Você está na página 1de 17

“ PALAVRAS MÁGICAS ”

Iniciação à escrita e à leitura

Nota Prévia

Experimentei pela primeira vez o “ MÉTODO DAS 28 PALAVRAS ” no ano lectivo de


1981 / 82 .
Apoiei - me na obra de Yolanda Betim Pais Leme de Kruel - Nova Cartilha Moderna -
Guia da Professora Alfabetizadora e nos estudos que a professora Ivone Semedo fez sobre o
método . Ao longo dos anos fui , necessariamente , introduzindo modificações nesta base ,
umas por imperativo das turmas com que fui trabalhando , outras porque como dizia Gaston
Mialaret : " Os problemas pedagógicos contêm sempre várias coordenadas e as soluções que o
educador lhes proporciona nunca podem ser perfeitas . É por esse motivo que a atitude
científica, nesse domínio , concede sempre um lugar importante à personalidade do professor."

• É um método global de palavras .


• Apoia - se nas vivências das crianças e procura integrar as experiências do quotidiano
.

•A aprendizagem da leitura faz -se partindo da palavra escrita, tomada como


unidade , sem durante as primeiras cinco palavras descer à análise dos seus elementos
.
• Após esta fase surge a decomposição silábica e a composição de novas palavras ,
proporcionando às crianças o " prazer de escrever e ler " .

• Uma vez que " ler" é reconhecer e compreender a palavra escrita , este método
incentiva a que a aprendizagem da leitura se faça escrevendo.
• Privilegia o significado das unidades de comunicação e serve-se da decifração como
ferramenta .

• Dá a cada criança a possibilidade de descobrir por si como funciona a leitura ,


segundo o seu próprio ritmo .
• Encoraja a criação de um clima favorável ao diálogo e à socialização , que permite
associar a escrita e a leitura , oral e silenciosa, a situações de prazer e de reforço da
autoconfiança .

___________________________________
Natália João Ganhão Sousa - Professora do 1º Ciclo do Ensino Básico
• Continuo a utilizar a selecção de palavras , pelo menos durante os primeiros meses,
da professora Yolanda .

1 - menina 15 - rato
2 - sapato 16 - cenoura
3 - menino 17 - girafa
4 - bota 18 - palhaço
5 - uva 19 - zebra
6 - mãe 20 - peixe
7 - leque 21 - bandeira
8 - casa 22 - árvore
9 - janela 23 - funil
10 - telhado 24 - quadro
11 - escada - esquilo 25 - passarinho
12 - chave 26 - cigarra
13 - galinha 27 - fogueira - guitarra
14 - gema 28 - flor

___________________________________
Natália João Ganhão Sousa - Professora do 1º Ciclo do Ensino Básico
“ PALAVRAS MÁGICAS - PASSO A PASSO ”

Material utilizado colectivamente :

• FLANELÓGRAFO DE MESA

• LIVRO DE TURMA

• LIVRO DE PAREDE

• CARTAZES

• PALAVRAS E FRASES EM LETRA DE IMPRENSA E


MANUSCRITA

• JOGOS

• CAIXINHA DAS PALAVRAS

• FICHEIRO

• DICIONÁRIO ILUSTRADO

___________________________________
Natália João Ganhão Sousa - Professora do 1º Ciclo do Ensino Básico
Leio em voz alta o texto que constitui a 1 º folha do livro base .

Ana é uma menina . Ia na rua , cabeça no ar sem olhar o chão .

Exploro a imagem e o texto , fazendo corresponder , apontando com o dedo, as


palavras pronunciadas às palavras escritas .

Proponho a cada criança que desenhe no seu caderno ou numa folha branca a figura
da menina . Se for necessário faço o desenho no quadro . Este exercício é muito importante
pois constitui o elo de ligação entre a figura e a palavra .

Escrevo no quadro, com movimentos largos , a palavra menina em letra manuscrita .


Distribuo a cada criança uma folha com este grafismo

Com o dedo vamos acompanhando as brincadeiras da menina: três saltinhos , um


abraço , dois saltinhos , um pulo , dois saltinhos , uma roda ,caiu no chão , levantou-se e foi
dar um beijinho à mãe .

A menina vai fazer esta brincadeira com um vestido azul , depois com um amarelo...
até que se preencha todo o espaço do grafismo .

Nos dias seguintes as crianças repetem a história procurando respeitar a sequência e fazer a
correspondência entre a linguagem verbal e a escrita . Procuro que melhorem o vocabulário e criem
o hábito de se expressarem oralmente , sem demasiadas correcções que , nesta fase , penso
constituírem factor de inibição .

Aparece sempre o desenho da menina e proponho à criança que , no caderno ou no


quadro , escreva a palavra .

Na parede está desde o primeiro dia um cartaz com a figura de uma menina e a palavra
menina em letra manuscrita e de imprensa .
Quando todos os meninos souberem esta parte da história e lerem e escreverem esta
palavra afixo na parede , no cantinho das histórias , uma cópia desta folha do livro .
2
Cada criança recebe um cartão com a palavra menina em letra de imprensa .

Pinta as letras e no verso escreve a mesma palavra em manuscrito .


Começámos a construção da " Caixinha das Palavras ".

InIcio nesta altura a aprendizagem da 2 ª palavra - sapato


Utilizo a mesma técnica : leitura da história , desenho , grafismo e escrita da palavra .
Para o grafismo costumo utilizar uma lenga-lenga deste género :
Escorregou , rodou e caiu , patinou , rodou e caiu , pulou , rodou e saltou .
Depois de todas as crianças escreverem e lerem sem dificuldade as duas palavras
coloco no flanelógrafo imagens da menina e do sapato e faço corresponder a cada uma delas a
palavra em manuscrito .

Retiro as palavras e peço às crianças que as voltem a colocar debaixo das figuras
correspondentes .
Retiro estas palavras e coloco sob as imagens novos cartões com as palavras em letra de
imprensa .
Volto a pedir às crianças que façam as correspondências correctas , primeiro utilizando só os
cartões com letra de imprensa e depois utilizando os quatro cartões .
Seguindo sempre todos estes passos aparecem as palavras menino , bota e uva .É muito
importante ser paciente durante esta fase , dar tempo a que todas as crianas uiram a confiança
necessária para poderem encetar a etapa seguinte motivados e seguros .

Análise das palavras

Coloco no flanelógrafo a figura da menina e identifico-a com o cartão em letra de


imprensa .
Para começar a análise da palavra começamos por fazer uma leitura pausada da palavra ,
depois vamos pronunciar a palavra com a mão esquerda colocada com força contra a boca até
que as crianças sejam capazes de diferenciar quantas sílabas tem a palavra .
Nesta altura cada criança corta , usando um cartão com a palavra em letra de imprensa
onde as sílabas estão assinaladas , os " bocadinhos " que fazem a palavra .

No verso cada criança escreve em letra manuscrita a respectiva sílaba .

Os exercícios nesta etapa são muito variados : ler todas as sílabas seguidas , ler as sílabas
salteadas , reconstruir a palavra sem o modelo , descobrir a sílaba que está fora do seu lugar ... até
que todos os meninos associem com rapidez o som à sua representação escrita .

Descobrimos então que podemos escrever " mena " , o nome da boneca da Ana.
Partimos então para a análise da palavra sapato

No final vamos encontrar uma palavra nova - pato


Utilizando novamente o flanelógrafo :

me ni na
napa
sa pa to
Seguindo o mesmo processo escrevemos

papa papá tome


Com a decomposição da palavra menino aparecerão como palavras novas :
nome pano
Ao analisar a palavra bota já ficamos com muitas possibilidades de combinar sílabas
que formam palavras novas

me ni na
nata
bo ta
me ni na
nabo
bo ta
sa pa to
pata
bo ta
bo ta
me ni na bonito
sa pa to
me ni no
nota
bo ta
bo ta
me ni no
bonita
bo ta
Todas as vezes que se descobre uma palavra nova as crianças lêem - na , escrevem - na e
quando se trata de um substantivo ilustram - na com desenhos , fotografias , recortes de
revistas ....
Damos assim início ao Dicionário Ilustrado .

Por fim analisamos a palavra uva e partimos para a descoberta das vogais .
Pronunciando pausadamente as sílabas e dando relevo às vogais .

menina menino
me ...e ...e me ...e ...e
ni ....i ... i ni ... i ... i
na ...a ... a no ...o ...o
uva
u ... u ...u
va .... a ... a

a -e -i -o -u
A-E-I-O-U
Normalmente , nesta altura , as crianças não têm qualquer dificuldade em identificar e
desenhar correctamente as vogais .
Com a ajuda de uma história " O Macaquinho amigo das vogais " elaboramos um cartaz em
que aparecem as vogais maiúsculas e minúsculas em manuscrito e impresso .

só acetato

me ni na napa
sa pa to
sa pa to papa
sa pa to
sa pa to
tome
me ni na
me ni no
nome
me ni no
sa pa to
pano
me ni no

me ni na nata
bo ta
me ni na nabo
bo ta
sa pa to
bo ta pata
bo ta
me ni na bonito
sa pa to
me ni no nota
bo ta
só acetato

bo ta
me ni no bonita
bo ta
Iniciamos a construção do livro de leitura com pequenas frases ilustradas .

A menina Ana . É o nabo .

A menina e a mena . O pano tapa a nata .

O menino e a menina . É a Eva .

O papá papa o pato . A Eva papa a uva .


Por esta altura todas as crianças estão prontas para descobrir as famílias dos
"bocadinhos" .

Começo sempre pela palavra sapato.

Pegamos na sílaba sa , verificamos que tem a vogal a e jogamos ao faz - de - conta .

sa - se - si - so - su

pa - pe - pi - po - pu
Mais palavras novas aparecem :

sapo sino sono pipa sopa pá pé


É o tempo de aparecerem os jogos de leitura , os puzzles , os lotos figura-palavra
etc. .

Partindo da palavra bota lemos e escrevemos :


bo ba be bi bu
ta te ti to tu
e com base na palavra uva chegamos a
va ve vi vo vu
e continuamos na descoberta de novas palavras

bata bebé bibe tubo tábua nova novo


avó avô sete nove vive sobe ...
Vamos agora aprender uma nova palavra "mãe"
Voltamos ao nosso livro base recapitulamos a parte conhecida da história e
avançamos mais um pouco - a próxima personagem que entra na história é a mãe .
Para esta palavra já não é preciso utilizar o grafismo .
Os meninos desenham ou colam a fotografia da sua mãe e escrevem a palavra
mãe ou uma frase " A mãe é a mamã ".

Na palavra mãe podemos destacar o valor do til e chamar a atenção para o


ditongo.
Com uma tábua de dupla entrada podemos conhecer todos os ditongos

A partir da reconstrução deste puzzle


/

construímos a família de ma

ma me mi mo mu

Continuamos com a descoberta de palavras novas , sem nos esquecermos de


enriquecer o dicionário .
As crianças progredirão mais rapidamente se dispuserem de jogos que , de uma
forma lúdica , lhes permitam consolidar o vocabulário escrito adquirido .
A partir de um jogo deste tipo já podemos construir muitas frases :

O pai vai na mota .

O avô viu o sino .

O sapo vive no mato .


Nesta altura as crianças apreciam muito fazer ditado . Penso que é útil iniciar
este exercício só com palavras ( mão, mata, mana, mano, sumo, tomate, semana...)
no entanto, rapidamente, é possível passar às frases .

Vamos explorar a palavra leque e fazemos uma nova descoberta : a família de le é


igual às outras que já construímos ( la , le , li , lo , lu ) .

Utilizando o quadro das sílabas ou o flanelógrafo, formamos muitas palavras


novas :

la, le, li, lo, lu mala , mola , lama , limão , lima , lume , mula , leme, lula Lília
ma, me, mi, mo, mu
la, le, li, lo, lu sala, selo, sola
sa, se, si, so , su
la, le, li, lo, lu pala, pula ,pulo, lupa , lapa
pa, pe, pi, po, pu
la, le, li, lo, lu bola, bela, bule, lobo, bala
ba, be, bi, bo , bu
la, le, li, lo, lu lata, lota, luta, loto, tala, tela, palito
ta, te, ti , to , tu
la, le, li, lo, lu vala, vela , vila , viola, luva , lava , leva , novelo
va, ve, vi, vo, vu
Jogando com a tabela de leu, lia, lua, leite, melão , balão, malão
ditongos.

Podemos aumentar o livro com frases novas .

A mãe põe a luva na mala .


O bebé bebeu o leite .
Eu levo uma bola .
O avô viu o lobo na mata .
A Ana pula no pátio .

A família de que é pequenina .


que qui
Palavras novas :
Queque , aquela , aquele, aqui, aquilo , saquito , quilo, máquina, queima,
pequena , pequeno ...

Já somos capazes de fazer perguntas :

Que leva a mãe na mala ?


Que leva a Eva ?
Que viu a Lena ?
A palavra casa tem duas sílabas especiais :

ca - parece da família de sa - que é igual à primeira


que mas escreve - se de sílaba de sapato, mas
outra maneira . como está no meio de
A família de ca também não vogais lê - se de outra
é completa : forma .
ca co cu
O quadro da Família das Sílabas nesta altura está assim :

la le li lo lu
leque que qui
ca co cu
casa
Palavras novas :
Macaco, cama, cão, cola, cavalo, vaca, capa, maca, copo, camelo, pica, pico, pouco,
laca, cala, cala-te, calo-me, bico, boca, saco, seco, casaco , camisa , camisola, mesa,
vaso .
Aparece agora a palavra janela.
• Fazer a família de ja .
• Encontrar palavras com ja, je, ji, jo, ju ( javali, tijolo, botija, jaula, jaqueta,
Jaime, João, José, Joaquina ) .
• Observar que da família de ne já conhecemos quase todos os elementos . Nu é a
novidade — explorar o significado .
• Construir frases — Eu vi o bebé nu .

O telhado da casota é de palha .

• Análise da frase e das palavras .


• Formação de palavras novas a partir da família de lha — milho , abelha, coelho,
navalha, joelho, velha, velho, pilha, palha, bilha, bolha, calha, telha, soalho, solha,
olho, alho, molho, talha, malha .
• Formação de palavras novas a partir da família de da — dou , deu , dei , dão, dói ,
doeu, dia , dado , dedo, dália, dava, vida, cada , Dalila, divã .

A avó sobe a escada .


O João viu o esquilo .

• Comparar a sílaba es com as vogais .


• Construir e ler o quadro
a e i o u
as es is os us
pas pes pis pos pus
mas mes mis mos mus
..............
• Formar palavras novas — pasta ,pista, mosca, lista, vestido , Lisboa ...
• Explorar os plurais

A menina As meninas A mãe As mães


O sapato Os sapatos O leque Os leques
O menino Os meninos A casa As casas
A bota As botas O telhado Os telhados
A uva As uvas A escada As escadas

É a chave da casa da avó .

• cha , che, chi, cho, chu


• chave, chinela, chucha, chuva, chocolate, chupeta, chapéu, chávena, chaminé,
bolacha, choco, chama, achei ...
• Comparar a sílaba cha com lha e com ca

A galinha põe ovos .

• ga , go, gu — gola , galo, água, lago, lagoa, lego, gosto , guloso...


• nha, nhe, nhi, nho, nhu — pinha, linha, lenha, vinho, minha , Canha , sapatinho ...
• Comparar a s famílias de nha com lha e cha .

A partir daqui o trabalho segue sempre a mesma estrutura .


A sequência de palavras permite - nos , em conjunto com as crianças , uma
reflexão valiosa sempre que surge um caso especial de leitura.

• A palavra gema aparece logo depois de galinha e quando chegarmos a fogueira


faremos a comparação com estas .

• A rato segue - se cenoura , aqui será útil retomarmos também as palavras


sapato e casa .

• Com girafa aparecerão galinha e gema .

• Surge palhaço comparamos com cenoura e casa .

• Em zebra faremos a revisão de bota e construímos um quadro como fizemos


para os plurais .

Depois de explorada a palavra peixe as crianças já conhecem todas as letras faço


então a distribuição dos abecedários individuais .

Interesses relacionados