Você está na página 1de 3

Solues dos problemas propostos da

AULA 1- UMA IDENTIDADE ALGBRICA ESPECIAL



1) Utilizando a identidade

3
+
3
+
3
- = ( + + )(
2
+
2
+
2
- - - ),
Para = log
u
b , = log
b
c e = log
c
o temos por hiptese + + =
da
3
+
3
+
3
- = =
3
+
3
+
3
= . O enunciado pede
exatamente o valor de
3
+
3
+
3
, ou seja,
= log
u
b log
b
c log
c
o =


log b
log o

log c
log b

log o
log c
= .

2) Da mesma forma se + + = ento
3
+
3
+
3
= , logo

3
+

3
+

3
=

3
+
3
+
3

3
=

3
=

2
= (
2

2
) _

3
+

3
+

3
] = ,

Resposta: Alternativa C

3) Como ( - ) + ( - ) + ( - ) = , temos
( - )
3
+ ( - )
3
+ ( - )
3
= ( - )( - )( - ).

4) Suponhamos que =

+ V
3
+

- V
3

Utilizando a identidade (o + b)
3
= o
3
+ b
3
+ ob(o + b) obtemos

3
= ( + V) + ( - V) + _( + V)( -V)
3
=
3
= + V-
3
=

3
+ - = . Claramente essa equao admite 1 como raiz, logo admite o
fator ( - ), isto ,

3
+ - = ( - )(
2
+ + )

Como o segundo fator no possui razes reais e um nmero real,
conclumos que = e portanto, racional.

5) Temos (o + b - c)
3
+ (b + c - o)
3
+ (c + o - b)
3
=
(o + b - c)(b + c - o)(c + o - b)
J que (o + b - c) +(b + c - o) + (c + o - b) = .

6) Utilizando a identidade vem ( + + )(
2
+
2
+
2
- - - ) = ,
fezendo o =
2
+
2
+
2
e b = + + . Primeiramente note que b > ,
pois b =

2
+
2
+
2
- - -



2
+
2
+
2
> - - .

Agora, b o -
b
2
-u
2
, pois
b
2
-u
2
= + + . Simplificando vem,
o =

b
+ b
2
=

b
+

b
+ b
2

_

b
b
2
3
=
Donde usamos a desigualdade das mdias.
Assim o , e o valor mnimo de o 1. Por exemplo, esse valor atingido
quando = , = = .

7) Utilizando a identidade (o + b)
3
= o
3
+ b
3
+ ob(o + b) obtemos,
_V
3
+

V
3
]
3
=
3
= +

+ V
3


V
3
_V
3
+

V
3
] = = +

= 8,

Novamente,

_ +

]
3
= 8
3
=
3
+

3
+

_ +

] = 8 =
3
+

3
= 8.

8) Suponhamos que =

+ 9V
3
+

- 9V
3

Utilizando a identidade (o + b)
3
= o
3
+ b
3
+ ob(o + b) obtemos

3
= ( + 9V) + ( - 9V) + _( + 9V)( - 9V)
3
=
3
= 9 + V-
3
=
3
+ - 9 =

Claramente essa equao admite 3 como raiz, logo admite o fator ( - ), isto
,

3
+ - 9 = ( - )(
2
+ + 9)

Como o segundo fator no possui razes reais( o discriminante negativo) e
um nmero real, conclumos que = e portanto, racional.

9) Devemos provar que
( + + )
3
- ( + - )
3
- ( + - )
3
- ( + - )
3
= .
Observe que
( + + )
3
- ( + - )
3
= ( + + - - + )(( + + )
2
+ ( + + )( + - ) + ( + - )
2
)
= (
2
+
2
+
2
+ ).
Analogamente,

-( + - )
3
- ( + - )
3
= -(( + - )
3
+ ( + - )
3
) =
-(
2
+
2
+
2
- ). Portanto somando ambas, vem:

( + + )
3
- ( + - )
3
- ( + - )
3
- ( + - )
3
= (
2
+
2
+
2
+ -
2
-
2
-
2
+ )
= .

bs.: H tambm uma soluo (claro!) que utiliza a identidade do artigo.

10) Vamos utilizar a identidade

3
+
3
+
3
- = ( + + )(
2
+
2
+
2
- - - ),
Faamos
= Vo - b
3
, = Vb - c
3
Vc - o
3

E agora vamos argumentar por absurdo, isto , suponhamos o contrrio(que a
equao tem soluo), por hiptese, + + = ento
3
+
3
+
3
= .
Entretanto,
= (o - b) + (b - c) + (c - o) = Vo - b
3
Vb - c
3
Vc - o
3
=
J que o, b, c so distintos. Portanto a equao no possui soluo.


Gostaria de agradecer o Prof. Jos Maria, pelo artigo.
Ao meu professor Carlos A. Gomes pela referncia (polinmios simtricos) e pelas
aulas da UFRN.
Finalmente, ao meu professor Benedito Tadeu, que h tantos anos se dedica s
olimpadas do RN e pelas aulas da UFRN.

PEDRO PANTOJA, ALUNO DE MATMATICA UFRN.