Você está na página 1de 54

Sistema topoGRAPH 98

Tutorial Módulo Topografia


Bem-vindo
Bem-vindo ao Sistema topoGRAPH 98 ! Seja você um usuário experiente no uso do
sistema ou um iniciante, o Sistema topoGRAPH 98 lhe proporcionará maior
produtividade em trabalhos de topografia, projeto ou construção.

Este tutorial mostra os principais tópicos para que você se familiarize com os recursos
oferecidos pelo sistema e permite que você inicie os seus primeiros trabalhos. Use este
tutorial apenas como uma introdução ao ambiente gráfico do Sistema topoGRAPH 98.
Para maiores detalhes e conceitos, por favor, utilize a Ajuda on-line oferecida pelo
Sistema.

Instalando o Sistema topoGRAPH 98


Para instalar o Sistema topoGRAPH 98, insira o CD no driver de sua máquina. O
programa de instalação deverá ser automaticamente acionado. Se, após alguns
segundos, este programa não for acionado, chame o ícone do Meu computador:

Quando a janela aparecer, escolha o ícone do CD e dê um duplo clique. Procure o ícone


do programa Instalar e acione-o com outro duplo clique.

A seguir, você encontra a seqüência de passos necessários para executar as principais


tarefas do topoGRAPH 98.
Como abrir um projeto
existente
_
1. Na área de trabalho do Windows, procure o ícone do topoGRAPH e dê um duplo
clique sobre ele para carregar o programa.

2. Quando a janela do topoGRAPH98 aparecer, vá até o menu Projeto e escolha a


opção Abrir.

3. Será apresentada a caixa de diálogo padrão do Windows onde você deverá procurar
o projeto a ser aberto. Procure a pasta c:\tg98\ projetos\ tutorial e abra o projeto
tutorial.tgp.
4. Ao abrir o projeto, uma nova janela aparecerá com as tabelas existentes no projeto.

Obs: Para criar um projeto novo, vá até o menu Projeto, escolha a opção Novo e
preencha os campos da caixa de diálogo. Para mudar de um campo à outro use a tecla
TAB. Esta operação não deve ser executada durante o treinamento, pois nosso projeto já
existe.

Como definir parâmetros de


configuração _
1. Para incluir um novo equipamento, vá até o menu Projeto e escolha as opções
Configuração–Equipamentos e a seguinte janela aparecerá.
2. Clique no botão Novo para inserir um novo equipamento. Preencha os campos com
as informações abaixo, clique nos botões OK e FECHAR para sair.

3. Para cadastrar as tolerâncias das cadernetas, vá até o menu Projeto e escolha as


opções Configuração–Tolerâncias e a seguinte caixa de diálogo aparecerá.
4. Preencha os campos com os dados acima, clique na aba Poligonais para editar as
tolerâncias das poligonais, para sair clique no botão OK.

Como formatar dados do


Psion
_
1. Para formatar cadernetas a partir de Coletores de dados, vá até o menu Coletor,
escolha a opção Psion LZ-64-Formatar e uma nova caixa aparecerá. Clique no
botão Procurar e procure a pasta \TG98\Projetos\Tutorial. Escolha a opção
Aldeia.med e clique no botão Formatar,

2. Digite Aldeia-Estação Total para definir o nome da tabela, clique no botão Salvar e
depois no botão Fechar.
Como editar cadernetas de
campo
_
1. Para consultar uma caderneta existente, escolha Tipos de dados-Cadernetas
Completas na caixa do projeto, selecione a opção Aldeia-Estação Total e clique no

botão Abrir. Aparecerá a tabela com os dados do levantamento.

2. Para introduzir dados de caderneta manualmente, clique no botão Nova estação e


introduza os dados abaixo.
3. Mantenha os dados dos campos da Sessão de leitura.
4. Informe o nome da Estação, Descrição e HI.

5. Clique duas vezes no primeiro campo da coluna Tipo para escolher Ré.
6. Na digitação de dados numéricos, fique atento se a configuração regional do
Windows é ponto ou vírgula e use o separador correspondente para digitar os dados.
7. Campos não lidos devem ficar vazios.
8. Para mudar de célula, tecle TAB ou clique com o mouse dentro dela.
9. Lembre-se que um campo só terá seu conteúdo atualizado depois que você sair
dele.
10. Para salvar os dados da caderneta vá até o botão Salvar.

Como definir a seqüência das poligonais


1. Escolha no campo Estações o ponto de partida S1, o primeiro a aparecer na
listagem.
2. Clique no botão Coordenadas, informe as coordenadas a seguir para esta Estação
e o azimute para a Ré , clique no botão OK para confirmar.

3. Clique no botão Vista Gráfica e aparecerá na tela um desenho com todas as


estações ocupadas existentes na caderneta.
4. Vá até o menu Visualizar e escolha a opção Escala. Digite o valor 5000 no campo,

clique no Botão OK.

5. Tecle F4 para enquadrar.


6. Vá até o menu Seqüências e escolha a opção Criar.
7. Clique nas linhas que indicam a seqüência da poligonal Principal:
S1-L4, L4-S2, S2-S1
8. Nas poligonais fechadas, o topoGRAPH abre uma caixa para se informar o nome da
poligonal quando a seqüência chega no ponto de partida. Para as poligonais abertas
ou apoiadas clique o botão direito do mouse para encerrar a seqüência. Digite
Principal no campo Nome e clique no botão Salvar.

9. Escolha as opções Seqüências-Mostrar Todas para visualizar todas as poligonais


associadas a esta caderneta. Cada Seqüência é mostrada com uma
cor diferente.
10. Para fechar a vista gráfica clique no botão Fechar.
Como calcular
poligonais
_
1. Para calcular as poligonais, vá até o menu Cálculo, escolha a opção Poligonal e
aparecerá uma nova caixa com a lista das poligonais associadas à caderneta. As
poligonais calculadas são mostradas em letras pretas, enquanto as poligonais não
calculadas são mostradas em vermelho.
2. Escolha Principal e clique no botão Editar. Aparecerá uma caixa com a seqüência
desta poligonal.

3. Clique no botão Tolerâncias e depois no botão Voltar ao padrão para preencher os


campos com os valores informados na configuração do projeto. Clique no botão OK
para fechar a caixa.
4. Clique no botão Referências. Uma caixa é aberta com os dados de Partida e
Chegada da poligonal, preencha os campos com os valores mostrados na figura
abaixo e clique OK.

5. Escolha a opção Projeções como método de compensação e clique no botão


Calcular. Caso apareçam mensagens com erros fora da tolerância, responda Sim
para compensar os erros.
6. No final do cálculo, são mostrados os valores encontrados no fechamento da
poligonal. Se desejar checar as coordenadas calculadas da poligonal, tecle o botão
Verificar. Para sair da caixa de fechamento, clique o botão Fechar.
7. Voltando a caixa de seqüência clique no botão fechar e responda Sim à pergunta se
a poligonal editada deve ser salva.
8. Feche a caixa com a lista de poligonais para voltar à tabela de caderneta.

Como calcular
irradiações
_
1. Clique no ícone para mostrar a tela do projeto atual.

2. Vá até o menu Ferramentas e escolha a opção Concatenar. Aparecerá uma nova


caixa de diálogo.

3. Escolha o tipo de tabela à ser concatenada, clicando na opção Coordenada e


selecione o tipo Poligonais, na lista ao lado.
4. Selecione todas as poligonais do projeto na lista Existentes. Clique no botão
>>Incluir>> para escolhê-las. Digite Aldeia Geral no campo Tabela Destino, clique
nos botões Concatenar e Fechar.
5. Para calcular as irradiações, volte à Caderneta completa, escolhendo o nome da
tabela no menu Janela.
6. Vá até o menu Cálculos, escolha a opção Irradiações e aparecerá uma nova caixa

de diálogo.
7. Digite Detalhes-Estação Total no campo Tabela de Irradiações, Clique na aba
Coordenadas, e selecione Aldeia Geral onde estão todas as estações das
poligonais deste projeto e que são a base para o cálculo das irradiações. Clique nos
botões Calcular e Fechar.
8. Para consultar a tabela de irradiações volte à janela do projeto, escolha Irradiações
nos Tipos de dados e selecione a tabela Detalhes-Estação Total. Clique no botão
Abrir para mostrar a tabela.
9. Escolha as opções Arquivo-Fechar Todos para fechar todas as tabelas abertas do
projeto atual. Responda SIM quando o topoGRAPH perguntar se grava a tabela
Aldeia-Estação Total.
Como imprimir
tabelas
_
1. Para imprimir os dados de uma tabela vá até o menu Arquivo, escolha a opção
Configurar Página e informe as margens para a impressão.
2. Escolha a opção Arquivo-Imprimir e clique no botão OK. O topograph enviará a
tabela para a impressora configurada no Windows.

Como editar um
desenho
_
1. Para iniciar um desenho novo, escolha Desenhos na lista de Tipos de dados da
janela do projeto e clique no botão Nova.
2. Para escolher a escala do desenho vá até o menu Visualizar, escolha a opção
Escala e digite o valor 1000 no campo destinado a escala.

3. Para executar a ligação automática quando carregar os pontos, vá até o menu


Variáveis e escolha a opção Automático.
4. Para criar uma camada, vá até o menu Visualizar e escolha a opção Camadas e
uma nova caixa aparecerá.
5. Clique no botão Nova e digite POLIGONAL como nome para a nova camada, clique
no botão OK e em seguida, clique nos botões Atual e OK, para que os pontos sejam
carregados nesta camada.
6. Para carregar os pontos das poligonais vá até o menu Arquivo, escolha a opção
Carregar – Pontos.

7. Selecione Poligonais na lista Tipos de Tabela. Marque todas as poligonais listadas,


clique no botão >>Incluir>> e em seguida no botão Carregar.
8. Crie uma nova camada, de acordo com as instruções dos itens 4 e 5, com o nome
IRRADIADOS.

9. Para carregar os pontos irradiados, repita os passos dos itens 6 e 7 escolhendo as


tabelas de irradiações existentes no projeto.

10. Para salvar o desenho vá até o menu Arquivo e escolha a opção Salvar Como.
Digite o nome Aldeia e clique no botão Salvar.
Como criar elementos de
planimetria
_
1. Crie uma nova camada, de acordo com as instruções dos itens 4 e 5 na pagina 15,
com o nome PLANIMETRIA.
2. Para criar um estilo de linha vá até o menu Variáveis, escolha a opção Estilos de
Linhas e clique no botão Novo.
3. Informe os dados de acordo com a caixa de diálogo abaixo. No campo Estilos, digite
o nome para o novo estilo à ser criado: Cercas. No campo Padrão, selecione o
padrão de linha desejado: Cerca. Clique no botão Cor e escolha Vermelho(249) na
caixa de cores que é mostrada e clique OK para fechá-la. Clique nos botões Atual e
OK para fechar a caixa.
4. Para definir uma janela de aumento, clique no ícone Aumentar na barra de
ferramentas.
5. Clique o botão esquerdo do mouse num canto inferior esquerdo da
área desejada, mantendo-o pressionado. Arraste o mouse até o canto
diagonalmente oposto e solte o botão. Utilize essas instruções para abrir a janela
mostrada abaixo. Depois de finalizada a operação, clique o botão direito do mouse
para liberar o cursor.

6. Clique no ícone Pega Ponto para amarrar a linha em um ponto existente.


7. Clique no ícone Inserir Linha e una os pontos 9 – 84- 160, veja no detalhe os
pontos à serem unidos.

8. Clique no ícone Enquadra.

9. Dê um novo aumento na área indicada na figura abaixo.


10. Libere o cursor clicando o botão direito do mouse.

11. Clique no ícone Inserir Polilinha e una os pontos


1-255-254-253-252-251-250-248-247-241-240-239-238-236, use a Tecla F3 para
movimentar a tela sem alterar o fator de aumento.
12. Clique o botão direito do mouse duas vezes para abandonar a operação e liberar o
cursor.
13. Vá até o menu Variáveis, escolha a opção Estilos de Linhas e selecione o estilo TG
como Atual e clique no botão OK.

14. Clique no ícone Spline e una os pontos 47-256-257-258-259-260-261- 262, crie uma
nova spline unindo os pontos 19-272-271-270-269-268-267-512. Os pontos 47 e
19 estão próximos ao ponto 1 onde iniciou-se a polilinha.

15. Clique o botão direito do mouse duas vezes para abandonar a operação e para
liberar o cursor.
16. Para alterar vários símbolos de uma só vez, segure a tecla SHIFT, enquanto
seleciona os pontos com o mouse. Marque os pontos 274, 275 e 265 ao terminar a
seqüência de pontos, clique o botão direito do mouse e escolha a opção Alterar no
menu flutuante que aparece na posição do cursor. Siga estas instruções para alterar
os pontos 274, 275 e 265 para Postes. A seguinte caixa de dialogo será
apresentada:
17. Selecione o símbolo Poste na lista de símbolos e clique no botão Alterar.
18. A figura abaixo mostra os pontos depois da alteração

19. Clique no botão Enquadrar.

20. Crie um novo estilo de linha, repetindo as operações descritas nos itens 2 e 3 na
página 18, com as seguintes características: Nome PV, Padrão Pontilhado, Cor
Azul(252), defina-o como padrão Atual.

21. Dê um novo aumento na área indicada na figura abaixo.


22. Insira uma Polilinha, unindo os pontos 71–72–73–74–75– 76.

23. Enquadre o desenho.

24. Dê um aumento na área indicada na figura abaixo.

25. Selecione o retângulo existente nesta área. Clique o botão direito do mouse e
escolha a opção Alterar. Para inserir uma hachura neste retângulo, clique na aba
Hachura e marque o campo Hachurar. Para aplicar a hachura clique no botão
Alterar.
26. Enquadre o desenho.

27. Para salvar o desenho clique no icone Salvar.


28. Para completar o desenho da planimetria existem outros dois métodos:
a. Através de arquivo de comando que pode ser digitado em um editor de sua
preferência, e salvo com a extensão .CMD.
b. Por linha de Comandos.
29. Para carregar um arquivo de comandos, vá até o menu Arquivo e escolha a opção
Carregar – Comandos.
30. Procure a pasta \Projetos\Tutorial, escolha o arquivo Aldeia.cmd, clique no botão
Abrir.

31. Clique no botão Processar para traduzir os comandos existentes no arquivo em elementos
gráficos do desenho.

32. Para digitar os comandos diretamente na tela gráfica, vá até o menu Editar e
escolha o opção Comando. A seguinte caixa será mostrada.
33. Digite os comandos listados abaixo. Cada comando deve ser interpretado
separadamente. Para isso, digite uma linha e clique no botão interpretar ou tecle
Enter antes de digitar o próximo comando.

PADLIN CONTÍNUO
PADCUR CONTÍNUO
DEFCOR 86
SPLIN 771 762 763 766 767 770
SPLIN 771 761 764 765 768 769
PLINHA 778 780 781
SPLIN 781 – 784 778
DEFCOR 255
SPLIN 32 752 760 758 757
SPLIN 33 753 – 756
PADLIN CERCA
DEFCOR 249
PLINHA 9 772 – 776
LINHA 236 694
SIMB POSTE 759
SIMB BOLINHA 9 – 7 4 – 1 253 251 250 248 247 241 – 238 236

34. Para sair clique no botão Fechar.

35. Salve o Desenho.

36. Dê um aumento na área indicada na figura abaixo.


37. Vamos inserir barrancos nesta área.
38. Crie um estilo de linha com as seguintes características: Nome Barranco, Padrão
Contínuo e cor Marrom(86). Defina este estilo como atual.

39. Para inserir um Barranco clique no ícone Barranco.

40. Com o mouse, selecione os elementos que formam a crista do barranco, clique o
botão direito do mouse e selecione os elementos que formam o pé do barranco.
Para terminar clique o botão direito do mouse.

41. Repita os itens 39 e 40 para as outras áreas indicadas na tela abaixo.


42. Salve o desenho.

Como executar cálculos


geométricos
_

1. Dê um aumento na área indicada na figura abaixo.

2. Crie um estilo de linha com as seguintes características: Nome CASA, Padrão


Contínuo, cor Magenta(253). Defina-o como estilo de linha atual.
3. Selecione a linha que une os pontos 531 – 532.
4. Vá até o menu Variáveis e ative a opção Liga. Quando esta opção está ativada, as
linhas resultantes dos cálculos são desenhadas.
5. Clique o botão direto do mouse para mostrar o menu flutuante e escolha a opção
Calcular – Locação – Base/Ang. Horiz.
6. Clique no ponto 532 mova o cursor à direita do ponto selecionado e clique o botão
esquerdo do mouse. Preencha os campos que aparecem na caixa de diálogo com
os valores abaixo.

7. Clique no botão OK, será criada uma nova linha entre os pontos 532 e 785.

8. Selecione a linha formada pelos pontos 530 – 531.


9. Clique no botão direito do mouse para mostrar o menu flutuante. Escolha a opção
Calcular – Paralela. Arraste o mouse até o ponto 785 criado na operação anterior e
confirme a distância mostrada na caixa de diálogo que aparece.

10. Selecione a nova linha criada.

11. Para criar um ponto no vértice que não possui ponto, leve o cursor até este vértice,
clique o botão direito do mouse sobre a marca, escolha a opção Criar Ponto no
menu flutuante e clique no botão Inserir.
12. Insira uma linha unindo os pontos 530 e 786.
13. Selecione a linha formada pelos pontos 530 –786.
14. Clique o botão direito do mouse para mostrar o menu flutuante. Escolha a opção
Calcular – Perpendicular, clique sobre o ponto 529 e a seguinte caixa de diálogo
será mostrada.

15. Clique no botão Inserir.


16. Enquadre o desenho.
17. Salve o Desenho.

18. Para sair do desenho clique no botão Fechar, no canto superior direito da
tela.

Importação de um arquivo no formato


ASCII _
1. Para importar o arquivo, crie uma nova tabela de Coordenadas e escolha o tipo
Topográficas na caixa de diálogo que aparecerá.
2. Vá até o menu Arquivo, escolha a opção Importar ASCII e uma nova caixa será
mostrada.
3. Clique no botão Procurar e selecione a pasta \Projetos\Tutorial.
4. Escolha o arquivo Escritura e no campo Formato do arquivo selecione a opção
Fixo, pois o arquivo em questão possui o mesmo número de dígitos em cada linha e
as colunas estão alinhadas.
5. Clique no botão Alterar. Na caixa apresentada, informe os dados mostrados na
figura a seguir. Para aplicar as mudanças, clique no botão OK.

6. Clique no botão Importar para completar a operação.


7. Os campos tabela de coordenadas serão preenchidos com os dados importados do
arquivo ASCII.
8. Salve a tabela com o nome Escritura.

Atenção:
Esta tabela de coordenadas terá que ser Transladada, pois suas coordenadas
estão deslocadas em relação as coordenadas do nosso levantamento.

Como transladar uma tabela de


coordenadas _
1. Vá até o menu Editar, escolha a opção Transladar, preencha os campos com os
valores abaixo e clique no botão OK.

2. Os valores informados na caixa de diálogo acima são o resultado da diferença de


coordenadas entre o ponto 9 do levantamento e o ponto M1 da tabela Escrit, já que
estes pontos estão implantados na mesma posição no terreno.

3. Para salvar o novo arquivo clique no botão Salvar.

4. Para sair da tabela clique no botão Fechar.


Carregando os pontos no
gráfico
_
1. Abra o desenho Aldeia.
2. Crie uma nova camada, de acordo com as instruções dos itens 4 e 5 da pagina 15,
com o nome ESCRITURA, os pontos da tabela Escritura, criada à partir da
importação ASCII serão carregados nesta camada.
3. Na definição da nova camada, você pode alterar as opções de padrão, espessura e
cor. Assim, todos os elementos criados nesta camada seguirão as mesmas
características.
4. Para desligar uma ou mais camadas, vá até o menu Visualizar e escolha a opção
Camadas.

5. Selecione todas as camadas exceto a camada ESCRITURA usando as teclas SHIFT


(para selecionar camadas na seqüência) ou CTRL (para selecionar camadas
alternadas, simultaneamente ao clique do mouse). Clique no botão Desligar e em
seguida no botão OK.
6. Enquadre o desenho.
7. Crie um estilo de pontos seguindo as informações mostradas abaixo. Defina este
estilo de pontos como atual.

8. Clique no botão Fonte em frente à opção Nome e informe os dados mostrados


abaixo. Para o campo Face escolha Times New Roman, para Altura, digite 3,00,
para largura, digite 2,00. Clique no botão Cor e escolha Magenta(253) na caixa de
cores apresentada.

9. Feche a caixa.
10. Vá até o menu Arquivo e escolha a opção Carregar Pontos.

11. Selecione o tipo de Tabela de Coordenadas, escolha a tabela Escritura e clique no

botões Incluir e Carregar nesta ordem.


12. Crie um novo estilo de linhas com as características mostradas abaixo.

13. Una os pontos de M1 à M20 com linhas, clicando novamente em M1 para fechar.
14. Para calcular o Azimute ou Rumo e Distância de uma Linha, selecione a linha
desejada, clique o botão direito do mouse para que apareça o menu flutuante e
escolha a opção Cálculo –Dimensão, uma caixa de diálogo é apresentada com os
valores encontrados. Marque as informações que deseja que sejam apresentadas no
desenho e clique no botão OK.

15. Para calcular a Área de uma figura, selecione as linhas desejadas na seqüência de
cálculo, mantendo a tecla CTRL pressionada enquanto os elementos gráficos
(linhas, polilinhas, arcos e etc..) são selecionados. Terminada a seleção, clique o
botão direito do mouse para que apareça o menu flutuante e escolha a opção
Calcular– Área, aparecerá a caixa de diálogo abaixo. Marque as informações que
deseja que sejam desenhadas e clique o botão OK.

16. A figura ficará como se vê a seguir.


17. Para concluir a planimetria, vá até o menu Visualizar e escolha a opção Camadas.
18. Selecione a camada TG e clique o botão Atual.
19. Desligue a camada ESCRIT , ligue as demais e clique o botão OK e enquadre o
desenho.
20. Salve o desenho.
Editando a
altimetria
________ _
1. Altere o estilo de pontos TG de acordo com as características apresentadas abaixo.

2. Dê um aumento na área indicada na figura abaixo.


3. Para alterar um ponto, selecione o ponto com o botão esquerdo do mouse
aparecerá o menu flutuante. Escolha a opção Alterar.

4. Aparecerá a caixa de diálogo abaixo.

5. Altere a cota do ponto 786 para 114,9250.


6. Repita a operação para alterar a cota do ponto 785 para 114,300.

7. Clique no botão Enquadrar.


Como criar a
triangulação
_
1. Antes de gerar a triangulação, vá até o menu Curvas de Nível e escolha a opção
Parâmetros, aparecerá a caixa de diálogo abaixo. Nesta caixa de diálogo você
define as características das malhas Triangular, Retangular bem como das curvas de
nível.

2. No campo Distância máxima digite o valor 50 m, este valor limita o comprimento

máximo dos lados de um triângulo à distancia informada para evitar lados muito
longos.

3. Para triangular, vá até o menu Curvas de Nível, escolha a opção Malha Triangular-
Gerar e a malha de triângulos será criada sobre os pontos cotados.
4. Enquadre o desenho.

5. Dê um aumento na área indicada na figura abaixo.

6. Para apagar lados de triângulos, vá até o menu Curvas de Nível e escolha a opção
Malha Triangular – Apagar Lados.

7. Leve o cursor sobre o lado à ser apagado e clique o botão esquerdo do mouse. Esta
opção é útil para eliminar os triângulos nos limites da figura.

8. No caso de apagar um lado equivocadamente, clique no ícone Voltar.


9. Apague os lados indicados por setas na figura abaixo
10. Dê um aumento na área indicada na figura.
11. Para excluir os triângulos de áreas como edificações, barrancos, ruas selecione o

elemento gráfico que representa a área, clique o botão direito do mouse para que
apareça o menu flutuante e escolha a opção Criar Quebra. Após esta operação, o
elemento é marcado como linha de quebra, para ser processado sempre que
necessário.

12. Selecione o retângulo existente nesta área, como indicado na figura abaixo. Vários
elementos gráficos podem ser selecionados simultaneamente usando-se a tecla
SHIFT.
13. Para processar as linhas de quebra, vá até o menu Curvas de Nível e escolha a
opção Malha Triangular – Processar Quebras. A figura abaixo mostra o desenho
depois de processada a linha de quebra.

14. Enquadrar o desenho e dê um aumento na área indicada na figura abaixo.


15. Nesta área, escolheremos alguns elementos gráficos que não podem cruzar lados
de triângulos. Para que isso não ocorra deve-se marcar estes elementos como
linhas obrigatórias e processá-las para alterar os lados dos triângulos que cruzam o
elemento.
16. Para marcar uma Linha obrigatória, selecione os elementos gráficos e clique o
botão direito do mouse para que apareça o menu flutuante. Escolha a opção Criar
Obrigatórias. Use esta opção em bordos, pé, crista, canaletas, bermas, talvegues,
divisores, fundo de vales, etc....

17. Para processar as linhas obrigatórias marcadas, vá até o menu Curvas de Nível,
escolha a opção Malha Triangular – Processar Obrigatórias e veja na figura
abaixo o resultado após o processamento.
Interpolando
curvas
_
1. Para interpolar as curvas, vá até o menu Curvas de Nível, escolha a opção
Parâmetros e informe os dados na caixa de diálogo conforme indicado na figura
abaixo.

2. Escolhemos o Método Rápido, pois é o método apropriado para edição de curvas


de nível que ainda não são definitivas, com isso, a edição fica mais produtiva.

3. Para interpolar, vá até o menu Curvas de Nível e escolha a opção Interpolar.


Aparecerá a caixa de diálogo abaixo. Digite no campo Intervalo o valor 1m e clique
no botão OK para iniciar o processamento.
4. A figura abaixo mostra o desenho já interpolado, porém ainda com as curvas não
editadas.

5. Dê um aumento na área indicada na figura abaixo.


6. Para alterar lados de triângulos, vá até o menu Curvas de Nível, escolha a opção
Malha Triangular – Alterar Lados e clique sobre o lado de triângulo indicado pela
seta, na figura abaixo.

7. Veja na figura abaixo o resultado. Esta operação deve ser executada sempre que
você encontrar regiões onde a triangulação gerada altera a conformação do terreno.
8. Depois da análise das curvas de nível e da edição dos lados e pontos, é hora de
gerar as curvas de nível definitivas, utilizando métodos de suavização das linhas
interpoladas. Para tanto escolha a opção Apagar no menu Curvas de Nível. Esta
operação elimina as curvas de nível, mantendo as linhas de quebra e obrigatórias,
bem como os triângulos.
9. Reinterpole as curvas de nível. Desta vez preencha os campos da caixa de
parâmetros conforme os dados na figura abaixo, e vá até a opção Curvas de Nível-
Interpolar e escolha o Intervalo de 1m.

10. Enquadre o desenho.

11. Para visualizar o resultado final, vá até a opção Curvas de Nível-Parâmetros e


desmarque os campos Visualizar Triângulos, Limites e Obrigatórias.

12. Para desligar os pontos do terreno, vá até a opção Variáveis-Definir Filtro. A


seguinte caixa de diálogos é apresentada. Desmarque o campo Ponto, marque
Ativar Filtro. Depois de sair da caixa, tecle F7 para redesenhar a planta.

13. A figura abaixo mostra o resultado final.


14. Salve o desenho.
Inserindo a
Folha
_
1. Antes de plotar é necessário inserir as folhas de plotagem.
2. Para criar um estilo de folha, vá até o menu Variáveis, escolha a opção Estilos de
Folhas, clique no botão Novo e informe os dados na caixa de dialogo apresentada.
No campo Estilos, digite FOLHA-A4, no campo Formato selecione A4, no campo
Rotação digite 90º, no campo Malha escolha Cruzetas. O campo Tamanho refere-
se ao tamanho das cruzetas em mm.
3. Clique no botão Atual, para que as novas folhas inseridas fiquem com as
características informadas neste estilo e em seguida clique OK para fechar a caixa
de diálogo.
4. Clique no botão Pega Nada, para poder colocar a folha no local desejado
sem ter a necessidade de um ponto de levantamento.
5. Para inserir uma folha, clique no botão Inserir Folha, arraste o mouse até a
posição desejada e pressione o botão esquerdo do mouse para fixar a folha,
no lugar desejado, repita a operação para a segunda folha.
6. O desenho final, ficará como a figura abaixo, salve o desenho.