Você está na página 1de 6

Bori

Antes de assentar o orix, necessrio a realizao de um ritual de (pr-iniciao) chamado bori. O bori consiste, se undos os adeptos, em (dar comida a cabea) ao ori (!ue em si, uma entidade), com o ob"eti#o de $orti$ica-lo, pois o orix s% tomou a!uele ori (a!uela cabea) por!ue este assim o permitiu nesta cerim&nia so o$erecidos alimentos secos e o san ue de um pombo ' cabea do abi, iniciando a aliana de$initi#a deste com seu ori e com seu orixa. O bori mesmo !uando $eito $ora do processo de iniciao. (a $im de controlar o orix de uma pessoa !(e no )#ira* no santo ou de controlar o orix, at !ue a pessoa re+na as condi,es necessrias para iniciar-se). -ria um #inculo do indi#iduo com a casa de santo, determinadas obri a,es de#ero ser $eitas...

.or exemplo/ 0ar oss no seu i b-ori... 1razer #elas.. para iluminar o i b A"udas em eral....

2eza do dia
(!uando o dia amanhecer) Olo o"o oni Obara me"i, delo um. Obarax obara"i edemim. Olo o"o oni Obara me"i, delo um. Obarax obara"i edemim

2eza
Baba mi ecicam mo"ubare. Baba mi acarande mo"ubare. 3uiam mi ecicam mo"ubare. 4a mi aocam mo"ubare. 4a mi ode. Olunte mo"ubare. Oxossi oram barue mo"ubare 4a masse oro barue mo"ubare. 0ada a"a5 mo"ubare. 4a mei oxum mo"ubare. O um mo"ubare. Oxossi mo"ubare Anamburucu mo"ubare. Osse mo"ubare.

4ro5& mo"ubare 6o um - ode mo"ubare. 7i oro barue mo"ubare. Oxum merim 4a mi mo"ubare. 4eman" mo"ubare. 4ans mo"ubare. Oba mo"ubare. 89a mo"ubare. :an & mo"ubare. Barue mo"ubare. Oxa ui mo"ubare. Oxalu$ mo"ubare. 8b& o" rubeim.

2eza para dar obi ao ori (cabea)


.ara a da Ori obi 6;ooro aru Ori obi l;oro 6o o. A cabea #ai receber obi por toda a noite A cabea !ue recebe obi tem um $undamento

Outra reza para dar obi ao ori (cabea)


Obi ma$areua -oade"i es u5% i ena

2ezas de or&s
O um soro soro 8"e bal 5ara r% O um soro soro 8"e bal 5ara r% O um $az a cerim&nia O san ue !ue cai na terra o corpo se acalma O um $az a cerim&nia O san ue !ue cai na terra o corpo se acalma

Obs/ ( muito importante $azer est reza no se pode es!uecer de $aze - l)

2eza para cortar a alinha de an ola


Baba bi abia et+ co!uem (co!uem) Baba bi abia et+ co!uem (co!uem) Baba bia et+ co!uem Baba bia et+ co!uem .apai ele macera e macera alinha d*an ola

.apai ele macera e macera alinha d*an ola .apai ele ser como alinha d*an ola (co!uem) .apai ele ser como alinha d*an ola (co!uem)

2eza para o pombo


8rinl 8n9a " dieo. Olu9o o"+ omom. 7o"ub lo"u olorum O"+ omom a o ala Olorum 5iba-se Olu9o o"+ omom onam O pombo < #ossa alinha 0ono do se redo, o dia !ue amanhece. 2e#erenciando na presena de Olorum. Ao amanhecer do dia -om licena do Ala ( da pureza) =ue a beno se"a aceita 0ono do se redo o dia " amanheceu