Você está na página 1de 25

1ª JORNADA DE

RECICLAGEM E
VALORIZAÇÃO DE
RESÍDUOS
sobre o tema
Automóvel

Pneus Usados

Ordem dos Engenheiros


7 de Outubro de 2009
Temas

A Valorpneu e o SGPU
Enquadramento legal
Modelo de funcionamento e actividade
Soluções para os pneus usados
A Valorpneu e o SGPU
A Valorpneu

Missão
Organizar e gerir o sistema de recolha, transporte e destino final de
pneus usados
Desenvolver acções de comunicação e sensibilização
Promover I&D de novos métodos para o tratamento dos PU e de novas
aplicações

Estrutura do Capital Social

20 % 20 %

Sociedade sem fins lucrativos 60 %


A Valorpneu

Percurso

Constituição Nova licença


da
Valorpneu
7 anos …
Licenciamento para novo período de 7-10-2008 a 31-12-2013
Total abrangência territorial
Sistema sólido e maduro
Objectivos de gestão atingidos de forma continua e consistente
Rede de Pontos de Recolha estável e consolidada
Rede de valorizadores ajustada
Procura de soluções para os pneus usados
Enquadramento Legal
Enquadramento legislativo

Decreto-Lei nº 111/2001 de 6 de Abril


(alterado pelo Decreto-Lei nº 43/2004 de 2 de Março)

Estabelece os princípios e as normas aplicáveis à gestão de pneus e


pneus usados tendo como objectivos :

a prevenção da produção deste resíduo


a reutilização
a reciclagem e outras formas de valorização

Não prejudica a sujeição à legislação em vigor em matéria de segurança e


circulação rodoviária

Proíbe a combustão de pneus sem recuperação energética, nomeadamente


a queima a céu aberto, e o abandono de pneus usados
Enquadramento legislativo

Decreto-Lei nº 111/2001 de 6 de Abril


Fixa objectivos de gestão
2007 P2009 Valorpneu 2008
Recolha de pneus usados 95% 96% 106%
Reutilização 30% 27% 27%
Reciclagem 65% 69% 67%
(dos pneus recolhidos e não recauchutados)

Estabelece o princípio da responsabilidade do Produtor

A recolha de pneus usados, mediante entrega nos locais adequados, é feita


sem qualquer encargo para o detentor
Modelo de funcionamento e actividade
Modelo de funcionamento e actividade

Organização do
sistema
integrado de
gestão de
pneus usados
Modelo de funcionamento e actividade
Rede de Pontos de Recolha

5.800 VALORMINHO Transportes Sol Poente Continente


Origens de Pneus

40
RESULIMA
RESAT
BRAVAL
LNB Recicla Mirapapel
Metais Jaime Dias
NOR-GOM Papel Palmiresíduos
Constantino RESIDOURO
Porto Santo

Funchal Valorizarpneu
Lusitano Pneus
Scrapluso
Macropeças
O2
Madeira

1
Bandague (Ansião) A. M. RAIA-PINHAL
Natureza Verde
Ecomais
RSA Abrantina
Pneugreen Ribeiro & Filhos
Corvo Batistas
Graciosa Recifemetal
Renascimento VALNOR
Flores
Bandague (Cascais)
Terceira TRATOLIXO
S. Jorge
Faial S. Miguel
Ecometais
Transucatas
Centro Reciclagem Palmela
Gesamb (AMDE)
Açores
AMCAL

8
Ambitrena
Pico
Sta. Maria Resialentejo (AMALGA)

AMBILITAL

ALGAR (Portimão)
ALGAR (Faro)
Modelo de funcionamento e actividade
Rede de Pontos de Recolha

Especificações + 195
Modelo de funcionamento e actividade
Rede de Recauchutadores

33
Recauchutadores
Recauchutagem Ramôa
Império Pneus Indústria
Recauchutagem General

Rui Silva Moreira


Recauchutagem Silva
Recauchutagem Sameiro

Recauchutagem S. Mamede
Rec. Maravilha Cávado, Lda.
Recauchutagem Nortenha
Aderentes
Recauchutagem Duraband
Recauchutagem Monteiro
Recauchutagem Lusitânia
Recauchutagem Vale
Recauchutagem União
RIS – Rec. Ind. Senense, Lda

José Aniceto & Irmão


Recauchutagem Guiense, Lda.
Recauchutagem Labor Betablue
Corvo J. Roldão Seiça & Tavares Rechapal
Graciosa Recauchutagem Mira
Pneus São Miguel Pneus do Alcaide
Recauchutagem 31
Terceira Pneumelo Recauchutagem Garrido, Lda.
Flores SãoJorge Fausto Fernandes Rodrigues e F., Lda

Faial
Bandague
Cadlar, Soc. Portuguesa Recauchutagem, Lda.
Pico SãoMiguel

Santa Maria

Porto Santo
Funchal
Vulcaniz. 25 Abril
Pneuzarco Pneu Import
Modelo de funcionamento e actividade
Rede de Valorizadores

7
Valorizadores
Nortenha
Nortenha
Biosafe
Biosafe

Recicladores

Valorizadores Energéticos
CMP
Maceira (CMP)
Pataias (CMP)

1
Fragmentador
Biogoma

Transucatas Fragmentador
Secil-Outão
Citri
Fragmentador
Recipneu
Modelo de funcionamento e actividade

Volume de PU recolhidos processados

Total = 96.210 tons


(não inclui passivo
ambiental = 4.895 tons)
Modelo de funcionamento e actividade

Destinos 2003 – 2008


Modelo de funcionamento e actividade

Volumes 2003 - 2008

2003 –2008
.

529.000 tons

43.850.000 pneus
Soluções para os Pneus Usados
Soluções para os pneus usados

Pneus Usados, um produto com valor

PU substituem matérias-primas em múltiplas aplicações e


permitem uma poupança de recursos naturais:

Substituem com alta performance as fontes energéticas


tradicionais (petróleo, carvão ...) com total respeito pelas
especificações ambientais

Utilizam-se como matéria prima secundária num vasto


leque de aplicações quer inteiros, quer fragmentados ou
granulados
Soluções para os pneus usados

Recauchutagem
Recauchutagem sendo o processo através do qual ocorre o
recondicionamento de um pneu usado, prolonga a sua vida útil:
por aplicação de um novo piso
por aplicação de um novo piso e novas paredes laterais

Economiza quase 2/3 das matérias primas e energia


indispensáveis para a produção de um pneu novo

Reduz o volume de resíduos produzidos

Um pneu recauchutado homologado oferece condições de


segurança
Soluções para os pneus usados

Recauchutagem

Raspador
Extrusora

Inspecção

Autoclave
Soluções para os pneus usados

Reutilização
Soluções para os pneus usados

Reciclagem
Chips

Prémio de Inovação Logística –Salão Paris Substituição da antracite - Siderurgias

Granulado

Enchimento Campo Relva sintética Algarve: 29 March – 01 April 2007

Piso dos picadeiros


Sistema de via em placa – metro ligeiro
Soluções para os pneus usados

Valorização
Energética

Pneus
Inteiros

Chips
Soluções para os pneus usados

Produtos derivados de pneus em fim de vida,


um recurso e um produto sustentável