Você está na página 1de 3

Professor Eduardo Sidney

Eletrostática
1. Eletrização e Indução conhecidas como cargas Eletrização por Contato:
Elétrica de um Corpo elementares (e), sendo até o Quando dois corpos de
Eletrizar um corpo é dotá-lo presente a menor carga na materiais diferentes e
de eletricidade. O que isso natureza. Sua intensidade é: eletricamente são postos em
significa e a explicação desse e  1,6 1019 C contato muito próximo
processo depende da em que C (Coulomb) representa, (fortemente pressionados um
compreensão da estrutura no SI, a unidade de carga contra o outro), suas camadas
elementar da matéria. elétrica, tendo recebido essa eletrônicas superficiais ficam
A matéria é constituída de denominação em homenagem a também muito próximas. Por
átomos. O átomo é composto de Charles Augustin Coulomb. isso os elétrons de um podem
muitas partículas, entre as quais Como a menor carga possível é migrar para o outro.
estão as que mais interessam ao a do elétron, conclui-se que a O corpo que adquire elétrons
estudo da eletricidade: os carga (𝐪) de qualquer corpo torna-se eletricamente negativo;
prótons (carga +), os nêutrons eletrizado é um múltiplo inteiro o que perde se torna
(não tem carga) e os elétrons (𝐧) da carga elementar. eletricamente positivo. A forma
(carga -). q  ne mais eficiente de estabelecer ou
Vale lembrar que cargas provocar esse contato é esfregar
Conservação da Carga
elétricas de sinais opostos se um corpo no outro; e esse
elétrica:
atraem; cargas elétricas de processo é chamado de
Outra característica
mesmo sinal se repelem eletrização por atrito. Sua
extremamente importante é que
(Principio da Atração e característica é os dois corpos
a carga elétrica é sempre
Repulsão). inicialmente neutros ficam com
conservada. Isto significa que
cargas elétricas opostas.
em qualquer interação ou
reação, os valores iniciais e
finais da carga elétrica total
devem ser os mesmos. Assim, a O atrito não é a causa direta
carga elétrica total nem é criada da eletrização ou da passagem
nem é destruída. de elétrons de um corpo para
2. Eletrização outro; ele apenas estabelece o
A idéia da eletrização é muito contato que viabiliza essa
Os átomos são, em geral,
simples. Se a matéria é passagem.
eletricamente neutros, porque a
constituída de átomos e estes OBS.:
matéria não em conjuntos não
são eletricamente neutros, todo  Nem todo par de corpos
apresenta forças elétricas.
corpo é eletricamente neutro. atritados se eletriza. É preciso
Portanto os átomos devem
Assim, no nível da estrutura que eles tenham diferentes
conter quantidade igual de
elementar da matéria, eletrizar tendências para ceder e reter
eletricidade positiva e negativa,
um corpo é fazer com que o elétrons.
ou, em outras palavras, igual
numero de elétrons de seus  Não é possível eletrizar
número de prótons e elétrons
átomos seja diferente do corpos condutores segurando-os
Carga elétrica elementar:
numero de prótons. Dois com a mão.
Cada próton possui uma
processos básicos permitem Se um dos corpos em contato
unidade de carga positiva; cada
provocar esse desequilíbrio: a estiver eletricamente carregado,
elétron, uma unidade de carga
eletrização por contato e a o atrito não é necessário: para
negativa. Essas cargas, iguais
eletrização por indução. que haja passagem de elétrons
em valor absolutos, são
desse corpo para outro
Professor Eduardo Sidney
eletricamente neutro basta que 3. Lei de Coulomb A intensidade do campo elétrico
se estabeleça o contato entre Considere a interação elétrica num ponto é igual à força por
eles. Se o primeiro estiver entre duas partículas carregadas unidade de carga nesse ponto, e
carregado negativamente, parte em repouso para um observador representamos por E . Então:
de seus elétrons em excesso em um sistema de referência 𝑭 𝑞
𝑬= =𝐾 ou 𝑭 = 𝑞𝑬
𝑞 𝑑2
tende a ser repelida para o inercial, ou quando muito,
segundo; se estiver carregado movendo-se com velocidade A intensidade 𝑬 do campo

positivamente, ele tende a atrair muito pequena; os resultados de elétrico é expressa em N C .


elétrons do outro. tal interação constituem o que
Se 𝒒 for positivo, a força 𝑭
Esse processo de eletrização se chama de eletrostática. A
sobre a carga tem o mesmo
é chamado de eletrização por interação eletrostática para duas
sentido que o campo 𝑬, mas se 𝑞
contato: parte da carga elétrica partículas carregadas é dada
for negativo, a força 𝑭 tem
do corpo eletrizado passa para o pela lei de Coulomb, assim
sentido oposto a 𝑬.
corpo neutro e os dois adquirem denominada em honra ao
cargas elétricas de mesmo tipo. engenheiro francês Charles A. de
Coulomb, que foi o primeiro a
formulá-la.
A interação eletrostática entre
duas partículas carregadas é
OBS.:
proporcional às suas cargas e ao
Denominações utilizadas
inverso do quadrado da distância
Carga Fonte(Q): carga que dá
Eletrização por Indução:
entre elas, e tem a direção da
origem ao campo considerado.
No processo de indução não
reta que une as duas cargas.
Carga de Prova (q): Carga sobre
há contato direto entre os
qq  a qual o campo considerado está
corpos. Basta aproximar um F  Ke 2
r
agindo.
corpo carregado, o indutor, do
podemos dizer que:
Linhas de Força
corpo neutro a ser carregado, o
1 7 Michael Faraday não utilizava
induzido, que deve ser ligado
Ke   c 10  8,9874 10  9 10
2 9 9

4 0
o vetor campo elétrico para
temporariamente à Terra ou a quando a distância é medida em
resolver problemas sobre carga
um corpo maior que lhe forneça metros e a força em Newton.
elétrica. Ele raciocinava em
elétrons ou que dele os receba, Ke  Constante eletrostática
termos de linhas de força, o que
fluxo provocadopela presença do
 0  Permissividade de vácuo acabou se constituindo numa
indutor. Caso contrário, o
c  Velocidade da luz no vácuo representação geométrica do
induzido apenas se mantém
4. Campo Elétrico (𝑬) campo elétrico.
eletricamente polarizado
Qualquer região onde uma As linhas de força nascem
enquanto o indutor estiver
carga elétrica experimenta uma em cargas positivas e
presente.
força é chamada campo elétrico. morrem em cargas negativas.
A força sobre uma partícula
colocada num campo elétrico é
proporcional à carga da
partícula.
Professor Eduardo Sidney
d) Campo externo à esfera
- - - 7. Potencial Elétrico
- -
- - P
- - d Uma partícula carregada em
- r -
- - E=K Q2 um campo elétrico tem energia
- - - - d
potencial devido à sua interação
com o campo. O potencial
5. Trabalho (𝜏)
elétrico em um ponto é definido
-F A F B
Para traçar as linhas de força, como energia potencial por
Q q
devemos considerar que o vetor dA unidade de carga colocada no
campo elétrico 𝑬 é sempre dB ponto. Designando o potencial
tangente a um determinado elétrico por 𝑉 e a energia
Considere uma carga Q que cria
ponto da linha de força. potencial de uma carga 𝑞 por 𝐸𝑝 ,
um campo e uma carga q que pela
Campo Elétrico uniforme: Um ação da força do campo se temos:
campo elétrico é uniforme movimenta de um ponto A para Ep
quando o vetor campo elétrico um ponto B. Calculemos o
V OU E p  qV
q
apresenta o mesmo modulo, a trabalho realizado pela força para
mesma direção e o mesmo Se Q 0 V 0
um deslocamento de q de A até
Se Q 0 V 0
sentido em qualquer ponto do um ponto B. Imaginemos sempre
J
campo. Unidade: = 𝑣𝑜𝑙𝑡 (𝑉)
a carga q suficientemente C

pequena para não alterar o campo 8. Diferença de Potencial

de Q. (ddp) ou Tensão (U)

Qq A diferença de potencial entre


FK
d A2 dois pontos é dada por:

 AB  F  d AB U VA VB
Qq 9.Relação entre campo
 AB  K 2  (d B  d A )
Campo Elétrico criado por um dA
elétrico uniforme e d.d.p
condutor esférico (d  d )  d d 
 AB  KQq  B 2 A  KQq   B  A  U E d
Consideremos uma esfera de dA  d Ad B d Ad B  OBS.:
raio r, carregada positivamente  1 1 
 AB  KQq      As cargas elétricas só se
com carga Q.  d A dB 
movimentam se existir uma
a) Campo interno: internamente  Q Q
 AB  q K  K  diferença de potencial;
o campo é nulo  dA dB 
 As cargas positivas se

+
+
+ A +
+
EA=E B=0  AB  q VA  VB  movimentam do potencial maior

 AB  qU
+ +
+ r + para o menor;
+ B
+ ++  As cargas negativas se
b) Campo infinitamente próximo 6. Energia Potencial Elétrica
movimentam do potencial menor
à esfera. ( EP ) para o menor.
- - -
-
-
-
- P É a energia que determinado
- -
- r - E=K Q2 objeto ou partícula eletrizado
- - r
- - - -
adquire quando colocado na
c) Campo na superfície da presença de um campo elétrico.
esfera: a intensidade do campo Ele pode ser calculado pelas
tem seu valor reduzido à metade seguintes expressões:
- - -
- -
- -P Qq
-
-
-
-
EPE K
-
r
- E=K Q2 d
- - - - 2r

Você também pode gostar