Você está na página 1de 27

Chama Extinta

por Henrique Santos

A s densas nuvens escuras dos


dracônicas que voam pelos céus de
névoas esverdeadas buscam se
afastar o máximo possível, e não
céus de Ark-a-nun passam uma a serem atingidas pelo infernita
uma pelo Senhor Absoluto do Fogo, flamejante. A simples aproximação
em altíssima velocidade. O a Pyros, que mais parece um
poderoso deus-patrono dos cometa, carbonizaria praticamente
destrutivos Warlocks voa tão rápido qualquer ser de Ark-a-nun.
com suas asas dracônicas Finalmente o conflito de tantos
flamejantes que grandes estrondos séculos terminaria no momento em
são ouvidos pelos decadentes que Pyros pusesse suas garras
sobreviventes do plano que negras incandescentes nas vísceras
caminham sobre a superfície. Pyros de Histell, eliminando o único deus-
sabe que não pode desviar-se de seu dragão que já rivalizou seu poder.
caminho, sua missão, seu único Desde tempos imemoriais, batalhas
pensamento. Após tantos séculos de tribais eram lideradas por Pyros e
reclusão, o demônio-dragão Histell, sempre em lados opostos.
finalmente juntou pistas para a Origens comuns, objetivos opostos.
localização da base de comando dos Pyros sempre teve suas ambições de
Magos Vermelhos, e nada seria dominação territorial, enquanto
capaz de tirá-lo de seu trajeto Histell buscava o desenvolvimento
meteórico em direção à fortaleza de de seu espírito, já prevendo os
Histell, seu nêmesis há dezenas de futuros desgastes que a Magia
milênios. causaria a seu plano natal. Para
Sua velocidade começa a Pyros, tais delírios espiritualistas
aumentar com sua concentração no nada mais eram que uma pré-
alvo, uma torre feita de rocha disposição à submissão, uma vez
vulcânica de centenas de que para o mestre dos Warlocks só
quilômetros de altura, envolta por há dois seres: os dominadores e os
elementais do fogo das mais dominados. Histell nasceu para ser
diversas formas. A tal torre está um dominado, e Pyros se certificará
ainda a centenas de milhares de que isso aconteça assim que ele
quilômetros de distância, mas a encontrar a fortaleza de rocha
poderosa visão de calor de Pyros é vulcânica.
capaz de identificar todo ser que Histell sempre manteve certa
contenha calor dentro de si. As vantagem sobre Pyros, que era o
nuvens negras são arrastadas pela poder extremo das chamas,
tamanha força que o vôo do deus- chamado de Kag’rinay Yakdo, a
dragão, gerando um túnel de “Queima Infinita”. Tal capacidade
fumaça negra à volta da trajetória já dava a Histell um nível altíssimo de
empreendida pelo senhor da Ordem habilidade no lido com o fogo e o
de Pyros. Outras criaturas calor. Enquanto Pyros podia criar

11
tsunamis de chamas intensas, encarnada. Nem mesmo os outros
Histell podia criar um verdadeiro Magos com formas dracônicas que
dilúvio de lava e labaredas. O crânio buscavam barrar o caminho de
de seu nêmesis tinha o segredo, e tal Pyros eram suficientes, e eram
crânio pertenceria ao Senhor imediatamente desintegrados, ou
Absoluto do Fogo em questão de repelidos a quilômetros de
momentos. distância. “Nallo zeyqo noey, Hauv
Finalmente, a presença de Kabeav Pyros. Seyumv nexdu
Pyros em Ark-a-nun fora percebida wuyail...”, estas palavras surgiam
pelos Magos Vermelhos. De todas as em sua mente, sem seu controle. O
direções, aproximavam-se gárgulas poderoso ritual de convocação da
de rocha basáltica e interior de puro presença do próprio Pyros, ritual
magma, soldados semi-racionais este conhecido apenas pelos trinta e
criados unicamente para destruírem dois mais poderosos Magos da
uma ameaça aos Magos Vermelhos Ordem de Pyros, instruídos a
arkanitas, com uma habilidade usarem tal ritual apenas e tão só em
peculiar: ao agarrarem a ameaça, momentos cruciais à sobrevivência.
explodem com uma intensidade De pouco valor este ritual de
capaz de desintegrar materiais conclamação tinha ao Senhor
comuns, liquefazer a carne e Absoluto do Fogo, já que ele estava
quebrar as moléculas de qualquer para acabar de uma vez por todas
objeto ou ser vivo. com o milenar conflito entre os
Tal espécie de ameaça nada Magos Vermelhos e a Ordem de
representa a Pyros, que com um Pyros.
simples olhar explodia os gárgulas As auras arcanas de Pyros e
basálticos a dezenas de metros de Histell, apesar da distância de
distância, ou exauria o magma em alguns quilômetros, já se tocavam, e
seus interiores, absorvendo a ambos sabiam da proximidade do
energia vital de tais soldados para combate derradeiro, a decisão pela
si. Em poucos segundos, a liderança suprema dos Magos do
quantidade de explosões nos céus Fogo na Orbe de Satânia. “Nallo
arkanitas iluminavam grande parte zeyqo noey, Hauv Kabeav Pyros.
da abóbada celeste, iluminando o Seyumv nexdu wuyail, ubjiqakba,
plano com a luz de um crepúsculo, Orqa Pyros-pabwo quqbo!”. Os
porém este com ribombantes Warlocks supremos não parecem
explosões por todo o caminho estar usando levianamente tal ritual,
percorrido pelo deus-dragão dos senão a primeira interrupção de
Warlocks. Pyros já seria suficiente. Eles
Finalmente, o flamejante insistirão, e tais vozes ecoando pela
castelo de rocha vulcânica de Histell mente do infernita já o
é avistado por Pyros. Sua atrapalhavam, as vozes de seus mais
velocidade quebrava facilmente a treinados Warlocks, incluindo o
barreira do som, anunciando aos temível Balor, o sumo-sacerdote de
arkanitas a destruição que Pyros. O dragão-demônio não
reverberará por todo o plano, como desiste, e anula mais uma vez a
um verdadeiro grito da morte tentativa de conclamação de sua

22
presença. A completa aniquilação de Terra, e deseja aniquilar todos os
Histell supera toda requisição de seres que não servirem a ele! Foi
seus seguidores. iniciada a caça aos sobrenaturais, e a
Histell inflama seu corpo físico Ordem de Pyros é exterminada a
com a Queima Infinita, que lhe dá cada instante! Poderosos Deep Ones
imenso poder, porém sob a aguardam por nós ao final deste
condição de ferir suas vísceras e sua fosso, para se alimentarem de
própria alma. Pyros quase toca o nossas almas em nome de Dagon!
exterior da torre colossal onde - Estas carcaças pútridas de
Histell espera por seu nêmesis. carne que envolvem suas almas não
“Nallo zeyqo noey, Hauv Kabeav merecem minha proteção. Todo
Pyros. Seyumv nexdu wuyail, Warlock que não for poderoso o
ubjiqakba, Orqa Pyros-pabwo suficiente para suportar as forças
quqbo! Qatus, Hoduk, Makvnak, militares das armas humanas ou
dugafa-itye’Yees! Pyros, jacyo meros servos de tenebritas não
ewzadoy’kapbu, uphamiq, Hagujk! merece estar vivo, e nem mesmo um
Xeakud! Pyros, Oltu!” esboço de preocupação. Que suas
O ritual se completa. Todos os mortes sejam torturantes e
sentidos de Pyros se mesclam entre prolongadas, e lhes mostrem que
o basalto da torre de Histell, e uma não passam de vermes em meio a
sala escura composta por alguns de conflitos além de sua compreensão.
seus Magos supremos. Vozes e cores - Dragão divino, os Magos
se confundem nas duas realidades Vermelhos se aliaram ao Anticristo!
às quais a consciência de Pyros está Histell planeja matar-nos com o
conectada, chamas e escuridão auxílio dos exércitos humanos!
vibram em frente a seus olhos, Histell então pretende
enquanto o Senhor Absoluto do enfraquecer a Ordem de Pyros em
Fogo busca se recompor, seu elo mais fraco: os frágeis seres
inutilmente. As chamas da Queima humanos. Sem mais uma palavra,
Infinita tomam conta de quilômetros Pyros percorre o túnel de saída do
à volta da fortaleza do deus- esconderijo de seus Warlocks, em
demônio dos Magos Vermelhos, e direção aos dois enormes Deep
Pyros nada pode fazer. Nada pode Ones que sentiam sua presença. A
fazer, a não ser fugir à Terra e intensidade com que Pyros se choca
acabar com este maldito ritual. com seus inimigos é comparável
- Grande mestre das Chamas com o choque de um rinoceronte a
que Calcinam a Carne, obrigado por um frágil gnu. Totalmente surpresos
atender à nossa convocação! – diz e desnorteados com o ataque do
um dos quatro Magos supremos da deus-dragão, os dois Deep Ones
Ordem de Pyros. buscam se recuperar dos grandes
- Qual a razão de minha danos de chamas infernais em seus
presença ser necessária? – Pyros, fracos corpos anfíbios.
com uma imensa fúria contida, Sem perder tempo, Pyros
questiona. materializa sua poderosa espada
- As profecias estão se Frgrur em uma configuração
concretizando! O Anticristo está na diferente, para ser manejada por sua

33
forma dracônica. É raro o Senhor conheceu este Messias Negro, como
Absoluto do Fogo utilizar sua ocorreu em Infernun milênios atrás.
espada sem assumir a forma “Não importa”, é a única
humana, mas tal combate deveria constatação de Pyros. Sua mente e
ser rápido, e preciso. O movimento sua alma estão no momento tão
de sua arma no próprio ar é capaz engajados no extermínio de seu
de explodir os átomos da atmosfera, nêmesis Histell que um novo giro
liberando toda a energia nuclear de na Roda dos Mundos não lhe afetará
dezenas de metros. O movimento do modo como afetará bilhões de
em arco, acompanhado da criaturas em toda a Orbe.
destruição nuclear conseqüente, Mantendo-se em silêncio
irradia uma energia impossível de meditativo, Pyros enxerga através
ser resistida pelos Deep Ones, da chama de uma vela em um local
reduzindo seus corpos e almas a muito distante dali, em meio ao
simples partículas dispersas pela deserto do Saara. Tolos Magos
atmosfera que busca rapidamente Vermelho, emitem calor como
preencher o vácuo da explosão ninguém neste plano, e o poder
nuclear. imenso do dragão-demônio é capaz
Tão rápido quanto saiu, Pyros de sentir todos os seres que emitem
penetra novamente no túnel, indo calor, como o Djinn que segura a
de encontro a seus quatro Warlocks vela que porta sua visão além do
supremos. alcance comum. Este Djinn, Pyros
As ameaças foram reduzidas sabe, é um dos supremos Magos
ao mais puro nada. Vocês estão Vermelhos seguidores de Histell, e
livres. portanto sabe o paradeiro de sua
Muito obrigado, ó genitor das adorada divindade.
Chamas que Calcinam a Carne! Sem hesitar, Pyros projeta todo
Reagruparemos a Ordem de Pyros e o seu ser para dentro da chama da
rechaçaremos toda ameaça que ouse vela do Djinn.
pensar que pode eliminar os sábios .......................................................
supremos da arte da destruição e do ................................................................
fogo! ......................
- Não, Ignem Praetors. Vocês
estão livres destas carcaças. – o fim “Em sua forma de homem-
da frase não é ouvido pelos dragão, Pyros brande sua espada
Warlocks, reduzidos a cinzas pelo Frgrur enquanto emite um grito de
chão do túnel com uma pequena guerra aterrorizante, enquanto seu
manifestação do infinito fogo exército de grandes guerreiros e
infernal que exala de cada poro de magos de todas as nações e povos
Pyros. que conquistou esperam
O Apocalipse se aproxima... ansiosamente pela ordem de ataque
Isso de pouco vale para o poderoso do dragão-demônio.
deus-dragão das Chamas que Seus inimigos, grandes
Calcinam a Carne, que já sobreviveu guerreiros-filósofos das minas
a diversos eventos apocalípticos. A flamejantes de Elsajiq-Rupiaz, são
diferença é que ele ainda não os irmãos Gratt e Histell, que

44
resistem aos impulsos entrópicos de sinuosas, como se o próprio metal
todos que são tocados pela tentação esteja envolvendo uma energia
da Magia. O exército dos irmãos das interna esverdeada.
minas flamejantes agem como O céu de chamas e sombras
paladinos das chamas de seu desaba em pura fúria sobre os
reinado, sob um rigor e austeridade paladinos, levantando uma nuvem
inacreditáveis para um povo que de poeira que é expelida com
vive tão próprio dos bélicos violência para longe da batalha. Os
Eldjotnar do reino de Muspellsheim. Valarauka são muitos e altamente
Pyros deseja as minas destrutivos, mas têm como
flamejantes, um local que, segundo desvantagem a desorganização e a
as lendas, guarda o segredo do sede insaciável de sangue,
Kag’rinay Yakdo. Observando a tornando-se quase inúteis contra os
postura decidida dos paladinos de golpes milimetricamente calculados
Elsajiq-Rupiaz, o Senhor Absoluto dos paladinos. Para cada paladino
do Fogo aponta para a brigada levado ao chão, quatro Valarauka
composta pelos Valarauka do eram reduzidos a matéria morta no
recentemente conquistado reino de campo de batalha.
Utummo. Os Valarauka, liderados O reflexo das chamas
pela Encarnação das Trevas dos demoníacas emanadas pelos olhos,
Pesadelos, de nome Gothmog, eram orifícios e ranhuras no corpo de
demônios feitos puramente de cada Valarauka são refletidos pelas
sombras e chamas, com imensas belas armaduras de zircônio
asas dracônicas, chifres compridos e indestrutível dos paladinos. Chamas
armas feitas do mais puro fogo; sua nucleares chocam-se com línguas
existência sempre foi apenas a sinuosas de metal, berros selvagens
destruição desenfreada trazida pela buscam vencer o silêncio obediente,
onda de fogo negro que emanava de explosões de fogo chocam-se com
suas almas. Com um simples gesto esferas de energia verde.
de Frgrur, Gothmog uiva colérico O deus-dragão não tem
para as nuvens avermelhadas e escolha. Suas garras negras da mão
levanta vôo em direção ao inimigo, direita apontam para a brigada dos
seguido por todos os outros irrefreáveis Fomorians.”
Valarauka. .......................................................
O céu começa a obscurecer e ................................................................
adquirir milhares de pontos ......................
luminosos das chamas que
compõem os corpos dos Valarauka, O Djinn flutua sobre o
deslumbrando os olhos pavimento de rochas antigas,
despreparados para tal construído muito antes que certas
manifestação de poder militar. Em pirâmides que compõem este
sincronia, os paladinos das minas mesmo deserto. A vela que carrega
flamejantes desembainham duas em suas mãos nunca derrete, sendo
espadas cada um. Tais espadas este um dos itens mais comuns aos
emitem um forte brilho esverdeado membros dos Magos Vermelhos,
na região central de suas lâminas que aprendem a feitoria de tal

5
artefato nos primeiros meses de traístes, e terei grande prazer em
doutrinação. Esta noite, entretanto, enfrentá-lo aqui e agora!
a chama do item tremula de forma - O que um mestiço das
peculiar, como se avolumasse algo energias da ilusão e quimerismo
extra dentro de si. Algo que lutava pode fazer contra um deus
para sair. infernita? Poderia reduzir sua
Como híbrido dos poderosos essência a simples faíscas de uma
Efreets de Infernun com os arkanos, fogueira de cadáveres, mas
o Djinn já nasceu com habilidades contenho-me apenas por uma razão:
mágicas de alta escala, e ele é chegada a hora de encontrar seu
obviamente sabe que o ser que amado mestre invisível, e decidir de
busca se teleportar pela chama de uma vez por todas quem será o
sua vela é muito poderoso, pois regente absoluto dos Magos do
continua tentando mesmo depois Fogo!
das poderosas palavras de poder - Tal informação não pode ser
que o Djinn invocara. dita, pois está oculta em meu
Então, comprovando sua próprio ser! Precisarás desmembrar
constatação, o ritual de contenção cada feixe de mágica de minha
do Djinn se rompe e tal chama existência para compreender o dado
explode, liberando todo o corpo do de que precisas! Apenas temo pelo
Senhor Absoluto do Fogo à sua que encontrarás junto a tal dado:
frente. Sua simples presença em veremos se sobrevive aos eternos
meio ao deserto transforma gritos de dor e desespero de Urri!
paulatinamente os grãos de areia em - Tolo fantoche! – Pyros sorri
superfícies de vidro, e enegrece as sadicamente. – Urri não passa de
rochas das colunas em ruínas que momentos de suspiro meio a
acompanham as laterais do milênios de urros e risadas de
pavimento por onde o Djinn se batalha! Tais palavras não
movia. abrandarão os ferimentos que você
- Yahzid, Bufão da Labareda, sofrerá agora, bobo da corte de
sua teimosia em me evitar me Horr!
diverte, mas todo ser tem limites Pyros estica o braço direito em
para a paciência! – Pyros se direção ao Djinn, que parece se
pronuncia com razoável leveza, tornar translúcido. Uma monstruosa
demonstrando certa diplomacia coluna de chamas infernais explode
para com o Djinn. da mão do deus-dragão e ruma em
- Traidor da vontade do Fogo, direção a Yahzid, atravessando-o
ousas aparecer à minha frente e como se tal coluna de fogo nunca
considerar que tens o direito de tivesse existido. Quando as chamas
oferecer-me ou tirar-me algo? – o se esvaem, Pyros observa o corpo de
Djinn Yahzid questiona com Yahzid voltar à sua opacidade
veemência. – Não uso mais tal normal, e então o grande senhor dos
epíteto há eras, e insistes em viver Warlocks percebe que a natureza
do passado! Sabes que nunca híbrida de seu oponente será um
revelaria informações da ordem que bom desafio para ele. Adquirindo a
forma humana, Pyros então

6
materializa sua Frgrur nas mãos, uma grande superfície circular de
partindo para um combate mais vidro avermelhado, que nunca se
físico e menos pirotécnico. A solidifica devido ao próprio calor
cimitarra de pedra negra de Yahzid que a gerou.
surge em suas mãos, chocando-se Tal energia supera as defesas
contra o metal infernita da arma do do Djinn, que sente sua própria
dragão-demônio. estrutura física sucumbindo aos
O simples choque das lâminas poucos a cada investida da lâmina
causa o colapso de diversas colunas de Frgrur, a cada tentativa de
à volta do pavimento onde estão, e a desviar-se dos golpes das mãos, pés
própria rocha deste pavimento se e cabeça do mestre das Chamas que
racha inteira à volta dos guerreiros. Calcinam a Carne, e então ele
Os rápidos movimentos de Yahzid e percebe a razão deste epíteto que
Pyros são incríveis, com seu inimigo recebeu. Sua carne,
movimentos que provam seus mística e eterna dos gênios, torna-se
séculos, milênios até, de vida e aos poucos feixes de energia arcana,
experiência. Rastros de fogo seguem jorrando lentamente do corpo de
os movimentos de Frgrur, se Yahzid.
dissolvendo entre as cintilantes Pyros nota sua vitória
faíscas que são expelidas da lâmina iminente, e a apressa. Seu corpo se
da cimitarra negra. rasga em pedaços enquanto seu
A fúria ardente do Senhor verdadeiro corpo dracônico surge
Absoluto do Fogo contra a natureza em meio a explosões de fogo e lava.
quimérica do Djinn inflama o O gênio, enfraquecido a um estado
próprio ar, expelindo do campo de quase cadavérico, nada consegue
combate ondas térmicas que fazer para se defender da bateria de
ondulam pelas areias do Baixo Nilo. explosões com a potência de uma
O híbrido não pode acreditar no bomba nuclear. O segredo que
nível de poder que o dragão- guarda em seu ser não pode mais
demônio Pyros possui, mas deve ser defendido, e sua existência de
resistir para que os Magos nada valeu pelos séculos: Pyros
Vermelhos possam sobreviver. O sempre soube de sua existência e
mestre das Chamas que Calcinam a localização, mas por algum motivo
Carne continuará até descobrir a desconhecido nunca sentiu a
localização de Histell, localização necessidade de obter o
que apenas Yahzid sabe. conhecimento sobre o santuário de
Yahzid é um oponente Histell na Terra.
formidável, mas mesmo assim era Ao final da liberação de tanta
um jovem quando Pyros já era uma energia demoníaca, nada mais resta
divindade entre os arkanitas e que Pyros em sua forma dracônica
infernitas. O calor sobrenatural que dedilhando os feixes de energia
emana do Senhor Absoluto do Fogo mística do horrayti vencido, com os
é tão intenso que o próprio ar não o pés boiando sobre uma lagoa de
suporta: as moléculas da atmosfera vidro vermelho derretido. Pyros
começam a se quebrar em íons, sabe onde está Histell está na Terra,
cobrindo as areias à volta e gerando e nada mais importa que encontrá-

7
lo. O deus-dragão reúne suas forças compondo com harmonia o local da
e prepara-se para se teleportar chegada do grande deus.
próximo ao esconderijo de seu Sentado em seu trono da
nêmesis, mas é interrompido por madeira silicificada horrayti com
um urro leonino, seguido do gemas multicoloridas, Adsulef
impacto do punho de um novo observa ansioso o pentagrama ao
oponente. A deusa com cabeça de centro do salão. De repente, o pó
leão posiciona-se à sua frente, avermelhado que compunha o
revelando atrás de si um homem círculo místico inflama-se, criando
elegante, com uma leve cicatriz do um círculo de chamas de onde surge
lado esquerdo do pescoço, o Senhor Absoluto do Fogo em sua
encarando-o como se o Senhor forma homem-dragão. Sob os
Absoluto do Fogo fosse uma visão olhares deslumbrados dos seres
corriqueira. Pyros não tem dúvidas: presentes, Pyros caminha decidido,
o Anticristo está à sua frente. porém lentamente, em direção a
....................................................... Adsulef, que mantém a cabeça
................................................................ baixa. Adsulef, um Afrit muito
...................... antigo e um dos membros mais
famosos da Ordem Mármore, sabe
“Todos os servos de Adsulef que seu poder nada representa ao
correm para todos os lados, deus-dragão e tenta demonstrar a
desesperados, buscando agradar seu mais pura humildade na visita do
grande senhor Afrit antes da célebre deus das guerras de Horr.
chegada do convidado especial. - Esperava por menos gemas
Nunca antes um habitante de preciosas e mais ossadas de
Helakell teve o privilégio de inimigos mortos. – zomba Pyros a
encontrar um deus em alma e corpo, Adsulef, o Anunciador de Chifres
e apenas Adsulef obteve tal graça. de Latão.
Talvez assim todos os cidadãos de - Meu grande senhor Pyros,
Helakell, e talvez até todos os mestre das chamas da vitória, temos
habitantes de Horr, obteriam grande prazer e agradecemos a
proteção contra o calor escaldante graça de sua visita. Mal pude
que assola a capital e a sede da acreditar quando seu sumo-
Ordem Mármore. Nem mesmo Al- sacerdote nos avisou de sua
Dyniha, Venerável Mestre da oportuna visita... – Adsulef adula
Ordem do Mármore, jamais teve a Pyros, mas é interrompido pelo
oportunidade de conversar em deus-dragão com um simples
pessoa com um dos grandes deuses movimento de sua mão.
do mundo inferior. - Chega de palavras. Conheço a
Na exata hora marcada, todo o ameaça tenebrita que logo estará
salão central do Palácio de Bronze, aqui. O exército de Berbalahas
morada de Adsulef e sede política chegará em poucos dias e os
de Helakell, estava decorado. Todos “vastos” poderes do Mármore de
os servos perfeitamente nada valerão. Apenas meu leal
posicionados, cada luz, cada exército Warlock pode impedi-los,
detalhe, cada escravo, todos

8
mas tal favor demandará obrigações Urri. O homem, um jovem belo e
dos habitantes de Helakell. esbelto, manipulador de chamas e
- Tudo o que desejar será criador da arte do combate com
realizado, grande deus das Chamas adagas de rubi, principal arte
da Fúria. Assim diz o Anunciador marcial horrayti; seu maior defeito é
de Chifres de Latão! Meu, senhor, submeter-se a vontades superiores,
preparamos um banquete em sua aceitando ser chamado de “bufão”
homenagem, seguindo à risca todas como se este nome não lhe fosse
as recomendações dadas por Balor pejorativo. Já a híbrida, considerada
em sua passagem por aqui. Seu a deusa do amor e da beleza entre
sumo-sacerdote nos passou todas as os horraytis, prende a visão do
minúcias e instruções, e estamos deus-dragão a cada movimento seu;
ansiosos para que banqueteie-se e certamente a arkanita mais atraente
descanse para a reunião de guerra que Pyros já encontrou desde o
de amanhã. primeiro contato com Ark-a-nun.
Pyros aceita o convite com um Ao final de sua alimentação, os
simples olhar, rumando ao lado de escravos de Adsulef interrompem a
Adsulef para o salão do banquete, música que tocavam em seus
onde uma mesa com metros de instrumentos de latão e pérolas. As
distância e forma de gota está escravas da cozinha recolhem as
pronta com pratos preparados com panelas e pratos, enquanto Adsulef
a carne de monstros intragáveis e levanta-se da mesa e conduz Pyros a
líquidos venenosos a qualquer seus aposentos temporários.
arkanita. Na ponta da gota está a - Adsulef, desejo Urri em
cadeira onde Pyros se senta e minha cama imediatamente. – Pyros
alimenta-se como se tais pratos fala com naturalidade ao Afrit.
fossem alimento normal em seu - Sim, meu mestre. – Adsulef
plano natal. retira-se em direção ao quarto de
- Senhor Absoluto do Fogo, sua filha, com certa preocupação, e
temos atrações para entretê-lo também satisfeito. Sua filha pode
enquanto se alimenta. – Adsulef corromper-se com o poder das
bate palmas duas vezes, chamando energias inferiores que existem na
pelos filhos Djinns, dois jovens de essência do dragão-demônio, mas
sexos diferentes. também pode fortalecer o clã Afrit
- Conheça o admirável Yahzid, de Adsulef, dando-lhe poder
Bufão da Labareda: o mestre dos político inimaginável sobre Horr e
efeitos ilusórios e do malabarismo os outros territórios de Ark-a-nun.
com adagas de rubi da chama Poucos minutos depois, Urri
eterna! E esta é sua irmã, Urri, a abre a porta do quarto de Pyros e o
Dançarina Lasciva! Assim como eu, encontra deitado sobre a cama de
meus filhos compõem o panteão de almofadas vermelhas e marrons,
Horr, obviamente subordinados aos esperando por sua presença.
grandes mestres do mundo inferior, Sensualmente, a Djinn aproxima-se
como o senhor! da cama enquanto deixa peça por
Enquanto se alimenta, Pyros peça de roupa pelo caminho. O
observa as habilidades de Yahzid e corpo quimérico da deusa horrayti

9
pulsa uma energia intensa, que - Nunca! Não tenho mãe, pois a
inebria os sentidos do Senhor arkanita que me deu à luz morreu
Absoluto do Fogo. Cada olhar dela no meu parto e de meu irmão! Está
amansa os impulsos bélicos do errado, e exijo ser vista como uma
deus-dragão, enquanto seu toque deusa horrayti, mesmo por um deus
abranda as chamas de suas escamas. supremo dos planos inferiores como
O fôlego sincronizado expele o poderoso Pyros!
pequenas jorradas de energia - Esta energia de sua essência, a
mística, e o mestre supremo das lascívia desenfreada, não percebes?
Chamas que Calcinam a Carne Você não nasceu com a força da
finalmente alivia sua alma de paixão irrefreável, ela foi projetada
milênios de batalhas sem fim, e em sua alma. Não sentiu a voz da
Pyros descansa. guerra de meu âmago? Também
Na manhã do dia seguinte, o tenho uma sombra externa, como
deus-dragão percebe o olhar atento você. Porém, eu aceitei a influência
e penetrante de Urri, mas a ignora e de Kriene’Lavi, e sua força me dá
veste-se preparando-se para a vitórias além de meus mais ousados
reunião de guerra. Percebendo a planos do passado. Você renega
rejeição, Urri levanta-se e prostra-se Shaemallast, Aquela que Suspira na
em frente à porta de saída. Escuridão, e portanto não mereces
- Senhor Absoluto do Fogo, tal poder.
uma única noite em sua companhia As mãos de Pyros tocam os
foi mais intensa que séculos com ombros de Urri, retorcendo
Gênios e Daemons. Senti sua alma dolorosamente o corpo da Djinn,
me desejando, e cedi o mais enquanto a semente plantada na
profundo de minha essência a você. alma de Urri por Shaemallast é
Não admito ser tratada como uma retirada. A natureza quimérica da
concubina de um senhor feudal antiga deusa do amor e da beleza de
qualquer! Exijo seu reconhecimento Horr se desfaz em dezenas de feixes
a mim, a Dançarina Lasciva! Sou a coloridos, enquanto a semente de
deusa suprema do amor e da beleza Shaemallast se desintegra no ar. Os
nas terras áridas de Horr, e criatura gritos da Djinn são intensos e
alguma me dará as costas após horrendos, atraindo todos os
sentir minha paixão! moradores do Palácio de Bronze.
- Criança, o Anunciador de Em poucos instantes, Yahzid
Chifres de Latão não a criou bem. arromba a porta, furioso. Apenas os
Não respeita nem mesmo a feixes de Urri são vistos, com o
encarnação da destruição de tudo o Senhor Absoluto do Fogo
que há, que dirá o dia em que terminando de se aprontar,
encontrares arrogantemente sua aparentemente pouco se
grande mãe! Saia de minha frente importando com o destino que
agora ou esquecerei de que foi a causara a Urri. Yahzid o olha com o
única criatura que retirou por mais profundo ódio pela morte da
breves instantes a dor e a fúria que irmã, mas desvia a atenção para a
formam minha existência! absorção dos feixes mágicos que
ainda podem possuir resquícios da

10
personalidade de Urri, que agora - ... e descobrir os segredos da
farão parte da essência de Yahzid. Queima Infinita, não? – Emil
- Agora que limpou meu pergunta, gerando uma maior
quarto deste lixo, chame seu pai e aceitação de Pyros em conversar
seus generais. A reunião será com uma criatura que seja capaz de
imediatamente. – Pyros ordena a conhecer o mito da Queima Infinita.
Yahzid com total desprezo pelo – Pois podemos realizar uma
Djinn.” aliança: você destrói quantos Magos
....................................................... Vermelhos quiser, e eu não o
................................................................ atrapalho em nada. Em troca, tudo o
...................... que peço é que não interfira em
meus planos. Troca justa, não acha?
O Senhor Absoluto do Fogo Caso aceite, podemos criar novos
aguarda o movimento da guarda- tratos de cooperação, e você me
costas do Anticristo. A guerreira informa mais sobre o Messias de
com cabeça de leão fita o deus- Infernun...
dragão com uma ousadia que - Nosso trato inicial está de
apenas uma criatura consciente de bom tamanho. – Pyros interrompe. –
seu próprio poder poderia. Já o Seu nível de poder é mínimo, posso
homem age como se entre amigos ver. Alma puramente humana,
humanos, sem se sentir energia mística de um Mago
impressionado com a épica batalha terrestre mediano, aparentemente
que acabara de presenciar contra o nenhum pacto demoníaco. Não
Djinn. compreendo como as forças do
- Permita-me fazer as Destino tenham te tornado um
apresentações. – diz o Anticristo. – Messias, e pouco me importa.
Sou Emil Berthold, Secretário-Geral Deixe-me em paz e não reduzirei
das Nações Unidas, e esta é minha este frágil corpo em um monte de
guardiã pessoal, Sekhmet, a deusa carne liquefeita borbulhante, assim
egípcia da guerra e da carnificina. É como com sua guardiã ludibriada.
impossível não saber que você é - Como queira, infernita. Sei
Pyros, o dragão infernita que que está rumando para Oromos,
comanda as Chamas que Calcinam a mas sugiro que tome cuidado.
Carne, antigo conquistador de - Cuidado é algo de que o
Infernun. Senhor Absoluto do Fogo não
- Suponho que deseja algo de precisa. Não me considere mais um
mim por conhecer meu passado. – destes seres aberrantes que pensam
Pyros se mantém em posição de dominar algo nesta Orbe. É comigo
combate, pronto para rechaçar que as criaturas de Satânia devem
algum ataque de Sekhmet. – Pois tomar cuidado! – Pyros desaparece
não será possível usar meus em uma intensa chama de alguns
conhecimentos e meu apoio em seus metros de altura.
desejos nefastos para com este .......................................................
mundo. A única coisa que me ................................................................
importa é aniquilar Histell e... ......................

11
Em sua forma homem-dragão, Dentro das ruínas de uma
o dragão-demônio surge nos céus antiga igreja copta, Pyros sente a
sobre Oromos, na Etiópia. Sua fina presença do grande líder e causador
percepção de todas as emissões de do cataclisma etíope. Sob os olhares
calor do plano terrestre o auxiliaram assustados e desacreditados dos
na identificação do esconderijo, Daemons, eliminando com a força
aparentemente sob um território em do pensamento os corpos
uma cruenta guerra civil. Energias ambulantes que se chocam com seu
decadentes arkanitas emanam da corpo, o Senhor Absoluto do Fogo
região em uma intensidade rara na adentra o antigo templo. As
Terra. Pyros facilmente identifica de energias da pestilência tornam-se
onde tais energias emanam, e para mais concentradas, capazes de
lá ruma voando. anular a força vital de um ser
Enquanto aproxima-se da humano assim que ele entra.
superfície, o deus-dragão percebe os Concentrado, o líder dos Daemons
antigos habitantes, caminhando levita acima do altar e continua
como zumbis, sem vontade própria emanando sua energia decadente,
ou energia vital. O ar que respiram é tentando expandir cada vez mais
pesado e tóxico, embora para Pyros sua zona de podridão.
seja sentido como ainda mais puro - Exijo saber imediatamente a
que o ar de seu plano de origem. Há localização de Histell. Diga-me
chagas espalhadas pelos corpos dos agora se não quiser ver seus planos
etíopes, e nenhuma energia mágica minados com um simples urro.
é sentida – provavelmente todo - Como...? O onipotente Senhor
Mago que havia fora zumbificado Absoluto do Fogo? – o Daemon
ou fugira antes que fosse tarde líder se surpreende com a presença
demais. do deus-dragão. Seus olhos se
À frente, uma grande arregalam de pavor quando percebe
aglomeração de Daemons. Estes que a ausência da resposta à
demônios são em maioria como nas exigência de Pyros não foi dada. –
menções normais sobre o Diabo, Histell não está mais aqui, espere! O
com chifes de carneiro, corpo Mestre Invisível dos Magos
robusto, cauda de lagarto, pele Vermelhos surgiu há poucas horas
avermelhada, barba longa e asas. apenas para recolher algo de seu
Muitos ainda possuem formas santuário secreto!
animalescas, como pinças e cauda - Pazuzu, você sabe que, se
de escorpiãos, enquanto outros são estiver mentindo, a morte será a
uma espécie de centauros metade maior das bênçãos que receberá de
lagarto, metade homem. Alguns mim por séculos! O que estes
raros ainda apresentam corpo dalethianos fazem aqui sob sua
táurico com metade de águia ou de liderança?
leão. Os zumbis desviam seu - A Roda dos Mundos está
caminho para não trombarem nos prestes a se mover, e Ark-a-nun não
demônios, e obedecem cegamente oferecerá mais nenhuma chance de
qualquer ordem que um deles dá. sobrevivência. Como antigo
conselheiro dos patesi de Daleth,

12
tenho o controle sobre estes Queima Infinita poderá ajudá-lo a
Daemons que restaram. Grande vencer Pyros, e por isso mesmo
deus das Chamas que Calcinam a Pyros deve agir como sempre foi
Carne, permita-me dominar este visto em todos os planos da
território para reerguer uma nova existência: o portador da violência e
Balkhor na Terra! Ela será repleta de destruição. Deverá ser rápido,
templos em honra ao célebre e intenso e preciso.
supremo Pyros, com ritos e Ao final do túnel de centenas
oferendas... de metros, finalmente surge a
- Chega de adulações, demônio antecâmara onde Pyros vê a
da peste! Vim aqui unicamente para segunda presença que detectara
enfrentar meu nêmesis, não para junto a Pyros: seu sumo-sacerdote
confabular sobre sinais Balor, o líder político da Ordem de
apocalípticos! – Pyros deixa o salão Pyros. Seu corpo levitava,
central do tempo e penetra nas apresentando um tronco aberto
catacumbas centenárias. violentamente que jorrava sangue e
Histell parece estar brincando pedaços de órgãos, que por sua vez
com Pyros, obscurecendo sua escorriam ao chão. À sua volta, um
localização. Dentro das catacumbas, pequeno grupo de demônios
Pyros corre sem nada mais que o dalethianos alimentava-se das
pensamento concentrado na vísceras pulsantes abaixo de Balor.
essência de Histell. Por mais - Meu mestre... – Balor
poderosa que seja sua capacidade balbucia. – Histell está pronto para
de ocultamento, a ligação primária partir! Minha carcaça está
entre Histell e Pyros não engana o condenada a permanecer aqui para
Senhor Absoluto do Fogo: Histell sempre alimentando os dalethianos
está no fim deste caminho, enquanto minha essência se
esperando por ele, como aconteceu corrompe com a peste mística que
em Ark-a-nun pouco tempo antes Pazuzu trouxe para este plano! A
da viagem à Terra. Terra está condenada a um destino
Cada vez mais adentrando nas muito pior que Infernun ou Ark-a-
profundezas, o deus-dragão começa nun!
a detectar outra presença, também Da câmara principal, enfim
muito familiar. Torna-se clara a Pyros vê seu inimigo se aproximar.
estratégia de Histell, mas nem Histell decidiu combater o Senhor
mesmo tal ardil o faria desistir de Absoluto do Fogo, e a energia das
sua única meta em todos os séculos. chamas é emanada intensamente de
Seu nêmesis seria destruído por seu corpo. Com a lança Fogo
Pyros, mais cedo ou mais tarde. As Inclemente em mãos, Histell não
duas presenças cada vez mais pronuncia uma única palavra, pois
próximas, e grande fluxo de energia nada é necessário dizer quando se
arcana. Talvez armadilhas mágicas, encontra aquele que é sua sombra,
rituais de proteção ou gatilhos de sua imagem inversa na existência.
teleporte, tudo preparado para este Pyros assume a forma dracônica e
momento. Histell sabe que não manifesta sua Frgrur em forma
haverá escapatória, e apenas sua demoníaca. Em segundos, o nível de

13
calor da antecâmara sobre a Connacht, ordenando aos
centenas de graus Celsius, Fomorians a aniquilação do inimigo.
espantando os horrorizados Como uma violenta enxurrada,
dalethianos. a onda Fomorian choca-se com os
Ao mesmo tempo, o portador paladinos em posição de defesa. Tal
da Queima Infinita e o Senhor impacto foi suficiente para gerar a
Absoluto do Fogo investem contra o fissura que engoliu grande parte de
outro, em um choque de energia ambos os combatentes, diretamente
que abala toda a galeria subterrânea para as profundezas de magma
e espalha uma onda de calor por demoníaco de Infernun. Gratt e
quilômetros através do ar e da Histell, ao longe, observam
rocha. A fisionomia furiosa de satisfeitos o imenso poder dos
Pyros, em meio a urros e olhares paladinos sob seu comando, sem
coléricos, é contrastada pela perceberem que tudo acontece como
determinação guerreira de Histell, Pyros planejara.
que mantém-se calado e Da fissura, surgem os temidos
concentrado. Gigantes do Fogo de Muspellsheim,
A lâmina de um projeta uma contratados em uma aliança entre
cauda de chamas, e um corpo se Pyros e o poderosíssimo Surtur.
esquiva com precisão cirúrgica. Magma e tentáculos de fogo intenso
Garras e chifres se encontram entre são expelidos com violência da
as labaredas de fogo infernal, o grito fissura, enquanto os paladinos são
de guerra de um e o bater de asas massacrados e os Fomorians são
flamejantes de outro. Toda a galeria resgatados pelos filhos de Surtur.
de túneis subterrâneos entra em Pouco falta para Pyros vencer a
colapso, desabando sobre os guerra e finalmente conquistar para
poderosos infernitas e sobre o si o cobiçado território de Elsajiq-
sumo-sacerdote, para em segundos Rupiaz.
surgir uma imensa esfera de fogo Ordenando carga máxima,
envolvendo os três e os levando às Pyros levanta vôo em direção a
alturas, desintegrando a rocha com Gratt e Histell, fazendo com que
energia nuclear. todas as suas brigadas também
....................................................... partam para a vitória completa
................................................................ contra os poucos paladinos que
...................... ainda restaram. O poder do
Kag’rinay Yakdo seria seu, e a
“A brigada de Fomorians, Queima Infinita finalmente lhe
liderada pela própria Domnu, revelaria os segredos do Fogo que
realiza sua temida corrida furiosa existe em todos os mundos.
em direção aos paladinos de Elsajiq- Em seu vôo meteórico, Pyros
Rupiaz, enquanto os Valarauka aproxima-se a poucas dezenas de
restantes recuam sob a liderança de metros dos irmãos diarcas de
Gothmog, muito ferido. A mãe dos Elsajiq-Rupiaz, e apenas a curta
Fomorians ergue sua maça de rocha distância foi possível ver a terceira
esverdeada dos pântanos de presença junto a Gratt e Histell, e
então Pyros percebe a ameaça que

14
encontrara: o Messias do Kag’rinay seguidores do demônio da peste.
Yakdo, não um simples portador da Pyros sabe que não há mais nenhum
Queima Infinita, mas sim a efeito que possam criar para vencer
encarnação deste poder. Sua o outro, iniciando agora uma
existência sempre foi tida apenas competição não mais por poder,
como lenda, mas o Senhor Absoluto mas sim por resistência: o primeiro
do Fogo teve a oportunidade de ver a ficar sem energia mística para
com seus próprios olhos. ativar os poderes será o vencido.
Com Frgrur empunhada e uma O Senhor Absoluto do Fogo
colossal coluna de fogo expelida de sabe que seu fogo nada vale contra o
sua boca, Pyros investe contra o fogo de Histell, e então percebe que
Messias que se aliara aos diarcas.” novas alternativas são necessárias.
....................................................... A batalha psíquica e o uso de
................................................................ subterfúgios ilusórios se inicia entre
...................... os dois senhores da guerra. A longa
cauda espinhuda de Pyros atinge
O Fogo Inclemente encontra dezenas de cópias ilusórias de
Frgrur, com força indescritível a Histell enquanto o portador da
cada encontro. Os dois senhores da Chama Infinita passa a utilizar a
guerra sopram cones de fogo ou energia da luz para tentar vencer a
ventanias de ventos incendiários barreira de pequenas rochas
com as asas, sem efeito nos dois basálticas que rodeiam o deus-
Arquimagos do Fogo. As dragão em alta velocidade.
habilidades de ambos com suas Os céus etíopes se enchem de
armas é formidável, sem um único fumaça e cinzas, afastadas
milímetro de erro no ataque de um, rapidamente do ponto do combate,
e sem um mínimo equívoco na permitindo que o Sol possa ser visto
defesa do outro. Tal titanomaquia apenas pelo anel de abertura nas
duraria meses para terminar, sem a nuvens de fumaça negra que rodeia
balança pender para lado algum os dois inimigos. Balor ainda não
durante este tempo. O corpo aberto pode se mover, e sente as energias
de Balor, sobre a superfície decadentes de Pazuzu infectando
remexida de Oromos, se vê entre seu corpo aos poucos. A cada
centenas de dalethianos estarrecidos minuto, um dalethiano é atingido
com a batalha de deuses que por um feixe de chamas, tendo seu
presenciam nos céus. corpo incinerado. Pazuzu ainda se
A batalha se torna cada vez mantém protegido na catedral, com
mais intensa e violenta, até o diversos dalethianos buscando a
momento em que ambos chegam a mesma proteção.
seu limite de poder, ainda sem Os olhos determinados de
desequilíbro algum para um deles. Histell começam a brilhar mais
Línguas de fogo e esferas de calor intensamente, revelando uma
são expelidas para todos os lados, energia oculta que Pyros não
atingindo Oromos e seus habitantes, esperava: a Queima Infinita foi
sejam eles humanos com a peste de invocada. O deus-dragão sente o
Pazuzu, sejam os dalethianos calor se intensificando rapidamente

15
e atingindo temperaturas altíssimas, gerando grande dor e pânico no
temperaturas que mesmo o Senhor arkanita. Das chamas intensas sobre
Absoluto do Fogo não consegue o corpo de Balor surge uma forma
alcançar com seu poder. A própria familiar a Pyros, a forma de
carne de Histell começa a dar lugar Kriene’Lavi.
a um corpo feito de energia pura, .......................................................
que cresce aos poucos e revelando ................................................................
assim um gigante guerreiro ......................
demoníaco de energia nuclear.
Pyros utiliza todo o seu poder para “Com um sorriso sádico, os
acertar o corpo energético de irmãos Gratt e Histell observam a
Histell, sem surtir efeito algum. batalha entre o Senhor Absoluto do
Histell aponta as mãos na Fogo, inimigo há séculos da
direção do dragão-demônio e emite diarquia fraterna que rege Elsajiq-
uma rajada de energia plasmática. Rupiaz, contra o lendário Messias
Frgrur é posicionada para apartar o do Kag’rinay Yakdo, criatura que
ataque, mas a força da rajada projeta incorpora em sua carne e alma os
Pyros para muito longe. O deus- segredos do elemento Fogo presente
dragão percebe uma verdade que em todos os mundos. Fogo contra
nunca aceitou: seu poder não pode fogo, um conquistador contra um
vencer a Queima Infinita. Sua messias, fúria contra disciplina.
postura de combate é desfeita e ele O jovem messias começa a
observa Histell voltar à sua forma levitar lentamente, até flutuar sobre
física, sob grandes dores e fraqueza a altura das cabeças de Gratt e
pelo uso da energia mística de Histell, para explodir como um
Kag’rinay Yakdo. Histell teleporta- cometa em direção a Pyros. Ambos
se para longe dali, deixando a se chocam com violência incrível,
batalha para outra ocasião. Pyros liberando uma onda de choque que
desce à superfície para falar com seu atinge todos os partícipes da
sumo-sacerdote. batalha, em ambos os exércitos,
- Grande mestre das Chamas fazendo com que todos caiam ao
que Calcinam a Carne - Balor busca chão. Ambos movendo-se
forças para falar. - , a Queima rapidamente, atacando e
Infinita ainda representa um limiar defendendo cada golpe do
que apenas Histell pode vencer. Se oponente, o deus-dragão e o messias
me permite comentar, aceitando a empregam ataques poderosos que
energia tenebrita de Kriene’Lavi o jorram em toda a área, aniquilando
senhor terá uma grandiosa aliados e inimigos.
vantagem, capaz de até mesmo Pyros expele da boca um jato
superar a Queima Infinita de Histell. cônico de fogo negro com algumas
- Histell não é o único com a dezenas de metros de diâmetro
Queima Infinita. Ainda há o Messias máximo, encobrindo facilmente
de Kag’rinay Yakdo. - responde todo o corpo do messias com as
Pyros, furioso. chamas negras mortais. O jato
Sem aviso, as entranhas de flamejante apenas cessa quando o
Balor começam a se incendiar, dragão-demônio vê a montanha

16
posicionada atrás do messias foi uma barreira mística e proteger-se
desintegrada. Com o dissipar da do ataque frontal. Em frações de
fumaça de tal ataque colossal, Pyros segundos, o Messias percebe então
vê a silhueta intocada do inimigo, e que, enquanto se defende do
voa em sua direção sem hesitar. devastador ataque frontal, Pyros
O Messias adquire a forma de está posicionado atrás dele, pronto
um pássaro de fogo e voa na direção para utilizar sua Frgrur.
do deus-dragão, pretendendo Após centenas de ataques
chocar-se diretamente com o corpo seqüenciais com sua espada mágica,
do oponente. Quando a fênix toca a garras, presas, asas afiadas e sua
ponta da lâmina de Frgrur, o cauda espinhuda, o turbilhão de
dragão-demônio é empurrado por vento e rochas afiadas em chamas
dezenas de metros enquanto ainda termina e o Messias finalmente tem
resiste às labaredas que explodem a chance de se defender dos ataques
do Messias. físicos do oponente. Muito surpreso,
Pyros então emite seu urro o Messias usa sua telecinésia para
enlouquecedor na intenção de pelo afastar o deus-dragão de onde está,
menos fazer o inimigo recuar um e o olha com um olhar satisfeito.
pouco, mas tal vínculo psíquico Quando chega próximo o suficiente,
projeta na mente do Senhor Pyros percebe que o messias se
Absoluto do Fogo imagens do desfez de sua postura de combate e
próprio Plano Elemental do Fogo, parece aberto a conversar.
abalando a resistência da sanidade - Dragão das Chamas que
de Pyros. Com grande concentração Calcinam a Carne – o messias
e determinação, Pyros vence a começa a falar com Pyros –, você
bomba psíquica do inimigo e inicia nasceu das próprias energias da
uma grande ventania com farpas de Queima Infinita, uma força
pontudas pedras incandescentes, misteriosa pela qual você se dedica
um de seus poderes mais temidos com tanto fervor para compreender.
pela área de alcance. Este meu invólucro, que é carne e
Uma verdadeira chuva de também espírito, foi criado pela
lâminas de rocha flamejante se Queima Infinita com o propósito de
espalha para todos os lados, levar os ensinamentos da Queima
atingindo tanto aliados como o Infinita ao merecedor deste mundo.
exército inimigo, destruindo seus Considerei Gratt e Histell como
corpos com grande rapidez. A força merecedores, entretanto eles ainda
dos ventos desequilibra o pássaro não compreendem o verdadeiro
de fogo, que volta à sua forma poder do Kag’rinay Yakdo.
demoníaca. Com movimentos das - Mas ambos possuem agora a
garras, Pyros começa a guiar Queima Infinita. – Pyros responde,
aglomerados de lâminas, levando-as confuso pela conversa que o Messias
todos em direção ao oponente. iniciara.
Um turbilhão cilíndrico de - Ensinei a ambos, mas Gratt
ventos quentes e rochas flamejantes nunca compreendeu a Queima
afiadas é lançado contra o Messias, Infinita como Histell. Os antigos
que estica os braços para projetar guerreiros do fogo de Gratt,

17
condecorados Warlocks, foram fumaça ininterruptamente –
aprimorados por Histell com meu Conheça Sava Senria’Lur, as
auxílio. Chegou a hora de ver a Chamas da Dor do Mundo, minha
Queima Infinita ser manifestada por fortaleza mais protegida e seu
um verdadeiro prodígio nas artes da palácio a partir de agora.
chama, e este ser é você. Eu sinto - Pyros, devo lembrá-lo que
que é você. influências externas sobre sua alma
Pesando rapidamente as atrasarão o desenvolvimento da
palavras do messias, Pyros percebe Queima Infinita, fazendo com que
que não há mais razão para aquela sua evolução demore séculos a mais
batalha ocorrendo na superfície de do que é esperado. Não me chame
Infernun. Em segundos, o deus- mais de Messias. Sou o Olhar da
dragão e o Messias voam como Imolação, sou Kardatnell.”
meteoros flamejantes para o centro .......................................................
do império de Pyros, sob um alto ................................................................
sibilar que ordena o recuo dos ......................
exércitos do Senhor Absoluto do
Fogo. Histell e Gratt, atônitos, Kriene’Lavi, o Senhor do
observam Pyros e o Messias Sangue Derramado, manifesta-se na
partirem sem uma única frente de Pyros como um grande
consideração ou manifestação. gárgula vermelho com uma linda
Simplesmente os ignoraram e assim armadura de metal avermelhado.
terminaram a batalha. Seu coração bate com uma altura
- Pyros – o messias começa a quase ensurdecedora aos raros
falar quando chegam à sede do dalethianos que ousaram continuar
poder político do império de Pyros próximos enquanto a batalha entre
–, saiba agora que os ensinamentos Histell e Pyros ocorria. Com sua
são difíceis e demandam séculos ou gigantesca espada, o tenebrita
talvez até milênios. A Queima aponta para Pyros, exigindo que o
Infinita exige um corpo são e deus-dragão se ajoelhe à sua frente.
independente, de modo que O Senhor das Chamas que Calcinam
nenhuma criatura com fé ou sob a Carne se recusa, embora tenha
influência espiritual de outra sentido uma vontade quase
entidade pode manifestar este irresistível de fazê-lo, reflexo da
poder. Apenas quando os corrupção da Espada Furiosa de
ensinamentos forem aprendidos e Mundos Passados sobre sua alma.
sua alma estiver livre de qualquer - Você não cumpriu. – o
influência espiritual, despertarei as tenebrita solta um brado de ira
portas para o fluxo da Queima incomensurável, ensurdecendo
Infinita em seu corpo. imediatamente os poucos
- Messias, enquanto me ensina dalethianos que não fugiram com
os mistérios da Queima Infinita, Pazuzu após perceberem a
você terá uma habitação à sua manifestação do Senhor do Sangue
altura, no centro de meu vasto Derramado. – Minha mensagem foi
império. – Pyros aponta para um simples, e você não conseguiu
vulcão que expele magma, rochas e cumpri-la.

18
- Campeão das Trevas, não corrompida era desinfetada e Pyros
desejo mais sua energia e sua finalmente perde a influência de
influência. A energia da guerra Kriene’Lavi.
insana não vence meu nêmesis, por Sem pensar duas vezes, Pyros
isso não preciso mais desta semente teleporta-se para seu plano natal,
corruptora que pôs em mim dezenas com Balor.
de milênios atrás. Não sou mais seu .......................................................
agente. ................................................................
- Não há poder em sua alma ......................
que vença a cólera de Kriene’Lavi.
Resistir é inútil, prova de que o Envolvido por uma bolha de
Senhor Absoluto do Fogo servirá energia flamejante extremamente
melhor a Kriene’Lavi sem esta poderosa, Balor vislumbra
consciência inconveniente. admirado a arquitetura de Sava
- Sim, e este foi o motivo pelo Senria’Lur, uma das Sete Fortalezas
qual absorvo as almas de meus de Infernun. Explosões de magma
inimigos. Dentro de mim reside são redirecionadas para
uma alma líder, que comanda alimentarem a energia da fortaleza,
legiões de almas ou farrapos além de formarem a redoma de
cármicos sob minha vontade. proteção que envolve a cidade
Prepare-se para sair de minha contra dragões e outros demônios
existência, odioso Campeão das de fogo. As habitações são parte da
Trevas! – Pyros concentra-se e própria estrutura rochosa do vulcão
desperta toda a sua energia que abriga a fortaleza, como
espiritual composta pelas almas de pequenas cavernas espalhadas pelas
seus inimigos mortos em dezenas de gigantescas bordas internas do
milhares de anos. vulcão.
Internamente, Pyros luta com Ao fundo do vulcão, o núcleo
suas almas escravas contra a de Infernun pode ser visto pulsando
centelha tenebrita que está alojada quase como um coração, agindo
em seu âmago. Quase como uma como um oráculo do Plano
brisa que tenta mover uma Elemental do Fogo para seu
montanha, a alma de Pyros sozinha emissário direto, o guardião
nada pode contra o imenso poder Kardatnell. Como faz diariamente,
do tenebrita Kriene’Lavi. Porém, Kardatnell é visto por Pyros no
milhões de almas juntas para um templo erguido muito próximo ao
único propósito formam a núcleo central, comunicando-se com
tempestade que derruba montanhas os espíritos do fogo. Imediatamente,
e forma planícies. O tenebrita Kardatnell percebe a presença de
percebe que sua semente está Pyros e Balor, interrompendo suas
ameaçada, que tantas almas vivendo orações.
num paraíso compacto dentro do - Kardatnell, estou purificado! -
deus-dragão nunca foram usadas ao Pyros inicia a conversa. - Tenho
mesmo tempo para uma única todos os conhecimentos da Queima
missão como estava ocorrendo. Infinita, e agora posso ter este poder
Minutos depois, a faísca de energia

19
finalmente desperto em minha nêmesis será suficiente para
alma! satisfazer o Senhor Absoluto do
- Senhor Absoluto do Fogo - Fogo. Depois de tal vitória, nada
responde calmamente Kardatnell -, mais importará.
devo antes analisar sua alma, Com a rápida cura de Balor,
minuciosamente, para que ela não Kardatnell volta-se para Pyros e o
seja desintegrada por conflitos entre olha de cima abaixo com olhos
a corrupção e a Queima Infinita. repletos de energia nuclear,
Além disso, precisamos verificar os examinando cada centímetro do
ferimentos de seu sumo-sacerdote, infernita em busca de resquícios de
para que as energias corrompidas poder mágico tenebrita. Ao notar
deste plano não penetrem em seus que as almas que Pyros destruiu
ferimentos e o destruam junto com a enfrentando a influência de
alma. Kriene'Lavi levaram embora a
- Não há tempo! Sei onde semente tenebrita, o Olhar da
Histell se encontra na Terra, esta é a Imolação pouca suas mãos sobre o
chance que perdi há tantos milênios, peito dracônico de Pyros, e então se
desde que te conheci apoiando os inicia a invocação do portal ao Plano
irmãos diarcas! Elemental do Fogo, que ficará
A própria pressa de Pyros situado dentro do próprio coração
agita o núcleo central, causando do deus-dragão.
uma freqüência muito maior de Cada batida do coração do
explosões e esguichos de lava pela mestre das Chamas que Calcinam a
fortaleza. Kardatnell toca o ombro Carne torna-se uma espécie de
do deus-dragão, buscando acalmá- ignição, criando faíscas internas
lo. Pyros enfim decide aguardar o para a energia combustível que
tempo que Kardatnell definir. Kardatnell gera no corpo de Pyros.
Enquanto observa Balor sendo Minutos depois, uma das batidas
tratado por Kardatnell e outros finalmente inicia a combustão
infernitas com poderes curativos, o massiva de toda a energia que se
dragão-demônio lembra-se de espalhara no corpo do dragão-
eventos de sua vida que o levaram demônio. A Queima Infinita foi
para este momento: as grandes iniciada.
conquistas de Pyros contra - Pyros, Senhor Absoluto do
Fomorians e Valarauka, a eterna Fogo, a Queima Infinita repousa em
rivalidade contra Gratt e Histell, a seu âmago. Cada vez que tentar
aliança com Kardatnell, a usar este poder cósmico, a
vergonhosa derrota para integridade de seu corpo será
Kriene’Lavi e pacto com o tenebrita, testada, e qualquer sinal de
a noite com Urri, a vitória contra os impureza será consumido
exércitos Ghouls de Berbalahas, e imediatamente pelo Kag’rinay
agora a batalha decisiva contra Yakdo, podendo remover pequenos
Histell, portando a suprema pedaços de pele, ou poderá
Queima Infinita. Grandes momentos consumir seu corpo inteiro. Histell
fizeram parte de sua existência, e sofre esta deterioração e busca
apenas esta vitória contra seu aliviar sua natureza demoníaca

20
vivendo entre os humanos, mas esta quente contra o corpo de Histell na
medida é apenas para atrasar o parede. - Chegou o momento de
inevitável, que um dia eliminar definitivamente o
invariavelmente reduzirá seu corpo sobrevivente dos diarcas de Elsajiq-
a cinzas. Concentre-se e mantenha- Rupiaz, e assumir como mestre
se fora de influências externas, e não máximo de todos os Magos do Fogo
sofrerá tal destino! da Orbe! - quando termina a frase, a
- Sim... - Pyros olha para pressão do ar se reverte de modo
dentro de si e sente o poderoso fogo tão explosivo e instantâneo que
que arde em suas vísceras, lança Histell através de alguns
vislumbrando sensações sobre o andares acima do templo e vários
calor que nunca teve, em todos os metros de rocha e areia.
milênios de sua existência. - Posso Lançado sobre o Deserto de
sentir o calor de todos os habitantes Gobi, Histell mal tem tempo para
de Muspellsheim, posso ver uma manifestar o Fogo Inclemente
ilha de fogo flutuando no Plano quando Pyros surge abaixo dele em
Elemental do Fogo, posso sentir o uma coluna de areia e rochas
fluxo de calor que emana de flamejantes. Histell começa a
crianças humanas na Terra, posso concentrar fogo dentro de sua boca,
ouvir o crepitar de chamas místicas quando percebe que Pyros já está à
em Katmaran! Histell sofrerá o sua frente, levitando sem o uso das
poder máximo das chamas! asas e com a garra direita tapando a
Sem mais nenhuma palavra, boca de Histell.
Pyros teleporta-se para fora do - Você e seu fraco irmão nunca
plano de Infernun, deixando Balor compreenderam a Queima Infinita,
em repouso no templo de e a ensinou pobremente ao que
Kardatnell. vocês erronaeamente chamaram de
....................................................... Warlocks. Eu sou o senhor dos
................................................................ Warlocks! A fúria da guerra e os
...................... olhos sedentes por sangue são o
melhor combustível para os poderes
Histell se assusta com a do fogo e da destruição! Veja o quão
aparição repentina de Pyros à sua fracos seus Warlocks eram, e o quão
frente, num dos templos mais poderosos são os meus Warlocks!
secretos dos Magos Vermelhos. O A garra direita de Pyros torna-
deus-dragão enrijece seu corpo, em se rocha magmática, ferindo o rosto
uma força mística tão alta que todo de Histell enquanto o mestre dos
o ar da câmara onde Histell se Magos Vermelhos tenta se
recuperava é expelido para longe de desvencilhar da garra. Ao se soltar,
Pyros, gerando pressão nas paredes Histell apenas vê a serpente de
forte o suficiente para rachá-las e chamas que jorrou da garra direita
pressionar Histell contra a parede à diretamente em sua face,
frente do Senhor Absoluto do Fogo. bloqueando sua visão e o ferindo
- A Queima Infinita é um ainda mais.
poder tentador, não? - Pyros Com a Frgrur manifestada e
continua intensificando a força do ar com a lâmina envolta em plasma

21
superaquecido, Pyros inicia o Senhor Absoluto do Fogo, ou eram
combate armado contra o Fogo imediatamente absorvidos pelo
Inclemente de Histell. Ambos corpo do dragão-demônio, ou
possuem grande velocidade, mas refletidos diretamente contra
Histell tem mais dificuldades Histell, que era obrigado a se
enquanto busca atingir o inimigo defender dos Magos de sua própria
certo em meio a dezenas de cópias ordem mística.
ilusórias. Histell projeta contra o Assustado, Histell ordena que
oponente um turbilhão de rochas seus Magos cessem os ataques.
afiadas incandescentes, girando Iniciando pelos olhos, Histell
todas em alta velocidade em volta começa a transformar seu corpo
de um concentrado feixe de fogo demoníaco em uma forma
nuclear. Tal ataque atinge Pyros em humanóide gigante formada
posição defensiva, tocando apenas a inteiramente por energia
lâmina de plasma da Frgrur, mas superaquecida, da mesma forma
projetando o deus-dragão para como fizera no último combate
dezenas de metros mais longe. contra seu nêmesis. Porém, Pyros
Pyros percebe todas as reage como se já estivesse prevendo
emissões de calor deste plano e de tal manifestação, e ele também
todos os outros, notando facilmente assume uma forma composta
estágios de raiva ou o uso dos totalmente por energia
poderes de Histell. Ele também superaquecida, mas ainda com uma
percebe os Magos Vermelhos saindo forma dracônica. Sem asas, com três
do templo secreto escondido sob as cabeças, quatro membros superiores
areias mongóis, prontos para e uma grossa cauda no lugar dos
defender seu mestre supremo. membros inferiores, Pyros voa em
Vagamente, sente emissões de calor velocidade supersônica de encontro
chegando dos céus, mas ainda a Histell, levando-o a grandes
muito longe e em alta velocidade. altitudes sobre o Deserto de Gobi.
- Você verá que o poder da Enquanto ambos trocam golpes
disciplina unido à capacidade físicos e sobem acima das nuvens,
destrutiva das chamas é a sabedoria Pyros sente as emissões de calor
suprema do Fogo! - brada Histell, passando abaixo deles sobre onde os
esperando por um ataque em massa Magos Vermelhos estão. Grandes
dos Magos Vermelhos contra um clarões de calor são sentidos pelo
Pyros muito mais poderoso, deus-dragão. Histell começa a tentar
diferente do infernita que enfrentara transcender a energia plásmica em
poucas horas antes. seu corpo e busca penetrar no corpo
Todos os Magos Vermelhos de Pyros como um espírito do fogo.
começam a projetar jatos, cones, Facilmente, o Senhor Absoluto
tentáculos, esferas, turbilhões e do Fogo segura o braço de Histell
chuvas de fogo na direção de Pyros, que busca penetrar em seu corpo,
arrancando um sádico sorriso de afastando-o de seu corpo. Como
Histell e um olhar de desprezo do num movimento de inspiração para
deus-dragão. Quando todos os encher os pulmões com ar, Pyros
ataques de fogo se aproximavam do começa a absorver a energia

22
plasmática de Histell, aumentando centenas de quilômetros à volta,
ainda mais seu tamanho e sem atingir o ponto central da
reduzindo o nêmesis à sua forma queda, agora uma cratera em meio à
original, muito enfraquecido. Pyros areia, com centenas de metros de
ilumina a estratosfera onde estão abertura e profundidade.
como uma pequena estrela, Ao longe, Pyros nota a
enquanto Histell, semiconsciente, presença do Anticristo e sua guardiã
começa a cair das alturas, sem forças egípcia a seu lado, observando os
para manifestar. Pequenos focos de combates tanto de Pyros contra
fogo começam a estourar sobre o Histell, como dos Magos Vermelhos
corpo de Histell, eliminando tais contra os caças militares. Pyros vê
partes - efeito da Queima Infinita os cadáveres de muitos Magos
tentando eliminar as impurezas dos Vermelhos e poucos aviões
ferimentos que Pyros causara. abatidos, ainda restando um
De sua posição, Pyros desce número enorme nos céus, formando
como uma estrela cadente sobre um mosaico de metal negro
Histell, tentando incinerar o corpo intercalado ao azul vivo dos céus
do inimigo enquanto ambos caem sobre o deserto.
em altíssima velocidade. Durante a Histell ainda não consegue se
queda, Pyros pode ver o que ocorre mover e continua cada vez mais
nas emissões de calor sobre os ferido, com a Queima Infinita ainda
desertos mongóis: caças militares se alimentando de seu corpo. O
combatendo os Magos Vermelhos. deus-dragão aproxima-se vitorioso
Mísseis e minas de alto impacto são em direção ao inimigo, preparado
lançados contra os guerreiros para se defender, embora sinta que
arcanos, que respondem com também esteja muito enfraquecido.
grandes destruições pirotécnicas Os olhos dos rivais se encontram:
sobre os céus. Histell apenas se em um, a expressão do derrotado;
concentra em manter seu corpo em outro, a determinação de chegar
vivo, resistindo com todas as forças até o fim. A Frgrur é erguida ao alto,
à manifestação da Queima Infinita e desce em linha perfeita sobre o
do mestre das Chamas que tórax do irmão de Gratt. A Queima
Calcinam a Carne. Infinita abandona o corpo de Histell
No caminho da queda, Pyros com extrema violência, reduzindo
apenas enxerga um símbolo todo o corpo do infernita a cinzas e
semelhante a uma asa negra saindo chamas. Enfim, Histell está morto.
de um ouroboros de bronze Enfim, Pyros é o mestre máximo dos
escurecido. O símbolo estava Magos do Fogo, Warlocks e Magos
estampado no alto de um caça Vermelhos.
militar, que é então aniquilado e .......................................................
explodido pelos infernitas que ................................................................
atravessam o avião, em direção às ......................
areias. Chegando ao chão, o impacto
gera uma onda de choque que cria Em um piscar de olhos, Pyros
uma tempestade de areia muito surge na frente de Emil Berthold,
intensa, que se espande por que leva um pequeno susto mas não

23
se abala. Sekhmet, com sua face corrompido de Tenebras! Parta
furiosa, está pronta para atacar com imediatamente ou terá a
toda a sua ira contra o infernita. O oportunidade de ver o que o Senhor
calor da batalha corre pelo corpo da Absoluto do Fogo é capaz de causar
deusa guerreira, calor este que para a um simples humano arrogante!
Pyros é tão facilmente perceptível Sua deusa egípcia não é nada perto
quanto um objeto brilhante a seus da Queima Infinita, posso destrui-la
olhos. Instantes de concentração de com a facilidade com que um
Pyros fazem com que tal calor no furacão dilacera uma folha de papel!
corpo da paradisiana seja quase - Partirei, mas não antes de
eliminado, levando a deusa a quase cumprir minha missão aqui neste
desmaiar. deserto. - Emil manipula um
- Ela não te atacaria se eu não controle em suas mãos. - Asa Negra,
ordenasse, não há motivos para unidade aérea: continuar a
torturá-la. - Emil fala com a mais eliminação dos Magos Vermelhos,
completa calma. - Vejo que agora com alvo prioritário sendo Pyros,
Pyros, o Senhor Absoluto do Fogo, é seu líder máximo! - Sekhmet salta
também o senhor absoluto dos do chão e agarra Emil rapidamente,
Magos do Fogo! Finalmente sua teleportando-os do local.
missão foi cumprida, e a Queima O bombardeio das dezenas de
Infinita faz parte de sua essência! caças militares se inicia sobre o
- Sim. Tenho o comando Deserto de Gobi. Todos os Magos
absoluto sobre os Magos do Fogo Vermelhos são exterminados, um a
deste e de outros mundos. Cumpri um, com os mísseis guiados por
meu trato com você, e nada lhe movimento, as metralhadoras de
devo. O que está fazendo aqui? canos múltiplos e as minas terrestres
- Vim aqui eliminar todos os de alta capacidade explosiva.
Magos Vermelhos refugiados no Explosões ininterruptas cobrem
último templo organizado dos toda a superfície, levantando grande
seguidores de Histell. Você poeira e areia ao ar, dificultando a
felizmente possui uma essência visão dos Magos Vermelhos que
muito característica que Sekhmet buscam desesperadamente
detecta estando do outro lado do sobreviver e abater tantos caças
mundo. Eu o segui até aqui e reduzi quanto puderem.
este templo em ruínas. A obliteração O deus-dragão sozinho
dos seguidores de Tenebras logo enfrenta grandes quantidades de
chegará ao fim! Seu comportamento aviões, embora muito enfraquecido
combativo reflete com facilidade sua pela batalha contra Histell. As
afinidade com a união de sua alma a explosões causadas na superfície
Kriene'Lavi, e tal fato não será atrapalham a concentração e a
tolerado na Terra! pontaria de Pyros, que decide
- Apenas para registro, levantar vôo. Porém, Pyros é
Kriene'Lavi nada representa em atingido por diversos projéteis no
minha alma. Não mais. Sou um momento em que se livra da areia e
perfeito representante da Queima fumaça, caindo ao chão muito
Infinita, e não de um deus-monstro enfraquecido. Concentrando-se,

24
Pyros explode todas as fontes de sobre seus olhos. A criatura
calor dos aviões, gerando uma misteriosa, com pele de sombras e
reação em cadeia que elimina olhos vermelhos, morde a região
rapidamente quase toda a frota entre o ombro esquerdo e o pescoço
aérea. Os poucos aviões restantes de Pyros, mostrando ao líder
batem em retirada, deixando Pyros máximo dos Magos do Fogo que a
ferido em meio a inúmeros criatura tem extremo poder, para
cadáveres de Magos Vermelhos. conseguir usar as presas para
Sem a capacidade de reagir perfurar a resistente pele do deus-
instantaneamente, Pyros é atacado dragão.
pelas garras de Sekhmet. Alguns A criatura nada diz, não
metros afastado, está Emil Berthold, expressa nada em seu rosto com
em seu impecável uniforme militar, forma de babuíno e cabelos
com o emblema da ONU. Sekhmet compridos e desgrenhados. Apenas
ataca incessantemente e em uma ataques com garras, presas e
fúria cega, tentando tirar a vida de tentáculos de sombras, enquanto
Pyros a todo custo. Mesmo assim, o Sekhmet inicia seu banho de sangue
Senhor Absoluto do Fogo sofre sobre o corpo moribundo de Pyros.
pouco perto do grau de destruição Jatos de sangue e fogo jorram à
que Sekhmet causaria a outra volta, ferindo o monstro sombrio e
criatura. Sekhmet, mas nenhum deles pára
- Admiro seu imenso poder, seus ataques contra o corpo
mestre das Chamas que Calcinam a dracônico do Senhor Absoluto do
Carne! - Emil fala em tom jocoso. - Fogo. Certo tempo depois, a energia
Já sabia que meu exército da Asa divina guerreira unida aos poderes
Negra nada poderia contra um deus sombrios e especializados na
infernita, e que mesmo Sekhmet não destruição das energias inferiores,
tem os atributos místicos para combinados, obrigam o coração do
vencer um enviado dos planos deus-dragão a parar seus
elementais, como você se tornou. batimentos cardíacos. A Queima
Tenho mais um aliado, treinado Infinita, sem o coração para fluir o
para eliminar ameaças como você, fogo do plano elemental, se acumula
que vivem pela conquista incessante no tórax. Sekhmet e seu aliado
e corrupção dos mundos em nome sombrio se afastam para perto de
de infernitas e tenebritas! Emil, enquanto o peito de Pyros
Pyros mal tem tempo para se incha exageradamente; segundos
defender dos ataques de Sekhmet depois, a integridade do corpo não
quando sente as sombras de suas suporta tanta energia contida, e
pernas sendo paralisadas, explode tudo à volta.
conseqüentemente paralisando suas Uma nova cratera surge, com
próprias pernas. Um gigantesco Emil e seus dois aliados a seu lado.
rasgo de garras surge nas costas do No centro da cratera, nada mais que
deus-dragão, fazendo-o urrar de dor areia derretida e fumaça se
e cólera. A visão do infernita esvaindo, para revelar ao Anticristo
começa a nublar, como se um véu a Frgrur, fincada no lago vítreo.
de escuridão estivesse se formando

25
- “E da boca do dragão, e da - Às Musas que inspiraram
boca da besta, e da boca do falso Marcelo Del Debbio a criar um
profeta, vi saírem três espíritos cenário tão vasto e rico, digno da
imundos, semelhantes a rãs. Pois admiração de todo RPGista e leitor
são espíritos de demônios, que (que saiu ganhando com tantos
operam sinais; os quais vão ao contos derivados deste cenário).
encontro dos reis de todo o mundo, - À Sandra Sansone e à Marina
para os congregar para a batalha do Mizioka, minhas colegas de trabalho
grande dia do Deus Todo- que fizeram ótimos trabalhos
Poderoso.” Interessante trecho do gráficos com os teasers enviados por
Apocalipse, não? - Emil fala com email e na animação disponível no
Sekhmet e o personagem misterioso, YouTube.
ao mesmo tempo em que retira da - Ao Hatalíbio “Dr. H”
cratera a Frgrur. - Se é assim, devo Almeida, meu parceiro principal
me apressar para que esta profecia neste grande projeto.
se torne realidade logo. Vocês dois, - A todos os outros membros
me acompanhem: o Concilium do Fórum da Editora Daemon, que
Mundi logo se realizará, e nada me sempre busca ajudar quem tem
impedirá de dominar as nações e os dúvidas quanto ao cenário, e me
deuses! deram inúmeras sugestões para este
As três criaturas somem em e os próximos Netbooks (em
meio à tempestade de areia, especial Padre Judas, Lobo, Kruger,
deixando para trás um cenário Darkchet, Lord Metatron, Grigori
desolado de cadáveres e aviões Semjaza).
estraçalhados, junto à cratera que - A todos os artistas
agora serve de lápide ao Senhor desconhecidos por mim que
Absoluto do Fogo. disponibilizaram as imagens pela
Internet, imagens estas que eu
AGRADECIMENTOS peguei emprestadas para este
Netbook.
- Aos meus pais, que sempre
me incentivaram ao prazer da CONSIDERAÇÕES
leitura e nunca condenaram
minha curiosidade extrema... Este conto é parte de um
- Aos meus queridos projeto de vários objetivos: antes de
Jogadores, que me aguentam como mais nada, preparar o terreno para o
Mestre desde 1996 (em especial o lançamento do Netbook “Trevas:
Tico “Slinker”, o Rodrigo “Chuck Campanha Épica”, que vem sendo
Norris”, o Rafael “Feijão”, o Rafael preparado há muitos meses por
“Ruffles”, o Dalton, o Lucas vários membros do Fórum, e que
“Wargods”, o Renato “Cocaman”, temos certeza de que revolucionará
os primos Luiz, William e Gabriel e o sistema Daemon e o próprio estilo
principalmente meu irmão César). de Campanhas em Trevas.
- À minha namorada Dayana, Iniciado como uma ação de
pela simples existência dela na marketing na internet, diversas
minha vida. pessoas receberam um email

26
misterioso com imagens que
questionavam sobre o assassinato
de Pyros, protagonista deste conto.
Depois, um “trailer” foi produzido e
inserido no YouTube, para gerar
ainda mais expectativa.
Por fim, este conto aqui é
lançado no dia prometido, AINDA
sem dizer claramente quem
assassinou Pyros. Sim, a resposta
definitiva estará no Trevas:
Campanha Épica, que detalhará os
planos de Emil Berthold e seus dois
guardiões.
Espero que tenham gostado, e
aguardem pelo próximo Netbook!

27