Você está na página 1de 35

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Côn.

Henrique Soares da Costa Da Igreja de Maceió

Tema 3: A Igreja una, santa,

Veremos, agora,

católica e apostólica

com a ajuda da Sagrada

Escritura, as quatro propriedades que a teologia sempre viu presentes na Igreja.

a) A Igreja é una

A Igreja de Cristo deixar de sê-lo:

é una e não poderia

una, porque brota do Deus que é trino na unidade

perfeita e é a

seu único plano de amor e salvação:

realização na história e no mundo do

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

Há diversidade de dons mas

um mesmo é o

Espírito. Há diversidade de ministérios mas um mesmo é

o Senhor. Há diferentes atividades mas um mesmo é

Deus que realiza todas as

coisas em todos (1Cor

12,4ss).

una, porque um só é o

seu Fundador, que

sonhou com sua Igreja como o único rebanho (cf. Jo

10,16),

seu único corpo (cf. 1Cor 12,12s); o único

qual ele mesmo,

templo pleno do seu Espírito, do

Cristo, é a pedra angular (cf. Ef 2,20s).

una, porque a missão

de Cristo Jesus era

congregar na unidade os filhos de Deus dispersos:

Jesus iria morrer

para

congregar na unidade os

filhos de Deus dispersos (Jo 11,52).

O Filho Jesus veio para

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

criar em si mesmo um só

Homem Novo (Ef 2,15).

Por isso, de modo comovente, o

Senhor Jesus

rezou pela unidade de sua Igreja e deu-lhe esta unidade

como

dom irrevogável:

Não rogo somente por eles,

mas pelos que, por

meio de sua palavra, crerão em mim: a fim de que todos sejam um. Como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, que

eles estejam em nós,

me enviaste. Eu lhes dei a glória que tu me

para que o mundo creia que tu

deste

para que sejam um, como nós somos um: eu neles e tu

em mim, para que

que o mundo reconheça que me enviaste e os amaste como amaste a mim (Jo 17,20-23).

sejam perfeitos na unidade e para

una na mesma fé, no

mesmo Senhor, no mesmo

batismo, na mesma vida de unidade:

Há um só Corpo e um só

Espírito, assim como

fostes chamados por vossa vocação para uma só

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

esperança. Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo.

6 Há um só Deus e Pai

todos, por todos e em todos (Ef 4,4ss).

de todos, que está acima de

Os que receberam a palavra

se batizaram, e

naquele dia se converteram umas três mil pessoas. Eles mostravam-se assíduos à doutrina dos apóstolos, às

reuniões em comum, ao (At 2,42).

partir do pão e às orações

Esta unidade, que é dom de

Cristo e fruto do

Espírito, não pode ser perdida, apesar de tantas feridas na história da Igreja: os cismas, as heresias e as

apostasias. Dessas

culpados e são sinal de uma grave infidelidade

Senhor Jesus! Por isso mesmo, Cristo Senhor, além de

ter dado o Espírito

feridas todos os cristãos são

ao

Santo como artífice primário e

invisível da unidade eclesial, dotou sua

elementos visíveis que realizam e significam esta

unidade no

Colégio apostólico sucedido pelo

e o ministério de Pedro, sobre os quais falaremos mais adiante.

Igreja de

Espírito: a única Eucaristia, o único

Colégio dos Bispos

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

É indispensável deixar claro

que jamais Cristo

pensou em diversas igrejas, nem a comunidade

apostólica

entre as comunidades:

admitiu divisão de doutrina ou separação

A multidão dos que haviam coração e uma só alma (At 4,32).

crido era um só

Exorto-vos, irmãos, pelo nome de Nosso Senhor

Jesus Cristo: Sede todos

unânimes no falar, e não

haja entre vós divisões, antes sede concordes no mesmo pensar e no mesmo sentir (1Cor 1,10).

Eu me admiro que passastes

tão depressa

daquele que vos chamou à graça de Cristo, para um

outro

que há, são pessoas que

evangelho. De fato, não há dois evangelhos. O

semeiam a confusão entre

vós e pretendem deturpar o Evangelho de Cristo.

Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo descido do céu

vos anuncie um evangelho

anunciamos, que seja anátema. Eu já vo-lo disse antes,

diferente do que vos

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

e agora repito: se alguém vos pregar outro evangelho

diferente do que

recebestes, seja anátema (Gl 1,6-9).

Pelo conforto que há em

Cristo, pela consolação

que há no Amor, pela comunhão no Espírito, por toda ternura e compaixão, completai minha alegria,

permanecendo unidos no mesmo

pensar, no mesmo

amor, no mesmo ânimo, no mesmo sentir (Fl 2,1s).

Quem ensina doutrinas

estranhas e discorda das

palavras salutares de Nosso Senhor Jesus Cristo e

da doutrina conforme à piedade, é um obcecado pelo

orgulho, um ignorante que

em questões e discussões de palavras. Daí é que

nascem invejas, contendas, insultos, suspeitas, porfias

de homens com mente

morbidamente se compraz

corrompida e privados da

verdade que fazem da piedade assunto de lucro (1Tm

6,3-5).

São numerosos os textos do

Novo Testamento que

deixam claro que a Igreja é una e deve viver na unidade:

2Ts 3,6;1Tm 3,15; 4,16; 6,3-5.14.20s; 2Tm 2,14;

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

2,20-26; 3,13-14; 4,3-5; Tt

unidade da Comunidade na mesma fé e na mesma

caridade são repreendidas com dureza pelos apóstolos!

1,10-11. As faltas contra a

Exatamente porque povo

de Deus, corpo de Cristo e

templo do Espírito, a Igreja é una e única. O

Vaticano II, recolhendo a doutrina sempre presente na

Concílio

Igreja

ensinou de modo admirável:

Assim, a Igreja, única grei

de Deus, como um sinal

levantado entre as nações, administrando o Evangelho da paz para todo o gênero humano, peregrina na

esperança, rumo à meta da

sagrado mistério da unidade da Igreja, em Cristo e

pátria celeste. Este é o

por Cristo, realizando o Espírito Santo a variedade dos

ministérios. Deste

mistério o supremo modelo e

princípio é a unidade de um só Deus, o Pai e o

Filho

no Espírito Santo, na Trindade das pessoas (UR 2ef).

b) A Igreja é santa

A santidade da

Igreja é clara no Novo

Testamento. Já o povo de Israel era considerado

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

santo, quer dizer, separado por Deus e para Deus:

Vós sereis para mim um uma nação santa (Ex 19,6).

reino de sacerdotes e

A Igreja, como já vimos,

nasceu de Cristo, o Santo

de Deus (cf. Lc 1,35); ele, doando aos seus o Espírito de Santidade, santificou sua Igreja:

discípulos

Pai, santifica-os na

verdade; a tua palavra é a

verdade

Por eles, a mim mesmo me santifico,

para

que sejam santificados na verdade (Jo 17,17.19).

É graças a esta vontade é

que somos santificados

pela oferenda do corpo de Jesus Cristo, realizada uma

vez por todos. De fato, com esta única oferenda, levou à

perfeição, e para

10,10.14)

sempre, os que ele santifica (Hb

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

Dizer que a Igreja é santa é

dizer que ela é

totalmente separada para Cristo e com Cristo na

potência do

ela pertence totalmente a Cristo, penetra, invade, vivifica e dirige:

Espírito para a glória do Pai, é dizer que

pelo Espírito que a

Cristo amou a Igreja e se

entregou por ela, a fim

de purificá-la com o banho da água e santificá-la

Palavra, para apresentar a si mesmo a Igreja, gloriosa,

sem mancha nem

santa e irrepreensível (Ef 5,26s).

pela

ruga, ou coisa semelhante, mas

Por isso, a Escritura pode

Mas vós sois uma raça

dizer, falando da Igreja:

eleita,um sacerdócio régio,

uma nação santa, o povo de sua particular

propriedade, para apregoar os grandes feitos daquele

que vos chamou das (1Pd 2,9).

trevas para a sua luz admirável

É importante compreender que é

Cristo quem

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

santifica a Igreja, é ele a fonte de sua santidade, porque

lhe

dá seu Espírito Santo:

Quando a bondade e o amor

de Deus, nosso

Salvador, se manifestaram, ele salvou-nos, não por

causa dos

mas porque, por sua misericórdia,

atos justos que houvéssemos praticado,

fomos lavados pelo

poder regenerador e renovador do Espírito Santo, que

ele

Cristo, nosso Salvador, a

ricamente derramou sobre nós, por meio de Jesus

fim de que fôssemos

justificados pela sua graça, e nos tornássemos herdeiros da esperança da vida eterna (Tt 3,4-7).

Mas fostes lavados, mas

fostes santificados, mas

fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo pelo Espírito do nosso Deus (1Cor 6,11).

e

É porque a Igreja é

santificada pelo seu Espírito,

sobretudo através da Palavra e dos

os seus membros são chamados santos (= santificados).

sacramentos, que

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

À Igreja de Deus, que está

em Corinto, àqueles

que foram santificados em Cristo Jesus, chamados a ser

santos

(1Cor 1,2)

Então, a Igreja não é santa

porque somos santos

ou santinhos; ela é santa porque Cristo a santifica com seu Espírito, e porque nela fomos santificado pela

(sobretudo o batismo e a

eucaristia), somos chamados santos (=

Palavra e os sacramentos

santificados)!

Esta santidade, tanto na Igreja quanto em nós, é real,

mas

ser santos! Esta santidade é

não pode ser perdida!), já que o Espírito Santo permanecerá sempre agindo na Igreja:

deve ir crescendo sempre: santos e chamados a

também indefectível (=

Eu rogarei ao Pai e ele vos

dará outro Paráclito,

para que convosco permaneça para sempre, o Espírito

da

Verdade, que o mundo não pode acolher, porque

não o vê nem o conhece. Vós o permanece convosco (Jo 14,16s).

conheceis, porque

Por isso, falando da sua

Igreja, Jesus disse a

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

Pedro:

As portas do inferno nunca (Mt 16,18).

prevalecerão contra ela

Afirmar que a

Igreja não é santa, seria

contradizer clara e gravemente o próprio Cristo e

negar a ação do Espírito na comunidade dos discípulos.

Dizer que a Igreja

perdeu a santidade é negar a

fidelidade de Cristo e blasfemar gravemente

Espírito, ele que é a própria santidade divina na Igreja do Senhor!

contra o

Esta Igreja, que é

santa, é formada por

pecadores. Basta, como exemplo, pensar na Primeira Epístola aos Coríntios. Aí, após chamar de santos os

membros da Igreja

dos tantos e tantos escândalos na

divisões entre os fiéis (cf. 1,10-16), os casos de

imoralidade (cf. 5,1-13; 6,12-19), as disputas levadas aos

tribunais pagãos

coríntia, São Paulo passa a falar

Comunidade: as

(cf. 6,1-11), etc. A Igreja é santa e é

uma comunidade de santificados,

chamados a agir

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

como tais

mas não é uma comunidade de santinhos e

certinhos. Ela reúne em seu seio santos e pecadores,

contudo, quem persevera

no pecado, é membro da

Igreja somente de modo exterior e não segundo o Espírito de Santidade!

Uma última

observação: já dissemos que

os sacramentos são o modo principal pelo qual o

Senhor Jesus, no Espírito Santo, santifica sua Igreja:

eles, celebrados na

santificante do Cristo Jesus:

força do Espírito, dão-nos a graça

Ou ignorais que todos nós,

batizados em Cristo

Jesus, é na sua morte que fomos batizados? Com ele

fomos

assim como Cristo ressuscitou dos

do Pai, assim também andemos em novidade de vida.

Pois,

por uma morte semelhante à sua,

sepultados pelo batismo na morte para que,

mortos pela glória

se estamos nos tornamos uma só coisa com ele

seremos uma coisa

só com ele também por uma ressurreição semelhante à

sua.

Sabendo que nosso velho homem foi crucificado

para que fosse destruído o

corpo de pecado e já não

servíssemos ao pecado (Rm 6,3ss).

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

Porque minha carne é

verdadeiramente comida e

meu sangue é verdadeiramente bebida. Quem come

minha carne e bebe meu sangue permanece em mim, e

eu nele. Assim como o Pai,

vivo pelo Pai, assim também quem comer de minha carne viverá por mim (Jo 6,55ss).

que vive, me enviou, e eu

Também a Palavra proclamada

santifica

continuamente a Igreja, já que é proclamada na potência

do

Espírito Santo:

Cristo amou a Igreja e se

entregou por ela, a fim

de purificá-la com o banho da água e santificá-la

Palavra, para apresentar a si mesmo a Igreja, gloriosa,

sem mancha nem

santa e irrepreensível (Ef 5,26s).

pela

ruga, ou coisa semelhante, mas

Por tudo isso, a Igreja, desde

as mais antigas

épocas é chamada Comunhão dos Santos!

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

c) a Igreja é católica

com muita simplicidade

que o adjetivo católico significa universal. Não é bem assim! Antes de tudo, convém deixar claro que a

palavra católica não é

adjetivo, uma qualidade que distingue a Igreja de Cristo das comunidades que não são expressão

completa da única Igreja do

bom saber que, ao menos até onde as pesquisas

atuais alcançam, o primeiro a usar o adjetivo católica

para distinguir a

Em geral, diz-se

o nome da Igreja, mas um

Senhor. Neste sentido, é

Igreja dos grupos heréticos, foi Santo

Inácio, Bispo de Antioquia e sucessor

naquela sede episcopal, mártir de Cristo pelo ano 97 da

nossa era.

de Pedro

Aos cristãos de Esmirna, ele escreveu:

Ninguém ouse fazer sem o

Bispo coisa alguma

concernente à Igreja. Como válida só se tenha a

eucaristia celebrada sob a presidência do Bispo ou de

um delegado seu. Onde

comunidade, como onde está Jesus Cristo, aí está a Igreja católica.

está o Bispo, aí está a

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

O adjetivo católico (kat olou)

totalidade (= segundo + olou

significa segundo a katha:

: totalidade). Isto significa: a Igreja vive e guarda em

si a totalidade dos

salvação: a Palavra, os sacramentos, os

ministérios, as estruturas eclesiais, etc. Não é, portanto,

uma

meios deixados por Cristo para a

carismas e

Igreja mutilada!

E sujeitou a seus pés

todas as coisas e o

constituiu cabeça suprema de toda a Igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que plenifica tudo em todos (Ef 1,22).

E não poderia ser diferente,

pois ela é habitada

pelo Espírito da Verdade (cf. Jo 14,15-17) e, por isso mesmo, é coluna e sustentáculo da verdade (cf. 1Tm

3,15).

A Igreja é também

católica porque é e deve

ser sempre aberta a todos os povos e culturas, sem

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

discriminar raça ou condição social:

Os onze discípulos foram

para a Galiléia, ao

monte que Jesus lhes tinha indicado. Logo que o viram prostraram-se; alguns, porém, duvidaram. Então Jesus

se aproximou e lhes

dada no céu e na terra. Ide, pois, fazei

meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai e

do Filho e do

tudo quanto vos mandei. Eis que eu

todos os dias, até o fim do mundo (Mt 28,16-20).

disse: Toda a autoridade me foi

discípulos

Espírito Santo, ensinando-os a observar

estou convosco,

Recebereis uma força, o

Espírito Santo que virá

sobre vós; e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, até os confins da terra (At

1,8).

Daqui vem também o

dever que a Igreja

tem de uma sadia inculturação: ela deve falar o

Evangelho

a cada cultura, respeitando e assumindo

os valores de cada cultura (cf. At

areópago) e, ao mesmo tempo, transformando cada

17,16-34 Paulo no

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

cultura

com o sal e a luz de Cristo (cf. At 14,8-18

Paulo na Licaônia):

Eu que, sendo totalmente

livre, fiz-me escravo de

todos para ganhar a todos. Fiz-me judeu com os

judeus a fim de ganhar os judeus. Com os que vivem sob

a Lei fiz-me como se

estando, para ganhar os que sob a Lei

que não tinham Lei fiz-me como se estivesse sem Lei,

estivesse submetido a ela, não o

estão. Com os

para os

ganhar, não estando eu sem a Lei de Deus,

senão sob a lei de Cristo. Com os

fraco, para ganhar os fracos; fiz-me tudo para todos,

fracos, tornei-me

para

por todos os meios salvar a alguns (1Cor

9,19-22).

d) A Igreja é apostólica

A Igreja é

apostólica porque seu

fundamento são os apóstolos; e isto em três sentidos complementares:

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

(i) A Igreja é apostólica

porque sua fé é e será

sempre fundamentada no testemunho dos Apóstolos,

eles

enviados como suas testemunhas ressurreição:

que foram escolhidos pelo Senhor e por eles

após a

Depois lhes disse: Isto é

o que vos dizia enquanto

ainda estava convosco: é preciso que se cumpra tudo

o que está escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos

Salmos a meu

inteligência para compreenderem as

lhes disse: Assim estava escrito que o Cristo haveria de sofrer e ao terceiro dia ressuscitar dos mortos e,

começando por Jerusalém,

respeito . Então Jesus abriu-lhes a

Escrituras, e

em seu nome seria

pregada a todas as nações a conversão para o perdão

dos

mandarei aquele que meu Pai

pecados. Vós sois testemunhas disso. Eu vos

prometeu. Por isso,

permanecei na cidade até que sejais revestidos da força do alto (Lc 24,44ss).

Mas recebereis a força, o

Espírito Santo que virá

sobre vós; e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, até os confins da terra (At

1,8).

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

Não sou livre? Não sou

apóstolo? Não vi Jesus

Nosso Senhor? Não sois vós minha obra no Senhor? Se para outros não sou apóstolo, ao menos para vós o

sou, pois sois o selo do (1Cor 9,1s).

meu apostolado no Senhor

Estais edificados sobre o

fundamento dos

apóstolos e dos profetas, do qual é Cristo Jesus a pedra angular (Ef 2,20).

(ii) A Igreja é apostólica

porque, como Cristo

prometeu, é conservada na verdade da fé pregada e

vivida

dado pelo Senhor Jesus:

pelos apóstolos, graças à ação do Espírito

Quem vos ouve a mim ouve, e

quem vos rejeita a

mim rejeita, e quem me rejeita também rejeita aquele

que

me enviou (Lc 10,16).

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

Disse-vos estas coisas

enquanto estou convosco.

Mas o Paráclito, o Espírito Santo que o Pai enviará em meu nome, ele vos ensinará tudo e vos trará à

memória tudo quanto eu vos

disse (Jo 14,25s).

Quando vier o Espírito da

verdade, ele vos guiará

em toda a verdade, porque não falará de si mesmo,

mas do que ouvir, e vos anunciará as coisas futuras. Ele

me glorificará

por isso que

anunciará. Tudo que o Pai tem é meu. É

eu disse: receberá do que é meu e vos anunciará

(16,13-14).

porque receberá do que é meu e vos

Eu te digo que tu és Pedro

(= Pedra), e sobre esta

Pedra edificarei minha Igreja, e as portas do nunca prevalecerão contra ela (Mt 16,18).

Inferno

Os apóstolos e os anciãos

saudações! De fato,

pareceu bem ao Espírito Santo e a nós

(At

15,23.28).

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

Eles mostravam-se assíduos

ao ensinamento dos

apóstolos, às reuniões em comum, ao partir do pão e às orações (At 2,42).

Recordo-vos, irmãos, o

Evangelho que vos tenho

pregado e recebestes, no qual estais firmes. Por ele

sereis salvos, se o conservardes como eu vos preguei.

De outra forma em vão

tereis abraçado a fé (1Cor

15,1s).

Mantém o modelo das

palavras salutares que de

mim recebeste, inspiradas na fé e na caridade em

Cristo Jesus. Guarda o depósito precioso pela virtude do

Espírito Santo, que

habita em nós (2Tm 1,13s).

(iii) A Igreja é apostólica

porque, até que Cristo

retorne, continuará sendo dirigida pelos legítimos sucessores dos apóstolos, dentro duma sucessão

apostólica ininterrupta. Eis

ajudam a compreender tal processo:

alguns elementos que nos

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

Cristo prometeu à sua Igreja

que não a

abandonaria e, concretamente, deu-lhe o ministério

apostólico como

da santificação, da direção e da

instituição perene para o ministério

pregação:

Estais edificados sobre o

fundamento dos

apóstolos e profetas, tendo por pedra angular o próprio Cristo Jesus (Ef 2,20).

Isso aparece muito claro já na

própria preocupação

dos apóstolos em constituir varões apostólicos, como

Tito, Timóteo, Silas, João Marcos, Barnabé, Clemente

Romano, Inácio de

Antioquia, etc

sucedê-los pelo rito da imposição das confere o Espírito Santo:

para auxiliá-los e mãos, que

Olhai por vós e por todo o

rebanho sobre o qual o

Espírito Santo vos constituiu epíscopos, para

apascentardes a Igreja de Deus, que ele adquiriu com

seu sangue. Sei que,

depois de minha partida, virão a

vós lobos vorazes que não pouparão o

dentre vós mesmos, se levantarão homens que

rebanho e,

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

ensinarão doutrinas

discípulos consigo (At 20,28ss).

perversas, para arrastar os

Ninguém te desconsidere a

juventude. Ao

contrário, torna-te modelo para os fiéis no modo de falar

e de

eu não chegar, aplica-te à

ensino. Não te descuides do dom da graça que há em

ti, que te foi conferido no meio de intervenção profética,

quando o

toda a diligência e empenho de modo

manifesto para todos teu aproveitamento. Olha por ti e

viver, na caridade, na fé, na castidade. Enquanto

leitura, à exortação, ao

presbitério te impôs as mãos. Põe nisto

que se torne

pela

instrução dos outros com insistência (1Tm

4,12ss).

Eu te exorto a reavivar o

dom de Deus que há em

ti pela imposição das minhas mãos. Guarda o bom depósito, por meio do Espírito Santo que habita em nós (2Tm 1,6.14).

A Tito, meu filho

verdadeiro, pela mesma fé, a

graça e a paz da parte de Deus Pai e de Cristo

Jesus,

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

nosso Salvador. Eu te deixei em Creta para acabares de

organizar tudo

de acordo com as normas dadas por mim

e colocar presbíteros em cada cidade,

(Tt 1,4s).

Neste sentido, vale a pena

2Tm 2,2:

analisar com cuidado

O que de mim ouviste na

presença de muitas

testemunhas, confia-o a homens fiéis, que sejam

idôneos

para ensina-lo a outros.

Aparecem aqui claramente os

três elementos

necessários para que se possa falar de uma verdadeira

e própria sucessão apostólica: a) a sucessão

ininterrupta das pessoas que

o idêntico depósito, c) a fiel transmissão deste de

uma pessoa a outra da cadeia. A este respeito é muito

importante observar o

gerações cristãs, guardado com amor e

todas as Igrejas apostólicas: católicos, ortodoxos,

coptas,

exemplo, o que escreve São Clemente

formam uma cadeia, b)

testemunho das primeiríssimas

fidelidade por

armênios, etíopes, etc. Baste-nos, como

Romano,

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

discípulo de São Paulo (cf. Fl 4,3), aos coríntios, no século I:

Também os nossos apóstolos

sabiam, através do

Senhor nosso, Jesus Cristo, que surgiriam contestações

a propósito do ofício episcopal. Por este motivo,

sabendo com antecedência

estabeleceram aqueles (homens apostólicos) de quem falamos e ao mesmo tempo emanaram uma lei pela

qual, uma vez mortos, outros

seu ofício lhes sucedessem. Homens, portanto,

estabelecidos pelos apóstolos e, depois, por outros

homens ilustres, com o

esse conhecimento,

homens provados no

consenso de toda a Igreja.

E também o que escreve Santo

Irineu, bispo de

Lião (séc. II), discípulo de São Policarpo de Esmirna, que foi discípulo de São João Evangelista, apóstolo do Senhor:

A tradição dos apóstolos,

manifestada em todo o

mundo, pode ser comprovada em toda Igreja por aqueles que desejam conhecer a verdade. Podemos aqui os

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

bispos estabelecidos pelos

sucessores até nós: estes não ensinaram nem

conheceram

gnósticos) vão delirando

enumerar em um volume como este as sucessão de

todas as

mais antiga, conhecida por

construída em Roma pelos gloriosíssimos apóstolos

apóstolos e os seus

aquilo que aqueles outros (= os hereges

Mas

porque é muito longo

Igrejas, vamos nos limitar à Igreja maior e

todos, fundada e

Pedro e

Paulo e, indicando a sua tradição, recebida

pelos apóstolos e chegada a nós

através da sucessão

de seus bispos, confundiremos aqueles que por

complacência de si mesmos ou por vanglória, por

cegueira ou erro se afastam

da unidade da Igreja.

A própria Tradição da

Igreja, primeiro oral,

depois colocada por escrito nos livros do Novo

Testamento, era e é constantemente supervisionada

pelos legítimos sucessores

dos apóstolos:

Quando parti para a

Macedônia, pedi que ficasses

em Éfeso a convencer alguns a não ensinarem

doutrinas extravagantes nem a se ocuparem de mitos e

genealogias

para ocasionar disputas do que para

intermináveis. Tais coisas servem mais

promover o

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

plano de salvação de Deus na fé (1Tm 1,3s).

Eis a instrução que te dou,

meu filho Timóteo,

conforme as profecias que antes foram feitas a teu

respeito: amparado nelas sustenta o bom combate com

fé e boa consciência.

naufragaram na fé. É o caso de Himeneu e

Alexandre, que entreguei a Satanás para aprenderem a

Alguns, que a rejeitaram,

não blasfemar (1Tm

1,18ss).

Como homem de Deus, foge

destas coisas. Segue

a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão. Combate o bom combate da fé, conquista a

vida eterna, para a qual

fizeste solene profissão diante de muitas

testemunhas. Eu te recomendo diante de Deus, que faz

viver todas as coisas,

diante de Pilatos testemunhou abertamente a

verdade, que te conserves sem mancha nem culpa no

mandato, até à

Cristo. Ó Timóteo, guarda o depósito que

confiado. Evita as conversas frívolas de coisas vãs e as

contradições

se transviaram da fé. (1Tm

foste chamado e da qual

diante de Cristo Jesus, que

manifestação de Nosso Senhor Jesus

te foi

da falsa ciência. Alguns, por segui-las,

6,11-14.20s).

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

Mantém o modelo das

palavras salutares que de

mim recebeste, inspiradas na fé e na caridade em

Cristo Jesus. Guarda o depósito precioso pela virtude do

Espírito Santo, que

habita em nós (2Tm 1,13s).

Lembra-lhes tais coisas e

conjura-os por Deus a

evitarem discussões vãs, que de nada servem a não ser para a perdição dos ouvintes. Empenha-te em

apresentar-te diante de Deus

aprovação, como operário que não tem de que se envergonhar, mas expõe corretamente a palavra da verdade (2Tm 2,14).

como homem digno de

Tu, porém, permanece fiel

ao que aprendeste e

que é tua convicção, considerando de quem o

aprendeste.

Escrituras e sabes que podem

salvação pela fé em Cristo Jesus. Pois toda Escritura é divinamente inspirada e útil para ensinar, para

repreender, para corrigir,

Desde a infância conheces as Sagradas

instruir-te para a

para educar na justiça, a fim

de que o homem de Deus seja perfeito e para toda boa obra.

capacitado

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

Conjuro-te diante de Deus e

de Cristo Jesus, que

julgará os vivos e os mortos, pela sua aparição e por seu reino: prega a palavra, insiste oportuna e

inoportunamente, repreende,

toda a paciência e empenho de instruir. Porque virá

tempo

doutrina. Levados pelas próprias

ameaça, exorta com

em que os homens já não suportarão a sã

paixões e pelo

prurido de escutar novidade, arregimentarão mestres e

afastarão os ouvidos da verdade a fim de voltá-los para

sê prudente em tudo, suporta os

os mitos. Tu, porém,

trabalhos, pratica obra de pregador do cumpre teu ministério (2Tm 3,14 4,5).

Evangelho,

O teu ensino, porém, seja (Tt 2,1).

conforme à sã doutrina

É precisamente neste ofício

apostólico que se

insere também o ministério de Pedro. Todas as grandes tradições do Novo Testamento (os evangelhos

sinóticos, o Quarto Evangelho,

paulinos) atestam e afirmam o primado do apóstolo Pedro. Uma tal importância deixada em testemunho para

os Atos, os escritos

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

todas as gerações

seguintes, mostra e a tradição da

Igreja confirma sem interrupção! o

papel apostólico

do ministério petrino. Eis alguns exemplos:

Mc 3,16; Mt 10,2; Lc 6,14:

Primeiro Simão,

também chamado Pedro ; Jo 1,42: Simão, chamado Cefas Mt 16,13-19: Pedro, a Pedra da Igreja, com poder de ligar e desligar; Lc 22,31s: Pedro encarregado de confirmar os irmãos; Lc 24,33s: o Senhor apareceu a Simão; 1Cor 15,3ss: apareceu a Cefas e depois aos Onze; Jo 20,1-9: Pedro entra primeiro no sepulcro; Jo 21,15ss: o Senhor entrega a Pedro seu rebanho; At 2,14: Pedro com os Onze em Pentecostes; At 1,15ss: Pedro preside à eleição de Matias; At 5,1ss: Pedro pune Ananias e Safira;

At 10: Pedro é o primeiro a introduzir um grupo pagão na Igreja; Gl 1,18-20: Paulo foi a Jerusalém para ver Cefas; Gl 2,1-10: Paulo vai conferir seu Evangelho com

Tiago de Jerusalém e Cefas,

chefe da Igreja.

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

A constante

Tradição da Igreja interpretou

o ministério de Pedro como uma realidade que

pertence à Igreja de Cristo e deverá permanecer até o

fim. Eis somente um

exemplo:

Os bem-aventurados

apóstolos que fundaram a

Igreja romana transmitiram seu governo episcopal a

Lino, que Paulo recorda na Carta a Timóteo (cf. 2Tm

4,21). Lino teve como

Anacleto foi Clemente, terceiro a partir dos

Clemente tinha visto os bem-aventurados apóstolos, teve

relação

a pregação deles e diante dos

No seu tempo, portanto, ainda viviam muitos daqueles

sucessor Anacleto e depois de

apóstolos.

com eles (cf. Fl 4,3), conservava nos ouvidos

olhos a sua tradição.

que foram ensinados pelos apóstolos

A Clemente

sucedeu Evaristo, a

após os apóstolos foi Sixto

sucessão chegou até nós na Igreja a Tradição apostólica

e a pregação da

foi conservada e transmistida fielmente

apóstolos a mesma, única e viva fé! (Eusébio, Bispo de

Evaristo, Alexandre. O sexto

Com esta ordem e

verdade. Isto prova plenamente que

pelos

Cesaréia, séc.

IV)

Assim, ao Colégio dos Doze,

tendo Pedro à frente,

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

sucedeu o Colégio dos Bispos (= Epíscopos), tendo o

Sucessor de Pedro à frente. Se toda a Igreja é sucessora

da Comunidade

um órgão ministerial que garante, sob o

Santo, a Igreja na sucessão apostólica legítima e

ininterrupta: o

de sua comunhão visível, o Bispo de

de Pedro! A apostolicidade da Igreja não é, portanto, um conceito abstrato, aéreo ou subjetivo, mas uma

realidade firmemente ancorada

Tradição ininterrupta da Igreja e na própria história.

apostólica, há, sem duvida nenhuma,

Espírito

ministério episcopal, tento como centro

Roma, sucessor

nas Escrituras, na

e) Conclusão

A Igreja é

indefectivelmente una, santa,

católica e apostólica. No entanto, que fique

seguinte: (a) ela não o é por sua própria virtude e força,

mas por

claro o

pura graça de Cristo, que, como Esposo fiel,

a conserva no seu Espírito

graça, mas é também responsabilidade para seus

filhos: construir a unidade, viver na santidade, conservar

a catolicidade e

somente na glória a Igreja terá a

dons, mesmo que agora ela já os tenha de fato e, por

Santo; (b) tudo isso é

perseverar na apostolicidade; (c)

plenitude desses

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

ação

do Espírito, não os possa perdê-los!

+++++

Um pensamento final

A Igreja de Cristo

é peregrina: vem do

Pai pelo Filho no Espírito; caminha para o Pai,

através

do Filho no Espírito. Ela é peregrina:

Esposa de Cristo, nossa Mãe

caríssima,

somente será plena na Glória. Mas caminha

confiante, sustentada

pelo Espírito:

O Espírito e a Esposa

dizem: Vem!

Aquele que atesta estas coisas diz: Sim, venho muito em breve! Amém! Vem, Senhor Jesus! (Ap 22,17.20).

Vale a pena

terminar pensando no

capítulo 21 do Apocalipse, que descreve de modo

A Igreja nas Sagradas Escrituras - III

Sex, 08 de Maio de 2009 20:49 -

maravilhoso a Igreja plena, Jerusalém celeste. É

esta Igreja, que, peregrina

sempre será uma, santa, católica e apostólica,

nossa Mãe

Cristo. É nela que através do Cristo Jesus e

força do único Espírito queremos ser um louvor de

glória para Deus, o

no mundo já é e

amantíssima que nos gerou para

na

Pai! Amém!