Você está na página 1de 332

CADERNO DE QUESTÕES

Seleção Pública Edital 01/2007

CADERNO DE QUESTÕES

Cargo: 01 – Ajudante de Carga e Descarga de Produção

LÍNGUA PORTUGUESA

Leia atentamente o texto abaixo e responda às questões de 1 a 7.

PARÁBOLAS PARA A VIDA

Um viajante caminhava pelas margens de um grande lago de águas cristalinas e imaginava uma forma de chegar até o outro lado, onde era seu destino. Suspirou profundamente enquanto tentava fixar o olhar no horizonte. A voz de um homem de cabelos brancos quebrou o silêncio momentâneo, oferecendo-se para transportá-lo. Era um barqueiro. O pequeno barco envelhecido, no qual a travessia seria realizada, era provido de dois remos de madeira de carvalho. O viajante olhou detidamente e percebeu o que pareciam ser letras em cada remo. Ao colocar os pés empoeirados dentro do barco, observou que eram mesmo duas palavras. Num dos remos estava entalhada a palavra acreditar e no outro agir. Não podendo conter a curiosidade, perguntou a razão daqueles nomes originais dados aos remos. O barqueiro pegou o remo, no qual estava escrito acreditar, e remou com toda força. O barco, então, começou a dar voltas sem sair do lugar em que estava. Em seguida, pegou o remo em que estava escrito agir e remou com todo vigor. Novamente o barco girou em sentido oposto, sem ir adiante. Finalmente, o velho barqueiro, segurando os dois remos, movimentou-os ao mesmo tempo e o barco, impulsionado por ambos os lados, navegou através das águas do lago, chegando calmamente à outra margem. Então o barqueiro disse ao viajante:

Este barco pode ser chamado de autoconfiança. E a margem é a meta que desejamos atingir.

endereço: http://parabolas_para_a_vida.com.via6.com (Autor desconhecido)

1.

Assinale a alternativa incorreta em relação à interpretação do texto.

(A)

Para que o barco da autoconfiança navegue seguro

e

alcance a meta pretendida, é preciso que

utilizemos os dois remos, agir e acreditar, ao mesmo

tempo e com a mesma intensidade.

 

(B)

Para alcançarmos uma meta, basta que se tenha autoconfiança.

(C)

A

determinação

ao

agir

nos

conduz

ao

rumo

desejado e à realização.

 

(D)

Não basta apenas acreditar, senão o barco ficará rodando em círculos, é preciso também agir para movimentá-lo na direção que nos levará a alcançar a nossa meta.

(E)

Agir e acreditar. Impulsionar os remos com força e com vontade, superando as ondas e os vendavais e não esquecer que, por vezes, é preciso remar contra a maré.

2. Observe o trecho:

“A voz de um homem de cabelos brancos quebrou o

silêncio momentâneo.”

O termo grifado foi empregado em sentido figurado.

Assinale a alternativa cujo verbo substitua-o corretamente,

sem que se altere o sentido da oração.

(A)

partiu

(B)

despedaçou

(C)

rompeu

(D)

dilacerou

(E)

fraturou

3. Leia o fragmento abaixo:

“A voz de um homem de cabelos brancos quebrou o

silêncio momentâneo, oferecendo-se para transportá-lo.”

O termo grifado está substituindo o termo

(A)

viajante.

(B)

barqueiro.

(C)

silêncio.

(D)

olhar.

(E)

lago.

4. Leia o

fragmento e observe o termo grifado e as

proposições abaixo. “O pequeno barco envelhecido, no qual a travessia seria realizada, era provido de dois remos de madeira de

carvalho.”

I. possuía

II. tinha

III. era equipado com

IV. providenciava

O termo grifado pode ser substituído corretamente por

(A)

I, apenas.

(B)

II, apenas.

(C)

I e II, apenas.

(D)

I, II e III, apenas.

(E)

I, III e IV, apenas.

5. Separe as sílabas da palavra “barqueiro” e assinale a alternativa cujo vocábulo tenha o mesmo número de sílabas da destacada.

(A)

Navegante.

(B)

Miolo.

(C)

Balaústre.

(D)

Fogareiro.

(E)

Camareiro.

6. Assinale a alternativa incorreta, em relação à substituição do termo grifado e às adaptações necessárias para a correção da oração.

11. Assinale a alternativa cuja palavra esteja com as sílabas separadas corretamente.

(A)

im-pre-scin-dí-vel

(B)

ab-ne-ga-ção

(C)

a-bo-rre-ci-men-to

(D)

ina-de-qua-ção

(E)

coor-de-nar

“E a margem é a meta que desejamos atingir.”

(A)

E a margem é a meta que queremos atingir.

(B)

E a margem é a meta que almejamos atingir.

(C)

E a margem é a meta que adoramos atingir.

(D)

E a margem é a meta que pretendemos atingir.

(E)

E a margem é a meta que objetivamos atingir.

12. Assinale a alternativa em que todas as palavras estejam grafadas corretamente.

7. Tomando por base o trecho abaixo, assinale a alternativa incorreta, de acordo com o contexto lido.

“Um viajante caminhava pelas margens de um grande lago de águas cristalinas e imaginava uma forma de chegar até o outro lado, onde era seu destino.”

(A)

O sinônimo de cristalinas é límpidas.

 

(B)

O verbo imaginar pode ser substituído por pensar.

 

(C)

A palavra forma pode ser substituída por maneira.

(D)

O

vocábulo

destino

pode

ser

substituído

por

fatalidade.

 

(E)

O adjetivo grande pode ser substituído por imenso.

8. Assinale a alternativa em que a palavra esteja grafada corretamente.

(A)

Esagero.

(B)

Escelente.

(C)

Picina.

(D)

Exigência.

(E)

Exceso.

(A) salchicha/ mortadela/ sobrancelha/ lagartixa/ estupro

(B)

salsicha/

mortadela/

sombrancelha/

lagartixa/

estrupro

(C)

salsicha/ mortandela/ sobrancelha/ lagartixa/ estupro

(D)

salsicha/ mortadela/ sobrancelha/ largartixa/ estupro

(E)

salsicha/ mortadela/ sobrancelha/ lagartixa/ estupro

13. Assinale

a

corretamente.

alternativa

cuja

frase

esteja

grafada

(A)

Ainda que ele não quizesse, eu continuaria ao seu lado.

(B)

O tráfico estava tão intenso que resolvi deixar o carro em casa e ir trabalhar de ônibus.

(C)

O concerto foi maravilhoso, o repertório era bem variado.

(D)

O criminoso foi preso em fragrante.

(E)

Depois da tempestade vem a bonanza.

9. Assinale a alternativa cuja lacuna deva ser preenchida com “sc”.

(A)

adole ente

(B)

benefi ente

(C)

do ente

(D)

re enseamento

(E)

de ência

10. Assinale a alternativa cuja palavra não possui a letra “h” no seu início.

(A)

orror

(B)

érnia

(C)

ostil

(D)

êxito

(E)

esitar

Leia o texto com atenção e responda às questões 14 e 15.

PACIÊNCIA

Ah! Se vendessem paciência nas farmácias e

Muita gente iria gastar boa parte do

salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia.

Por muito pouco a madame que parece uma "lady" solta palavrões e berros que lembram as antigas "trabalhadoras

E o bem comportado executivo? O "cavalheiro"

se transforma numa "besta selvagem" no trânsito que ele

mesmo ajuda a tumultuar Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da

vizinha é um tormento, o jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma chata, o marido uma "mala sem alça". Aquela velha amiga uma "alça sem mala", o emprego uma tortura, a escola uma chatice.

O cinema se arrasta, o teatro nem pensar, até o passeio

virou novela. Outro dia, vi um jovem reclamando que o banco dele pela internet estava demorando a dar o saldo, eu me lembrei da fila dos bancos e balancei a cabeça, inconformado Vi uma moça abrindo um e-mail com um texto maravilhoso e ela deletou sem sequer ler o título, dizendo

que era longo demais. Pobres de nós, meninos e meninas sem paciência, sem tempo para a vida, sem tempo para Deus.

A paciência está em falta no mercado, e pelo jeito, a

paciência sintética dos calmantes está cada vez mais em alta. Pergunte para alguém, que você saiba que é "ansioso demais" onde ele quer chegar?

Qual é a finalidade de sua vida? Surpreenda-se com a falta de metas, com o vago de sua resposta.

do cais"

supermercados

E você?

Onde você quer chegar? Está correndo tanto para quê? Por quem? Seu coração vai agüentar?

Se você morrer hoje de infarto agudo do miocárdio o mundo vai parar?

A empresa que você trabalha vai acabar?

As pessoas que você ama vão parar?

Será que você conseguiu ler até aqui?

Respire

Acalme-se

O mundo está apenas na sua primeira volta e, com certeza, no final do dia vai completar o seu giro ao redor do

sol, com ou sem a sua paciência

NÃO SOMOS SERES HUMANOS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL SOMOS SERES ESPIRITUAIS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA HUMANA

Arnaldo Jabor

14. As duas últimas orações do texto de Arnaldo Jabor esclarecem muitos de nossos questionamentos sobre a vida. Assinale a alternativa cujas proposições apresentadas reúnam a síntese dessa mensagem.

I.

A

partir do momento em que nos conscientizarmos

de que devemos valorizar nosso espírito, pois ele é mais importante do que nosso corpo, definiremos nossos objetivos.

II.

A

falta de objetivos das pessoas as torna mais

agitadas e intolerantes, pois preocupam-se e incomodam-se mais com o que está ao redor delas do que com o seu interior.

III.

A

maior razão de estarmos tão impacientes é o fato

de termos que aturar os vizinhos, os filhos, o chefe,

o trânsito, os amigos, enfim, termos de viver em sociedade.

É correto o que se afirma em

(A)

I e II, apenas.

(B)

II, apenas.

(C)

I e III, apenas.

(D)

II e III, apenas.

(E)

I, II e III.

15. Assinale a alternativa incorreta, segundo a interpretação do texto.

(A)

A nossa morte não fará parar o mundo, pois a vida continua acelerada para os que ficam.

(B)

Corremos tanto que não nos sobra tempo para viver, nem para pensar em Deus.

(C)

Deixamos, muitas vezes, de ler mensagens que nos trariam crescimento e paz, por falta de paciência e de tempo.

(D)

As pessoas correm atrás de objetivos cujas metas querem atingir, ainda que seja a custa de calmantes.

(E)

Em uma sociedade consumista como esta em que vivemos, a paciência que deveria ser uma virtude construída dentro de nós, muitas vezes é almejada como qualquer outro bem de consumo.

O trecho abaixo servirá como base para a questão 16.

“Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da vizinha é um tormento, o jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma chata. O marido uma ‘mala sem alça’.”

16. Assinale a alternativa cujo significado do vocábulo não corresponda à intenção do texto.

(A)

Atrapalham = incomodam.

(B)

Tormento = grito.

(C)

Virou = transformou-se.

(D)

Idosos = pessoas de mais idade.

(E)

Jeito = comportamento.

17. Assinale

a

corretamente.

alternativa

cuja

frase

esteja

grafada

(A)

Carlos abriu um escritório de advogacia.

(B)

Ele pareceu-me um pouco mais conscencioso.

(C)

O cabelereiro da Bete é fantástico.

(D)

Pedro adorava andar de carrinho de roleimã.

(E)

A manteigueira de cristal quebrou.

18. Assinale a alternativa em que, pelo menos, uma das palavras apresentadas possua 3 sílabas.

22. Qual alternativa abaixo representa 5 dúzias e 15 dezenas?

(A)100

(B)

120

(C)

160

(D)

210

(E)

230

23. Marcos tinha quatro balas e Pedro tinha o dobro de Marcos. Maria tinha uma dúzia de balas e Joaquim tinha seis balas. Quantas balas essas crianças tinham ao todo?

(A)

ignorância/ efêmero/ conseqüência.

(B)

padaria/ diário/ compreensão.

(A)

13 balas

(C)

oxigênio/ paciência/ abundância.

(B)

15 balas

(D)

oxigênio/ paralelo / revertério.

(C)

25 balas

(E)

sacrifício/ violento/ negociar.

(D)

30 balas

 

(E)

35 balas

19. Assinale

a

alternativa

cujo

par

represente

vocábulos

antônimos.

 

(A)

sacolejar/ sacudir.

 

(B)

manter/ continuar.

(C)

fricote/ manha.

(D)

infinitude/ amplidão.

(E)

cheiroso/ fétido.

20. Assinale

a

alternativa

cujo

par

represente

vocábulos

sinônimos.

(A)

deferido/ reprovado.

(B)

ascender/ descer.

(C)

outorgar/ aprovar.

(D)

ratificar/ corrigir.

(E)

sorte/ revés.

MATEMÁTICA

21. Marque a alternativa CORRETA

252 +

36 =

2

O resultado é:

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

136

144

180

250

270

24. Uma fábrica produz 1.500 peças; dessas, 300 são do produto A e o restante, do produto B. Sabendo-se que o valor de cada peça A é de R$ 1,00 e o de cada peça B é de R$ 3,00, qual valor, em reais, que a fábrica ganhará?

(A)

R$ 4.800,00

(B)

R$ 4.100,00

(C)

R$ 3.200,00

(D)

R$ 3.500,00

(E)

R$ 3.900,00

25. Em uma aula de português, a professora resolveu fazer uma atividade em grupo, sendo que cada grupo deve ter 4 alunos. Sabe-se que na sala tem-se 48 alunos. Quantos grupos deverão ser formados?

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

10

11

12

15

8

26. Em um prédio de 15 andares, foi instalado, em cada apartamento, um alarme. Sabendo-se que cada andar tem 8 apartamentos, qual o número de alarmes que deverá ser instalado?

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

80

120

140

150

200

27. Um fazendeiro vendeu 35 cabeças de gado a R$ 500,00 cada e resolveu comprar 20 cavalos que custa R$ 700,00 cada. Quanto ganhará o fazendeiro?

(A)

R$ 2.500,00

(B)

R$ 3.200,00

(C)

R$ 3.500,00

(D)

R$ 4.000,00

(E)

R$ 4.500,00

28. Uma loja de calçados vendeu 15 pares de sapatos, a R$ 50,00 cada. Sabendo-se que o custo de cada sapato para a loja é de R$ 34,00, qual será o lucro da loja?

(A)

R$ 250,00

(B)

R$ 200,00

(C)

R$ 220,00

(D)

R$ 400,00

(E)

R$ 240,00

29. Em uma papelaria, uma máquina de xérox fez 10.000 cópias com um cartucho. Sabendo-se que o valor de cada cópia é R$ 0,15 centavos, qual o valor, em reais que a papelaria receberá a cada troca de cartucho?

(A)

R$ 1.050,00

(B)

R$ 1.100,00

(C)

R$ 2.200,00

(D)

R$ 1.000,00

(E)

R$ 1.500,00

30. Para revestir o piso de uma casa, foram gastos R$ 120,00 na compra de 15 caixas de cerâmica, contendo 10 peças cada uma. Qual o custo de cada peça de cerâmica?

(A)

R$ 1,00

(B)

R$ 1,20

(C)

R$ 0,80

(D)

R$ 0,50

(E)

R$ 0,40

31. Pedro se aposentou e comprou uma chácara no interior. Ele comprou 20 cabeças entre vacas e patos, perfazendo um total de 52 patas. Quantas são as vacas e quantos são os patos, respectivamente, que Pedro comprou?

(A)

4

e 16

(B)

6

e

14

(C)

7

e 13

(D)

5

e 15

(E)

8

e 12

32. José foi ao banco receber seu salário mensal e, após conferir seu dinheiro, pagou R$ 300,00 pelas contas de água, energia elétrica e telefone. Em seguida, foi ao supermercado fazer as compras do mês e gastou R$ 480,00. No caminho para sua casa, encontrou seus dois filhos e lhes presenteou com R$ 30,00 cada; em seguida, encontrou seu primo Antonio, que lhe devolveu R$ 70,00 que havia pedido emprestado no mês anterior. Sabendo que José chegou em casa com R$ 1010,00, pode-se concluir que seu salário mensal é?

(A)

R$ 1.300,00

(B)

R$ 1.750,00

(C)

R$ 1.620,00

(D)

R$ 1.780,00

(E)

R$ 1.860,00

33. Uma sala de cinema vendeu, em um determinado dia, 47 ingressos para adultos a R$ 16,00 cada um e 253 ingressos para estudantes a R$ 8,00 cada um. Qual foi o valor total arrecadado pelo cinema nesse dia?

(A)

R$ 2.024,00

(B)

R$ 752,00

(C)

R$ 2.776,00

(D)

R$ 2.525,00

(E)

R$ 1856,00

34. Para assistir a um show, têm-se 4 opções para compra de ingressos, de acordo com a tabela a seguir:

Plano A

1

ingresso por R$ 60,00

Plano B

5

ingressos por R$ 275,00

Plano C

9

ingressos por R$ 477,00

Plano D

11 ingressos por R$ 627,00

Em quais planos o torcedor pagará o menor preço?

(A)

A e D.

(B)

B e C.

(C)

A e C.

(D)

C e D.

(E)

B e D.

35. Carlos ganhou na loteria um prêmio de R$ 427.600,00, ficou com a metade do valor e dividiu a outra metade, em partes iguais, para seus 4 filhos. Quanto cada filho recebeu?

(A)

R$ 119.773,00

(B)

R$ 213.800,00

(C)

R$ 53.450,00

(D)

R$ 106.900,00

(E)

R$ 44.500,00

CADERNO DE QUESTÕES

Cargo: 02 – Ajudante de Motorista

LÍNGUA PORTUGUESA

Leia o texto abaixo e responda às questões de 1 a 5.

A felicidade é a empada do "Bigode"

Nossa visão de alegria é não ver o mal do mundo. No fim de ano todo mundo começa a falar: “Feliz natal, feliz ano novo!”. Mas, ser feliz, como? O sujeito passou o ano todo quebrando a cara, reclamando da mulher, batendo nos filhos, lutando contra o desemprego, sendo humilhado

pelos patrões, e aí, chega o fim do ano e todo mundo diz:

“Seja feliz!” E aí o sujeito tem de estampar um sorriso alvar no rosto, uma baba simpática, um olhar vazado de luz bondosa, faz uma arvorezinha de Natal com bolotas coloridas, mata um peru magro e pensa: “Sou feliz!” “O ano que vem vai melhorar!” Felicidade muda com a época. Antigamente, a felicidade era uma missão, a conquista de algo maior que nos coroasse de louros, a felicidade demandava o “sacrifício”, a luta por cima de obstáculos. Felicidade se construía – por sabedoria ou esforço criávamos condições de paz e alegria em nossas vidas. Hoje, felicidade é ser desejado. Felicidade é ser consumido, é entrar num circuito comercial de sorrisos e festas e virar um objeto de consumo. Hoje, confundimos

Uma salsicha é

nosso destino com o destino das coisas

feliz? Os peitos de silicone são felizes? A felicidade não é mais interna, contemplativa, não é a calma vivência do instante, ou a visão da beleza. A felicidade é ter um “bom funcionamento”. Marshall McLuhan falou que os meios de comunicação são extensões de nossos braços, olhos e ouvidos. Hoje, inverteram-se. Nós é que somos extensões das coisas. Fulano é a extensão de

um banco, sicrano comporta-se como um celular, beltrana rebola feito um liquidificador.

-----------

Mas, o homem também quer ser “coisa”, só que mais

ativa, como uma metralhadora, uma Ferrari, um torpedo inteligente.

-----------

Fui educado por jesuítas e pai severo, para quem o riso era quase um pecado. O narcisismo de butique de hoje reprime dúvidas e tristezas óbvias. Eles têm medo do medo e praticam uma espécie de fobia eufórica, uma síndrome de pânico ao avesso: gargalhadas de pavor. E ainda atribuem uma estranha “profundidade” a esta superficialidade, porque, hoje, esse diletantismo tem o charme raso de ser uma sabedoria elegante e “pós-tudo”. Mas, falo, falo e não digo o essencial. Hoje, a felicidade é entrar num pavilhão de privilegiados. Eu queria não pensar, queria ser um imbecil completo sem angústias – (meus inimigos dirão:

“Você tem tudo pra isso. Sou uma esponja que se deixa tocar por tudo, desde a crise da dívida pública até o muro da Cisjordânia. Lembro a personagem de Eça de Queiroz que dizia: “Como posso ser feliz se a Polônia sofre?” Hoje, a felicidade está na relação direta com a

capacidade de não ver, de negar, de “forcluir” como dizem os lacanianos. Felicidade é uma lista de negativas. Não ter câncer, não ler jornal, não olhar os meninos miseráveis no sinal, não ver cadáveres na TV, não ter coração. O mundo está tão sujo e terrível que a felicidade é se transformar num clone de si mesmo, num andróide sem sentimentos, sem esperança, sem futuro, só vivendo um presente longo, como uma “rave” sem fim. Pedem-me previsões para o ano que vem. Tudo pode acontecer. Quem imaginaria o 11 de Setembro?

-------------

Só nos resta a “objetificação” do consumo. Ou então, viver a felicidade das pequenas coisas. Outro dia, eu estava comendo uma empada de palmito na porta da Globo (na Kombi do “Bigode”, que faz as melhores empadas do mundo) quando, sem quê nem porquê, fui invadido por uma infinita ventura, uma felicidade que nunca tive. Durou uns minutos. Não sei a razão; acho que foi um protesto do corpo, um cansaço da depressão. Mas, logo depois, passou e voltei ao duro show da vida. Hoje felicidade é o brilho de um solitário que suga o prazer, sem conflitos, sem afetos profundos, mas sempre com um sorriso simpático e congelado, porque é mais “comercial” ser alegre do que o velho herói dos anos 60, que carregava a dor do mundo. O herói feliz acha que não precisa de ninguém, que todos devem se aprisionar em seu charme, mas ele é ninguém. Para o herói criado pela mídia, o mundo é um grande pudim a ser comido. Feliz natal e feliz ano novo.

Crônica de Arnaldo Jabor, adaptada para esta prova.

Vocabulário alvar – ingênuo/ estúpido/ tolo forcluir – negar/ reprimir/ tirar de cena rave - é um tipo de festa que acontece em sítios (longe dos centros urbanos) ou galpões, com música eletrônica. diletantismo- o exercício de uma arte por paixão e não por obrigação.

1. Leia as proposições abaixo e assinale a alternativa que reúna as afirmativas corretas em relação à interpretação do texto.

I.

A leitura do primeiro parágrafo deixa transparecer que o autor não vê uma real felicidade no mundo de hoje, acha hipócrita a frase — “Feliz natal, feliz ano novo!”. — pois, para ele, a verdade é que não há felicidade, a comemoração do Natal em família é um ato mecânico, marcado por uma data determinada pelo calendário, em que se deve enfeitar a casa e desejar a felicidade para si e para o outro.

II.

Hoje os tempos mudaram, pois a felicidade é consumir e ser invejado, tal qual uma mercadoria na prateleira.

III.

Antigamente era pior ainda, pois não se comprava a felicidade, tudo era muito sacrificado, cheio de obstáculos.

IV.

A felicidade só é real se construída com esforço e sabedoria, criando situações que proporcionem paz e alegria em nossas vidas.

(A)

Somente I e IV.

(B)

Somente II e IV.

(C)

Somente I, II e IV.

(D)

Somente I e III.

(E)

Somente I, III e IV.

2.

O

trecho: “A felicidade não é mais interna, contemplativa,

não é a calma vivência do instante, ou a visão da beleza.

A

felicidade é ter um ‘bom funcionamento’.” pode ser

resumido pela oração:

(A)

a tecnologia seduz mais do que a simplicidade da natureza e da vida tranqüila.

(B)

o termo “bom funcionamento” está entre aspas porque se refere à saúde.

(C)

o instante é inexpressivo, a felicidade está no futuro.

(D)

a beleza é o maior objeto de consumo dos tempos modernos.

(E)

a calma não existe mais, pois a vida moderna é muito agitada.

3.

A frase abaixo caracteriza o comportamento das pessoas

na

sociedade atual, uma explicação para isso é o (a)

“Eles têm medo do medo e praticam uma espécie de fobia eufórica, uma síndrome de pânico ao avesso: gargalhadas

de

pavor.”

(A)

comprometimento consigo.

(B)

fuga da realidade.

(C)

responsabilidade com o futuro.

(D)

alegria e alienação.

(E)

euforia com a liberdade.

4.

Segundo o cronista, para ser feliz no mundo e na época em que vivemos atualmente, é necessário

I. alienar-se da realidade, fingindo que tudo está bem, tornando-se cego perante os problemas que nos chegam.

II. ser imbecil como os privilegiados que não se angustiam com os problemas dos outros.

III. não assistir aos noticiários da TV, protegendo-se e afastando-se dos fatos reais, tornando-se uma pessoa fria e sem sentimentos.

IV. viver o hoje e sentir prazer nas pequenas coisas, como por exemplo, comer uma empada do “Bigode”.

É correto o que se afirma em

(A)

I e III, apenas.

(B)

III e IV, apenas.

(C)

I, II e III, apenas.

(D)

I, III e IV, apenas.

(E)

II e III, apenas.

5. No trecho: “O herói feliz acha que não precisa de ninguém, que todos devem se aprisionar em seu charme, mas ele é ninguém.” Interpretando o trecho grifado e relacionando-o com todo o contexto da crônica, pode-se afirmar que esse herói

I. não tem soluções nem para os seus próprios problemas nem para os dos outros.

II. é muito charmoso, e isso basta para fazer dele um herói.

III. não há quem possa salvar o mundo perante o caos em que ele se encontra, por isso a inexistência do herói, na afirmação — mas ele é ninguém.

IV. o verbo achar, empregado na frase, confirma o falso herói, pois ele não está certo de que se basta, de que não precisa de ninguém.

É correto o que se afirma em

(A)

I e II, apenas.

(B)

II e III, apenas.

(C)

III e IV, apenas.

(D)

IV, apenas.

(E)

I e IV, apenas.

6. O vocábulo “herói” inicia-se com a letra “h”. Assinale a alternativa cuja palavra também deve ter um h inicial.

(A)

ourela

(B)

oriundo

(C)

óstia

(D)

ozônio

(E)

osmose

7. Assinale a alternativa em que a palavra esteja grafada

corretamente.

(A)

Esagero.

(B)

Escelente.

(C)

Picina.

(D)

Exigência.

(E)

Exceso.

8. Assinale a alternativa cujo vocábulo deva ser escrito com

“z”.

(A)

qui_esse

(B)

conven_ão

(C)

corti_a

(D)

e_periência

(E)

inten_ional

9. Assinale a alternativa cuja palavra deva ser escrita com “x”.

14. Assinale a alternativa cuja palavra deva ser escrita com “z”.

(A)

e_tanque

(A)

parali_ação

(B)

e_trutura

(B)

banali_ação

(C)

e_comungar

(C)

contu_ão

(D)

e_tribar

(D)

transfu_ão

(E)

e_tornar

(E)

difu_ão

10. Assinale

a

alternativa

cujas

corretamente grafadas.

palavras

estejam

todas

15. Assinale a alternativa que apresenta todas as palavras corretamente grafadas.

(A)

vultuoso/ afetuosa/ improvizo/ beneficente

(A)

hélice/ explêndido/ liqüides

(B)

sombrancelha/ tenebrosa/ rapidez/ gengiva

(B)

improvisar/ envernizar/ sutilesa

(C)

análise/ fraquesa/ monstruário / pequenez

(C)

batizado/ florescer/ esquizofrenia

(D)

pausa/ berinjela/ languidez/ conciência

(D)

cafezal/ pobresa/ vagem

(E)

ojeriza/ mortadela / disenteria/ paralisia

(E)

espectativa/ tijela/ hesitante

11. Assinale a alternativa em que todas as palavras estejam grafadas corretamente.

(A)

O salão foi totalmente reformado e contrataram uma nova cabelereira.

(B)

A

sela

não

comportava

aquela

multidão

de

prisioneiros.

 

(C)

A

moto foi para o concerto porque chocou-se contra

o

muro.

(D)

Sou um privilegiado, divirto-me enquanto trabalho.

 

(E)

Levei minha mãe ao oculista e ele delatou as pupilas dela.

12. Assinale a alternativa cujo conjunto de palavras deva ser escrito com “ss”.

(A)

ace

ível/

conce

ionária/

bên

ão

(B)

averigua

ão/

exce

 

ivo/

obse

ão

(C)

admira

ão/

exalta

ão/

trave

ão

(D)

absce

o/

opre

ão/

ace

ório

(E)

a

íduo/

tor

ão/

progre

ão

13. Assinale a alternativa que apresente a grafia incorreta de algum dos vocábulos.

(A)

O

viajante adora conhecer lugares exóticos.

 

(B)

A

viajem de Mário à Europa foi maravilhosa.

(C)

O

ideal

é

que

todos

viajem de navio

para

o

Nordeste.

 

(D)

Os agiotas deveriam ser presos por explorarem os desafortunados.

(E)

Há muita malandragem na política do nosso país.

 

MATEMÁTICA

16. Marque a alternativa CORRETA

252 +

36 =

2

O resultado é:

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

136

144

180

250

270

17. Marque a alternativa CORRETA

25 X 5 - 32=

O número que completa o espaço é:

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

91

93

92

94

95

18. Uma fábrica de brinquedos produz 100 triciclos, 150 bicicletas. Sabendo-se que para a fabricação de cada triciclo são necessárias três rodas, e cada bicicleta são necessárias duas rodas, qual o total de rodas produzidas?

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

500

600

800

300

250

19. Uma fábrica produz 1.500 peças; dessas, 300 são do produto A e o restante, do produto B. Sabendo-se que o valor de cada peça A é de R$ 1,00 e o de cada peça B é de R$ 3,00, qual valor, em reais, que a fábrica ganhará?

(A)

R$ 4.800,00

(B)

R$ 4.100,00

(C)

R$ 3.200,00

(D)

R$ 3.500,00

(E)

R$ 3.900,00

20. Em uma aula de português, a professora resolveu fazer uma atividade em grupo, sendo que cada grupo deve ter 4 alunos. Sabe-se que na sala tem-se 48 alunos. Quantos grupos deverão ser formados?

24. Em uma papelaria, uma máquina de xérox fez 10.000 cópias com um cartucho. Sabendo-se que o valor de cada cópia é R$ 0,15 centavos, qual o valor, em reais que a papelaria receberá a cada troca de cartucho?

(A)

R$ 1.050,00

(B)

R$ 1.100,00

(C)

R$ 2.200,00

(D)

R$ 1.000,00

(E)

R$ 1.500,00

25. Para revestir o piso de uma casa, foram gastos R$ 120,00 na compra de 15 caixas de cerâmica, contendo 10 peças cada uma. Qual o custo de cada peça de cerâmica?

(A)

10

(A)

R$ 1,00

(B)

11

(B)

R$ 1,20

(C)

12

(C)

R$ 0,80

(D)

15

(D)

R$ 0,50

(E)

8

(E)

R$ 0,40

21. Em um prédio de 15 andares, foi instalado, em cada apartamento, um alarme. Sabendo-se que cada andar tem 8 apartamentos, qual o número de alarmes que deverá ser instalado?

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

80

120

140

150

200

22. Um fazendeiro vendeu 35 cabeças de gado a R$ 500,00 cada e resolveu comprar 20 cavalos que custa R$ 700,00 cada. Quanto ganhará o fazendeiro?

(A)

R$ 2.500,00

(B)

R$ 3.200,00

(C)

R$ 3.500,00

(D)

R$ 4.000,00

(E)

R$ 4.500,00

23. Uma loja de calçados vendeu 15 pares de sapatos, a R$ 50,00 cada. Sabendo-se que o custo de cada sapato para a loja é de R$ 34,00, qual será o lucro da loja?

(A)

R$ 250,00

(B)

R$ 200,00

(C)

R$ 220,00

(D)

R$ 400,00

(E)

R$ 240,00

26. Pedro se aposentou e comprou uma chácara no interior. Ele comprou 20 cabeças entre vacas e patos, perfazendo um total de 52 patas. Quantas são as vacas e quantos são os patos, respectivamente, que Pedro comprou?

(A)

4

e 16

(B)

6

e

14

(C)

7

e 13

(D)

5

e 15

(E)

8

e 12

27. José foi ao banco receber seu salário mensal e, após conferir seu dinheiro, pagou R$ 300,00 pelas contas de água, energia elétrica e telefone. Em seguida, foi ao supermercado fazer as compras do mês e gastou R$ 480,00. No caminho para sua casa, encontrou seus dois filhos e lhes presenteou com R$ 30,00 cada; em seguida, encontrou seu primo Antonio, que lhe devolveu R$ 70,00 que havia pedido emprestado no mês anterior. Sabendo que José chegou em casa com R$ 1010,00, pode-se concluir que seu salário mensal é?

(A)

R$ 1.300,00

(B)

R$ 1.750,00

(C)

R$ 1.620,00

(D)

R$ 1.780,00

(E)

R$ 1.860,00

28.

Uma sala de cinema vendeu, em um determinado dia, 47 ingressos para adultos a R$ 16,00 cada um e 253 ingressos para estudantes a R$ 8,00 cada um. Qual foi o valor total arrecadado pelo cinema nesse dia?

(A)

R$ 2.024,00

(B)

R$ 752,00

(C)

R$ 2.776,00

(D)

R$ 2.525,00

(E)

R$ 1856,00

29. Para assistir a um show, têm-se 4 opções para compra de ingressos, de acordo com a tabela a seguir:

Plano A

1

ingresso por R$ 60,00

Plano B

5

ingressos por R$ 275,00

Plano C

9

ingressos por R$ 477,00

Plano D

11 ingressos por R$ 627,00

Em quais planos o torcedor pagará o menor preço?

(A)

A e D.

(B)

B e C.

(C)

A e C.

(D)

C e D.

(E)

B e D.

30. Carlos ganhou na loteria um prêmio de R$ 427.600,00, ficou com a metade do valor e dividiu a outra metade, em partes iguais, para seus 4 filhos. Quanto cada filho recebeu?

(A)

R$ 119.773,00

(B)

R$ 213.800,00

(C)

R$ 53.450,00

(D)

R$ 106.900,00

(E)

R$ 44.500,00

CADERNO DE QUESTÕES

Cargo: 03 – Assistente Administrativo

LÍNGUA PORTUGUESA

Para responder às questões de 1 a 5, leia o texto abaixo, extraído do site www.liquigas.com.br, com adaptações:

Em 07 de dezembro de 2006, durante evento no Centro Operativo de Osasco, a Liquigás aderiu ao “Programa Siga Bem Criança”, que é um manifesto pelo

fim da exploração e da violência sexual contra a criança e o adolescente. Desta forma, a Liquigás propõe-se a apoiar o Projeto Siga Bem Criança, do Programa Petrobras Fome Zero, com seus caminhões devidamente adesivados contendo o telefone do disque denúncia, além do incentivo aos procedimentos a serem tomados contra a exploração sexual de crianças e adolescentes.

O Programa Siga Bem Caminhoneiro – veiculado

nacionalmente pela emissora SBT e em 220 emissoras de rádio, como um dos principais canais de mobilização e disseminação de informações sobre o Siga Bem Criança –

dedica um bloco exclusivo ao tema.

O Programa Siga Bem Criança, patrocinado pela

Petrobras, conscientiza milhares de profissionais das estradas sobre os problemas da prostituição de crianças e adolescentes no país. Fome, miséria, violência e abuso sexual. Esses são os principais motivos que levam inúmeras crianças e adolescentes a saírem de casa. A estrada se torna um importante canal de fuga, já que em 2 ou 3 dias esses jovens estarão a centenas de quilômetros de casa. E, o pior, em breve esses meninos e meninas estarão se prostituindo por um saco de comida ou um saco de biscoito. Infelizmente, hoje o Brasil é o país que tem o maior número de crianças e adolescentes sofrendo exploração sexual. A falta de informações, somada à dificuldade de identificação, impede muitas vezes a denúncia. Para combater essa violação dos direitos humanos, foi lançado há três anos o Programa Siga Bem Criança, iniciativa de combate à exploração sexual infanto-juvenil na beira das estradas, que integra o programa Petrobras Fome Zero e conta com a participação da Subsecretaria Especial dos Direitos Humanos e organismos como a Unicef. O Siga Bem Criança está embasado no projeto “Um mundo para as crianças”, acordo firmado entre os governos e a ONU/Unicef em 2002. A iniciativa possui 21 metas e objetivos específicos, a serem atingidos ao longo da próxima década, para melhorar a saúde infantil, a educação e a proteção às crianças contra o abuso, a exploração e a violência, além de combater a transmissão do HIV/AIDS.

1. Levando em consideração as afirmações do texto e as orientações da gramática normativa tradicional, é correto afirmar que

(A)

no primeiro parágrafo, no trecho “a Liquigás aderiu ao ‘Programa Siga Bem Criança’, que é um manifesto”, a supressão da vírgula não implicaria erro gramatical ou mudança de sentido.

(B)

a

oração “a Liquigás propõe-se a apoiar o Projeto

Siga Bem Criança”, do segundo parágrafo, pode ser reescrita, sem que ocorra erro gramatical, preservando-se o sentido do texto original, da seguinte maneira: “a Liquigás e seus colaboradores propõe-se a apoiar o Projeto Siga Bem Criança”.

(C)

o fragmento “além do incentivo aos procedimentos”, do segundo parágrafo, pode ser reescrito, sem que ocorra erro gramatical, preservando-se o sentido do texto original, da seguinte maneira: “Não obstante incentivo aos procedimentos”.

(D)

na oração “além do incentivo aos procedimentos a serem tomados”, do segundo parágrafo, a primeira ocorrência da preposição “a”, que é fruto de regência verbal e precede o termo destacado, pode ser substituída, sem que ocorra erro gramatical e preservando-se o sentido do texto original, por “de”.

(E)

na oração “além do incentivo aos procedimentos a serem tomados”, do segundo parágrafo, a forma verbal destacada está na voz passiva e faz parte de uma oração reduzida de infinitivo.

2. Levando em consideração as afirmações do texto e as orientações da gramática normativa tradicional, é correto afirmar que

(A)

no terceiro parágrafo do texto, o autor poderia ter usado vírgulas nos lugares em que utilizou travessões, mas essa troca dificultaria a compreensão da relação entre o sujeito “O Programa Siga Bem Caminhoneiro” e seu predicado “dedica um bloco exclusivo ao tema”.

(B)

o

trecho “veiculado nacionalmente pela emissora

SBT e em 220 emissoras de rádio”, do terceiro parágrafo, pode ser reescrito, sem que ocorra erro gramatical, preservando-se o sentido do texto original, da seguinte maneira: “veiculado nacionalmente pela emissora SBT e por 220 emissoras de rádio”.

(C)

o

termo “o tema”, no final do terceiro parágrafo,

refere-se ao incentivo que a Liquigás tem dado a programas como o Siga Bem Criança, iniciado em 07 de dezembro de 2006, durante evento no Centro Operativo de Osasco.

(D)

no trecho “O Programa Siga Bem Criança,

patrocinado pela Petrobras, conscientiza

”,

do

quarto parágrafo, preserva-se o sentido original do texto mesmo que as vírgulas sejam suprimidas.

(E)

se o quarto parágrafo for transposto para a voz

passiva sintética, respeitando a tradição gramatical,

o autor do texto poderia começar a redação da

seguinte maneira: “Conscientiza-se, por meio do Programa Siga Bem Criança, patrocinado pela Petrobras, milhares de profissionais das estradas

3. Levando em consideração as afirmações do texto e as orientações da gramática normativa tradicional, é correto afirmar que

(A)

no trecho “Fome, miséria, violência e abuso sexual. Esses são os principais motivos”, do quinto parágrafo, a utilização de dois-pontos no lugar do ponto prejudicaria a correção gramatical e o sentido original do texto.

(B)

o trecho “Fome, miséria, violência e abuso sexual. Esses são os principais motivos”, do quinto parágrafo, pode ser reescrito, preservando-se o sentido do texto original, sem que ocorra erro gramatical, da seguinte maneira: “Fome, miséria, violência e abuso sexual tratam-se dos principais motivos”.

(C)

pode-se inferir que a divulgação do Programa Siga Bem Criança, no programa Siga Bem Caminhoneiro, é importante porque as crianças que abandonam seus lares, muitas vezes, fazem-no por meio de estradas, onde acabam se prostituindo.

(D)

no trecho “E, o pior, em breve esses meninos e meninas estarão se prostituindo”, é incorreta, de acordo com a gramática normativa, a utilização de uma vírgula depois da expressão “em breve”.

(E)

as formas verbais no futuro do presente do indicativo, nas últimas orações do quinto parágrafo, expressam ações que jamais ocorreram – mas que podem ocorrer – até o momento em que o texto foi escrito.

4. Levando em consideração as afirmações do texto e as orientações da gramática normativa tradicional, é correto afirmar que

(A)

a oração “A falta de informações, somada à dificuldade de identificação, impede muitas vezes a denúncia”, do sexto parágrafo, pode ser reescrita, sem que ocorra erro gramatical, preservando-se o sentido do texto original, da seguinte maneira: “A falta de informações e a dificuldade de identificação impede muitas vezes a denúncia”.

(B)

o trecho “somada à dificuldade de identificação”, do sexto parágrafo, pode ser reescrito, sem que ocorra erro gramatical, da seguinte maneira: “somada à dificuldades de identificação”.

(C)

no trecho “Para combater essa violação dos direitos humanos”, do sexto parágrafo, o termo destacado refere-se ao período anterior do texto, ou seja, ao fato de a falta de informações, somada à dificuldade de identificação, impedir muitas vezes a denúncia.

(D)

no trecho “foi lançado há três anos o Programa Siga Bem Criança, iniciativa de combate à exploração sexual”, do sexto parágrafo, há erro gramatical, já que “iniciativa”, núcleo do aposto, não concorda em gênero com “Programa”, núcleo do termo ao qual o aposto se refere.

(E)

no trecho “que integra o programa Petrobras Fome Zero e conta com a participação”, do sexto parágrafo, o pronome relativo destacado não se refere a seu antecedente imediatamente anterior, mas ao termo “Programa Siga Bem Criança”, o que levou os verbos “integrar” e “contar” ao singular.

5. Levando em consideração as afirmações do texto e as orientações da gramática normativa tradicional, é correto afirmar que

(A)

no sexto parágrafo, antes do termo “organismos como a Unicef”, é obrigatória a utilização da preposição “com”.

(B)

no último parágrafo do texto, o termo “A iniciativa” refere-se ao Programa Siga Bem Criança.

(C)

no último parágrafo, as palavras “está”, “além” e “saúde” foram acentuadas pelo mesmo motivo.

(D)

no último parágrafo, o termo “acordo firmado entre os governos e a ONU/Unicef em 2002” exerce a função sintática de aposto.

(E)

no

trecho “melhorar a saúde infantil, a educação e a

proteção às crianças”, todos os termos destacados são núcleos de complementos verbais.

Para responder às questões de 6 a 9, leia o texto abaixo, um fragmento do conto “O peru de natal”, de Mário de Andrade.

O nosso primeiro Natal de família, depois da morte

de meu pai acontecida cinco meses antes, foi de conseqüências decisivas para a felicidade familiar. Nós sempre fôramos familiarmente felizes, nesse sentido muito abstrato da felicidade: gente honesta, sem crimes, lar sem

brigas internas nem graves dificuldades econômicas. Mas, devido principalmente à natureza cinzenta de meu pai, ser desprovido de qualquer lirismo, duma exemplaridade incapaz, acolchoado no medíocre, sempre nos faltara aquele aproveitamento da vida, aquele gosto pelas felicidades materiais, um vinho bom, uma estação de águas, aquisição de geladeira, coisas assim. Meu pai fora de um bom errado, quase dramático, o puro-sangue dos desmancha-prazeres. Morreu meu pai, sentimos muito, etc. Quando chegamos nas proximidades do Natal, eu já estava que não podia mais pra afastar aquela memória obstruente do morto, que parecia ter sistematizado pra sempre a obrigação de uma lembrança dolorosa em cada gesto mínimo da família. Uma vez que eu sugerira à mamãe a idéia dela ir ver fita no cinema, o que resultou foram lágrimas. Onde se viu ir ao cinema, de luto pesado! A dor já estava sendo cultivada pelas aparências, e eu, que sempre gostara apenas regularmente de meu pai, mais por instinto de filho que por espontaneidade de amor, me via a ponto de aborrecer o bom do morto.

ANDRADE, Mário de. “O peru de Natal”. In: Os cem melhores contos brasileiros do século. Rio de Janeiro: Objetiva, 2000.

6. A respeito dos sentimentos do narrador em relação ao pai, é possível afirmar, de acordo com o fragmento de texto acima, que

(A)

o narrador

não

ama

o

pai

e

rejeita-o

veementemente, mesmo após sua morte, porque a

este faltava

capacidade

de

desfrutar

de

bens

materiais.

 

(B)

é

possível perceber que o narrador quer muito amar

o

pai, mas não pode fazê-lo porque a personalidade

deste era demasiado cinzenta, isto é, melancólica e bastante mal-humorada.

(C)

o

narrador amava espontaneamente o pai, apesar

de rejeitar veementemente a natureza cinzenta, a mediania e a incapacidade de gozar a vida que observava em seu progenitor.

(D)

o amor do narrador ao pai não era fruto de sentimento espontâneo, mas de um instinto de filho, que gostava do progenitor de forma meramente regular.

(E)

a

personalidade cinzenta do pai, sua mediocridade e

sua capacidade de ser um grande desmancha- prazeres, não são suficientes para eliminar o amor incondicional do narrador.

7. Levando em consideração as afirmações do texto e as orientações da gramática normativa tradicional, é correto afirmar que

(A)

no

trecho

“Nós

sempre

fôramos

familiarmente

felizes”, do primeiro parágrafo, a forma verbal destacada indica passado posterior à morte do pai do narrador.

(B)

a

causa de faltar à família “aquele aproveitamento

da vida, aquele gosto pelas felicidades materiais” é a personalidade “cinzenta” do pai.

(C)

no trecho “ser desprovido de qualquer lirismo”, do primeiro parágrafo, há uma oração reduzida de infinitivo.

(D)

no trecho “um vinho bom, uma estação de águas, aquisição de geladeira”, do primeiro parágrafo, a ausência de artigo indefinido antes do termo destacado cria incoerência textual.

(E)

no trecho “o puro-sangue dos desmancha- prazeres”, do primeiro parágrafo, o termo destacado

é adjetivo.

8. Uma das características marcantes do texto é a ocorrência de palavras, expressões ou construções frasais que o aproximam do falar cotidiano. Assinale a alternativa em que o termo sublinhado confirma essa afirmação.

(A)

foi

de conseqüências decisivas para a felicidade

familiar”.

(B)

obrigação de uma lembrança dolorosa em cada gesto mínimo da família”.

a

(C)

“ já estava que não podia mais pra afastar

eu

aquela memória”.

 

(D)

“Uma vez que eu sugerira à mamãe a idéia

(E)

“A dor

estava

sendo

cultivada

pelas

aparências

9. Levando em consideração as afirmações do texto e as orientações da gramática normativa tradicional, é correto afirmar que

(A)

o

termo “obstruente”, do segundo parágrafo, pode

ser substituído, preservando-se a coerência das

idéias do texto, por “recente”.

 

(B)

o

trecho “

a idéia dela ir ver fita no cinema

”,

do

segundo parágrafo, segundo a gramática tradicional,

deveria ter sido escrito da seguinte maneira: “ idéia de ela ir ver fita no cinema ”

a

(C)

a oração “Onde se viu ir ao cinema, de luto pesado!”, do segundo parágrafo, contém o ponto de vista do narrador do texto, ou seja, para ele é errado ir ao cinema quando se está de luto.

(D)

na oração “o que resultou foram lágrimas”, do segundo parágrafo, a forma verbal destacada deveria ter sido flexionada no singular.

(E)

no trecho “mais por instinto de filho que por espontaneidade de amor”, do segundo parágrafo, é proibida a inclusão de “do” antes de “que”.

10. Cada um dos itens abaixo contém trechos de textos publicados no site oficial da Liquigás. Em todos eles, exceto em um, foi introduzido pelo menos um erro gramatical. Assinale a alternativa que respeita as regras da gramática normativa tradicional.

(A)

A idéia inicial da Liquigás era a criação de companhias regionais, com a participação de sócios brasileiros. Em 1954, em São Paulo, foi constituída a Liquigás do Brasil. Apesar da empresa estar sediada em São Paulo, a Liquigás do Brasil começou a operar em Salvador, utilizando o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) produzido na refinaria de Mataripe.

(B)

O

envase era feito na própria refinaria e os botijões

eram transportados em barcaças a Salvador, para distribuição domiciliar, dando início a uma experiência-piloto, já que as empresas instaladas no país, comercializavam seus botijões a partir da venda inicial conjunta de fogão e botijão.

(C)

A

Liquigás do Brasil, partindo para a venda exclusiva

do gás, rapidamente montou uma rede própria de concessionários e, no dia 06 de agosto de 1955, marcou sua entrada efetiva no mercado paulista. Na época, foi lançada uma campanha para divulgação e

anúncio que estavam abertas inscrições para a nomeação de concessionários.

o

(D)

Promocionalmente a Liquigás do Brasil destacou-se por algumas atividades inovadoras. Ela mantinha um concurso interno entre seus revendedores: aos que mais se destacavam, oferecia-lhes viagens à Itália, onde as instalações da matriz faziam parte do roteiro.

(E)

No Brasil, a distribuição de GLP em recipientes transportáveis, os denominados botijões de gás, abrangem 100% do território nacional e garantem o abastecimento de 95% dos domicílios. Ou seja, sua presença em nosso país é maior do que a da energia elétrica, da água encanada e da rede de esgotos.

MATEMÁTICA

11.

A

função f: RR é crescente, se

f ( 4x – 2 ) > f ( 6 + 2x ),

então

(A)

2<x<3.

(B)

x > 4.

(C)

x < 4.

(D)

x > 0.

(E)

x< 2.

12.

Uma pessoa aplicou R$ 3.500,00 a juros simples, durante dois anos e meio, tendo recebido um montante de R$6.150,00. Calcule a taxa mensal dessa aplicação

(A)

2% a.m.

(B)

3% a.m.

(C)

1% a.m.

(D)

4% a.m.

(E)

5% a.m.

13.

A

maior raiz da equação 3 2x + 1 – 16 . 3 x + 5 = 0 é

(A)

4.

(B)

0,5.

(C)

log 3 5.

(D)

log 5 3.

(E)

5.

14.

Para que o sistema abaixo seja possível e determinado, o valor de a deverá ser:

ax + 3y = 7 x +2y = 1

 

(A)

a = 3.

(B)

a = 3/2.

(C)

a 3/2.

(D)

a 5/2.

(E)

a 2/5.

15.

Se A= (aij) 3x3 é a matriz definida por aij = i + j e B (bij) 3x3 é

a matriz definida por bij= 2i –j, então o elemento localizado na terceira linha e segunda coluna da matriz A.B é

(A)

28.

(B)

34.

(C)

31.

(D)

22.

(E)

44.

CONHECIMENTOS DE INFORMÁTICA

16. Utilizando-se do Microsoft Excel, considerando que é necessário fazer uma soma da seqüência numérica 92+14+37 deve-se fazer a operação

(A)

= 92+25+37

(B)

=Soma(92.14.37)=

(C)

(SOMA = 92+14+37)

(D)

=SOMA(92;14;37)

(E)

(SOMA) = 92+14+37

17. Observe a barra de ferramentas de desenho do Microsoft Power Point e considere as afirmações a seguir:

Microsoft Power Point e considere as afirmações a seguir: I. Com o trabalho. ícone traçamos linhas

I. Com

o

trabalho.

ícone

as afirmações a seguir: I. Com o trabalho. ícone traçamos linhas em nosso II. O ícone

traçamos

linhas

em

nosso

II. O ícone elipse é usado para ocultar figuras e formas

II. O ícone elipse é usado para ocultar figuras e formas selecionadas e o seu ícone

selecionadas e o seu ícone representativo é o .

III. Para alterarmos as cores de preenchimento dos objetos selecionados, bem como criar textos

artísticos,

preenchimento.

utilizamos

o

ícone

,
,

cor

do

IV.

artísticos, preenchimento. utilizamos o ícone , cor do IV. Essa ferramenta insere uma sombra no objeto

Essa

ferramenta

insere

uma

sombra no objeto desejado.

pequena

É correto o que se afirma em

(A)

I, II e IV.

(B)

I e II.

(C)

III, apenas.

(D)

II e III, apenas.

(E)

IV, apenas.

18.

Leia as alternativas abaixo e responda.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

I. É uma linguagem dedicada à construção de home pages.

II. É um documento composto de textos e códigos especiais chamados tags.

III. Permite a exibição e a interação entre páginas Web.

IV. Os mais conhecidos são o Netscape Navigator e o Microsoft Internet Explorer.

V. É um "atalho" que pode levá-lo a outras partes do documento ou a outros documentos.

De acordo com as sentenças, faz(em) referência(s) ao programa Browser

(A)

somente I e II.

(B)

somente III e IV.

(C)

I, IV e V.

(D)

III, IV e V.

(E)

apenas a III.

19. Os ícones abaixo servem, no MS-Word, respectivamente, para

Os ícones abaixo servem, no MS-Word, respectivamente, para (A) verificar a ortografia e gramática; alterar a

(A)

verificar a ortografia e gramática; alterar a cor da fonte utilizada.

(B)

alterar as letras para caixa alta; realçar a cor da fonte.

(C)

fazer

auto-resumo

do

texto;

sublinhar

o

termo

selecionado.

 

(D)

verificar a ortografia e gramática; deixar o termo grifado.

(E)

verificação textual; formatar o tamanho e a cor da fonte.

20. O chefe pediu a sua secretária para que ela alterasse o texto todo da seguinte forma:

Queria um texto centralizado, em itálico, com espaçamento em 1,5 entre as linhas. Imediatamente, a secretária disse que já havia formatado. De forma ágil, ela utilizou-se de comandos de formatação de caracteres. Os comandos que realizariam tal tarefa são, respectivamente,

(A)

Ctrl+E; Ctrl+i; Ctrl+5

(B)

Ctrl+C; Ctrl+i; Ctrl+15

(C)

Ctrl+C; Ctrl+t; Ctrl+15

(D)

Ctrl+C; Ctrl+t; Ctrl+1

(E)

Ctrl+E; Ctrl+l; Ctrl+1

21. No que diz respeito ao registro e anotações na Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS do empregado, considerando as assertivas abaixo, assinale a alternativa

correta.

I.

A

CTPS é obrigatória para o exercício de qualquer

emprego, inclusive de natureza rural, ainda que em

caráter temporário, e para o exercício por conta própria de atividade profissional remunerada.

II.

A

CTPS será obrigatoriamente apresentada contra

recibo, pelo trabalhador ao empregador que o admitir, o qual terá o prazo de quarenta e oito horas para nela anotar, especificamente, a data de admissão e as condições especiais, sendo facultada

a

indicação da remuneração a ser paga, podendo

adotar-se sistema manual, mecânico ou eletrônico,

conforme instruções do Ministério do Trabalho.

III.

As anotações na CTPS serão feitas a qualquer tempo, por solicitação do trabalhador.

IV.

Pode o empregador efetuar anotações desabonadoras à conduta do empregado em sua CTPS, desde que verídicas.

(A)

As assertivas I e II estão corretas.

(B)

As assertivas II e III estão corretas.

(C)

As assertivas I e III estão corretas.

(D)

As assertivas III e IV estão corretas.

(E)

As assertivas I, II e III estão corretas.

22. Ainda relativamente ao registro do trabalhador e às anotações na Carteira de Trabalho e Previdência Social, é correto dizer que

(A)

as CTPS regularmente emitidas e anotadas servirão de prova nos casos de dissídio na Justiça do Trabalho entre a empresa e o empregado por motivo de salário, férias, ou tempo de serviço; mas não para cálculo de indenização por acidente de trabalho ou moléstia profissional.

(B)

nem todas as atividades obrigam o empregador ao registro de seus empregados.

(C)

o extravio ou inutilização da CTPS, por culpa da empresa, sujeitará esta à suspensão de suas atividades, em caso de reincidência.

(D)

para os efeitos da emissão, substituição ou anotação de CTPS, considerar-se-á crime de falsidade, com as penalidades previstas no art. 299 do Código Penal, anotar dolosamente em CTPS ou registro de empregado, ou confessar ou declarar, em juízo ou fora dele, data de admissão em emprego diversa da verdadeira.

(E)

as multas previstas na Consolidação das Leis do Trabalho - CLT para as práticas que infringem as normas referentes à anotação na CTPS serão aplicadas apenas pela Justiça do Trabalho, em processo judicial.

23. A Consolidação das Leis do Trabalho trata, em Capitulo específico, da Proteção do Trabalho da Mulher, quanto a isso, é correto dizer que

(A)

é permitido considerar-se o sexo como variável para fixação da remuneração do empregado.

(B)

é permitido ao empregador ou preposto proceder a revistas íntimas nas empregadas ou funcionárias,

não apenas

para efeito de admissão ou

permanência no emprego, desde que

justificadamente.

(C)

é admissível exigir-se da mulher atestado ou exame, de qualquer natureza, para comprovação de esterilidade ou gravidez, na admissão ou permanência no emprego, desde que necessário para o desempenho de sua atividade.

(D)

é vedado publicar ou fazer publicar anúncio de emprego no qual haja referência ao sexo, à idade, à cor ou situação familiar, salvo quando a natureza da atividade a ser exercida, pública e notoriamente, assim o exigir.

(E)

a adoção de medidas de proteção ao trabalho das mulheres é considerada de ordem pública, justificando, no entanto, em condições específicas, a redução de salário.

24. Sobre o contrato individual do trabalho, pode-se afirmar que

(A)

é o acordo tácito ou expresso, correspondente à relação de emprego.

(B)

não pode ser verbal, nem por prazo indeterminado.

(C)

o contrato de experiência não poderá exceder 120 (cento e vinte) dias.

(D)

será afetado pela mudança na propriedade ou na estrutura jurídica da empresa.

(E)

na aposentadoria espontânea de empregado das empresas públicas e sociedades de economia mista, não é permitida sua readmissão em hipótese alguma.

25. Segundo a Consolidação das Leis do Trabalho, não se compreende na remuneração do empregado

(A)

o

salário

devido

e

pago

diretamente

como

contraprestação do receber.

serviço

e

as

gorjetas que

(B)

comissões e percentagens.

 

(C)

as gratificações ajustadas.

 

(D)

diárias

para

viagens

e

abonos

pagos

pelo

empregador.

(E)

as ajudas de custo, assim como as diárias para viagem que não excedam de 50% (cinqüenta por cento) do salário percebido pelo empregado.

26. Dentre as alternativas a seguir, assinale a correta, de acordo com os termos da Consolidação das Leis do Trabalho.

(A)

Consideram-se salário as utilidades concedidas pelo empregador consistentes em seguro de vida e de acidentes pessoais.

(B)

O pagamento de salário, qualquer que seja a modalidade do trabalho, não deve ser estipulado por período superior a 1 (um) mês, salvo no que concerne a comissões, percentagens e gratificações.

(C)

Em caso de dano causado pelo empregado, o desconto do valor correspondente será ilícito, ainda que essa possibilidade tenha sido acordada.

(D)

Nos contratos individuais de trabalho não é lícita alteração alguma em suas condições, ainda que o empregado consinta, em razão da indisponibilidade do direito do empregado.

(E)

O empregador pode, se demonstrada a necessidade da empresa, transferir o empregado, sem a sua anuência, para localidade diversa da que resultar do contrato.

27. Segundo o artigo 473 da Consolidação das Leis do Trabalho, o empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário

(A)

até 7 (sete) dias consecutivos, em caso de falecimento do cônjuge, ascendente, descendente, irmão ou pessoa que, declarada em sua CTPS, viva sob sua dependência econômica.

(B)

até

5

(cinco)

dias consecutivos, em virtude de

casamento.

(C)

pelo tempo que se fizer necessário, quando tiver que comparecer em juízo.

(D)

até 3 (três) dias consecutivos ou não, para o fim de se alistar eleitor.

(E)

por 1 (um) dia, em caso de nascimento de filho, no decorrer da primeira semana.

28. Assinale a afirmativa incorreta a respeito dos arquivos

(A)

Devem ser eliminados todos os documentos de valor histórico ou que passaram a ser considerados inúteis ou imprestáveis.

(B)

Os documentos e papéis que são consultados com menor freqüência devem ser arquivados separadamente daqueles de uso contínuo.

(C)

Os documentos em curso ou de uso freqüente devem ser conservados na sede da empresa que os produziram ou em dependências próximas.

(D)

De acordo com a freqüência de consulta, existem tipos diferentes de arquivos e, para cada um deles, há uma forma distinta de organizar, conservar e tratar os documentos.

(E)

Existem três tipos de arquivos: de primeira idade ou corrente, de segunda idade ou intermediário e de terceira idade ou permanente.

29. Com base nas assertivas a seguir, aponte a alternativa

correta.

I. A suspensão do empregado por mais de trinta dias

consecutivos importa na rescisão injusta do contrato

de trabalho.

II. O empregado que for aposentado por invalidez terá rescindido, por justa causa, o seu contrato de trabalho.

III. Em caso de seguro-doença ou auxílio-enfermidade,

o empregado é considerado em licença não

remunerada, durante o prazo desse benefício.

(A)

As assertivas I e III estão corretas.

(B)

Apenas a assertiva I está correta.

(C)

As assertivas II e III estão corretas.

(D)

Apenas a assertiva III está correta.

(E)

As assertivas I e II estão corretas.

30. A respeito do contrato de trabalho, é correto afirmar que

(A) poderá ser suspenso, por um período de três a seis meses, para participação do empregado em curso

ou programa de qualificação profissional oferecido

pelo empregador.

(B)

o pedido de demissão ou recibo de quitação de rescisão do contrato de trabalho, firmado por empregado com mais de 1 (um) ano de serviço, só será válido quando feito com assistência do respectivo Sindicato ou perante a autoridade do Ministério do Trabalho.

(C)

o instrumento de rescisão ou recibo de quitação poderá ser genérico, ou seja, sem especificação detalhada das verbas pagas, se com isto concordar o empregado.

(D)

o pagamento a que fizer jus o empregado será efetuado em até trinta dias, a contar da homologação da rescisão contratual.

(E)

é vedada qualquer compensação quando do pagamento das verbas rescisórias ao empregado.

31. Assinale a alternativa em que a definição do termo

“protocolo” diz respeito ao controle de documentos de uma

empresa.

(A)

Acordo entre duas ou mais nações, menos importante que o tratado ou a convenção.

(B)

Livro de registro de uma conferência internacional ou negociação diplomática.

(C)

Versão preliminar de um acordo entre países, denominada protocolo de intenções.

(D)

Livro de registro de acordo entre dois ou mais interessados em um mesmo objetivo.

(E)

Setor encarregado do recebimento, registro, distribuição e tramitação de documentos.

32. Dentre as assertivas a seguir, em conformidade com a CLT, assinale a alternativa incorreta.

(A)

A indenização devida pela rescisão de contrato por prazo indeterminado será de 1 (um) mês de remuneração por ano de serviço efetivo, ou por ano e fração igual ou superior a 6 (seis) meses.

(B)

Constituem justa causa para rescisão do contrato de trabalho pelo empregador, dentre outras: ato de improbidade; incontinência de conduta ou mau comportamento.

(C)

Havendo termo estipulado, o empregado, ainda assim, poderá desligar-se do contrato, sem justa causa e sem indenizar o empregador, haja vista que não pode ser obrigado a trabalhar contra sua vontade.

(D)

Abandono de emprego configura dispensa por justa causa.

(E)

A prática, devidamente comprovada, de atos atentatórios contra a segurança nacional, implica em rescisão do contrato por justa causa.

33. Considerando as afirmativas abaixo, assinale a alternativa

correta.

I.

Havendo culpa recíproca no ato que determinou a rescisão do contrato de trabalho, o Tribunal de Trabalho reduzirá a indenização a que seria devida em caso de culpa exclusiva do empregado, por metade.

II.

Não havendo prazo estipulado, a parte que, sem justo motivo, quiser rescindir o contrato, deverá avisar a outra da sua resolução com a antecedência mínima de 8 (oito) dias, se o pagamento for efetuado por semana ou tempo inferior.

III.

Não é devido o aviso prévio na despedida indireta.

IV.

O valor das horas extras, ainda que habituais, não integra o aviso prévio indenizado, senão o salário e seus reflexos.

(A)

As alternativas I, II e III estão corretas.

(B)

As alternativas II e III e IV estão corretas.

(C)

As alternativas III e IV estão corretas.

(D)

Apenas a alternativa I está correta.

(E)

As alternativas I e II estão corretas.

34. Um procedimento de planejamento, organização e manutenção informatizado de documentos em instituição pública ou privada é denominado

(A)

Classificação Decimal de Dewey – CDD.

(B)

Método Duplex de Arquivamento – MDA.

(C)

Gestão Eletrônica de Documentos – GED.

(D)

Classificação Decimal Universal – CDU.

(E)

Método Alfa-Numérico – MAN.

35. O êxito de um projeto está diretamente ligado à formulação cuidadosa e à administração rigorosa de um orçamento. Esse instrumento deve ser elaborado para ser o norteador financeiro para a execução das atividades que ocorram no âmbito do projeto. A esse respeito, leia as afirmativas a seguir.

I. Orçamento é um instrumento de natureza econômica elaborada com objetivo de prever determinadas quantias que serão utilizadas para determinados fins.

II. Consiste em um resumo sistemático, ordenado e classificado das despesas previstas e das receitas projetadas para cobrir essas despesas.

III. Ao elaborá-lo da forma mais próxima possível daquilo que se deseja realizar, o orçamento torna-se transparente, eficaz para realizar o acompanhamento das ocorrências financeiras, porém sempre será um instrumento complexo para se entender.

Está(ao) correta(s) a(s) afirmativa(s)

(A)

apenas I.

(B)

apenas II.

(C)

I e II.

(D)

II e III.

(E)

I, II e III.

36. Ao elaborar e acompanhar um orçamento, é relevante compreender a sua estrutura, a qual é formada de projeções financeiras dos orçamentos individuais de cada unidade da empresa, e de um conjunto de orçamentos para determinado período, abrangendo o impacto tanto das decisões operacionais, quanto das decisões financeiras. A respeito do orçamento financeiro ou de investimentos, é correto afirmar:

I. Consiste em orçamento de despesas de capital e orçamento de caixa.

II. O orçamento de despesas de capital, que compõe o orçamento financeiro, estima os recursos financeiros necessários para a compra dos principais ativos.

III. O orçamento de caixa, que compõe o orçamento financeiro, estima as aquisições de maquinário, instalações e outros projetos de longo prazo.

Está(ao) correta(s) a(s) afirmativa(s)

(A)

apenas I.

(B)

I e II.

(C)

I e III.

(D)

II e III.

(E)

I, II e III.

37. Analise o quadro a seguir.

Projeto Implantação de Oficinas - Detalhamento do Orçamento referente a Despesas de Viagens e Hospedagem

     

Valor

 

Quantidade

Destino

Valor

Total

Observações

6 bilhetes

       

aéreos para

X 700,00

4.200,00

Nenhuma

implantação das

oficinas

       
       

Acomodação

12 diárias

Y 130,00

1.560,00

para 6 pessoas durante 2 dias

 

Total

5.760,00

 

Com relação ao quadro demonstrativo, é correto afirmar que

(A)

o detalhamento da especificação, quantidade de ocorrências e valor de uma determinada despesa facilita tanto a análise para aprovação do orçamento quanto o seu acompanhamento, por parte do gestor financeiro.

(B)

o detalhamento da especificação, quantidade de ocorrências e valor de uma determinada despesa facilita somente a etapa de elaboração do orçamento, por parte do gestor financeiro, das despesas que vierem a ocorrer.

(C)

é possível visualizar os recursos financeiros no que diz respeito à disponibilidade de caixa da organização.

(D)

não se trata de um modelo adequado de orçamento por não conter dados referentes aos preços unitários de cada item.

(E)

se trata de um exemplo típico de planilha para pesquisa de preços.

38. Em um processo de compra, na Administração Pública, é incorreto afirmar que

(A)

Nenhuma compra será feita sem a adequada caracterização de seu objeto e indicação dos recursos orçamentários para seu pagamento, sob pena de nulidade do ato e responsabilidade de quem lhe tiver dado causa.

(B)

As compras, sempre que possível, deverão atender ao princípio da padronização, que imponha compatibilidade de especificações técnicas e de desempenho, observadas, quando for o caso, as condições de manutenção, assistência técnica e garantia oferecidas.

(C)

O registro de preços será precedido de ampla pesquisa de mercado.

(D)

Nas compras deverá ser observada a especificação completa do bem a ser adquirido com indicação de marca.

(E)

As compras, sempre que possível, deverão ser subdivididas em tantas parcelas quantas necessárias para aproveitar as peculiaridades do mercado, visando economicidade.

39. O sistema que é baseado na qualidade e flexibilidade do processo de compras e que tem como principal característica a disponibilização dos materiais solicitados, na quantidade e no exato momento de sua utilização, é chamado de

(A)

reposição periódica.

(B)

reposição contínua.

(C)

ponto de pedido.

(D)

just-in-time.

(E)

logística.

40. O modelo de reposição de materiais, que consiste em emitir pedidos de compras em lotes e em intervalos de tempo fixo, denomina-se

(A)

híbrido.

(B)

máximo.

(C)

periódico.

(D)

contínuo.

(E)

simultâneo.

41. A perda de valor de um bem, em decorrência de seu uso, denomina-se

(A)

depreciação.

(B)

vida útil.

(C)

exaustão.

(D)

fusão.

(E)

deterioração.

42. O estoque de materiais existente na empresa, com o objetivo de cobrir eventuais aumentos de demanda ou atrasos no fornecimento, denomina-se estoque de

(A)

antecipação.

(B)

demanda.

(C)

segurança.

(D)

visão.

(E)

reserva.

43. Um capital de R$ 90.000,00 é aplicado a uma taxa de 5,5% a. m., pelo regime de juros simples, durante um semestre. Os juros mensais e o montante, ao final do período, são de

(A)

R$ 26.300,00 e R$ 116.300,00

(B)

R$ 27.900,00 e R$ 117.900,00

(C)

R$ 29.700,00 e R$ 119.700,00

(D)

R$ 31.500,00 e R$ 121.500,00

(E)

R$ 34.200,00 e R$ 124.200,00

44. O salário de uma pessoa era de R$ 1.000,00 e, depois de 12 meses, passou para R$ 1.300,00. A taxa real de aumento, se a inflação nesse período foi de 4%, será de

(A)

13% a.a.