Você está na página 1de 3

Vet Arquivos

Fisiologia do ciclo estral em cadelas

PUBERDADE
As cadelas atingem a puberdade quando estão em média com 7 a 8 meses de
idade. Porém as raças de porte pequeno têm a sua puberdade mais cedo, em torno
de 6 - 7 meses , em comparação com cadela sde raças de grande porte que iniciam
seu ciclo reprodutivo ao redor de 9 a 12 meses de idade. Os primeiros ciclos das
cadela podem ser em intervalos menores ou maiores, até que se estabeleça a
normalidade.

INTERVALO ENTRE ESTROS


Normalmente as cadelas possuem um intervalo de 6 meses entre cada ciclo.
Porém para raças como Pastor Alemão podemos considerar 5 meses como
fisiologiacamente normal, bem como para cadelas da raça Basenji cada 12 meses.
Em fêmas que são cruzas de lobos x cães o cilo estral possue intervalo de 01 ano.

ESTÁGIOS DO CICLO ESTRAL


As cadelas posssuem 4 fases distintas em seu ciclo estral que são: proestro; estro;
diestro e anestro.

Proestro

Nesta fase a cadela está respondendo à níveis altos de estrógeno. Ela vai responder
a estes níveis apresentando edema de vulva e vagina, presença de secreção sero-
sanguinolenta na vulva e vagina, atração aos machos (provocado pelo ferormônio
presente no muco vaginal - metilhidroxibenzoato) e mudanças no epitélio vaginal.
O corrimento vaginal e vulvar é variável de fêmea para fêmea e em fêmas que se
limpam muito pode passar desapercebido. Nesta fase a cadela ainda não aceita o
macho, começa a ter tolerância no final do proestro. Esta fase pode durar de 3 dias a
3 semanas.
PERFIL HORMONAL DO PROESTRO:
- Progesterona: 02 ng/ml - 5 ng/ml
- Estrógeno: 50 pg/ml - 100 pg/ml
- FSH: 100 ng/ml
- LH: 8,5 ng/ml
- Prolactina: 2ng/ml
- Andrógenos: 0,3 ng/ml - 1,0 ng/ml
Citologia vaginal -é caracterizada pela presença de neutrófilos, hemáceas, células
parabasais, intermediárias, e superficiais. No final do proestro os neutrófilos tendem
a desaparecer e aumentam o número de células intermediárias. As hemácas podem
estar abundantes ou até mesmo ausentes.

Estro
Nesta fase, a cadela normalmente não apresenta mais sangramento, e aceita a monta
pelo macho. Nesta fase é que ocorrerá a ovulação. este comportamento de aceitação
e submissão ao macho é devido a diminuição do nível estrogênico e aumento do
nível de progesterona. O iníco do estro se dá normalmente dentro de 1 a 2 dias antes
do pico de LH. Na citologia vaginal as células estão queratinizadas (corneificadas).
A duração desta fase poderá ter duração de 4 a 12 dias.

PERFIL HORMONAL DO ESTRO:


- Progesterona: 5 - 10 ng/ml
- Estrógeno: 5pg/ml - 20 pg/ml
- FSH: 100ng/ml
- LH: 8 - 50 ng/ml (pico de LH)

Prolactina: 2ng/ml
Andrógenos: <0,1 ng/ml

Citologia vaginal - no estro não existe presença de neutrófilos e as hemáceas se


existiram estão diminuídas em quantidade. Mais de 90% das células epiteliais são
superficiais. Pode existeir a presença de grande número de bactérias. Estas céluals
são queratinizadas.

OVULAÇÃO
A ovulação ocorre entre 40 a 50 horas após o pico de LH ( em torno de 2 dias).
Os oócitos liberados ainda estão imaturos, eeles necessitam de mais uma meiose
para estarem prontos para fertilização. Este processo demora em torno de mais 40 a
60 horas após a ovulação. A maturação ocorre no oviduto. Portanto o período ideal
para se realizar a monta ou inseminação é ao redor de 5 a 6 dias após o surgimento
do pico de LH. Existem vários trabalhos quanto a tentativa de induzir o "cio" e a
ovulação em cadelas mas nenhum com 100% de acerto. Pela citologia vaginal não
se prediz o momento exato da ovulação, e sim que dentro daquele período ela
poderá acontecer.

Diestro

O diestro é a fase luteal na cadela. Inicia-se pela não aceitação do macho após o
estro. O que mantém o corpo lúteo nas cadelas é no início é o LH e após a
prolactina. O período de diestro corresponde ao período de 60 dias pós estro. Neste
período algumas cadelas são susceptíveis ao aparecimento de pseudociese.

PERFIL HORMONAL:
- Progesterona: - 10 a 50 ng/ml
- Estrógeno: 5pg/ml a 20 ng/ml
- FSH: 100 ng/ml
- LH: 8,5 ng/ml
- Andrógenos: < 0,1 ng/ml

Prolactina: 3ng/ml - 4 ng/ml


Citologia vaginal - ocorre uma mudança grande em relação ao númewro de células
epiteliais. O número de células superficiais decresce para 20% e as parabasais e
intermediárias chegam em até 50% do total. Existem neutrófilos em grande
quantidade. Algumas células estão fagocitando os neutrófilos. Algumas vezes em
uma só citologia ( um só esfregaço) é difícil distinguir entre proestro e diestro.

Anestro

É o período no qual o vário está "aparentemente" em quiescência, e se situa entre o


diestro e o proestro. O anestro pode durar entre 2 a 10 meses, tendo em média 4
meses.

PERFIL HORMONAL:
- Progesterona: <0,1 ng/ml
- Estrógeno: 5 ng/ml - 20 ng/ml
- FSH: 300 ng/ml
- LH: 8,5 ng/ml
- Andrógenos: <0,1 ng/ml
- Prolactina: 2 ng/ml
Existem teorias à respeito do FSH estar mais aumentado do que em outras fases
do ciclo estral que são: ou o FSH não possue receptores para agir nesta fase, ou
existe alguma molécula que inative a ação biológica (farmacológica) deste FSH.

Citologia - predominância de células parabasais e intermediárias, podendo ou não


ter presença de cócitos.

(Por: Silvia E. Crusco)*

FONTE:
* Médica Veterinária
Mestre em Reprodução Animal - VRA-FMVZ-USP

Profa. Adjunta das disciplinas de Reprodução, Obstetrícia e Inseminação Artificial


das Faculdades de Medicina Veterinária: UNIP e UNISA

Especialista em Reprodução em Pequenos Animais


E-mail: silviacrusco@terra.com.br