Você está na página 1de 4

Modelagem do Sistema de Transmissão de uma Turbina Hidrocinética

Anderson Kalkmann, Marcus Vinicius G. de Morais, Alberto C. G. C. Diniz. Departamento de Engenharia Mecânica, Universidade de Brasília (UnB), Campus Universitário Darcy Ribeiro, Gleba A, Brasília, DF – Brasil, 70910-900.
andersonkalkmann@gmail.com, mvmorais@unb.br, adiniz@unb.br

Abstract. This work presents the dynamic modeling of a gearbox that can be used in both hydrokinetic and wind turbines. The developed mathematical model and the results such as the natural frequencies and mode shapes are presented. Resumo. Apresenta-se nesse trabalho a modelagem dinâmica de uma caixa multiplicadora que pode ser usada em turbinas hidrocinéticas bem como em turbinas eólicas. Apresenta-se o modelo matemático desenvolvido e os resultados obtidos tais como as frequências naturais e modos de vibração.

1. Introdução
A Universidade de Brasília e a ELETRONORTE desenvolvem atualmente, em parceria com outras universidades, o Projeto Tucunaré com o intuito de melhorar o desempenho de turbinas hidrocinéticas. Uma turbina hidrocinética aproveita a energia cinética do escoamento dos rios, seja em canais livres ou a energia remanescente a jusante de usinas hidrelétricas, para gerar eletricidade. Submersa no rio, ela é dita uma turbina à fio d'agua que não exige grandes quedas. Dentro do conjunto de geração, uma das partes mais importantes é a caixa multiplicadora que tem a função de elevar a rotação da turbina para torná-la compatível com a rotação do gerador, assegurando qualidade para a eletricidade gerada. Assim esse trabalho tem como objetivo construir um modelo matemático para análise dinâmica da caixa multiplicadora da turbina hidrocinética do Projeto Tucunaré.

2. Modelagem
A Figura (1) mostra uma representação esquemática do sistema de transmissão. As equações básicas da dinâmica de rotação de corpos rígidos neste sistema, desconsiderando a flexibilidade dos dentes das engrenagens, são obtidas a partir do equilíbrio dinâmico do momento torsional segundo [Hibbeler, 2011]:
∑ ̈

(1)

onde, ∑ é a soma dos torques atuando no corpo, é momento de inércia do corpo e ̈ corresponde à aceleração angular. Dessa forma, aplicando este princípio aos corpos rígidos do sistema, tem-se:
( ) ̈

(Rotor)

(2)

( ) ̈ ̈ ( ) ̈ (Carrier) (Engrenagem Planeta) (Engrenagem Solar) ̈ (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( ) ̈ ( ) ̈ ̈ (Engrenagem 1) (Engrenagem 2) (Engrenagem 3) (Gerador) ( ) Figura 1: Desenho Esquemático da Caixa de Transmissão Modelada A soma das forças ao longo da linha tangente a engrenagem sol no ponto de contato com a planeta é: (10) onde é a massa das engrenagem planeta e Como ̈ . (11) Isolando em (12) e substituindo este valor na Equação (4). obtemos: ̈ ̈ (12) . então se tem que: ̈ é a aceleração tangencial da mesma. e Manipulando as Equações (13). que na verdade engloba as equações (3) a (5): . obtêm-se a equação a seguir. (5) e (3) de forma a eliminar as forças .

Com. de modo a se eliminar as forças . as relações cinemáticas abaixo. tem-se um sistema de equações formado por 4 equações e 8 incógnitas. ̇ ̇ ( ) ̇ ̇ ̇ ̇ ( ) ̇ ̇ (15) (16) Substituindo então as equações (16) e (17) em (14) e (15). e das equações. . obtém-se um sistema na forma [Tse. pode-se diminuir o número de incógnitas. pode-se englobar também as Equações (6) a (8) em uma só. 1963]: [ ]{ ̈ } [ ]{ } { } (17) onde: [] [ ] e [ ] [ ] (18) E ainda: { } [ ] (19) Sabendo que: [ [ [ ( ( ( )] )] ) ( ) ( ) ] (20) (21) (22) .[ ] ̈ [ ( ] ) ̈ [ ( ] ̈ ) (13) Procedendo de maneira semelhante ao feito na Equação (14). e ainda com as equações (2) e (9). [ ] ̈ [ [ ] ̈ ] ( [ ] ̈ ( ) ) (14) Assim. o que caracterizaria um sistema possível porém indeterminado.

seguidas de dois estágios paralelos.76 Hz 8. e modos de vibração: Freqüências Naturais 0 Hz 0. Morse. Tse. Hibbeler. (1963) “Mechanical Vibrations . E. In: ELECTROMOTION.03 Hz 239.. 12ª Edição. Second Edition. T. A rotina implementada no Matlab permitiu o cálculo das frequências naturais e dos modos de vibração. e efetuar comparações com trabalhos da literatura. Lille. e utilizando dados de inércia. I. incluindo as inércias do rotor e do gerador de uma turbina hidrocinética. Allyn and Bacon. (2009) pôde-se obter as frequências naturais. raio e rigidez de Todorov et al. S. Dobrev. (2011) “Dinâmica . Resultados Implementando as equações (19) a (25) em uma rotina MatLab. R. France. como futuro trabalho. (2009) “Analysis of Torsional Oscillation of Drive Train in Horizontal-Axis Wind Turbine”. Referências Todorov. implementar o modelo com flexibilidade dos dentes de engrenagens.Mecânica para Engenharia”. F.C. and Massouh F. I.. Pearson Brasil . Pretende-se. Almeja-se adicionar este modelo torsional puro de engrenagem planetária a outras ferramentas desenvolvidas para o Projeto Tucunaré. M. Conclusão O trabalho apresenta a aplicação dos princípios de modelagem de rotação de corpos rígidos na modelagem de uma caixa multiplicadora de engrenagens planetárias. 5.64 Hz Figura 2: Freqüências Naturais e Modos de Vibração 4. and Hinkle R.[ ( ) ( ) ] ( ) (23) (24) [ ( ) ] ( ) 3.Theory and Applications”.