Você está na página 1de 23
FUNDAMENTOS DE GEODÉSIA E INTRODUÇÃO AO POSICIONAMENTO POR SATELITES (GPS)
FUNDAMENTOS DE GEODÉSIA E INTRODUÇÃO AO POSICIONAMENTO POR SATELITES (GPS)
FUNDAMENTOS DE GEODÉSIA E
INTRODUÇÃO AO POSICIONAMENTO POR
SATELITES (GPS)
GEODÉSIA: CONCEITO
GEODÉSIA: CONCEITO
GEODÉSIA: CONCEITO
“Geodésia é a ciencia que mede e representa a superficie terra” (HELMERT, 1880)
“Geodésia é a ciencia que mede e representa a superficie
terra” (HELMERT, 1880)
que mede e representa a superficie terra” (HELMERT, 1880) “Geodésia é a ciência que estabelece os
“Geodésia é a ciência que estabelece os princípios e os métodos por meio dos quais
“Geodésia é a ciência que estabelece os princípios e os
métodos por meio dos quais grandes áreas na superfície
da terra podem ser levantadas e mapeadas com precisão”
(MERRIMAN, 1975)
“Geodésia é a ciência que tem por objetivo determinar a
forma e as dimensões da terra e os parâmetros
definidores do campo” (GAMAEL, 1994)
“Geodésia é a definida classicamente como a ciência que
estuda a forma e as dimensões da terra. A palavra
geodésia em si é de origem grega e significa
PARTICIONANDO A TERRA”. (BLITZKOW & LEICK)
QUAL A SUA IMPORTÂNCIA PARA A ENGENHARIA (TOPOGRAFIA)
QUAL A SUA IMPORTÂNCIA PARA A ENGENHARIA (TOPOGRAFIA)
QUAL A SUA IMPORTÂNCIA PARA A
ENGENHARIA (TOPOGRAFIA)

Forma da Terra

Forma da Terra A geodésia tem ampla aplicação para monitoramento em trabalhos de engenharia civil ,
Forma da Terra A geodésia tem ampla aplicação para monitoramento em trabalhos de engenharia civil ,

A geodésia tem ampla aplicação para monitoramento em trabalhos de engenharia civil, uma vez que define, por exemplo, o referencial altimétrico (a altitude de pontos) e as coordenadas ou posição espacial de elementos sobre a superfície terrestre.

espacial de elementos sobre a superfície terrestre . A Topografia , é aplicada em diversas áreas

A Topografia, é aplicada em diversas áreas da engenharia, também é considerada uma parte das ciências geodésicas.

também é considerada uma parte das ciências geodésicas. A importância da geodésia na produção cartográfica:
também é considerada uma parte das ciências geodésicas. A importância da geodésia na produção cartográfica:
também é considerada uma parte das ciências geodésicas. A importância da geodésia na produção cartográfica:

A importância da geodésia na produção cartográfica: “Não é

possível fazer um mapa preciso sem que tenhamos coordenadas

conhecidas de pontos”.

Sistemas de Referência

Referências Altimétricas
Referências Altimétricas
Sistemas de Referência Referências Altimétricas O GPS fornece coordenadas elipsoidais, a altitude calculada por ele é
O GPS fornece coordenadas elipsoidais, a altitude calculada por ele é elipsoidal. Altitude Ortométrica Altitude
O GPS fornece coordenadas elipsoidais, a altitude calculada por ele
é elipsoidal.
Altitude
Ortométrica
Altitude
(H)
Elipsoidal
(h)
Superfície Terrestre
Elipsóide
Geóide

Sistema Geodésico Brasileiro (SGB)

Sistema Geodésico Brasileiro (SGB) DATUM
DATUM
DATUM
DATUM
DATUM
DATUM DATUM: é um sistema de referência utilizado que é correlacionado aos resultados de um levantamento.

DATUM: é um sistema de referência utilizado que é correlacionado aos resultados de um levantamento.

Existem dois tipos de datums: o vertical e o horizontal.

O

referenciamento das altitudes tomadas sobre a superfície

datum vertical é uma superfície de nível utilizada no

terrestre.

O datum horizontal, por sua vez, é utilizado no referenciamento das posições tomadas sobre a superfície terrestre. Este último é definido: pelas coordenadas geográficas de um ponto inicial, pela direção da linha entre este ponto inicial e um segundo ponto especificado, e pelas duas dimensões (a e b) que definem o elipsóide utilizado para representação da superfície terrestre.

e pelas duas dimensões (a e b) que definem o elipsóide utilizado para representação da superfície
e pelas duas dimensões (a e b) que definem o elipsóide utilizado para representação da superfície
e pelas duas dimensões (a e b) que definem o elipsóide utilizado para representação da superfície

Sistemas de Referência

Parâmetros de Oficiais de Transformação
Parâmetros de Oficiais de
Transformação
de Referência Parâmetros de Oficiais de Transformação A conversão de coordenadas de um sistema geodésico para
A conversão de coordenadas de um sistema geodésico para o outro, pode ser feita, através
A conversão de coordenadas de um sistema geodésico para o
outro, pode ser feita, através de parâmetros Oficiais de
transformação.
Córrego Alegre  SAD-69: X = + 40,3587 m Y = + 37,4398 m Z
Córrego Alegre  SAD-69:
X = + 40,3587 m
Y = + 37,4398 m
Z = + 34,40
X ~= 5,020 m
Y ~= 5,052 m
Z ~= 0,541 m

SAD 69 SAD 69/96:

X = - 67,327m Y = + 3,899m Z = - 38,292m
X = - 67,327m
Y = + 3,899m
Z = - 38,292m

SAD69/96SIRGAS:

SAD-69  Aratu (Petrobrás): SAD-69  WGS-84: X = + 78 m X = -
SAD-69  Aratu (Petrobrás):
SAD-69  WGS-84:
X = + 78 m
X = - 66,87 m
Y = - 294 m
X = + 40,3587 m
Y = + 4,37 m
Z = +109 m

INCONSISTÊNCIA POSICIONAL

INCONSISTÊNCIA POSICIONAL FONTE CONDER
INCONSISTÊNCIA POSICIONAL FONTE CONDER

FONTE CONDER

CONSEQÜÊNCIAS DO USO DE SISTEMAS

DE REFERÊNCIA DIFERENTES

CONSEQÜÊNCIAS DO USO DE SISTEMAS DE REFERÊNCIA DIFERENTES FONTE PIGN
CONSEQÜÊNCIAS DO USO DE SISTEMAS DE REFERÊNCIA DIFERENTES FONTE PIGN

FONTE PIGN

O EMPREGO DE UM ÚNICO SISTEMA DE

REFERÊNCIA RESOLVE O PROBLEMA!

O EMPREGO DE UM ÚNICO SISTEMA DE REFERÊNCIA RESOLVE O PROBLEMA! FONTE PIGN
O EMPREGO DE UM ÚNICO SISTEMA DE REFERÊNCIA RESOLVE O PROBLEMA! FONTE PIGN
O EMPREGO DE UM ÚNICO SISTEMA DE REFERÊNCIA RESOLVE O PROBLEMA! FONTE PIGN

FONTE PIGN

Sistema Geodésico Brasileiro (SGB)

Sistema Geodésico Brasileiro (SGB) SGB (SISTEMA GEODÉSICO BRASILEIRO)
SGB (SISTEMA GEODÉSICO BRASILEIRO)
SGB (SISTEMA GEODÉSICO BRASILEIRO)

Redes de Marcos Geodésicos

Finalidades
Finalidades
Redes de Marcos Geodésicos Finalidades  Apoio básico da cartografia;  Georreferenciamento de projetos e obras;
 Apoio básico da cartografia;  Georreferenciamento de projetos e obras;  Atualização cartográfica; 
Apoio básico da cartografia;
 Georreferenciamento de projetos e obras;
Atualização cartográfica;
 Base
para
o
desenvolvimento
de
trabalhos
de
natureza cartográfica.

Redes de Marcos Geodésicos

Redes de Marcos Geodésicos Exemplos de Materialização
Exemplos de Materialização
Exemplos de Materialização

Redes de Marcos Geodésicos

Monografia de Marco Geodésico
Monografia de Marco Geodésico
Redes de Marcos Geodésicos Monografia de Marco Geodésico
Sistema de Posicionamento Global GPS
Sistema de Posicionamento Global
GPS
Histórico
Histórico
Histórico

Histórico

Sistema de Posicionamento por

Satelite
Satelite
Histórico Sistema de Posicionamento por Satelite Produto da guerra fria – obter, em tempo real, a
Produto da guerra fria – obter, em tempo real, a posição exata de veículos, embarcações,
Produto da guerra fria – obter, em tempo real,
a posição exata de veículos, embarcações,
aeronaves e do homem.

Histórico

SPUTINIK I
SPUTINIK I
Histórico SPUTINIK I Lançado pelos soviéticos em 1957 - Inicio da utilização de satélites para o
Lançado pelos soviéticos em 1957 - Inicio da utilização de satélites para o posicionamento geodésico.
Lançado
pelos soviéticos em 1957 - Inicio da utilização de
satélites para o posicionamento geodésico.

Histórico

Histórico Transit - Navy Navegation Satellite System (NNSS). Desenvolvido pelo EUA. Predecessor do GPS. uso civil
Histórico Transit - Navy Navegation Satellite System (NNSS). Desenvolvido pelo EUA. Predecessor do GPS. uso civil
Histórico Transit - Navy Navegation Satellite System (NNSS). Desenvolvido pelo EUA. Predecessor do GPS. uso civil

Transit - Navy Navegation Satellite System (NNSS).

Transit - Navy Navegation Satellite System (NNSS). Desenvolvido pelo EUA. Predecessor do GPS. uso civil em
Desenvolvido pelo EUA. Predecessor do GPS. uso civil em 1967. Ativo até meados de 1993.
Desenvolvido pelo EUA.
Predecessor do GPS.
uso civil em 1967.
Ativo até meados de 1993.
Satélite do NNSS (TRANSIT)
Não provia cobertura mundial total.
Grande intervalo de tempo entre as passagens sucessivas de
satélites para um mesmo ponto na Terra.
Dois a três dias de medição para obtenção de precisão de 1 metro.