Você está na página 1de 1

L'OSSERVATORE ROMANO EDIÇÃO SEMANAL EM PORTUGUÊS

Unicuique suum Non praevalebunt


Ano XL, número 44 (2.080), sábado 31 de Outubro de 2009 Cidade do Vaticano Preço ; 1,00. Número atrasado ; 2,00

O Papa encerrou o Sínodo pedindo que o Evangelho seja traduzido em projectos coerentes Distante
Uma terra prometida para a África da realidade
GIOVANNI MARIA VIAN
Ninguém tem o direito de man- Mais €uma vez uma decisão de Ben-
ter os povos africanos fora do to XVI volta a ser pintada com cores
desenvolvimento global: há fortes, previamente constituídas e so-
também para este continente bretudo €muito €distantes €da €reali-
uma terra prometida, a «terra dade. Infelizmente quem o faz é, de
da reconciliação, da justiça e novo, Hans Küng, o teólogo suíço
da paz». Bento XVI ressaltou seu antigo colega e amigo, que o
este aspecto na homilia que próprio Papa em 2005, só cinco me-
pronunciou durante a missa ce- ses depois da sua eleição, quis encon-
lebrada no domingo, 25 de Ou- trar, a título de amizade, para deba-
tubro na Basílica de São Pedro, ter sobre as bases éticas comuns das
no encerramento da Assembleia religiões e da relação entre razão e
especial para a África do Síno- fé. E isto apesar de Küng ter sido,
do dos Bispos. Renovou o apelo em 1979, no início do pontificado de
para que a África se levante e João Paulo II, sancionado por algu-
acolha «com renovado entusias- mas das suas posições pela Congre-
mo o anúncio do Evangelho» gação para a Doutrina da Fé (então
que ilumina a riqueza das suas guiada pelo cardeal croata Franjo
culturas e linguagens. Mas pe- Šeper) que, no final de um procedi-
diu também à comunidade in- mento iniciado nos últimos anos de
ternacional que reveja o actual Paulo VI, declarou não poder consi-
modelo de crescimento econó- derá-lo um teólogo católico.
Desde então, várias vezes, Küng,
mico e social, orientando o ti-
infalivelmente retomado por influen-
mão da globalização para me- tes meios de comunicação, voltou a
tas que incluam todos os povos criticar, com aspereza e sem funda-
e não apenas os que estão mento, Bento XVI. Como faz agora –
«adequadamente habilitados». relançado com clamor na Inglaterra
O Pontífice prosseguiu advertindo que a Igreja, por seu la- por todos os indivíduos e povos. A este propósito Bento XVI por «The Guardian» e na Itália por
do, está chamada a oferecer ao mundo um exemplo de co- recordou a actudalidade da Populorum progressio de Paulo «la Repubblica», que certamente
munidade de pessoas reconciliadas, artífices de justiça e de VI, cuja lógica orientada para um desenvolvimento no res- não serão os únicos jornais no mun-
paz, e que entre os cristãos não podem subsistir divisões peito pelas culturas locais e pelo meio ambiente, parece ser do que publicarão o seu artigo – a
com base étnica, linguística ou cultural. Só uma Igreja re- a única capaz de fazer sair os povos africanos da escravidão propósito do anúncio, deveras histó-
conciliada – focalizou – é capaz de se tornar, por sua vez, da fome e das doenças. Por outras palavras, é preciso tradu- rico, por parte da Santa Sé da pró-
fermento poderoso de reconciliação em cada país e em todo zir o Evangelho em projectos e realizações coerentes com o xima constituição de estruturas canó-
o continente africano; esta é a condição indispensável para princípio dinâmico fundamental, que é o amor. nicas que permitirão a entrada na
instaurar em África relações de justiça entre os homens e comunhão com a Igreja católica de
para construir uma paz equitativa e duradoura no respeito PÁGINAS 4-5 muitos anglicanos. Um gesto que se
destina a reconstituir a unidade que-
rida por Cristo e reconhece o longo
e fadigoso caminho ecuménico reali-
zado neste sentido, mas que é detur-
pado e representado enfaticamente
Discurso do Papa à comunidade Concluiu-se
a assembleia sinodal como se se tratasse de uma astuta
operação de poder que deve ser lida
do Pontifício Instituto Bíblico em chave política, naturalmente de
extrema direita.
Na manhã de segun- Despertar Não vale a pena minimamente
da-feira, 26 de Outu- ressaltar as falsidades e as inexacti-
bro, Bento XVI rece- CARLO DI CICCO dões deste último escrito de Küng,
beu em audiência a cujas tonalidades mais uma vez não
comunidade do Pon- É uma África lida com olhos de sim- honram a sua história pessoal e nal-
tifício Instituto Bíbli- patia a que é desenhada pelo segun- guns aspectos aproxima-se da comi-
co por ocasião do do sínodo dos bispos. Um continente cidade, ignorando propositadamente
centenário da funda- regenerado que olha em frente e os factos e chegando até a escarnecer
ção. Aproximar a Bí- considera possível estabelecer com o do primaz anglicano, que assinou
blia à vida do povo resto do mundo relações libertadas uma declaração conjunta com o ar-
de Deus: é quanto faz da triste recordação da escravidão e cebispo de Westminster. Mas infeliz-
do colonialismo. Reunindo-se por mente o artigo do teólogo suíço vai
há cem anos este circular muito e contribuirá para
Pontifício Instituto, três semanas com Bento XVI em Ro-
uma representação tanto fosca quan-
em cuja escola foram ma e não numa cidade africana, os
to infundada da Igreja católica e de
formados mais de sete Padres sinodais podiam esperar um Bento XVI. Para resumir a actual si-
mil professores de Sa- pouco mais de atenção de quanto tuação à qual teria chegado a Igreja
grada Escritura e normalmente se dedica à África por católica com o Papa actual, Küng
promotores de grupos parte da mídia internacional. A solu- escreve que se trata de uma tragé-
bíblicos. ção dos graves problemas da socie- dia. Não é o caso de incomodar pa-
dade africana não é só questão dos lavras tão hiperbólicas para definir o
PÁGINA 3 africanos, mas diz respeito a todos. seu artigo, mesmo se permanece
De facto, a África permanece «um muita amargura perante mais um
pulmão espiritual» para uma huma- ataque gratuito à Igreja de Roma e
nidade que – usando as palavras do ao seu indiscutível compromisso ecu-
Papa – «se mostra em crise de fé e ménico.
Mensagem Sínodo dos Bispos de esperança». Mas ela é também
do Sumo Pontífice para a África uma reserva crescente de recursos
que se forem desperdiçados não be-
ao Supremo Patriarca Mensagem da segunda assembleia neficiarão ninguém, como aconteceu Igreja e globalização
e Catholicos especial para a África aprovada no até agora, sem regras nem medidas.
dia 23 de Outubro e os trabalhos O sínodo desenvolveu dia após dia A imposição
de todos os Arménios das congregações gerais. a sua reflexão ampla e livre, elabo- da linguagem
PÁGINA 3 PÁGINAS 6-31 CONTINUA NA PÁGINA 31 PÁGINA 9