Você está na página 1de 1

6 Política Florianópolis, setembro de 2009

Arte: André Rodrigues

Conferência de Comunicação pode


atrasar por falta de regimento
Entre a simples convocação do Pre- regimento interno. É nele que são defi-
sidente Lula para a 1ª Conferência Na- nidos as temáticas, as datas, o número
cional de Comunicação (Confecom) e de delegados e os critérios para com-
a sonhada democratização da mídia por as delegações e a comissão orga-
brasileira existe um longo caminho a nizadora. Apenas quando o regimento
percorrer. A Conferência foi anunciada for aprovado em nível nacional é que
pelo Governo Federal em 16 de abril e a Conferência Estadual de Comunica-
está marcada para acontecer no mês ção poderá ser convocada.
de dezembro, em Brasília O tema é Vera Gasparetto, jornalista e edu-
Meios para construção de direitos e de cadora da CUT (Central Única dos
cidadania na era digital. Debates pré- Trabalhadores) em Santa Catarina e
vios estão acontecendo em todo país, uma das representantes da Comissão

Lei sobre nepotismo


envolvendo representantes do Estado, pró-conferência no estado, explica
empresariado e sociedade civil. que realizar uma etapa catarinense é
No evento, devem ser discutidos importante para ir além do flagrante
pontos chave em matéria de políti- oligopólio instaurado por um grupo
cas públicas de comunicação, avan- privado.

tramita na Assembleia
ços tecnológicos e digitalização dos O fato de o estado ainda não ter
meios. Também deve ser feita a re- instalado uma comissão organizadora
visão de normas inconsistentes e de- que deveria funcionar com a presen-
fasadas no que se refere à legislação ça do poder público, da sociedade e
para a área. dos empresários é criticado por Vera.

há mais de dois anos


Ainda é necessário definir diversos Mas o responsável pela Secretaria de
tópicos que entrarão no regimento, Comunicação de Santa Catarina, José
como a distribuição dos delegados da Augusto Gayoso, garantiu a convoca-
Conferência. Insatisfeitas com os cri- ção da Conferência Estadual assim
térios propostos pelo governo, várias que o debate nacional se definir.
empresas abandonaram a Confecom. A Acaert (Associação Catarinense
Alesc criou medidas preventivas para contratação de parentes, Sob articulação da Rede Globo, estas de Emissoras de Rádio e TV) assume
anunciaram no dia 13 de agosto seu a mesma posição da Abert (Associa-
mas não tem como fiscalizar troca de favores entre deputados desligamento. Sérgio Murillo de An- ção Brasileira de Emissoras de Rádio
drade, presidente da Federação Nacio- e TV) que foi uma das organizações a
nal dos Jornalistas (Fenaj) critica essa deixar o debate. Em nota, a entidade
Nepotismo não é crime, mas dos. Para impedir nomeações pou- vagas para concurso público. Em
postura por relegar para a “censura” diz defender a Confecom, desde que
quem o pratica está sujeito à perda co éticas, na segunda modalidade, abril deste ano, foi amplamente di-
qualquer iniciativa democrática que haja um equilíbrio na participação
da função e ação civil pública por como a promoção de parentes e vulgado que até agosto deveria haver
deseje criar normas sobre a atuação dos seus membros. A Acaert também
ato de improbidade administrativa. cabos eleitorais, é que o deputado novas provas. A diretora de comuni-
dos meios de comunicação no país. lamenta que um debate sobre políti-
Apesar de não haver lei específi- Baldissera acredita que “o concurso cação da Alesc afasta a possibilidade
“[Os empresários] não sabem convi- cas de comunicação no país esteja se
ca sobre o assunto, a Constituição público é uma prática que deveria de que estas ocorram ainda em 2009
ver com a diferença e a pluralidade de transformando em um fórum de inte-
permite que a União, os estados e ser a usual, e não o contrário”. Na e declara que dificilmente acontece-
idéias e opiniões”, diz Sérgio, que con- resses comprometidos com bandeiras
municípios regulamentem a ques- Assembleia Legislativa do Estado de rão em 2010, já que se trata de ano
sidera ainda maior o desafio lançado políticas e sectárias. A esse respeito,
tão. Em Santa Catarina, já houve Santa Catarina há 870 funcionários eleitoral.
para quem continua na articulação da Vera diz que historicamente uma úni-
quatro tentativas de aprovar leis comissionados e 716 efetivos. Outro fator que leva à predomi-
Confecom. ca voz atua no debate da comunicação
de proibição do nepotismo. A única A diferença se dá por dois moti- nância de funcionários comissio-
Em Santa Catarina, uma comissão no Brasil: a voz do empresariado. “É
que escapou do arquivamento foi vos. O primeiro é que, com exceção nados é a necessidade de pessoas de
atua para estimular a discussão sobre natural que queiram resistir, assim
o projeto de lei 36.2/07, proposto da prova para taquígrafo em 2002, confiança dos parlamentares traba-
a Confecom e a realização de uma como é natural que o movimento so-
pelo deputado Pedro Baldissera, do desde 1982 a Assembleia não abre lhando em funções estratégicas. Cada
etapa estadual. Mas tanto a fase cata- cial queira lutar pelas suas opiniões.”
PT. Em tramitação há dois anos, o um dos 40 deputados da Casa pode
rinense quanto o encontro nacional
projeto obrigaria a exoneração de Senado nomear até 22 pessoas e para isso, há
podem não ocorrer pela falta de um Marcelo Andreguetti
cônjuges ou parentes de até terceiro uma verba máxima de contratação
grau do governador, secretários de
estado, membros dos poderes exe- Atos secretos de R$ 46 mil mensais por gabinete.
Um total de R$ 1, 84 milhão para a
Controvérsia
cutivo, legislativo e judiciário que
ocupem cargos comissionados ou causam crise
folha de pagamento.
Até ano passado, a liberdade era Empresários nem esperam início
temporários. total para contratar, inclusive fami- Entidades representantes de empresas de
Ainda que não haja legislação O favorecimento de parentes e liares. Com a decisão do STF, além da mídia deixaram as discussões da Conferência por
sobre o assunto, em 2008, o Supre- amigos para contratação em cargos demissão de parentes dos deputados, considerar que há interesses políticos e discordar
mo Tribunal Federal aprovou uma públicos levou o Senado a uma das outras providências foram tomadas sobre número de delegados que cada área teria.
determinação que obriga o Poder maiores crises de sua história, com a para aumentar a credibilidade da
Judiciário a reconhecer em todos jul-
gamentos o nepotismo como prática
divulgação da existência de quase mil
atos secretos neste ano - 511 iden-
Alesc, como a divulgaçãos on-line
dos atos de admissão e demissão e Abandonaram:
que fere a Constituição Federal. Na tificados em junho e 468 descobertos o controle de parentesco dos tercei- Abert - Associação Brasileira de Aner - Associação Nacional dos Edito-
ocasião, ficou proibida a contratação em agosto. rizados e comissionados, feito com Rádio e Televisão; res de Revistas;
de parentes nos três poderes e pelo Atos secretos são procedimentos um termo de compromisso obriga- Abta - Associação Brasileira de TV por ANJ - Associação Nacional de Jornais;
menos 30 pessoas foram demitidas administrativos feitos sem publicação, tório. Mentir na declaração carac- Assinatura; Abranet - Associação Brasileira dos
na Assembleia Legislativa de Santa como determina a Constituição. teriza crime de falsidade ideológica Adjori - Associação dos Jornais do Provedores de Acesso, Serviços e
Catarina. A diretora de comunicação O presidente da casa, José Sar- e pode ter punição de até cinco anos Interior; Informações da Rede Internet.
social da Alesc, Lúcia Helena Vieira, ney, fez ao menos 11 apadrinhamen- de prisão. Porém, nenhuma dessas
diz que a medida foi apenas “ mora- tos de parentes para cargos comis- medidas é capaz de detectar o nepo-
lizadora e preventiva – para que não tismo cruzado, prática que ocorre Telebrasil - Associação Abra - Associação Brasileira de Radio-

Ficam:
sionados.
houvesse posterior ação do Ministé- O Conselho de Ética arquivou com a troca de favores, quando um Brasileira de difusão que representa empresas como
rio Público ”. todas as denúncias e representações parlamentar contrata parentes do Telecomunicações; a TV Bandeirantes e Rede TV!;
Há três formas de emprego públi- contra o senador, que resiste a renun- outro.
Mesmo filiada à Abert, é possível que
co: via concurso, cargos de confiança ciar a presidência do senado. a Rede Record continue participando.
e trabalhos temporários terceiriza- Maria Júlia Manzi
Arte:Rogério Moreira Júnior