como funciona a sua sustentabilidade da energia Eólica ?

RESUMO
A revolução industrial trousse o desenvolvimento e como conseqüência cada dia está aumentando a poluição ambiental alarmantemente. A preocupação com os desequilíbrios ambientais é freqüente em todo o mundo e a busca por um planeta sustentável é comum e requer consciência das pessoas. O Brasil tem uma ferramenta importante neste cenário global que é a energia e lica como uma fonte limpa e renovável em tempos de crise ambiental no qual o !laneta agoni"a uma severa agressão de fontes energéticas maléficas ao equilíbrio ambiental e desse modo a e#pansão da energia e lica pode contribuir significativamente para redução do avanço das fontes poluentes e não$renováveis. !or outro lado é importante c%amar atenção aos bai#os níveis de investimento p&blico nesta fonte em que o Brasil possui grande potencial de geração' sendo a produção energética atual ainda é bai#a visto a alta potencialidade que o país possui e dos benefícios econ(micos que podem ser impulsionados com a e#pansão desta fonte. Palavras-chave) *nergia e lica. +mpacto ambiental. ,ontes alternativas. -ustentabilidade.

IN RO!U"#O
.iante da atual crise ambiental que passa o planeta /erra e com o aumento das agress0es ambientais' as matri"es energéticas predominantes no Brasil causam danos ao meio ambiente e nesse conte#to 1 energia e lica é pouco e#plorada nesta nação que possui elevado potencial de geração. *m se tratando de um problema mundial de grande comple#idade' desenvolver atitudes de conscienti"ação sobre a import2ncia desta fonte energética alternativa e não poluente e demonstrar os benefícios advindos com a e#pansão em larga escala de aerogeradores' significa contribuir para minimi"ar o crescimento da geração de energia através de meios que tra"em conseqüências para o desequilíbrio ambiental. .e acordo com 3alisie4ic" 567789 a força motri" dos ventos vem sendo usada %á milênios' desde os moin%os de vento ao barco a velas' o %omem tem utili"ado a sua energia cinética para e#ecutar tarefas' se locomover' conquistar novas terras e desbravarem continentes. .esse modo' a energia dos ventos pode ser transformada em eletricidade' sendo umas das fontes mais limpas e#istentes no nosso planeta' porém pouco aproveitada e levando$se em conta que o início de sua utili"ação é milenar mostra a pouca import2ncia de investimento no setor. -egundo o !rograma de +ncentivo 1s ,ontes Alternativas de *nergia *létrica 5!roinfa9 o !otencial * lico Brasileiro é mais de :;7 <3' porém em 67=7' o mercado e lico brasileiro atingiu apenas >:= ?3' onde era

-egundo a Agencia Cacional de *nergia *létrica 5AC*E9' a matri" energética brasileira em funcionamento é composta predominante por %idroelétricas' as quais respondem com F='7GH' seguido das termelétricas com 6I'6FH' nuclear ='F. Assim' visto a vasta import2ncia desta fonte e o bai#o investimento p&blico na geração de energia elétrica a partir dos ventos' este trabal%o busca a despertar tal conscienti"ação no sentido de reafirmar a relev2ncia desta fonte energética em detrimento de outras que ven%am poluir o planeta' desenvolvendo uma idéia ecol gica e sustentável. A primeira seria evitar as perdas' @á a segunda corresponde ao investimento em fontes naturais e que não agridem o meio ambiente' como a energia e lica. Aá a segunda e terceira fontes mais e#ploradas no Brasil' as termelétricas e as nucleares são das fontes mais poluentes que e#istentes atualmente' sendo que as primeiras emitem gases de efeito estufa que destroem a camada de o"(nio e acarreta o aquecimento do planeta derretendo as geleiras e cosequentemente aumentando o nível dos oceanos. Aá as segundas' baseiam na modificação do átomo de ur2nio produ"indo outros elementos químicos radiotativos que não tem utilidade e nem pode ser colocado no meio ambiente' outro agravante desta fonte é o risco de acidentes nucleares' pois colocariam em risco todas as formas de vidas submetidas 1 sua radioatividade. . ?esmo a geração de energia através de %idroelétricas que não é considerada das mais poluente acarreta desequilíbrio ambiental' pois é necessário alagar grandes áreas inundando cidades e ecosistemas' ocupando o %abitat de uma fauna e flora' desviando percurso de rios' o que a torna uma forma não sustentável. *m decorrência do elevado n&mero de gases do efeito estufa emitidos diariamente' surgiram várias conseqüências maléficas para o planeta' os quais se apresentam de várias formas e maneiras) como doenças' aquecimento global generali"ado e' como conseqüência' o derretimento de geleiras' acelerando um processo natural do planeta.H' e lica 7'>GH e solar 7H. !ara Aannu""i 567779 e#istem duas maneiras de buscarmos a sustentabilidade energética' que são através da eficiência energética e maior uso das renováveis. Cesse sentido' a energia e lica mostra$se uma fonte alternativa' renovável' e uma ve" que utili"a meios naturais redu" assim os riscos de desastres ambientais causados por fontes poluentes.esperado =<3' retratando a bai#a e#ploração de uma potencialidade inve@ada por outras naç0es que possuem alta tecnologia' mas não disp0e de campo para geração. !esenvolvimento A revolução industrial trousse um crescimento desenfreado e desordenado em que não foram levados em consideração diversos fatores' dentre eles' o e#cesso das emiss0es dos gases de efeito estufa' como o di #ido de carbono 5DO69. Bivemos' portanto um momento em que os problemas ambientais são motivos de repercussão internacional.iante do atual cenário mundial' países em desenvolvimento buscam estratégias a fim de evoluir de forma sustentável' embora isso acarrete .

O pior e mais comum método de produção de energia elétrica é a termoelétrica na qual é e#traída do carvão betuminoso que tem amplo emprego industrial. A queima deste combustível mineral para obtenção de energia produ" efluentes altamente t #icos' detre eles' o merc&rio e outros metais como vanádio' cádmio' arsênio' c%umbo.G77 ?3. As velas captavam a energia no vento para impulsionar o barco ao longo da água. Co entanto essa estratégia não é unanimidade entre as naç0es que têm muita resistência principalmende as mais desenvolvidas' das quais requer mudanças' não apenas de %ábitos' mas no plane@amento da economia e isto é um dos grandes impecílios tra"idos 1s fontes alternativas. Dom uma vasta reserva mundial' este mineral é capa" de com a intensiva utili"ação na produção de energia poluir todo o planeta em menos de um século' se usado indiscriminadamente. *mbora milenar sua utili"ação' segundo AC*E 5Agência Cacional de *nergia *létrica9' somente na década de =>F7 com a crise do petr leo é que %ouve interesse e investimentos suficientes para viabili"ar o desenvolvimento e aplicação de equipamentos em escala comercial para produção de energia com a força dos ventos. O Brasil é o país que possui um dos maiores potenciais do mundo em energia e lica' porém os investimentos no setor tem se tornado bai#o em se comparando o potencial a ser e#plorado nesta nação. O conceito de utili"ar a energia do vento para moer grãos disseminou rapidamente ao longo do Oriente ?édio e foi largamente utili"ado antes que o primeiro moin%o de vento aparecesse na *uropa. na antiga !érsia.. . Co início do século K+ d. com as cru"adas européias levaram o conceito para casa e surgiu o moin%o de vento do tipo %olandês com o qual estamos familiari"ados.ontes Alternativas de *nergia *létrica 5!roinfa9 foi implantado pelo decreto nL. A força dos ventos vem sendo utili"ada bem antes do surgimento dos geradores eletromagnéticos' que surgiram ap s a e#periência de Oersted em =867 a qual relacionou magnetismo e eletricidade' até então vistas como fen(menos independentes' esta descoberta foi o ponto inicial para o desenvolvimento deste e#traordinário ramo da física que foi um grande aliado ao desenvolvimento tecnol gico no qual vivemos.D.D. O !rograma de +ncentivo 1s .76.' de 677G do governo brasileiro para acelerar o desenvolvimento da energia renovável e aumentar a contribuição deste setor para =7H do potencial energético do país até 6767 e assim estimular a implantação de =.D. na antiga Babil(nia' e 677 a.uma lentidão no crescimento. Aá os primeiros moin%os de vento' que eram usados para moer grãos' originaram$se entre dois mil a. . !ara EaJton' a energia e lica @á era usada no *gito %á pelo menos quatro mil anos' onde foram usados para locomover barcos 1 vela. !ortanto a energia e lica se destaca por ser sustentável' fonte inesgotável e principalmente de bai#o impacto ambiental' comparando$se com as produ"idas em %idroelétricas ou usinas termoelétricas' além disso' as turbinas e licas podem ser utili"adas tanto em cone#ão com redes elétricas como em lugares isolados e ainda ser associada em cons rcio com a energia solar' outra fonte limpa e renovável que também é pouco e#plorada.

o !rograma Cacional de Donservação da *nergia *létrica 5!NOD*E9' que visa a conservação da energia focados na mudança de %ábitos e na eficiência energética a fim de evitar desperdícios.7<3' o Brasil pode protagoni"ar uma transformação sustentável) gerar energia limpa' emprego e ainda impulsionar o desenvolvimento do Cordeste' o qual possui >7H do potencial e lico brasileiro' mais precisamente nos litorais e no semi$árido nordestino' o qual pode colocar a região em primeiro lugar no ranMing daquela em que possuirá o maior percentual de geração renovável per capita do planeta' mas para isso requer investimento em pesquisas e tecnologia de ponta na e#ploração desta potencialidade. Dom as mel%ores @a"idas de vento do mundo e potencial para geração de :. *m face do e#posto' é certo que a energia e lica com um grande potencial a ser e#plorado necessita de investimentos' uma ve" que é . . Cesse conte#to' vale citar iniciativas de distribuidoras de energia' como a caravana da energia eficiente da Dompan%ia *nergética do !iauí 5D*!+-A9' a qual sorteia refrigeradores econ(micos a ser substituídos por aparel%os de alto consumo para consumidores de bai#a renda sem condiç0es econ(micas de adquirir o produto mais eficiente. Dabe aos governantes agirem a fim de tornar esta fonte mais competitiva comercialmente' uma ve" que pode ser incluída em uma polítical fiscal' ou até mesmo com investimentos com ta#as de @uros diferenciadas sendo que os benefícios tra"idos pela mesma são relevantes para todo o planeta.G'6H em termos de capacidade instalada total' e de 6:'8H em termos de acréscimos de capacidade anual' até o lançamento do relat rio' a <3*D 5<lobal 3ind *nergJ Douncil9 esperava que o país tivesse alcançado = <3. Assim' apesar dos investimentos a geração desta fonte energética ainda é pouca quando comparada 1 capacidade total de produção que possui o Brasil' sendo que dessa capacidade apenas 7'6FH foi atingida em 67=7. Atualmente com a necessidade de se promover o desenvolvimento com consciência ambiental trou#e novas discuss0es em torno da composição da matri" energética dos países. A política de evitar desperdícios através da conscienti"ação das pessoas é válida' porém isto não resolve o problema dos desperdícios' e#iste a necessidade em investimentos em meios de transmissão' mel%orias no sistema de distribuição e de produção' pois estes representam grande parte das perdas de eletricidade. Domo vimos' os investimentos em torno da energia e lica ainda é bai#o por parte do poder p&blico brasileiro' @á quanto 1 eficiência' este o poder p&blico criou desde =>8.e acordo com Aannu""i serão necessários maiores investimentos em fontes renováveis' bem como aumentar os esforços em torno da eficiência energética. O conceito de sustentabilidade não mais permite a construção de grandes barragens' características das %idrelétricas @á construídas no Brasil. Dontudo' um ponto a ser observado é o alto custo de instalação de uma fa"enda e lica o que acarreta um acréscimo no valor da energia para o consumidor' tornando assim uma desvantagem em relação a outras fonte que embora poluentes conseguem produ"ir a eletricidade a um preço mais competitivo.*m 67=7' conforme EipinsMi o mercado e lico brasileiro cresceu :6I ?3' c%egando a >:= ?3' um crescimento de .

. *#iste portanto uma necessidade emergente de investimentos p&blicos em usinas e licas' pois o Brasil grande potencial de geração além de ser uma necessidade mundial o investimento em fontes renováveis para conservação do nosso planeta. O importante ressaltar que em virtude dos problemas ambientais e busca por um planeta sustentável requer das comunidades consciência e investimentos por parte dos governantes em fontes alternativas bem como produ"ir e distribuir energia com o mínimo de perdas' redu"indo os desperdícios e e#plorando as fontes energéticas dispostas na nature"a de forma sustentável para que geraç0es futuras possam também desfrutar desses naturais dispostas até quando %ouver uma e#ploração inteligente. $onclus%o Bisto que a energia e lica é uma ferramenta importante na luta para redu"ir o aumento na e#ploração das fontes energéticas que causam danos ao meio ambiente' pode$se verificar que esta energia limpa e sustentável não vem recebendo a devida import2ncia' sendo que a mesma não está entre as mais e#ploradas' ocupando apenas a terceira posição no ranMing nacional' e o mais grave' e#istem duas fontes altamente poluentes' nuclear e termelétrica' que a superam em potencial atualmente instalado.energia limpa e a sua e#pansão poderá redu"ir a implantação de novas usinas nucleares e termelétricas' as quais representam riscos ambientais e respondem @untas por quase um terço da matri" energética brasileira.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful