Você está na página 1de 2

Fôrmas Plásticas

Processos de Execução da Laje


A montagem de Fôrmas Plásticas ASTRA B) Fôrmas com canto recortado
pode ser feita seguindo dois processos distintos: Elevação Planta Baixa
I - Fôrmas apoiadas sobre painéis FÔRMA FÔRMA DE FÔRMA
para Laje Nervurada
As fôrmas são distribuídas sobre um tablado de painéis apoiados sobre vigas e pontaletes ou escoras metálicas. COM RECORTE 4 ABAS COM RECORTE

Viga Principal
Travessa de
União
VIGA PRINCIPAL
FÔRMA DE
4 ABAS CABEÇOTE

Cabeçal

VIGAS

ESCORAS Viga Secundária

ESCORAS
FÔRMAS
COM RECORTE

Colocação das fôrmas sobre o painel

II - Fôrmas apoiadas sobre estrutura metálica

As fôrmas ficam apoiadas em vigas metálicas que são montadas sobre cabeçotes deslizantes (Drop Head). Nesse
sistema, as fôrmas são retiradas sem a necessidade de remoção das escoras. Desta maneira, mantém-se o
escoramento permanente e reduz-se a deformação precoce (flechas) da estrutura da laje, além de acelerar o ciclo de
reutilização das fôrmas.
Detalhes da desforma Colocação das fôrmas sobre estrutura metálica

A) Fôrmas de 2 Abas
Elevação Planta Baixa Deve ser realizado um estudo prévio de compatibilidade entre as fôrmas e o
Cabeçal sistema de escoramento que será utilizado.
FÔRMA DE
2 ABAS
FÔRMA DE
2 ABAS
FÔRMA DE
2 ABAS
Existem vários fornecedores de escoramentos nacionais que são compatíveis
com as fôrmas plásticas Astra.
Barra de Ligação

BARRA DE
LIGAÇÃO
CABEÇOTE Observações:
Viga Principal
1 - É fundamental a pulverização das fôrmas com material desmoldante para obter uma desfôrma mais fácil e um
melhor acabamento.
ESCORAS Barra de Ligação
2 - Não utilizar pregos na fixação das fôrmas.
3 - O diâmetro do vibrador utilizado para adensar o concreto não deve exceder 40mm.

FÔRMAS
DE 2 ABAS

Para mais informações:


(11) 4583-7777 - Ramais: 7750 / 7751 / 7752

Astra I - 09/2005- FZ=FPLN


vte@astra-sa.com.br

Detalhes da desforma ASTRA S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO


Rua Colégio Florence, 59 - Jd. Primavera
Colocação das fôrmas sobre estrutura metálica Fax: (11) 4583-7888 - CEP 13209-700 - Jundiaí - SP
astrasa@astra-sa.com.br - www.astra-sa.com.br
Laje Nervurada Fôrmas Plásticas ASTRA: Dimensão das Fôrmas Plásticas ASTRA
F6015/4A F6015/2A F3015/4R
As lajes nervuradas vêm se firmando gradativamente A ASTRA, engajada na colocação de sua tecnologia a serviço da construção civil, põe à disposição do F6118/4A F6118/2A F3018/4R
F6118/3A F6118/CR
como excelente solução estrutural na construção mercado a Fôrma Plástica para fundição de laje nervurada. F6521/4A F6521/2A F3221/4R
civil. O formato tronco piramidal da fôrma é projetado para facilitar sua desforma e seu empilhamento.
Com processo rápido de execução, aumentando a As Nervuras estruturais internas atribuem à fôrma rigidez e estabilidade dimensional, garantindo mínima
produtividade e provendo maior economia, a laje deformação durante a concretagem e proporcionando uma redução no peso da fôrma, o que facilita seu
nervurada tem diversas vantagens com relação às manuseio.
estruturas convencionais: Sua excelente resistência à flexão, impacto e tração permitem sua reutilização, se usada adequadamente, R
R

5 cm
• Reduz o peso da estrutura; por muitas vezes sem alterar a qualidade da laje nervurada.
• Aumenta os vãos;
L L l 5 cm
• Proporciona maior liberdade na criação de layouts.
Essa versatilidade permite a aplicação da laje h
R
H

nervurada em estruturas de edificações comerciais e


Características:
residenciais, hospitais, garagens e shopping centers. AxB
• Confeccionada em polipropileno (PP) pelo processo de injeção, com
aditivos que aumentam a proteção contra os raios UV (ultra violeta); Ordem Código
Abas AxB Altura (H) Altura (h) Raio (R) Largura (L) Largura (l) Peso
(un) (cm) (cm) (cm) (cm) (cm) (cm) (Kg)
• Coloração branca que diminui a absorção de calor, reduzindo
variação dimensional por dilatação; 1 F6015/2A 2 60 x 55 15 1,8 7,0 3,5 1,5 2,890
• Praticidade no transporte: caminhão com capacidade de 37 m3 2 F6015/4A 4 60 x 60 15 1,8 7,0 3,5 3,100
carrega 640 fôrmas (Modelo: F6118); 3 F3015/4R 4 60 x 30 15 1,8 7,0 3,5 1,150

INFORMAÇÕES TÉCNICAS
• Estocagem facilitada: 500 fôrmas empilhadas com altura de 15 4 F6118/2A 2 61 x 55 18 1,8 7,0 3,5 0,3 3,145
unidades, ocupam uma área de 13 m2. 5 61 x 58 1,8 3,5 0,3 3,300
F6118/3A 3 18 7,0
6 F6118/4A 4 61 x 61 18 1,8 7,0 3,5 3,200
7 F3018/4R 4 61 x 30,5 18 1,8 7,0 3,5 1,510
8 F6521/4A 4 65 x 65 21 1,8 7,0 3,5 3,450
9 F6521/2A 2 65 x 60 21 1,8 7,0 3,5 1,5 3,250
65 x
Usadas adequadamente, as Fôrmas Plásticas ASTRA 10
11
F3221/4R
F6118/CR*
4
4 61 x
32,5
61
21
18
1,8
1,8
7,0
7,0
3,5
3,5
1,450
3,170
“TECNOLOGIA PROPORCIONANDO ECONOMIA” permitem muitas reutilizações. * Fôrma com Recorte
As fôrmas são dimensionadas para trabalhar com escoramentos apropriados com apoio interno para
COMPARATIVO: LAJE MACIÇA E LAJE NERVURADA (FÔRMAS F6521/4A) evitar deformação e vazamentos.
As dimensões e características das fôrmas poderão sofrer alterações sem aviso prévio.
Laje
Altura Dimensões
Carregamentos
Flecha (f) Relação
da Laje Permanentes Variáveis da Laje (ELS)
Mom. E As na Laje
L/f Mx = My Asx = Asy
Peso do Aço Variação Volume do Concreto Variação
do Aço
Características da Laje Nervurada
Total Unit. Total Unit. Total do Concreto
(cm) (cm) KN/m² KN/m² cm KNm/m cm²/m² Kg/m² Kg % m³/m² m³ % FÔRMAS 60 x 60 x 15
Maciça 17 790 x 790 2,75 1,50 2,9 272,4 35,38 15,01 11,71 730,68 0,170 10,610 Largura Média Distância do CG à Módulo de Flexão Volume de
Capa Altura total Área da Volume do Vazio
Inércia Peso Próprio
Nervurada 26 790 x 790 2,75 1,50 2,6 303,8 29,23 8,67 6,76 421,94 -42,25% 0,120 7,489 -29,41 da Nervura Seção Face Sup. Face Inf. 4 Ws Wi Concreto
(mm) (mm) (cm ) (KN/m²)
(mm) (cm²) (mm) (mm) (cm³) (cm³) (m³/m²)
790 790 (m³) (m³/m²)

P1 P5
50 200 110,3 466 56,2 143,8 12.006,0 2136,3 834,9 0,0353 0,0981 2,547 0,102
20/20 V1 20/60 20/20 V5 20/60
P2 P6 Seção da Laje Nervurada 60 210 110,3 526 59,3 150,7 14.003,3 2361,4 929,2 0,0353 0,0981 2,797 0,112
20/20 20/20
70 220 110,3 586 62,7 157,3 16.230,9 2588,7 1031,8 0,0353 0,0981 3,047 0,122

15,0 ou 18,0 ou 21,0 cm


LAJE MACIÇA LAJE NERVURADA FÔRMAS 61 x 61 x 18

cm
MESA Largura Média Distância do CG à Módulo de Flexão Volume de
Área da

,0
9º Capa Altura total Inércia Volume do Vazio Peso Próprio

R7
da Nervura Seção Face Sup. Face Inf. 4 Ws Wi Concreto
(mm) (mm) (cm ) (KN/m²)
790

790

NERVURAS (mm) (cm²) (mm) (mm) (cm³) (cm³) (m³/m²)


(m³) (m³/m²)
L1 L2
h=17 h=26 7,0 cm
50 230 107,3 498 64,0 166,0 17.988,5 2810,7 1083,6 0,0444 0,1194 2,764 0,111
60,0 ou 61,0 ou 65,0 cm 60 240 107,3 559 66,5 173,5 20.581,2 3094,9 1186,2 0,0444 0,1194 3,014 0,121
V3 20/60

V7 20/60
V4 20/60

V8 20/60

70 250 107,3 620 69,3 180,7 23.396,0 3376,0 1294,7 0,0444 0,1194 3,264 0,131
V2 20/60 V6 20/60
P3
20/20
P4
20/20
P7
20/20
P8
20/20 FÔRMAS 65 x 65 x 21
Consumo Consumo Capa Altura total
Largura Média Área da
Distância do CG à
Inércia
Módulo de Flexão
Volume do Vazio Peso Próprio
Volume de
da Nervura Seção Face Sup. Face Inf. 4 Ws Wi Concreto
(mm) (mm) (cm ) (KN/m²)
AÇO 730,68 kg -42,25% AÇO 421,94 kg (mm) (cm²) (mm) (mm) (cm³) (cm³) (m³) (m³/m²)
(m³/m²)

CONCRETO 10,61 m³ -29,41% CONCRETO 7,49 m³ 50 260 104,2 544 71,0 189,0 26.073,4 3672,3 1379,5 0,0592 0,1400 2,999 0,120
60 270 104,2 609 72,9 197,1 29.436,3 4037,9 1493,5 0,0592 0,1400 3,249 0,130
70 280 104,2 674 75,4 204,6 33.007,4 4377,6 1613,3 0,0592 0,1400 3,499 0,140