Você está na página 1de 1

Domnio Conceptual

Teoria: Crescimento e renovao


celular/Teoria Celular.

Domnio Metodolgico
Como extrair e visualizar molculas de ADN?
Concluso/Discusso:
No fim da experincia pudemos concluir qual a funo dos reagentes utilizados no procedimento: Sal: proporcionou um ambiente favorvel ao ADN, contribuindo com ies positivos que neutralizam a sua carga negativa Detergente: provoca a rotura das membranas lipdicas que fomenta a disperso do contedo celular (como protenas e DNA) na soluo. Algumas das protenas que se soltam na rotura da membrana mantm o ADN enrolado numa espiral apertada. lcool: faz com que o ADN precipite uma vez que no dissolvido em lcool. Devido s concentraes utilizadas e sua menor densidade em relao gua e mistura aquosa aparece superfcie. Observamos duas fases distintas: a alcolica e a aquosa (sal, detergente e filtrado de cebola) e na superfcie da soluo, o ADN.

Princpios
Todos os seres vivos so constitudos por clulas Em todas as clulas existem: protenas, lpidos, glcidos e cidos nucleicos O ADN (localizado no ncleo das clulas eucariticas) controla a atividade celular e determina as caractersticas das clulas. O papel de filtro usado na atividade retm partculas maiores, porm deixa passar o ADN e as protenas. O detergente intervm na desorganizao das membranas (de natureza fosfolipdica) e emulsiona os lpidos para que estes sejam facilmente removidos pela gua O ADN um cido nucleico em que os monmeros contm desoxirribose (da o nome cido desoxirribonucleico).

Material/Protocolo experimental
Conforme descrito na pgina 12 e 13 do Manual adotado de Biologia 11 ano Terra, Universo de Vida.

Conceitos
cido nucleico ADN Nucletidos Clula eucariticas vegetais Membrana plasmtica Ncleo Filtrao

Resultados
ADN Soluo alcolica Mistura de sal, detergente e filtrado de cebola