Você está na página 1de 15

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAISCURSO DE PSICOLOGIA CENTRO DE PSICOLOGIA APLICADA (CENPA) REGULAMENTO DO TCC (Trabalho de Conclusão de

CURSO DE PSICOLOGIAFACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CENTRO DE PSICOLOGIA APLICADA (CENPA) REGULAMENTO DO TCC (Trabalho de

CENTRO DE PSICOLOGIA APLICADA (CENPA)FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE PSICOLOGIA REGULAMENTO DO TCC (Trabalho de Conclusão de

CURSO DE PSICOLOGIA CENTRO DE PSICOLOGIA APLICADA (CENPA) REGULAMENTO DO TCC (Trabalho de Conclusão de Curso)

REGULAMENTO DO TCC

(Trabalho de Conclusão de Curso)

5º ano

2013

SUMÁRIO

Introdução

02

Tema

02

Linhas de Pesquisa

03

I - Estrutura dos Trabalhos de Conclusão de Curso

03

A. Pesquisa Empírica

03

B. Pesquisa Teórica

04

Normas de Citações e Referências Bibliográficas

05

II - Procedimentos para a realização dos TCCs

06

1. Referente ao Comitê de Ética

06

2. Referente à Apresentação

06

2.1 - Apresentação e Argüição Pública

06

2.2 - Divulgação

06

2.3 - Duração

06

2.4 - Argüição e Avaliação

07

3.

Referente à Organização

07

3.1 - Exemplares do TCC

07

3.2 - Banca Examinadora

07

3.3 - Execução do TCC

08

3.4 - Escolha do Professor-Orientador

08

4. Critérios de Avaliação do TCC

08

5. Aprovação e Reprovação

09

Anexo 1. Calendário de Reuniões do CEP/USJT

10

Anexo 2. Tabela de Avaliação do TCC

11

Anexo 3. Critérios de Avaliação do TCC

12

Anexo 4. Cronograma de datas para realização dos TCCs

14

1

NORMAS E PADRÕES DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO PARA OS NÚCLEOS DE FORMAÇÃO DO 5º ANO DO CURSO DE PSICOLOGIA

Introdução

O objetivo principal desta atividade é a realização de um trabalho científico, preferencialmente uma pesquisa que produza novos conhecimentos

na área.

Os trabalhos desenvolvidos devem ser orientados de acordo com as normas científicas reconhecidas pelas comunidades acadêmicas e científicas nacionais e internacionais da área da Psicologia. Os trabalhos devem privilegiar a pesquisa empírica, mas podem ser

desenvolvidos estudos de pesquisa teórica (revisões e levantamentos bibliográficos) sobre um determinado tema, por exemplo: síndrome do pânico, depressão, estresse infantil, etc. As pesquisas podem ser dos diversos tipos existentes, conforme a orientação e a competência do professor e a habilidade e o interesse do aluno, a saber: estudo de caso, pesquisa documental, pesquisa de campo, pesquisa bibliográfica, pesquisa ex-post-facto, estudos transversais e/ou longitudinais, pesquisas qualitativas e/ou quantitativas, pesquisa descritiva e pesquisa experimental. Os delineamentos serão definidos pelos orientadores junto com

os alunos, podendo ser realizadas pesquisas de levantamento, correlacional, quasi-experimental e experimental.

Para a execução desses trabalhos sugere-se a seguinte padronização das atividades e dos relatórios de pesquisa:

Tema: o professor deve apresentar sugestões de temas dos quais tenha conhecimento prévio, interesse pessoal, científico ou profissional; deve aceitar a sugestão do aluno mediante a possibilidade de orientação e de execução do trabalho; deve ser discutido pelo professor e pelo aluno, para obter em consenso, um objeto de estudo passível de concretização.

O tema deve estar dentro de uma das linhas de pesquisa em que o professor

está cadastrado.

2

Linhas de Pesquisa

Linha 1. Formação e atuação do psicólogo: visa desenvolver conhecimento sobre como a atuação do psicólogo reflete e é condicionada pelos processos envolvidos na sua formação. São estudados os elementos de socialização inscritos nos ambientes formalizados e não formalizados de instrução que produzem competências adequadas e congruentes com o campo de fenômenos psicológicos, em seus contextos históricos, culturais e sociais. Esses estudos estão circunscritos ao âmbito dos sistemas sociais de prestação de serviços de Educação e de Saúde.

Linha 2. Produção científica em Psicologia: educação e saúde: levantar, analisar e avaliar a produção científica em Psicologia nas áreas de educação e de saúde e na interface de ambas, buscando detectar lacunas que mereçam um estudo mais aprofundado.

Linha 3. Psicologia: condições da realidade e expectativas sociais: Estudar condições de realidade social permite delimitar as demandas e as expectativas sociais com relação à ação dos psicólogos e às contribuições da Psicologia. Essa compreensão é significativa tanto para a aproximação objetivada do sujeito da teoria com o sujeito real quanto para contribuir de forma mediata com a formulação de inovações curriculares, quer instrucionais, quer de oferecimento de serviços e subsídios para a avaliação e proposição de política públicas nos campos da Educação e da Saúde.

I - Estrutura dos Trabalhos de Conclusão de Curso - TCC

A – Pesquisa Empírica (Campo e Clínica)

Pré-textos Capa (título da pesquisa, nome(s) do(s) pesquisador(es), local e ano); Contracapa (idem, mais o nome da instituição e do professor-orientador); Sumários/Índices; Resumo da pesquisa (abstracts);

3

Corpo do Trabalho (textos)

Apresentação Introdução (marco ou referencial teórico - capítulos, itens e subitens) Objetivo(s)

Método Participante Material Procedimento Resultados e discussão Considerações finais

Método Clínico descrição completa do processo clínico Análise do caso (discussão) Considerações finais

Pós-textos

Referências

mínimo 1 (uma) referência de dissertação ou tese

sites reconhecidos pela Comunidade Científica (Universidades /

Associações)

4 (quatro) revistas científicas

5 (cinco) referências com menos de 5 (cinco) anos

Anexos

B – Pesquisa Teórica

Pré-textos e Pós-textos Idem ao Trabalho de Pesquisa Empírica

Corpo do Trabalho (textos) Apresentação Introdução e desenvolvimento do tema (marco ou referencial teórico - capítulos, itens e subitens) Considerações finais

4

Normas de Citações e Referências Bibliográficas

Os Trabalhos de Conclusão de Curso obedecerão às normas aceitas nacional e/ou internacionalmente pela comunidade científico-acadêmica e poderão ser utilizadas as seguintes padronizações:

1. ABNT - Associação Brasileira de Normas e Técnicas

Diretrizes para elaboração de dissertações e teses (ABNT)

Citações no Texto e Notas de Rodapé (ABNT)

Normalização de Referências (ABNT)

2. APA - American Psychology Association

Diretrizes para elaboração de dissertações e teses

Citações no Texto e Notas de Rodapé (APA)

Normalização de Referências (APA)

Essas normas podem ser acessadas e feito o seu download do site da Biblioteca de Psicologia da Universidade de São Paulo, em Manuais de Normalização. http://www.ip.usp.br/portal/index.php?option=com_content&view=category&i

5

II - Procedimentos para realização dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC)

1. REFERENTE AO COMITÊ DE ÉTICA

Pesquisas de Campo que envolvam seres humanos devem ser submetidas ao Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da USJT, conforme a resolução do Conselho Nacional de Saúde (CNS nº 196/96 versão 2012). Informações

disponíveis no site do Conselho Nacional de Saúde (CNS):

_versao_final_196_ENCEP2012.pdf e no site do Comitê de Ética em Pesquisa

da

O

Anexo 1 apresenta o calendário com as datas de reuniões do CEP/USJT, as

quais podem ser acessadas no portal da universidade no seguinte endereço:

Maiores informações sobre a submissão de projetos de pesquisas com seres humanos podem ser obtidas pelo site do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP/USJT), no link: http://www.usjt.br/prppg/cep/

A Plataforma Brasil pode ser acessada no seguinte endereço eletrônico:

2. REFERENTE À APRESENTAÇÃO

2.1. Apresentação e argüição pública para a comunidade acadêmica e a sociedade em geral.

2.2. Divulgação

2.2.1. As datas, os horários das apresentações, o local e a composição das

bancas

(CENPA);

do Centro de Psicologia Aplicada

serão

afixados

no

mural

2.2.2. Serão distribuídos folders com a programação do evento;

2.2.3. Serão afixados cartazes sobre o evento no campus da USJT.

2.3. Duração

2.3.1. A duração máxima de apresentação é de 1h30min;

6

2.3.2.

O tempo de apresentação do trabalho pelos autores é de 20 a 30

minutos;

2.3.3. O tempo máximo de cada argüição é de 15 minutos;

2.3.4. O tempo máximo de cada defesa é de 15 minutos.

2.4. Argüição e Avaliação

2.4.1. O professor argüidor combinará com os autores do trabalho a forma

da argüição: pergunta-resposta ("bate-papo") ou formal (todas as perguntas

e comentários do professor e, posteriormente, a defesa dos alunos);

3. REFERENTE À ORGANIZAÇÃO

3.1. Exemplares do TCC

3.1.1. Deverão ser entregues três exemplares (versão final em espiral, com

a primeira capa transparente e a última em cor preta), sendo um para o professor-orientador, duas para a banca examinadora. O exemplar do

suplente será impresso apenas se for necessário;

3.1.2. O depósito dos três exemplares (versão final em espiral) deve ser

feito no mês de outubro na Recepção do CENPA; 3.1.3. O aluno ficará responsável pelo encaminhamento do TCC, pela carta-convite e pelos critérios de avaliação para os membros da banca.

3.1.4. Após avaliação final e alterações sugeridas pela banca examinadora,

o aluno deverá enviar um arquivo com o resumo do trabalho em Word e outro arquivo com o trabalho completo em PDF até o prazo estipulado no Calendário do Regulamento do TCC. O e-mail do CENPA para o envio do trabalho é tcc.cenpa@usjt.br

3.2. Banca Examinadora 3.2.1. É composta por professores da USJT, professores de outras instituições ou profissionais da área de Psicologia ou afins, com experiência nos temas apresentados; 3.2.2. É composta por três membros: orientador e dois professores/profissionais convidados (e um suplente - professor da USJT).

7

3.3.

Execução do TCC

3.3.1. Os trabalhos devem ser realizados em dupla. Só serão aceitos

trabalhos individuais ou em trio quando o número de alunos do grupo for

ímpar.

3.3.2.

O professor-orientador deverá informar a Coordenação do Curso

sobre problemas na execução do TCC.

3.4. Escolha do Professor-Orientador

3.4.1. Serão divulgados, no quadro de aviso do CENPA, os nomes dos

professores-supervisores e os temas de trabalho sugeridos;

3.4.2. O aluno escolherá o professor-orientador do Núcleo ao qual

pertence, de acordo com o tema proposto para a pesquisa;

3.4.3. A escolha de professor-orientador deverá ser feita obedecendo-se ao cronograma anexo, sendo que não poderá haver troca de professor- orientador após a escolha;

3.4.4. Deverá ser assinado um documento de compromisso mútuo de

orientação até a primeira semana de março.

4. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO TCC

4.1. A banca examinadora avaliará o trabalho segundo os critérios definidos

para a pontuação do TCC. Cada examinador atribuirá uma nota individual para o trabalho, preenchendo a Tabela de Avaliação do TCC (Anexo 2);

4.2. Os critérios serão informados aos examinadores e examinandos (Anexo 3:

critérios para avaliação dos TCCs);

4.3. A nota do TCC será a média aritmética atribuída pelos membros da Banca;

4.4. O Trabalho de Conclusão de Curso terá sua nota computada à média referente ao 1º e ao 2º semestres na disciplina Seminários Avançados em Psicologia;

4.5. Na apresentação, será divulgado ao público se o trabalho foi aprovado ou

reprovado; 4.6. No caso de algum membro da banca considerar o trabalho reprovado, deverá dar ciência ao orientador com a máxima antecedência possível.

8

5. APROVAÇÃO E REPROVAÇÃO

5.1. O aluno será aprovado se obtiver a nota mínima de 6,0 (seis) pontos na

versão final do TCC e na disciplina Seminários Avançados em Psicologia; se não obtiver este resultado, deverá cursar novamente a disciplina no ano seguinte.

5.2. O professor-orientador poderá requerer uma argüição fechada somente

quando o TCC depositado não apresentar os requisitos necessários para a

argüição pública, isto é, um trabalho sem o rigor científico adequado. 5.3. O aluno poderá requerer uma argüição fechada somente quando não concordar com a avaliação do seu orientador sobre a qualidade de seu trabalho, ou seja, se este apresenta os requisitos necessários para a aprovação.

5.4. O aluno estará Reprovado se não entregar os exemplares definitivos no

CENPA até a data estipulada no cronograma do Anexo 4.

5.5. Para a resolução de outros aspectos referentes ao TCC que não estejam

contemplados neste Regulamento, o Colegiado de Curso poderá ser reunido

para decidir o melhor procedimento.

9

ANEXO 1: Calendário de Reuniões do CEP - 2013

Os projetos a serem submetidos à avaliação pelo CEP devem ser encaminhados por meio do preenchimento da Plataforma Brasil, conforme o calendário abaixo.

Calendário de Reuniões 2013

Reunião quinzenal 13h30

Semestre

Mês

 

Dias

 

Fevereiro

06

e 20

Março

06

e 20

Abril

03

e 17

Maio

08

e 22

Junho

05

e 19

 

Agosto

07

e 21

Setembro

04

e 18

Outubro

02

e 23

Novembro

06

e 27

Dezembro

11

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (COEP/USJT - Registro CONEP nº 1100, em 14/11/03)

10

ANEXO 2: Tabela de Avaliação do TCC

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE PSICOLOGIA TABELA DE AVALIAÇÃO DO TCC

Instruções para o Argüidor: a primeira parte da ficha de avaliação deve ser preenchida e trazida no dia da apresentação, conforme o tipo de trabalho (Pesquisa de Campo ou Reflexão Teórica) quando será avaliada a segunda parte para a composição da nota final, devendo ser entregue ao orientador do trabalho.

Título:

Autoria:

1.

Composição Formal e Conteúdo

 

Trabalho de Pesquisa (Pesquisa de Campo/Caso Clínico)

Pesquisa Teórica

Itens

7 pontos

itens

7 pontos

Pré-textos (0,25 pto)

 

Pré-textos (0,25 pto)

 

Introdução (1,5 ptos)

 

Introdução (2,0 ptos)

 

Método (2,0 ptos)

 

Desenvolvimento (3,5 ptos)

 

Resultados (1,25 ptos)

 

Consid. Finais (1,0 pto)

 

Discussão (1,25 ptos)

 

Pós-textos (0,25 pto)

 

Considerações Finais (0,5 pto)

     

Pós-textos (0,25 pto)

     
 

Total

 

Total

 

2. Avaliação da Apresentação A avaliação é individual devendo todos os alunos, autores do trabalho, participarem da apresentação e da argüição. Para a avaliação dos itens devem ser observados os seguintes aspectos: tempo de 20 a 30 minutos para a apresentação (0,5 pto); apresentação (1 pto), recursos audiovisuais e clareza; e argüição (1,5 ptos), expressão de conhecimento e capacidade de articulação para responder às perguntas feitas pelos componentes da banca.

Trabalho de Pesquisa ou Pesquisa Teórica

Nome(s) do(s) aluno(s)

 

Itens

3 pontos

 

Tempo (0,5 pto)

 

Apresentação (1,0 pto)

 

Argüição (1,5 ptos)

 
 

Total

 

Nota Final (soma dos itens 1 e 2)

 

Argüidor:

Assinatura:

11

ANEXO 3: Critérios de Avaliação do TCC

I - Composição Formal e Conteúdo Teórico (7,0 pontos)

Pesquisa Empírica

a) Capas (primeira capa e folha

Pesquisa Teórica

a) Capas (primeira capa e folha

 

de aprovação)

de aprovação)

b)

Índices/Sumário

b) Índices/Sumário

c) Agradecimentos

d) Resumo / Abstract

e) Introdução (Marco ou Referencial Teórico)

f) Método (sujeito, material e procedimento)

g) Resultado e Discussão

h) Considerações Finais

i) Referências

j) Anexos

Pesquisa Clínica

a) Capas

b) Índices/Sumário

c) Agradecimentos

d) Resumo / Abstracts

e) Introdução

f) Método Clínico

g) Análise do caso

h) Considerações Finais

i) Referências

j) Anexos

Critérios:

c) Agradecimentos

d) Resumo / Abstract

e) Introdução (Marco ou Referencial Teórico)

f) Desenvolvimento

g) Conclusões

h) Referências

i) Anexos

(a)

seqüência correta dos itens acima apresentados de acordo com as

normas utilizadas pelos alunos (ABNT e APA);

(b)

o conteúdo teórico de cada parte;

(c)

discurso científico adequado.

12

II. Desempenho do aluno na apresentação para a Banca Examinadora - Nota na arguição (total: 3,0 pontos)

O(s) aluno(s) deverá(ão) fazer uma apresentação oral do trabalho com a duração máxima de 30 (trinta) minutos, conforme o rigor científico, demonstrando domínio sobre o Trabalho de Conclusão de Curso realizado.

Critérios:

(a) apresentação do trabalho dentro do prazo estabelecido e de forma clara e

concisa - valor 0,5 ponto; (b) respostas às argüições dos examinadores demonstrando domínio e entendimento do trabalho realizado - valor até 2,5 pontos por examinador;

(c) os autores serão avaliados, independentemente, nas suas respostas aos

examinadores.

Nota Final: I + II = 10,0

1. Após a argüição, a banca examinadora deixará o local da apresentação

para discutir o desempenho dos autores nas apresentações oral e escrita;

2. Cada professor examinador atribuirá uma nota ao Trabalho de Conclusão

de Curso de 0 (zero) a 10 (dez). A média final será a média aritmética das notas atribuídas;

3. O professor orientador preencherá a Ata da Defesa que deverá ser assinada por ele e pelos membros da Banca e, posteriormente, entregue na Administração do CENPA (Centro de Psicologia Aplicada);

4. Após as atribuições das notas, a banca retorna ao local da apresentação e

o professor-orientador fará a leitura da avaliação final obtida pelos autores.

13

ANEXO 4: Cronograma de datas para realização dos TCCs (2013)

SEMESTRE

DATA

 

TAREFA

 

até 25/02

Escolha do Professor-Orientador

 

   
 
 

até 08/03

Entrega do documento de compromisso mútuo de orientação assinado no CENPA

S

 
 

E

até 08/03

Definição do Tema

 

M

   

E

Entrega do Programa de Pesquisa do Professor Orientador ou do projeto de pesquisa do aluno

S

10/04

T

 

para parecer do Comitê de Ética

 

R

 

E

15/05

Introdução e Método

 
 
 

Introdução,

Método,

Coleta

e

Tabulação

dos

12/06

Dados

 
 
 

14/08

Tabulação, Análise e Discussão dos Dados

 

11/09

Discussão dos Dados

 

S

25/09

Entrega do TCC para o Professor Orientador

E

M

16/10

Exemplares definitivos para a Banca

 

E

   

S

de 04 a 23/11

Apresentação dos TCCs

 

T

R

   
 

E

Entrega de 01 arquivo do resumo em Word e outro arquivo com o trabalho completo corrigido em PDF no CENPA, por meio do e-mail:

de 04 a 16/12

14