Você está na página 1de 7

Barreira Ótica,

Grade e Cortina de Luz,


e Scanner Laser
de Segurança

Soluções em Sistemas de Segurança e Automação. E algo mais.

Eletroeletrônica Industrial Ltda.


Análise de riscos
Análise de riscos segundo EN 954-1, NBR 14153
Cabe ao projetista a tarefa de reduzir ou A avaliação do risco conforme EN 954-1, e terminam nos componentes de controle
eliminar tanto quanto possível zonas de NBR 14153 é feita pelo projetista e de força, por exemplo nos controladores
perigo desde a concepção da máquina conduz a um nível de segurança específico dos motores.
até sua construção através de um considerando-se um determinado sistema
projeto voltado para a segurança. da máquina (por ex. alimentação de matéria- Quando forem analisados os fatores de
prima). Os componentes de segurança risco da máquina deve-se considerar todas
Pode-se determinar o grau de perigo utilizados em um sistema de controle as condições, sejam elas instalação,
remanescente através de uma análise começam onde o sinal de segurança é operação, ajuste, manutenção, mau
de riscos conforme veremos a seguir. gerado, por exemplo, na cortina de luz funcionamento e transporte.

Gráfico de riscos
Determinação dos riscos Seleção da categoria de segurança Legenda
Categorias S1 - Lesão reversível
B 1 2 3 4 S2 - Lesão irreversível
S1 F1 - Frequência de exposição ao perigo baixa
F2 - Frequência de exposição ao perigo alta
P1 P1 - Possibilidade de parada da máquina durante
F1 o ciclo
P2
S2 P2 - Impossibilidade de parada da máquina durante
P1 o ciclo
F2
P2

Categorias de segurança
Categoria B: Tecnologicamente adequado
Categoria 1: Utilização de princípios e componentes consagrados (ex.: ruptura positiva)
Categoria 2: Verificação periódica do controle relacionado à segurança da máquina (pelo menos a cada partida da máquina)
Categoria 3: Sistema de controle não poderá perder as funções de segurança no caso de uma falha (não significa que todas as falhas
devam ser detectadas)
Categoria 4: A falha única deverá ser detectada antes ou durante a próxima função de segurança; monitoramento poderá ser interrompido
após 3 falhas (auto-monitoramento)

Cálculo da altura e distância


Cálculo da altura e distância entre os dispositivos óticos de segurança e a área de risco (EN 999)
S = (K x T) + C Sendo: S = Distância do dispositivo até a área de risco (mm)
K = Velocidade de aproximação mm/s (membros ou corpo inteiro)
T = Tempo total de parada da máquina, onde: T = T1 + T2
T1 é o tempo de resposta do dispositivo de segurança
T2 é o tempo de parada da máquina
C = Constante de segurança

Barreiras SLB 200/SLB 400 Cortina SLC 410 Scanner Laser LSS 300
K: 1600 mm/s K: 2000 mm/s (S < 500 mm) K: 1600 mm/s
Feixe único: Feixes múltiplos: K: 1600 mm/s (S > 500 mm) Constante C:
C = 1200 C = 850
Exemplo: Exemplo: C: 1200 mm - 0,4 H
S mín = 1200 mm S mín = 850 mm Resolução de 14 - 40 mm
(se T = 0) (se T = 0) Cmín = 850 mm
Alturas H indicadas por norma p/ instalação: 400 mm/900 mm Obs.: checar com especialista
S = K x T + 8 x (d - 14)
ACE Schmersal ainda outros
d = Resolução da Cortina fatores adicionais para
Smín = 100 mm configuração da área de
proteção (ex.: erro
máximo permitido)

Resolução > 40 mm

S = 1600 x T + 850 mm
Hmín = 900 mm
Hmáx = 300 mm

02
Detecção da presença por aproximação

Barreiras de Luz

• Tamanho extremamente reduzido (uma das menores barreiras disponíveis no mercado)


• 3 Componentes: - Relé de controle
- Emissor + cabo de ligação
- Receptor + cabo de ligação
• Categoria de segurança 2 e 4 conforme EN 954-1, NBR 14153 e EN 61496-1/-2
• Conexão de um a dois pares de barreiras por relé (SLB 200) e de um a quatro
pares de barreiras por relé (SLB 400)
• Possibilidade de teste manual ou cíclico
• Alta funcionalidade e diferentes modos de operação: - Funcionamento com/sem reset manual
- Funcionamento com/sem controle dos contatores
• Controle integrado de sujeira das lentes
• Sinalização de erros e função de diagnóstico (SLB 400)
• Sinalização por LEDs com visão por ambos os lados
• Fixação possível através de 3 furos
• Grau de proteção IP 67
• Alcance até 15 metros (SLB 400)
• Codificável (até quatro sistemas não se influenciam mutuamente)

Cortinas e Grade de Luz

• Categoria de segurança 2 ou 4 conforme EN 954-1, NBR 14153 e EN 61496-1/-2


• Apenas dois componentes
• Perfil do invólucro muito pequeno (uma das menores cortinas de luz do mercado)
• Grande variação de tamanhos conforme: - Altura de proteção
- Resolução
• Dispensa manutenção interna
• Entrada para teste
• Relé de controle separado para funções especiais como: - Muting
• Grau de proteção IP 65

Scanner Laser

• Monitoramento de até 4 áreas sem uso adicional de relé


• Modelo básico ou com dois campos de monitoramento e módulo de configuração reserva
• Sistema de segurança sem contato para a proteção de pessoas
• Software de configuração interativo (Ambiente Windows) incluso: - Área de monitoramento livre e programável
- Fácil utilização
• Construção resistente para uso industrial
• Dispensa manutenção interna
• Montagem e ajuste mecânico muito flexível: - Todas as posições (horizontal, vertical, ...)
• Tomada e prensa cabo rotativo em 90 °
• Grau de proteção IP 65
• Categoria de segurança 3 conforme EN 954-1, NBR 14153 e EN 61496-1/-2
• Aplicações universais, como em dobradeiras, viradeiras, robôs industriais, veículos automáticos, logística
robotizada, entre outros

03
Barreira de Luz S LB 200

As barreiras de luz SLB são sensores


a
opto eletrônicos de proteção usados na
pact
supervisão de acesso ou proteção direta Com
em pequenas áreas de risco da máquina.
O sistema é composto pelas barreiras,
cabos de ligação (emissor e receptor)
e o relé de segurança. A categoria de
segurança das barreiras estão de acordo
com as normas EN-954-1, NBR 14153
e EN 61496-1/-2.
e Esquema Elétrico
Dados Técnicos SLB 200 g o ria d 2
e
Cat urança
0,02 ... 4 m
Área de proteção
Infra-vermelho
seg
Tipo de luz
Temperatura de operação -10°C até 55oC
Categoria de segurança 2 (EN 954-1, NBR 14153 e EN 61496-1/-2)
Grau de proteção IP 67
Medidas 50 x 30,8 x 16,1 mm

Dados Técnicos Relé SLB 200 C-04-1R SLB 200 Kit de Kit de
E/R instalação instalação
N Máx. pares conectados 2
o
31-21 SLB 200 2 m* SLB 200 5 m*
Tempo de resposta 30 ms 1 1 -
Tensão de operação 24VDC 20% 1 - 1
o
Temperatura de operação 0°C até 50 C 2** 1 -
Categoria de Segurança 2 (EN 954-1, NBR 14153 e EN 61496-1/-2) 2** - 1
Grau de Proteção IP 20 * Kits de instalação compostos de Relé
Saídas de sinalização 1 x PNP (NF Imáx. de saída = 500mA) SLB 200 C04 1R e cabos 2m ou 5m
1NA AC 15 = 250V/2A ** Pedir cabos adicionais para conexão
Saídas de segurança de cada barreira adicional
Medidas 45 x 84 x 118 mm Aprovação

Barreira de Luz S LB 400


Modos de operação e funções da SLB

p acta
Com
A barreira possui variações
em seu modo de aplicação.
Ela pode ser usada:
• com ou sem Start e Reset
• com ou sem supervisão de contatores

e
ria d 4
Dados Técnicos SLB 400
g o
Cateurança
Área de proteção 0,7 ... 15 m
Tipo de luz Infra-vermelho
o
seg
Temperatura de operação -20°C até 60 C Esquema Elétrico
Categoria de segurança 4 (EN 954-1, NBR 14153 e EN 61496-1/-2)
SLB 400 Kit de Kit de
Grau de proteção IP 67 E/R instalação instalação
Medidas 50 x 50 x 17 mm 50-21 P SLB 400 2 m* SLB 400 5 m*
1 1 -
1 - 1
Dados Técnicos Relé SLB 200 C-10-1R 2** 1 -
o
N Máx. pares conectados 4 2** - 1
3** 1 -
Tempo de resposta 30 ms
3** - 1
Tensão de operação 24VDC 15%
4** 1 -
Temperatura de operação 0°C até 50oC 4** - 1
Categoria de segurança 4 (EN 954-1, NBR 14153, EN 61496-1/-2) * Kits de instalação compostos de Relé
Grau de proteção IP 20 SLB 400 C10 1R e cabos 2m ou 5m
** Pedir cabos adicionais para conexão
Saídas de sinalização 2 x PNP (NF Imáx. de saída= 100mA)+1NA+1NF
de cada barreira adicional
Saídas de segurança 2 NA - AC 15 = 250V/2A Aprovação
Medidas 75 x 100 x 110 mm
D

04
C o r t i n a e Gr a d e d e L u z S LC 2 1 0 /4 1 0 S LG 2 1 0 /4 1 0

O sistema SLC/SLG - cortinas e grades de luz são esteja em posição onde possa haver perigo de
sensores opto-eletrônicos de proteção, sem contato lesão.
mecânico, para proteção da área de risco em
máquinas perigosas. As cortinas e grades de luz SLC/SLG utilizam
a tecnologia de luz infravermelha. Estes
O sistema SLC 210/410 detecta uma pessoa (dedo, sistemas das cortinas de luz têm
mão, parte do corpo) entrando na zona de perigo automonitoramento e correspondem às
nas proximidades da máquina e emite o sinal para normas internacionais referentes a dispositivos
parada do movimento de risco, antes que a pessoa de proteção usados em máquinas e

Opção com Reset Manual e Função Muting

Para aplicações onde é necessário o reset manual Com a função muting é possível ter outros
ou monitoramento de contatores, é usado o relé sensores supervisionando a área de risco junto
SCR 1R e para a função muting o relé SCM 3QR. com as cortinas e grades.

Descrição Material
SCR 1R Relé de segurança
SCM 3R Relé de segurança com função muting
SCM 3QR Relé de segurança com função muting

Dados Técnicos SLG 210 SLG 410 SLC 210 SLC 410
Categoria de segurança 2 4 2 4
0 até 6 m (padrão); 0 até 18 m 0 até 6 m (padrão); 14 mm: 0 até 5 m;
Alcance
1 até 16 m (maior alcance) ------ 1 até 16 m (maior alcance) 30/50 mm: 0 até 18 m
Grau de proteção IP 65 à IEC/EN 60529/DIN VDE 0470-1
Tempo de resposta 6 - 27 ms (depende do comprimento e resolução)
Tensão de operação 24 VDC 20%
Saídas de segurança 2 x PNP, 500 mA
Temperatura de operação 0°C até +55°C

Dimensões da cortina

de
t e g oria 2 e 4
Ca rança
35

segu 45
40

B
A
24

85

10

Aprovações Legenda A: Comprimento total


B: Altura do campo de proteção
C: 85 mm
D USA CAN

05
C o r t i n a e Gr a d e d e L u z S LC 2 1 0 /4 1 0 S LG 2 1 0 /4 1 0

Chave de código para especificação da cortina SLC 410 ideal

Resolução Resolução Número de Feixes


(Cortina 2) (Cortina 4) (Grades)
20 14 02
40 30 03
90 50 04

S L C 4 1 0 - E / R ______ / ______ - 1 2

Cortina Comprimento Comprimento


Categoria de (Grades) (Cortinas)
C (Cortina de Luz) Segurança
G (Grades de Luz) 500 (2) 0160* 1060
2 ou 4 (grades 800 (3) 0310** 1210
e cortinas) 900 (4) 0460 1360
0610 1510
0760 1660
0910 1810

Ex.: SLC 410 - E/R 0460/30 - 12 * Apenas para resoluções < a 30 mm


** Apenas para resoluções < a 50 mm
Cortina SLC 410 Emissor/Receptor de comprimento 460 mm de área
protegida e resolução de 30 mm.

Pedido correto das cortinas e grades

Conjunto 15 m Qtd. Proteção para Resolução

Cortina/Grade SLC/SLG 210/410 E/R Dedo 14/20


01
(conforme indicado na Chave de Código) Mão 30/40
Kit para instalação 15 m Membros 50/90
01
(Relé SCR1R, Fonte 3 A, Cabos 15 m)
Obs.: Consulte nossa equipe técnica para uso adicional de espelhos, bases
e coxins.

Esquema elétrico para ligação com módulo SCR 1R **SLC/SLG 410


L1 EMISSOR
N
M PINO 2 PINO 4 FUNÇÃO
EMISSOR RECEPTOR
3 Alcance Menor
K6

K7
+ 24 VDC 0 VDC (0-6 metros)
1 2 3 4 5
MA LA AM VE VD
1 2 3 4 5
MA LA AM VE VD (0-2 metros) R.14
(*)
(**)
(*)
(**)
PE

S
Alcance Maior
(0-18 metros)
6A 6A

0 VDC + 24 VDC
13 14 23 24 X1 X2
(0-5 metros) R.14
K1 K1

K2 K2

0 VDC 0 VDC Condição de Teste


Control Logic
SCR 1R
14 15
Fonte de alimentação FC 24 Vcc - 3A
Ltda.

K1 K2
+ 24 VDC + 24 VDC Condição não Aplicável
Industrial
Eletroeletrônica

S/1
Somente
110 Vca
Jump

Y1 S1 X3 S2 A2 A1
4
3
1 2

+ 24 VDC

0V Para a garantia da Categoria de Segurança


em seu sistema por completo, conheça
ainda a linha de Relés de Segurança
*SLC/SLG 210 ACE Schmersal
EMISSOR
PINO 2 PINO 4 FUNÇÃO
+ 24 VDC Não Conectado S/ Teste Inicial
0 VDC Não Conectado C/ Teste Inicial

06
Scanner Laser LSS 300
M oni
to ra m
de 1
o u 2 e n to
á re a s
O Scanner Laser é um compacto perigosos.
dispositivo sensor eletro-eletrônico de Este dispositivo protege a área de risco
proteção. Ele é desenhado para proteção emitindo pulsos de laser continuamente
de pessoas que trabalham próximas de durante a operação, formando uma área
máquinas ou outros equipamentos que de proteção.

Dados Técnicos LSS 300 Esquema Elétrico com monitoramento dos contatores
Área de proteção 4m
Área de sinalização 15 m
Ângulo de varredura 180°
Tempo de resposta 60 ms
Tensão de operação 24 VDC - 30% até 20%
Tipo de luz Laser - Classe 1
Material do invólucro Alumínio
Temperatura de operação 0°C até 50oC
Categoria de segurança 3 (EN 954-1, NBR 14153 e EN 61496-1/-2)
Grau de proteção IP 65
Peso 3,5 Kg
Saídas 2 x PNP (NF Imáx. de saída = 400mA)
Medidas 155 x 185 x 156 mm

Áreas de proteção e interfaces Interface Área sinaliz. Área prot. Conj.BF1*


fixação Modelo
LSS 300
O modelo do Scanner Laser varia de acordo RS 232 1 1 1 LSS 300-1110
com sua área de proteção, sinalização e RS 422 1 1 1 LSS 300-1210
porta de comunicação (interface). RS 232 2 2 1 LSS 300-2110
RS 422 2 2 1 LSS 300-2210
* O conjunto de fixação BF2 só poderá ser pedido junto com o conjunto BF1
Fixação do Scanner Laser
Existem dois conjuntos para a fixação do movimentação. Já com o conjunto de fixação
Scanner Laser. O conjunto BF 1 fixa o BF 2 o Scanner é fixado com a possibilidade
Scanner Laser em uma só posição sem de movimentar tanto na vertical como na horizontal.

ão
m utaç as
ea o
1 ár C áre
de 2
LSS 300-1110 Área 1 de risco

LSS 300-1210 Área 2 de risco


Área 1 de alerta
Área 2 de alerta
Área 1 de risco

Área 1 de alerta

LSS 300-2110
LSS 300-2210
Comutação entre o monitoramento
das áreas através de dispositivo de
segurança
Para soluções de
segurança alternativas,
conheça a linha de
tapetes de segurança
ACE Schmersal

Aprovações

D USA CAN

07