aquele que


confecciona, constroem ou elabora tudo quanto às pessoas necessitam para uma vida melhor.

Há amor e é amor nos animais de estimação que todos os dias saúda seu dono com demonstrações
inequívocas de afeto, respeito e obediência, há amor nos oceanos que nos servem de fornecedores de estoque
alimentar, nos proporcionam banhos curativos e saudáveis, e põe todas suas riquezas a disposição dos seres
humanos.
Há amor e é amor nas flores que ao passarmos junto a elas, exalam seus perfumes deliciosos e em
geral, há amor em toda natureza e cosmos que reúnem todas as belezas em um conjunto infinito de matizes do
doce espírito divino de Deus.

O amor é o fluído de Deus no coração e na mente daqueles que dão amor com o verbo e com os atos.
O amor é livre de fronteiras e chega onde quer e entra onde quer e quando quer, porque o amor em si mesmo é
única Lei, mas amor consciente.

O amor é como o espaço, que é livre de distancias sem começo e sem fim, porque o amor vem de Deus,
porque Deus é amor e onde está Deus há amor e onde há amor esta Deus.

O amor é vida, é saúde da alma, é felicidade absoluta e total, é expansão divina de Deus, é a majestade da
beleza e do bem, é o mesmo espírito de todos os valores positivos.

O amor é a mesma base de toda criação em toda sua manifestação, porque é ela que permite a existência de
todas as espécies e criaturas.
O amor é a projeção mística e espiritual da luz esplendorosa da sabedoria cósmica.

O amor é o impulso volitivo do sacrifício, da caridade Universal em todos os níveis e de todas as magnitudes.
Em síntese, podemos dizer que de todo o anterior vertem torrentes de amor porque sensivelmente tudo está
dentro de Deus, porque Deus é amor e porque anteriormente manifestamos claramente que o amor está em
Deus e em Deus está o amor, é dizer que Deus e o amor são um só e se Deus está em tudo entenderemos
porque até nas feras e bestas mais selvagens há amor.

Se as criaturas humanas cumprissem um único mandamento, o primeiro; “Amar a Deus por sobre todas as
coisas”, nosso mundo seria um paraíso, não existiria o ódio como tal, não existiriam as guerras, nem haveria
guerrilhas, nem terrorismo, nem violência, nem crimes, nem roubos, nem cobiça, nem inveja, inexistência de
divórcio, nem separações conjugais, nem cárceres, nem exércitos, nem materialismo, nada desagradável no
nosso mundo porque forçosamente teríamos que amar-nos, porque em toda criatura humana está Deus dando-
lhe a vida.

A inexistência do meu e do seu, porque tudo é de todos e nosso mundo é compartilhado entre todos, com
amor e generosidade e desprendimento e a maior preocupação de cada qual é servir seu semelhante
necessitado, seu próximo, desejando tudo para os demais sem esperar nada em troca, porque onde há amor se
dá tudo pelo ser amado e nesse caso o ser amado é o seu próximo, ou seja, todos os demais.

Somente o amor, que é fluído de Deus, nada quer para si mesmo, se assim é toda a humanidade como se passa
em outras humanidades de outros mundos, a dor é desconhecida e o sofrimento e os erros inexistem, somente
a felicidade plena é o pão de cada dia de todos os seres humanos, porque o amor chega a todos, porque
quando coração e a mente do ser humano há amor em abundancia, o urro de raiva, no delito, urram os vícios,
os erros, e conseqüentemente, urra a dor para sempre porque Deus mora dentro daquele que tem e dá amor.

49
Somente quando se desenvolve o amor, há felicidade e quando desaparece o amor, desaparece a felicidade e
advém a dor e o sofrimento, porque a ausência da essência de Deus que é amor, produz o ódio, o rancor, a
violência, a agressividade, a cobiça, o crime, o terrorismo, as confusões da dignidade humana, o materialismo,
o despotismo e o ateísmo estúpido.

O ódio e o ateísmo constituem de certa maneira o anti-Cristo; e o ódio está contra o amor, e o que está contra
o amor, está contra o Cristo Cósmico que é o amor. Em toda criatura humana que haja ódio em sua mente e
em seu coração, jamais poderá chegar a encarnar o Cristo interno que é amor.

PRÁTICA

Acomode-se uma hora com olhos abertos, dentro de seu quarto, escritório ou sala; comece a fazer os serviços
cotidianos que costuma fazer todos os dias, mas desta vez tratando de vigiar sua mente de maneira flagrante a
fim de impedir a entrada de pensamentos negativos, egóicos e sem parar o serviço; diferencie as duas coisas,
dos serviços, o que é externo e o que é interno.

Mantenha sua atenção em sua vida íntima e dirija sua mente sem divagar por parte alguma, nenhum costume
próprio ou de época distante.

Se sua mente for pra outro lugar, época ou situação, traga de volta onde você está, sustente essa luta durante
uma hora, vivendo o presente com sua mente e com seus atos totalmente vigiados por sua consciência.

“Regue sua consciência com tudo que rodeia e mantenha a atenção completamente viva, veja, ouça, toque,
sinta, desguste, olfatize, sinta e pense e trate de integrar-se com seu próprio Ser”.

50
Pratica Orações exercícios
e meditações.

“A pratica faz o Mestre”.

ORAÇÃO A DEUS

“Oh Divino Deus, Criador de tudo o que existe, te dou graças infinitas, com toda minha alma e com
todo meu coração, por este novo dia de existência que me dá e por tantos benefícios que de ti recebo todos os
dias de minha vida”.

51
“Abençoa, ajuda e protege, a todos meus seres queridos, e permita-nos a graça e o privilégio de
manter nossos atos, nossos pensamentos e nossas palavras dentro dos seus mandamentos e organizações
divinas”.

“Que teu Santo nome sempre viva dentro de mim; que tua presença seja a minha figura, teu verbo
seja minha palavra, que teus pensamentos sejam os meus e que todas minhas atividades sejam emanadas de ti
e dirigidas por ti.

“Se Deus é amor e esta dentro de mim; eu sou puro amor, perdão e compreensão para todos meus
semelhantes, se Deus é misericórdia eu tenho que ser misericordioso com todos meus semelhantes; se Deus
dirige todos meus atos, então todos os meus os meus atos são bons, dentro da lei Divina ao serviço da
comunidade que me rodeia”.

Se Deus está dentro de mim, então eu sou a presença de Deus, e de onde estou há alegria, porque
Deus é alegria de todos; donde estou há amor, porque Deus é amor, há paz, porque Deus é paz; há equilíbrio,
porque Deus é o equilíbrio universal; donde eu estou, há felicidade, porque Deus é felicidade”.

“Ajudamos a ajudar, Pai de toda a criação, Lua Divina; tu é meu Ser muito adorado que conhece a
dor do meu próximo e por isso te peço, te rogo, te imploro e te suplico com toda minha alma e com todo meu
coração, permita-me a graça de que eu possa aliviar a dor alheia assim como a minha própria; que de onde
haja tristeza eu possa dar alegria, de onde haja enfermidades eu possa dar saúde, onde haja fome, eu possa
ajudar dando alimentos, onde haja desespero, eu possa dar tranqüilidade e sossego, de onde haja ódios eu
possa semear o amor; onde haja ignorância, eu possa dar sabedoria, que meu verbo e meus conselhos sejam o
consolo dos aflitos e que sempre eu possa ser seu servo, teu servidor, teu apostolo aqui na Terra com
mansidão e perseverança, que assim seja”.

PRATICA PARA DESENVOLVER O AMOR

O discípulo senta-se comodamente da melhor maneira que quiser, preferivelmente isolado de sons,
respire forte e profundo por sete vezes procurando que cada respiração seja demorada e profunda.

Em seguida, serenamente, concentre-se em seu coração, imagine seu Cristo íntimo como uma
pequena chama de fogo de cor azul intenso e muito brilhante.

Pronuncie a seguinte oração:


”Cristo Ígneo, Cristo Íntimo, Cristo Ígneo, Cristo Interno; Cristo Ígneo, Cristo Interno; Glorioso e
Divino Senhor; Tu que é meu Real Ser, meu Deus interno, te suplico Senhor com toda minha alma e com meu
coração, que penetres em todo meu corpo, em meus ossos, em minha carne, em meu sangue, em meu cérebro,
em minha mente e em minha psique, para que encha de amor e me dê muito amor para todos os seres viventes
da terra, para que apagues de minha mente e coração, todo vestígio de ódio, rancor, vingança e todo
ressentimento contra meus semelhantes, para que em minha mente e em meu coração haja somente amor para
meus semelhantes e assim poder me cercar de ti cada vez mais unir-me a Ti, para sempre.

Agora o discípulo tome ar e pronuncie o seguinte mantram:


MMMMMMMMIIIIIIIIIIEEEEEEEEEEEE,
EEEEEEOOOOOOOOOUUUUUUUUUUUAAAAAAAAAASSSSSSSS.

Agora traga com sua imaginação ate seu coração pleno de amor, bondade e boa vontade, a todas as
pessoas que lhe ferem, que não quer que você saiba que elas o ferem e leve-as ao seu coração inundado de
amor como um imenso lago azul ou como o cosmos infinito que a todos nos cobre com o azul do céu.

Imagine todos seus inimigos a quem você não simpatiza dentro do seu coração que é um
microcosmos, pleno de felicidade, conquistas, harmoniosamente carinhosos com você, inundados de amor,
permaneça pleno de harmonia e amor com todos seus convidados ate terminar todo o exercício.

52
A oração anterior com o mantram, deve-se pronunciar por pelo menos três vezes todo o exercício,
sempre imaginando que essa energia de cor azul, penetra em todos os tecidos celulares do seu corpo
impregnando de amor totalmente, sentindo que sua mente e seu coração irradiam amor de verdade, podendo
dar amor a todos os nossos semelhantes. Devemos realizar todos os dias essa prática para silenciar os ódios e
rancores contra pessoas irmãs.

PRATICA PARA DESPERTAR A CONSCIÊNCIA

Esta pratica é com o Primeiro Logos ou seja o Pai que está em secreto. Concentrado agora na cor amarelo
intenso do Pai que mora em secreto na parte superior do cérebro.

Incorpore agora as seguinte oração: Pai Meu, Senhor Meu, Tu que é meu Real Ser, Meu Deus Interno, te
suplico Senhor com minha alma e meu coração que me ajudes com teu poder e tua graça a despertar minha
consciência, aqui, agora e sempre, para que possa manter ativa minha consciência.

Agora respire profundo imaginando que o Pai que mora em secreto e dá permanente interesse, que
continua a vigiar os pensamentos da mente, pronuncie o mantram seguinte em dois tempos: TTTTTIIIIIIIIII
(Tome ar novamente e pronuncie a segunda parte) HHHHHHHOOOOOOOOOOOMMMMM sempre
concentrando em seu cérebro ou melhor em seu Pai que mora em seu cérebro.

Repita a oração e o mantram por pelo menos três vezes, se o tempo permitir, faça sete vezes
seguidamente desde aí onde está, foque sua mente para a oração e mantram, impeça lembranças de outras
épocas, nem passado e nem futuro.

O NÍVEL DO SER

Num dia entre tantos que você necessite sair para rua fazer tarefas, por Deus sejam bastante e
diferentes, dedique-se a realizar a seguinte pratica sem impedir de fazer suas tarefas e sem identificar-se com
nenhuma destas diligências:

Trate de invocar seu real Ser, seu Deus interno e viver conscientemente falando com os demais e
fazendo suas diligências mas sem desconcentrar-se em nenhum instante de seu Real Ser.

Trate de observar a linguagem e os atos agradáveis e desagradáveis dos demais, sentindo muito
apreço e sincero carinho por todas as pessoas que lhe rodeiam por todas as partes por onde vá, mas sem dar
importância a linguagem e atos desagradáveis dos demais e sem esquecer um instante de seu próprio Ser.

Você deve cumprir quatro tarefas a saber:

Primeiro, lembrar-se todo o tempo do seu Real Ser.


Segundo, releve atos e palavras desagradáveis das pessoas que o rodeie.
Terceiro, lembre-se de todas as responsabilidades do dia, se desidentificando com todas que sejam
negativas.
Quarto, sinta amor, apreço e carinho por todas as pessoas que encontre em seu caminho, pelas que
são boas e pelas que vão ficar boas.

Se logra realizar esta pratica corretamente durante o dia, saberá que o Ser chega com pensamentos,
palavras, com as melhores intenções, o Ser chega com atos e praticas permanente e trabalhos contínuos e
conscientes tal como temos explicado.

AFIRMAÇÕES PARA REALIZAR TODOS OS DIAS

1.- (afirmação para manter a juventude, e para invocar saúde e vida) “Eu escolho e prefiro a vida que é Deus
dentro de mim dando-me saúde e juventude eternamente”.
2.- (afirmação de saúde) “Meu corpo está totalmente são e energizado, preso a total saúde e disposição”.

53
3.- (afirmação de rejuvenescimento) “As células de meu corpo se rejuvenescem todos os dias e meu corpo
permanece renovando”.

4.- (afirmação para a economia) “O dinheiro chega em minhas mãos sempre de maneira fácil, honesta e
permanente”.

5.- (afirmação para que se sinta protegido de pessoas inconscientes) “A mim somente chegam pessoas boas
que me amam, me apreciam e me protegem”.

6.- (afirmação para aumentar vontade de viver) “A energia da vida flui através de mim sem obstáculos”.

7.- “Eu mereço ser feliz e portanto livro-me todo apego a dor e aos conflitos”.

8.- “Eu estou livre de toda tensão e desarmonia”.

9.- “(afirmação para evolução espiritual) “As vibrações divinas penetram por todos átomos de meu corpo,
minha mente e meu espírito e me elevam a uma oitava superior”.

10.- (afirmação para proteção) “Eu sou invisível para todas as pessoas que tenham más intenções”.

11.- (afirmação para cura do corpo) “O Cristo Cósmico penetra em minhas células e as aperfeiçoa”.

12.- Atraio a mim, pessoas que me enriquecem em todas as áreas da vida”.

13.- (afirmação para fazer a vida eterna) “Deus me dá tudo que eu necessito para ser feliz e viver
confortavelmente”.

14.- (afirmação para conseguir trabalho) “Eu consigo trabalho com bom crédito e o melhor chefe, e estou livre
de problemas”.

15.- “Toda ação, trabalho ou ofício que eu inicie sempre termino com o melhor dos êxitos e sinto plenamente
satisfeito”.

16.- (para conseguir uma sede própria para as Associações) “Deus nos dá o dinheiro e todos os meios para a
aquisição de um edifico próprio que nos ceda o governo da cidade de .... para a sede própria da (nome da
associação por ex: ADASEC) .... e morada de muitos sócios.

Se pronuncia em voz alta e ao finalizar cada afirmação se realiza uma respiração. Respire pelo nariz e se solta
o ar lentamente pelo nariz.

(Realizar quinze minutos de afirmações diárias)

OS DECRETOS.

Esta pratica é para podermos descobrir perigos que nos cercam, enfermidades, eventos desagradáveis que não
queremos que se realizem, e uma série de aspectos negativos que não queremos que cheguem a consumar-se.
Também em forma positiva, dizer o inverso: queremos que se materializem eventos, que se leve a cabo, que
se realizem... então também podemos evocar, decretar, ordenar que se cumpra esse evento.

A maneira pratica de descartar os erros nesses casos e divulgar sempre os eventos positivos, visto que consiste
que o iniciado, homem ou mulher, tenha sempre em conta, o controle do pensamento e o controle da palavra.

Por exemplo: se queremos vender este edifício porque está pequeno e queremos um maior, temos que fazer a
afirmação:
“Este edifício será vendido agora mesmo. Vamos vender em seguida. Se está gestando a venda e vamos
vender muito bem vendido, porque assim se convém a Grande Obra”.

54
Não devemos subestimar nunca o que os céus nos tem dado. Se não dizermos “ a formosa casa de nossa sede”
e sim “casebre velho”, “rancho velho”... a tratamos desvalorizadamente, estamos dizendo “isso não vai
vender” pois assim será; não venderá porque o verbo é criador. Mas se afirmarmos de coração e alma, que vai
vender bem vendida, porque a estamos vendendo já e muito bem vendida, e que imaginamos adiante que vão
ns dar 30.000 reais por exemplo, a vista:

uma associação, uma companhia; uma oficina ou uma firma comercial; ou uma empresa, e imaginamos
negociando e contando os 30.000 reais, pois certamente que vamos materializando o evento que necessitamos
materializar. Mas para isso temos que fazer um decreto. E fazemos o decreto com o “Eu Sou”.

Necessitamos aprender a decretar e ordenar. Por exemplo, se queremos que se venda a casa, em
oração podemos dizer:

“Oh, Divino e Glorioso, EU SOU a divina presença de Deus. Eu Sou a divina presença de Deus, e se eu sou
Deus vivendo neste corpo, DECRETO que se abra a venda desta casa, e que preciso que seja entre 28 e 30 mil
reais, a vista, e ordeno que se disponha tudo o que se necessite para esta venda, em nome do divino Deus
criador de tudo que existe, em nome do altíssimo Deus que vive e palpita em tudo que tem vida”.

Pois com esse decreto e essa ordem podemos conseguir a venda mais fácil do que dizendo: “Não, mas quem
vai comprar isso?. Temos muito mais possibilidades, decretando e ordenando a venda do que recriminando,
subestimando ou tratando desvalorizadamente a casa. Mirem que o tratamento delicado é o que passa pelo
pensamento e pela palavra.

Se vamos sair em viagem. Temos que afirmar todos os dias, “Vou viajar a tal parte, vou viajar a tal parte, não
sei se vou ter dinheiro suficiente para a viajem” (ainda que não tenhamos um centavo nem de onde venha) não
se sabe; mas se nós materializarmos com a palavra esse ato assim será. Dizem que cada um dá o que pode
com o verbo. Se um pede dinheiro, saúde, isso se dará ao Ser, mas se subestima seu corpo: - “não!, este pobre
corpo tão enfermo”; - “não!, acontece que sou estúpido e idiota”, - “não, acontece que eu não sei... sempre se
auto-desvalorizando e se criticando!

Se decretarmos todos os dias que vamos viver bem, em uma boa casa, que vamos ter um bom dinheiro para
poder ajudar o próximo, poder dar e poder servir, assim será. Devemos ser conforme os testes ou lutas que nos
são dados, alem do mais de ser conforme com o que Ele nos tem dado, insistir que nos dê mais e melhor,

Conheço casos de pessoas que tem estado enfermas e se tem dado a tarefa de decretar saúde. E ordenar a
enfermidade sair desse corpo e se tem alentado sem tomar um comprimido porque se materializa essas curas,
tem se conjurado a enfermidade para que salgue seu corpo, e se tenha curado totalmente.

Isto que lhes digo esta na capacidade de todos vocês. Todos vocês podem decretar tudo aquilo que seja para
benefício da humanidade, para benefício de seu corpo físico. Nunca decretar nada que vá contra nenhuma
pessoa ou contra nenhuma criatura vivente, isso jamais. Sempre decretar tudo aquilo que vá favorecer de
alguma maneira a uma pessoa e a seus semelhantes. Quando ocorrer com vocês, recorde bem do seu próprio
EU SOU a divina presença de Deus. Se tudo de repente, vamos supor em um caso de saúde, tem que dizer:

Se supondo que é um caso de enfermidade.

Se é para venda de uma casa:

“Eu sou a Divina Presença de Deus, que tudo pode, tudo sabe fazer. E se eu sou a presença de Deus, ordeno:
que se venda a de tal forma, que se comecem, pois a gestar a venda. Eu decreto: que se venda a casa dessa
forma”.
E comece a fazer decretos todos os dias e ordenar a venda e suas conversações assim: estou vendendo a casa,
já tenho a casa vendida, eu vou vender bem vendida, alguém vai vir comprar-me a casa e comece a imaginar
que vem uma pessoa comprar a casa, e ela dá o dinheiro combinado... visto que vá materializando, porque a
postetade do verbo serve para todas as coisas: para fazer o bem e para fazer o mal. Somente pense o bem, o

55
positivo, e decretem por exemplo que nunca encontre com essa pessoa, (se for uma pessoa inimiga), que
sempre estejamos por diferentes caminhos mas nunca nos encontremos, ou o contrário “decreto que
comecemos a buscar ate que encontremos” se a pessoa é amiga, parente ou familiar. Os decretos, as
afirmações, as ordens, “ ordeno que esta enfermidade saia de meu corpo, ordeno a cura agora mesmo, em
nome de Deus que vive e palpita em toda Criação e em nome de Eu Sou a Divina Presença de Deus, Ordeno a
cura agora mesmo de tal coisa”, Aprendamos a manejar a palavra, a utilizar este dom que a divindade nos tem
dado para utilizarmos para o bem.

PRATICA PARA MUDAR NOSSAS CRENÇAS NEGATIVAS EQUIVOCADAS.

Iniciar já, agora mesmo o seguinte trabalho: Começar a transformar nossas crenças negativas equivocadas por
afirmações positivas contrárias, como por exemplo: Se Temístocles Farsan crê que na cidade onde ele vive,
não consegue trabalho, ele pensa e fala “é que nesta cidade não se consegue trabalho”, Temístocles Farsan
com esta afirmação negativa, nunca conseguirá trabalho, isso é matemático e infalível que cada pessoa
consegue ou atrai o que pensa e o que fala e Temístocles na cidade onde vive não poderá nunca conseguir
trabalho pela crença negativa; mas se Temístocles quer inverter esse processo negativo, tem que mudar a
crença negativa, deverá trocar esse pensamento, por outro pensamento positivo afirmativo.

Terá que pensar que ele sim consegue trabalho; a crença que Temístocles deve pronunciar, seria a seguinte: Eu
Temístocles Farsan sim consigo trabalho aqui nesta cidade” Mas não basta somente trocar a crença, sendo que
teria que escrevê-la, pensá-la, verbalizá-la e respirá-la.

Todo esse exercício completo teria que ser o seguinte: Primeiro escrever completa a seguinte afirmação: Eu
Temístocles Farsan consigo um bom trabalho, bem remunerado aqui nesta cidade”, segundo, lê-la com grande
confiança e segurança de que assim é e no mesmo instante que terminá-la de lê-la, respirar profundamente
imaginando que com essa respiração grava totalmente registrada a dita afirmação na consciência e na mente,
deve escrevê-la vinte e sete vezes e respirá-la vinte e sete vezes durante vinte e sete dias.

Assim grava totalmente transformada a crença negativa, logo deve todo o tempo seguir crendo que na hora se
consegue trabalho no momento em que busca, devido a que já não pensa negativamente contra si mesmo.

Devemos saber que cada pessoa se atrai a tudo o que crê, ou seja, o que pensa e o que fala; por essa mesma
causa a pessoa que só pensa em pobreza e fala, “é que sou pobre” essa pessoa sempre será pobre porque essa
é sua crença ou seu pensamento e por isso somente atrai pobreza e miséria.

ORAÇÃO AO MEU ANJO DA GUARDA

Glorioso Anjo da minha Guarda, a ti que é parte de Deus, invoco tua divina presença, em nome do amor, em
nome da paz e em nome da liberdade, para que conhecendo minhas debilidades e fraquezas humanas, me
perdoes e me ajude a desenvolver e incorporar o amor de dia e de noite, para amar meus inimigos, amigos,
familiares, companheiros, vizinhos, pessoas conhecidas e desconhecidas, para que eu possa ver em cada um
deles, a presença de Deus, a quem devo amor, servir e ajudar, para que assim mesmo eu possa merecer o
perdão, o amor e a ajuda de Deus nosso Senhor. Ajuda-me a proteger e amar todas as criaturas da natureza,
como partes integrais de Deus.

Não me abandones nem de dia, nem de noite, proteja-me, acompanha-me, defenda-me de todo mal e perigo e
ilumina meus pensamentos, meu caminho e meu destino; que minha face mostre o que eu penso, falo e faço a
vontade de Deus e de meu Ser interno,

Dá-me tua santa e divina benção, em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo Amem”.

56