Você está na página 1de 13

COMO FAZER UMA BOA MULTIPLICAÇÃO

Dicas sobre multiplicação de células


Antes quero falar que eu creio que todos aqui têm o
potencial de ser um líder multiplicador de células
Não importa qual a sua condição ou situação você pode
multiplicar uma célula você só precisa seguir as
orientações que a sua liderança esta dando
Dentro de nós já existe o potencial para gerar e o poder
para multiplicar colocado por Deus
O Deus que chama também capacita
Nunca deixe o diabo te roubar este direito e essa promessa
de ser frutífero e bem sucedido em tudo que você faz
Uma pesquisa mostra que todo tipo de pessoas em volta
do mundo já conseguiram multiplicar uma célula
Homem e mulher
Pessoas com estudos Pessoas sem estudos
Pessoas Com dinheiro Pessoas sem dinheiro
Pessoas Com o dom de evangelismo Pessoas sem o dom de
evangelismo
Jovens e velhos
Crianças e adultos
Os extrovertidos e os introvertidos
Os falantes e os mais calmos
Pessoas com dons especiais e pessoas sem dons especiais
Porem todos eles seguiram alguns passos

Quatro passos que um líder de célula precisa fazer para


alcançar o alvo de multiplicar sua célula em seis meses ou
no máximo um ano

• Entender que esse é o principal objetivo de uma célula


• Estabelecer uma data para a multiplicação e torna-la
conhecida e bem visível para toda célula ver, falar em
toda reunião sobre o assunto.
• Desafiar e envolver cada membro da célula na conquista
desse objetivo – è importante que todos os membros da
célula saibam que isso não é tarefa somente do líder da
célula
• Estabelecer estratégias para alcançar seu alvo
Não podemos achar que, o simples fato de
estabelecermos uma data vai garantir a multiplicação.
• Começar a discipular e treinar três pessoas da célula
• Eventos de pescaria – Livre para usar a criatividade
vejam que nem tudo na célula é dado de forma pré-
pronta
◊ Aproveite para alcançar o oikós dos novos
convertidos o mais rápido possível. Exemplo de
Mateus
◊ Faça uma vez por mês uma noite de evangelismo
na sua célula.
◊ Não podemos ficar com os braços cruzados
esperando que as pessoas apareçam na nossa
célula
◊ Um bom pescador vai atrás do peixe, planeja, fica
de espreita, usa iscas especiais e diferentes.
◊ Veja esses textos Mt 9:35 – 37, Mt 4:19,Mc 1;17 Lc 5
:10
• Um plano de oração jejum com toda a célula
• Manter vivo o projeto natanael – fazer a lista da
benção. Ter um tempo para orar pelos natanaéis em
todas as reuniões da célula
• Ser zeloso e eficaz na consolidação dos novos
convertidos se por um acaso você não conseguir
consolidar um novo convertido por que ele tem uma
barreira comigo, por favor, me de o endereço dessa
pessoa que eu quero fazer uma visita pessoalmente.
• Mobilizar toda a célula para levar seus natanaeis para
o impacto
• Montar um plano para começar GE com os membros
da célula

CRITÉRIOS PARA FAZER UMA BOA MULTIPLICAÇÃO


Toda nova célula deve “iniciar” com um bom “potencial
de multiplicação”; para isso acontecer é muito
importante uma boa distribuição dos membros na hora
de multiplicar a célula.
As duas células devem ficar fortes suficientemente para
não retardar o crescimento, e posteriormente, a
multiplicação, que é o nosso estágio final do ciclo de vida
de uma célula.
O que um líder de célula precisa fazer quando chegar o
momento de multiplicar sua célula?
Pela maneira como é feita a distribuição dos membros na
multiplicação já se pode prevê o futuro das novas células
O jeito como é feita multiplicação determina o sucesso
ou fracasso das novas células. Portanto é preciso cuidado
e cautela na hora da definição de quem sai e de quem
fica.
Os membros que vão sair com a nova célula e os
membros que ficam na célula original devem ser
distribuídos e definidos pelo líder de célula juntamente
com o supervisor de setor e aprovado pelo supervisor de
área.
Para ter uma boa distribuição dos membros ao
multiplicar sugerimos que sejam observados os
seguintes critérios por ordem de importância.
◊ Respeite os vínculos de discipulado e amizade –
Evite relacionamentos cruzados
◊ Garanta um bom “núcleo” nas duas células. (Uma
boa muda um bom potencial de crescimento, uma
boa base pós–multiplicação) isto é formado da
seguinte maneira:
o Equilíbrio na idade espiritual dos membros
o Equilíbrio no nível de compromissos dos membros
o Deixar com o novo líder pessoas mais
comprometidas
◊ Procure manter a homogeneidade
◊ Considere a localização geográfica
◊ Se possível separe a parentela.
◊ Separe aqueles relacionamentos que não são
saudáveis e não cooperam para edificação
◊ Depois de divulgado, não seja inflexível quanto às
decisões, ouça as solicitações e reconsidere junto
com o supervisor de setor aquele pedido.
◊ Faça a distribuição com muita oração e sempre junto
com o seu supervisor de setor
◊ Faça tudo com antecedência e não deixe nada para a
última hora, às vezes é bom consultar alguns antes
de definir.
◊ Inclua as pessoas que não membros, mas estão
freqüentes na célula, mas deixe-os à vontade para
escolher.
II. Comoavivar uma célula que não cresce ou está morrendo
- Não fechamos células
Nem pense nisso!
Fechar uma célula é um acontecimento muito
traumático. Quando isso acontece, o líder e os membros
da célula ficam com um sentimento de fracasso e
incapacidade. Isto pode afetar a fé deles para uma nova
tentativa.
Se não houver outro meio e a única saída for fechar, que
se faça da maneira mais discreta possível, como juntar
uma célula à outra, por exemplo.
Cremos que não é apropriado colocar sobre o líder e a
célula a pressão esmagadora de “multiplicar ou fechar”.
Precisamos fazer como Jesus, na parábola da figueira;
precisamos dar tempo para que o líder e a célula
frutifiquem. Em Lucas 13:6-9 o prazo que o senhor deu a
figueira frutificar foi de quatro anos. Nossa visão é
multiplicar as células em seis meses, mas precisamos ser
pacientes como o senhor foi com a figueira.
Se as células novas que abrem é a mesma quantidade
das células que são fechadas, então não temos
crescimento real. Fechar uma célula deve ser a última
possibilidade a passar pela cabeça de um líder,
discipulador ou pastor.
Depois de alguns meses liderando uma célula, você pode
começar a perceber que sua célula pára de crescer ou
ocorre uma diminuição na freqüência ou uma
desmotivação e falta de interesse geral; isso pode ser
um sintoma que a célula está morrendo. O que fazer?
Como restaurar uma célula assim?. Apresentaremos a
seguir algumas soluções.
SUGESTÕES PRÁTICAS PARA UMA CÉLULA QUE NÃO
CRESCE OU ESTA MORRENDO
Busque ajuda junto ao supervisor de setor.
O supervisor de setor é um líder de célula experiente e
capaz, e está disposto a lhe ajudar. A parte dele é
assegurar o seu sucesso. Peça a ele para visitara célula
por algumas semanas, isso pode ajudá-lo a observar
algumas áreas com problemas e apresentar soluções.
Talvez seja necessário o supervisor de setor liderar a
célula por algumas semanas para que você possa
observá-lo enquanto ele ministra. Isso lhe dará
oportunidade de aprender a maneira correta de liderar
a célula.
O supervisor de setor também funciona como uma
ligação entre você e o supervisor de área, juntos eles
podem ajudar você em qualquer necessidade que a
célula venha enfrentar.
Experimente mudar o líder, ou o auxiliar;
Experimente de anfitrião, mesmo sendo ele,
aparentemente, um bom anfitrião;
Experimente mudar a célula de bairro;
Experimente mudar o dia da reunião;
Experimente mudar o horário da reunião

TUDO SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE CÉLULAS


III. Oque um líder de célula precisa fazer para multiplicar sua
célula em seis meses
A.Entender que esse é o principal objetivo de uma célula
B. Estabelecer uma data para a multiplicação e torna-la
conhecida e bem visível para toda célula ver, falar em
toda reunião sobre o assunto
C. Desafiar e envolver cada membro da célula na
conquista desse objetivo – Isso não tarefa somente de
líder da célula
D.Estabelecer estratégias para alcançar seu alvo
◊ Evento de pescaria
 Aproveite o oikós dos novos convertidos. Exemplo
de Mateus
 Faça uma vez pr mês uma noite de evangelismo
na sua célula
 Não podemos ficar com os braços cruzados
esperando que as pessoas apareçam na nossa
célula
 Um bom pescador vai atrás do peixe, planeja, fica
de espreita, usa iscas especiais e diferentes
 Veja esses textos Mt 9:35 – 37, Mt 4:19,Mc 1;17 Lc
5 :10
◊ Oração jejum com toda a célula
◊ Projeto natanael – fazer a lista da benção. Ter um
tempo para orar pelos natanaéis em todas as
reuniões da célula
◊ Ser zeloso na consolidação dos novos convertidos
◊ Mobilizar toda a célula para levar seus natanaéis
para o encontro
◊ Desafiar cada membro da célula a começar seu GE
IV. Critérios para fazer uma boa multiplicação
Todo novo grupo deve “iniciar” com um bom “potencial de
multiplicação”; para isso acontecer é muito importante
uma boa distribuição dos membros na hora de multiplicar o
grupo.
Os dois grupos devem ficar fortes suficientemente para não
retardar o crescimento, e posteriormente, a multiplicação,
que é o nosso estágio final do ciclo de vida de um grupo
familiar.
Os membros que vão com o novo grupo e os membros que
ficam no grupo original devem ser definidos pelo dirigente,
juntamente com o ministro e aprovado pelo pastor de área.
Pela maneira como é feita a distribuição dos membros na
multiplicação já se pode prevê o futuro dos novos grupos,
O jeito como é feita multiplicação determina o sucesso ou
fracasso dos novos grupos. Portanto é preciso cuidado e
cautela na hora da definição de quem sai e de quem fica.
Para ter uma boa distribuição dos membros ao multiplicar
sugerimos que sejam observados os seguintes critérios por
ordem de importância.
◊ Respeite os vínculos de discipulado e amizade
◊ Garanta um bom “núcleo” nos dois grupos. (Uma boa
muda um bom potencial de crescimento, uma boa
base pós–multiplicação) isto é formado da seguinte
maneira:
o Equilíbrio na idade espiritual dos membros
o Equilíbrio no nível de compromissos dos membros
o Deixar o novo líder com pessoas mais experientes
◊ Procure manter a homogeneidade
◊ Considere a localização geográfica
◊ Se possível separe a parentela.
◊ Separe aqueles relacionamentos que não são
saudáveis e não cooperam para edificação
◊ Depois de divulgado, não seja inflexível quanto às
decisões, ouça as solicitações e reconsidere junto
com o ministro aquele pedido.
◊ Faça a distribuição com muita oração e sempre junto
com o seu ministro
◊ Faça tudo com antecedência e não deixe nada para a
última hora, às vezes é bom consultar alguns antes
de definir.
◊ Inclua as pessoas que não membros mas estão
freqüentemente no grupo, mas deixe-os à vontade
para escolher.

TUDO SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE GRUPOS


I.Critérios para fazer uma boa multiplicação
Todo grupo deve “iniciar” com um bom “potencial de
multiplicação”; para isso acontecer é muito importante
uma boa distribuição dos membros na hora de multiplicar o
grupo. Os dois grupos devem ficar fortes suficientemente
para não retardar o crescimento, e posteriormente, a
multiplicação, que é o nosso estágio final do ciclo de vida
de um grupo familiar. Os membros que vão com o novo
grupo e os membros que ficam no grupo original devem ser
definidos pelo dirigente, juntamente com o ministro e
aprovado pelo pastor de área.
Pela maneira como é feita a distribuição dos membros na
multiplicação já se pode prevê o futuro dos novos grupos,
O jeito com é feita multiplicação determina o sucesso ou
fracasso dos novos grupos. Portanto é preciso cuidado e
cautela na hora da definição de quem sai e de quem fica.
Para ter uma boa distribuição dos membros ao multiplicar
sugerimos que sejam observados os seguintes critérios
 Respeite os vínculos de discipulado e amizade
 Procure manter a homogeneidade
 Localização geográfica
 Garanta um bom “núcleo” nos dois grupos. Uma boa
muda – um bom potencial de crescimento, uma boa
base pós–multiplicação, isto é formado da seguinte
maneira:
o Equilíbrio na idade espiritual dos membros
o Equilíbrio no nível de compromissos dos membros
o Deixar o novo líder com pessoas mais experientes
 Se possível separe os parentes
 Separe aqueles relacionamentos que não são
saudáveis e não cooperam para edificação
 Depois de divulgado, não seja inflexível quanto às
decisões, ouça as solicitações e reconsidere junto com
o ministro aquele pedido.
 Faça a distribuição com muita oração e sempre junto
com o seu ministro
 Faça tudo com antecedência e não deixe nada para a
última hora
 Inclua as pessoas que não membros mas estão
freqüentemente no grupo, mas deixe-os à vontade
para escolher.

I.Fatores que cooperam para uma multiplicação rápida


II.Dicas para levantar e treinar auxiliares
III.Porque multiplicar

TUDO SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE CÉLULAS


V. O que um líder de célula precisa fazer para multiplicar sua
célula em seis meses
A.Entender que esse é o principal objetivo de uma célula
B. Estabelecer uma data para a multiplicação e torna-la
conhecida e bem visível para toda célula ver, falar em
toda reunião sobre o assunto
C. Desafiar e envolver cada membro da célula na
conquista desse objetivo – Isso não tarefa somente de
líder da célula
D.Estabelecer estratégias para alcançar seu alvo
◊ Evento de pescaria
 Aproveite o oikós dos novos convertidos. Exemplo
de Mateus
 Faça uma vez pr mês uma noite de evangelismo
na sua célula
 Não podemos ficar com os braços cruzados
esperando que as pessoas apareçam na nossa
célula
 Um bom pescador vai atrás do peixe, planeja, fica
de espreita, usa iscas especiais e diferentes
 Veja esses textos Mt 9:35 – 37, Mt 4:19,Mc 1;17 Lc
5 :10
◊ Oração jejum com toda a célula
◊ Projeto natanael – fazer a lista da benção. Ter um
tempo para orar pelos natanaéis em todas as
reuniões da célula
◊ Ser zeloso na consolidação dos novos convertidos
◊ Mobilizar toda a célula para levar seus natanaéis
para o encontro
◊ Desafiar cada membro da célula a começar seu GE
VI. Critérios
para fazer uma boa multiplicação
Todo novo grupo deve “iniciar” com um bom “potencial de
multiplicação”; para isso acontecer é muito importante
uma boa distribuição dos membros na hora de multiplicar o
grupo.
Os dois grupos devem ficar fortes suficientemente para não
retardar o crescimento, e posteriormente, a multiplicação,
que é o nosso estágio final do ciclo de vida de um grupo
familiar.
Os membros que vão com o novo grupo e os membros que
ficam no grupo original devem ser definidos pelo dirigente,
juntamente com o ministro e aprovado pelo pastor de área.
Pela maneira como é feita a distribuição dos membros na
multiplicação já se pode prevê o futuro dos novos grupos,
O jeito como é feita multiplicação determina o sucesso ou
fracasso dos novos grupos. Portanto é preciso cuidado e
cautela na hora da definição de quem sai e de quem fica.
Para ter uma boa distribuição dos membros ao multiplicar
sugerimos que sejam observados os seguintes critérios por
ordem de importância.
◊ Respeite os vínculos de discipulado e amizade
◊ Garanta um bom “núcleo” nos dois grupos. (Uma boa
muda um bom potencial de crescimento, uma boa
base pós–multiplicação) isto é formado da seguinte
maneira:
o Equilíbrio na idade espiritual dos membros
o Equilíbrio no nível de compromissos dos membros
o Deixar o novo líder com pessoas mais experientes
◊ Procure manter a homogeneidade
◊ Considere a localização geográfica
◊ Se possível separe a parentela.
◊ Separe aqueles relacionamentos que não são
saudáveis e não cooperam para edificação
◊ Depois de divulgado, não seja inflexível quanto às
decisões, ouça as solicitações e reconsidere junto
com o ministro aquele pedido.
◊ Faça a distribuição com muita oração e sempre junto
com o seu ministro
◊ Faça tudo com antecedência e não deixe nada para a
última hora, às vezes é bom consultar alguns antes
de definir.
◊ Inclua as pessoas que não membros mas estão
freqüentemente no grupo, mas deixe-os à vontade
para escolher.

TUDO SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE GRUPOS


II.Critérios para fazer uma boa multiplicação
Todo grupo deve “iniciar” com um bom “potencial de
multiplicação”; para isso acontecer é muito importante
uma boa distribuição dos membros na hora de multiplicar o
grupo. Os dois grupos devem ficar fortes suficientemente
para não retardar o crescimento, e posteriormente, a
multiplicação, que é o nosso estágio final do ciclo de vida
de um grupo familiar. Os membros que vão com o novo
grupo e os membros que ficam no grupo original devem ser
definidos pelo dirigente, juntamente com o ministro e
aprovado pelo pastor de área.
Pela maneira como é feita a distribuição dos membros na
multiplicação já se pode prevê o futuro dos novos grupos,
O jeito com é feita multiplicação determina o sucesso ou
fracasso dos novos grupos. Portanto é preciso cuidado e
cautela na hora da definição de quem sai e de quem fica.
Para ter uma boa distribuição dos membros ao multiplicar
sugerimos que sejam observados os seguintes critérios
 Respeite os vínculos de discipulado e amizade
 Procure manter a homogeneidade
 Localização geográfica
 Garanta um bom “núcleo” nos dois grupos. Uma boa
muda – um bom potencial de crescimento, uma boa
base pós–multiplicação, isto é formado da seguinte
maneira:
o Equilíbrio na idade espiritual dos membros
o Equilíbrio no nível de compromissos dos membros
o Deixar o novo líder com pessoas mais experientes
 Se possível separe os parentes
 Separe aqueles relacionamentos que não são
saudáveis e não cooperam para edificação
 Depois de divulgado, não seja inflexível quanto às
decisões, ouça as solicitações e reconsidere junto com
o ministro aquele pedido.
 Faça a distribuição com muita oração e sempre junto
com o seu ministro
 Faça tudo com antecedência e não deixe nada para a
última hora
 Inclua as pessoas que não membros mas estão
freqüentemente no grupo, mas deixe-os à vontade
para escolher.

IV.Fatoresque cooperam para uma multiplicação rápida


V.Dicas para levantar e treinar auxiliares
VI.Porque multiplicar

TUDO SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE GRUPOS


III.Critérios para fazer uma boa multiplicação
Todo grupo deve “iniciar” com um bom “potencial de
multiplicação”; para isso acontecer é muito importante
uma boa distribuição dos membros na hora de multiplicar o
grupo. Os dois grupos devem ficar fortes suficientemente
para não retardar o crescimento, e posteriormente, a
multiplicação, que é o nosso estágio final do ciclo de vida
de um grupo familiar. Os membros que vão com o novo
grupo e os membros que ficam no grupo original devem ser
definidos pelo dirigente, juntamente com o ministro e
aprovado pelo pastor de área.
Pela maneira como é feita a distribuição dos membros na
multiplicação já se pode prevê o futuro dos novos grupos,
O jeito com é feita multiplicação determina o sucesso ou
fracasso dos novos grupos. Portanto é preciso cuidado e
cautela na hora da definição de quem sai e de quem fica.
Para ter uma boa distribuição dos membros ao multiplicar
sugerimos que sejam observados os seguintes critérios
 Respeite os vínculos de discipulado e amizade
 Procure manter a homogeneidade
 Localização geográfica
 Garanta um bom “núcleo” nos dois grupos. Uma boa
muda – um bom potencial de crescimento, uma boa
base pós–multiplicação, isto é formado da seguinte
maneira:
o Equilíbrio na idade espiritual dos membros
o Equilíbrio no nível de compromissos dos membros
o Deixar o novo líder com pessoas mais experientes
 Se possível separe os parentes
 Separe aqueles relacionamentos que não são
saudáveis e não cooperam para edificação
 Depois de divulgado, não seja inflexível quanto às
decisões, ouça as solicitações e reconsidere junto com
o ministro aquele pedido.
 Faça a distribuição com muita oração e sempre junto
com o seu ministro
 Faça tudo com antecedência e não deixe nada para a
última hora
 Inclua as pessoas que não membros mas estão
freqüentemente no grupo, mas deixe-os à vontade
para escolher.

VII.Fatores que cooperam para uma multiplicação rápida


VIII.Dicas para levantar e treinar auxiliares
IX.Porque multiplicar