CASAMENTO À MODA ANTIGA EM ISRAEL

Casamento à moda antiga em Israel – 1ª Parte

Um Retrato do Messias
O que as Escrituras querem dizer quando se referem à Igreja como noiva e a Jesus como noivo? Será que só serve para indicar o amor de Deus pelo Seu povo? Compreender as antigas práticas do casamento judaico ajuda a esclarecer as Escrituras. O casamento é um retrato da Nova aliança feita por Jesus. Revela Seus planos de voltar para a Sua noiva, a Igreja. O povo do Antigo Israel entendia o que Jesus ia fazer porque entendia o modelo do casamento. A analogia do casamento entre o Senhor Jesus Cristo e a Igreja é descrito em Efésios 5.31,32:

Por isso, deixará o homem seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher; e serão dois numa carne. Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja.
A seguir, temos um resumo das práticas de noivado e casamento judaicos em tempos remotos. Através de um paralelo, podemos ver como Jesus cumpriu a parte do noivado e como Ele vai cumprir o restante quando vier buscar a Sua noiva, a Igreja. CASAMENTO NOS TEMPOS BÍBLICOS: CONTRATO DE CASAMENTO E O PREÇO DA NOIVA Quando um rapaz desejava se casar com uma moça no Antigo Israel, ele preparava um contrato ou acordo para apresentar à moça e a seu

pai na casa dela. Ele falou do preço que estava pagando: Isto é o Meu corpo. O preço da noiva costumava ser bem alto. o valor a ser pago tinha de provar o amor que o rapaz tinha por ela.19. Os filhos eram considerados mais valiosos do que as filhas porque eram fisicamente mais capazes de ajudar no plantio e em outros trabalhos pesados.29.19. e eu serei o seu Deus. desde o menor deles até ao maior. Jesus morreu como o preço da nova aliança: E. Hebreus 9. Além disso. que concede o perdão dos pecados. é descrito em toda a Escritura: […] Mas este é o concerto que farei com a casa de Israel depois daqueles dias. O contrato mostrava a sua disposição de ser provedor para a moça. […] Porque todos me conhecerão. O contrato de casamento apresentado por Jesus é a Nova Aliança. Então descrevia os termos do contrato que ele pretendia assumir. A jovem era muito valiosa para ele. diz o SENHOR: porei a minha lei no seu interior e a escreverei no seu coração. Jeremias 31. O rapaz ia à casa da moça com o contrato e fazia a sua oferta à moça e ao pai dela. Jesus pagou o preço da noiva com a Sua vida. intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento. os chamados recebam a promessa da herança eterna. para que.18. porque perdoarei a sua maldade e nunca mais me lembrarei dos seus pecados. diz o SENHOR. O contrato de casamento. 1 Pedro 1. O pagamento deveria ser feito ao pai da moça em troca de sua permissão.19. Atos 20. . é Mediador de um novo testamento.15 1 Coríntios 6.20. O valor que ele estava disposto a pagar para se casar com ela.28 e João 3. Mas o preço da noiva teria de compensar o gasto que a família da moça teve para criá-la. Ao partir o pão na última ceia. A parte mais importante do contrato era o preço da noiva. A PARTE QUE JESUS CUMPRIU: CONTRATO DE CASAMENTO E O PREÇO DA NOIVA Jesus veio à casa de sua noiva (Terra) para apresentar o Seu contrato de casamento. e eles serão o meu povo. a nova aliança.31-34. oferecido por vós… Lucas 22. por isso.

desde agora. Durante esse tempo. o sangue do Novo Testamento. Um noivado durava cerca de 1 a 2 anos. o contrato. Porque isto é o Meu sangue. o rapaz e a moça estariam noivos.Casamento à moda antiga em Israel – 2ª Parte O Cálice Se o pai da moça concordasse com o preço da noiva. Os discípulos beberam do cálice. a noiva e o noivo ficavam se preparando para o casamento e não se viam. JESUS E O CÁLICE Assim como o noivo dava um cálice de vinho à noiva para que ela bebesse. A exemplo disso. dizendo: Bebei dele todos. José ficou assustado e queria deixá-la secretamente. Se ela bebesse o vinho. assim. aceitando. como um casamento. A partir de então. não beberei deste fruto da vide até àquele Dia em que o beba de novo convosco no Reino de Meu Pai. era um sinal de que havia aceitado a proposta.27-29. Suas palavras descreveram a importância do cálice na representação do preço da noiva no contrato de casamento: E. para remissão dos pecados. Jesus também serviu vinho aos Seus discípulos. . O noivado era um compromisso de cunho legal. que é derramado por muitos. Mateus 26. tendo em vista que não a havia tocado. A única diferença era que o casamento ainda não havia sido consumado. deu-lho. E digo-vos que. e assim selasse o contrato de casamento. tomando o cálice e dando graças. temos o clássico noivado de Maria e José. Quando soube da gravidez de Maria. o rapaz enchia um cálice com vinho e dava à moça.

Em uma ocasião. nem se atemorize. O objetivo desses presentes era demonstrar o quanto o noivo apreciava a noiva. que Jesus providenciou para a Sua noiva foi o batismo com o Espírito Santo. enquanto comia com os apóstolos. pois que nos deu do Seu Espírito. o Espírito Santo. vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo quanto Vos tenho dito. e Ele em nós. Eles também serviam para ajudá-la a se lembrar dele durante o longo período de noivado. Mikvá é a mesma palavra usada para o batismo.13.27 A MIKVÁ Em seguida. Jesus descreveu esse presente quando disse: Mas o Consolador. Não se turbe o vosso coração.1 João 4.Casamento à moda antiga em Israel – 3ª Parte Presentes para a Noiva Em seguida. Até os dias de hoje. JESUS CUMPRIU A MIKVÁ A mikvá. Deixo-vos a paz. A PARTE QUE JESUS CUMPRIU: PRESENTES PARA A NOIVA Os presentes que Jesus nos deu são os dons e o fruto do Espírito Santo: Nisto conhecemos que estamos nEle. não vo-la dou como o mundo a dá. o noivo dava à noiva presentes especiais. no judaísmo conservador. a Minha paz vos dou. a noiva participava da mikvá.26.João 14. Ele lhes deu a seguinte ordem: . a noiva não pode se casar sem a mikvá. ou banho purificador. que o Pai enviará em Meu Nome. ou batismo.

Esse quarto costumava ser construído na casa do pai do noivo. determinou-lhes que não se ausentassem de Jerusalém. O quarto tinha de ser construído de acordo com as especificações dadas pelo pai do noivo. se Eu for e vos preparar lugar.36 A PARTE CUMPRIDA POR JESUS: PREPARANDO UM LUGAR Assim como o noivo dizia à sua noiva que iria preparar um lugar para ela. . como era chamada. senão o Pai.3. não muito depois destes dias. virei outra vez e vos levarei para Mim mesmo.5. Atos 1. Eu vo-lo teria dito. pois vou preparar-vos lugar. se não fosse assim.E. estando com eles. o noivo preparava um quarto para a lua de mel. onde eu estiver. na verdade. Se alguém perguntasse ao noivo quando seria o casamento. A noiva e o noivo passariam sete dias lá. Mateus 24. João 14.” Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe. que de Mim ouvistes. ele dizia: “Não cabe a mim saber. tinha de ser um belo lugar para se levar a noiva.4. só o meu pai sabe. Jesus disse aos Seus discípulos: Na casa de Meu Pai há muitas moradas. Casamento à moda antiga em Israel – 4ª Parte Preparando um lugar Durante o período de noivado. nem o Filho. João batizou com água. Porque. estejais vós também. A câmara nupcial. nem os anjos dos céus. para que. mas vós sereis batizados com o Espírito Santo. O rapaz só poderia se encontrar com a noiva quando o seu pai lhe permitisse. E.2. mas que esperassem a Promessa do Pai.

o noivo só poderia tomar a noiva com o consentimento de seu pai. nem os anjos que estão no céu. separada ou “comprada por um preço”.32. Durante esse tempo. Casamento à moda antiga em Israel – 5ª Parte ANTIGAMENTE: A NOIVA QUE ESPERA O NOIVO É CONSAGRADA Enquanto o noivo preparava o quarto para a lua de mel. Da mesma forma. Era de se esperar que a noiva tivesse guardado dinheiro durante toda a vida para aquele momento. Ela comprava cosméticos caros e aprendia a usá-los para ficar mais bonita para o noivo. deveria usar um véu para que todos soubessem que era comprometida. o povo de Deus. tinha de estar sempre pronta. daquele Dia e hora. Ela não sabia quando o seu noivo viria buscá-la. porque não sabeis quando chegará o tempo. Deveríamos estar gastando este tempo nos preparando para a vinda de Jesus. Se ela saísse. aguardando a vinda do nosso Noivo.33. a noiva precisava ter sua lâmpada e seus pertences sempre prontos. senão o Pai. Suas irmãs ou damas de honra também ficavam à espera. nem o Filho. vigiai e orai. Marcos 13. mantendo suas lâmpadas preparadas em antecipação às festas tarde da noite. somos consagrados ou separados. Olhai. Jesus usou a parábola das dez . JESUS CUMPRIU: A NOIVA QUE ESPERA O NOIVO É CONSAGRADA Nós. a noiva era considerada consagrada. Como era de costume os noivos virem buscar suas noivas no meio da noite. ela se preparava para o casamento. Jesus disse: Mas.No Antigo Israel. para “roubá-las”. então. ninguém sabe.

tendo elas ido comprá-lo. respondendo. dizendo: Senhor. tosquenejaram todas e adormeceram. senhor. à meia-noite. disse: Em verdade vos digo que vos não conheço. saíram ao encontro do esposo. E. Quando o noivo se aproximava da casa .virgens à espera do noivo para ilustrar a necessidade de estarmos atentos à Sua vinda. Mas as prudentes levaram azeite em suas vasilhas. e a levava para o quarto que havia preparado. E as loucas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite. ide. ele dizia ao noivo que podia buscar a sua noiva. antes. ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo! Saí-lhe ao encontro! Então. Casamento à moda antiga em Israel – 6ª Parte O NOIVO VEM BUSCAR A NOIVA Assim que o pai do noivo via que a câmara nupcial estava pronta. chegaram também as outras virgens. chegou o esposo. abrenos a porta! E ele. dizendo: Não seja caso que nos falte a nós e a vós.1-13. com as suas lâmpadas. todas aquelas virgens se levantaram e prepararam as suas lâmpadas. E. depois. não levaram azeite consigo. tomando as suas lâmpadas. pois. e fechou-se a porta. O noivo raptava a sua noiva secretamente. tardando o esposo. e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas. porque não sabeis o Dia nem a hora em que o Filho do Homem há de vir. tomando as suas lâmpadas. E. aos que o vendem e comprai-o para vós. porque as nossas lâmpadas se apagam. […] As loucas. “Então. o Reino dos céus será semelhante a dez virgens que.” Mateus 25. Vigiai. Mas as prudentes responderam. Mas. como um ladrão na noite.

onde estariam protegidos. porque vós mesmos sabeis muito bem que o Dia do Senhor virá como o ladrão de noite. A PARTE QUE JESUS CUMPRIU: AS BODAS . Portanto. Mas.da noiva. e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. A festa concluía a celebração do casamento. os que ficarmos vivos. não necessitais de que se vos escreva. Durante esse período de angústia. esse período de sete anos é conhecido como a Grande Tribulação. consolaivos uns aos outros com estas palavras. ele gritava e tocava o shofar (um trompete feito com um chifre de carneiro). nós. e o amigo saía anunciando aos convidados que estavam reunidos. a noiva e o noivo saíam para participar de uma festa com amigos e familiares. e assim estaremos sempre com o Senhor. acerca dos tempos e das estações. o Senhor virá para nos buscar. dando à noiva uma espécie de aviso para recolher os seus pertences. à porta do quarto. a encontrar o Senhor nos ares.1. seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens. 5. Hoje. com um grito e o som de um shofar. ANTIGAMENTE: SETE DIAS NA CÂMARA NUPCIAL O noivo levava a noiva para o quarto de núpcias. depois. onde ficariam durante sete dias. O amigo do noivo ficava esperando do lado de fora. irmãos. Quando o casamento era consumado. CASAMENTO DE ANTIGAMENTE: AS BODAS Após sete dias na câmara nupcial. e com voz de arcanjo. os justos seriam ressuscitados e entrariam na câmara nupcial. 1 Tessalonicenses 4. o noivo contava ao amigo que estava à porta. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido. Havia muita alegria e celebração durante essa festa. O noivo e o seu amigo entravam na casa da noiva e levavam a noiva e suas damas de honra. A PARTE QUE JESUS CUMPRIU: SETE DIAS NA CÂMARA NUPCIAL A antiga escatologia judaica ensinava que um período de sete anos de angústia viria sobre a terra antes da vinda do Messias. JESUS CUMPRIRÁ: O NOIVO VEM BUSCAR A NOIVA Assim como o noivo vinha buscar a noiva no meio da noite. e com a trombeta de Deus.17.2.16. Os convidados celebravam durante sete dias até que a noiva e o noivo saíssem do quarto de núpcias.

e como que a voz de grandes trovões. a qual o noivo havia preparado. a noiva e o noivo deixavam a casa do pai do noivo. Eles iam para a sua própria casa. e o mar já não existe. a nova Jerusalém. onde a câmara nupcial havia sido construída. E disse-me: Escreve: Bemaventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. reina. A PARTE QUE JESUS CUMPRIU: INDO PARA CASA Assim como a noiva e o noivo deixavam a ceia de casamento para irem para a casa que o noivo havia preparado. Regozijemo-nos. vão celebrar o casamento. porque o linho fino são as justiças dos santos. E ouvi como que a voz de uma grande multidão.6-9 Casamento à moda antiga em Israel – 7ª Parte INDO PARA CASA Após a ceia de casamento. puro e resplandecente. e alegremo-nos. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram. Jesus e a Sua noiva também irão para a sua nova casa. porque vindas são as bodas do Cordeiro.Assim como a noiva e o noivo comemoravam com um alegre jantar de casamento. […] Vi a Santa Cidade. e demos-lhe glória. Jesus e a Sua noiva. adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. que dizia: Aleluia! Pois já o Senhor. E vi um novo céu e uma nova terra. Deus Todo-Poderoso. e como que a voz de muitas águas. e já a sua esposa se aprontou.Apocalipse 19. que de Deus descia do céu. a Igreja. E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino. E ouvi uma grande voz .

Baseado no padrão dos casamentos antigos. E levou-me em espírito a um grande e alto monte e mostrou-me a grande cidade. e o mesmo Deus estará com eles e será o seu Deus. a mulher do Cordeiro. em seguida. à semelhança do noivo de tempos antigos. . Nós.do céu. pois com eles habitará. Jesus veio à casa de Sua noiva para o noivado. E Deus limpará de seus olhos toda lágrima. mostrar-te-ei a esposa. que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens. Nós. celebraremos as Bodas do Cordeiro e. então. iremos com o nosso Noivo para a nossa nova casa. vemos que. pagou pela noiva com a Sua vida e deu à Sua noiva os dons do Espírito Santo. […] E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das últimas sete pragas e falou comigo. fez uma aliança com a Sua noiva e selou-a com um cálice de vinho. que de Deus descia do céu. Apocalipse 21. a noiva (a Igreja). a nova Jerusalém. e eles serão o Seu povo.1-10. dizendo: Vem. a santa Jerusalém. atualmente aguardamos a vinda do nosso Noivo para nos levar à câmara nupcial (o arrebatamento) onde ficaremos durante sete anos (enquanto a tribulação acontece na Terra).

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful