RSMA_Aula-tema_8_Resumo.pdf

Resumo Aula-tema 08: Inovações em sustentabilidade -Tecnologias limpas e futuro de desenvolvimento sustentável.

Apesar dos questionamentos, há evidências científicas sobre as mudanças climáticas: o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) concluiu que, para estabelecer parâmetro das temperaturas médias abaixo de 2ºC, é necessário reduzir as emissões globais de gases do efeito estufa (GEEs). Tal redução precisa ser entre 50 a 85% abaixo dos níveis atingidos no ano de 2000 e precisará ser atingida até o ano de 2050. Para tanto, nos próximos dez anos, os

níveis de redução de emissões globais devem passar de 14% para 31%.
Inovação e tecnologia serão aspectos essenciais às respostas que envolvem mudanças climáticas, segurança energética e macroeconomia mundial. E tudo isso depende do esforço concentrado e da cooperação internacional. Para alcançar esses objetivos, as tecnologias da informação e comunicação (TICs) permitirão a transformação das atividades humanas e a inclusão social da população mundial, gerando empregos qualificados com baixo impacto ambiental. Duas principais frentes de trabalho são necessárias: a redução agressiva das emissões globais até 2020; e os investimentos em energias renováveis obtidas por meio de tecnologias limpas, capazes de melhorar radicalmente a produtividade utilizando a força: - das quedas d’água; - dos ventos (energia eólica); - da luz do sol (energia solar); - da água e do vapor produzidos pelos reservatórios subterrâneos (energia geotérmica, termo formado pelo prefixo geo, que significa terra, e pela palavra térmica, que quer dizer calor); e - da energia química acumulada em plantas (biomassa). Tecnologias para novas fontes de energia estão sendo desenvolvidas e são relevantes na redução das emissões de GEEs. Embora a energia solar seja a mais importante fonte de energia renovável, as tecnologias para o seu aproveitamento
DIREITOS RESERVADOS Proibida a reprodução total ou parcial desta publicação sem o prévio consentimento, por escrito, da Anhanguera Educacional.

as tecnologias para capturar e armazenar carbono em larga escala. com baixa emissão de CO2. do plutônio ou do tório. As tecnologias estão em diferentes estágios de desenvolvimento e evidenciam considerável potencial para o futuro. por escrito. devido aos riscos que representam à segurança da população – principalmente após os recentes episódios de terremotos no Japão.são as mais caras atualmente. onde reatores atômicos foram danificados. transformada em calor. Algumas dessas novas fontes de energia já apresentam retornos econômicos e financeiros satisfatórios tanto para os investidores quanto para a sociedade. As soluções devem conciliar a comercialização de tecnologias já prontas para o mercado e a pesquisa em curto prazo com o desenvolvimento e comprovação da eficácia das tecnologias em longo prazo. DIREITOS RESERVADOS Proibida a reprodução total ou parcial desta publicação sem o prévio consentimento. .veículos elétricos devem passar a ser produzidos em larga escala mundial. Importantes tecnologias no setor da construção civil para melhorar a ecoeficiência de prédios domésticos e comerciais passarão por aprovação de regulações governamentais até 2020 e consolidação de padrões internacionais até 2030. da Anhanguera Educacional. estão sendo implementadas. . Alguns exemplos são: . Outras fontes de energia. discussões em torno desse tipo de energia causam polêmicas.a segunda geração de biocombustíveis para uso em transportes deverá sair dos testes de laboratório para comercialização plena até 2030. . Duas grandes decisões são urgentes: facilitar os investimentos em tecnologias limpas e impulsionar o emprego de tecnologias já existentes para melhoria da eficiência energética e da redução da emissão de gases em termos globais. que ainda passam por ajustes técnicos. A energia nuclear é liberada pela chamada “fissão dos átomos”. que é a energia do núcleo atômico do urânio. A nanotecnologia e a biotecnologia são algumas aplicações já existentes nesse grupo de tecnologias. Embora continue sendo uma das soluções para a crise energética no mundo. como a energia nuclear. protegendo o meio ambiente.

econômico. profissional e no meio ambiente. devemos ter clara a percepção de que sofremos transformações e provocamos mudanças irreversíveis nos ambientes familiar. social e ambiental. A biotecnologia está presente em diversas áreas. dentre outras. A maioria das fontes de energia renováveis aborda a geração de eletricidade. . cultural. de sementes. . Um exemplo é o tratamento de efluentes por meio da ação de micro-organismos. A nanotecnologia engloba tecnologias em escala nanométrica (um nanômetro representa um milionésimo de um milímetro). DIREITOS RESERVADOS Proibida a reprodução total ou parcial desta publicação sem o prévio consentimento. a responsabilidade da atual geração é criar ambientes em que elas sejam capazes de compreender o papel das oportunidades. como no caso do etanol. que são transformadas em combustíveis. Está presente em medicamentos e cosméticos. Quando se trata do futuro das tecnologias limpas. Para não limitar a liberdade de ação e reflexão das futuras gerações. dentre outras aplicações. há que se pensar nos seguintes aspectos: .O prefixo ”nano” tem origem no idioma grego e significa “anão”. das inovações e do desenvolvimento da sociedade. como nas indústrias farmacêutica. como cana-deaçúcar ou milho. do indivíduo. Dentre os seus benefícios estão a otimização do uso de recursos e menor impacto ambiental. da Anhanguera Educacional. Os biocombustíveis são originados das plantas.o consumo da eletricidade ainda perdurará por muito tempo até a consolidação das novas fontes de energia sustentável.está condicionado a ações coordenadas e responsáveis nos campos político. Quanto ao futuro do desenvolvimento sustentável. .nenhuma delas isoladamente poderá solucionar os problemas complexos que enfrentamos hoje. enquanto que os biocombustíveis oferecem uma alternativa para o petróleo no uso dos transportes. em busca de satisfação das nossas necessidades. A biotecnologia permite. o cultivo de micro-organismos para obter bens e serviços. por escrito.

segregação e exclusão social. Sem essa esperança. tendo em vista o desenvolvimento de um país. segundo Tim Jackson. da Anhanguera Educacional. para viver em sociedade e desenvolver projetos para alcançar objetivos comuns. 2 Prosperidade. é aquela em que pessoas de diferentes raças. por escrito. crescimento da população e consumismo exacerbado. fóruns e congressos nacionais e internacionais. não há engajamento. Pode ser que a sociedade esteja muito longe do ponto de transição para a Nova Economia. Conceitos Fundamentais Biocombustíveis – recebem essa denominação produtos usados como fontes de energia e que são fabricados a partir de biomassa (matéria orgânica) renovável. destruição dos ecossistemas. O processo de engajamento envolve comunicação. cor e status social conseguem alcançar o mínimo necessário para o início de suas jornadas rumo ao desenvolvimento sustentável. como 1 Governança quer dizer a forma como o poder de governo exerce autoridade e controle na administração dos recursos econômicos e sociais. Planejar o desenvolvimento sustentável é estabelecer metas transparentes para estratégias de responsabilidades e obrigações em relação à sociedade e ao planeta. como aproveitamento do lixo ou resíduos de processos industriais. que é significado de qualidade de vida. de alimentos e energia. no relatório Prosperidade sem crescimento – transição para uma economia sustentável –. O planejamento do desenvolvimento é condição essencial para a solução dos problemas como crescimento das cidades. para tornar realidade o desenvolvimento sustentável. é preciso educar para a construção de um futuro comum. consulta pública por intermédio de debates. DIREITOS RESERVADOS Proibida a reprodução total ou parcial desta publicação sem o prévio consentimento. É preciso acreditar que podemos ser melhores e mais felizes. .O futuro do desenvolvimento sustentável demanda governança1 e planejamento do que devemos fazer agora para construirmos ambientes favoráveis à mudança de rumo em favor da prosperidade2 duradoura no presente. sem engajamento não há desenvolvimento sustentável. porque fortalece os relacionamentos e a confiança na sociedade como um todo. escassez de água. mas certamente está em fase embrionária de sustentabilidade. E que. É preciso considerar que a projeção da população do planeta é de 9 bilhões em 2050.

Engloba tecnologias em escala nanométrica. do bagaço da cana-de-açúcar e de cascas de árvores ou arroz. São alguns exemplos: sistema para reaproveitamento das águas utilizadas em chuveiros e pias. células. IPCC (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas) – criado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e pela Organização Meteorológica Mundial. racionalizar a utilização de recursos. tem como objetivo o estudo dos fenômenos relativos às mudanças climáticas. . desinfecção das águas das piscinas por meio de ozônio. Exemplos: biodiesel.500 conceituados cientistas de mais de 130 países. Reúne cerca de 2. DIREITOS RESERVADOS Proibida a reprodução total ou parcial desta publicação sem o prévio consentimento. Tecnologias limpas – conjunto de tecnologias desenvolvidas para – conjuntos de equipamentos. óleos vegetais e biogás. Um exemplo é o tratamento de efluentes líquidos por meio da ação de microorganismos. para a geração de energias limpas e renováveis. Tecnologia humano e social. de modo a reduzir a emissão de gases de efeito estufa. São também chamados de combustíveis biológicos. etanol. Dentre os seus benefícios estão a otimização do uso de recursos e o menor impacto ambiental. conhecimentos e técnicas capazes de modificar ou transformar o ambiente natural. moléculas) para obter bens e serviços. sistemas de tratamento de esgoto e efluentes. Um nanômetro representa um milionésimo de um milímetro. Biotecnologia – tecnologia baseada na biologia. Nanotecnologia – o prefixo ”nano” tem origem no idioma grego e significa “anão”.no caso da serragem. Está presente em componentes eletrônicos. por escrito. da Anhanguera Educacional. ferramentas. máquinas. Permite utilizar agentes biológicos (organismos vivos. medicamentos e cosméticos. bem como o consumo de energia e os riscos de contaminação e do impacto ambiental. captação de energia solar para aquecimento de água dos chuveiros e torneiras.

. DIREITOS RESERVADOS Proibida a reprodução total ou parcial desta publicação sem o prévio consentimento. TV digital. CARBONARI. telefonia móvel. e-mails. Gibson Zucca da. experiências e habilidades. intranet. computadores. em escolas e residências. SILVA. no comércio. Referência 1) PEREIRA. Exemplos: internet. 2011. Adriana Camargo. Maria Elisa Ehrhardt. Sustentabilidade na prática: fundamentos. Valinhos: Anhanguera Publicações. da Anhanguera Educacional. por escrito.Tecnologias da informação e comunicação (TICs) – conjunto de tecnologias integradas para informação e comunicação. São utilizadas na indústria.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful