Você está na página 1de 5

Secretaria de Educação

8ª Coordenadoria Regional de Educação


Escola Estadual de Ensino Médio Cilon
Rosa

Cezar Bassotto, David Ali, José Guilherme, Suellen Lima.

Curto Circuito

Orientador: Lizete.

Santa Maria, Outubro de.


2009
Introdução

Este trabalho vem com intuito de demonstrar a quantidade de resistência que o a lã de aço
passa ter, perante corrente elétrica. Sua importância é de avaliar os fundamentos da física
elétrica. Através de pesquisas feitas via internet, procurando estabelecer cuidados durante o
experimento.
Desenvolvimento

Materiais:
-2 pilhas tamanhas C.
-2 pedaços de fios – tipo de telefone – desencapados nas pontas.
-1 pedaço do centro do rolo do Papel Higiênico para colocar as pilhas dentro.
-Pedaços de lã de aço ou palha de aço.
-1 interruptor.
- Ripa de madeira.
- Pregos.

Como realizar:
Pegue o suporte de madeira, faça dois orifícios nas extremidades do suporte, passe entre eles
os fios. Coloque-os em contato com as pilhas (geradores). Logo após coloque os fios em
paralelo com os do interruptor, deixando as pontas desencapadas, para o contato com a lã de
aço.

O que acontece? A lã de aço vai pegar fogo porque os fios vão oferecer resistência.

Calculo:

2 pilhas (gerador) = 1,5v cada

R= 0 (lã de aço)

i=?

Soma: 1,5+1,5 = 3 v

Qual a intensidade da corrente em ampers?

i= R / U i= 0 / 3 i= 0

Sendo que a intensidade ( i ) for igual a zero isso resultara em um curto circuito.
Conclusão

Concluímos que realmente a experiência que foi feita teve êxito em comprovar que a
resistência da lã de aço é menor do que a corrente de seu gerador. Assim fazendo com que
aconteça um curto circuito. Cada material possui sua resistividade sendo que a resistência
menor possui grande facilidade acontecer um curto circuito e conforme resistência maior
conduz seguramente a corrente.
Bibliografia

http://crispassinato.wordpress.com/2008/10/30/uma-experiencia-simples-para-feira-de-
ciencias/