Você está na página 1de 31
Sistemas de Injeção Diesel

Sistemas de Injeção Diesel

Sistemas de Injeção Diesel
Sistemas de Injeção Diesel
Sistemas de Injeção Diesel
Sistemas de Injeção Diesel
Introdução

Introdução

Introdução Índice Introdução 2 Um pouco de história 3 Qualidade, confiança, durabilidade 3 Os
Introdução Índice Introdução 2 Um pouco de história 3 Qualidade, confiança, durabilidade 3 Os

Índice

Introdução

2

Um pouco de história

3

Qualidade, confiança, durabilidade

3

Os sistemas de injeção

4

Bombas de injeção PF e PFR

5

Bombas em linha

6

Circuito de alimentação

6

Bomba alimentadora

7

Bomba manual

7

Tubo de pressão

8

Filtro de combustível diesel

9

Bomba em linha modelo A

10

Bomba em linha modelo P

10

Regulador de rotação

11

Componentes de desgaste da bomba de injeção

11

Porta-válvula (A e P)

12

Válvula de pressão

12

Elementos

13

Conjunto porta-injetores

14

Porta-injetores

15

Injetores

15

Vela aquecedora

19

Bombas distribuidoras (rotativas)

21

Componentes de desgaste da bomba rotativa

21

Tecnologias eletrônicas diesel

23

Bomba VP 44

23

UPS

24

UIS

26

CRS

28

dível a tecnologia

No mundo moderno, é imprescindível a tecnologia

dos motores diesel. Utilizados em veículos pesa-

m veículos pesa-

dos, caminhões, ônibus, carros de passageiros, má-

passageiros, má-

quinas agrícolas, barcos e muitas outras

aplicações, os motores diesel são sempre confiáveis, econômicos

e menos poluentes.

outras

Diferente

diesel,

nova geração de motores apresenta inúmeras van-

tagens:

dos

ruidosos

antigos

e

motores

fumacentos,

a

silenciosos

econômicos

limpos

rápidos

seguros

O

rendimento confiável e econômico dos motores

diesel requer sistemas de injeção que trabalhem com alta precisão. Com esses sistemas, o combustí- vel é injetado nos cilindros do motor sob alta pres- são e no momento adequado para que a potência

seja atingida. Para essa finalidade, são utilizados di- ferentes sistemas de injeção, conforme suas aplica- ções e necessidades. São conhecidos como bombas

de

injeção ou sistemas de injeção diesel.

O

desenvolvimento e construção do sistema de inje-

ção da Bosch permitiu o funcionamento rápido e se- guro do motor diesel. Desde os anos 20, o aperfei- çoamento constante das bombas de injeção diesel atingiu um alto nível de maturidade técnica.

A regulagem diesel, mecânica ou eletrônica, atual-

mente permite dosar a quantidade exata de combus- tível para cada momento de serviço do motor, e ajus- tar o início exato da injeção.

Para atender às mais rigorosas legislações sobre ga- ses de escape, a regulagem eletrônica diesel oferece vantagens especiais, pois é possível processar diver- sos parâmetros do motor e do meio ambiente, vincu- lados a severas tolerâncias.

Dessa forma, pode-se reduzir o consumo de combus- tível e a emissão de gases poluentes, além de se ob- ter uma suavidade de marcha sensivelmente melhor.

Para que o Sistema de Injeção Diesel possa oferecer todos os benefícios e vantagens, precisa passar por revisões periódicas, estar bem regulado e utilizar ex- clusivamente as peças de reposição Bosch.

Dessa forma, o motor sempre receberá a quantidade de combustível adequada a cada momento de fun- cionamento, gerando melhor desempenho com me- nor consumo e baixa emissão de gases poluentes.

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Um pouco de história

Os sistemas de injeção diesel Um pouco de história Desde que a primeira bomba de injeção
Os sistemas de injeção diesel Um pouco de história Desde que a primeira bomba de injeção

Desde que a primeira bomba de injeção de combus-

tível diesel foi fabricada, em uma linha de produção Bosch em 1927, a tecnologia diesel passou por um grande desenvolvimento. Após décadas de pesquisa,

a Bosch hoje é referência nessa área.

O computador e a injeção direta de alta pressão,

nos anos 80, levaram a tecnologia diesel a um novo patamar. Nos anos 90, foi desenvolvido o conjunto bomba e bico, ou Unit Injection System. Suas bom- bas injetoras modulares são integradas diretamente aos cilindros. Este sistema melhora o desempenho

e o torque, com baixo consumo de combustível.

Desde 1997, é produzido o sistema de injeção de pressão modulada Common Rail, que torna os mo- tores mais limpos e econômicos, com um funciona- mento especialmente suave.

Os sistemas diesel Bosch de alta pressão estão em todos os tipos de automóveis, desde o menor

e mais econômico até o mais luxuoso. Assim, a tec-

nologia diesel está presente em todas as classes.

Primeira bomba injetora em linha de série: 1927
Primeira bomba
injetora em linha
de série: 1927

Aplicação do sistema diesel Bosch: 1930

Qualidade, confiança, durabilidade

Qualidade, confiança, durabilidade
Qualidade, confiança, durabilidade
Qualidade, confiança, durabilidade

Atualmente, há uma grande exigência em termos de emissão de gases, ruído, economia e desempenho para os motores diesel. Precisamente por cumprir essas exigências, a Bosch fornece o equipamento original da maioria dos motores e veículos.

Um dos principais investimentos do Grupo Bosch está na área de pesquisa e desenvolvimento de no- vas tecnologias. Anualmente, investe-se nesta área

Detalhe da fabricação dos orifícios nos injetores Bosch. Tecnologia de ponta, para assegurar ao condutor
Detalhe da fabricação
dos orifícios nos
injetores Bosch.
Tecnologia de ponta,
para assegurar ao
condutor do veículo
toda tranqüilidade e
segurança.

7% do faturamento global, registrando mais de 2000 patentes por ano. Muitos desses produtos desenvol- vidos, como a vela de ignição e a injeção eletrônica, fazem parte da evolução da indústria automotiva.

Além da Alemanha, a Bosch tem fábricas na Índia, Brasil, Japão, Turquia, Estados Unidos e França, ou seja, nos mercados mais importantes para os mo- tores diesel. Todas produzem com os mesmos exi- gentes parâmetros de qualidade Bosch que se apli- cam nas fábricas alemãs. Por isso, todos os produtos Bosch têm um alto padrão de qualidade unificado.

Para garantir a qualidade, a tolerância de fabrica- ção é inferior a 1 milésimo de milímetro. Corpos de bomba são construídos para suportar pressões mi- lhares de vezes a de um pneu de automóvel. Em 5 segundos, lasers perfuram 540 canais capilares no parafuso tensor do bico injetor com conjunto bomba e bico. As pré-injeções e as injeções principais são analisadas 2 mil vezes por minuto. A preservação do meio-ambiente também é um objetivo da tecnologia diesel Bosch. O sucesso alcançado no tratamento dos gases de escape e no desenvolvimento de sen- sores é referência em proteção ambiental.

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Marcos da injeção diesel Bosch

de injeção diesel Marcos da injeção diesel Bosch 1927 1962 1986 1994 Primeira bomba injetora em
1927 1962 1986 1994
1927
1962
1986
1994
Marcos da injeção diesel Bosch 1927 1962 1986 1994 Primeira bomba injetora em linha de série
Marcos da injeção diesel Bosch 1927 1962 1986 1994 Primeira bomba injetora em linha de série
Marcos da injeção diesel Bosch 1927 1962 1986 1994 Primeira bomba injetora em linha de série
Marcos da injeção diesel Bosch 1927 1962 1986 1994 Primeira bomba injetora em linha de série
Primeira bomba injetora em linha de série Primeira bomba injetora distribuidora de pistão axial EPVM
Primeira bomba
injetora em linha
de série
Primeira bomba injetora
distribuidora de pistão
axial EPVM
Primeira bomba injetora
distribuidora de pistão axial
com regulagem eletrônica
Primeiro Sistema de
Unidade Injetora
(UIS) para veículos
utilitários
1998
1995
1996
1997
Primeiro Sistema
de Bomba
Unitária (UPS)
Unitária (UPS)

Primeira bomba injetora distribuidora de pistão radial

Primeiro sistema de injeção de pressão modulada Common Rail

Primeiro Sistema de Unidade Injetora (UIS) para automóveis
Primeiro Sistema
de Unidade
Injetora (UIS) para
automóveis

Sistemas de injeção diesel convencional

Bomba P em linha

Sistemas de injeção diesel convencional Bomba P em linha
Sistemas de injeção diesel convencional Bomba P em linha
Bomba Bomba Distribuidora VE
Bomba
Bomba
Distribuidora VE

Bomba A em linha

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Bombas de injeção PF e PFR

Os sistemas de injeção diesel Bombas de injeção PF e PFR Bomba PF Bomba PFR As
Bomba PF Bomba PFR
Bomba PF
Bomba PFR
diesel Bombas de injeção PF e PFR Bomba PF Bomba PFR As bombas de injeção PF

As bombas de injeção PF e PFR não dispõem de eixo do comando de válvulas próprio. Conseqüen- temente, os êmbolos da bomba são impulsionados pelo eixo do comando de válvulas do motor.

A transmissão do movimento propulsor é feita com

ou sem roletes.

Geralmente a fixação é feita diretamente no motor e sua posição depende de cada aplicação.

As bombas PF e PFR normalmente são de 1 cilin- dro, mas existem versões de 2, 3 e 4 cilindros, e ge- ralmente são utilizadas em muitos motores diesel, como estacionários, grupos geradores de energia, barcos de pesca, etc.

Componentes de desgaste:

• Elemento

• Válvula de pressão

• Impulsor de rolete

• Mola

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel As bombas injetoras em linha estão ins- taladas junto ao motor
As bombas injetoras em linha estão ins- taladas junto ao motor e são acionadas por
As bombas injetoras em linha estão ins-
taladas junto ao motor e são acionadas
por ele.
Cada cilindro do motor é conectado a
um elemento da bomba, que está dis-
posto em linha. Por isso o nome “bomba
em linha”.

Bombas em linha

Circuito de alimentação

Circuito de alimentação
Circuito de alimentação
Circuito de alimentação

O combustível diesel sai do

tanque aspirado pela bomba

alimentadora, passa através

do filtro, entra na bomba inje-

tora e, por meio do elemento, é bombeada para os diferen- tes cilindros do motor.

do filtro, entra na bomba inje- tora e, por meio do elemento, é bombeada para os
Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Bomba alimentadora

Os sistemas de injeção diesel Bomba alimentadora Para motores com bomba injetora em linha, é neces-
Os sistemas de injeção diesel Bomba alimentadora Para motores com bomba injetora em linha, é neces-
Para motores com bomba injetora em linha, é neces- sário o uso de uma bomba
Para motores com bomba injetora em linha, é neces-
sário o uso de uma bomba alimentadora que forneça
combustível ao circuito, garantindo o enchimento
por completo dos cilindros (elementos) da bomba
injetora.
A bomba alimentadora, juntamente com a bomba
injetora, trabalha durante todo o tempo de funcio-
namento do motor diesel. Isso significa que seus
componentes sofrem desgaste e precisam de subs-
tituição.
Componentes de desgaste:
• Rolete
• Pistão
• Mola do pistão
• Válvulas
• Rolete • Pistão • Mola do pistão • Válvulas • Filtro Bomba manual A bomba

• Filtro

Bomba manual

A bomba manual está instalada junto à bomba ali-
A bomba manual está instalada junto à bomba ali-
manual A bomba manual está instalada junto à bomba ali- mentadora e serve para eliminar bolhas

mentadora e serve para eliminar bolhas de ar do sis-

tema diesel, o que comumente se conhece por “san- grar o sistema diesel”.

O ar pode “entrar” no sistema, por exemplo, quando

é feita a troca dos filtros de combustível, ou a manu- tenção na bomba de injeção diesel.

CUIDADO:

O mercado de autopeças oferece bombas manuais de outras marcas com as-

te inferior.

pecto visual similar às da Bosch, mas com qualidade infinitamente inferior.

arcas com as-

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Bomba manual

Os sistemas de injeção diesel Bomba manual   Bomba manual Bosch Características Vantagens Benefícios
Os sistemas de injeção diesel Bomba manual   Bomba manual Bosch Características Vantagens Benefícios
 

Bomba manual Bosch

Características

Vantagens

Benefícios

Carcaça de alumínio

Não se oxida

Maior vida útil

Vedação perfeita

Não goteja; maior estanqueidade

Evita desperdício de combustível

Modelo universal

Compatível com os modelos anteriores

Menos tipos no estoque

Tubo de pressão

anteriores Menos tipos no estoque Tubo de pressão Os tubos são responsáveis pela condução do combustível
anteriores Menos tipos no estoque Tubo de pressão Os tubos são responsáveis pela condução do combustível

Os tubos são responsáveis pela condução do combustível diesel da bomba aos porta-inje- tores, sob elevada pressão.

A passagem do combustível pelo interior do

tubo, sob pressões de injeção que atingem até 1.200 bar, pode produzir um fenômeno que se conhece por cavitação, produzido pe- las bolhas de ar no interior da tubulação.

A cavitação é uma forma de erosão que des-

gasta internamente o tubo de pressão. Partí- culas de metal do tubo se desprendem e po- dem obstruir os orifícios dos injetores.

A qualidade do material do tubo de pressão

de reposição Bosch é um diferencial, inclu- sive porque a Bosch é fornecedora do sis- tema diesel para os principais mercados de veículos diesel do mundo.

 

Tubo de pressão Bosch

Características

Vantagens

Benefícios

Aço de alta dureza

Não desprende partículas

Maior vida útil dos injetores

Desenho original

Curvas adequadas para cada motor

Facilidade de instalação

Porca especial

Ajuste perfeito

Evita vazamento de combustível

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Filtros de combustível diesel

sistemas de injeção diesel Filtros de combustível diesel Filtragem Os componentes dos sistemas de injeção diesel

Filtragem

Os componentes dos sistemas de injeção diesel são fabricados sob as mais rigorosas tolerâncias de usinagem. Por isso, atingem as mais elevadas pres- sões de injeção, conseguindo maior desempenho com mínimo consumo de combustível e baixos ní- veis de poluição ambiental.

Para que os componentes do sistema de injeção obtenham um bom desempenho, é necessário que

o combustível esteja completamente livre de impu- rezas.

Portanto, é de suma importância a eficiência do sis- tema de filtragem.

Quanto mais limpo estiver o combustível, mais longa será a durabilidade dos componentes do sis- tema de injeção, como válvulas, bico injetor e ele- mentos.

Além disso, o combustível diesel completamente limpo garante que os micro-orifícios do bico injetor não sejam obstruídos.

Quando esses orifícios de injeção são mantidos limpos, fica garantida a pulverização do combustí- vel de forma mais eficiente e completa.

Quanto melhor for a pulverização, maior será a efi- ciência da combustão, o que garante excelente ren- dimento do motor, com maior potência e baixos ní- veis de emissão de gases poluentes.

A Bosch possui filtros de combustível diesel que além de separar as impurezas do combustível die- sel, eliminam/separam a água do diesel (para pos- terior dreno). Isso diminui muito os gastos com ma- nutenção e reparos, aumentando a produtividade dos veículos. A água do combustível e seus conta-

minantes, eliminados pelo filtro Bosch separador, poderiam causar o desgaste prematuro da bomba, bicos injetores, pistões e cilindros, além de um con- sumo desnecessário de combustível, prejudicando

o desempenho dos motores e contribuindo para o aumento da poluição da atmosfera.

Filtro simples
Filtro simples

Separador de água

A substituição deste tipo de filtro pode ser completa, com carcaça, ou só o cartucho.

Filtro duplo
Filtro duplo

Neste tipo de filtro, o combustível flui primeiro pelo filtro primário, onde ficam retidas as impurezas mais grossas, e depois pelo secundário, onde se faz a filtragem completa. Recomenda-se a troca de ambos ao mesmo tempo, para maior eficiência de filtragem.

Filtros de combustível diesel Bosch

Características

Vantagens

Benefícios

Papel filtrante especial

Melhor filtragem

Maior vida útil dos componentes

Resina fenólica

Maior resistência do papel

Maior vida útil do filtro

Separador de água

Elimina a água

Maior durabilidade dos componentes

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Bomba em linha modelo A

Os sistemas de injeção diesel Bomba em linha modelo A Bomba em linha modelo P A

Bomba em linha modelo P

diesel Bomba em linha modelo A Bomba em linha modelo P A bomba injetora modelo A
diesel Bomba em linha modelo A Bomba em linha modelo P A bomba injetora modelo A

A bomba injetora modelo A é utilizada

em diferentes motores diesel. Sua pres-

são de injeção está próxima a 750 bar e atualmente é utilizada normalmente em veículos de médio porte (caminhões e utilitários).

A bomba injetora modelo P atinge pres-

sões de injeção de até 1300 bar, aten- dendo à evolução dos motores diesel, ge-

rando maior potência e rendimento com menor consumo de combustível e emis- são de gases poluentes.

A bomba P é semelhante ao modelo A,

mas com carcaça e componentes inter- nos mais reforçados justamente para ge- rar pressões de injeção de até 1300 bar.

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Regulador de rotação

Os sistemas de injeção diesel Regulador de rotação A rotação máxima do motor diesel é controlada
Os sistemas de injeção diesel Regulador de rotação A rotação máxima do motor diesel é controlada
A rotação máxima do motor diesel é controlada por meio da regu- lagem (quantidade de
A rotação máxima do motor diesel é controlada por meio da regu-
lagem (quantidade de combustível injetado).
Nas bombas injetoras diesel, existe um dispositivo mecânico ou
eletrônico chamado regulador de rotação. Sua função é regular a
rotação do motor nos diferentes regimes de funcionamento.
O regulador possui componentes mecânicos que se desgastam
em função de sua utilização.
Por se tratar de um dispositivo de precisão, sua manutenção deve
ser feita em oficinas especializadas Bosch Truck Service.

Componentes de desgaste da bomba de injeção

Truck Service. Componentes de desgaste da bomba de injeção 1 1 Válvula e porta-válvula 2 Elemento,
1 1 Válvula e porta-válvula 2 Elemento, constituído de cilindro e pistão 2 3 Coroa
1
1 Válvula e porta-válvula
2 Elemento, constituído de cilindro e pistão
2
3 Coroa dentada
3
4 Mola do pistão
4
5 Rolete
5
6 Rolamento
6
7 Eixo de comando
7
1 2 2
3 4 4
5 6
7
Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Porta-válvulas (A e P)

Os sistemas de injeção diesel Porta-válvulas (A e P) Instalado sobre a carcaça da bomba, sua
Os sistemas de injeção diesel Porta-válvulas (A e P) Instalado sobre a carcaça da bomba, sua

Instalado sobre a carcaça da bomba, sua função é “fixar” a válvula de pressão, fa- zendo a conexão entre a bomba e a tu- bulação.

Quando apresenta problemas, geralmente

o combustível diesel começa a vazar.

problemas, geralmente o combustível diesel começa a vazar.   Porta-válvulas (A e P) Bosch Características
 

Porta-válvulas (A e P) Bosch

Características

Vantagens

Benefícios

Produzida em aço especial

Elevada durabilidade

Menor custo de manutenção

Carcaça com tratamento de superfície

Não se oxida

Longa vida útil

Rosca com precisão adequada

Ajuste perfeito

Não goteja

Válvula de pressão

Ajuste perfeito Não goteja Válvula de pressão Está instalada sobre o elemento, e sua função é

Está instalada sobre o elemento, e sua função é permitir

a passagem de combustível do elemento em direção à tu- bulação de pressão.

Quando o motor é desligado, a válvula fecha para impedir

o retorno de combustível ao interior da bomba, mantendo

a tubulação cheia (o que facilita a partida seguinte).

É um componente de muita precisão, que se desgasta com o uso.

Os problemas com este componente farão com que o mo-

tor demore muito para arrancar, prejudicando a bateria e

o motor de partida.

para arrancar, prejudicando a bateria e o motor de partida.   Válvula de pressão Bosch Características
 

Válvula de pressão Bosch

Características

Vantagens

Benefícios

Medidas de mecanização precisas

Ajuste perfeito

Arranque mais rápido

Superfície retificada

Vedação total estanque

Não goteja

Vedação total entre a válvula e o elemento

Precisão na injeção

Maior rendimento do motor

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Elementos

Os sistemas de injeção diesel Elementos Como foi dito anteriormente, as bombas injetoras em linha utilizam
Os sistemas de injeção diesel Elementos Como foi dito anteriormente, as bombas injetoras em linha utilizam

Como foi dito anteriormente, as bombas injetoras em linha utilizam um elemento para cada cilindro do motor.

Os elementos são constituídos de cilindro e pistão.

O pistão dentro do cilindro veda completamente

devido a sua elevada precisão de usinagem, sem ser necessária a utilização de dispositivos adicio- nais, como por exemplo guarnições e anéis o’ring.

Para obter tamanha precisão, as tolerâncias me- cânicas do cilindro e pistão estão ao redor de 0,2 µm (mícron).

Para se ter uma idéia mais precisa dessa dimen- são, um fio de cabelo humano mede ao redor de 60 µm de diâmetro. Ou seja, a medida entre cilin- dro e pistão é 300 vezes inferior à grossura de um fio de cabelo.

O curso de cada pistão é fixo. No entanto, a quan-

tidade de combustível se modifica através do mo- vimento giratório do pistão, produzido pela coroa

dentada, acionada pela cremalheira.

Quando o pistão gira, através da ranhura, o vo- lume de combustível injetado é modificado, con- forme as exigências do motor.

injetado é modificado, con- forme as exigências do motor. Importante: Além do dano que um elemento

Importante:

Além do dano que um elemento de má qualidade pode causar ao motor, a relação custo/benefício é muito baixa quando se utilizam elementos de ou- tras marcas ou reaproveitados/recondicionados.

Elementos de má qualidade ou recondicionados podem dar grande prejuízo, pois além de menor durabilidade e maior consumo, ocorrem seguidos

reparos, com tempo ocioso do veículo na oficina. Para produzir elementos de alta qualidade, são necessários processos altamente controlados e que atendem às rigorosas tolerâncias e especifi- cações técnicas das principais montadoras.

Só a Bosch pode oferecer elementos com essa elevada qualidade e com a mais alta tecnologia.

 

Elementos Bosch

Características

Vantagens

Benefícios

Medidas precisas entre cilindro e pistão

Maior pressão de injeção

Maior rendimento do motor

Controle de mecanização por computadores

Segurança de funcionamento perfeito

Maior vida útil

Utilizado no equipamento original

Aprovado pelas montadoras

Garantia de alta qualidade

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Conjunto porta-injetor

Os sistemas de injeção diesel Conjunto porta-injetor Os porta-injetores são dispositivos que alojam os bi- cos

Os porta-injetores são dispositivos que alojam os bi- cos injetores nos motores diesel.

Cada cilindro do motor precisa de um porta-injetor.

Além de manter o bico injetor no cilindro, também se encarrega de levar o combustível diesel da tubulação até o bico injetor, permitindo que ocorra a injeção.

É fornecido completo (com o bico injetor) inclusive já regulado com a pressão de injeção adequada para cada motor.

Importante:

Os porta-injetores Bosch são projetados e pro- duzidos sob exigentes controles de fabricação.

O desenho do porta-injetor se baseia na uti-

lização exclusiva de bicos injetores originais

Bosch.

Se for usado um bico injetor não original, há

grande risco de ele não se “encaixar” adequa- damente na posição correta, o que pode causar perda de pressão, má pulverização, vazamento

de combustível e ainda produção de fumaça.

vazamento de combustível e ainda produção de fumaça. endentemente do do modelo modelo do do orta-injeto
vazamento de combustível e ainda produção de fumaça. endentemente do do modelo modelo do do orta-injeto
endentemente do do modelo modelo do do orta-injeto
endentemente
do
do
modelo
modelo
do
do
orta-injeto

porta-injetor

usado, recomenda-se que o reparo seja feito em ofi- cinas especializadas Bosch.

Independentemente

Conjunto porta-injetor modelo DL Conjunto porta-injetor modelo DN
Conjunto
porta-injetor
modelo DL
Conjunto
porta-injetor
modelo DN
porta-injetor modelo DL Conjunto porta-injetor modelo DN Jogos de reparo A Bosch fornece os jogos de

Jogos de reparo

A Bosch fornece os jogos de reparo (compo- nentes de maior desgaste) dos porta-injetores. São os mesmos componentes originais do con- junto completo.

 

Conjunto porta-injetor Bosch

Características

Vantagens

Benefícios

Produzidos em aço especial

Melhor “encaixe” do bico injetor

Funcionamento seguro

Usinagem controlada por computador

Uniformidade na produção

Maior durabilidade

Vedação total dos componentes

Maior vedação interna

Não vaza; economia de combustível

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Porta-injetor

Os sistemas de injeção diesel Porta-injetor O porta-injetor também é fornecido sem o bico injetor. Bicos
Os sistemas de injeção diesel Porta-injetor O porta-injetor também é fornecido sem o bico injetor. Bicos
O porta-injetor também é fornecido sem o bico injetor. Bicos injetores
O porta-injetor também é fornecido sem o bico
injetor.
Bicos injetores

Os bicos injetores são componentes de extrema pre- cisão, responsáveis por pulverizar finamente o com- bustível na câmara de combustão do motor.

Quanto melhor for a pulverização, maior será o ren- dimento do motor. Em conseqüência, se obtém mais economia de combustível com menor emissão de gases poluentes.

Os modernos motores diesel estão equi- pados com bicos injetores que devem inje- tar combustível sob pressões e temperaturas elevadas, tudo para que o veículo obte- nha a maior potência possível.

para que o veículo obte- nha a maior potência possível. A combustão deve ser o mais
para que o veículo obte- nha a maior potência possível. A combustão deve ser o mais

A combustão deve ser o mais completa possível, para que os gases não contaminem o ar.

Os bicos injetores Bosch são produzidos dentro dos mais rigorosos parâmetros de fabricação e obedecem ao mesmo padrão de qualidade mundial Bosch, em qualquer parte do mundo.

Bicos injetores desenvolvidos para alto desempenho Jogo da agulha e do corpo do injetor Arredondamento
Bicos injetores desenvolvidos para alto desempenho
Jogo da agulha e do
corpo do injetor
Arredondamento
hidráulico dos orifícios
Linha de vedação
Precisão dos orifícios
de injeção
Tratamento superficial
com adição de cromo
Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel Bicos injetores Bicos injetores Bosch Características Vantagens Benefícios Precisão

Bicos injetores

Os sistemas de injeção diesel Bicos injetores Bicos injetores Bosch Características Vantagens Benefícios Precisão
Bicos injetores Bosch Características Vantagens Benefícios Precisão dos orifícios de injeção Pulverização
Bicos injetores Bosch
Características
Vantagens
Benefícios
Precisão dos orifícios de injeção
Pulverização perfeita
Combustão completa
Superfície com adição de cromo
Maior durabilidade
Menos gastos com manutenção
Vedação total na linha interna de
contato
Maior vedação interna
Não goteja; economia de
combustível
de 2 mola las
de 2 mola
las

• Bucha-guia Disco intermediário

• Bico injetor

Estas peças são criteriosamente selecionadas e montadas em forma de kits, que devem substituir por completo as peças antigas do conjunto porta-in- jetor. Só assim pode-se garantir a qualidade original dos produtos, algo que os concorrentes não podem oferecer atualmente.

Pino de pressão

O pino para ajuste da pressão da segunda mola,

porca-capa e demais peças necessárias a um com- pleto reparo do conjunto porta-injetor também po- dem ser adquiridos separadamente.

Reparo para porta-injetores de 2 molas

Atendendo às necessidades do mercado, a Bosch lançou o reparo para conjuntos porta-injetores de 2 molas, oferecendo um kit que garante a qualidade e o desempenho originais do sistema de injeção, sem afetar os níveis de emissões de poluentes do motor.

O Kit de Reparo é constituído por:

de poluentes do motor. O Kit de Reparo é constituído por: • Importante: O mercado oferece
de poluentes do motor. O Kit de Reparo é constituído por: • Importante: O mercado oferece
•
poluentes do motor. O Kit de Reparo é constituído por: • Importante: O mercado oferece bicos
poluentes do motor. O Kit de Reparo é constituído por: • Importante: O mercado oferece bicos

Importante:

O mercado oferece bicos injetores recondiciona- dos ou reaproveitados a um custo inferior ao dos originais.

Os bicos injetores recondicionados sofrem meca- nização para “tentar” voltar às medidas originais, mas ao retificar a superfície da agulha, retira-se o recobrimento de cromo, o que reduz a durabili- dade e prejudica a pulverização do combustível.

Qualquer material sofre fadiga, ou seja, possui sua vida útil, e quando se trata de prolongar a uti- lização de um bico injetor usado, arrisca-se a vida

do motor.

Pode acontecer que um bico injetor recondicio- nado ou de má qualidade tenha a ponta rompida

por fadiga natural do material. Em conseqüência,

a ponta pode cair no pistão e danificar o motor.

Portanto, recomenda-se utilizar exclusivamente

os bicos injetores originais Bosch.

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel Bicos injetores - Ficha técnica Designação técnica de um bico injetor
Os sistemas de injeção diesel Bicos injetores - Ficha técnica Designação técnica de um bico injetor

Bicos injetores - Ficha técnica

de injeção diesel Bicos injetores - Ficha técnica Designação técnica de um bico injetor • Cada

Designação técnica de um bico injetor

• Cada bico injetor Bosch foi adaptado ao respectivo ti- po de motor. Isso significa ótima combustão, poucas substâncias poluentes e plena potência do motor.

• Os bicos injetores Bosch são fabricados exatamen- te de acordo com as tolerâncias acordadas com o fabricante de motores, que correspondem a 0,005 mm. A precisão garante máxima confiabilidade.

• Só a aplicação de um correto bico injetor Bosch ga- rante um perfeito funcionamento do motor, com consumo, potência e ótimo comportamento de ga- ses de escape. A montagem deve ser feita segundo a indicação de aplicação.

• Rigorosas diretrizes de fabricação e testes são vigen- tes para os equipamentos primários e de reposição.

Designação de tipo de um bico injetor

D L L A 150 S D XX
D
L
L
A
150
S
D XX

Nº de reconhecimento do bico injetor

D = com efeito de estrangulamento

Sem letra = bico injetor de série

Tamanho do bico injetor - Ø do colar

P

= 14 mm de Ø de borda

U = 30 mm de Ø de borda

R

= 16 mm de Ø de borda

V = 42 mm de Ø de borda

S

= 17 mm de Ø de borda

W = 50 mm de Ø de borda

T

= 22 mm de Ø de borda

Informa o ângulo de injeção em graus

A

= letra de alteração: sem ranhura circular na face do bico

B

= letra de alteração: posição do furo de alimentação alterado em 180° em relação à construção normal

Z

= letra de alteração: sem ranhura circular na face e com dois orifícios de alimentação

Sem letra = com ranhura circular na face

L

= borda de bico injetor longo (comprimento maior)

P

= bico injetor planar

F

= bico injetor refrigerado através de fluidos

N

= bico injetor de agulha com pino

L

= bico injetor com furos de pulverização

S

= bico injetor de assento de orifício

D

= bico injetor

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel Porta-Injetores - Ficha técnica Designação técnica de um porta-injetor KB A

Porta-Injetores - Ficha técnica

de injeção diesel Porta-Injetores - Ficha técnica Designação técnica de um porta-injetor KB A L B
de injeção diesel Porta-Injetores - Ficha técnica Designação técnica de um porta-injetor KB A L B

Designação técnica de um porta-injetor

KB A

L

B

105 S

D A XXX/X

técnica de um porta-injetor KB A L B 105 S D A XXX/X Índice de peça

Índice de peça faltante

Número de reconhecimento do porta-injetor

A

= letra de modificação

D

= para bico injetor com efeito de estrangulamento

E

= canal de alimentação alterado em 90° em relação ao normal

Informa o tamanho do bico injetor (P, S, T, U, V e W) aplicado no porta-injetor

Comprimento de montagem (mm)

B

= para bico injetor do tipo B

L

= para bico injetor de construção longo (comprimento maior)

A

= montagem da mola por baixo

E

= montagem da mola por baixo

KB = Porta-injetor para fixação por meio de flange KC = Porta-injetor “atarraxável” com rosca no próprio corpo KD = Porta-injetor “atarraxável” com fixação por bucha roscada

Manutenção preventiva

A manutenção preventiva dos bicos injetores é ex- tremamente importante para o bom funcionamento do veículo e para a economia do cliente em relação

ao consumo de combustível e custos de reparação. Um bico injetor com defeito pode ocasionar perdas, como por exemplo:

Causa

Problema

Desgaste nos orifícios de injeção

Baixa pressão de injeção com perda de potência e aumento de emissões de gases devido à queima irregular de combustível na câmara de combustão.

Aumento de tolerância entre o corpo e a agulha do bico injetor

Aumenta o retorno de combustível injetado, o que acarreta perda de rendimento e potência do veículo.

Falta de estanqueidade entre a ponta da agulha e o corpo do bico injetor

O combustível que fica dentro do bico injetor goteja dentro da câmara de combustão, danificando os anéis de vedação do pistão, provocando aumento de temperatura em pontos específicos dentro da câmara, o que gera uma nova ignição.

O bico injetor pode ser danificado da seguinte maneira:

Com durabilidade superficial baixa, a ponta da agu- lha, que realiza uma movimentação vertical, golpeia a linha de vedação, e pode causar danos à cúpula do

bico injetor, provocando deformações permanentes na mesma, o que modifica as características da in- jeção.

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Vela aquecedora

Os sistemas de injeção diesel Vela aquecedora Na partida, o motor diesel necessita comprimir o ar
Os sistemas de injeção diesel Vela aquecedora Na partida, o motor diesel necessita comprimir o ar

Na partida, o motor diesel necessita comprimir o ar admitido e aquecê-lo ao redor de 900 °C, para que se inicie a combustão.

Quanto mais rápido se aquece a câmara de combustão, mais rápida é a partida do motor.

a câmara de combustão, mais rápida é a partida do motor. Entre os motores diesel existem

Entre os motores diesel existem dife- rentes câmaras de combustão, o que dificulta que a temperatura seja a mesma para to- dos os motores.

Para que o motor diesel entre em funcionamento rapidamente, é necessário aquecer a câmara de combustão; isso é tarefa da vela aquecedora.

a câmara de combustão; isso é tarefa da vela aquecedora. A vela aquecedora Bosch, além de
a câmara de combustão; isso é tarefa da vela aquecedora. A vela aquecedora Bosch, além de

A vela aquecedora Bosch, além de aquecer a câmara

de combustão mais rapidamente (4 vezes mais que as tradicionais), a mantém quente inclusive depois que o motor já está funcionando. É a função de pós- aquecimento (pós-incandescência).

Benefícios da função de pré-aquecimento:

• O motor entra em funcionamento mais rápido.

• Prolonga a vida da bateria e do motor de partida, pois o motor diesel liga mais rápido.

Benefícios da função de pós-aquecimento:

• Menos ruído do motor na fase fria.

• Menor produção de gases poluidores.

• Funcionamento mais suave do motor.

• Maior economia de combustível.

• Menor formação de fumaça branca.

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Vela aquecedora

Os sistemas de injeção diesel Vela aquecedora Módulo de controle de tempo de aquecimento Para a
Os sistemas de injeção diesel Vela aquecedora Módulo de controle de tempo de aquecimento Para a

Módulo de controle de tempo de aquecimento

Para a função de pós-aquecimento, as velas preci- sam de um módulo de controle de tempo para man- ter-se ligadas, justamente durante o tempo que o motor necessita, até que atinja a temperatura ideal.

Os módulos controlam o tempo nas fases pré e pós- aquecimento, evitando que a câmara se mantenha fria ou se aqueça demais, o que pode descarregar

a bateria devido a um excessivo tempo de aqueci- mento.

Também se pode aproveitar os conjuntos velas/mó- dulos em veículos mais antigos, com a obtenção dos mesmos benefícios.

mais antigos, com a obtenção dos mesmos benefícios. A nova geração de velas DURATERM possui inúmeras
mais antigos, com a obtenção dos mesmos benefícios. A nova geração de velas DURATERM possui inúmeras

A nova geração de velas DURATERM possui inúmeras

vantagens quando comparadas às tradicionais do mercado, principalmente em relação à durabilidade.

Há muitas marcas e tipos de velas de incandes- cência baratas no mercado, mas só Duraterm da Bosch garante a máxima eficiência, com maior rendimento e principalmente maior du- rabilidade.

com maior rendimento e principalmente maior du- rabilidade.   Vela aquecedora Bosch Características
 

Vela aquecedora Bosch

Características

Vantagens

Benefícios

Carcaça niquelada de Inconel 601

Não se oxida

Fácil reposição

Tubo aquecedor de cromo/níquel

Maior durabilidade

Menos gastos com manutenção

Filamento regulador Duraterm

Aquece mais rápido

Economia de combustível

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel Bombas distribuidoras (VE) As bombas distribuidoras, também conhecidas como rotativas,
Os sistemas de injeção diesel Bombas distribuidoras (VE) As bombas distribuidoras, também conhecidas como rotativas,

Bombas distribuidoras

(VE)

Os sistemas de injeção diesel Bombas distribuidoras (VE) As bombas distribuidoras, também conhecidas como rotativas,
Os sistemas de injeção diesel Bombas distribuidoras (VE) As bombas distribuidoras, também conhecidas como rotativas,

As bombas distribuidoras, também conhecidas como rotativas, são bombas que têm requerimentos de tolerância e especificação estritos demais para que seja possível obter as características de injeção desejadas.

O desenho, o conceito e a aparência são totalmente diferentes das conhecidas bombas em linha. Isso ocorre, principalmente, porque utiliza somente um pistão para os diversos cilindros do motor. Através de um só orifício, faz o controle da injeção em cada cilindro.

Com o movimento rotativo do pistão, o orifício coin- cide com a linha de alta pressão conectada a um injetor específico. Esse movimento coordena a se- qüência da injeção.

Diferentemente da bomba em linha, as bombas dis- tribuidoras são lubrificadas pelo próprio combustí- vel dentro da bomba.

Essa é uma das razões pelas quais se aconselha a troca de filtros no período adequado, pois só assim garante-se maior durabilidade dos componentes in- ternos da bomba.

Normalmente, as bombas distribuidoras são mais compactas que as bombas em linha. Mais leves, su- portam maiores rotações e podem funcionar em qualquer posição.

A Bosch produz as bombas distribuidoras para as principais montadoras de veículos e fornece as repo- sições originais para seu reparo.

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Componentes de desgaste da bomba distribuidora

diesel Componentes de desgaste da bomba distribuidora 1 Eixo de comando 2 Bomba alimentadora de palhetas
diesel Componentes de desgaste da bomba distribuidora 1 Eixo de comando 2 Bomba alimentadora de palhetas
1 Eixo de comando 2 Bomba alimentadora de palhetas 1 3 Porta-rolete 2 3 4
1 Eixo de comando
2 Bomba alimentadora de palhetas
1
3 Porta-rolete
2
3
4
4 Came de comando
5
5 Corpo distribuidor
8
6 Porta-válvula
7 Pistão de avanço
6
8 Carcaça
7
1 1
2 3
4 5 5
6
7
8
A manutenção com as peças de reposição originais
Bosch garante:
• Maior vida útil da bomba

• Melhor rendimento do motor

• Maior economia de combustível

• Menor emissão de gases poluentes

útil da bomba • Melhor rendimento do motor • Maior economia de combustível • Menor emissão
Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel Tecnologias eletrônicas diesel A constante evolução dos veículos automotores exige dos

Tecnologias eletrônicas diesel

A constante evolução dos veículos automotores

exige dos fabricantes de autopeças cada vez mais

a busca por inovações e melhorias dos sistemas e componentes diesel.

O mercado automotivo está a cada dia mais exi-

gente em relação à segurança dos veículos, exce- lente desempenho, conforto, economia e prote-

ção ao meio ambiente.

A Bosch mantém sua posição de liderança em ino-

vações, oferecendo às montadoras e ao mercado de reposição os mais recentes e eficientes Siste-

mas de Injeção Diesel, sempre buscando atender às especificações que exigem os novos motores.

Os novos sistemas de injeção eletrônicos diesel foram desenvolvidos para as novas necessidades, buscando sempre menores emissões de gases po- luentes com maior economia de combustível.

Além disso, a Bosch conseguiu obter maior dura- bilidade dos componentes, quando comparados aos sistemas tradicionais, aumentando os interva- los de manutenção, o que gera menores custos para o usuário.

Bomba VP 44

Bomba VP 44
Bomba VP 44
Bomba VP 44
o que gera menores custos para o usuário. Bomba VP 44 O princípio de funcionamento da
O princípio de funcionamento da VP 44 é muito similar ao da bomba distribui- dora
O princípio de funcionamento da VP 44
é muito similar ao da bomba distribui-
dora normal. A principal diferença está
na forma de gerar a alta pressão e o
controle eletrônico.
Nas bombas distribuidoras normais, a
alta pressão é gerada pelo movimento
axial de um único pistão.
Na VP 44 existem dois pistões que com-
primem o combustível, deslocando-se
no sentido radial.
A VP 44 é uma bomba de elevada
tecnologia, que proporciona aos
motores um maior rendimento
com máxima eficiência.
Para conseguir todos os benefí-
cios da elevada tecnologia em-
pregada na VP 44, recomenda-se
manutenção e reparos com peças
de reposição originais nos Bosch
Truck Service.
Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

UPS (Sistema de Bomba Unitária)

de injeção diesel UPS (Sistema de Bomba Unitária) Outra inovação nos sistemas diesel é o recente

Outra inovação nos sistemas diesel é o recente

UPS. Para cada cilindro, há uma bomba de alta

pressão conectada diretamente a seu porta-in-

jetor. Essa bomba é acionada pelo eixo de co-

mando do motor, comprimindo o combustível. A

unidade de comando aciona eletronicamente a

válvula eletromagnética, que libera a passagem de combustível sob alta pressão ao bico injetor.

O comando eletrônico, que determina a quanti- dade e o tempo de injeção, é precisamente cal- culado para cada condição de rotação e carga, assegurando o melhor funcionamento do motor.

Sensores e UP STH componentes + + +
Sensores e
UP
STH
componentes
+ +
+
assegurando o melhor funcionamento do motor. Sensores e UP STH componentes + + + UPS Sistema
UPS Sistema de Bomba Unitária
UPS
Sistema de
Bomba Unitária
Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

UPS (Sistema de Bomba Unitária)

de injeção diesel UPS (Sistema de Bomba Unitária) Conceito de Reparo de UP Bomba Unitária B
de injeção diesel UPS (Sistema de Bomba Unitária) Conceito de Reparo de UP Bomba Unitária B

Conceito de Reparo de UP Bomba Unitária

B 2 A 17 18 22 20 26 19 A 15 8 16 7 B
B
2
A
17
18
22
20
26
19
A
15
8
16
7
B
6
6
2 6
2
6
2 A 17 18 22 20 26 19 A 15 8 16 7 B 6 6

Placa de fechamento

Anel de vedação

Obs.: itens em vermelho não são vendidos separadamente,

somente em Kits de Reparo

7
7

Magneto

8
8

Parafuso torx plus

15
15

Prato de mola - pistão

16
16

Tucho de roletes

17
17

Anel-O

18
18

Anel-O

19
19

Mola de pressão

20
20

Anel de segurança

22
22

Peça-guia

26
26

Anel-O

Conceito de reparo do STH 10 1 2 9 8 3 4 7 6 5
Conceito de reparo do STH
10
1
2
9
8
3
4
7
6
5

Se o corpo do conjunto porta-injetor estiver danifi- cado, o conjunto completo deve ser trocado.

estiver danifi- cado, o conjunto completo deve ser trocado. Obs: Itens em vermelho não estão disponíveis

Obs: Itens

em vermelho

não estão

disponíveis para

reposição

1
1

Corpo

2
2

Arruela de ajuste

3
3

Pino de pressão

4
4

Disco intermediário

5
5

Capa térmica

6
6

Porca conectora

7
7

Bico injetor

8
8

Mola

9
9

Filtro interno

10
10

Conexão de pressão

Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

UIS (Sistema de Unidade Injetora)

de injeção diesel UIS (Sistema de Unidade Injetora) • O sistema UIS integra a bomba de
de injeção diesel UIS (Sistema de Unidade Injetora) • O sistema UIS integra a bomba de

• O sistema UIS integra a bomba de alta pressão

• Cada unidade injetora está instalada no cabe-

A

injeção é controlada por meio de uma válvu-

e o injetor em uma só unidade compacta para

la

eletromagnética de acionamento rápido. Es-

cada cilindro do motor. O UIS substitui o con-

sa válvula é controlada pela unidade eletrônica

junto porta-injetor dos sistemas convencionais,

de comando, que determina o melhor momento

dispensando o uso das tubulações de alta pres-

e

o volume adequado de combustível que será

são, o que possibilita atingir elevados valores de pressão.

çote do motor e realiza a injeção de combustí- vel diretamente em cada cilindro.

injetado para cada condição de funcionamento do motor. A unidade de comando utiliza as in- formações obtidas dos diversos sensores insta- lados no motor, proporcionando um funciona- mento eficiente e seguro, que inclui funções de diagnose do sistema.

UI

Sensores e

componentes

+
+
UIS Sistema de Unidade Injetora
UIS
Sistema de
Unidade Injetora
Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

UIS (Sistema de Unidade Injetora)

de injeção diesel UIS (Sistema de Unidade Injetora) Conceito de reparo de UI Unidade Injetora 1
de injeção diesel UIS (Sistema de Unidade Injetora) Conceito de reparo de UI Unidade Injetora 1

Conceito de reparo de UI Unidade Injetora

1 8 4 5 3 6 7
1
8
4
5
3
6
7
9 2 1 Jogo de peças de êmbolo 2 Anel de apoio 3 Pino cilíndrico
9
2
1 Jogo de peças de êmbolo
2 Anel de apoio
3 Pino cilíndrico
4 Anel-O
5 Anel-O
6 Anel-O
7 Anel-O
8 Magneto
9 Anéis de vedação
1
2
3
1 Porca de fixação do Injetor
2 Peça intermediária
4
3 Arruela de compensação (grupo seletivo)
5
4 Mola de pressão
6
5 Pino de pressão
6 Placa intermediária
7 Bico injetor
7
Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

CRS (Sistema Common Rail)

Os sistemas de injeção diesel CRS (Sistema Common Rail) O controle eletrônico do sistema de injeção
Os sistemas de injeção diesel CRS (Sistema Common Rail) O controle eletrônico do sistema de injeção

O controle eletrônico do sistema de injeção re- presenta um grande passo no desenvolvimento dos motores diesel. O moderno sistema Com- mon Rail Bosch apresenta a mais nova tecnologia empregada em sistemas de injeção eletrônica.

Nesse sistema, a geração de pressão e a inje- ção de combustível são separadas, o que signi- fica que a bomba gera a alta pressão que está disponível para todos os injetores através de um tubo distribuidor comum. Esta pressão pode ser controlada independente da rotação do motor. A

pressão do combustível, início e fim da injeção são precisamente calculados pela unidade de co- mando a partir de informações obtidas dos di- versos sensores instalados no motor, o que pro- porciona excelente desempenho, baixo ruído e a mínima emissão de gases poluentes.

Esse sistema totalmente flexível pode ser insta- lado em automóveis de passageiros e até em ca- minhões e ônibus. Representa um enorme po- tencial para as futuras aplicações em motores diesel.

Sensores e

CP C CRI componentes + + + +
CP C
CRI
componentes
+ +
+ +

CRS

Sistema Common Rail

para as futuras aplicações em motores diesel. Sensores e CP C CRI componentes + + +
para as futuras aplicações em motores diesel. Sensores e CP C CRI componentes + + +
Os sistemas de injeção diesel

Os sistemas de injeção diesel

CRS (Sistema Common Rail)

Os sistemas de injeção diesel CRS (Sistema Common Rail) Programa disponível CP1 CP1 CP3 Bomba de
Os sistemas de injeção diesel CRS (Sistema Common Rail) Programa disponível CP1 CP1 CP3 Bomba de

Programa disponível

CP1 CP1 CP3 Bomba de alta pressão (CP1 ou CP3)
CP1
CP1
CP3
Bomba de alta pressão (CP1 ou CP3)
EAV V
EAV
V

Válvula de desativação elemento (CP1)

Rail Rail Tubo distribuidor (Galeria)
Rail
Rail
Tubo distribuidor (Galeria)
DRV DRV
DRV
DRV

Válvula reguladora de pressão (Rail)

CRI RI
CRI
RI

Injetor de Common Rail

RDS S
RDS
S
de pressão (Rail) CRI RI Injetor de Common Rail RDS S Sensor de pressão da galeria

Sensor de pressão da galeria

Tubos de pressão
Tubos
de
pressão
ZP Bomba de engrenagem
ZP
Bomba de engrenagem
T b d ã
T
b
d
ã

Tubos de pressão

Componentes encontrados exclusivamente em concessionárias

FPM Módulo de pedal do acelerador
FPM
Módulo de
pedal do acelerador
em concessionárias FPM Módulo de pedal do acelerador Componentes encontrados na rede de distribuidores Bosch 29

Componentes encontrados na rede de distribuidores Bosch

em concessionárias FPM Módulo de pedal do acelerador Componentes encontrados na rede de distribuidores Bosch 29
Anotações 30
Anotações

Anotações

6 008 FT1 098

Sistemas de Injeção Diesel Bosch. Equipamento original das montadoras:

Agrale Case Cummins DaimlerChrysler Deutz Fiat Ford General Motors Iveco Komatsu Marcopolo Massey Ferguson

Matra MWM International New Holland Nissan Range Rover Renault Scania Toyota Valmet Volkswagen Volvo Yanmar

Rover Renault Scania Toyota Valmet Volkswagen Volvo Yanmar Robert Bosch Ltda. RBLA-AA/MKB Via Anhanguera, km 98

Robert Bosch Ltda. RBLA-AA/MKB Via Anhanguera, km 98 Cx. postal 1195 / CEP 13065-900 Campinas/SP www.bosch.com.br