Você está na página 1de 4

NOVE EM DIA

Informativo mensal do Hospital 9 de Julho . Agosto de 2009 . Ano 01 . Nº 03

Conselho de Administração
Estamos atravessando um momento de intensas mudan-
ças no Hospital 9 de Julho. Este período está apenas come-
çando e exige esforço e habilidade adicionais para que ser
atravessado de maneira segura. É preciso que cada um de
nós conheça os objetivos e onde pretendemos chegar.
Assim entenderemos as obras e reformas como par-
te do plano estratégico que posiciona o Hospital 9 de
Julho entre as principais instituições de saúde do País.
Já foram concluídas as reformas de dois andares, par-
cialmente a de outros dois, 10 novos leitos de terapia in-
tensiva, novo restaurante e coffee shop, novo auditório,
Espaço Médico, recepção do térreo, agência bancária,
diretorias clínica e geral, além da reforma no laboratório.
Também faremos a ampliação da emergência e da recepção
da Rua Peixoto Gomide, além da reforma do SID.
Estamos na fase de projeto de novos leitos de aparta-
mento no bloco D, da criação de uma UTI Pediátrica, do Imaginem como estaremos ao final de todo esse proces-
Centro de Medicina Especializada no prédio adquirido a so! Um novo Nove, preparado para atender nossos clien-
400 metros do Hospital, da nova fachada e da nova torre tes em qualquer situação.
que será erguida na área ocupada pela Ressonância e pelo Dr. Charles Souleyman Al Odeh
antigo Bioclínico. Diretor Presidente do Hospital 9 de Julho

Atuação no combate à gripe A H1N1 Saiba mais sobre


a gripe A H1N1
Em julho, o Hospital 9 de Julho ade- aos suspeitos/portadores da doença e
riu à proposta da Secretaria de Esta- preserva os demais pacientes. Esse flu- Para esclarecer possíveis dúvi-
xo consiste no atendimento prioritário das sobre a gripe A H1N1, também
do da Saúde para integrar a rede de
de pacientes suspeitos, triagem, enca- conhecida como gripe suína, as
atendimento de pacientes com gripe
minhamento para sala de isolamento, equipes de epidemiologia e in-
A H1N1. Por se tratar de um hospital
fectologia do Hospital 9 de Julho
geral, com foco em alta complexidade, coleta do exame e internação (em ca-
prepararam um material especial
não foram necessários investimentos sos mais graves).
com dados relevantes sobre essa
em novos materiais e equipamentos, Todas as medidas adotadas pelo
nova doença. Informações como
por exemplo. Hospital estão de acordo com o pro-
os tipos de gripe, formas de contá-
Para atender todas as pessoas que tocolo de procedimentos estabelecido
gio, sintomas, riscos, diagnóstico
procuram o nosso pronto socorro, reali- pelo Ministério da Saúde.
e orientações podem ser encon-
zamos uma adequação no fluxo desses Dr. Camilo Helito Neto tradas no encarte especial desta
pacientes, que prioriza o atendimento Diretor Clínico do Hospital 9 de Julho edição. Boa leitura!
2 . NOVE EM DIA

I-Nove com o Nove


Processos de mudanças têm sido a base de gestão do Novo
Nove, sendo que mudar significa sair da zona de conforto, o
que pode ser inconveniente para muitos.
Uma outra característica que pode dificultar as mudanças
é o que chamamos de inércia ativa, a qual significa usarmos
modelos (ou qualquer prática gerencial) que deram certo no
passado e acharmos que darão certo no presente e até mesmo
no futuro.
Poderíamos quase que afirmar que isto é impossível,
pois o mercado (ambiente externo) e as necessidades de
desenvolvimento (ambiente interno) não são estáticos, logo,
a inércia é uma grande barreira para o desenvolvimento e
aprimoramento das capacitações.
Inovar, que pelo dicionário Houaiss significa “introduzir
meira instituição hospitalar a usar essa mídia de comunicação.
novidade; fazer algo como não era feito antes”, é uma das
De fato queremos estar perto de todos aqueles que poderão
maiores dificuldades dos profissionais e das empresas. Para tal,
contribuir com o nosso desenvolvimento, com o mercado, pro-
precisamos desenvolver a criatividade, ver as coisas de uma
vendo, no mínimo, uma informação qualificada.
outra forma, enfim fazer algo novo e diferente!
Parece algo muito simples, mas nunca tinha sido feito antes.
Introduzimos essas inovações por meio da comunicação
Logo, vamos inovar!
com o mercado, com nosso novo Blog.
Estamos sendo pioneiros, pois o Hospital 9 de Julho é a pri- Luiz de Luca - Superintendente Geral do Hospital 9 de Julho

Inovação no Centro de Dor se consolida como


o mais completo na especialidade

atendimento Acupuntura, fisiatria, fisioterapia, psiquiatria, odontologia,


neurocirurgia e ortopedia. Essas são algumas das especialida-
des reunidas no Centro de Dor e Neurocirurgia Funcional do
Com o intuito de inovar e se antecipar às necessi- Hospital 9 de Julho, que conta com mais de 40 profissionais
dades dos pacientes, a área de Hotelaria do Hospital atuando de forma integrada.
9 de Julho está oferecendo o serviço de Televisita, Na área da Dor, o Centro reúne diversas técnicas terapêuticas
que permite que familiares e amigos que não podem em apoio ao tratamento medicamentoso e cirúrgico, tornando
a recuperação do paciente mais rápida e confortável. Um
se deslocar até o Hospital realizem uma visita virtu-
dos destaques do serviço é o biofeedback, que alia a análise
al, por meio de internet, ao paciente internado.
psicológica a programas de computação para identificar os
Esse serviço faz parte da política de humanização
processos que geram ou potencializam a dor.
no atendimento e reforça o compromisso da institui-
Em 2009, pela segunda vez consecutiva, o Centro de Dor
ção com o bem-estar e a satisfação do paciente. alinha-se à IASP - International Association For the Study of Pain
A Televisita pode ser utilizada por qualquer pes- (USA), lançando o programa Viva Sem Dor. Trata-se de uma
soa internada no Hospital e tem duração de cerca campanha que promo-
de 30 minutos. “Nosso objetivo é conciliar saúde ve ações gratuitas com
com o ato de hospedar bem, oferecendo o mesmo foco no tratamento da
conforto que o paciente tem em sua casa”, afirma dor oncológica. Para
Veridiana Corrêa, gerente de Hotelaria. Atualmente, mais detalhes, acesse
o hospital tem capacidade para realizar um total de w w w.centrodedor.
720 televisitas por mês. com.br/vivasemdor.
NOVE EM DIA . 3

Método tracer Ações para evitar reações


adversas a medicamentos
de avaliação em hospitais
A farmacovigilância se baseia nas atividades relati-
vas à detecção, avaliação, compreensão e prevenção
de efeitos adversos ou quaisquer outros possíveis pro-
blemas causados pelo uso de medicamentos.
De acordo com informações do Datasus, cerca de
5% das internações ocorrem por conta de interações
medicamentosas e 15% dos pacientes internados
apresentam reações aos medicamentos.
Por conta disso, a área de Assistência Farmacêutica
do Hospital 9 de Julho em conjunto com a Comissão
de Farmacovigilância realizou um estudo com base no
levantamento de notificações de suspeitas de reações
a medicamentos, durante 2008.
A classe de medicamentos que mais ocasionou
rea­ções foi a de antibióticos seguida de antisecretores
e anticonvulsivantes.
Após a realização do estudo, com o intuito de
intensificar as notificações de suspeita e promover
um aperfeiçoamento contínuo no processo de far-
O Hospital 9 de Julho implantou o Método Tracer de macovigilância, foram implementadas ações como
Avaliação, que consiste na análise do prontuário do paciente treinamento dos profissionais médicos, de farmácia e
como meio de rastreabilidade dos processos assistenciais; de enfermagem, organização de reuniões para divul-
seguindo o fluxo do atendimento, passando pela recepção do gação e acompanhamento dos resultados, além de
paciente, preparação para a assistência, processo assistencial mudança dos processos, como a entrega de um car-
e saída/alta. tão para o paciente alérgico ter a informação e poder
Os principais focos de análise do Método Tracer são a comu- prevenir tais reações em outros atendimentos.
nicação entre processos, a comunicação entre profissionais, a
estratificação de riscos, as informações oferecidas ao paciente,
a continuidade do cuidado (sequência do tratamento da entra-
da até a saída) e a adesão aos protocolos clínicos já implanta-
dos na instituição.
Este método de avaliação é parte integrante do processo
Protocolos assistenciais e
de melhoria contínua do Hospital 9 de Julho e apresenta uma excelência no atendimento
forma sistemática de avaliar os cuidados prestados. O objetivo
principal é verificar se os cuidados estão acontecendo em uma Para manter seu padrão de excelência, o Hospital
sequência lógica, multiprofissional, com consentimento do pa- 9 de Julho desenvolve Protocolos assistenciais para
ciente e dentro do fluxo assistencial, de acordo com os crité- garantir boas práticas médicas. Esses protocolos
rios de qualidade previamente estabelecidos na instituição. têm como objetivo revisar as diretrizes clínicas
As equipes são formadas por profissionais ligados direta- no tratamento de doenças mais comuns ou mais
mente à assistência e devem ter, no mínimo, um representante graves, além de adaptar essas normas à rotina diária
médico e um enfermeiro. Nutricionistas, fisioterapeutas e far- de atendimento. Mensalmente, os indicadores do
macêuticos também fazem parte das equipes. programa são compilados, divulgados e discutidos
O Hospital 9 de Julho conta, atualmente, com 11 equipes com as equipes envolvidas para garantir e
multiprofissionais que fazem a avaliação de, no mínimo, um estimular uma melhoria contínua nos atendimentos
prontuário por mês. Os resultados obtidos são tabulados pelo prestados. Há cerca de dois anos, o Hospital 9 de
Departamento de Gestão da Qualidade e Riscos e, a partir Julho faz parte do grupo de melhores práticas
desta tabulação, são elaborados planos de melhorias em con- assistenciais da ANAHP (Associação Nacional de
junto com as áreas afins. Hospitais Privados).
4 . NOVE EM DIA

Por dentro do PAC9: Hospital 9 de Julho


lança blog institucional
GruPAC cuidados paliativos O Hospital 9 de Julho lança blog institucio-
nal para promover maior interatividade com
Há dois anos foi criado o GruPAC - Cuidados Paliativos, fruto da seus públicos, permitindo que eles conheçam e
iniciativa de médicos empenhados em introduzir e divulgar no Hospi- participem das atividades da instituição, tendo
tal conceitos e práticas desta área. Atualmente o grupo também con- acesso a conteúdos de qualidade sobre saúde.
ta com a participação de profissionais de enfermagem, fisioterapia e A iniciativa é pioneira no segmento hospitalar
nutrição, para oferecer tratamento focado na qualidade de vida de e destaca o Hospital 9 de Julho entre os princi-
pais hospitais do País.
todos pacientes - e não apenas aqueles sem perspectiva de cura.
De acordo com o Comitê Gestor da Internet
O GruPAC - Cuidados Paliativos possui três pilares de atuação:
no Brasil (CGI), cerca de 80% dos internautas
controle dos sintomas, comunicação eficaz com o paciente e a famí-
acessam a web em busca de informações, o
lia, e suporte emocional e humanização no atendimento. De acordo que consagra a Internet como uma das princi-
com o Dr. Marcelo Levites, médico de família e integrante do grupo, pais fontes de pesquisa da população brasileira
vários pacientes tornam-se dependentes de outras pessoas na fase adulta. Seguindo esta tendência, o blog “Por
final da vida e, em geral, queixam-se muito de dores e mal-estar. dentro do Hospital 9 de Julho” (www.pordentro
“Nosso trabalho consiste em amenizar o sofrimento e auxiliar os do9dejulho.com.br) traz posts sobre os temas
cuidadores nestes momentos de dificuldade”, explica. de relevância em saúde mais buscados na
Dentre as ações implementadas por este grupo está a definição web, conteúdo multimídia, novidades sobre o
do fluxo assistencial em Cuidados Paliativos, de forma a dar apoio Hospital e links para as demais iniciativas da
aos demais profissionais originalmente responsáveis pelo atendi- instituição nas redes sociais, sempre com uma
mento aos pacientes. Outra atividade planejada para acontecer ain- linguagem clara, objetiva e de fácil acesso.
da este ano é a organização do I Simpósio de Cuidados Paliativos,
parceria do GruPAC com a SOBRAMFA - Sociedade Brasileira de
Medicina de Família.
Todo colaborador pode fazer parte deste ou de outros GruPACs.
Basta se inscrever diretamente no Centro de Estudos.
EXPEDIENTE
O Jornal NOVE EM DIA é uma publicação
mensal do Hospital 9 de Julho.
Rua Peixoto Gomide, 625 - Cerqueira César

Mudanças na infraestrutura 01409-902 - São Paulo - SP | 11 3147-9999


www.h9j.com.br | comunicacao@h9j.com.br
Conselho Editorial
Acompanhe o trabalho da área de Engenharia para garantir a Superintendência Geral: Luiz de Luca
entrega das mudanças no prazo e aprimorar a atuação do Hospital Superintendência Comercial e Marketing:

-
Roberto Rovigatti
como um todo. Veja abaixo as obras já entregues no mês de julho: Superintendência Recursos Humanos: Dete Furlan
Novo Espaço Médico no Térreo da ala A, mais amplo e confortável Gerência de Marketing: Flávia Pascoal Cintra
para o corpo clínico e com facilidades como telefone, acesso à Projeto Editorial e Gráfico:

-
internet e impressoras; 808 Comunicação e Design
Jornalista Responsável: Paulo Figueiredo,
Central de atendimento e gerência do Banco Real no Térreo da Mtb. 1875/80 (A4 Comunicação)

--
ala A; Redação e Revisão: Natália Yoshie e Ana Paula
Laboratório Sérgio Franco no 4º andar da ala B; Sartori (A4 Comunicação)

Área administrativa da Neurologia, Educação Continuada e Centro Colaboraram nesta edição:


Ana Paula Mikulenas (Epidemiologia); Andréia Cordeiro
de Estudos, na casa localizada na rua Peixoto Gomide, 527. (Assistência farmacêutica); Denise Sousa (Centro de
Estudos); Dr. Camilo Helito Neto; Dr. Cláudio Corrêa;
Além disso, algumas reformas foram iniciadas em julho e serão Dr. Gustavo Johanson; Dr. Marcelo Levites; Dr. Ricardo

-
entregues em breve, como: Bamman; Dra. Roberta Frota Villas Boas; Luciano
Fisioterapia e Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) no Gehrke (Engenharia); Mariana Vendemiatti (Qualidade);

-
Veridiana Corrêa (Hotelaria); Amanda Di Nardo
Térreo da ala D - previsão de entrega na primeira semana de agosto; Fruehling (Marketing)
Serviço de Investigação Diagnóstica (SID) no 5º andar da ala C - Tiragem: 2 mil Jornais | 1,5 mil Cadernos RH
previsão de entrega no início de setembro. Impressão: LJM Gráfica e Editora LTDA