Você está na página 1de 3

Objetivo Verificar aspectos operacionais de motor sncrono sob vrias condies de carga e fator de potncia.

Execuo Atravs do sistema formado pelo conjunto motor sncrono - gerador sncrono, foi reali ado um ensaio com o objetivo de medir o comportamento da corrente de armadura e da corrente de campo atuantes. Atravs do acoplamento do gerador sncrono, o tor!ue eletromagntico resultante no gerador, em fun"o da carga ligada ao mesmo, foi aplicado ao ei#o do motor de maneira, !ue funcionasse como o acoplamento de uma carga mec$nica. %ara isso, foram considerados trs casos& carga leve, carga mdia e carga pesada.
Carga Leve 'antivemos o motor a va io e ajustamos a corrente de campo de modo !ue circule a mnima corrente no estator. A corrente mnima de armadura alcanada com a varia"o da corrente de e#cita"o foi de (,( A. %ara tal corrente de armadura a corrente de e#cita"o medida foi de ),* A. +ste ponto obtido ser o ponto mnimo da curva V onde o fator de potncia e unitrio. Variamos a corrente de e#cita"o em torno deste valor, tanto de forma crescente !uanto decrescente, de maneira !ue possamos analisar a curva resultante no e#perimento. A varia"o ser feita de maneira !ue n"o ,aja uma ultrapassagem dos valores nominais de corrente do e!uipamento. -s dados obtidos nesta etapa est"o listados abai#o&

.a /A0

(1. 2 1.) * 8abela (

(3. ). *. * * * *.7 5. 7. * 4 ( 9 'edidas para carga

((. * *.*

1. 3 7. * leve

2. 2 ). 3

(. ( ). *

4. 5 6. 1

1. 6 6. )

5.) (3. 2

6.3 (3. 7

((. 3 ((. 2

(4. 1 ((. )

Carga Mdia

%ara simularmos uma carga mdia, voltamos a corrente mnima de armadura obtida no item anterior e ligamos a e#cita"o do gerador, fa endo a cone#"o de cargas de maneira !ue obten,amos um valor de 13: da corrente nominal de armadura do motor. ;abendo !ue este valor ser de 1,)A e novamente ser o ponto de fator de potncia unitrio, refa emos a e#perincia anotando novamente os dados obtidos mostrados na 8abela 2.

.a 5.3 7.4 6.4 ((.5 (4.1 (1.4 /A0 .f /A0 6.* ).3 7.4 5.5 5.( *.6 8abela 2 9 'edidas para carga mdia Carga Pesada

5.4 (3.(

7.3 (3.5

).4 ((.3

6.7 ((.*

(3.* ((.)

%ara simularmos um circuito com carga pesada, similarmente ao feito no e#perimento com carga mdia,variamos a carga do gerador de maneira !ue a corrente mnima de armadura ten,a valor pr<#imo a )3: do valor nominal, e!uivalente a 6,5 A. %ara uma corrente de armadura mnima alcanada de 6 A, obtemos os dados do e#perimento contidos na 8abela 4. .a /A0 .f /A ).5 6.3 6.* 1 ).4 (3. * 7.6 ((.( ( 7.* (2. 3 (2.) * (4. 6

Curvas de fator de potncia com os seguintes fatores: !" e !# indutivos$ !" e !# capacitivos e %! &
;abemos !ue os pontos onde a corrente de armadura mnima s"o os pontos onde o fator de potncia um. =sando o fato de !ue em cada curva a potncia ativa a mesma ao longo do grfico e a tens"o de sada constante c,egamos > rela"o entre correntes& % ? @4.V...fp

Aator de potencia 3,5& Barga leve, .amin ? (,( A.

(,(C3,5 ? (.)44 A