Você está na página 1de 2

GERNCIA DE RISCOS VOC TEM AVERSO AO RISCO?

Marcelo de Almeida
Universidade Candido Mendes
Ps-Graduao de Engenharia de Segurana do Trabalho

marcelodealmeidario@gmail.com

Voc como EST tem averso ao Risco? Redija texto de 20 a 40 linhas se posicionando acerca dessa resposta considerando o que isso tem a ver com meio ambiente do trabalho e com a sade do trabalhador do ponto de vista do patro. Reflita sobre: Vale a pena correr o risco de adoecer o trabalhador, contaminar o lenol fretico, poluir o ar, depreciar aceleradamente seu maior patrimnio: o trabalhador? Como EST, no h de termos averso ao risco, porm 02 aspectos parecem estar diretamente relacionados com as atitudes e os comportamentos das pessoas perante os riscos existentes, so os diferentes tipos de personalidade e as suas disposies. Os diferentes tipos de personalidade podem originar uma maior ou menor propenso para aceitarem enfrentar os riscos, ou at, para tentar evit-los. Este fato influencia as atitudes perante o risco, bem como os seus nveis de tolerncia. Pessoas que aceitam mais facilmente enfrentar determinados riscos talvez revelem uma percepo mais reduzida desses mesmos riscos, enquanto que as pessoas que revelam nveis maiores de averso ao risco tendem a apresentar percepes de riscos mais apuradas. Ento do ponto de vista da empresa (patro) escolher o perfil do profissional na contratao fundamental para a eficcia da gesto de QSMS.

Vale a pena correr o risco de adoecer o trabalhador, contaminar o lenol fretico, poluir o ar, depreciar aceleradamente seu maior patrimnio: o trabalhador? Nunca vale a pena correr o risco de adoecer o trabalhador, contaminar o lenol fretico, poluir o ar, depreciar aceleradamente seu maior patrimnio, porem na realidade este fato pode variar em funo do tamanho destas perdas, pois se o risco altssimo, teoricamente o lucro enorme, como dizem: quanto maior o risco, maior o ganho. Desta forma em algumas empresas e /ou pessoas com perfil investidor muito forte, este risco pode ser um enorme estmulo em funo dos enormes ganhos.

Rio, 10 de Janeiro de 2014.