Você está na página 1de 16

CAPÃO DO CIPÓ

A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 1


Presidente da Câmara
avalia desempenho
no primeiro trimestre

01 de maio de 2009 - Edição 157 - Circulação Semanal - VALOR R$ 2,30

JAGUARI

Ex-vereador comenta sua Página 02

versão sobre episódio policial JAGUARI


Programa incentiva
Argumento: Norberto Fava afirma que disparou para o chão, e não tinha tecnologias
intenção de balear ninguém, ao contrário da ocorrência oficial Página 15 da Informação
Divulgação/AFC

Pimenta quer
região no projeto
de zoneamento
agrícola
O deputado federal Paulo Pimenta esteve
no final de semana em Jaguari, onde partici-
pou de uma audiência, na Câmara de Verea-
dores, sobre a inclusão dos municípios do Página 03
Vale no programa de zoneamento agrícola do
cultivo de cana-de-açúcar. Durante a reunião, CAPÃO DO CIPÓ
Pimenta reafirmou sua disposição em buscar
uma solução para o caso. Na semana passa- Administração
da, durante a visita da Ministra da Casa Civil Municipal quer
Dilma Roussef, a Santa Maria, o deputado
proporcionou o encontro dela com o Prefeito
reduzir despesas
João Mário Cristofari, oportunidade em que o
tema foi debatido.
Página 06 Sidi, João Mário, Ministra Dilma Roussef e deputado Pimenta

São Francisco de Assis Bossoroca


Satisfação na Bairro da Gaúcha
Saúde supera 85% recebe Farmácia Básica
Levantamento que mediu o índice de satisfação da comuni- Foi inaugurada a Farmácia Básica no Bairro, visando um
dade nas unidades de saúde, constatou uma média supe- melhor atendimento aos usuários do ESF1. Também foram
rior a 85%, que consideram “bom” ou “ótimo” o atendimento. adquiridos vários medicamentos para a farmácia básica
Página 05 municipal. Página 05 Página 15
2 A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 Cidades
CAPÃO DO CIPÓ
Afonso Antunes
da Motta Presidente da Câmara
A IMAGEM DO
EMPREGO PÚBLICO
Quando pensamos em empre-
avalia desempenho
go público devemos relacionar com » Edificações: No momento, inexistem projetos para o prédio da Câmara
a consciência de que a nossa soci-
edade é desigual e carente de ser- O presidente da Câmara de Divulgação/AFC
viços públicos de qualidade. Ape- Vereadores, Antônio Jardim, ava-
nas para exemplificar, basta atentar lia que o primeiro trimestre frente
para a extraordinária demanda por ao Legislativo foi tranquilo, e o tra-
atendimento de saúde, para com- balho com os demais partidos
preender a necessidade de uma
política pública vigorosa direciona- ocorre normalmente.
da para o bem maior da vida dos O Executivo e o Legislativo pos-
cidadãos. Com o novo modelo de suem uma grande parceria na re-
Estado que se começa a debater, alização de seus trabalhos, diz o
mais propositivo, mobilizador e intervencionista, assume
grande importância a qualificação dos colaboradores pú- parlamentar.
blicos. São cada vez maiores as responsabilidades do Em relação à participação da
governo e a interação com o setor privado. Vai impor um comunidade nas sessões da Câ-
recrutamento, preferencialmente através de concurso mara, destaca que mesmo com
público e um perfil profissional qualificado para o adequa- as dificuldades que existem de
do exercício da gestão pública. Na verdade, apesar de
situações de grande descalabro, geralmente alcançando acesso como transporte, a comu-
agentes de nomeação sem concurso e percebendo eleva- nidade sempre participa. Os prin-
das recompensas, o funcionalismo público vem sendo cipais projetos do Executivo que
avaliado com muito preconceito, poucos dados e informa- foram aprovados indicam a Se-
ções incorretas. O fracassado ideário neoliberal, que pre-
ga a redução no tamanho do Estado e a economia de cretaria do Meio Ambiente, que
mercado, com liberdade total na movimentação de capi- gerou muita polêmica. – Outro
tais, vem impondo reformas administrativas com o intuito considerado importante foi a re-
de meras reduções de pessoal. Não importa se o funcio- contratação de agentes de saúde, Vereador Antônio Jardim, secretária Monica Leal e assessor Henrique
nário público tem experiência ou competência, nem tam- processo um pouco demorado, nistração Municipal. Quanto a edifi- das e simplifica.
pouco a contribuição que está oferecendo. É tratado como
um número, que cabe ou não cabe na conta ou objetivo de mas que teve sua aprovação, além cações, no momento inexistem – Quando sonhavam em
equacionamento que foi estabelecido pela Autoridade. é claro de outras propostas –. projetos para o prédio da Câmara emancipar o município, olhavam
Lamentavelmente, tais medidas, denominadas como de A oposição sugere ao prefeito Municipal. ao redor e só enxergavam coxi-
natureza fiscal, trouxeram grandes prejuízos para a execu- iniciativas que podem ser toma- Antônio Jardim ressalta os nove lha. Hoje, está tudo diferente e o
ção das atividades - fim das esferas públicas, com a das, ou seja, os vereadores fazem anos de emancipação político-ad- que se vê é o desenvolvimento e
evidente precarização dos serviços prestados a popula-
ção, que deles tanto necessita. Pioram os serviços por indicações, além de realizarem o ministrativa do município como im- crescimento da cidade de Capão
estas circunstâncias e se desmerece, por consequência, trabalho de fiscalização da Admi- portantes pelas mudanças ocorri- do Cipó-.
a imagem do servidor público. A segurança pública, por
exemplo, incorporada no cotidiano das pessoas, pela
violência que atinge todos, é o retrato da carência nestas CAPÃO DO CIPÓ
Emater apoia artesanato
atividades. Para uma correta avaliação do serviço público,
se faz necessária uma radiografia, que avalie a forma e
qualidade da prestação, bem como os recursos e defici-

com cursos de qualificação


ências existentes. Neste sentido, é importante ter consci-
ência de que a natureza da atividade pública é diferente da
privada. Com efeito, para compreender a distinção, basta
se ater ao enunciado de que no público só podemos Em comemoração ao 9º ani- com trabalhos de 15 artesãos lo- formação da Associação dos Ar-
executar o que a lei autoriza e no privado tudo que não é versário, foi realizada no Dia do cais, com diferentes técnicas e que
proibido é permitido. Mesmo com esta natureza diversa, tesãos –. A Emater atua em Ca-
o Estado não pode deixar de investir em recursos huma- Município a Feira Municipal do Ar- já estão a caminho de formar sua pão do Cipó desde agosto de 2001,
nos, para a formação de futuros gestores do setor público tesanato e do Produtor, organiza- associação. Segundo a extensio- procurando levar tecnologia, infor-
brasileiro, mormente diante das atuais complexidades da e promovida pelo Escritório nista de bem-estar social da Ema- mação e conhecimento aos pro-
que enfrentam os Governos para realizarem o bem co- Municipal da Emater - RS/ AS- ter, Ângela dos Santos, o incentivo dutores rurais, para melhorar a
mum. É usual considerar o emprego público como um
reduto de privilégios. Os abusos e mazelas que vem sendo
CAR, com apoio das secretarias e a intensificação do artesanato no qualidade de vida no campo. Entre
praticados justificam plenamente esta imagem. Entretan- municipais da Agricultura, Educa- município iniciou há aproximada- as atividades desenvolvidas pelo
to, falta registrar que o servidor público vem perdendo ção e de Obras. mente dois anos, com diversos escritório municipal, destaca-se o
vantagens e direitos por alteração no marco regulatório, Foram expostos ao público, cursos de qualificação para aumen- incentivo à geração de renda, a
dentre os quais se destacam o fim do regime, da isonomia produtos de agroindústria caseira tar a geração de renda e a qualida-
salarial, da estabilidade e da aposentadoria integral. To- preocupação com a saúde e se-
dos temas polêmicos que representam avanços para uns como vinho, queijo, doces, pães, de de vida das famílias. – Ainda gurança alimentar, o meio ambi-
e retrocesso para outros, mas que em síntese desmere- cucas, bolachas e melado. Tam- neste ano, promoveremos o Fó- ente e o desenvolvimento rural
cem o funcionário público. O que importa realmente é a bém teve destaque o artesanato rum Municipal do Artesanato e a sustentável.
recuperação desta imagem vilipendiada, pela atual impor-
tância do Estado e do serviço público. O grande desafio
para reconhecimento do emprego público é o aumento da CAPÃO DO CIPÓ
eficiência e eficácia da máquina pública elevando a cons-
ciência de todos os colaboradores de que o Estado se
justifica na medida em que tem sua atividade direcionada Baile na localidade de Entre Rios
para o atendimento das demandas dos cidadãos. Dia 16 de maio, no Rancho Alegre, em Entre Rios, haverá um baile com animação da “Banda Festeira”,
de Santa Rosa. Terá ônibus passando pelos assentamentos.
* Advogado e Produtor Rural
Cidades A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 3
JAGUARI Prefeitos optam por
Programa incentiva construir pranchada

tecnologias da Informação
» Tecnologia Aplicada: O ProInfo é desenvolvido
pela Secretaria de Educação a Distância
Realiza-se em Jaguari o
Programa ProInfo (Programa
Nacional de Informática na
Educação), um projeto para
promover o uso pedagógico
de tecnologias da informação
relacionadas a conteúdos edu-
cacionais nas escolas públi-
cas de todo o Brasil.
O ProInfo é desenvolvido Equipes unidas: São Chico e São Vicente
pela Secretaria de Educação a Dia 26, houve uma reunião res de São Francisco de As-
Distância (SEED) por meio do na Vila do Mocambo entre os sis, e o vereador do PT, Davi
Departamento de Infraestrutu- prefeitos de São Francisco de Sete Moreira, e secretários da
ra Tecnológica (Ditec) em par- Assis, Ernani Cruz, e de São Prefeitura de São Vicente do
ceria com as secretarias de Vicente do Sul, Jorge Martins, Sul.
Educação estaduais e munici- onde trataram assunto refe- Ficou acertado o interesse
pais. O programa funciona de rente à construção de uma de ambas as partes, para a
forma descentralizada. Em Turma que participa do curso, em foco na Escola São José
pranchada no Rio Jaguari. construção da pranchada,
cada unidade da Federação uso das tecnologias de infor- senvolvidas sob sua jurisdição, Juntamente com eles, se com a confirmação de que a
existe uma Coordenação Es- mação e comunicação nas em especial as ações dos encontravam o secretário de comunidade ajudará com
tadual do ProInfo, cuja atribui- escolas da rede pública, além Núcleos de Tecnologia Edu- Obras, engenheiro, e vereado- madeiras e mão-de-obra.
ção principal é a de introduzir o de articular as atividades de- cacional (NTE’s).
BOSSOROCA
NOVA ESPERANÇA DO SUL Iniciam trabalhos em grupo
Grupo de combate ao alcoolismo Iniciaram os trabalhos em grupos de saúde da ESF2. Foi realizada
palestra e visita médica na Estação Piratini com o tema “Depressão”.
completa 15 anos de fundação No dia 8, no Rincão Santa Maria com o tema Lombalgia. No dia 27, no
O Grupo Nova Esperança de Alcoólatras Anônimos completou 15 anos de existência no dia Bairro Bomfim e no Bairro Inhame enfocando o tema Leishmaniose.
25, ajudando àquelas pessoas dispostas a abandonarem bebidas alcoólicas, mas que não Também com a Campanha da vacinação para idosos foram atendidos
conseguem sozinhas. Maiores detalhes pelo fone (051) 3226-0618 e fone/fax (051) 3226- 2097. pelo Psf2 416 pessoas.
4 A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 Cidades
Cidades A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 5
SÃO FRANCISCO DE ASSIS SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Satisfação na Creche Trem da


Alegria foi ampliada
Saúde supera 85%
O vice-prefeito Ademar colocadas nos ESF’s João superior a 85%, que conside-
Frescura recolheu nesta se- XXIII, Cohab, Italiano e UBS ram “bom” ou “ótimo”, sendo
mana nos postos de atendi- Central. Após levantamento que em cada caixa aberta
mentos à saúde, a avaliação das avaliações que mediu o constam as reivindicações da
realizada com os beneficiári- índice de satisfação da comu- comunidade atendida. Confira
os do serviço público através nidade nas unidades de saú- o quadro abaixo e o resultado
de caixas-sugestão, que são de, constatou-se uma média por unidade.

Autoridades descerraram a placa


Durante a realização do des entregaram uma placa de
Administrando com a Comuni- agradecimento ao advogado
BOSSOROCA dade, na Vila Nova, sábado, dia Anderson Antunes que foi co-
25, o prefeito Jorge Ernani Cruz laborador para que a obra se
Bairro da Gaúcha e equipe de governo inaugura-
ram a ampliação da Creche
tornasse realidade, doando
cerca de R$ 8 mil.
recebe Farmácia Básica Trem da Alegria, que atende
cerca de 30 crianças naquele
A diretora da creche, Maria
Gorete Pinheiro da Silva, falou
Foi inaugurada a Farmácia bairro. Na oportunidade, a se- do objetivo da escola e a preo-
Básica no Bairro da Gaúcha, cretária de Educação, Edy Bit- cupação em atender as crian-
visando um melhor atendimen- tencourt, e demais autorida- ças da melhor forma possível.
to aos usuários do ESF1. Tam-
bém foram adquiridos vários BOSSOROCA
medicamentos para a farmá-
cia básica municipal, dispondo Membros do Conselho de
mais de 180 tipos de remédi-
os. A Secretaria de Saúde de-
Saúde têm capacitação
senvolve diversos programas A Secretaria Municipal de as suas atribuições, importân-
como os voltados à hiperten- Saúde, juntamente com a ONG cia e necessidade, buscando
são, diabetes, e ainda atua com “Outro Mundo é Possível”, re- ampliar a visão do Sistema
clínica psiquiátrica e saúde da presentada pelo coordenador Público de Saúde, apresen-
mulher. Antônio Braga e Luiz Caetano, tando informações sobre o
Uma grande conquista para da cidade de Santo Ângelo, SUS, seu histórico, benefíci-
a população bossoroquense, desenvolveram uma capaci- os, acessibilidade e buscando
na área da saúde, principal- tação dos membros do Con- ideias para melhorar o atendi-
mente para os moradores do selho Municipal de Saúde. mento à população.
Secretário de Saúde e Ação Social, Júlio César Ávila Machado
Assentamento São João e Rin- A iniciativa visou ampliar os Foram desenvolvidos tra-
cão dos Fabrícios, ocorreu re- que recebe atendimento mé- das salas do setor administra- conhecimentos sobre a enti- balhos, integração e dinâmica
centemente, quando foi inau- dico, farmacêutico e futura- tivo e atendimento ao público, dade, incluindo assuntos como de grupos.
gurada uma Unidade de Saú- mente odontológico, próximo com o objetivo de manter a
de no Assentamento São João de suas residências. organização, controle e efici- SÃO FRANCISCO DE ASSIS
- devido à distancia torna-se
difícil o acesso à cidade, por-
Para melhor atender a po- ência nos trabalhos realizados,
pulação, a Secretaria de Saú- e proporcionar um atendimen- Prefeitura realiza
tanto, essa Unidade de Saúde
facilita a vida da comunidade,
de passou por algumas mu- to individual a todas as pesso-
danças, como a adequação as que chegam na Secretaria. audiência do PPA
A Secretaria de Administra- houve manifestações de mo-
BOSSOROCA ção e Planejamento realizou radores da comunidade, sen-
no sábado, 25, na Associação
Campanha de Vacinação envolve comunidade
do discutidos assuntos sobre
dos Moradores da Vila Nova, a infraestrutura, saneamento e
primeira audiência pública re- habitação.
A Secretaria Municipal de Saúde, durante a Também foram desenvolvidas diversas ati- ferente ao Plano Plurianual
Campanha Nacional de Vacinação, promoveu vidades visando a saúde e auto-estima, pintura (PPA), que prevê ações para Conforme o secretário Pau-
dia 25 juntamente com o ESF1, localizado no de unhas, maquiagem, direito à pescaria para os próximos quatro anos de lo Gioda, ainda acontecerão
Bairro da Gaúcha, o Dia de Ação de Saúde os usuários com a carteira de vacinação em gestão pública. Na ocasião, mais duas audiências para tra-
com atividades como a Campanha de Vacina- dia. tar do assunto.
ção do Idoso (Influenza), verificação de pres- A ação teve o incentivo do comércio local,
são arterial, exames citopatológicos, escova- Igreja Assembléia de Deus com a participação
ção e revisão da carteira de vacinação. do Coral “Jardim de Cristo”.

NOVA ESPERANÇA DO SUL


Municipários confraternizam em jantar
O Sindicato dos Municipários de Nova Esperança do Sul e a Administração realizam, em
parceria, jantar para os trabalhadores da Prefeitura, em homenagem ao Dia do Trabalho, que
ocorre nesta sexta-feira.
O jantar será realizado na sede dos Municipários, às 20h, para todos os servidores
estatutários e cargos de confiança (CC’s), que confirmarem presença, inclusive de acompa-
nhantes.
O evento tem por finalidade a integração de todos os servidores, proporcionando-lhes
recreação e lazer, pois todos os dias executam as metas pessoais e profissionais para a
comunidade novaesperancense.
Audiência aconteceu na sede da Associação
6 A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 Cidades

Pimenta defende inclusão do Vale


no projeto de zoneamento agrícola
» Ação rápida: Deputado petista defende inclusão Sem cadastro, sem
do Vale do Jaguari na zona de cana-de-açúcar financiamento à cana
O zoneamento agrícola tem o objetivo de verificar os muni-
O deputado federal Paulo Divulgação/AFC
cípios aptos e os períodos de plantio, com menor risco climático
Pimenta esteve no final de para o cultivo de cana-de-açúcar no Estado do Rio Grande do
semana em Jaguari, onde par- Sul. O sistema também avalia o solo, os níveis tecnológicos, as
ticipou de uma audiência, na ofertas climáticas e outros requisitos. Foram incluídos no
Câmara de Vereadores, so- zoneamento 185 municípios do Rio Grande do Sul. As cidades
bre a inclusão dos municípios cadastradas irão receber subsídios para o plantio da cana. Os
do Vale no programa de zone- municípios que não foram inseridos no sistema perdem o direito
amento agrícola do cultivo de de pedir financiamento junto aos bancos.
cana-de-açúcar.
Durante a reunião que teve
também a presença do prefei- Emenda de R$ 200 mil
to João Mário Cristofari, Pi-
menta reafirmou sua disposi- para agricultura
ção em buscar uma solução O deputado Paulo Pi-
para o caso e destacou a im- menta também anunciou
portância que o cadastramen- o encaminhamento de
to dos municípios trará para a uma emenda de R$ 200
economia da região. – Vamos mil, requisitada junto ao
fazer os encaminhamentos Ministério da Agricultura,
necessários até que possa- em apoio a projetos de de-
mos reverter esse processo – senvolvimento do setor
afirmou Pimenta. Deputado Pimenta durante audiência na Câmara de Vereadores
agropecuário no município
menta contatou o superinten- Jaguari a elaborar um docu- de Jaguari. Segundo Pi-
Nas mãos de dente do Ministério da Agricul- mento com o nome de todos menta, o repasse de re-
João Mário Cristofari tura no Rio Grande do Sul, os municípios da região que curso é de grande impor-
O primeiro passo para a Francisco Signor. Na oportu- desejam fazer parte do zonea- tância para a cidade, já que
inclusão dos municípios da nidade, o petista solicitou que mento. Este documento deve- vai viabilizar a potenciali-
região no zoneamento agríco- a questão fosse reavaliada. rá ser encaminhado ao Minis- zação do setor agrícola de
la foi dado na quinta-feira, 23, Em resposta, o superintenden- tério da Agricultura para reava- Jaguari e região. Deputado Paulo Pimenta
quando o deputado Paulo Pi- te aconselhou o Executivo de liações.
Cidades A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 7

mix
8 A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 Cidades
Cidades A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 9
10 A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 Cidades

mix
Cidades A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 11
UNISTALDA SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Grande estiagem Segurança Pública


foi tema no Emancipar
prejudica o município O Bairro João XXIII contemplado com o programa Emanci-
par realizou na quinta-feira, 16, palestras com o objetivo de
abordar a segurança pública. Na oportunidade, além de repre-
sentantes da Prefeitura como a secretária de Desenvolvimento
Falta de chuva, redução de impostos e carência de repasses, Social, Ivete de David, palestrou no local, o promotor Luiz
são problemas enfrentados pela Administração local Antônio Barbará Dias.
O objetivo é a conscientização, fazendo com que todos
O prefeito Moisés Gonçal- previsão de chuva antes do dia sintam-se comprometidos.
ves afirma que foi possível fa- 15 de maio, e a solução a ser
zer nestes meses de governo
o básico, porém preocupa bas-
tomada é que todos pensem e
se mobilizem.
SÃO VICENTE DO SUL
tante a falta de repasses, mes-
mo com tudo sob controle.
O prefeito avalia o apoio da
comunidade como muito im-
Paulo Pimenta acelera
Agricultura e Obras, por causa portante. Em relação à saúde, campanha na região
da estiagem, estão paradas. os moradores marcam exa- Prefeito de São Vicente do Sul, Jorge Valdeni Martins,
O prefeito destaca que o mes só em caso de extrema recebeu em seu gabinete o deputado federal, Paulo Pimen-
município está em Estado de urgência. A população está ta, onde firmaram uma emenda parlamentar para a Antero
Emergência e na pecuária e consciente dos problemas Xavier.
agricultura já verifica-se per- enfrentados.
das pela grande falta de chu-
va. Amigo do Legislativo
As relações com o Legisla- Prefeitura de Manoel Viana
Estradas e Saúde tivo estão muito boas, o prefei-
são prioridades to é amigo dos vereadores. AVISO DE LICITAÇÃO
A Prefeitura de Unistalda foi Prefeito Moisés Gonçalves Sobre a redução do volume de
encontrada com todas as con- ter certeza que prefeito e vice impostos, Gonçalves diz que Encontra-se aberto no Município de Manoel Viana o Pregão Eletrô-
tas e funcionários pagos em vão cumprir a risca o plano de nico 003/2009 (Aquisição de Pneus e Câmaras para as Viaturas
com essa crise internacional, Municipais). Abertura: 13/05/2009, às 09 horas. O edital em inteiro teor
dia. As prioridades executa- governo e não admitirão que o a diminuição de impostos está estará à disposição dos interessados de 2ª a 6ª feira, das 07h às 13h,
das recaíram sobre as estra- município entre em crise. gerando dois grandes proble- na Prefeitura Municipal, à Rua Walter Jobim, 171, Centro, Cep 97.640-
das e também na Saúde, onde mas: a Prefeitura não conse- 000 e no site www.manoelviana.rs.gov.br . Maiores informações atra-
possui quatro veículos e cinco Previsão ruim guirá fechar o orçamento é o vés do Fone/fax: (55) 3256-2417 ou e-mail: comprasmv@gpsnet.com.br
motoristas para melhor aten- para fim da estiagem primeiro; e o outro é se daqui a Manoel Viana – RS, 24 de Abril de 2009.
der a todos. O principal problema que o uns dois meses essa situação
Conforme Gonçalves, a co- município está enfrentando é o dos impostos não mudar, os IONE GOLARTE CAMINHA
munidade unistaldense pode da estiagem, pois não existe orçamentos terão de ser re- PREFEITA MUNICIPAL
vistos novamente.
12 A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 Cidades

Brechó só Você é feliz?


peles Não? Então procure-me, e através de búzios e cartomancia,
Recupera-se e descobrirei seu problema e procurarei resolvê-lo.
reforma-se casacos Trabalhos espirituais: Para amores desencontrados, negócios e
de peles. Tenho pe- empregos. Orientação gratuita: Consultas diariamente de segunda
lerine de pele a pron- a sábado da 13h as 21 h.
ta entrega. Aguardo Prof. Machado, rua General Canabarro, 1461. Fone: 9133-1244
sua visita a partir das
13 h. Vende-se uma Locadora de Vídeo Games completa
Tratar pelo fone
9133-1244. com play 2, play 1, TV, CDs e DVDs. Em São Francisco de
Assis, tratar pelo fone: 9902-6482.

Rua Pinheiro Machado, nº 2050


Fones: 55-3251.1750 / 55- 99729412 -
CRECI/RS 10.745
Cidades A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 13
VENDE-SE PRÉDIO Mude sua vida agora!
Vende-se um prédio de alvenaria com dois pisos, em
cima para morar; embaixo para comércio; ótimo ponto. O Nível 1 – renda R$ 300,00 a R$ 1.000,00 ao mês;
salão tem dois banheiros mais uma peça na frente, na Nível 2 – renda de R$ 1.000,00 a R$ 3.000,00 ao mês;
Rua Plácido de Castro, número 1535, Centro, ao lado do Nível 3 – independência financeira.
Tolfo do bar em Nova Esperança do Sul. Tratar com o Participe da próxima apresentação, agende sua entrevista.
proprietário pelo fone 91087111. Gilberto: (55) 9623-8861 - (41) 9258-9033
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
Vende-se uma casa de alve-
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
naria a 2 quadras do Banco do
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
Brasil com 170m², com 3 quar-
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
tos, 2 salas, garagem para 2 car-
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
ros e área de serviço, de esqui-
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
na, com ponto comercial junto.
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
Valor: R$ 140.000,00
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
Recebo: carro e moto no ne-
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
gócio ou uma entrada e o res-
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
tante em até 5 anos.
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
Tratar: no local Benjamin
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
Constante, 692 ou 3251-0815/
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
9151-7790.
123456789012345678901234567890121234567890123
123456789012345678901234567890121234567890123
14 A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 Cidades
SÃO FRANCISCO DE ASSIS SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Serviços, Cultura, e Secretário avalia


obras e projetos
Esporte, marcam projeto O secretário de Obras,
José Cleonir Malavolta, co-
ruas como a Vila Nova, João
XXIII, e outras que ainda estão
menta sobre obras que a Se- em fase de conclusão, São
Visa descentralizar o governo e disponibilizar diversos serviços. A cretaria realiza neste primeiro Francisco também recebeu -
participação em massa da comunidade superou as expectativas trimestre e as expectativas e neste primeiro trimestre - 11
projetos existentes no municí- quadras com novo calçamen-
A Prefeitura promoveu sá- Divulgação/AFC
pio. to no centro da cidade e a
bado, 25, na Vila Nova, a pri- Malavolta salienta a princi- expectativa do secretário é re-
meira edição do ano do evento pal dificuldade que a comuni- alizar, ainda este ano, o asfal-
“Administrando com a Comu- dade e o Poder Executivo en- tamento de mais duas ruas, a
nidade”, que visa descentrali- frentavam neste início de man- João XXIII e a 10 de Novem-
zar o governo e disponibilizar dato, a péssima qualidade das bro.
diversos serviços. A participa- estradas internas do municí- A dificuldade da ilumina-
ção em massa da comunida- pio e do interior, principalmen- ção pública que o município
de superou as expectativas. A te, àquelas destinadas ao es- enfrentou nos últimos meses,
Secretaria de Obras e Sanea- coamento da soja, principal segundo o secretário, já foi
mento intensificou ações uma produto e fonte de renda local. solucionada com a aquisição
semana antes do evento, colo- Porém, Malavolta afirma: mais de mil lâmpadas já instala-
cando em dia a iluminação, de 70% das obras nestes lo- das. Outro projeto em prática
limpeza e recuperando ruas cais já foram concluídas e a é a troca e aquisição de novos
do bairro. expectativa é que em breve maquinários para a Secreta-
Durante a tarde de sábado, sejam solucionados os pro- ria, pois o município enfrenta
foram disponibilizados servi- blemas restantes. sempre problemas com que-
ços de saúde na Escola Wil- bra de máquinas, o que impe-
son Azambuja Vieira, como Calçamento melhora de o deslocamento dos gru-
Atendimento médico
atendimento médico, nutricio- infraestrutura urbana pos de trabalhos até as áreas
nista, enfermagem, vacinação dos Moradores da Vila Nova, verno. mais afastadas.
A Secretaria de Turismo, Além do patrolamento de
contra a gripe em idosos, vaci- os serviços foram cadastro do
nação contra Febre Amarela, Bolsa Família, orientações ju- Cultura e Desporto promoveu
coleta para exames, cadastro rídicas, carteiras de trabalho jogos de integração e realizou NOVA ESPERANÇA DO SUL
Moradores do Centenário
hiperdia, cartão SUS, orienta- através do FGTAS, a Secreta- inscrições para o 1º Passeio
ções odontológicas, verifica- ria de Desenvolvimento Social Ciclístico de São Francisco de
ção de processos de medica-
mentos, orientação DST/AIDS,
com o CRAS e AABB Comuni-
dade, Programa Primeira In-
Assis. Durante a abertura ofi-
cial, o prefeito Jorge Ernani confraternizam
campanha sulfato ferroso, fo- fância Melhor (PIM) realizaram Cruz enfatizou que essa pro- A diretoria da Associação dos Moradores do Bairro Cen-
noaudióloga, vigilância ambi- oficinas e recreações para cri- posta de levar serviços aos tenário realizou almoço de confraternização, para homena-
ental, CAPS, Academia Popu- anças e apresentações artísti- bairros vai continuar aconte- gear todos os atletas do bairro que participaram das Olimpí-
lar. cas e culturais, além do aten- cendo nas comunidades que adas Municipais de abril. De acordo com o presidente da
Na quadra da Associação dimento de toda equipe de go- desejarem receber o evento. entidade, Heberton Sudati, o encontro é uma forma de
agradecimento pela participação de todos e um meio de unir
a comunidade do bairro. O Jornal A Folha Cidades mais uma
JAGUARI vez esteve presente.
Estiagem provoca
falta d’água para consumo
A Secretaria de Obras de seca está sendo muito maior, Continuam as reestrutu-
Jaguari, comandada por Ro- proporcionando a abertura de rações das estradas munici-
berto Turchello, age firme no bebedouros. pais, com reformas em pon-
combate ao grave problema Outro projeto em andamen- tilhões de madeiras e buei-
que a região enfrenta - a esti- to é a reestruturação do par- ros. Outras obras relaciona-
agem que agora não prejudi- que de máquinas, leiloando ou das à engenharia estão pre-
ca somente as plantações, reformando as atuais e adqui- vistas para iniciarem a partir
mas atinge a população pela rindo equipamentos novos e do segundo semestre, devi-
falta d’água. A Secretaria co- mais modernos, proporcionan- do à situação financeira que
meçou seus trabalhos nas do uma melhor qualidade em a Prefeitura enfrentou no iní-
comunidades rurais, onde a sua função e manuseio. cio deste mandato.
A FOLHA Cidades sempre presente
Cidades A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 15
CAPÃO DO CIPÓ JAGUARI

Prefeito Froner Ex-vereador Valente Fava


comenta sua versão sobre
quer reduzir gastos episódio policial recente
O ex-vereador Nor-
» Mudanças: Recursos muito escassos exige novas estratégias berto Valente Fava e pre-
O prefeito Osvaldo Froner Divulgação/AFC
sidente do PP jaguarien-
avalia que a Administração se contesta versão pu-
está sendo muito correta, blicada neste jornal, na
mesmo com as dificuldades edição passada, quando
enfrentadas, tudo está saindo foi acusado - em ocor-
bem. Froner argumenta que a rência policial - de tenta-
saúde e educação estão com tiva de homicídio. Por si-
bom andamento, porém res- nal, a publicação foi total-
salta que as obras estão para- mente fiel à ocorrência
das pela estiagem, que ocorre policial desse caso -
na região e no município. como todas as demais
Ele destaca que os recur- enviadas pela BM ou DP
sos estão bem escassos e de qualquer município.
por isso está reduzindo gas- Ele diz que estava ar-
tos. Toda a semana são reali- rumando seus caixilhos
zadas reuniões com todos os de abelhas e sua saveiro
secretários para encontrarem estava estacionada em Ex-vereador Norberto Valente Fava
saídas aos problemas que frente do seu depósito.
surgem. Então, estacionou uma moto Produtos imprestáveis
O prefeito também subli- ao lado da saveiro, e quem a Fava comenta que Elean-
nha que a Prefeitura voltará a Administração prenuncia economia de gastos dirigia era Eleandro Antônio dro Dalosto falava que seus
ter turno único a partir do início Dalosto, que teria ficado em produtos não prestavam. De-
adores, pois eles estão cons- algumas épocas são comuns cima da moto agarrado na pois dessas discussões, Ele-
de maio, voltando a funcionar cientes do trabalho que deve as reclamações da comuni-
das 8h às 14h por causa da carroceria da saveiro.
ser feito e das mudanças ne- dade cipoense por causa da andro largou a moto no chão e
crise. – Isso será necessário Eleandro então disse que-
cessárias –. AES Sul, mas ressalta que rer falar com Fava, que por saltou na saveiro de Norberto
para redução de gastos, as- O município teve grande neste período há tranquilida-
sim como acontecerá com os sua vez respondeu que tam- Fava, tomando posse de um
perda na arrecadação de im- de. bém precisava falar com Ele- facão que estava na carroce-
funcionários que as secretari- postos, podendo chegar até Osvaldo Froner pede à po-
as vão dispensar –. andro Dalosto. Segundo a ver- ria - de propriedade de Fava
30%, explica Froner. Porém, pulação que reconheça e te- são do ex-vereador, Eleandro (conforme argumenta o mes-
as estradas do interior estão nha a compreensão em rela- disse: que história é essa que mo). Assim, Norberto Fava
Prioridades em perfeitas condições, as ção às mudanças que estão
Froner assinala que as você falava que eu não podia pegou no braço de Eleandro
pessoas não querem mudan- ocorrendo, as medidas que vender gás, onde você ven- Dalosto que estava com o fa-
obras prioritárias são as de ças nestas estradas, por cau- estão sendo tomadas são
calçamento e também a con- dia? Fava respondeu que não cão e os dois trocaram socos.
sa da poeira e também das para cortar gastos e essas era bem assim, mas que Ele- Naquele momento chegou o
tinuação da rede de água, onde pedras que podem ficar soltas atitudes, mais tarde, irão com
os poços foram perfurados, andro Dalosto deveria ser co- pai, a mãe, a irmã e a sobrinha,
e danificarem os automóveis. certeza, gerar benefícios a to- erente, cada um tinha os seus ou seja, a família de Eleandro
porém não têm projetos. – Em dos os cipoenses. clientes. Eleandro teria respon- Dalosto. Todos começaram
relação à Câmara de Verea- Comunidade deve Solicita ainda que a popu- dido a Norberto que “tu faz o também a agredir Norberto
dores, está tudo ocorrendo apoiar mudanças lação colabore evitando gas- que tu quer com teu produto, Fava com socos e pontapés.
muito bem com todos os vere- O prefeito diz ainda que em tos de água desnecessários. que eu faço o que eu quero Eleandro Dalosto pegou no
com o meu”, e acrescentou colarinho de Fava, sufocando-
SÃO VICENTE DO SUL “vou arrebentar com tua cas- o, enquanto estava caído no
ca”. chão.
Direção do Instituto Federal apresenta Disparos para não acertar,
projeto para o prefeito Jorge Martins apesar de cerco familiar
Dia 27, nas dependências do Instituto Fe- o projeto para a construção que recebeu
deral Farroupilha-Campus São Vicente, esti- Fava diz que quando con- tirar-lhe o revólver. Norberto
encaminhamento para a deputada federal seguiu escapar, correu para o
veram em reunião o reitor do IFF, Carlos Maria do Rosário (PT) e ao senador Sérgio Fava, então garante que “des-
Alberto Rosa, o diretor geral, Luiz Fernando depósito, pegou seu revólver e feriu dois tiros para o chão,
Zambiasi (PTB). retornou “sem intenção de ati-
Rosa da Costa, e o prefeito Jorge Martins, A construção da rótula no valor de R$ ficando sabendo somente no
quando trataram de assunto referente à cons- rar em alguém”, mas sim de outro dia, 22, quando foi de-
150.000,00 - da parte interior da instituição - já se defender. E prossegue:
trução de uma rótula no caminho da institui- foi confirmada com a deputada. O valor res- por”, que Eleandro Dalosto fora
ção de ensino. quando ia para casa foi perse- ferido. Norberto Fava diz: quem
tante do projeto está sendo tratado com o guido, o pai de Eleandro Da-
Foi apresentado pela diretoria do Instituto, senador Zambiasi. se sentiu ameaçado de morte
losto lhe deu um soco e tentou fui eu e não Eleandro.
16 A FOLHA Cidades - Santiago, 24 de abril de 2009 Cidades