Você está na página 1de 3
Óleos de primeira prensagem 2010-09-14 Os óleos de qualidade são prensados a frio e não refinados.

Óleos de primeira prensagem

2010-09-14

Os óleos de qualidade são prensados a frio e não refinados. Significa que o fruto é prensado e recolhe -se o sumo. Segue-se a filtragem e obtem-se então o óleo de primeira prensagem.

Os óleos de primeira prensagem são ricos em gordutas e vitaminas lipossolúveis especialmente a vitamina E ( que evita que o óleo rance). São ricos em ácidos gordos essenciais.

Entre eles citamos: germen de trigo, grainha de uva, caroço de alperçe, girassol, entre outros.

Óleo

de

Pepitas

de

Girassol

Descrição: Fonte de vitamina E e ácidos graxos essenciais, o Óleo de Pepitas de Girassol Vital

Âtman defende o organismo contra os radicais livres que facilitam a formação de placas

ateroscleróticas

e

indicado

para

tratamentos

de

esclerose

múltiplas.

Sugestão de uso: 2 colheres de sopa ao dia.

 

Óleo

de

Linhaça

Descrição: Indicado para perda de massa gorda, o óleo de linhaça é ideal para pacientes obesos, hipertensos,com intolerância à glicose e problemas cardiovasculares. O óleo de

linhaça

promove

sensação

de

saciedade

quando

usado

regularmente.

Sugestão de uso: 2 colheres de sopa ao dia.

 

Óleo

de

Linhaça

Dourada

Descrição: Assim como o óleo de linhaça, as propriedades da linhaça dourada podem ser ótimas alternativas para os veganos, uma vez que são de origem totalmente vegetal.Sugestão de uso: 2 colheres de sopa ao dia.

Óleo

de

Avelã

Descrição: Com alto teor de ômega-9 em sua composição, o Óleo de Avelã Vital Âtman auxlia

evitando

a

oxidação

do

colesterol,

também

ajuda

a

prevenir

cardiopatias

e

AVCs.

Sugestão de uso: 2 colheres de sopa ao dia.

 

Óleo

de

Noz-Pecã

Descrição: Além de contribuir para a saúde do coração, o óleo de noz-pecã conta com sabor

incomparável,

excelente

para

a

finalização

de

pratos.

Sugestão de uso: 2 colheres de sopa ao dia.

 

Óleo

de

Noz-Macadâmia

Descrição: Composto por um ácido que diminui em nosso organismo com o passar dos anos, o Óleo de Noz-Macadâmia Vital Âtman serve como uma renovação para a pele, além de auxiliar

em

tratamentos

para

redução

da

glicemia

e

triglicérides.

Sugestão de uso: 2 colheres de sopa ao dia.

 

Óleo

de

Sementes

 

de

Abóbora

Descrição:

Exclusividade

da

Vital

Âtman,

o

óleo

de

sementes

de

abóbora

age

como

antioxidante, podendo prevenir doenças crônicas especialmente as relacionadas ao estresse

oxidativo. Auxilia em tratamentos de infecção urinária, câncer e usado habitualmente como

vermífugo Sugestão de uso: 2 colheres de sopa ao dia.

 

natural.

Óleo

de

Amêndoa

 

Doce

Descrição: Com sabor suave e agradável, o Óleo de Amêndoa Doce Vital Âtman pode ser

utilizado

na

finalização

de

pratos

culinários

e

também

como

emoliente

para

a

pele.

Sugestão de uso: 2 colheres de sopa ao dia.

Os óleos vegetais são extraídos de sementes oleaginosas como o milho, gergelim, soja, girassol e muitos outros. Esse processo de extração é feito por diversas etapas como a prensagem, que como o nome já diz, prensa os grãos para que o óleo seja extraído, mas existem dois tipos de prensagem a frio e quente, sempre prefira os óleos prensados a frio, pois eles contêm menos impurezas e menor nível de gorduras saturadas. Depois dessa extração o óleo é filtrado, refinado e todas as impurezas são retiradas.

Por isso, as melhores dicas são:

Guarde os óleos longe da claridade do sol e em local fresco.

Use sempre o óleo APENAS uma vez.

Evite ao máximo aquecer os óleos. Caso precise refogar algum alimento, comece com água e só depois acrescente o óleo.

Evite exageros, porque, afinal, óleos são gorduras e possuem muitas calorias.

Evite ao máximo as frituras por imersão.

Agora veja os campeões saudáveis dos óleos:

10º lugar Óleo de milho: contém ômega-3 e 6, mas é o óleo com maior quantidade calórica. É muito utilizado na preparação de alimentos assados.

9º lugar Óleo de soja: contém ômega-3, 6 e vitamina E. Antiinflamatório, bom para o coração e sistema nervoso.

8º lugar Óleo de girassol: contém o ômega-3, 6 e 9, mas em médias concentrações, é rico em vitamina E e gorduras monoinsaturadas. É ideal para o preparo de conservas

7º lugar Óleo de amêndoa: é rico em ômega-7 e 9. Melhora a saúde da pele e é muito utilizado como uma especiaria no preparo de saladas e em outros alimentos que não são aquecidos.

6º lugar Óleo de gergelim: contém ômega-3, 6 e 9. É rico em nutrientes antioxidantes e impede a ação dos radicais livres. Usado cru no preparo de saladas e principalmente em especiarias orientais.

5º lugar Óleo de amendoim: é o óleo mais indicado para frituras, já que não sofre grandes modificações com o aquecimento. É rico em ômega-3.

4º lugar Óleo de canola: contém ômega-3 e 6 numa proporção de dois para um. É o mais indicado para quem possui problemas cardíacos. É mais indicado para cozimento e consumo cru.

3º lugar Óleo de linhaça e linhaça dourada: rico em ômega-3, 6 e 9 nas proporções ideais para o nosso organismo. Auxilia na redução do colesterol, triglicerídeos e age como antiinflamatório.

2º lugar Óleo de coco: é rico em antioxidantes, ômega-6 e 9, ácidos graxos, vitamina E e ácido láurico. Pode ser utilizado em altas temperaturas porque não sofre grandes transformações. Para saber mais sobre esse óleo veja o nosso post. (link)

1º lugar Azeite de oliva:

Tem um alto teor de gorduras monoinsaturadas, vitamina E e ômega-9. É excelente para melhorar as funções digestivas protegendo as mucosas do estômago e do intestino, além de ser o melhor tipo de óleo para a saúde do coração, para a redução dos níveis de colesterol LDL, manutenção do colesterol HDL e ter uma alta atividade antioxidante. O único defeito do azeite é que ele não pode ser aquecido

- See more at: http://www.relvaverde.com.br/saude/top-10-dos-oleos-mais-

saudaveis/#sthash.1SHMHpnj.dpuf