7ª Edição

Chega ao Instituto Federal - campus Votuporanga os cursos superiores em Análise e Desenvolvimento de Sistema, e Engenharia Civil.
Leia mais sobre o assunto nas páginas 5 e 6.

Cursos Superiores

Foi feita uma dinâmica sob a orientação da professora Naiara com os alunos do 2º módulo em edificações. A prática teve por objetivo estimular a vivência dos alunos do curso técnico em Edificações da disciplina Desenho de Construção Civil 1 (Módulo 2) em situações recorrentes na vida daqueles que são portadores de necessidades específicas. Os alunos foram divididos em grupos conforme o número de cadeiras e artifícios disponíveis (vendas para os olhos e pesos corporais), de modo que todos os alunos passassem pela experiência.

Dinâmica de acessibilidade

O campus Votuporanga finalizará em Dezembro de 2013 as obras de expansão. As obras concluídas serão a quadra de esporte, um auditório que terá capacidade para 200 pessoas, o estacionamento e um bloco para a área de Indústria.

Expansão do Campus

Imagem meramente ilustrativa

Saiba tudo sobre estes cursos oferecidos pelo governo federal. Entenda como funciona a participação do campus Votuporanga, neste projeto nacional que forma todos os anos milhares de profissionais.
Leia mais sobre o assunto na página 7.

Fique ligado no PRONATEC

Saiba mais sobre o assunto na página 4.

Foto retirada da página do Instituto Federal - Campus Votuporanga

Conheça a turma de formandos de 2013 !

As inscrições para processo seletivo do ano de 2014 para os cursos técnicos do Campus Votuporanga, foram do dia 08/11/2013 ao 29/11/2013. Será oferecido o total de 120 vagas, sendo 40 para Edificações, 40 para Eletrotécnica e 40 para Mecânica no período noturno. 08/11/2013 à 2/11/2013 - Inscrições para solicitação da isenção da taxa de inscrição.
Imagem meramente ilustrativa

Processo seletivo para curso técnico

Cursos 2014

7ª Edição

08/11/2013 à 22/11/2013 - Período para entrega, no campus, da documentação da solicitação da isenção da taxa de inscrição. 08/11/2013 ao dia 29/11/2013 - Inscrições para solicitação da isenção da taxa de inscrição. 08/11/2013 à 29/11/2013 - Período para entrega, no campus, da documentação da solicitação da isenção da taxa de inscrição 08/11/2013 à 29/11/2013 - Inscrições para o Processo Seletivo - candidatos pagantes. 26/11/2013 - Divulgação no site www.ifsp.edu.br/vestibular da análise dos pedidos de isenção para os cursos técnicos integrados, concomitantes ou subsequentes ao ensino médio, presenciais. 03/12/2013 - Divulgação no site www.ifsp.edu.br/vestibular da análise dos pedidos de isenção para os cursos técnicos subsequentes ao ensino médio, na modalidade a distância. 12/12/2013 - Divulgação dos locais de prova. 15/12/2013 - Exame às 13h. 15/12/2013 - Divulgação no site www.ifsp.edu.br/vestibular do gabarito oficial. 07/01/2014 - Divulgação no site www.ifsp.edu.br/vestibular da lista de classificação geral. 13/01/2014 - Divulgação no site www.ifsp.edu.br/vestibular da lista dos candidatos convocados em primeira chamada e das datas de matrícula.

A Escola de Eletricistas (Resultado da parceria feita entre o IFSP campus Votuporanga, a empresa ELEKTRO Eletricidade e Serviços S.A. e a Prefeitura Municipal de Votuporanga-SP), abrem vagas para 2014. As vagas estarão abertas entre os dias 02 á 17 de dezembro, o curso de capacitação em instalaçoes elétricas residenciais e redes de distribuição de energia elétrica é um curso presencial, gratuito e aberto para todos. O mesmo será realizado no IFSP - Campus Votuporanga. O início do curso é no primeiro semestre do ano seguinte.

Escola de Eletricistas

Ensino Médio Integrado ao Ensino Técnico

Além dos vários cursos tecnicos oferecidos pelo Instituto Federal de São Paulo - IFSP Campus Votuporanga, também há o ensino médio integrado ao ensino técnico, curso esse onde alunos cursam o ensino médio (comum) durante a manhã e o curso técnico durante a tarde. As inscrições ficaram abertas do dia 14/10 à 08/11 para alunos do 9º ano que queiram estudar em 2014 no ensino médio integrado em parceria com a Escola Uzenir Coelho Zeitune. Serão 90 vagas para os Cursos de Edificações e Manutenção e Suporte em Informática. Os inscritos passarão por um sorteio onde os 45 primeiros de cada curso serão contemplados com a vaga, em caso de desistência o próximo da lista ocupará a vaga.

2

Ciclo de conferências (Palestra) Visita do Prof. Dr. Gabriel Castañeda Nolasco no Campus

7ª Edição

O Prof. Dr. Gabriel Castañeda Nolasco, da Universidad de Chiapas (México) a convite da Profa. Dra. Mara Regina Pagliuso Rodrigues, nos dias 18 e 19 de novembro, ministrou as palestras: -El techo Verde Domotej, una alternativa para vivienda de interés social -Tecnologías alternativas en América Latina y la experiencia del COCOVI -Tecnologías apropiadas y apropiables en el COCOVI.

Suas palestras teve como objetivo transferir experiências do corpo acadêmico do COCOVI (componentes y condicionantes de la vivienda) para as instituições acadêmicas da área da construção civil. Tendo também como integrante do grupo de pesquisa para desenvolvimento de tecnologias para habitações de baixo custo a Profa. Mara.

Foto retirada da página do Instituto Federal - Campus Votuporanga

Na manhã da quinta-feira (5) foi realizado o plantio de mudas de árvores no Instituto Federal - Campus Votuporanga. A ação finalizada as atividades que foram desenvolvidas durante o ano, dentro do Projeto “Ligados na Sustentabilidade do Planete” (LPS). Foram plantadas mudas de Aroeira Pimenteira e Ipê Amarelo do Cerrado. O plantio foi realizado pelos alunos que assumiram um compromisso em prol da melhoria da qualidade ambiental para as futuras gerações. A árvore simboliza um “compromisso vivo” de responsabilidade com o meio ambiente.

Ligados na Sustentabilidade do Planeta (LSP)

O trabalho envolveu todas as salas dos cursos integrados de Edificações e Manutenção e Suporte em Informática. O plantio simbólico foi acompanhado pelas professoras responsáveis pelo projeto Elaine Cristina Nogaroto (Química) e Valéria Castriquini Regatieri (Biologia). Também estiverem presentes do engenheiro Milton César de Brito, a coordenadora de apoio ao ensino Patrícia Puglia, o coordenador do integrado Ubiratan Zakaib do Nascimento, o coordenador do ensino médio da escola estadual Uzenir Coelho Zeitune. Agradecemos ao diretor do campus Marcos Furini pelo apoio e colaboração ao projeto.

Foto retirada da página do Instituto Federal - Campus Votuporanga

Foto retirada da página do Instituto Federal - Campus Votuporanga

3

Conforme estudos específicos sobre acessibilidade, temos hoje no país praticamente um quarto da população brasileira com pelo menos um tipo de deficiência visual, auditiva, motora ou intelectual. Esta fração representa 24% dos 190 milhões de brasileiros, ou seja, 45,6 milhões. A constatação faz parte do Censo 2010, via pesquisa realizada e divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A partir dessa informação Créditos da imagem: KAIMOTI, NAIARA L. A. e somada às presenças de um cadeirante no cursos e, em outras áreas, outros alunos com mobilidade reduzida, a dinâmica proposta pretende integrar o conhecimento acadêmico com a prática da vivência, focando o aprendizado sobre questões referentes à Acessibilidade e sua correta aplicação nos edifícios construídos e também como referência para aqueles que ainda se encontram em fase de projeto. A escolha das áreas comuns externas e internas do IFSP campus Votuporanga servem de referência para a constatação da aplicação correta ou deficitária dos itens necessários ao trânsito livre de pessoas portadoras de necessidades específicas. Os alunos foram os integrantes passaram A prática tem por pela experiência. No caso objetivo estimular a vivência divididos em grupos conforme das cadeiras de rodas, a dos alunos do curso técnico o número de cadeiras e ideia é vencer os em Edificações da disciplina artifícios disponíveis (vendas obstáculos ou dificuldades Desenho de Construção Civil para os olhos e pesos sem o auxílio das pernas, 1 (Módulo 2) em situações corporais). O ponto de partida usando somente a força recorrentes na vida daqueles foi o pátio da cantina e cada grupo fez um roteiro dos braços. que são portadores de necesdiferente, de modo que todos sidades específicas.

Dinâmica sobre acessibilidade

7ª Edição

O projeto “Acessibilidade facilitada por triciclo elétrico”, coordenado pelo Prof. Claudiner Mendes de Seixas, foi aprovado pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). O objetivo do prjeto é projetar e construir um protótipo de um triciclo elétrico portátil e de fácil manuseio/operação para permitir que pessoas com dificuldade de locomoção, porém não totalmente imóveis, se locomovam igualando-se às pessoas que não apresentam tal necessidade. Além da inclusão social, o projeto visa também a popularização e difusão de tecnologia assistiva

Projeto do Campus é aprovado pelo CNPq

Os professores das disciplinas Maquete 1 e 2, Emílio Bertholdo Neto e Naiara Luchini, do curso Técnico em Edificações - Modalidade Integrado, promoveram uma apresentação final das Maquetes desenvolvidas pelos alunos do 1º ano e 2º anos durante o 4º bimestre de 2013, que foi realizada dia 07/12/2013 (sábado). As maquetes criadas foram baseadas nos conhecimentos aprendidos durante o ano.

Café com maquete

Créditos da imagem: KAIMOTI, NAIARA L. A.

4

Curso Superior

7ª Edição

Chega ao Instituto Federal de São Paulo - campus Votuporanga o curso de Engenharia Civil. O Engenheiro Civil é um profissional de formação generalista, que atua na concepção, planejamento, projeto, construção, operação e manutenção de edificações e de infraestruturas. Suas atividades incluem: supervisão, coordenação e orientação técnicas; estudo, planejamento, projeto e especificação; estudo de viabilidade técnico-econômica; assistência, assessoria e consultoria; direção, execução e fiscalização de obra e serviço técnico; vistoria, perícia, avaliação, arbitramento, laudo e parecer técnico. Pode desempenhar cargos e funções técnicas, elaborar orçamentos e cuidar de padronização, mensuração e controle de qualidade. Pode coordenar equipes de instalação, montagem, operação, reparo e manutenção. Executa desenho técnico e se responsabiliza por análise, experimentação, ensaio, divulgação e produção técnica especializada. Coordena e supervisiona equipes de trabalho, realiza estudos de viabilidade técnico-econômica, executa e fiscaliza obras e serviços técnicos; e efetua vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres. Em suas atividades, considera a ética, a segurança, a legislação e os impactos ambientais. O ensino em Engenharia visa à formação de um profissional criativo, dinâmico, responsável, versátil e empreendedor, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, por meio de conhecimentos técnicos, teóricos e práticos, preparando-o para realidade das atividades na área de Engenharia e para atuação no mercado competitivo, moderno e em constante transformação.

Imagem meramente ilustrativa

O curso de Engenharia Civil do IFSP Campus Votuporanga tem como objetivos gerais: • Formar o profissional tecnicamente capaz, proporcionando-lhe uma sólida formação básica, estimulando a autonomia intelectual e a consciência de suas responsabilidades no âmbito econômico, ambiental, social, político e cultural. • Capacitar o profissional para atuação na concepção, planejamento, projeto, construção, administração, operação e manutenção, nas diversificadas áreas da Engenharia Civil. • Oferecer uma formação generalista, crítica e reflexiva para trabalhos de natureza multidisciplinar embasados em premissas da qualidade, segurança, funcionalidade e economia, visando o bem estar, a proteção ambiental e o desenvolvimento da sociedade. O curso de Engenharia Civil do Instituto Federal – Campus Votuporanga será ministrado no período diurno (Manhã e Tarde) com aulas de segunda à sexta-feira. Serão disponibilizadas 40 vagas

Objetivos gerais

O curso

5

Curso Superior

7ª Edição

Também chega ao campus Votuporanga o curso superior de Análise de Desenvolvimento de Sistemas (ADS). O curso tem como objetivo formar tecnólogos para essa área. O tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas analisa, projeta, documenta, especifica, testa, implanta e mantém sistemas computacionais de informação. Esse profissional trabalha, também, com ferramentas computacionais, equipamentos de informática e metodologia de projetos na produção de sistemas. Raciocínio lógico, emprego de linguagens de programação e de metodologias de construção de projetos, preocupação com a qualidade, usabilidade, robustez, integridade e segurança de programas computacionais são fundamentais à atuação desse profissional. Capacitar os estudantes, por meio de um itinerário formativo interdisciplinar e prático, a atuarem na área de Tecnologias da Informação (TI), principalmente nas atividades de análise, projeto, desenvolvimento, gerenciamento e implantação de sistemas de informação computacionais direcionados para o mundo do trabalho corporativo.

Imagem meramente ilustrativa

O tecnológo em ADS

Podem ser identificados como objetivos específicos do curso proposto: • Possuir sólido domínio nos saberes de Programação, Engenharia de Software e Sistemas de Informação Aplicados. • Possuir outros saberes básicos, tais como Arquitetura de Computadores; Sistemas Operacionais; Redes de Computadores e Desenvolvimento Web; • Explorar, de forma enfática, o uso de recursos computacionais para o projeto e construção de software; • Possuir alguns saberes coadjuvantes, como Inglês Técnico; •Comunicação e Expressão e Gestão de Serviços, permitindo que o mesmo atue como empreendedor em sua área de atuação; • Desenvolver uma visão interdisciplinar dos conhecimentos que foram transmitidos e da aplicação desses conhecimentos no seu futuro contexto profissional.

Objetivos específicos

Objetivo Geral do Curso:

Para ingresso tanto no curso de ADS, quanto no curso de Engenharia Civil, o candidato deverá ter concluído o Ensino Médio ou equivalente. O acesso ao curso será por meio: • Sistema de Seleção Unificada (SISU): • Por transferência externa, conforme normas estabelecidas em edital próprio; • Por transferência interna, desde que o candidato esteja matriculado em curso de mesma área oferecido em outro campus do IFSP (processo regulado por edital específico); •Por portadores de diplomas de curso superior reconhecimentos pelo MEC. O ingresso será concedido, desde que haja vagas e mediante critérios estabelecidos em Edital próprio para esse fim.

Requisitos de acesso

6

O PRONATEC (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) é um curso de formação inicial continuada (FIC) que tem como objetivo dar acesso à formação técnica, qualificando mão de obra técnica e sobre tudo o cidadão que está em vulnerabilidade social, inserindo-o no mercado de trabalho. O Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFSP, em Votuporanga, aderiu pelo segundo ano consecutivo ao “Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego” (Pronatec), pactuando cinco cursos no segundo semestre de 2013, junto ao Ministério do Desenvolvimento Nacional – MDS, representado pela Prefeitura Municipal de Votuporanga através do serviço de assistência social e trabalho (Centro Social e Centro de Treinamento de Mão de Obra – CTMO) – Equipe Acessuas/Trabalho.

O que é o PRONATEC

PRONATEC

7ª Edição

PRONATEC no IFSP

Apenas dois cursos tiveram quantitativo de alunos para viabilidade/exequibilidade da oferta: Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão (23 alunos matriculados, ao final de todos os períodos estipulados para “novas chamadas”, excetuadas desistências/ cancelamentos); e Mestre de Obras (30 alunos matriculados, ao final de todos os períodos estipulados para “novas chamadas”, excetuadas desistências/cancelamentos).

Na manhã de 06 de dezembro de 2013, no auditório do Bloco D do Câmpus Votuporanga, foi realizada a cerimônia de certificação dos alunos que participaram dos cursos de Mestre de Obras (300h) e Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão (200h), quais iniciaram em 16/09 e terminaram no final de novembro. A cerimônia contou com a presença do Diretor-Geral

Formandos

Créditos da imagem: Ana Cláudia Picolini

“Marcos Amorielle Furini”; do Coordenador de Extensão e Professor (do curso de Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão) “DevairRios Garcia”; da Coordenadora do Acessuas/Trabalho de Votuporanga “Rose Silva”; do Supervisor do Pronatec do Câmpus Votuporanga “João Márcio”; dos professores “Ana Paula”, “Mauro Tonelli” e “Wilson Silva”; e da Coordenadora da Direção do Câmpus Votuporanga “Ana Cláudia”. Foram certificados 20 alunos do curso de Mestre de Obras e 11 alunos do curso de Eletricista; aos que frequentaram os cursos até o final, mas que obtiveram frequência inferior a 75% da carga horária, a instituição forneceu uma declaração de participação.

Créditos da imagem: Ana Cláudia Picolini

7

Aniversariantes
DEZEMBRO
GUSTAVO H. ZAVATTE 1/12 BIANCA F. DE OLIVEIRA 2/12 MATHEUS N. CAMARGO 3/12 CARLA M. M. RODRIGUES 4/12 CLAUDIA C. V. OLIVEIRA 4/12 GUILHERME P. DA SILVA 4/12 LUCIENE G. OLIVEIRA 6/12 RODRIGO C. LOPES 6/12 SABRINA DE O. BARGAMASCO 8/12 IVAN VENTURA LIMA 9/12 VINICIUS C. PANSANI 9/12 IGOR J. SANTOS 10/12 IGOR JOSE DOS SANTOS 10/12 WILLIAM P. GONÇALVES 10/12 SILAS S. C. LIMA 10/12 FERNANDO R. BERNARDO 10/12 IGOR A. C. BARBOZA 10/12 FERNANDO R. BERNARDO 10/12 THAYNA M. R. ADAME 12/12 EDUARDO S. SILVA 12/12 ARIANI P. S. SANTOS 13/12 MARCUS V. OLIVEIRA 13/12 DANIELA D. L. DOMINGUES 14/12 FERNANDO A. OLIVEIRA 14/12 LUIS H. BRANDÃO 15/12 MARCOS R. SANTOS 16/12 MATHEUS L. CARMO 17/12 DANIELA C. SANTIAGO 17/12 ÍTALO S. FANTINI 17/12 MARIANE G. OLIVEIRA 17/12 VINICIUS R. SOUSA 17/12 YURI C. FERREIRA 17/12 JOÃO V. C. SOUZA 17/12 RENATO A. SOUZA 19/12 HENRIQUE R. RAMOS 20/12 BRUNO V. P. FERREIRA 21/12 IVAN P. COELHO 21/12 VAGNER P. SILVA 21/12 MARCELO H. GRACIA 21/12 WUANDERVAN H. SILVA 22/12 VÍTOR T. PASSOS 22/12 JOSE CARLOS DA SILVA 23/12 THAIS N. LEONEL RUIS MIANI AGUINALDO L. GARCIA CLEITON C. MONTEIRO JULIO C. S. SILVA; ANA M. DOS S. OLIVEIRA ANA M. C. SILVA SUELEN M. LAUREANO ELI PRADO ESSENCIO WILLIAM F. R. SILVA JAYRO H. F. SOTELO BRUNO H. A. BATISTA NATÁLIA LEMES TEIXEIRA FERNANDO C. S. FILHO HUMBERTO DE A. TORRES

7ª Edição

JANEIRO

23/12 23/12 23/12 24/12 26/12 27/12 28/12 28/12 28/12 29/12 29/12 29/12 30/12 31/12

LUIZ A. LIMA JÉSSICA B. NUNES MARRARA M. AZEVEDO DOUGLAS R. S. REIS LEANDRO M. BRITO CAIO V. L. SOUZA JOICE B. S. ALENCAR AUGUSTO C. D. PEREIRA FILIPE F. SILVA DIOGO O. MORI ENILLA K. V. OLIVEIRA DIOGO O. MORI DOUGLAS H. MARQUES JOSÉ G. COLETO AMAURI P. HIPÓLITO WEBER H. F. BUSTAMANTE BÁRBARA C. S. BOTELHO ALISON F. CASTRO ELCIO TEIXEIRA THAÍS F. A. MATTOS DENIS A. SENA

02/01 03/01 04/01 05/01 05/01 05/01 06/01 07/01 08/01 08/01 08/01 08/01 09/01 10/01 10/01 10/01 11/01 11/01 12/01 12/01 13/01

8

Aniversariantes
JANEIRO
KERLIANE C. NUNES 13/01 NATHÁLIA B. COSTA 14/01 FRANCISCA F. L. SOUZA 15/01 MATEUS S. GONÇALVES 16/01 VICTOR DE FARIA 16/01 GABRIEL B. N. GAIA 16/01 VINICIUS A. MISIAGIA 17/01 ALAN N. MESQUITA 18/01 GILDO S. CARVALHO 18/01 JESSICA A. S. FILETO 21/01 FLAVIA C. C. OLIVEIRA 21/01 LÚCIO L. SILVA 22/01 EDUARDO J. BOTÃO 22/01 AMANDA M. COSTA 26/01 MARCOS A. S. SILVA 26/01 ELTON N. RAMOS 26/01 NELSON F. A. JUNIOR 27/01 GERONIMO L. S. NETO 27/01 EMERSON F. VASCONCELOS 29/01 LUIZ G. S. BATISTA 29/01 ANDERSON P. GRACIA 29/01 PAULO ERNANDES CARVALHO 30/01 WAGNER DE SOUZA 30/01 JÉSSICA C. C. A. RIBEIRO 30/01 ANDRÉ L. DE CARVALHO 31/01 RAFAEL A. S. ANDRADE 31/01 CARLOS A. GOUVEIA 31/01

7ª Edição

Realização:
Edição: Ariovaldo Martins Edição: João Victor Cabral Edição: Lilian Souza Edição: Lisandra Rufino Orientação: Ubiratan Zakaib do Nascimento

Reitor : Eduardo Antonio Modena Diretor: Marcos Amorielle Furini

9

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful