Você está na página 1de 6
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br

www.musica.ead.unis.edu.br

MOLDANDO ACORDES

Aborda-se aqui uma concepção de construção de acordes baseado em posições. Estas posições servirão de referência, pois ao manipular as notas, aqui consideradas como intervalos, obteremos qualquer acorde.

Este método consiste na moldagem de acordes apenas interpretando o seu nome, o que consiste em decifrarmos a cifra e seus intervalos constituintes.

A seguir, tem-se a visualização dos intervalos e sua relação no braço da guitarra ou

violão.

Com a fundamental na corda 6:
Com a fundamental
na corda 6:
Com a fundamental na corda 5:
Com a fundamental
na corda 5:
Com a fundamental na corda 4:
Com a fundamental
na corda 4:

Podemos então achar qualquer intervalo no braço tendo em vista que:

Se diminuirmos em um semi-tom um intervalo maior, obtemos um intervalo menor. Se diminuirmos em um semi-tom um intervalo menor, obtemos um intervalo diminuto. Se aumentarmos em um semi-tom um intervalo maior, obtemos um intervalo aumentado. Se diminuirmos em um semi-tom um intervalo justo, obtemos um intervalo diminuto. Se aumentarmos em um semi-tom um intervalo justo, obtemos um intervalo aumentado.achar qualquer intervalo no braço tendo em vista que: O que pode ser resumido pelos gráficos

O que pode ser resumido pelos gráficos para intervalos variáveis e invariáveis:

Intervalos variáveis esses tipos de intervalos têm essa denominação devido a possibilidade variar entre maiores ou menores. Esses intervalos são os de segunda (nona), terça, sexta (décima terceira) e sétima.

Diminuto

Menor

Maior

Aumentado

(décima terceira) e sétima. Diminuto Menor Maior Aumentado grave ½ tom ½ tom ½ tom agudo
(décima terceira) e sétima. Diminuto Menor Maior Aumentado grave ½ tom ½ tom ½ tom agudo
(décima terceira) e sétima. Diminuto Menor Maior Aumentado grave ½ tom ½ tom ½ tom agudo
(décima terceira) e sétima. Diminuto Menor Maior Aumentado grave ½ tom ½ tom ½ tom agudo
(décima terceira) e sétima. Diminuto Menor Maior Aumentado grave ½ tom ½ tom ½ tom agudo
(décima terceira) e sétima. Diminuto Menor Maior Aumentado grave ½ tom ½ tom ½ tom agudo
(décima terceira) e sétima. Diminuto Menor Maior Aumentado grave ½ tom ½ tom ½ tom agudo

grave

½ tom

½ tom

½ tom

agudo

1

Elaborado por Celso Gomes - www.celsogomes.com.br

www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br

www.musica.ead.unis.edu.br

Ex.: Temos a terça maior da nota F , dada pela escala maior, então podemos achar a terça menor, diminuta ou aumentada.

então podemos achar a terça menor, diminuta ou aumentada. 3 ª diminuta 3ª menor 3ª maior

3 ª diminuta

3ª menor

3ª maior

3ª aumentada

Intervalos invariáveis - já os invariáveis, como se refere o próprio nome, não têm essa possibilidade de variação entre maiores e menores, pois são intervalos em que as notas tem a propriedade de se ajustarem, ou seja, 4 a (11 a ), 5 a , 8 a .

Diminuto

Justo

Aumentado

(11 a ), 5 a , 8 a . Diminuto Justo Aumentado grave ½ tom ½
(11 a ), 5 a , 8 a . Diminuto Justo Aumentado grave ½ tom ½
(11 a ), 5 a , 8 a . Diminuto Justo Aumentado grave ½ tom ½
(11 a ), 5 a , 8 a . Diminuto Justo Aumentado grave ½ tom ½
(11 a ), 5 a , 8 a . Diminuto Justo Aumentado grave ½ tom ½
(11 a ), 5 a , 8 a . Diminuto Justo Aumentado grave ½ tom ½

grave

½ tom

½ tom

agudo

Ex.: Temos a quarta justa da nota T, dada pela escala maior, assim podemos achar a quarta diminuta ou aumentada.

maior, assim podemos achar a quarta diminuta ou aumentada. 4ª diminuta 4ª justa 4ª aumentada Então

4ª diminuta

4ª justa

4ª aumentada

Então agora iremos estudar algumas maneiras de se construir acordes usando por fórmulas bastante comuns, porém existem ainda muitas outras formas. Estes acordes, que aqui serão apresentados, são um bom começo para que possamos ter fluência com acordes no braço do instrumento.

2

Elaborado por Celso Gomes - www.celsogomes.com.br

www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br

www.musica.ead.unis.edu.br

ACORDES DE TRÊS SONS (TRÍADES)

Com baixo na 5 a corda

ACORDES DE TRÊS SONS (TRÍADES) Com baixo na 5 a corda Com baixo na 6 a

Com baixo na 6 a corda

Com baixo na 5 a corda Com baixo na 6 a corda Com baixo na 4

Com baixo na 4 a corda

corda Com baixo na 6 a corda Com baixo na 4 a corda Tendo em vista

Tendo em vista as fórmulas acima e manipulando os intervalos de tais acordes, podemos encontrar os seguintes acordes com três sons (triádicos) decifrando a constituição da cifra como mostrado no quadro a seguir:

Nome do acorde

Intervalos

Cifras

Maior

Fundamental, 3 a maior, 5 a justa,

C

Menor

Fundamental, 3 a menor, 5 a justa

Cm, C , Cmin

Menor com 5 a diminuta

Fundamental, 3 a menor, 5 a diminuta

Cm(5b), C5b

Aumentado

Fundamental, 3 a maior, 5 a aumentada

C(5#), C 5#, C +

sus 4

Fundamental, 4 a justa, 5 a justa

Csus4, C4

Obs.:

1. Quando a cifra for acompanhada por um “m” ou “-” ou até “min” isto indica que a terça do acorde é menor (acorde menor). Se estes símbolos não aparecerem a terça é maior (acorde maior)

2. A quinta deve ser justa quando na cifra não houver nada a seu respeito.

3. Se a quinta vier com um “# ” ou + esta é quinta aumentada.

4. Se a quinta vier com um “b ” ou - esta é quinta diminuta.

3

Elaborado por Celso Gomes - www.celsogomes.com.br

www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br

www.musica.ead.unis.edu.br

POWER CHORDS

(Acordes com 5ª ou Bicordes)

Estes acordes são usados geralmente com a guitarra sobre o efeito de distorção (drive). O volume dos harmônicos nas notas da guitarra com distorção, é elevado a um patamar próximo do som fundamental, ampliando o efeito de consonância e dissonância dos intervalos, então nestes acordes são, mais freqüentemente usados intervalos invariáveis (5ª, 4ª e 8ª justas). Isto não quer dizer que outros intervalos variáveis não possam ser usados.

Com baixo na 6 a corda

não possam ser usados. Com baixo na 6 a corda Com baixo na 5 a corda

Com baixo na 5 a corda

Com baixo na 6 a corda Com baixo na 5 a corda Inversão de power chords

Inversão de power chords

Com baixo na 6 a corda

corda Inversão de power chords Com baixo na 6 a corda Com baixo na 5 a

Com baixo na 5 a corda

chords Com baixo na 6 a corda Com baixo na 5 a corda Com baixo na

Com baixo na 4 a corda

corda Com baixo na 5 a corda Com baixo na 4 a corda Encontre os acordes

Encontre os acordes decifrando a constituição da cifra como mostrado no quadro a seguir:

Nome do acorde

Intervalos

Cifras

* Maior / Menor

Fundamental, 5 a justa,

C5

5 a diminuta

Fundamental, 5 a diminuta

C(5b)

Aumentado

Fundamental, 5 a aumentada

C(5#), C 5#, C +

* Obs.: É importante ressaltar que estes acordes não são nem maiores nem menores pois não existe a terça (nota que define se os acordes são maiores ou menores), então eles podem ocupar o lugar tanto de acordes maiores ou menores.

4

Elaborado por Celso Gomes - www.celsogomes.com.br

www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br

www.musica.ead.unis.edu.br

ACORDES COM 7 a OU 6 a

Com baixo na 5 a corda

Com baixo na 6 a corda

Com baixo na 4 a corda

corda Com baixo na 6 a corda Com baixo na 4 a corda Encontre os acordes
corda Com baixo na 6 a corda Com baixo na 4 a corda Encontre os acordes

Encontre os acordes decifrando a constituição da cifra como mostrado no quadro a seguir:

Nome do acorde

Intervalos

 

Cifras

 

Com 7 a maior

Fundamental, 3 a maior, 5 a justa, 7 a maior

C7M, Cmaj7,

 

C7+, C

C7+, C
 

Com 7 a

Fundamental, 3 a maior, 5 a justa, 7 a menor

 

C7

 

Menor com 7 a

Fundamental, 3 a menor, 5 a justa, 7 a menor

Cm7, C 7,

 
 

Cmin7

 

Meio diminuto

Fundamental, 3 a menor, 5 a diminuta, 7 a menor

Cm7(5b), C

Cm7(5b), C

,

{ C 7

5b}

 

Com 7 a e 5 a diminuta

Fundamental, 3 a maior, 5 a diminuta, 7 a menor

C7(5b), C7 5b, {C7 5}

 

Com 7 a e 5 a aumentada

Fundamental, 3 a maior, 5 a aumentada, 7 a menor

C7(5#), C7 5#, {C7 +5}

 

Com 7 a , sus 4

Fundamental, 4 a justa, 5 a justa, 7 a menor

C7sus4, C

Com 7 a , sus 4 Fundamental, 4 a justa , 5 a justa, 7 a
 

Com 6 a

Fundamental, 3 a maior, 5 a justa, 6 a maior

 

C6

 

Diminuto

Fundamental, 3 a menor, 5 a diminuta, 7 a diminuta

 

C

o

Obs.: Em acordes com 6 a a sétima deve ser substituída pela sexta.

5

Elaborado por Celso Gomes - www.celsogomes.com.br

www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br
www.musica.ead.unis.edu.br

www.musica.ead.unis.edu.br

ACORDES COM 7ª & 9ª OU 6 a & 9 a

Com baixo na 6 a corda

& 9ª OU 6 a & 9 a Com baixo na 6 a corda Com baixo

Com baixo na 5 a corda

9 a Com baixo na 6 a corda Com baixo na 5 a corda Com baixo

Com baixo na 4 a corda

corda Com baixo na 5 a corda Com baixo na 4 a corda Encontre os acordes

Encontre os acordes decifrando a constituição da cifra como mostrado no quadro a seguir:

Nome do acorde

Intervalos

Cifras

Com 7 a maior e 9 a

Fundamental, 3 a maior, 7 a maior, 9 a maior

C7M(9), Cmaj9,

C7+(9)

Com 7 a e 9 a

Fundamental, 3 a maior, 7 a menor, 9 a maior

C7(9), C9

Com 7 a e 9 a menor

Fundamental, 3 a maior, 7 a menor, 9 a menor

C7(9b)

Com 7 a e 9 a aum.

Fundamental, 3 a maior, 7 a menor, 9 a aumentada

C7(9#), {C7 +9}

Menor com 7 a e 9 a

Fundamental, 3 a menor, 7 a menor, 9 a maior

Cm7(9), C - 9

Com 6 a e 9 a

Fundamental, 3 a maior, 6 a maior, 9 a maior.

C6,9

ACORDES COM 7ª & 13 a OU 7ª & 11ª

Com baixo na 5 a corda

& 13 a OU 7ª & 11ª Com baixo na 5 a corda Com baixo na

Com baixo na 6 a corda

11ª Com baixo na 5 a corda Com baixo na 6 a corda Encontre os acordes

Encontre os acordes decifrando a constituição da cifra como mostrado no quadro a seguir:

Nome do acorde

Intervalos

Cifras

Com 7 a maior e 13 a

Fundamental, 3 a maior, 7 a maior, 13 a maior

C7M(13), Cmaj13,

C7+(13)

Com 7 a e 13 a

Fundamental, 3 a maior, 7 a menor, 13 a maior

C7(13), C13

Com 7 a e 13 a menor

Fundamental, 3 a maior, 7 a menor, 13 a menor

C7(13b)

Com 7 a e 11 a aum.

Fundamental, 3 a maior, 7 a menor, 11 a aumentada

C7(11#)

Menor com 7 a e 11 a

Fundamental, 3 a menor, 7 a menor, 11 a justa

Cm7(11), C - 11

6

Elaborado por Celso Gomes - www.celsogomes.com.br