UMC

Engenharia C i v i l Disciplina: Física III

Universidade de Mogi das Cruzes Campus Villa Lobos
N !"

evidenciando a presen!a de um campo magnético produ"ido pela corrente# $ campo originava uma for!a magnética capa" de mudar a orienta!ão da %&ssola# 'nterrompendo se a corrente. o%ter corrente elétrica a partir do campo magnético# 'sso foi possível estudando se a .!í#ulo do $ela#%rio: Mo#or El&#rico 'ro(essor da !eoria: 'ro(essor do Labora#%rio: !urma: Fabio Con#e )* +emes#re . a agulha magnética movia se. Nome $-M .* semes#re .+-. orientando se numa dire!ão perpendicular ao fio. em +. ao longo da dire!ão norte sul# Então viu a existência de uma rela!ão entre a Eletricidade e o (agnetismo# Ao campo magnético de origem elétrica chamamos de )ampo Eletromagnético# Ap*s a desco%erta de $ersted. o inglês (ichael . ou se2a. que uma corrente elétrica produ" campo magnético.arada/ e o americano 0oseph 1enr/ dedicaram se a o%ter o efeito inverso. a agulha retornava a sua posi!ão inicial./0) In#rodu12o A conexão entre a eletricidade e o magnetismo foi estudada pelo físico químico dinamarquês Hans Christian Öersted que é considerado o “pai do Eletromagnetismo” em seu experimento Öersted verificou que quando havia corrente elétrica no fio.

mas que a maioria não tem conhecimento geral de seu funcionamento# @m motor elétrico simples é uma m4quina que converte energia elétrica em energia mecAnica e tam%ém é um %om exemplo de aplica!ão pr4tica da experiência de Öersted.B campo magnético e pode provocar o movimento de um ímãC# b3e#ivo Demonstrar o funcionamento do motor elétrico. que se optou por apresentar o funcionamento dos motores elétricos que todos conhecem por fora.luxo (agnético é quantificado pelo n&mero de linhas de campo que atravessam a 4rea de uma superfície# 5uanto mais linhas. ímãs e fio condutor e sedimentar o conceito de eletromagnetismo# . com suas respectivas pe!as utili"adas.Fluxo Magnético :>%< Este relat*rio tratara de eletromagnetismo em experimento so%re o motor elétrico# Atualmente os motores elétricos podem ser empregados nas mais variadas tarefas. dado pela equa!ão6 r r φ = 7 8 ⋅ dA $nde6 8 9 vetor densidade de campo magnético :. desde auxiliar a espremer uma fruta até fa"er comprimir o g4s presente no sistema de refrigera!ão das geladeiras# $s motores elétricos são talve" a maior aplica!ão tecnol*gica da eletricidade# 0unto com os geradores eletromagnéticos transformou o modo de viver no século ??# Esses motores foram os respons4veis por tornar mais simples a reali"a!ão de diversas tarefas# 3ensando nesse contexto de que os motores elétricos estão sendo cada ve" mais essenciais no nosso dia a dia. genericamente.varia!ão do fluxo magnético# 3odemos di"er que o .< A 9 4rea de incidência das linhas :m=< Φ .luxo (agnético# $ fluxo magnético é. maior o . como %o%inas.

v 3.Ma#eriais u#ilizados 1. )onector de pilha . 3ilha .v 2.io de )o%re esmaltado . .

5. . 8. 6.io de Emm rígido preto 'mã Farras 2acaré 8ase de madeira Gixa e estilete (1) BHC BIC BEC BJC BKC BLC 'rocedimen#o E4perimen#al . 7.4.

do%ramos os fios rígido afim de que a %o%ina ficasse suspensa a uma altura que permiti se a sua intera!ão com o ima que seria posicionado a frente do fio# Gogo em seguida utili"amos o fio esmaltado para produ"ir uma %o%ina de IM mm de diAmetro e IM mm de haste .A partir dos materiais relacionados. conectamos a partir da pilha de -N os fios com as “garras”para passar corrente para o fio rígido e consequentemente pelas hastes da %o%ina# . porém foi necess4rio remover o esmalte parcialmente para que fosse possível passar corrente pelas hastes# )om os materiais que necessitam de um posicionamento especial devidamente finali"ados.

ha2a vista que o esmalte da haste não tinha sido removida o suficiente para que permitisse a passagem da corrente# )om a retirada do esmalte da haste o experimento tam%ém não funcionou pois as HM voltas solicitadas deixaram a %o%ina muito pesada para que o campo magnético tivesse efeito# $%tivemos êxito logo ap*s retirar o esmalte das hastes.!es#e do mo#or Oosso grupo ao montar o sistema por completo não conseguiu o%ter o resultado esperado. diminuir o diAmetro da %o%ina e posicionar o ima corretamente# . rea2ustar os conectores da pilha de -N para o fio rígido.ibliogra(ia .

htm Fundamentos sobre Hans Christian Öersted) http6PPeducacao#uol#com#%rPfisicaPcampo magnetico espira e solenoide#2htm )ampos (agnéticos. Espiras e %o%inas http://www.com/watch"#=l$%&u's(sb) *Motor simples caseiro+ .http://www.!outube.com/fisica/experimentooersted.brasilescola.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful