Você está na página 1de 46
Diário Oficial Prefeitura Municipal de Camaçari - Ano XI - Nº 528 de 10 a

Diário Oficial

Prefeitura Municipal de Camaçari - Ano XI - Nº 528 de 10 a 16 de Agosto de 2013

Camaçari - Ano XI - Nº 528 de 10 a 16 de Agosto de 2013 Atos

Atos do Poder Executivo

DECRETOS

10 a 16 de Agosto de 2013 Atos do Poder Executivo DECRETOS DECRETO Nº 5415/ 2013
10 a 16 de Agosto de 2013 Atos do Poder Executivo DECRETOS DECRETO Nº 5415/ 2013

DECRETO Nº 5415/ 2013 DE 12 DE AGOSTO DE 2013.

“Aprova o Projeto Urbanístico denominado Loteamento Terras Alphaville Camaçari Fase 02, a ser implantado em uma área de 328.153,10m² na via Abrantes, BA-522, km 02, Distrito de Camaçari, neste Município e dá outras providências.”

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, que lhe confere o art. 94, inciso XXI, da Lei Orgânica do Município, e com fulcro no Decreto Lei nº 3365/1941, tendo em vista o quanto consta no Processo Administrativo nº 09856/2013 de 14 de maio de

2013,

DECRETA Art. 1º - Fica aprovado o Projeto Urbanístico denominado Loteamento Terras Alphaville Camaçari Fase 02, situado na via Abrantes, BA-522, km 02, Distrito de Camaçari, neste Município. §1º- O empreendimento indicado no caput deste artigo será implantado numa área de 328.153,10m², (trezentos e vinte e oito mil, cento e cinquenta e três metros quadrados e dez decímetros quadrados). §2º - O imóvel descrito no parágrafo anterior encontra-se registrado no Cartório do 2º Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de Camaçari, neste Estado, sob nº de matrícula 18.927, prenotado em 19 de junho de 2013. §3º - O empreendimento destina-se à implantação de um empreendimento denominado Terras Alphaville Camaçari Fase 02, do tipo loteamento, composto de 604 lotes residenciais, 12 lotes comerciais, e 1 lote destinado à Associação de Moradores, distribuídos em 37 quadras, possuindo o seguinte quadro de áreas: Área Líquida com 328.153,10m², área de lotes residenciais com 184.379,60m², área de lotes comerciais com 7.970,86m², área destinada à Associação de Moradores com 1.228,26m², área pública com 134.574,38m² (área de sistema viário com 67.449,23m², correspondente a 20,56%, área de equipamento urbano com 1.451,28m², correspondente a 0,44%, e áreas verdes com 65.673,87m², correspondente a

20,01%).

Art. 2º - Os parâmetros urbanísticos e requisitos técnicos de projeto são objeto do Termo de Acordo e Compromisso entre a Municipalidade e a proprietária do imóvel. Art. 3º - Este Decreto entra em vigor na data da sua publicação, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, 12 DE AGOSTO DE 2013.

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

ANA LÚCIA BASTOS DE ARAÚJO COSTA SECRETÁRIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO

DECRETO Nº 5416/2013 DE 14 DE AGOSTO DE 2013

“Concede os benefícios de isenção da Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) e dá Outras Providências”.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais e considerando o disposto no art. 20 da Lei Municipal nº 1101, de 13 de setembro de 2010, e o teor do Processo Administrativo nº 01775/2013, de 28 de janeiro de 2013,

DECRETA

Art. 1º - Fica concedida a isenção da Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) à empresa ACINOR INSPEÇÕES E SERVIÇOS TECNICOS, estabelecida na Rua Décima do Parque, nº 51, casa, Gleba B – Camaçari/BA, inscrito no Cadastro Geral de Atividades CGA nº 0008536/001, e Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda – CNPJ/MF nº 02.829.410/0001-75, conforme permissivo legal previsto no art. 20, inciso II, da Lei Municipal nº 1101, de 13 de setembro de 2010, nos seguintes moldes:

a) Isenção de 100% para o mês de janeiro do exercício de

2013.

b) Redução de 50% para os meses de fevereiro a dezembro

do exercício 2013 e exercícios subsequentes a partir de

2014.

Art. 2º - O ato será revogado imediatamente quando ausentes os motivos ensejadores da isenção concedida. Art. 3º - Este Decreto produzirá seus efeitos, a partir da data do seu requerimento de 28 de janeiro de 2013, com amparo no art. 52, §2º, da Lei nº 1039, de 16 de dezembro de 2009.

Art. 4º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

GABINETE DO PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 14 DE AGOSTO DE 2013.

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS Prefeito

CAMILO PINTO DE FARIA LIMA E SILVA Secretário da Fazenda

PÁGINA 02 - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI DECRETO Nº 5417/2013 DE 14
a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI DECRETO Nº 5417/2013 DE 14

DECRETO Nº 5417/2013 DE 14 DE AGOSTO DE 2013

“Concede os benefícios de isenção da Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) e dá Outras Providências”.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais e considerando o disposto no art. 20 da Lei Municipal nº 1101, de 13 de setembro de 2010, e o teor do Processo Administrativo nº 05203/2012, de 26 de março de 2012.

DECRETA

Art. 1º - Fica concedida a isenção da Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) à empresa ADRIANA COSTA DE OLIVEIRA DE CAMAÇARI, estabelecida na Rua Filorgonio de Oliveira, nº 02 A, Barra de Pojuca – Camaçari/BA, inscrito no Cadastro Geral de Atividades CGA nº 9215/001, e Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda – CNPJ/MF nº 03.426.287/0001-04, conforme permissivo legal previsto no art. 20, inciso II, da Lei Municipal nº 1101, de 13 de setembro de 2010, nos seguintes moldes:

a) Isenção de 50% para os meses de abril a dezembro do

exercício de 2012.

b) Isenção de 50% para os exercícios subseqüentes a partir

de 2013.

Art. 2º - O ato será revogado imediatamente quando ausentes os motivos ensejadores da isenção concedida. Art. 3º - Este Decreto produzirá seus efeitos, a partir da data do seu requerimento de 26 de Março de 2012, com amparo no art. 52, §2º, da Lei nº 1039, de 16 de dezembro de 2009.

Art. 4º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

GABINETE

CAMAÇARI, EM 14 DE AGOSTO DE 2013.

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS Prefeito

CAMILO PINTO DE FARIA LIMA E SILVA Secretário da Fazenda

DECRETO Nº 5418/2013 DE 14 DE AGOSTO DE 2013

“Concede os benefícios de isenção da Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) e dá Outras Providências”.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais e considerando o disposto no art. 20 da Lei Municipal nº 1101, de 13 de setembro de 2010, e o teor do Processo Administrativo nº 24322/2012, 19 de dezembro de 2012.

DECRETA

Art. 1º - Fica concedida a isenção da Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) à empresa AILTON DA SILVA SANTOS DE CAMAÇARI - ME, estabelecida na Rua Dias D'Ávila, nº 03, Inocoop – Camaçari/BA, inscrito no Cadastro Geral de Atividades CGA nº 26954/001, e Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda – CNPJ/MF nº 16.682.829/0001-51, conforme permissivo legal previsto no art. 20, inciso II, da Lei Municipal nº 1101, de 13 de setembro de 2010, nos seguintes moldes:

a) Isenção de 100% para exercício de 2013.

b) Isenção de 50% para os exercícios subsequentes a partir

de 2014.

Art.2º - O ato será revogado imediatamente quando ausentes os motivos ensejadores da isenção concedida.

Art. 3º - Este Decreto produzirá seus efeitos, a partir da data do seu requerimento de 19 de dezembro de 2012, com amparo no art. 52, §2º, da Lei nº 1039, de 16 de dezembro de

2009.

Art. 4º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

GABINETE

CAMAÇARI, EM 14 DE AGOSTO DE 2013.

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS Prefeito

CAMILO PINTO DE FARIA LIMA E SILVA Secretário da Fazenda

DECRETO Nº 5419/2013 DE 14 DE AGOSTO DE 2013

“Concede os benefícios de isenção da Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) e dá Outras Providências”.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais e considerando o disposto no art. 20 da Lei Municipal nº 1101, de 13 de setembro de 2010, e o teor do Processo Administrativo nº 08393/2012, 03 de maio de 2012.

DECRETA

Art. 1º - Fica concedida a isenção da Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) à empresa ALEXANDRO SANTOS PIMENTEL - ME, estabelecida na Avenida Radial A, s/n, Camaçari de Dentro – Camaçari/BA, inscrito no Cadastro Geral de Atividades CGA nº 0021442001/001, e Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda – CNPJ/MF nº 10.986.449/0001-24, conforme permissivo legal previsto no art. 20, inciso II, da Lei Municipal nº 1101, de 13 de setembro de 2010, nos seguintes moldes:

a) Isenção de 100% para os meses de janeiro a maio do exercício de 2012.

b) Isenção de 50% para os meses de junho a dezembro do

exercício de 2012 e exercícios subsequentes a partir de

2013.

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº

528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 03

XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 03
XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 03

Art. 2º - O ato será revogado imediatamente quando ausentes os motivos ensejadores da isenção concedida. Art. 3º - Este Decreto produzirá seus efeitos, a partir da data do seu requerimento de 03 de maio de 2012, com amparo no art. 52, §2º, da Lei nº 1039, de 16 de dezembro de 2009.

Art. 4º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

GABINETE

CAMAÇARI, EM 14 DE AGOSTO DE 2013.

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS Prefeito

CAMILO PINTO DE FARIA LIMA E SILVA Secretário da Fazenda

DECRETO Nº 5420/2013 DE 14 DE AGOSTO DE 2013

“Concede os benefícios de isenção da Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) e dá Outras Providências”.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais e considerando o disposto no art. 20 da Lei Municipal nº 1101, de 13 de setembro de 2010, e o teor do Processo Administrativo nº 08019/2012, de 27 de abril de 2012.

DECRETA

Art. 1º - Fica concedida a isenção da Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) à empresa CSMR Engenharia Ltda - ME, estabelecida na Avenida Radial A, nº 90, Edif. Radial Centro Emp. Sala 103, Centro – Camaçari/BA, inscrito no Cadastro Geral de Atividades – CGA nº 21992/001, e Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda – CNPJ/MF nº 11.927.552/0001- 66, conforme permissivo legal previsto no art. 20, inciso II, da Lei Municipal nº 1101, de 13 de setembro de 2010, nos seguintes moldes:

a) Isenção de 50% para os meses de maio a dezembro do

exercício de 2012.

b) Isenção de 50% para os exercícios subseqüentes a partir

de 2013.

Art. 2º - O ato será revogado imediatamente quando ausentes os motivos ensejadores da isenção concedida. Art. 3º - Este Decreto produzirá seus efeitos, a partir da data do seu requerimento de 27 de abril de 2012, com amparo no art. 52, §2º, da Lei nº 1039, de 16 de dezembro de 2009.

Art. 4º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

GABINETE

CAMAÇARI, EM 14 DE AGOSTO DE 2013.

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS Prefeito

CAMILO PINTO DE FARIA LIMA E SILVA Secretário da Fazenda

DECRETO Nº 5421/2013 DE 14 DE AGOSTO DE 2013

“Concede os benefícios de isenção da Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) e dá Outras Providências”.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais e considerando o disposto no art. 20 da Lei Municipal nº 1101, de 13 de setembro de 2010, e o teor do Processo Administrativo nº 07571/2012, de 24 de abril de 2012.

DECRETA

Art. 1º - Fica concedida a isenção da Taxa de Fiscalização de Funcionamento (TFF) à empresa Daniel Barbosa da Silva, estabelecida na Rua Marte, nº 27, Box,Gravatá – Camaçari/BA, inscrito no Cadastro Geral de Atividades CGA nº 14667/001, e Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda – CNPJ/MF nº 08.109.736/0001-04, conforme permissivo legal previsto no art. 20, inciso II, da Lei Municipal nº 1101, de 13 de setembro de 2010, nos seguintes moldes:

a) Isenção de 100% para os meses de janeiro a abril do

exercício de 2012.

b) Isenção de 50% para os meses de maio a dezembro de

2012 e exercícios subsequentes a partir de 2013.

Art. 2º - O ato será revogado imediatamente quando ausentes os motivos ensejadores da isenção concedida. Art. 3º - Este Decreto produzirá seus efeitos, a partir da data do seu requerimento de 24 de abril de 2012, com amparo no art. 52, §2º, da Lei nº 1039, de 16 de dezembro de 2009.

Art. 4º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

GABINETE

CAMAÇARI, EM 14 DE AGOSTO DE 2013.

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS Prefeito

CAMILO PINTO DE FARIA LIMA E SILVA Secretário da Fazenda

DECRETO N.º 5422/2013 DE 16 DE AGOSTO DE 2013

Autoriza, com base nos termos contidos no Processo Administrativo nº 16329/2013, a titular da Secretaria da Administração a proceder a abertura de processo seletivo simplificado, para seleção de candidatos para preenchimento de funções temporárias da Secretaria da Saúde do Município de Camaçari.

O PREFEITO DO MUNICIPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais,

PÁGINA 04 - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI DECRETA Art. 1º. Fica a
a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI DECRETA Art. 1º. Fica a

DECRETA

Art. 1º. Fica a titular da Secretaria Municipal da Administração autorizada a promover, em caráter emergencial, os atos necessários para a seleção de candidatos, através de processo simplificado, para o preenchimento temporário de vagas na Secretaria da Saúde, que demandam o suprimento imediato de mão de obra, para assegurar a continuidade da prestação dos serviços já existentes.

Art. 2º. Todos os dados e informações necessárias a realização do referido processo deverão ser fornecidas à Secretaria da Administração, de acordo com os prazos e condições requeridas, atendidas as exigências estabelecidas no art. 9º da Lei n.º 683/2005, alterada pela Lei n.º 783, de 04/05/2007 e pela Lei n.º 981, de 13/05/2009.

Parágrafo único. Para todos os fins do presente Decreto, são correspondentes entre si as siglas e as definições por extenso abaixo indicadas:

I. PSS – Processo Seletivo Simplificado

II. CPSS – Comissão de Processo Seletivo Simplificado

III. SECAD – Secretaria Municipal da Administração

IV. SESAU – Secretaria Municipal da Saúde

Art. 3º. Fica constituída no âmbito da SECAD, a Comissão responsável pela realização do Processo Seletivo Simplificado, com a seguinte composição:

I – Eunice Oliveira dos Santos Cavalcante

Carneiro, cad. 2782-4 – SECAD;

II – Fabrício de Carvalho Pereira, cad. 39033-8

– SECAD;

III – Wadna Cheile Melo Aragão, cad. 60611-5 –

SECAD;

IV – Luciana Maria de Santana Benício, Cad. 60667-2 – SESAU; e

V – Salete da Conceição Souza, cad. 60655-5

– SESAU;

Parágrafo Único – A Comissão de que trata o caput deste artigo será presidida pela Servidora Eunice Oliveira dos Santos Cavalcante Carneiro, cad. 2782-4 – SECAD

Art. 4º. Os membros da CPSS de que trata esta norma exercerão suas atividades com estrita observância do quanto estabelecido na Lei nº 683/2005 e alterações posteriores.

Art. 5º. Fica estabelecido o prazo máximo de 60 (sessenta) dias da data da publicação deste ato para o cumprimento da presente determinação.

Art. 6º. Este Decreto entra em vigor

publicação, revogadas as disposições contrárias.

na

data de sua

GABINETE

CAMAÇARI, EM 16 DE AGOSTO DE 2013.

DO

PREFEITO

DO

MUNICIPIO

DE

Ademar Delgado das Chagas Prefeito Municipal

Lezineide Andrade C. Santos Secretária Municipal da Administração

DECRETO Nº. 5423/2013 DE 16 DE AGOSTO DE 2013

Altera o Decreto n° 5363/2013 que nomeia Comissão para realização de Concurso Público, alterado pelo Decreto 5384/2013 e dá outras providências.

O PREFEITO MUNICIPAL DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais e com fulcro no quanto dispõe a Lei Orgânica Municipal e,

DECRETA

Art. 1º Altera o Art. 1° do Decreto n° 5384/2013, substituindo na composição da Comissão para realização de Concurso Público o servidor Felipe Pereira Freitas Pinheiro, Cad. 62651-7, pela servidora Leda Maria Figueiredo, matrícula n° 4106-9, lotados na Secretaria da Administração – SECAD.

Art. 2° Este Decreto entra em vigor publicação.

na data

de

sua

GABINETE

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

CAMAÇARI, EM 16 DE AGOSTO DE 2013.

Ademar Delgado das Chagas Prefeito Municipal

Lezineide Andrade C. Santos Secretária Municipal da Administração

DECRETO DE 29 DE JULHO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município, com fundamento no Art. 20, §1º e §2º da Lei nº. 874/2008 de 04 Abril de 2008,e informações constantes no processo administrativo nº 11334/2013 .

RESOLVE

Conceder a extensão da jornada de trabalho para a servidora CELINE MARIA SOUZA DA SILVA , matrícula nº62462-4, Assistente Administrativo lotada na Secretaria da Educação/SEDUC,de 30 para 40 horas semanais, a partir da data da publicação deste decreto.

GABINETE

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

CAMAÇARI, EM 29 DE JULHO 2013.

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 05

XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 05
XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 05

DECRETO DE 29 DE JULHO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município, com fundamento no Art. 20, §1º e §2º da Lei nº. 874/2008 de 04 Abril de 2008,e informações constantes no processo administrativo nº 11340/2013 .

RESOLVE

Conceder a extensão da jornada de trabalho para a servidora MÁRCIA MARIA GÓES CUNHA, matrícula nº4039-9, Assistente Administrativo, lotado na Secretaria da Educação/SEDUC,de 30 para 40 horas semanais, a partir da data da publicação deste decreto.

GABINETE

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

CAMAÇARI, EM 29 DE JULHO 2013.

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

DECRETO DE 29 DE JULHO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município, com fundamento no Art. 20, §1º e §2º da Lei nº. 874/2008 de 04 Abril de 2008,e informações constantes no processo administrativo nº 11338/2013 .

RESOLVE

Conceder a extensão da jornada de trabalho para a servidora CRISTINA GLADS DIAS DA COSTA, matrícula nº7918-0, Assistente Administrativo, lotado na Secretaria da Educação/SEDUC,de 30 para 40 horas semanais, a partir da data da publicação deste decreto.

GABINETE

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

CAMAÇARI, EM 29 DE JULHO 2013.

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

DECRETO DE 29 DE JULHO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do

Município, com fundamento no Art. 20, §1º e §2º da Lei nº. 874/2008 de 04 Abril de 2008,e informações constantes no processo administrativo nº 11363/2013 .

RESOLVE

Conceder a extensão da jornada de trabalho para a servidora SUZANA PINHO SILVA, matrícula nº8831-3, Merendeira, lotada na Secretaria da Educação/SEDUC,de 30 para 40 horas semanais, a partir da data da publicação deste decreto.

GABINETE

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

CAMAÇARI, EM 29 DE JULHO 2013.

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

DECRETO DE 29 DE JULHO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município, com fundamento no Art. 20, §1º e §2º da Lei nº. 874/2008 de 04 Abril de 2008,e informações constantes no processo administrativo nº 11366/2013 .

RESOLVE

Conceder a extensão da jornada de trabalho para a servidora MARIA DA PENHA NUNES BATISTA, matrícula nº2870-8, Auxiliar Técnico, lotada na Secretaria da Educação/SEDUC,de 30 para 40 horas semanais, a partir da data da publicação deste decreto.

GABINETE

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

CAMAÇARI, EM 29 DE JULHO 2013.

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

DECRETO DE 29 DE JULHO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do

PÁGINA 06- DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº

528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI Município, com fundamento no Art.
a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI Município, com fundamento no Art.

Município, com fundamento no Art. 20, §1º e §2º da Lei nº. 874/2008 de 04 Abril de 2008,e informações constantes no processo administrativo nº 11344/2013 .

RESOLVE

Administrativo nº.11521/2013.

R E S O L V E

Conceder a extensão da jornada de trabalho para o servidor MARCOS AURELIO SANTOS ALVES , matrícula nº8047-4,

Conceder a servidora SUILAN SANTOS SILVA, matrícula n.° 60093-9, Técnica em Enfermagem lotada na Secretaria da Saúde/SESAU, Licença sem Vencimentos, pelo período

Assistente Administrativo lotada na Secretaria da

de 24 ( vinte e quatro) meses, a partir de 02 de setembro de

Educação/SEDUC,de 30 para 40 horas semanais, a partir da data da publicação deste decreto.

2013.

GABINETE

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

GABINETE

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

CAMAÇARI, EM 29 DE JULHO 2013.

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

DECRETO DE 29 DE JULHO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município, com fundamento no Art. 20, §1º e §2º da Lei nº. 874/2008 de 04 Abril de 2008,e informações constantes no processo administrativo nº 11345/2013 .

RESOLVE

Conceder a extensão da jornada de trabalho para a servidora GICELIA MARIA LINO RABELO, matrícula nº8164-8, Assistente Administrativo, lotado na Secretaria da Educação/SEDUC,de 30 para 40 horas semanais, a partir da data da publicação deste decreto.

GABINETE

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

CAMAÇARI, EM 29 DE JULHO 2013.

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

DECRETO DE 05 DE AGOSTO DE 2013

Dispõe sobre concessão de benefícios de Licença sem Vencimentos a Servidor Municipal

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, e de acordo com o

Processo

constante

na

Lei

407/98,

Art.

110

e

CAMAÇARI, 05 DE AGOSTO DE 2013.

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

VITAL SAMPAIO NETO SECRETÁRIO DA SAÚDE

DECRETO DE 06 DE AGOSTO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município.

CONSIDERANDO os termos do Decreto Municipal nº 4726 de 17 de fevereiro de 2009, que trata da cessão de Servidores Públicos Municipais;

CONSIDERANDO os termos da Lei Municipal nº 997/2009, quanto ao repasse da contribuição previdenciária de servidor à disposição com ônus para o órgão cessionário;

CONSIDERANDO os termos da Lei Federal nº 6.999 de 07 de julho de 1982, que dispõe sobre a requisição de Servidores Públicos pela Justiça Eleitoral e dá outras providências;

CONSIDERANDO a análise do Processo Administrativo nº 13961/2013, através do qual se verificou o preenchimento dos requisitos necessários à cessão do Servidor Público Municipal; RESOLVE

Prorrogar a cessão da servidora MARIA RAIMUNDA SACRAMENTO SANTANA, ocupante do cargo de

Assistente Administrativo cadastro 395-1, para o Tribunal Regional Eleitoral 171ª Zona, com ônus para o ente cedente, pelo período de 01 (um) ano, retroativo à 18 de março de

2013.

GABINETE

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

CAMAÇARI, EM 06 DE AGOSTO DE 2013.

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 07

XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 07
XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 07

DECRETO DE 05 DE AGOSTO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICIPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, conferidas

pela Lei Orgânica Municipal, consoante o disposto no artigo

86 da Lei Municipal nº. 407/98, que reorganiza o Estatuto

dos Servidores Público Municipais, e as informações constantes do processo administrativo nº. 00722/2013, no qual comprova o exercício de Função Gratificada, por mais de 10 (dez) anos;

RESOLVE

Conceder a servidora N A D I L Z A M A R I A A LV E S BORGES, cadastro nº. 8232-1, lotada na Secretaria da Educação/SEDUC, a título de vantagem pessoal, a Incorporação da Verba Gratificada de Secretaria Escolar, símbolo SUE-II-B, à sua remuneração, a partir da exoneração do cargo.

GABINETE

CAMAÇARI, EM 05 DE AGOSTO DE 2013

DO

PREFEITO

DO

MUNICIPIO

DE

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

DECRETO DE 02 DE AGOSTO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICIPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, conferidas pela Lei Orgânica Municipal, consoante o disposto no artigo

86 da Lei Municipal nº. 407/98, que reorganiza o Estatuto

dos Servidores Público Municipais, e as informações constantes do processo administrativo nº. 05689/2013, no qual comprova o exercício de Função Gratificada, por mais de 10 (dez) anos;

RESOLVE

Conceder a servidora MARIA APARECIDA COUTO COSTA, cadastro nº. 7656-4, lotada na Secretaria da Educação/SEDUC, a título de vantagem pessoal, a Incorporação da Verba Gratificada de Diretor Escolar, símbolo FCE-III-A, à sua remuneração, a partir da exoneração do cargo.

GABINETE

CAMAÇARI, EM 02 DE AGOSTO DE 2013

DO

PREFEITO

DO

MUNICIPIO

DE

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

DECRETO DE 02 DE AGOSTO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICIPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, conferidas

pela Lei Orgânica Municipal, consoante o disposto no artigo

86 da Lei Municipal nº. 407/98, que reorganiza o Estatuto

dos Servidores Público Municipais, e as informações constantes do processo administrativo nº. 14988/2012, no qual comprova o exercício de Função Gratificada, por mais de 10 (dez) anos;

RESOLVE

Conceder a servidora NORMA CLICIA COSTA SILVA, cadastro nº. 2507-2, lotada na Secretaria da Educação/SEDUC, a título de vantagem pessoal, a Incorporação da Verba Gratificada de Vice-Diretor Escolar, símbolo FCE-V-B, à sua remuneração, a partir da exoneração do cargo.

GABINETE

CAMAÇARI, EM 02 DE AGOSTO DE 2013.

DO

PREFEITO

DO

MUNICIPIO

DE

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

DECRETO DE 02 DE AGOSTO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICIPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, conferidas pela Lei Orgânica Municipal, consoante o disposto no artigo

86 da Lei Municipal nº. 407/98, que reorganiza o Estatuto

dos Servidores Público Municipais, e as informações constantes do processo administrativo nº. 23778/2012, no qual comprova o exercício de Função Gratificada, por mais de 10 (dez) anos;

RESOLVE

Conceder a servidora M A R L E N E D O S S A N TO S COSTA, cadastro nº. 8174-3, lotada na Secretaria da Educação/SEDUC, a título de vantagem pessoal, a Incorporação da Verba Gratificada de Secretaria Escolar, símbolo SUE-III-A, à sua remuneração, a partir da exoneração do cargo.

GABINETE

CAMAÇARI, EM 02 DE AGOSTO DE 2013.

DO

PREFEITO

DO

MUNICIPIO

DE

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

PÁGINA 08 - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO
a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

DECRETO DE 05 DE AGOSTO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município, com fundamento no Art. 20, §1º e §2º da Lei nº. 874/2008 de 04 Abril de 2008, e informações constantes no processo administrativo nº.12929/2013.

RESOLVE

Conceder a extensão de carga horária para a servidora LILIAN ARAUJO CORREIA LIRA , cadastro nº61334-0 na Função de Assistente Social, estrutura da Secretaria da Administração –SECAD, de 30 para 40 horas semanais, a partir da data da publicação deste decreto.

GABINETE

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

CAMAÇARI, EM 05 DE AGOSTO DE 2013.

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

DECRETO DE 08 DE AGOSTO DE 2013

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO

DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município,

Considerando a necessidade de regularização da situação do quadro de recursos humanos da Administração Municipal Direta, de acordo com o Regime Único Estatutário,

Considerando o resultado do Concurso Público do edital n°

001/2010.

NOMEAR, em regime estatutário, para os cargos públicos de provimento efetivo da Prefeitura Municipal de Camaçari, os aprovados em concurso público, abaixo relacionado, e que atenderão a chamamento na forma do edital acima mencionado:

atenderão a chamamento na forma do edital acima mencionado: GABINETE CAMAÇARI EM 08 DE AGOSTO DE

GABINETE

CAMAÇARI EM 08 DE AGOSTO DE 2013.

DO

PREFEITO

DO

MUNICÍPIO

DE

ADEMAR DELGADO DAS CHAGAS PREFEITO MUNICIPAL

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

SECAD SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

SECAD

SECAD SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO
SECAD SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

SECAD SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

PORTARIA Nº. 080/2013 DE 12 DE AGOSTO DE 2013

A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DE

CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições,

RESOLVE,

Art. 1º - Instaurar Processo Administrativo Disciplinar e Constituir Comissão de Inquérito de acordo com o estabelecido no Artigo 176 da Lei Municipal 407/98 com a finalidade de apurar as irregularidades administrativas constantes dos autos do processo n° 08262/2011, cuja autoria e materialidade se encontram descritas ás fls. 02/13 desses autos.

Art. 2º - Designar os Servidores Rafael Oliveira e Silva, cadastro 6889-0, Agnaldo de Souza Silva, cadastro 7522-7 e Isac Silva de Almeida, cadastro 60621-8, todos estáveis, para, sob a presidência do primeiro comporem a Comissão

de Processo Administrativo Disciplinar.

Art. 3º - A Comissão terá o prazo de 60 (sessenta) dias, a partir da publicação deste ato, para a conclusão dos trabalhos.

Art. 4º - Esta Portaria entra em vigor publicação.

na data de

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE

sua

GABINETE DA SECRETÁRIA DE ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 12 DE AGOSTO DE 2013.

LEZINEIDE ANDRADE C. SANTOS Secretária da Administração

PORTARIA Nº. 081/2013 DE 12 DE AGOSTO DE 2013

A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DE

CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas

atribuições,

RESOLVE,

Art. 1º - Instaurar Processo Administrativo Disciplinar e Constituir Comissão de Inquérito de acordo com o estabelecido no Artigo 176 da Lei Municipal 407/98 com a finalidade de apurar as irregularidades administrativas constantes dos autos do processo n° 05728/2011, cuja autoria e materialidade se encontram descritas ás fls. 02/13 desses autos.

Art. 2º - Designar os Servidores Rafael Oliveira e Silva, cadastro 6889-0, Agnaldo de Souza Silva, cadastro 7522-7 e Isac Silva de Almeida, cadastro 60621-8, todos estáveis,

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 09

XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 09
XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 09

para, sob a presidência do primeiro comporem a Comissão

de Processo Administrativo Disciplinar.

Art. 3º - A Comissão terá o prazo de 60 (sessenta) dias, a partir da publicação deste ato, para a conclusão dos trabalhos.

Art. 4º - Esta Portaria entra em vigor publicação.

na

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE

data de sua

GABINETE DA SECRETÁRIA DE ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 12 DE AGOSTO DE 2013.

LEZINEIDE ANDRADE C. SANTOS Secretária da Administração

PORTARIA Nº. 082/2013 DE 12 DE AGOSTO DE 2013

A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DE

CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições,

RESOLVE,

Art. 1º - Prorrogar, conforme Artigo 181 da Lei Municipal 407/98, por mais 60 (sessenta) dias, a contar do dia subsequente ao vencimento, o prazo para conclusão do Processo Administrativo Disciplinar n° 09977/2013. Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE

GABINETE DA SECRETÁRIA DE ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 12 DE AGOSTO DE 2013.

LEZINEIDE ANDRADE C. SANTOS Secretária da Administração

PORTARIA Nº. 083/2013 DE 13 DE AGOSTO DE 2013

A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DE

CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas

atribuições,

RESOLVE,

Art. 1º - Prorrogar, conforme Artigo 181 da Lei Municipal 407/98, por mais 60 (sessenta) dias, a contar do dia subsequente ao vencimento, o prazo para conclusão do Processo Administrativo Disciplinar n° 02597/2012. Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE

GABINETE DA SECRETÁRIA DE ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 13 DE AGOSTO DE 2013.

PORTARIA Nº. 085/2013 DE 16 DE AGOSTO DE 2013

A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, RESOLVE,

Art. 1º - Prorrogar, conforme Artigo 181 da Lei Municipal 407/98, por mais 60 (sessenta) dias, a contar do dia subsequente ao vencimento, o prazo para conclusão do Processo Administrativo Disciplinar n° 11788/2011. Art. 2º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE

GABINETE DA SECRETÁRIA DE ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 16 DE AGOSTO DE 2013.

LEZINEIDE ANDRADE C. SANTOS Secretária da Administração

PORTARIA N° 84/2013 DE 16 DE AGOSTO DE 2013

A SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO

DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso das suas atribuições legais, devidamente autorizado pelo Prefeito Municipal, nos autos do processo administrativo de n° 8784/2013, de 29 de abril de 2013, que autoriza o titular da Secretaria da Administração a proceder à abertura de Processo Seletivo Simplificado, pelo regime especial de direito administrativo – REDA, para seleção de 30 Técnicos em Atividades Tributárias para preenchimento de função pública da Secretária da Fazenda do Município de Camaçari e,

Considerando a necessidade da realização da primeira etapa do processo seletivo simplificado, da Secretaria Municipal da Fazenda, para os candidatos às vagas de Técnico em Atividade Tributária, que serão submetidos à seleção através de análise curricular, de caráter classificatório e eliminatório, que consistirá na avaliação de títulos e experiência, para os requisitos mínimos exigidos de acordo com os critérios estabelecidos no item 5, do Edital n°

01/2013.

RESOLVE:

Artigo 1° - CONSTITUIR COMISSÃO ESPECIAL para análise dos currículos e dos documentos a eles vinculados, a fim de serem atribuídos os pontos da prova de títulos aos candidatos de nível superior e nível médio-técnico, do Processo Seletivo Simplificado da Secretaria Municipal da Fazenda – SEFAZ a que se refere o Edital nº 01/2013.

Artigo 2° - Ficam designados os Servidores, descritos abaixo, para atuarem como membros da COMISSÃO DE

ANÁLISE CURRICULAR, a qual será presidida pelo Servidor Fabrício de Carvalho Pereira – Matrícula 39.033-

PÁGINA 10 - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI I – Fabrício de Carvalho
a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI I – Fabrício de Carvalho

I – Fabrício de Carvalho Pereira – Matrícula 39.033-8 /

SECAD;

II – Lorena Barnabé Santos de Freitas – Matrícula 39.213-0 /

SECAD

III – Cátia dos Passos Veloso – Matrícula 39.579-2 / SEFAZ; III – Jorge Ednilson Silva Oliveira – Matrícula 38.894-5 /

SEFAZ.

Artigo 3° - Revogadas as disposições em contrario, esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação.

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE.

GABINETE DA SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 16 DE AGOSTO DE 2013.

LEZINEIDE ANDRADE CHAGAS SANTOS SECRETÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

DISPÕE SOBRE CONCESSÃO DE PROMOÇÃO À SERVIDOR MUNICIPAL:

SERVIDOR: Elson Faria B. de Carvalho

CADASTRO: 9145-1

FUNÇÃO: Professor Nível I Para Professor Nível II DATA: retroativo a 28 de agosto de 2012.

Lotação: SEDUC

SERVIDOR: Gilcilene Silva Souza

CADASTRO: 9080-9

FUNÇÃO: Professor Nível I Para Professor Nível II DATA: retroativo a 29 de agosto de 2012.

Lotação: SEDUC

SERVIDOR: Mariana da Conceição Vieira

CADASTRO: 60375-9

FUNÇÃO: Professor Especial Nível I Para Professor Nível II DATA: retroativo a 29 de agosto de 2012.

Lotação: SEDUC

SERVIDOR: Priscila Silva dos Santos

CADASTRO: 60439-9

FUNÇÃO: Professor Especial Nível I Para Professor Nível II DATA: retroativo a 28 de agosto de 2012.

Lotação: SEDUC

SERVIDOR: Joseane Alves Santana

CADASTRO: 60214-5

FUNÇÃO: Professor Especial Nível I Para Professor Nível I DATA: retroativo a 30 de agosto de 2012.

Lotação: SEDUC

SERVIDOR: Clemilda Oliveira de Jesus

CADASTRO: 8605-4

FUNÇÃO: Professor Nível I Para Professor Nível II DATA: retroativo a 30 de agosto de 2012.

Lotação: SEDUC

SERVIDOR: Claudemira Pereira dos Santos

CADASTRO: 7653-2

FUNÇÃO: Professor Nível I Para Professor Nível II DATA: retroativo a 29 de agosto de 2012.

Lotação: SEDUC

DISPÕE SOBRE CONCESSÃO DE LICENÇA PREMIO À SERVIDOR MUNICIPAL:

PORTARIA N° 163/2013

SERVIDOR: Helenice Maria B. Batista

CADASTRO: 3317-3

PERIODO AQUISITIVO: 29/06/2005 a 28/06/2010

GOZO: A partir de 16 de agosto de 2013.

Lotação: SEDUC

PORTARIA N° 178/2013

SERVIDOR: Raimundo Alves Santana

CADASTRO: 8452-3

PERIODO AQUISITIVO: 01/10/2005 a 30/09/2010 GOZO: A partir de 01 de setembro de 2013.

Lotação: SECAD

PORTARIA N° 179/2013 SERVIDOR: Marivete Santana de Souza

CADASTRO: 7603-7

PERIODO AQUISITIVO: 07/05/2004 a 06/05/2009 GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação: SEDUC

PORTARIA N° 180/2013

SERVIDOR: Roseri Dultra Pereira

CADASTRO: 3792-9

PERIODO AQUISITIVO: 17/05/2000 a 16/05/2005 e

17/05/2005 a 15/05/2010 GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação:SEDUC

PORTARIA N° 181/2013 SERVIDOR: Sonia Maria Santos Pinho

CADASTRO: 3057-3

PERIODO AQUISITIVO: 17/05/2005 a 16/05/2010 GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação:SEDUC

PORTARIA N° 182/2013

SERVIDOR: Maria José Xavier da Silva

CADASTRO: 3554-8

PERIODO AQUISITIVO: 17/05/2005 a 16/05/2010

GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação:SEDUC

PORTARIA N° 183/2013

SERVIDOR: Josineide de Aguiar Cerqueira

CADASTRO: 5576-2

PERIODO AQUISITIVO: 17/05/2005 a 16/05/2010 GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação: SEDUC

PORTARIA N° 184/2013 SERVIDOR: Renato de Jesus dos Santos

CADASTRO: 7014-0

PERIODO AQUISITIVO: 13/05/2005 a 12/05/2010 GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação: SEDUC

PORTARIA N° 185/2013 SERVIDOR: Alvineia Aleluia A. dos Santos

CADASTRO: 8507-4

PERIODO AQUISITIVO: 21/02/2005 a 20/02/2010

GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação: SEDUC

PORTARIA N° 186/2013

SERVIDOR: Maria Neuza M. de Souza

CADASTRO: 5592-7

PERIODO AQUISITIVO: 26/05/2005 a 25/05/2010 GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação: SEDUC

PORTARIA N° 187/2013 SERVIDOR: Jurania Dias Cavalcante

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 11

XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 11
XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 11

CADASTRO: 1971-5

PERIODO AQUISITIVO: 28/10/2005 a 27/10/2010 GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação: SEDUC

PORTARIA N° 188/2013 SERVIDOR: Claudionor Alves Falcão

CADASTRO: 3326-1

PERIODO AQUISITIVO: 12/06/2005 a 11/06/2010

GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação: SEDUC

PORTARIA N° 189/2013

SERVIDOR: Ângela Maria Santos da Silva

CADASTRO: 1878-6

PERIODO AQUISITIVO: 23/06/2005 a 22/06/2010

GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação: SEDUC

PORTARIA N° 190/2013

SERVIDOR: Ieda Nunes do Rosário Santos

CADASTRO: 3302-7

PERIODO AQUISITIVO: 15/07/2000 a 14/07/2005 e 14/07/2005 a 14/07/2010 GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação: SEDUC

PORTARIA N° 191/2013

SERVIDOR: Vera Lucia dos Santos

CADASTRO: 3799-2

PERIODO AQUISITIVO: 17/05/2000 a 16/05/2005 e

17/05/2005 a 16/05/2010 GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação: SEDUC

PORTARIA N° 197/2013 SERVIDOR: Paulo Cesar Rocha

CADASTRO: 435-7

PERIODO AQUISITIVO: 17/05/2005 a 16/05/2010

GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

Lotação: SEFAZ

PORTARIA N° 198/2013 SERVIDOR: José Augusto de Andrade CADASTRO: 646-0 Lotação: SEFAZ PERIODO AQUISITIVO: 17/05/2005 a 16/05/2010 GOZO: A partir de 15 de agosto de 2013.

DISPÕE SOBRE GOZO DE FERIAS DE SERVIDOR MUNICIPAL:

PORTARIA N° 109/2013

SERVIDOR: Èrica Eduarda Oliveira

CADASTRO: 61586-7

PERIODO AQUISITIVO: 01/09/2012 a 31/08/2013 Gozo: 20 dias de 01 a 20/09/2013.

Lotação: SECAD

SEDUC SECRETARIA DA EDUCAÇÃO

SEDUC

SEDUC SECRETARIA DA EDUCAÇÃO
SEDUC SECRETARIA DA EDUCAÇÃO

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO

SEDUC SECRETARIA DA EDUCAÇÃO

PORTARIA Nº. 038/2013 DE 30 DE JULHO DE 2013

O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições

que lhes são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município, considerando a necessidade de instituir COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO ao Contrato 050/2013, formalizado com o Instituto Prof. Raimundo Pinheiro (Cidade do Saber),

RESOLVE

Art. 1º. Designar os servidores KADJA CRISTINA GRIMALDI GUEDES, cadastro 38772-1, ELISETE SANTOS FAGUNDES, cadastro 36685-6 e MÁRCIO SILVA DAS NEVES, cadastro 8808-8, para, sob a presidência do primeiro, compor uma COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO DO CONTRATO 050/2013.

Art. 2º. Esta portaria

publicação, revogadas as disposições em contrário.

entra em vigor

na

data de sua

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE.

GABINETE

MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 30 DE JULHO DE 2013.

DO

SECRETÁRIO

DE

EDUCAÇÃO

DO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

PORTARIA Nº. 034/2013 DE 01 DE AGOSTO DE 2013.

O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE

CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições que lhes são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município, com fundamento na Instrução Normativa nº 001/2013.

RESOLVE

Retornar a carga horária da servidora MAISA ALVES RIBEIRO RAMOS, cadastro nº 7848-9, a pedido, na Função de Professor II – SEDUC, de 40 para 20 horas semanais, a partir de 01 de agosto de 2013.

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE.

GABINETE

MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 01 DE AGOSTO DE 2013.

DO

SECRETÁRIO

DE

EDUCAÇÃO

DO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

PORTARIA Nº. 035/2013 DE 01 DE AGOSTO DE 2013.

O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE

CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições que lhes são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município, com fundamento na Instrução Normativa nº 001/2013.

RESOLVE

Retornar a carga horária da servidora SILVANA DE COVAS

na Função de

SANTOS, cadastro nº 60496-1, a pedido,

PÁGINA 12 - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI Professor I– SEDUC, de 40
a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI Professor I– SEDUC, de 40

Professor I– SEDUC, de 40 para 20 horas semanais, a partir de 02 de agosto de 2013.

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE.

GABINETE

MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 01 DE AGOSTO DE 2013.

DO

SECRETÁRIO

DE

EDUCAÇÃO

DO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

PORTARIA Nº. 036/2013 DE 01 DE AGOSTO DE 2013.

O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE

CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições que lhes são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município, com fundamento na Instrução Normativa nº 001/2013.

RESOLVE

Retornar a carga horária da servidora RAMIRES FONSECA

na Função de

SILVA, cadastro

Professor I – SEDUC, de 40 para 20 horas semanais, a partir

de 02 de agosto de 2013.

nº 7787-9, a pedido,

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE.

GABINETE

MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 01 DE AGOSTO DE 2013.

DO

SECRETÁRIO

DE

EDUCAÇÃO

DO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

PORTARIA Nº. 037/2013 DE 01 DE AGOSTO DE 2013.

O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE

CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições que lhes são conferidas pela Constituição Federal e pela Lei Orgânica do Município, com fundamento na Instrução Normativa nº 001/2013.

RESOLVE

Retornar a carga horária da servidora TELMA DA CRUZ PIEDADE OLIVEIRA, cadastro nº 7853-4, a pedido, na Função de Professor II – SEDUC, de 40 para 20 horas semanais, a partir de 01 de agosto de 2013.

PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE.

GABINETE

MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 01 DE AGOSTO DE 2013.

DO

SECRETÁRIO

DE

EDUCAÇÃO

DO

LUIZ VALTER DE LIMA SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO

SEDES SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

SEDES

SEDES SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL
SEDES SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

SEDES SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

PORTARIA N.º 015/2013 DE 17 DE JULHO DE 2013

O SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, que lhe são conferidas por Lei 951,13 de Fevereiro de2009.

RESOLVE

Designar o Sr. José Hilton Alves dos Santos, Secretário Executivo II, cadastro 38818-9, para responder pela Gerência de Proteção Social Básica à Criança e ao Adolescente, da Coordenadoria de Proteção Social Básica, desta Secretaria de Desenvolvimento Social do município de Camaçari, a contar da data da publicação desta Portaria.

Esta Portaria entra em vigor, na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

RESOLVE

Comunique-se, Publique-se e Cumpra-se.

GABINETE DO SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, EM 17 DE JULHO DE 2013.

JOSÉ HÉLIO SANTOS Secretário de Desenvolvimento Social

RESOLUÇÃO Nº 01, DE 01 DE JUNHO DE 2013

Dispõe sobre a homologação da eleição dos membros representantes da Sociedade Civil Organizada do Conselho Municipal das Pessoas Portadores de Deficiência para mandato de 29 de maio de 2013 a 29 de maio de 2015, e dá outras providências.

O Presidente do CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIENCIA, no uso das atribuições que lhe são conferidas, e com fulcro no § 1º do art. 5º da Lei Municipal nº 278/93, alterada pelas leis nº 1045 de 22 de dezembro de 2009 e a Lei nº 1145 de 15 de abril de 2011, tendo em vista o resultado das eleições da sociedade civil organizada, realizada em 29 de maio de 2013 para o mandato de 29 de maio de 2013 a 29 de maio de 2014.

RESOLVE:

Art. 1º Homologar as entidades eleitas da sociedade civil organizada para compor o colegiado do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência, eleitos por meio da eleição direta no dia 29 de maio de 2013, listadas abaixo:

1 – ADVC - Associação dos Deficientes Visuais de

Camaçari;

2 – UDEC - União dos Deficientes de Camaçari;

3 - PESTALOZZI - Associação Pestalozzi de Camaçari;

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 13

XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 13
XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 13

4 - APAE – Associação de Pais e Amigos dos excepcionais de Camaçari;

5 - ACAD – Associação Camaçariense de Atletas com

Deficiência;

6 - ARCTC – Associação dos Renais e transplantados de

Camaçari; ACD – Associação dos Diabéticos de Camaçari.

7

-

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor com data retroativa apartir da sua publicação.

Camaçari, 18 de julho de 2013

Elton Pires de Britto Presidente

Resolução nº. 01 de 02 de Julho de 2013

Dispõe sobre a eleição da Diretoria Executiva do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência – CMDPD para mandato de 02 de Julho de 2013 a 01 de Julho de 2015, e da outras providências.

Comissão de Organização do Conselho Municipal das Pessoas com Deficiência, usando das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Municipal nº 1045, de 22 de

Dezembro de 2009, alterada pela Lei Municipal nº 1145 de

15 de Abril de 2011 e, por deliberação à unanimidade dos

conselheiros presente na Assembléia Geral realizada no dia

17 de Junho de 2013.

RESOLVE:

Art. 1º Homologar os nomes dos Conselheiros eleitos para Diretoria Executiva do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência – CMDPD para mandato de 02 de Julho de 2013 a 01 de Julho de 2015, na Assembléia Geral realizada no dia 17 de junho de 2013, assim constituída:

I- Presidente: Neriam Teles de Carvalho Pereira

II- Vice- presidente: Luciana Portela

III- Secretária – geral: Jailson Ferreira da Silva

Art. 2º A Diretoria Executiva eleita do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência – CMDPD exercerá mandato no período de 02 de Julho de 2013 a 01 de Julho de

2015.

Art. 3º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

SALA DE SESSÕES DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA, Em Camaçari – Bahia, aos dois dias do mês de Julho do ano de dois mil e treze.

Comissão de Organização do Conselho Municipal das Pessoas com Deficiência

Elton Pires de Britto Presidente

SESAU SECRETARIA DA SAÚDE

SESAU

SESAU SECRETARIA DA SAÚDE
SESAU SECRETARIA DA SAÚDE

SECRETARIA DA SAÚDE

SESAU SECRETARIA DA SAÚDE

EDITAL nº001/2013 DE CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÕES DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CAMAÇARI BIÊNIO 2013/2015

A Comissão Eleitoral designada pelo Conselho Municipal de Saúde do município de Camaçari – Estado da Bahia, no uso de suas atribuições conferidas através da resolução 003/2013 divulga Edital 001/2013 e em anexo calendário eleitoral, ficha de pedido de inscrição para entidade votar e ou ser votada.

§ A Comissão eleitoral deverá informar e encaminhar todos

os documentos do processo eleitoral ao Ministério Público para que tomem conhecimento.

§O presente Edital foi aprovado na 5ª Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Saúde realizada em 15 de maio de

2013.

Art.1º. Ficam estabelecidas normas para Eleição das Entidades Representantes dos Usuários, dos Trabalhadores de Saúde e dos Prestadores de Serviços de Saúde, Titulares e suplentes que comporão o Conselho Municipal de Saúde para o biênio 2013/2015, em conformidade com a Lei 1086/2010 terá a seguinte composição:

I - 25% Representantes da Administração Pública e Prestadores de Serviços de Saúde:

01.

Representante da Secretaria da Saúde do Município;

01.

Representante da Secretaria da Educação do Município;

01.

Representante da Secretaria do Desenvolvimento

Social do Município;

01.

Representante de Prestador de Serviço Público;

01.

Representante de Prestador de Serviço Privado.

II - 25% Representantes de Trabalhadores de Saúde:

01. Representante de entidade congregadas em

Sindicatos e/ou Federações;

04. Representantes de conselhos de classe e/ou demais

associações profissionais.

III - 50% De Representantes dos Usuários do SUS:

02.

Representantes de Entidades Religiosas;

01.

Representante de movimento social e popular

organizado;

03.

Representantes das associações de moradores;

01.

Representante de Entidades de Patologias;

02.

Representantes de Entidades de Pessoas com

Deficiências;

01. Representante de entidades Congregadas em Centrais

e Federações de Trabalhadores urbanos e rurais.

Art. 2º. As entidades do segmento de usuários e ou movimentos sociais que desejarem concorrer e ou votar deverão apresentar na sede do CMS, a ficha de inscrição (anexo II) acompanhado dos seguintes documentos:

PÁGINA 14 - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI a)Contrato Social ou Estatuto Social
a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI a)Contrato Social ou Estatuto Social

a)Contrato Social ou Estatuto Social devidamente registrado; b)Ata de eleição da atual diretoria; c)Inscrição no CNPJ/MF; d)Ficha de inscrição emitida pelo Conselho Municipal de Saúde devidamente preenchida em duas vias sendo uma do inscrito e a outra do CMS; e)Deverá comprovar sede ou escritório no município (Não poderá ser na residência).

§ No caso de representação do Movimento Social será necessário:

a) Documento de órgãos públicos que atestem a existência

do Movimento; b) Relatório de atividades ou relatório de reuniões do movimento

Art. 3º. Não poderão ser indicados ao grupo de usuários profissionais que ocupam cargo de livre nomeação e exoneração.

Art. 4º. As entidades do segmento de trabalhadores de saúde que desejarem concorrer deverão apresentar requerimento pedindo assento na sede do CMS, e ficha de inscrição acompanhado dos seguintes documentos:

a) Contrato Social ou estatuto Social devidamente

registrado;

b) Ata de eleição da atual diretoria;

c) Inscrição no CNPJ/MF;

d) Ficha de inscrição emitida pelo Conselho Municipal de

Saúde devidamente preenchida em duas vias sendo uma da

Instituição inscrita e a outra do CMS;

Art.5º. Os representantes da administração pública serão indicados por seus respectivos gestores sendo titulares e suplentes e deverão apresentar na sede do CMS, o ofício datado e assinado acompanhado de cópia de RG, CPF e comprovante de residência;

Art. 6º. Os representantes de prestador de serviço privado que prestam serviço ao SUS que desejarem concorrer deverão apresentar na sede do CMS, o requerimento solicitando assento e preencher a ficha de inscrição acompanhado dos seguintes documentos:

a) Contrato Social ou estatuto Social devidamente

registrado;

b) Ata de eleição da atual diretoria se houver;

c) Inscrição no CNPJ/MF;

d)Ficha de inscrição emitida pelo Conselho Municipal de Saúde devidamente preenchida, em duas vias sendo uma do inscrito e a outra do CMS;

e) Deverá comprovar prestação serviço no município.

§ 1º. As entidades mais votadas serão titulares e a segunda mais votada será suplente de acordo segmento.

§ 2º. Em caso de empate, será declarada eleita a entidade constituída e/ou fundada há mais tempo.

Art.7º. As inscrições para concorrer às eleições deverão ser feitas de acordo calendário (anexo I) no Conselho Municipal de Saúde, localizado na Rua Francisco Drumond, nº. 43, Centro, Camaçari, Bahia, Edifício da Vigilância a Saúde, sala 15, das 9:00 às 16:00h. Para as inscrições, as entidades, grupos e movimentos deverão preencher ficha

de inscrição à disposição na Secretaria do Conselho Municipal de Saúde e a documentação exigida conforme o segmento representado.

DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 8º. Todas as inscrições serão analisadas pela Comissão Eleitoral que publicará no Diário Oficial do Município a lista das inscrições deferidas e indeferidas conforme calendário (anexo I), sendo que em caso de indeferimento será declarada a motivação do mesmo.

§ 1º. As entidades ou pessoas que tiverem suas inscrições

indeferidas terão o prazo de 02 (dois) dias, contados da publicação em Diário Oficial, para apresentação de recurso,

que deverá ser protocolado na Secretaria do Conselho Municipal de Saúde.

§ 2º. O recurso será submetido à apreciação da Comissão Eleitoral do CMS - Conselho Municipal de Saúde, que decidirá, sobre a manutenção ou não do indeferimento.

Art. 9º. A escolha se dará através de votação secreta dos seus pares mediante a deposição de cédulas com os nomes dos candidatos, devidamente rubricadas pela Comissão Eleitoral, em urnas lacradas.

Art.10º. As Entidades de Representação dos Usuários, Trabalhadores e Prestadores eleitos, deverão encaminhar, no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis após eleição, documento oficial da entidade, indicando seus representantes bem como cópia de seus documentos pessoais (RG, CPF e comprovante de residência), no caso dos trabalhadores acrescentarem unidade de lotação.

Art.11º As entidades eleitas que não cumprirem os prazos na indicação oficial de seus representantes(anexo I) bem como apresentação dos documentos determinados serão automaticamente excluídos e substituídas pela entidade suplente.

Art.12º. Nos casos de omissão, descumprimento do presente ou impugnação de algum ato do processo de escolha, caberá recurso à Comissão Eleitoral do Conselho Municipal de Saúde.

Art.13º. O presente Edital foi aprovado na 5ª Reunião Ordinária do Conselho Municipal de Saúde realizada em 15 de maio de 2013.

O presente Edital entra em vigor na data de sua publicação.

Camaçari, 05 de junho de 2013

Cely Maria de Souza Silva Presidente da Comissão Eleitoral

Adriana Marques dos Santos Secretária do CMS

ANEXO I CALENDÁRIO DO PROCESSO ELEITORAL CMS – GESTÃO 2013-2015

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 15

XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 15
XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 15
XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 15

Cely Maria de Souza Silva Presidente da Comissão

Adriana Marques dos Santos Secretária do CMS

Anexo II Ficha de inscrição para a Eleição do Conselho Municipal de Saúde de Camaçari

1.0.Segmento a ser representado:

)

Associação de Moradores ( ) Associação de Portadores de

Patologias ( ) Pessoa com Deficiência ( ) Entidades Congregadas em Centrais e Federações de Trabalhadores urbanos e rurais. Trabalhadores ( ) Prestadores ( ) 2.0.Nome da Entidade/Movimento

3.0. CNPJ:

Usuários: ( ) Entidade Religiosa ( ) Movimento Social

(

4.0 Nome do presidente:

5.0. Número da identidade:

CPF:

6.0. Endereço completo da entidade:

7.0.Email da

Entidade

8.0.Telefone da entidade: Fax:

9.0.Email Pessoal:

10.0.Telefone Pessoal:

11.0 Endereço Pessoal:

12.0. ( ) Eleitora

13.0. Data da Inscrição:

( ) Eleitora e Candidata

/2013 /

Assinatura do Presidente da Entidade

Assinatura e identificação da pessoa física designada a votar

RESOLUÇÃO nº. 007, de 17 de julho de 2013.

Dispõe sobre Aprovação da Nova Tabela de Procedimentos Laboratoriais.

Considerando

conforme tabela abaixo encontra se com valores defasados;

O Plenário do Conselho Municipal de Saúde, em sua 6ª

laboratoriais

que

os

procedimentos

Reunião Ordinária realizada em 17 de julho de 2013, no uso

de suas competências regimentais e atribuições conferidas

pela Lei n. 8.080, de 19 de setembro de 1990 e a Lei 1086/2010 que institui o Conselho Municipal de Saúde de Camaçari, e.

RESOLVE:

Art. 1º- Aprovar Tabela de Procedimentos Laboratoriais, conforme proposta apresentada pela Secretaria Municipal

de Saúde.

o

proposta apresentada pela Secretaria Municipal de Saúde. o Art. 2º Esta resolução entra em vigor na

Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Paulo César Souza Costa Presidente do CMS

Homologo a presente resolução do Conselho Municipal de Saúde.

Vital Sampaio Neto Secretário Municipal de Saúde

SEDUR SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO

SEDUR

SEDUR SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO
SEDUR SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO

SEDUR SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO

PORTARIA Nº. 66/2013 DE 08 DE AGOSTO DE 2013

“Anula o ato administrativo que aprovou o Termo de Acordo e Compromisso referente ao “Loteamento Residencial Naturaville”, publicado no Diário Oficial do Município de n 491 de 24 a 30 de novembro de 2012, na forma que indica”.

o

A SECRETÁRIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, Estado da Bahia, no uso das competências que lhe foram atribuídas pelos Decretos nº. 4.365 de 22 de fevereiro de 2007, 4.245/2006, Decreto Municipal datado do dia 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o quanto consta no anexo I (índices Urbanísticos) da Lei nº. 339/95 (Código de Urbanismo e Obras do Município), assim como as demais disposições de Direito pertinentes,

PÁGINA 16 - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI RESOLVE: Art. 1° - Anular
a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI RESOLVE: Art. 1° - Anular

RESOLVE:

Art. 1° - Anular o ato administrativo que aprovou o Termo de Acordo e Compromisso do Loteamento Residencial Naturaville, publicado no Diário Oficial do Município de nº 491, de 24 a 30 de novembro de 2012, objeto do Processo Administrativo n . 07580/2012.

o

Parágrafo único – O ato administrativo mencionado no caput deste artigo, fundamenta - se no fato da Coordenação de Uso do Solo da Secretaria de Desenvolvimento Urbano ter verificado, após a publicação do ato administrativo em apreço, a necessidade de readequação do quadro de áreas do referido empreendimento.

Art. 2° - Esta Portaria entra em vigor

publicação, revogando-se as disposições em contrário.

na data de

sua

GABINETE DA SECRETÁRIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO DE CAMAÇARI, EM 08 DE AGOSTO DE 2013.

ANA LÚCIA BASTOS DE ARAÚJO COSTA SECRETÁRIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO

TERMO DE ACORDO E COMPROMISSO REFERENTE À APROVAÇÃO DO PROJETO URBANÍSTICO DENOMINADO “LOTEAMENTO TERRAS ALPHAVILLE CAMAÇARI - FASE 2”, NA FORMAABAIXO:

Termo de Acordo e Compromisso referente à aprovação do Loteamento Predominantemente Residencial Terras Alphaville Camaçari - Fase 2, que entre si fazem, de um lado, o MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, pessoa jurídica de Direito Público interno, com sede na Rua Francisco Drumond, Centro Administrativo, Camaçari, Bahia, inscrito no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica sob o nº 14.109.763/0001-80, neste ato representado pela Secretária de Desenvolvimento Urbano, ANA LÚCIA BASTOS DE ARAÚJO COSTA, doravante denominada MUNICÍPIO, conforme competência delegada pelos Decretos n . 4.365 de 22 de fevereiro de 2007, 4.245/2006 e ainda no Decreto Municipal datado do dia 02 janeiro de 2013, e do outro lado, LIMOEIRO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS SPE LTDA., sociedade limitada inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica sob nº 15.527.643/0001-65, com sede na Avenida Vasco da Gama, 4615, Rio Vermelho, Salvador, Bahia, neste ato representado por seus representantes legais, JOSÉ ANTÔNIO LEÃO TANAJURA, brasileiro casado, empresário, portador da carteira de identidade RG nº 0108407705, CPF nº 110.688.505-82, residente e domiciliado, no Jardim Botânico, Piatã, Salvador/BA e VINICIUS MEDRADO MENDES, brasileiro solteiro, advogado, portador da carteira de identidade RG nº 4500977-57 SSP/BA, CPF nº 625.576.965-87 residente e domiciliado, na Rua Barão de Itapuã, nº 142, Apto., 502, Torre 03, Barra, Salvador/BA doravante denominada LOTEANTE, mediante as seguintes cláusulas e condições:

o

CLÁUSULA PRIMEIRA – OBJETO Pelo presente Termo de Acordo e Compromisso, o Município estabelece normas para implantação do Projeto Urbanístico

do Loteamento Terras Alphaville Camaçari - Fase 2, tendo em vista o constante no processo administrativo nº.

09.856/2013.

CLÁUSULA SEGUNDA – CARACTERÍSTICAS DO

EMPREENDIMENTO

I – LOCALIZAÇÃO: a área de 328.153,10m² (trezentos e vinte e oito mil cento e cinquenta e três metros e dez decímetros quadrados), destinada ao empreendimento denominado Loteamento Terras Alphaville Camaçari - Fase 2, está situada na Rodovia BA-522, km 02, Camaçari – Bahia.

II – CARACTERÍSTICAS E MEMORIAL DESCRITIVO DA ÁREA: a área caracteriza-se como terreno próprio e, corresponde a uma poligonal de 328.153,10m² (trezentos e vinte e oito mil cento e cinquenta e três metros e dez decímetros quadrados), Inicia-se a descrição deste

perímetro no vértice P13, de coordenadas N 8.593.970,62 m. e E 575.845,95 m., situado no limite com a Matrícula 3.584, deste, segue com azimute de 108°31'56" e distância de 213,00 m., confrontando neste trecho com a Matrícula

3.584 , até o vértice P14, de coordenadas N 8.593.902,92

m. e E 576.047,90 m.; deste, segue com Raio de 478,00 m

e desenvolvimento de 315,38 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584 , até o vértice P15, de coordenadas

N 8.593.714,67 m. e E 576.293,82 m.; deste, segue com

azimute de 146°20'09" e distância de 97,85 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584 , até o vértice 116, de coordenadas N 8.593.633,23 m. e E 576.348,06 m.; deste, segue com azimute de 236°20'09" e distância de 25,00 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 117, de coordenadas N 8.593.619,38 m. e E 576.327,25 m.; deste, segue com azimute de 326°20'09" e distância de 51,00 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 118, de coordenadas N 8.593.661,82 m. e E 576.298,98 m.; deste, segue com azimute de 236°20'09" e distância de 74,00 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 119, de coordenadas N 8.593.620,80 m. e E 576.237,39 m.; deste, segue com azimute de 146°20'09" e distância de 21,00 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 120, de coordenadas N 8.593.603,33 m. e E

576.249,03 m.; deste, segue com Raio de 9,00 m e desenvolvimento de 14,13 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 121, de coordenadas

N 8.593.590,85 m. e E 576.246,53 m.; deste, segue com

azimute de 236°20'09" e distância de 32,00 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 122, de coordenadas N 8.593.573,11 m. e E 576.219,90 m.; deste, segue com Raio de 9,00 m e

desenvolvimento de 14,13 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 123, de coordenadas

N 8.593.575,61 m. e E 576.207,42 m.; deste, segue com

azimute de 326°20'09" e distância de 67,85 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o

vértice 124, de coordenadas N 8.593.632,08 m. e E 576.169,81 m.; deste, segue com Raio de 329,00 m e desenvolvimento de 171,65 m., confrontando neste trecho

com a Matrícula 16.718 , até o vértice 125, de coordenadas

N 8.593.744,29 m. e E 576.042,48 m.; deste, segue com

azimute de 207°29'12" e distância de 260,21 m., confrontando neste trecho com a Rua 07, até o vértice 126, de coordenadas N 8.593.513,46 m. e E 575.922,38 m.; deste, segue com Raio de 69,00 m e desenvolvimento de

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 17

XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 17
XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 17

40,74 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 127, de coordenadas N 8.593.487,96 m. e E 575.953,41 m.; deste, segue com azimute de 146°20'09" e distância de 63,79 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 128, de coordenadas N 8.593.434,86 m. e E 575.988,77 m.; deste, segue com azimute de 236°20'09" e distância de 25,00 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 129, de coordenadas N 8.593.421,00 m. e E 575.967,96 m.; deste, segue com azimute de 236°20'09" e distância de 11,10 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 130, de coordenadas N

8.593.414,85 m. e E 575.958,72 m.; deste, segue com azimute de 145°14'11" e distância de 66,31 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 131, de coordenadas N 8.593.360,37 m. e E 575.996,53 m.; deste, segue com azimute de 102°22'52" e distância de 21,30 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 132, de coordenadas N 8.593.355,81 m. e E 576.017,34 m.; deste, segue com azimute de 133°58'39" e distância de 54,89 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 133, de coordenadas N 8.593.317,69 m. e E 576.056,84 m.; deste, segue com azimute de 171°09'29" e distância de 29,29 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 134, de coordenadas N 8.593.288,75 m. e E 576.061,34 m.; deste, segue com azimute de 163°09'09" e distância de 30,61 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 135, de coordenadas N 8.593.259,45 m. e E 576.070,22 m.; deste, segue com azimute de 185°20'40" e distância de 12,32 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 136, de coordenadas N 8.593.247,18 m. e E 576.069,07 m.; deste, segue com azimute de 162°46'11" e distância de 48,05 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 137, de coordenadas N 8.593.201,29 m. e E 576.083,30 m.; deste, segue com azimute de 101°19'13" e distância de 13,65 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 138, de coordenadas N 8.593.198,61 m. e E 576.096,69 m.; deste, segue com azimute de 236°20'09" e distância de 17,21 m., confrontando neste trecho com a Rua

02 , até o vértice 139, de coordenadas N 8.593.189,07 m. e

E 576.082,37 m.; deste, segue com Raio de 411,00 m e desenvolvimento de 89,87 m., confrontando neste trecho com a Rua 02 , até o vértice 140, de coordenadas N 8.593.131,50 m. e E 576.013,58 m.; deste, segue com azimute de 351°27'04" e distância de 65,90 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 141, de coordenadas N 8.593.196,66 m. e E 576.003,79 m.; deste, segue com azimute de 356°40'34" e distância de 68,48 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 142, de coordenadas N 8.593.265,03 m. e E 575.999,82 m.; deste, segue com azimute de 271°31'35" e distância de 49,21 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 143, de coordenadas N 8.593.266,34 m. e E 575.950,63 m.; deste, segue com azimute de 290°18'30" e distância de 26,48 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 144, de coordenadas N 8.593.275,53 m. e E 575.925,79 m.; deste, segue com azimute de 330°56'28" e distância de 37,69 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 145, de coordenadas N 8.593.308,47 m. e E 575.907,48 m.; deste, segue com azimute de 351°51'17" e distância de 18,54 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 146, de coordenadas N 8.593.326,82 m. e E 575.904,86 m.; deste, segue com

azimute de 298°02'00" e distância de 60,74 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 147, de coordenadas N 8.593.355,37 m. e E 575.851,24 m.; deste, segue com azimute de 193°15'28" e distância de 66,70 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 148, de coordenadas N 8.593.290,45 m. e E 575.835,95 m.; deste, segue com azimute de 236°20'09" e distância de 153,21 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 149, de coordenadas N 8.593.205,52 m. e E 575.708,43 m.; deste, segue com azimute de 146°20'09" e distância de 202,20 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 150, de coordenadas N 8.593.037,23 m. e E 575.820,52 m.; deste, segue com azimute de 255°17'38" e distância de 22,76 m.,

confrontando neste trecho com a Rua 01 , até o vértice 151, de coordenadas N 8.593.031,45 m. e E 575.798,50 m.; deste, segue com Raio de 20,50 m e desenvolvimento de 2,72 m., confrontando neste trecho com a Rua 01 , até o vértice 152, de coordenadas N 8.593.030,94 m. e E 575.795,82 m.; deste, segue com azimute de 262°54'50" e distância de 198,11 m., confrontando neste trecho com a Rua 01 , até o vértice 153, de coordenadas N 8.593.006,50 m. e E 575.599,23 m.; deste, segue com azimute de 327°52'58" e distância de 60,49 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718 , até o vértice 154, de coordenadas N 8.593.057,74 m. e E 575.567,07 m.; deste, segue com azimute de 77°45'34" e distância de 186,65 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584 , até o vértice P1, de coordenadas N 8.593.097,31 m. e E 575.749,48 m.; deste, segue com azimute de 326°20'13" e distância de 112,82 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584 , até o vértice P2, de coordenadas N 8.593.191,21 m. e E 575.686,94 m.; deste, segue com azimute de 236°20'09" e distância de 21,49 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584 , até o vértice P3, de coordenadas N 8.593.179,30 m. e E 575.669,06 m.; deste, segue com Raio de 247,00 m e desenvolvimento de 116,37 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 7.630 , até o vértice P4, de coordenadas N 8.593.283,02 m. e E 575.618,71 m.; deste, segue com azimute de 257°36'10" e distância de 27,22 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 7.630 , até o vértice P5, de coordenadas N 8.593.277,18 m. e E 575.592,12 m.; deste, segue com azimute de 326°20'09" e distância de 52,59 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 7.630 , até o vértice P6, de coordenadas N 8.593.320,95 m. e E 575.562,97 m.; deste, segue com azimute de 305°52'07" e distância de 89,05 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 7.630 , até o vértice P7, de coordenadas N 8.593.373,13 m. e E 575.490,80 m.; deste, segue com Raio de 371,00 m e desenvolvimento de 82,86 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 7.630 , até o vértice P8, de coordenadas N 8.593.453,97 m. e E 575.508,19 m.; deste, segue com azimute de 18°31'56" e distância de 27,10 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 7.630 , até o vértice P9, de coordenadas N 8.593.479,66 m. e E 575.516,80 m.; deste, segue com azimute de 288°31'56" e distância de 62,00 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 7.630 , até o vértice P10, de coordenadas N 8.593.499,37 m. e E

575.458,01 m.; deste, segue com

azimute de 18°31'56" e

distância de 198,12 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 7.630 , até o vértice P11, de coordenadas N 8.593.687,21 m. e E 575.520,98 m.; deste, segue com azimute de 108°31'56" e distância de 218,03 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 7.630 , até o vértice P12, de coordenadas N 8.593.617,91 m. e E

PÁGINA 18 - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI 575.727,71 m .; deste, segue
a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI 575.727,71 m .; deste, segue

575.727,71 m.; deste, segue com azimute de 18°31'56" e distância de 372,00 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584 , até o vértice P13, de coordenadas N 8.593.970,62 m. e E 575.845,95 m.; ponto inicial da descrição deste perímetro. Todas as coordenadas aqui descritas estão georeferenciadas ao Sistema Geodésico Brasileiro, a partir dos Marcos JFM1 de coordenadas E 575.434,985 e N 8.593.966,466, e o Marco JFM2 de coordenadas E 575.165,638 e N 8.593.518,460 e encontram-se representadas no Sistema UTM, referenciadas ao Meridiano Central 45° WGr , tendo como o Datum o SAD- 69. Todos os azimutes e distâncias, áreas e perímetros foram calculados no plano de projeção UTM.

III – DOCUMENTAÇÃO: o imóvel no qual o loteamento será

implantado é de propriedade da empresa LIMOEIRO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS SPE LTDA. e encontra-se devidamente registrado no Cartório de 2º Oficio do Registro de Imóveis da Comarca de Camaçari – BA, sob matrícula nº 18.927.

IV – CARACTERÍSTICAS GERAIS DO PROJETO: trata-se

de um loteamento predominantemente residencial, sujeito ao regime instituído nos termos da Lei Complementar

Municipal nº 913, de 03 de setembro de 2008 e Lei Federal nº. 6.766, de 19 de Dezembro de 1979, com alterações posteriores, com 604 (seiscentos e quatro) lotes residenciais unifamiliares, 1 (um) lote destinado à Associação de Moradores e 12 (doze) lotes comerciais, distribuídos segundo planta arquivada na Secretaria de Desenvolvimento Urbano – SEDUR.

.

V – DISTRIBUIÇÃO DAS ÁREAS: a área total do empreendimento é de 328.153,10m² (trezentos e vinte e oito mil cento e cinquenta e três metros e dez decímetros quadrados), assim distribuída:

a) Área residencial, com 184.379,60m² (cento e oitenta e quatro mil trezentos e setenta e nove metros e sessenta decímetros quadrados), equivalentes à 56,19% (cinquenta e seis vírgula dezenove por cento) da área líquida do empreendimento distribuída em 604 (seiscentos e quatro) lotes, conforme listagem a seguir:

cento) da área líquida do empreendimento distribuída em 604 (seiscentos e quatro) lotes, conforme listagem a
cento) da área líquida do empreendimento distribuída em 604 (seiscentos e quatro) lotes, conforme listagem a
cento) da área líquida do empreendimento distribuída em 604 (seiscentos e quatro) lotes, conforme listagem a

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 19

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10

PÁGINA 20 - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI b) Área comercial , com
a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI b) Área comercial , com

b) Área comercial, com 7.970,86 m² (sete mil novecentos e setenta metros e oitenta e seis decímetros quadrados), equivalentes a 2,43% (dois vírgula quarenta e três por cento) da área líquida do empreendimento distribuída em 12 (doze) lotes, conforme listagem a seguir:

distribuída em 12 (doze) lotes, conforme listagem a seguir: c) Área da Associação de Moradores ,

c) Área da Associação de Moradores, com 1.228,26 m² (um mil duzentos e vinte e oito metros e vinte seis decímetros quadrados), equivalentes a 0,37% (zero vírgula trinta e sete por cento) da área líquida do empreendimento distribuídos em 1 (um) lote, conforme descrito a seguir:

distribuídos em 1 (um) lote, conforme descrito a seguir: d) Áreas de Uso Público com 134.574,38m²

d) Áreas de Uso Público com 134.574,38m² (cento e trinta e quatro mil, quinhentos e setenta e quatro metros e trinta e oito decímetros quadrados), equivalente a 41,01% (quarenta e um vírgula um por cento) da área líquida do empreendimento, correspondendo a:

1. Área de sistema viário, compreendendo: acesso rodoviário a partir da BA-522, via de circulação interna relativa à área residencial, totalizando 67.449,23 m² (sessenta e sete mil quatrocentos e quarenta e nove metros e vinte e três decímetros quadrados), equivalente a 20,56% (vinte vírgula cinquenta e seis por cento) da área líquida do empreendimento;

2. Área verde com 65.673,87m² (sessenta e cinco mil seiscentos e setenta e três metros e oitenta e sete decímetros quadrados), equivalendo a 20,01% (vinte vírgula um por cento) da área líquida do empreendimento;

3. Equipamento urbano com 17.858,94m² ( dezessete mil oitocentos e cinquenta e oito metros e noventa e quatro decímetros quadrado), equivalente a 5,44% da área líquida do empreendimento, sendo que a área com 1.451,28m² (um mil quatrocentos e cinquenta e um metro e vinte e oito decímetros

quadrados), será doada dentro do perímetro do empreendimento e 16.407,66m² (dezesseis mil e quatrocentos e sete metros e sessenta e seis decímetros quadrados), será doado em área externa à gleba do empreendimento, em conformidade à Lei 913/2008 art. 37, e localiza-se em área contígua à área de doação da primeira fase deste loteamento, totalizando um terreno com 46.039,43m² (quarenta e seis mil trinta e nove metros e quarenta e três decímetros quadrados), situado nas proximidades do Parque das Mangabas

e Jardim Limoeiro, adquirido pelo LOTEANTE, por opção de compra e venda, a ser destacada da matricula sob o nº 3584, Cartório de 2º Oficio do Registro de Imóveis da Comarca de Camaçari – BA,

com a seguinte descrição:

Inicia-se a descrição deste perímetro no vértice P-1, de coordenadas N 8.593.575,87 m. e E 576.709,32 m., situado no limite com a Matrícula 3.584, deste, segue com azimute de 144°42'49" e distância de 205,75 m., confrontando neste trecho com o bairro, até o vértice P-2, de coordenadas N 8.593.407,92

m. e E 576.828,17 m.; deste, segue com azimute

de 180°00'00" e distância de 218,10 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584,

até o vértice P-3, de coordenadas N 8.593.189,82

m. e E 576.828,17 m.; deste, segue com azimute

de 279°18'25" e distância de 210,20 m.,

confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584, até o vértice P-4, de coordenadas N 8.593.223,81

m. e E 576.620,74 m.; deste, segue com azimute

de 326°20'09" e distância de 125,30 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 16.718,

até o vértice P-5, de coordenadas N 8.593.328,10

m. e E 576.551,28 m.; deste, segue com azimute

de 90°00'00" e distância de 247,62 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584, até o vértice P- 6, de coordenadas N 8.593.328,10 m. e E 576.798,90 m.; deste, segue com azimute de 324°42'49" e distância de 253,99 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584, até o vértice P- 7, de coordenadas N 8.593.535,43 m. e E 576.652,18 m.; deste, segue com azimute de 54°42'49" e distância de 70,00 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584, até o vértice P- 1, de coordenadas N 8.593.575,87 m. e E 576.709,32 m.; ponto inicial da descrição deste perímetro. Todas as coordenadas aqui descritas estão geo-referenciadas ao Sistema Geodésico Brasileiro, a partir dos Marcos JFM1 de coordenadas E 575.434,985 e N 8.593.966,466, e o Marco JFM2 de coordenadas E 575.165,638 e N 8.593.518,460 e encontram-se representadas no Sistema UTM, referenciadas ao Meridiano Central 45° WGr , tendo como o Datum o SAD-69. Todos os azimutes e distâncias, áreas e perímetros foram calculados no plano de projeção UTM. Sendo que a devida lavratura da Escritura de Doação deverá ser realizada em até 30 dias do aceite do MUNICÍPIO e

180 dias para o registro no Cartório de Imóveis, arcando o PROPRIETÁRIO com todos os encargos necessários decorrentes da transferência, sem nenhum ônus ao MUNICÍPIO.

CLÁUSULA TERCEIRA – DIMENSIONAMENTO DO SISTEMA VIÁRIO EXTERNO DE ACESSO E SISTEMA VIÁRIO INTERNO O sistema viário será implantado exclusivamente pela

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 21

XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 21
XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 21

Loteadora, Limoeiro Empreendimentos Imobiliários Ltda., e apresenta: pistas com largura mínima de 7,00m (sete metros), passeio de 2,50m (dois metros e cinqüenta centímetros), nos dois lados da rua e meios-fios padrão DNER. Todo o sistema será provido de sinalizações horizontal e vertical.

O sistema viário externo de acesso será implantado em

pavimento asfáltico em conformidade com as normas aprovadas pelo DERBA.

CLÁUSULA QUARTA – PARÂMETROS DE OCUPAÇÃO

E USO DO SOLO

I – Recuos: os recuos urbanísticos mínimos, a seguir

registrados, referem-se à distância dos limites dos lotes para

as edificações.

Lotes Residenciais

a) frente = 5,00m (cinco metros);

b) laterais limítrofes =1,50m (um metro e cinqüenta centímetros), não sendo permitido alinhar a construção nas

divisas do lote, com exceção das edículas;

c) fundos = 3,00m (três metros).

Lotes Comerciais/Serviços/Institucional

a) frente = 6,00m (seis metros);

b) laterais limítrofes =2,00m (dois metros), não é permitido

alinhar a construção nas divisas do lote;

c) fundos = 3,00m (três metros);

Todos os lotes deste loteamento possuem apenas uma testada, não sendo permitido o acesso aos lotes através das áreas verdes.

II – Gabarito: 03 pavimentos, térreo mais dois pavimentos, com altura máxima limitada à copa média das espécimes vegetais de porte arbóreo, considerando-se para isso o limite de 14,00m (catorze metros);

III – Taxa de ocupação máxima (Io): 50% (cinquenta por

cento), a ser aplicado sobre a área total do lote, para cálculo da área máxima a ser ocupada pelas construções do referido lote;

IV – Índice de utilização máximo (Iu): 1.0, a ser aplicado

sobre a área total do lote;

V – Índice de permeabilidade mínimo (IP): 0.50, a ser

aplicado sobre a área total do lote;

VI – Edículas: será permitida a construção de edículas

exclusivamente térreas (um pavimento), obedecendo-se as seguintes determinações:

a) a área total construída da edícula não poderá ultrapassar 40,00m (quarenta metros quadrados);

b) a edícula não poderá apresentar dimensões totais, em qualquer dos lados, superior a 40% (quarenta por cento) da correspondente medida lateral ou de fundo do lote;

c) quando encostar, em limites do fundo do lote, deverá ter parede dupla;

2

CLÁUSULA QUINTA – CONDICIONANTES E

PROIBIÇÕES

Ficam vedados a construção, ampliação ou alteração das unidades e das áreas públicas comuns, sem prévia e indispensável aprovação dos projetos pelo MUNICÍPIO, observada a sua obediência aos parâmetros estabelecidos, bem como as seguintes proibições:

a. Construção nas áreas de recuo frontal, em qualquer lote;

b. Construções nas Áreas de Preservação

Permanente – APP, conforme legislação ambiental vigente.

§1º Somente será liberado o alvará de habite-se, para as unidades residenciais cuja via de acesso aos lotes possua infraestrutura concluída. §2º Fica vedado o fracionamento das áreas comuns, sob qualquer hipótese. §3º As construções a serem realizadas no lote da Associação, Quadra QAJ1 – lote 1 será objeto de aprovação específica para emissão dos respectivos Alvarás posteriormente à aprovação do loteamento.

CLÁUSULA

INFRAESTRUTURA

SEXTA

ESPECIFICAÇÕES

E

I – Sistema Viário: o sistema viário será implantado,

exclusivamente pela LOTEANTE, com pavimentação de tratamento asfáltico, disposto sobre base de arenoso compactada, provido de sinalizações horizontal e vertical;

II – Acesso: O acesso será executado, exclusivamente pela LOTEANTE, em pavimentação de tratamento asfáltico conforme projeto devidamente aprovado pelo DERBA;

III – Passeios: os passeios serão executados pela

LOTEANTE, com grama e piso cimentados nas áreas

públicas.

IV – Rede de distribuição de energia elétrica e

iluminação pública: Os lotes serão abastecidos por rede de energia elétrica e de iluminação pública, executadas pela LOTEANTE, conforme projeto devidamente aprovado na COELBA e arquivado na Secretaria de Desenvolvimento Urbano – SEDUR, ficando a cargo de cada adquirente a ligação de energia para a unidade imobiliária correspondente;

V – Rede de abastecimento de água: o sistema de

abastecimento de água potável será realizado pela LOTEANTE e contará com rede de distribuição interna ao loteamento. O projeto será elaborado de acordo com normas e diretrizes técnicas da EMBASA.

VI – Rede de coleta de esgoto: O sistema de coleta de

esgotos sanitários será implantado pela LOTEANTE. O projeto será elaborado de acordo com normas e diretrizes técnicas da EMBASA.

VII – Sistema de drenagem de águas pluviais: a drenagem pluvial será executada exclusivamente pela LOTEANTE, conforme projeto aprovado e arquivado na Secretaria de Desenvolvimento Urbano – SEDUR.

VIII - Paisagismo: as praças serão mantidas com o mínimo

de 80% (oitenta por cento) da área permeável. Nos canteiros projetados e em todas as áreas verdes, serão plantadas mudas de árvores de espécies nativas ou adaptadas, conforme projeto específico, aprovado pela SEDUR, garantindo-se a proporção mínima de 01 (uma) árvore para cada 100,00m (cem metros quadrados) de área permeável. As espécies exóticas serão toleradas apenas quando adaptadas ao ecossistema local. Os taludes e canteiros serão revestidos com grama natural ou outra variedade de vegetação rasteira, adequados ao tipo de solo, ventilação e ao clima local;

2

IX. Identificação das áreas públicas: As áreas públicas deverão estar devidamente sinalizadas com placas

PÁGINA 22 - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI confeccionadas em chapas planas metálicas
a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI confeccionadas em chapas planas metálicas

confeccionadas em chapas planas metálicas galvanizadas, fixadas no solo, revestidas com material plástico do tipo poliestireno, contendo o seguinte texto:

“ÁREA DE DOMINIO PÚBLICO PROIBIDO DESMATAR, OCUPAR, CONSTRUIR, ESCAVAR E JOGAR LIXO Lei 1.120 de 25 de novembro de 2010 e Lei 913, de 03 de setembro de 2008.”

CLÁUSULA SÉTIMA – PRAZO DE EXECUÇÃO

O prazo para execução das obras será de 24 (vinte quatro)

meses, a contar da expedição da competente licença para

implantação do empreendimento pelo Município.

CLÁUSULA OITAVA – OBRIGAÇÕES

I – A LOTEANTE, por si, seus representantes, herdeiros e sucessores a qualquer título, obrigam-se a:

a) Cumprir quanto disposto no presente instrumento;

b) Executar todas as obras relacionadas, de acordo com as especificações indicadas nas cláusulas terceira e sexta do presente Termo de Acordo e Compromisso, às suas expensas e sob a sua exclusiva responsabilidade, no prazo indicado na cláusula sétima;

c) Responsabilizar-se pela construção de depósito de lixo dispostos internamente para o veículo coletor responsável pelo recolhimento, de acordo com a viabilidade da empresa responsável pela limpeza urbana municipal.

II – O MUNICÍPIO obriga-se a:

a) Fiscalizar o cumprimento deste Termo de Acordo e Compromisso;

b) Intervir pelos instrumentos próprios, para o cumprimento da legislação vigente, em especial a legislação ambiental;

c) Liberar as unidades caucionadas, assim que cumprida, comprovadamente, as disposições deste instrumento;

d) Observar, quando da aprovação de projetos de construção, reforma e ampliação, bem como da emissão de alvará, se foram atendidas as exigências estabelecidas neste Termo e na Legislação Vigente.

III – Os futuros adquirentes dos lotes obrigam-se a:

a) Realizar individualmente ou pela Associação de Moradores e às suas expensas, a coleta de lixo domiciliar e das áreas comuns, colocando-o em depósitos internos de fácil acesso ao veículo municipal coletor, que recolherá os resíduos sob responsabilidade do Município;

b) Respeitar as disposições deste Termo de Acordo e Compromisso, especialmente no que tange à legislação ambiental;

c) Cumprir as decisões da assembléia da Associação dos Moradores, que defina princípios, normas e posturas próprias, de acordo com as legislações em vigor e com os princípios apontados pelas licenças ambientais a que o empreendimento será submetido;

d) Apresentar para aprovação junto à Municipalidade,

quaisquer projetos arquitetônicos de construção, reforma ou ampliação, só podendo dar inicio às respectivas obras, após o recebimento do alvará de construção correspondente.

CLÁUSULA NONA – GARANTIAS Como garantia à plena execução das obras de infraestrutura

do empreendimento, fica caucionado ao Município a área

contígua ao empreendimento, parte do imóvel da matrícula

nº 3584 do 2º Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de

Camaçari, com 58.073,61m² (cinquenta e oito mil e setenta e três metros e sessenta e um decímetros quadrados),

correspondente a 30% (trinta por cento) da área total dos lotes, em conformidade com o art. 39 da Lei 913/2008. Inicia- se a descrição deste perímetro no vértice P-1, de coordenadas N 8.594.082,57 m. e E 576.138,24 m., situado

no limite com a Matrícula 3.584, deste, segue com Raio de

677,64 m e desenvolvimento de 335,57 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584, até o vértice P-2, de coordenadas N 8.593.891,41 m. e E 576.409,88 m.; deste, segue com azimute de 225°23'32" e distância de 200,31 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584, até o vértice P-3, de coordenadas N 8.593.750,75 m. e E 576.267,27 m.; deste, segue com Raio de 478,00 m e desenvolvimento de 246,21 m., confrontando neste trecho com Terras Alphaville Fase 2, até o vértice P-4, de coordenadas N 8.593.894,59 m. e E 576.070,81 m.; deste, segue com azimute de 19°44'02" e distância de 199,71 m., confrontando neste trecho com a Matrícula 3.584, até o vértice P-1, de coordenadas N 8.594.082,57 m. e E 576.138,24 m.; ponto inicial da descrição deste perímetro. Todas as coordenadas aqui descritas estão georeferenciadas ao Sistema Geodésico Brasileiro, a partir dos Marcos JFM1 de coordenadas E 575.434,985 e N 8.593.966,466, e o Marco JFM2 de coordenadas E 575.165,638 e N 8.593.518,460 e encontram-se representadas no Sistema UTM, referenciadas ao Meridiano Central 45° WGr , tendo como o Datum o SAD- 69. Todos os azimutes e distâncias, áreas e perímetros foram calculados no plano de projeção UTM.

CLÁUSULA DÉCIMA – REGISTRO DO LOTEAMENTO

A LOTEANTE obriga-se a, dentro de cento e oitenta dias,

contados da data Alvará do Loteamento, apresentar ao MUNICÍPIO a certidão oriunda do 2º Ofício do Registro de Imóveis da Comarca de Camaçari, relativa ao registro do empreendimento.

CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA - PENALIDADES

A inobservância de qualquer das estipulações consignadas

no presente instrumento, sujeitará a LOTEANTE, sem prejuízo de outras cominações, às multas previstas na legislação.

CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA - FORO

Camaçari,

renunciando as partes a qualquer outro, por mais privilegiado que seja.

O foro

deste

ajuste

é

o

da

Comarca

de

E por estarem assim acordados e compromissados,

assinam este instrumento, em quatro vias, com as testemunhas abaixo, a fim de que se produzam os seus efeitos jurídicos.

Camaçari, 09 de agosto de 2013.

ANA LÚCIA BASTOS DE ARÚJO COSTA SECRETÁRIA DE DESENVOLVIMENTO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 23

XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 23
XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PÁGINA 23

URBANO

LIMOEIRO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS SPE LTDA LOTEANTE

Testemunhas:

1.

2.

PORTARIA Nº. 57 / 2013 DE 19 DE JULHO DE 2013

“ D i s p õ e s o b r e a a p r o v a ç ã o d o desmembramento de uma área, medindo 1.000,00m², situada na Rua Nova Esperança, Q-AC, Lote 381, do Loteamento Parque Real Serra Verde, neste Município em 02 novas áreas de 500,00m² cada, na forma que indica”.

A SECRETÁRIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, Estado da Bahia, no uso das competências que lhe foram atribuídas pelos Decretos nº. 4.365, de 22 de fevereiro de 2007, 4.245/2006 e ainda no Decreto Municipal, datado do dia 02 de janeiro de 2013, e tendo em vista o que consta no Processo Administrativo n 06.111/2013, assim como as demais disposições de Direito pertinentes,

o

RESOLVE:

Art. 1° - Aprovar o desmembramento de uma área, medindo 1.000,00m², situada na Rua Nova Esperança, Q-AC, Lote 381, do Loteamento Parque Real Serra Verde, neste Município, em 02 novas áreas de 500,00m² cada.

Parágrafo único – A área ora desmembrada é de propriedade da Sr. NILTON SANTOLIN, devidamente registrada no Cartório do 2º Ofício do Registro de Imóveis da Comarca de Camaçari – Bahia, sob a matrícula nº 544, datada de 20 de outubro de 1992.

Art. 2° - A situação atual da área está assim descrita:

LOTE ORIGINAL

O Lote a ser desmembrado é retangular, com 25,00m de

frente para a Rua Nova Esperança; 25,00m de fundo, confrontando-se com o lote 386; 40,00m de ambos os lados, confrontando-se, do lado esquerdo, com o lote 2568 e, do lado direito, com o lote 382, perfazendo uma área de

1.000,00m².

Art. 3° - As áreas desmembradas ficam assim descritas e caracterizadas:

LOTE 381 A Possui 12,50m de frente para a Rua Nova Esperança; 12,50m de fundo confrontando-se com o Lote 386; 40,00m

de ambos os lados, confrontando-se do lado esquerdo com

o Lote 2568 e, do lado direito, com o Lote 381B, resultante do

desmembramento, perfazendo uma área de 500,00m².

LOTE 381 B Possui 12,50m de frente para a Rua Nova Esperança;

12,50m de fundo confrontando-se com o Lote 386; 40,00m

de ambos os lados, confrontando-se, do lado direito, com o

lote 382 e, do lado esquerdo, com o Lote 381 “A” resultante

do desmembramento, perfazendo uma área de 500,00m².

Art. 4º - Esta Portaria tem validade de 180 (Cento e Oitenta) dias para Registro no Cartório Imobiliário, sob pena de caducidade prevista em Lei.

Art. 5° - Esta Portaria entra em vigor

publicação, revogadas as disposições em contrário.

na

data de sua

GABINETE DA SECRETÁRIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO DE CAMAÇARI, EM 19 DE JULHO DE 2013.

ANA LÚCIA BASTOS DE ARAÚJO COSTA SECRETÁRIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO

PORTARIA Nº. 058 / 2013 DE 19 DE JULHO DE 2013

A Secretária de Desenvolvimento Urbano, no exercício da competência que lhe foi delegada pela Lei Municipal nº 913/2008, de 03/09/2008, Resolução CEPRAM nº 3.925/2009, de 30/01/2009, e Resolução CEPRAM nº 4.046/2010, de 29/01/2010, no que couber e, tendo em vista o que consta do Processo nº 05.089/2013, de 12/03/2013,

RESOLVE:

Art. 1º - Conceder LICENÇA AMBIENTAL SIMPLIFICADA, válida pelo prazo de três anos, à CERÂMICA BLOCO FORTE LTDA; inscrita no CNPJ Nº 15.106.685/0001-22, com sede no Jardim Maria Emilia, s/n, distrito Sede, município de Camaçari, para extração de argila, em uma área de 45,95 hectares, na poligonal DNPM Nº 870.197/2013. A área inspecionada, denominada Fazenda Camaçari de Dentro, no município de Camaçari, possui

reserva de 54.000,00 m³, cuja produção mensal será de 3.500 ton./mês, locada nas seguintes coordenadas geográficas: -12°43'01”735 e -38°20'53”948; -12°43'01”735

e 38°20'57”264; -12°43'11”508 e -38°20'57”264; -

12°43'11”508 e -38°20'52”265; -12°43'21”262 e - 38°20'52''265; -12°43'21''262 e 38°20'45''609; - 12º43'40''777 e -38°20'25''663; -12°43'30''962 e - 38°20'25''663; -12°43'30''962 e -38°20'30''662; - 12°43'26''091 e -3820'30''662; -12°43'26''091 e - 38°20'33''990; -12°43'21''217 e -38°20'33''990; - 12°43'21''217 e -38°20'42''293; -12°43'11''472 e - 38°20'42''293; -12°43'11”472 e -38°20'45''634; - 12°43'09''852 e -38°20'45''634; -12°43'09''852 e - 38°20'47''295; -12°43'08''229 e -38°20'47''295; - 12°43'08''229 e -38°20'48''958; -12°43'06''605 e - 38°20'48''958; -12°43'06''605 e -38°20'50''620; - 12°43'04''982 e -38°20'50''620; -12°43'04''982 e - 38°20'52''282; -12°43'03''358 e -38°20'52''282; - 12°43'03''358 e -38°20'53''948; -12°43'01''735 e - 38°20'53''948. Esta Licença está sendo concedida, mediante o cumprimento da legislação vigente e dos

PÁGINA 24 - DIÁRIO OFICIAL - ANO XI - Nº 528 - de 10 a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI

a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI seguintes condicionantes: I – promover,
a 16 de Agosto de 2013 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI seguintes condicionantes: I – promover,

seguintes condicionantes: I – promover, durante as operações de lavra, a umidificação das vias de acesso, a fim

de minimizar a geração de poeira provocada pelo tráfego de

máquinas e veículos; II – disponibilizar à fiscalização, a

documentação comprobatória do fornecimento de água

para o empreendimento; III - implantar placas de sinalização

e advertência, em toda a área de influência do

empreendimento. IV – manter os dispositivos de sinalização em perfeito estado de conservação; V - disponibilizar, equipamentos e dispositivos de atendimentos de emergência, que garantam a segurança dos operários e funcionários da lavra; VI - Adotar as Normas Regulamentadoras de Mineração determinadas na Portaria DNPM nº 237/01: NRM-02 (Lavra a Céu Aberto); NRM-09 (Prevenção contra Poeira); NRM -12 (Sinalização de Áreas de Trabalho e Trabalhador); VII - fica proibido o descarte/expurgo de matérias de qualquer origem do leito das drenagens superficiais; VIII - armazenar adequadamente os resíduos sólidos de origem doméstica

da lavra, para serem coletados pela Limpeza Pública de

Camaçari - LIMPEC; IX – acondicionar em recipientes apropriados e em local coberto os resíduos de classe B (contaminantes) gerados pelos equipamentos utilizados na atividade de mineração e encaminhar para unidade de tratamento devidamente licenciada; X - fornecer e exigir o uso dos Equipamentos de Proteção Individual - EPI, aos funcionários e visitantes, adequados e compatíveis com o exercício de suas funções e ainda, fiscalizar o seu devido uso permanente, conforme Norma Regulamentadora NR- 06, de 08/06/78; XI - apresentar anualmente à SEDUR, Relatório de Acompanhamento Ambiental do desenvolvimento da lavra em seus diferentes alvos de atuação, representados por documentação topográfica, com data de comprovação atualizada de cada alvo; XII - apresentar à SEDUR, o Registro de Licenciamento concedido pelo DNPM;