Você está na página 1de 5

1. DIOPTRO PLANO:

ÓPTICA GEOMÉTRICA

É todo sistema formado por dois meios transparentes e separados por uma superfície plana como, por exemplo, o sistema água/ar.

1.1.FORMAÇÃO DE IMAGEM E EQUAÇÃO DO DIOPTRO PLANO.

Considere que certo pescador vê um peixe em um lago. O peixe encontra-se a uma profundidade H da superfície da água. Devido ao fenômeno da refração da luz, esse pescador o vê a uma profundidade h

diferente de H, conforme a figura a seguir.

1. DIOPTRO PLANO: ÓPTICA GEOMÉTRICA É todo sistema formado por dois meios transparentes e separados por

p: posição real do objeto p’:posição aparente do objeto x: elevação aparente do objeto

A IMAGEM OBSERVADA SERÁ VIRTUAL E DIREITA ea relação entre as posições aparente e real é dada pela seguinte equação:

p ' n  observador p n objeto
p '
n
observador
p
n
objeto

OBJETO NO MEIO MAIS REFRINGENTE

OBJETO NO MEIO MENOS REFRINGENTE

Imagem mais próxima da superfície

Imagem mais afastada da superfície

OBJETO NO MEIO MAIS REFRINGENTE OBJETO NO MEIO MENOS REFRINGENTE Imagem mais próxima da superfície Imagem
OBJETO NO MEIO MAIS REFRINGENTE OBJETO NO MEIO MENOS REFRINGENTE Imagem mais próxima da superfície Imagem

EXERCICIOS

1

- (UERJ) Um banhista deixa os óculos de

mergulho

caírem no

fundo de uma piscina, na

qual

a

profundidade da água é de 2,6 m. O banhista, de fora d'água, vê os óculos segundo uma direção

perpendicular ao fundo da piscina. A profundidade aparente em que os óculos se encontram, em metros, é:

a) 0,65

b) 1,30

c) 1,95

d) 2,60

2

- (UNIRIO) Um cão está diante de uma mesa, observando umpeixinho dentro do aquário, conforme representado na figura. Ao mesmo tempo, o peixinho também observa o cão. Em relação à parede P do aquário e às distâncias reais, podemos afirmar que as imagens observadas por cada um dos animais obedecem às seguintes relações:

2 - (UNIRIO) Um cão está diante de uma mesa, observando umpeixinho dentro do aquário, conforme
  • a) O cão observa o olho do peixinho mais próximo da parede P, enquanto o peixinho observa o olho do cão mais distante do aquário.

  • b) O cão observa o olho do peixinho mais distante da parede P, enquanto o peixinho observa o olho do cão mais próximo do aquário.

  • c) O cão observa o olho do peixinho mais próximo da parede P, enquanto o peixinho observa o olho do cão mais próximo do aquário.

  • d) O cão observa o olho do peixinho mais distante da parede P, enquanto o peixinho observa o olho do cão também mais distante do aquário.

  • e) O cão e o peixinho observam o olho um do outro, em relação à parede P, em distâncias iguais às distâncias reais que eles ocupam na figura.

  • 3 - (UECE) Uma folha de papel, com um texto impresso, está protegida por uma

espessa

placa

de

vidro.

O

índice

de

refração do ar é 1,0 e o do vidro 1,5. Se a placa tiver 3cm de espessura, a distância do topo da placa à imagem de uma letra do texto, quando observada na vertical, é:

  • a) 1 cm

  • b) 2 cm

  • c) 3 cm

  • d) 4 cm

2 - (UNIRIO) Um cão está diante de uma mesa, observando umpeixinho dentro do aquário, conforme
  • 4- Um pescador deixa cair uma lanterna acesa em um lago a 10,0 m de profundidade. No fundo do lago,

a lanterna emite um feixe luminoso formando um pequeno ângulo š com a vertical (veja figura).

2 - (UNIRIO) Um cão está diante de uma mesa, observando umpeixinho dentro do aquário, conforme

Consider que o índice de refração da água n=1,33. Então, a profundidade aparente h vista pelo pescador é igual a

  • a) e) 9,0 m

2,5 m

c) 7,5 m

  • b) d) 8,0 m

5,0 m

2.

ÂNGULO LIMITE (L):

Corresponde ao ângulo de incidência para o qual se obtém um raio refratado rasante à superfície.

n MAIOR n MENOR
n MAIOR
n MENOR

CÁLCULO DO ÂNGULO LIMITE

n SENL  MENOR n MAIOR
n
SENL 
MENOR
n
MAIOR

2.1 - REFLEXÃO TOTAL:

Ocorre quando:

  • 1 O ângulo de incidência ultrapassa o ângulo limite ( i>L)

  • 2 O raio incidente se dirige para o meio menos refringente( menor índice de refração).

2. ÂNGULO LIMITE (L): Corresponde ao ângulo de incidência para o qual se obtém um raio
  • 3. APLICAÇÕES DA APLICAÇÃO TOTAL

Fibras óticas: são feitas de material flexível e transparente, no interior do qual caminha a luz. A luz fica confinada no interior da fibra em decorrência do fenômeno da reflexão total.

2. ÂNGULO LIMITE (L): Corresponde ao ângulo de incidência para o qual se obtém um raio
  • MIRAGEM: A reflexão total também explica a miragem. Quando o dia está muito quente no deserto ou em uma estrada asfaltada, o ar próximo ao asfalto ou à areia apresenta densidade menor que nas camadas superiores. A luz, que parte de um objeto, sofre refrações sucessivas e quando chega às camadas de ar próximas às superfícies do asfalto ou do areia, sofre reflexão total, fazendo com que essas superfícies funcionem como espelhos. Esses raios refletidos serão responsáveis pela formação de imagem (sem nitidez), vista por um observador. Essa formação de imagem na estrada; dá a impressão de que tem uma poça d'água na estrada.

2. ÂNGULO LIMITE (L): Corresponde ao ângulo de incidência para o qual se obtém um raio

EXERCICIOS

1- (UEL-PR) As fibras ópticas são largamente utilizadas nas telecomunicações para a transmissão de dados. Nesses materiais, os sinais são transmitidos de um ponto ao outro por meio de feixes de luz que se propagam no interior da fibra, acompanhando sua curvatura. A razão pela qual a luz

pode seguir uma trajetória não-retilínea na fibra óptica é consequência do fenômeno que ocorre quando da passagem de um raio de luz de um meio, de índice de refração maior, para outro meio, de índice de refração menor. Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, indique a alternativa que apresenta os conceitos ópticos necessários para o entendimento da propagação “não-retilínea” da luz em fibras ópticas.

  • a) Difração e foco.

  • b) Reflexão total e ângulo-limite.

  • c) Interferência e difração.

d) Polarização e plano focal.

e) Imagem virtual e foco.

  • 2 - (UFMG) O princípio básico de funcionamento de uma fibra óptica consiste em colocar um material X, com índice de refração n x , no interior de outro material Y, com índice de refração n y . Um feixe de luz que incide em uma extremidade de X atravessa para a outra extremidade, sem penetrar no material Y, devido a múltiplas reflexões totais. Essa situação está ilustrada na figura.

EXERCICIOS 1- (UEL-PR) As fibras ópticas são largamente utilizadas nas telecomunicações para a transmissão de dados.

Para que isto aconteça, é necessário que

  • a) c) n x = n y .

n x <n y .

  • b) d) n x >n y .

n x = 0.

  • 3 - Uma fibra óptica é uma estrutura cilíndrica feita de vidro, constituída, basicamente, de dois materiais diferentes, que compõem o núcleo e a casca, como pode ser visto em corte na figura a seguir.

EXERCICIOS 1- (UEL-PR) As fibras ópticas são largamente utilizadas nas telecomunicações para a transmissão de dados.

Sua propriedade de guiamento dos feixes de luz está baseada no mecanismo da reflexão interna total da luz que ocorre na interface núcleo-casca. Designando porn(núcleo) e n(casca) os índices de refração do núcleo e da casca, respectivamente, analise as afirmações a seguir, que discutem as condições para que ocorra a reflexão interna total da luz.

  • I. n(núcleo) > n(casca).

II. Existe um ângulo L, de incidência na interface núcleo-casca, tal que sen(L) = n (casca) /n (núcleo).

III. Raios de luz com ângulos de incidência > L sofrerão reflexão interna total, ficando presos dentro do núcleo da fibra. Analisando as afirmações, podemos dizer que:

  • a) somente I está correta.

  • b) somente I e II estão corretas.

  • c) somente I e III estão corretas.

  • d) todas estão corretas.

  • e) nenhuma se aplica ao fenômeno da reflexão interna total da luz em uma fibra óptica.

(Adaptado de Karine Rodrigues. http:www.estadão.com.br/ciência/notícias/20 4/julho/15)

A transmissão de raios laser através de uma fibra óptica é possível devido ao fenômeno da

  • a) refração.

d) interferência.

  • b) difração.

e) reflexão total.

  • c) polarização.

5 - (UFRN) Uma fibra ótica, mesmo encurvada, permite a propagação de um feixe luminoso em seu interior, de uma extremidade à outra, praticamente sem sofrer perdas (veja a figura abaixo).

(Adaptado de Karine Rodrigues. http:www.estadão.com.br/ciência/notícias/20 4/julho/15) A transmissão de raios laser através de uma fibra óptica

A explicação física para o fato acima descrito é a seguinte:

Como o índice de refração da fibra ótica, em relação ao índice de refração do ar, é

  • a) baixo, ocorre a reflexão interna total.

  • b) alto, ocorre a reflexão interna total.

  • c) alto, a refração é favorecida, dificultando a saída do feixe pelas laterais.

  • d) baixo, a refração é favorecida, dificultando a saída do feixe pelas laterais.