Você está na página 1de 2

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS OESTE DA COLINA

ESCOLA EB23 FREI CAETANO BRANDÃO – ANO LECTIVO 2009/2010


EF A ESCOLAR B3 – LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO
ALIMENTAÇÃO E SAÚDE: HOJE E AMANHÃ

NOME _____________________________________ DATA __/__/__

Resumo é a apresentação sucinta das ideias principais de um


texto mais extenso, mas tendo todas as ideias fundamentais.

Características de um bom resumo


*Brevidade - Só contém as ideias principais. Os pormenores não são incluídos.
*Rigor e clareza - Exprime as ideias fundamentais do texto, de uma forma coeren-
te clara e que respeite o pensamento do autor.
*Linguagem pessoal - Não se copia frases do texto; exprime-se as ideias por pala-
vras nossas.

Processo de execução de um resumo


1. Leia o texto e tente compreendê-lo bem. Identifique as ideias principais, parágra-
fo a parágrafo.

------ Pode sublinhá-las, durante a leitura.


------ Pode fazer um esquema, no fim da leitura, para organizar o texto e os pará-
grafos.

2. Comece a escrever o seu resumo, respeitando sempre o conteúdo do texto e o


pensamento do autor.

------ Procure não incluir pormenores desnecessários.


------ Substitua ideias repetidas ou semelhantes por uma que as englobe.
------ Utilize termos genéricos em vez de listas.
------ Utilize uma linguagem pessoal.

3. Leia o seu resumo e avalie-o, corrigindo os aspectos que achar necessários.

------ Contém as ideias principais?


------ a ideia do autor está respeitada?
------ o texto percebe-se bem?
------ não há pormenores nem repetições?

4. Faça outra leitura do seu resumo e aperfeiçoe a linguagem do texto (ortografia,


construção de frases, etc.) se for necessário.

Ficha de Trabalho Nº4 – Prof. Teresa Paula Alves


1/2
LC3C – Produzir textos informativos, reflexivos e persuasivos.
EXEMPLO DE UM RESUMO

Texto - Lendas da Via Láctea

A Via Láctea era imaginada como o caminho para casa de Zeus/Júpiter.


Era também considerada o percurso desordenado da corrida de Faetonte pelo Céu,
enquanto conduzia o carro do Sol. Os povos nórdicos acreditavam que a Via láctea
era o caminho seguido pelas almas para o céu.

Na Escócia antiga era a estrada prateada que conduzia ao castelo do rei


do fogo. Os índios primitivos acreditavam que a Via Láctea era o caminho que os es-
píritos percorriam até às suas aldeias, no Sol. O seu caminho é marcado pelas estre-
las, que são fogueiras que os guiam ao longo do caminho.

Resumo:

Existem várias lendas acerca da Via Láctea. São vários os povos, desde
os Gregos, os Nórdicos e os Índios primitivos, que interpretam a Via Láctea como
um caminho, um rio celestial ou como guia das almas até ao céu.


Partindo dos exemplos que foram dados, tente agora fazer os seus
próprios resumos.

Deve usar:

As palavras-chave.
As suas próprias palavras.
Uma linguagem objectiva e informativa.

Não Deve:

Mudar a ordem das ideias.


Fazer juízos de valor.
Ultrapassar um terço das palavras do texto original.

Ficha de Trabalho Nº4 – Prof. Teresa Paula Alves


2/2
LC3C – Produzir textos informativos, reflexivos e persuasivos.

Interesses relacionados