Você está na página 1de 2

RESENHARESENHARESENHARESENHA SOBRESOBRESOBRESOBRE OBJETIVOSOBJETIVOSOBJETIVOSOBJETIVOS DADADADA ERGONOMERGONOMIAERGONOMERGONOMIAIAIA

Marcelo de Almeida

Universidade Candido Mendes

Pós-Graduação de Engenharia de Segurança do Trabalho

marcelodealmeidario@gmail.com

O engenheiro de segurança deve atuar como um conceituador e, como tal, o que nos preserva das situações de trabalho sobre as quais nós intervimos?

O papel principal do engenheiro de segurança é desenvolver atividades relativas área de segurança que inclui prevenir riscos à saúde do trabalhador e atualmente melhorar a vida do trabalhador e um dos processos dessa melhora encontra-se a ergonomia. A ergonomia evita a degradação da saúde do trabalhador e favorece na melhoria física, psíquica da saúde desse trabalhador.

O engenheiro de segurança tem um papel de antecipar aos problemas associado à ergonomia, não se deve esperar o problema acontecer para fazer as análises devidas e sim reunir grupos de reflexões com participação de outros setores para envolver e coletar informações dos trabalhadores que estão efetivamente inseridos no ambiente antecipando-se aos futuros problemas é importante os projetos de novos equipamentos serem validados pelo engenheiro de segurança para evitar instalações com problemas ergonômicos, o fabricante tem que se adaptar aos novos ambientes de trabalhos buscando a melhoria continua dos processos ergonômicos dos seus clientes.

Como

intervenção?

nós

valorizamos

a

experiência

acumulada

no

momento

de

uma

A experiência é muito importante para um processo produtivo, as

opiniões são baseadas em alta repetição e baixa variação e isso gera

valores para o processo, porém a experiência traz problemas como a autoconfiança, aversão ao novo, dificuldade de aprendizado e isso dificulta o desenvolvimento de novas tecnologias que favorecem a ergonomia no ambiente de trabalho.

É muito normal o trabalhador experiente criar dificuldades em momentos de mudanças, é difícil para ele aceitar novos colegas que chegam com conhecimentos interdisciplinares e facilidade de comunicação aflorada pela sua juventude, mas nas intervenções devem- se equilibrar as opiniões dos mais experientes e mais novos para que o resultado final seja um trabalho eficaz e eficiente.

De quais ferramentas de reflexão nós podemos dispor?

A ferramenta da comunicação tem papel fundamental no processo

reflexivo em um ambiente de trabalho, as pessoas devem se comunicar independente de hierarquia ou diversidade de setores, todos devem ser ouvidos e todas as opiniões devem ser analisadas e não desprezadas. No caso de itens voltados para segurança e saúde dos trabalhadores, como ergonomia, o engenheiro de segurança deverá propor comitês de

segurança, junto à produção, manutenção e projetos para discutir assuntos que antecipem a um futuro problema e através desta gerem um plano de ação realizável.

Rio, 04 de Dezembro de 2013.