Você está na página 1de 35

REGIMENTO INTERNO DO TRF1 - TEORIA E EXERCÍCIOS

ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS

AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES

Regimento Interno do TRF 1ª Região
1. Breve Apresentação Prezado(as) Alunos(as) e Concurseiros(as) de Plantão, É com muito prazer que inicio o Curso REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO (TRF1), preparado exclusivamente para o Concurso do TRF1, com prova marcada para o dia 27 de março de 2011! Para quem ainda não me conhece, segue a minha apresentação: Meu nome é RICARDO GOMES, formei em Direito na Universidade Federal da Bahia (UFBA) no ano de 2007. Dei o primeiro passo na caminhada pelos concursos públicos no mesmo ano, quando fui aprovado no concurso do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Também fui aprovado nos concursos do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e da Controladoria-Geral da União (CGU), no ano de 2008. Por último, logrei êxito no concurso para o cargo de Procurador do Banco Central do Brasil (BACEN), em 2010. Assim, também sou concurseiro igual a vocês! Atire a primeira pedra quem não é ou não foi! Rsrs. Trabalhei por mais de 1 ano no TSE, onde tive contato direto 1 www.pontodosconcursos.com.br Prof. Ricardo Gomes

REGIMENTO INTERNO DO TRF1 - TEORIA E EXERCÍCIOS
ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS

AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES com o Direito Eleitoral ao elaborar minutas de decisões e despachos a cargo do Ministro Corregedor-Geral, ao emitir pareceres jurídicos que subsidiaram referidas decisões, ao instruir processos com forte pesquisa da jurisprudência da Corte Eleitoral, do Regimento Interno do Tribunal e de sua Secretaria, bem como de toda legislação eleitoral. Posteriormente, trabalhei no TJDFT e, desde 2008, atuo como Analista de Finanças e Controle - Correição - da Controladoria-Geral da União (CGU).

2. Concurso TRF1: Informações úteis do Edital do TRF1 e do Curso: 1. Data das provas: 27 de Março de 2011! (eba! vamos estudar!) 2. Data das inscrições: 07 a 18 de Fevereiro de 2011. 3. O REGIMENTO INTERNO DO TRF1 será exigido dos candidatos a TODOS OS CARGOS, na parte “Conhecimentos Específicos”, com questões PESO 3 (três) para Analista e 2 (dois) para Técnico: - TÉCNICO JUDICIÁRIO – todas as áreas - ANALISTA JUDICIÁRIO – todas as áreas 4. CARGOS Disponibilizados:
a) b) c) d) e) f) g) ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA ADMINISTRATIVA ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA – EXECUÇÃO DE MANDADOS ANALISTA JUDICIÁRIO - ESPECIALIDADE CONTADORIA TÉCNICO JUDICIÁRIO – ÁREA ADMINISTRATIVA TÉCNICO JUDICIÁRIO - ESPECIALIDADE SEGURANÇA E TRANSPORTE TÉCNICO JUDICIÁRIO - ESPECIALIDADE OPERAÇÃO DE COMPUTADOR

3. Metodologia e Conteúdo do Curso

Uma
Prof. Ricardo Gomes

das

grandes

vantagens

dos

Cursos

do

Ponto

dos 2

www.pontodosconcursos.com.br

REGIMENTO INTERNO DO TRF1 - TEORIA E EXERCÍCIOS
ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS

AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES Concursos elaborados para determinados concursos (ex: TRF1) é a abordagem específica de CADA PONTO DO EDITAL, fechando todas as lacunas possíveis de matérias e questões a serem cobradas pelo examinador. Os livros (doutrina), a despeito de trazerem uma maior vastidão de assuntos, são muito pouco específicos, objetivos e direcionados para a sua prova. Por outro lado, os Cursos do Ponto, de uma maneira geral, tentam levar ao aluno os principais tópicos a serem cobrados na prova, com base em cada item do edital. Serão Ministrados 3 (três) Cursos de REGIMENTO INTERNO DO TRF1 de Teoria e Exercícios + 1 (um) Curso de REGIMENTO INTERNO EM EXERCÍCIOS para TÉCNICO JUDICIÁRIO (em PACOTE com outras matérias): • • • • REGIMENTO INTERNO DO TRF1 – ANALISTA JUDICIÁRIO E EXECUÇÃO DE MANDADOS REGIMENTO INTERNO DO TRF1 ADMINISTRATIVO E CONTADORIA – ANALISTA

NOÇÕES DE REGIMENTO INTERNO DO TRF1 – TÉCNICO JUDICIÁRIO (TODAS AS ÁREAS) NOÇÕES DE REGIMENTO INTERNO DO TRF1 – TÉCNICO JUDICIÁRIO (TODAS AS ÁREAS) – EM EXERCÍCIOS (PACOTE)

Assim, terá um Curso apenas para os candidatos a Analista Judiciário – Área Judiciária e Execução de Mandados, outro Curso para Analista Judiciário – Área Administrativa e Contadoria e outro para todos os cargos de TÉCNICO Judiciário (Área Administrativa, Segurança e Transporte, e Operação de Computador). Assiná-lo aos alunos que farão simultaneamente o concurso para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário, que o Curso do Regimento Interno do TRF1 para Analista Judiciário abarca apenas metade do conteúdo previsto para Técnico Judiciário. Seguindo a linha de nossos Cursos de Regimento ministrados no Ponto dos Concursos, este Curso para o TRF1 terá também CARÁTER PRÁTICO, voltado para possíveis cobranças da banca examinadora 3
Prof. Ricardo Gomes

www.pontodosconcursos.com.br

farei um RESUMO do assunto abordado. por ser matéria da parte de Conhecimentos Específicos.com.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES Fundação Carlos Chagas (FCC) na vindoura prova. e não um Professor que passa o conhecimento eminentemente técnico. Atribuições e competência dos membros do Tribunal: do Presidente do Tribunal. posse e antiguidade. com a exaustiva resolução de questões e com uma metodologia mais prática e didática. destacando os pontos mais relevantes. A versão do Regimento que estudaremos está atualizada até a Resolução TRF1 nº 7. competência recursal. Conteúdo do Curso: O Curso abrangerá a parte do Regimento Interno do TRF1 destaca no Edital para os respectivos cargos em disputa. Dos Desembargadores Federais: escolha. Corregedoria da Justiça Federal. lembro a todos que.pontodosconcursos. Ricardo Gomes www. Mais uma vez. teremos uma parte teórica. Ao final de cada aula. as questões do REGIMENTO INTERNO terão na contagem de pontos PESO 3 (três) para Analista e PESO 2 (DOIS) para Técnico. 4 Prof. enquanto que as matérias contidas em Conhecimentos Básicos serão computadas apenas com PESO 1. Comissões Permanentes e Temporárias.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . Com isso. Neste Curso de Regimento Interno.br . Creio que. e uma lista de itens/questões a serem julgados como verdadeiros ou falsos extraídos e montados do texto do Regimento do TRF1! Predisponho-me a ser um orientador dos estudos de cada um de vocês. sem qualquer lacuna. conseguiremos fechar a matéria de Regimento Interno do Edital do TRF1! Até porque comentaremos todos os pontos do Regimento listados abaixo. Conselho de Administração. nomeação. do Relator e do Revisor. consoante o Edital. do Corregedor-Regional. com destaques e dicas dos pontos altos. do Vice-Presidente. que modificou alguns de seus dispositivos. de 26 de Agosto de 2010. Competência dos órgãos jurisdicionais: competência originária. estudaremos os seguintes tópicos do RITRF1 para os cargos de ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS: REGIMENTO INTERNO DO TRF 1ª REGIÃO Organização e competência do TRF 1a Região: Órgãos jurisdicionais.

Corregedoria da Justiça Federal. Comissões Permanentes e Temporárias. Seções e Turmas. conflito de competência. recurso extraordinário. Conselho de Administração.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . Dos recursos das decisões do Tribunal: agravos. mandado de segurança. do Relator e do Revisor. Atribuições e competência dos membros do Tribunal: do Presidente do Tribunal. Cronograma do Curso Este Curso do REGIMENTO INTERNO do TRF1. no Campo AVISOS. Corregedoria da Justiça Federal. do Vice-Presidente. 5 Prof. do Corregedor-Regional. ação rescisória. em matéria penal e em matéria trabalhista. Seções e Turmas. será ministrado em apenas 5 (cinco) AULAS + esta Aula Demonstrativa. com programação nos seguintes termos: 1 AULA DEMONSTRATIVA – Organização e competência do TRF 1a Região (continuação): Órgãos jurisdicionais. posse e Dos Juízes Federais de Primeira Instância.com. recurso especial. embargos.pontodosconcursos. Recursos: em matéria cível. habeas data. Dos Desembargadores antiguidade. 4. Corte Especial.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES Sessões de julgamento: Plenário. recurso ordinário em habeas corpus e em mandado de segurança. Federais: escolha. AULA 2 (18/02/2011): Sessões de julgamento: Plenário. AULA 1 (11/02/2011): Organização e competência do TRF 1a Região (continuação): Órgãos jurisdicionais. Comissões Permanentes e Temporárias. Corte Especial. Dos Juízes Federais de Primeira Instância.br . ação penal originária e revisão criminal. Conselho de Administração. nomeação. mandato de injunção. Ricardo Gomes www. AULA 3 (25/02/2011): 1 Obs: o cronograma das Aulas poderá ser alterado a qualquer tempo mediante prévio aviso aos Alunos na parte aberta do curso. conforme cronograma abaixo. Processos originários: habeas corpus.

AULA 5 (04/03/2011): Aula de EXERCÍCIOS de Revisão (Simulado). Informativo sobre os Concursos de TRFs Recentemente. recurso ordinário em habeas corpus e em mandado de segurança. Ricardo Gomes www. conflito de competência. até mesmo em casos de pequena relevância (ex: discussão de benefícios do INSS). Imaginem uma velha Senhora. embargos. recurso extraordinário. mandato de injunção.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . 5.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES Competência dos competência recursal. habeas data. Era muito comum a necessidade do jurisdicionados (partes) terem que se deslocar até as capitais dos Estados para terem acesso à Justiça Federal. ter que se deslocar até a capital para discutir seu benefício previdenciário! Nesse sentido.pontodosconcursos. esta Lei veio em boa hora. 6 Prof. Obs: Sempre aconselho aos alunos a acompanharem a parte aberta do Curso. mandado de segurança. ação penal originária e revisão criminal. Processos originários: habeas corpus. espaço onde postamos eventuais recados e informes durante a vigência do Curso. ação rescisória. no Campo AVISOS. foram criados também diversos cargos de servidores (Técnicos e Analistas). recurso especial. paupérrima. em matéria penal e em matéria trabalhista. que criou novas 230 (duzentas e trinta) Varas Federais no intuito de interiorizar a Justiça Federal. AULA 4 (04/03/2011): Recursos: em matéria cível. de Juízes Federais e Funções Comissionadas (FCs).com. Em virtude da criação das 230 Varas Federais. o Presidente da República sancionou a Lei nº 12.br . Dos recursos das decisões do Tribunal: agravos.011/2009. órgãos jurisdicionais: competência originária.

TRT. para fins de concurso. Ricardo Gomes www. totalizando 4600 cargos novos de servidores! Isto sem contar com as Funções Comissionadas criadas. os concursos para o Poder Judiciário da União (TRF. serão ainda muito mais! Portanto.510 Estas vagas apenas foram somadas às já existentes e as que vierem a vagar. os candidatos ao concurso do TRF1 podem esperar muitas nomeações! Aguardem e verão. TRE. que tentam acompanhar os aumentos concedidos aos cargos de Técnico e de Analista do TCU e das Carreiras de Gestão do Poder Executivo Federal). Segundo a proposta contida nos PLs e segundo o SINDJUS.br .530 230 2. STM. os salários dos respectivos cargos do Poder Judiciário Federal deverão alcançar o seguinte patamar: 7 Prof.530 230 460 8. STJ.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES Observem na tabela abaixo que foram criados 2.com. STF. o total de 3450 FCs! ANEXO CARGOS/FUNÇÕES Juiz Federal Juiz Federal Substituto Analista Judiciário Técnico Judiciário CJ-3 FC-5 FC-3 FC-2 TOTAL QUANTITATIVO FÍSICO POR VARA 1 1 9 11 1 11 1 2 37 TOTAL 230 230 2. Além disso.pontodosconcursos. etc) têm sido mais e mais concorridos pela excelente remuneração dos cargos de Técnico e Analista Judiciários (com previsão de aumento substancial da remuneração em decorrência da mobilização do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário e do Ministério Público da União no Distrito Federal (SINDJUS).070 de Analista Judiciário.070 2. TJDFT.530 cargos de Técnico Judiciário e 2.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . Assim. do próprio Ministro Presidente do Supremo Tribunal Federal e do Ministro-Presidente do Tribunal Superior Eleitoral pela aprovação dos PLs nºs 6613 e 6697/2009.

800.br .300. etc).00 SALÁRIO FINAL R$ 10.00 R$ 10.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 .pontodosconcursos.com.00 Além disso. a qualidade do trabalho e do ambiente (horário de trabalho mais flexível.000. posteriormente poderá requerer remoção para seu Estado de origem.00 R$ 16. Mesmo que você preste o concurso para Brasília ou outra cidade. Agora vamos ao que interessa: Regimento do TRF1! 8 Prof.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES REMUNERAÇÃO PREVISTA NOS PLs nº 6613 e 6697/2009 CARGO Técnico Judiciário Analista Judiciário SALÁRIO INICIAL R$ 6.200. Ricardo Gomes www. estrutura física. possibilidade de remoção/permuta entre Estados que compõe a 1ª Região é um grande atrativo neste Concurso do TRF1.

com.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . Antes de conhecermos os Órgãos internos do Tribunal Regional Federal (TRF1). A Justiça Comum julga as matérias ordinárias que não são de competência de nenhuma das Justiças que compõem a Justiça Especial. conseqüentemente. No Brasil. faremos uma pequena digressão à Organização do Poder Judiciário brasileiro para entendermos melhor onde se localiza a Justiça Federal e o TRF1. conforme divisão abaixo. 9 Prof. julgadas por ramos do judiciário específico para tais questões.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO Regimento Interno AULA DEMONSTRATIVA 1. o Poder Judiciário é dividido em Justiça Comum e Justiça Especial (Especializada). ORGANIZAÇÃO E COMPETÊNCIA DO TRF 1ª REGIÃO: a) Conceitos Gerais do Poder Judiciário.br . A Justiça COMUM é composta pela: a) Justiça FEDERAL – formada por 5 (cinco) Tribunais Regionais Federais (TRFs) e Juízes Federais respectivos. passando a ser disciplinadas por leis processuais próprias e.pontodosconcursos. b) Justiça ESTADUAL – formada por 27 (vinte e sete) Tribunais de Justiça dos Estados (1 por Estado). Dada a especialização de matérias. foram separadas determinadas disciplinas da Justiça Comum. Ricardo Gomes www.

por Juízes Eleitorais e Juntas Eleitorais. b) Juízes Federais – em 1º grau/1ª instância. pelos Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) e por Juízes do Trabalho. 10 Prof. CF-88 Art. Auditorias Militares. a Justiça ESPECIAL (Especializada) é composta pela: a) Justiça ELEITORAL – formada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).REGIMENTO INTERNO DO TRF1 .com. pelos Tribunais Militares da União (a serem criados). mas em grau superior. Assim não existe mais o TFR. 106. O STF e o STJ também fazem parte da Justiça Comum.br . Em histórico da Justiça Federal. extinguindo-se o TFR. São órgãos da Justiça Federal: I . Tribunais de Justiça Militar Estadual e Conselho de Justiça Militar.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES Por sua vez.em 2º Grau/ 2ª Instância. até 1988 existia apenas o antigo Tribunal Federal de Recursos (TFR) e os Juízes Federais. c) Justiça MILITAR – formada pelo Superior Tribunal Militar (STM). Com o advento da Constituição Federal de 1988 foram criados 5 TRFs (Tribunais Regionais Federais) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ). a Justiça FEDERAL brasileira hoje é formada pelos: a) Tribunais Regionais Federais (TRFs) . Portanto. b) Justiça do TRABALHO – formada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST).os Tribunais Regionais Federais (TRFs). que abriu espaço para os TRFs.pontodosconcursos. por 27 (vinte e sete) Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) em cada Estado.os Juízes Federais. Ricardo Gomes www. II .

Maranhão e Piauí.com.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . menos Bahia. 5) TRF 5ª Região – todos os Estados do Nordeste. todos do centro-oeste menos MS. 3) TRF 3ª Região – abrange São Paulo e Mato Grosso do Sul. Mapa das 5 (cinco) Regiões dos TRFs: 11 Prof.br .pontodosconcursos. 1) TRF 1ª Região – DF e mais 14 Estados da Federação (todos do Norte. Ricardo Gomes www. do Sudeste apenas MG. do Nordeste – Bahia. A sede é em Recife/PE. 4) TRF 4ª Região – abrange a Região Sul (Rio Grande do Sul. A sede é em São Paulo/SP. A sede é em Brasília/DF. É o maior de todos! 2) TRF 2ª Região – abrange apenas os Estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES A CF/88 dividiu o território nacional em 5 (cinco) Regiões Federais. A sede é no Rio de Janeiro/RJ. Maranhão e Piauí). Santa Cataria e Paraná). A sede é em Porto Alegre/RS.

109 da CF-88.br . é preciso que o Juiz já seja vitalício. I. é preciso que o Juiz possua mais de 2 ANOS de exercício. mas não são mais da 1ª instância. somente não podem ser menos de 7 (sete). Para adquiri-la. Os Membros do Tribunal também são Juízes Federais. Muitos alunos confundem Juízes Federais como Membros do TRF. Assim. A Constituição determina que os Tribunais Regionais Federais (TRFs) serão compostos por.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES Observem no mapa que o TRF da 1ª Região (nosso concurso) é o maior dos TRFs. Composição do TRF1. Ricardo Gomes www. b) Órgãos Jurisdicionais do TRF1. conforme art.com. Ressalto que o termo “Juízes” refere-se aos Membros do Tribunal. com a maior quantidade de Estados e de população. o que não é verdade. 7 (sete) Juízes Vitalícios. isto é.pontodosconcursos. crimes praticados contra bens. Conforme dispõe o art. para ser Desembargador do TRF. suas autarquias. crimes cometidos a bordo de aeronave ou navio. aos Desembargadores Federais que exercem suas funções no próprio TRF e não aos Juízes Federais de 1ª Instância. fundações e empresas públicas federais figurem na condição de autoras ou rés e outras questões de interesse da Federação (disputa sobre direitos indígenas. A regra é que os TRFs sejam compostos por bem mais que simplesmente 7 (sete) Membros. da CF-88: 12 Prof. isto é. no mínimo. existe apenas um piso mínimo do número de Membros dos Tribunais Regionais Federais.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . 95. que já tenha adquirido estabilidade definitiva no cargo (vitaliciedade). Ainda. Os Juízes do TRF1 são denominados de Desembargadores Federais. a Justiça Federal brasileira tem por competência o julgamento de ações nas quais a União Federal. serviços ou interesses da União etc). sendo considerados Desembargadores (fim de carreira dos Magistrados).

de sentença judicial transitada em julgado. Seguindo a permissão constitucional. Advogados e Membros do Ministério Público Federal (MPF): 1/5 (um quinto) – dentre Advogados e Membros do MPF com + de 10 ANOS de efetiva atividade profissional/carreira 4/5 (quatro quintos) .TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES Art. que.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . dependendo a perda do cargo. nesse período. Atenção! A CF-88 prevê que os Advogados e Membros do MPF devem ter + 10 ANOS de atividade profissional ou de carreira. os Juízes Federais precisam ter apenas 5 ANOS de exercício! Além dessas premissas. a CF-88 dispõe que. de deliberação do tribunal a que o juiz estiver vinculado. o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) é composto de 27 (vinte e sete) Juízes vitalícios (Desembargadores Federais) nomeados pelo Presidente da República. Ricardo Gomes . nos demais casos. Por outro lado. que determina parâmetros numéricos/proporcionais da quantidade de Juízes Federais. sendo estes 27 Desembargadores assim distribuídos. no primeiro grau. se possível. com + 5 ANOS de exercício Dos 27 Membros do TRF1. 3 (três) são oriundos da Advocacia e 3 (três) do MPF.com. de acordo com a origem: 21 (vinte e um) entre Juízes FEDERAIS (de 1º grau) 3 (três) ADVOGADOS 3 (três) Membros do Ministério Público Federal (MPF) Esta previsão do Regimento Interno respeita a regra constitucional do art. Os outros 4/5 dos Membros equivalem aos 21 (vinte e um) Juízes Federais. só será adquirida após dois anos de exercício. 1/5 equivale a 5. os 13 www. Dos 6.pontodosconcursos.dentre Juízes Federais promovidos por antiguidade e merecimento. que foram arredondados para 6 (seis). 95. 107 da CF-88.br Prof. alternadamente. e.4.vitaliciedade. Os juízes gozam das seguintes garantias: I .

REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . sendo: I . quando possível.os demais. Sede e abrangência.br . na respectiva região e nomeados pelo Presidente da República dentre brasileiros com mais de trinta e menos de sessenta e cinco anos.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES Desembargadores serão recrutados na respectiva região (ex: 1ª Região – de preferência.pontodosconcursos. alternadamente. abrangendo os Estados listados abaixo: o o o o o o o o o o o o o Distrito Federal Acre Amapá Amazonas Bahia Goiás Maranhão Mato Grosso Minas Gerais Pará. Desembargador não será convocado do Estado de São Paulo. A sede do TRF da 1ª é em Brasília/DF (na capital federal).com. sete juízes.um quinto dentre advogados com mais de dez anos de efetiva atividade profissional e membros do Ministério Público Federal com mais de dez anos de carreira. por antigüidade e merecimento. II . mediante promoção de juízes federais com mais de cinco anos de exercício. Os Tribunais Regionais Federais compõem-se de. Ricardo Gomes www. no mínimo. 107. CF-88 Art. que pertence à 3ª Região) com idade entre 30 e 65 ANOS. recrutados. do Piauí Rondônia Roraima Tocantins 14 Prof. mas sua jurisdição não se limita ao DF.

4) Turmas Especializadas. Por ora. Órgãos Colegiados do Tribunal. 2) Corte Especial. O Regimento do TRF1 preleciona que o Tribunal funcionará com os 4 (quatro) órgãos jurisdicionais colegiados listados abaixo: 1) Plenário. qual seja. cabe aos órgãos jurisdicionais a decisão acerca de um Mandado de Segurança interposto perante o Tribunal. A convocação do plenário será realizada apenas em momentos especiais. a de decidir e solucionar as demandas judiciais que lhe são postas. As competências de cada um desses órgãos serão estudadas mais à frente. os órgãos administrativos do Tribunal são aqueles incumbidos da solução de questões internas da Corte (demandas não jurisdicionais – não lides).REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . 3) Seções Especializadas.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES Órgãos Jurisdicionais do TRF1. Ricardo Gomes www. Assim. veremos suas composições. Os órgãos jurisdicionais são aqueles que exercem a atividade fim do Tribunal. para dar 15 Prof.br . como por exemplo. Exemplo: Conselho Administrativo. Plenário. enquanto que caberá aos órgãos administrativos a definição do horário de funcionamento do Tribunal e questões relacionadas aos servidores.pontodosconcursos. Por outro lado.com. sendo presidido pelo Presidente do Tribunal. O PLENÁRIO do TRF1 é composto de todos os Desembargadores Federais da Corte (totalidade dos Membros: 27 Desembargadores). Os Tribunais são organizados e divididos em órgãos jurisdicionais e administrativos. A atividade jurisdicional é manifestação do Poder de Jurisdição (a competência de dizer o direito e resolver os conflitos) conferido às Cortes pela Constituição e pela Legislação.

etc. A CORTE ESPECIAL é o órgão jurisdicional máximo do Tribunal. O Regimento prevê que o Coordenador dos Juizados Especiais Federais (órgão jurisdicional do TRF1) e o Diretor da Escola de Magistratura Federal da 1ª Região – Esmaf. a Corte Especial é constituída por 18 (dezoito) Desembargadores Federais. aprovação do Regimento Interno. sendo também presidida pelo Presidente do Tribunal. além de julgar matérias jurisdicionais. pois é ele quem decide as questões jurisdicionais mais relevantes a cargo da Corte. Uma das competências deste órgão é aplicar penalidades de advertência e censura a Juízes Federais.com. as argüições de inconstitucionalidade de lei ou ato normativo do Poder Público. está incumbido de resolver. Apesar de sua composição em menor tamanho que o Plenário. mesmo que não venham a integrar a Corte Especial Administrativa quando estiver em pauta questões que lhes interessem. 16 Prof. mas somente com direito a voz. por exemplo. tem competência para julgar matérias administrativas. Ricardo Gomes www. Mas.br . Corte Especial.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES posse aos Membros da Corte. será formada a Corte Especial Administrativa. suscitadas nos processos submetidos ao julgamento originário ou recursal do Tribunal. eleição de Presidente e Vice. qual é a composição da Corte Especial Professor? Enquanto que o Plenário é composto pelos 27 Juízes.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . As vagas destes 18 Desembargadores da Corte Especial devem ser divididas e providas da seguinte forma: o 9 (nove) vagas .metade – providas por antiguidade o 9 (nove) vagas – outra metade – providas por eleição do Plenário (Tribunal Pleno) A Corte Especial. participarão do julgamento. Quando for decidir sobre questões administrativas.pontodosconcursos.

mas será em sistema de rodízio. isto é. são órgãos resultados de fracionamento/divisão das competências dos Membros da Corte em pequenos grupos. etc).br . pelo prazo de 2 (dois) ANOS. Cível. se nenhum dos 3 membros da Turma contarem com exercício de 2 17 Prof.pontodosconcursos. Isto porque as turmas são divididas conforme áreas específicas (ex: Penal. Ricardo Gomes www. a 1ª e a 2ª Turmas compõem a 1ª Seção. As Seções e Turmas são órgãos jurisdicionais colegiados do Tribunal fracionados. com a finalidade de redistribuir a jurisdição do Tribunal e conferir maior celeridade no julgamento dos feitos (processos).REGIMENTO INTERNO DO TRF1 .com. compõe a 2ª Seção e assim por diante. sendo cada uma delas integrada por 2 (duas) TURMAS. Contudo. a 3ª e a 4ª Turmas.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES Seções e Turmas Especializadas. conforme áreas/matérias de especialização de cada uma. As Turmas e Seções da Corte são organizadas nos seguintes termos: 1ª SEÇÃO 2ª SEÇÃO 3ª SEÇÃO 4ª SEÇÃO 1ª TURMA 2ª TURMA 3ª TURMA 4ª TURMA 5ª TURMA 6ª TURMA 7ª TURMA 8ª TURMA Assim. O presidência da Turma ficará a cargo do Desembargador mais ANTIGO entre os 3 membros. Cada TURMA é composta por 3 (três) Desembargadores Federais. Não participará do rodízio na presidência da Turma aquele Membro que não contar com 2 ANOS de exercício no cargo de Desembargador Federal. O TRF da 1ª Região é composto por 4 (quatro) SEÇÕES.

o Vice-Presidente e o Corregedor Regional NÃO integram SEÇÃO ou TURMA! Regras para o retorno às Turmas por parte do Presidente. Ricardo Gomes . Assim. integrará a turma de que provém o novo VICE-presidente.br Prof.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES ANOS ou mais. Se existirem mais de 1 vaga em Turmas diversas. e apenas a ele. Recusa da Presidência. o presidente que deixar o cargo passará a integrar a turma de que provém o eleito (o VICEpresidente ou o Corregedor Regional). O novo Desembargador Federal nomeado e empossado no cargo em virtude de vaga ou transferência de outro Desembargador de uma Seção para outra Seção dentro do TRF1 (antes da posse no novo Desembargador). lógico que havendo vaga. da Vice-Presidência e da Corregedoria Regional. O Regimento estabelece como faculdade do Desembargador Federal mais antigo da Corte. Caso o novo Presidente for o VICE-presidente ou o Corregedor Regional. haverá o rodízio necessariamente entre eles. Vice-Presidência e Corregedoria Regional. ao deixar o cargo. o novo Desembargador (recém-empossado) poderá optar por Turma diferente da que foi designado. o Presidente.com.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . VICE e Corregedor Regional: o Presidente e o Corregedor Regional integrarão. se não for ocupar o cargo de Presidente do Tribunal. respectivamente.pontodosconcursos. a TURMA do Presidente e a do Corregedor Regional eleitos. não retornam às Turmas anteriormente por eles ocupadas. Em virtude do acúmulo de serviço e de funções. e desde que não haja preferência de Desembargador mais antigo. integrará a Turma em que ocorreu a vaga ou a ocupada pelo Membro transferido. o VICE-presidente. a recusa da Presidência. desde que seja realizada 18 www.

Esta foi apenas uma DEMONSTRAÇÃO da forma como será o Curso.pontodosconcursos. curtam alguns exercícios.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES antes da eleição. Se for deflagrado o procedimento eleitoral. Sinceramente. espero que todos tenham sucesso nesta prova que estar por vir em Março de 2011! No aguardo de todos na AULA 1! Fraterno Abraço e até a próxima! Ricardo Gomes Por sua aprovação! 19 Prof. De todo modo. Ricardo Gomes www. é faculdade do Desembargador Federal mais antigo recusar a Presidência da Seção ou da Turma.br . Ademais. não poderá mais recusar ao encargo. desde que seja realizada antes do término do mandato dos Presidentes anteriores. Na Aula 1 em diante é que estudaremos com mais detalhes a Organização do TRF.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . sendo este vencedor. dando continuidade aos pontos do Edital.com.

a Corte Especial é constituída por 18 (dezoito) Desembargadores Federais. As vagas destes 18 Desembargadores da Corte Especial devem ser divididas e providas da seguinte forma: o 9 (nove) vagas . presidida pelo presidente do Tribunal e constituída por (A) dezoito desembargadores federais.Analista Judiciário – Área Judiciária [FCC] – 2006 (ADAPTADA). terá metade de suas vagas providas por antiguidade e metade por eleição 20 www. (E) todos os desembargadores federais.com. constituída de dezoito desembargadores federais e presidida pelo presidente do Tribunal. Ricardo Gomes . A Corte Especial do Tribunal Regional Federal da 1a Região. será integrada pelo corregedorgeral e pelos vinte e dois desembargadores federais que integram o Plenário. sendo também presidida pelo Presidente do Tribunal. destina-se à formulação e implantação das políticas administrativas do Tribunal. será composta por vinte e um juízes federais.metade – providas por antiguidade o 9 (nove) vagas – outra metade – providas por eleição do Plenário (Tribunal Pleno) Art.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 .br Prof. sendo metade deles escolhidos por antiguidade e a outra metade por eleição do Tribunal Pleno. COMENTÁRIOS: O Item A era previa outra redação. Atualmente.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES EXERCÍCIOS COMENTADOS QUESTÃO 1: TRF-1ª REGIÃO . (D) trinta e três ministros eleitos por voto secreto do Plenário. três advogados e três membros do Ministério Público Federal.pontodosconcursos. terá jurisdição em todo o território nacional e sede na Capital Federal. (B) vinte e quatro desembargadores federais. (C) vinte e sete juízes vitalícios. 2 § 2º A Corte Especial. que estava certa de acordo com anterior redação do Regimento.

sendo um terço dentre desembargadores dos Tribunais de Justiça indicados em lista tríplice elaborada pelo Tribunal Regional Federal.pontodosconcursos. RESPOSTA CERTA: LETRA A QUESTÃO 2: TRF-1ª REGIÃO . (C) vinte e cinco desembargadores federais nomeados pelo Presidente do Senado Federal. sendo estes 27 Desembargadores assim distribuídos.br . dentre os quais um terço.com.Analista Judiciário – Execução de Mandados [FCC] . sendo vinte e um entre juízes federais. nos termos de resolução do Conselho Nacional de Justiça. de acordo com a origem: Prof.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . Ricardo Gomes 21 (vinte e um) entre Juízes FEDERAIS (de 1º grau) 3 (três) ADVOGADOS 21 www. COMENTÁRIOS: O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) é composto de 27 (vinte e sete) Juízes vitalícios (Desembargadores Federais) nomeados pelo Presidente da República. (D) vinte e sete juízes vitalícios nomeados pelo Presidente da República. três entre advogados e três entre membros do Ministério Público Federal.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES pelo Tribunal Pleno. sendo um quinto dentre advogados com mais de dez anos de efetiva atividade profissional. em partes iguais. (B) dezoito desembargadores federais. (E) trinta e três juízes vitalícios. entre advogados e membros do Ministério Público Federal.2006. de notável saber jurídico e reputação ilibada. O Tribunal Regional Federal da 1a Região compõe-se de (A) onze ministros nomeados pelo Presidente do Congresso Nacional dentre brasileiros com mais de trinta e cinco e menos de sessenta anos.

. (.4. com + 5 ANOS de exercício Dos 27 Membros do TRF1. sendo vinte e um entre juízes federais. com observância do que preceitua o art. alternadamente. Ricardo Gomes . COMENTÁRIOS: Bagunçada esta questão. compõe-se de vinte e sete juízes vitalícios.dentre Juízes Federais promovidos por antiguidade e merecimento. Art.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 .TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES 3 (três) Membros do Ministério Público Federal (MPF) Esta previsão do Regimento Interno respeita a regra constitucional do art.). enquanto que a Justiça Eleitoral e do Trabalho fazem parte da Justiça Estadual. Advogados e Membros do Ministério Público Federal (MPF): 1/5 (um quinto) – dentre Advogados e Membros do MPF com + de 10 ANOS de efetiva atividade profissional/carreira 4/5 (quatro quintos) . hen? A Justiça COMUM é composta pela: a) Justiça FEDERAL – formada por 5 (cinco) Tribunais Regionais Federais (TRFs) e Juízes Federais 22 www. 3 (três) são oriundos da Advocacia e 3 (três) do MPF. Os outros 4/5 dos Membros equivalem aos 21 (vinte e um) Juízes Federais. que determina parâmetros numéricos/proporcionais da quantidade de Juízes Federais. os quais terão o título de desembargador federal. 1/5 equivale a 5. que foram arredondados para 6 (seis). RESPOSTA CERTA: LETRA D QUESTÃO 3 (RITRF1): A Justiça Federal faz parte da Justiça Comum. três entre advogados e três entre membros do Ministério Público Federal. nomeados pelo presidente da República.pontodosconcursos..com. 107 da Constituição Federal. 1º O Tribunal Regional Federal da 1ª Região. 107 da CF-88. Dos 6.br Prof.

em 2º Grau/ 2ª Instância.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . Ricardo Gomes www. pelos Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) e por Juízes do Trabalho. os Juízes Federais e o Conselho da Justiça Federal. Tribunais de Justiça Militar Estadual e Conselho de Justiça Militar. pelos Tribunais Militares da União (a serem criados). A Justiça Eleitoral e do Trabalho fazem parte da Justiça Especial (Especializada) e não da Justiça Estadual. b) Juízes Federais – em 1º grau/1ª instância. são órgãos da Justiça Federal os Tribunais Regionais Federais. CF-88 23 Prof. b) Justiça ESTADUAL – formada por 27 (vinte e sete) Tribunais de Justiça dos Estados (1 por Estado).pontodosconcursos. A Justiça ESPECIAL (Especializada) é composta pela: a) Justiça ELEITORAL – formada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). b) Justiça do TRABALHO – formada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). RESPOSTA CERTA: LETRA E QUESTÃO 4 (RITRF1): Segundo a Constituição Federal. COMENTÁRIOS: A Justiça FEDERAL brasileira hoje é formada pelos: a) Tribunais Regionais Federais (TRFs) . c) Justiça MILITAR – formada pelo Superior Tribunal Militar (STM). por 27 (vinte e sete) Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) em cada Estado. por Juízes Eleitorais e Juntas Eleitorais.br . Auditorias Militares.com.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES respectivos.

sendo vinte e um entre juízes federais.os Juízes Federais. com sede na Capital Federal e jurisdição no Distrito Federal e nos Estados do Acre. os quais terão o título de desembargador federal. 106. do Amazonas. RESPOSTA CERTA: LETRA E 24 Prof. de Rondônia. de Mato Grosso. Ricardo Gomes www. da Bahia.os Tribunais Regionais Federais (TRFs). Art. nomeados pelo presidente da República. mas sua jurisdição não se limita ao DF.pontodosconcursos. de Roraima e do Tocantins. de Goiás. do Piauí.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . do Pará. RESPOSTA CERTA: LETRA E QUESTÃO 5 (RITRF1): A sede do Tribunal Regional Federal da 1ª Região é em Brasília/DF e sua jurisdição estende-se exclusivamente a todo o Distrito Federal. abrangendo os Estados listados no Regimento. COMENTÁRIOS: A sede do TRF da 1ª é em Brasília/DF (na capital federal). do Maranhão. do Amapá. São órgãos da Justiça Federal: I .TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES Art. O Conselho da Justiça Federal não é órgão jurisdicional da Justiça Federal. de Minas Gerais. compõe-se de vinte e sete juízes vitalícios.br . II . com observância do que preceitua o art. três entre advogados e três entre membros do Ministério Público Federal. 1º O Tribunal Regional Federal da 1ª Região.com. por isso não previsto no rol da CF-88 e no Regimento Interno. 107 da Constituição Federal.

somente não podem ser menos de 7 (sete).REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . existe apenas um piso mínimo do número de Membros dos Tribunais Regionais Federais. 7 (sete) Juízes Vitalícios. Os Tribunais Regionais Federais compõem-se de. os Juízes Federais precisam ter apenas 5 ANOS de exercício! 25 Prof. que pertence à 3ª Região) com idade entre 30 e 65 ANOS. sendo: RESPOSTA CERTA: LETRA E QUESTÃO 7 (RITRF1): Comporão o Tribunal Regional Federal 3 (três) Advogados com mais de 10 (dez) anos de atividade profissional e 3 (três) Membros do Ministério Público Federal com mais de 5 (cinco) anos de carreira. pelo menos. no mínimo. os Tribunais Regionais Federais serão compostos com. 107. sete juízes. COMENTÁRIOS: Os prazos estão corretos. Assim. CF-88 Art. no mínimo. recrutados.com. 7 (sete) Juízes vitalícios nomeados pelo Presidente da República. os Desembargadores serão recrutados na respectiva região (ex: 1ª Região – de preferência.br . A CF-88 prevê que os Advogados e Membros do MPF devem ter + 10 ANOS de atividade profissional ou de carreira.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES QUESTÃO 6 (RITRF1): Por força de determinação constitucional. com idade entre 35 (trinta e cinco) e 70 (setenta) anos.pontodosconcursos. Ricardo Gomes www. Se possível (não necessariamente). COMENTÁRIOS: A Constituição determina que os Tribunais Regionais Federais (TRFs) serão compostos por. quando possível. Desembargador não será convocado do Estado de São Paulo. na respectiva região e nomeados pelo Presidente da República dentre brasileiros com mais de trinta e menos de sessenta e cinco anos. Por outro lado. recrutados necessariamente na respectiva região. isto é.

Art. mediante promoção de juízes federais com mais de cinco anos de exercício. quando possível. sendo presidido pelo Presidente do Tribunal. Ricardo Gomes www. RESPOSTA CERTA: LETRA C QUESTÃO 8 (RITRF1): O Plenário do Tribunal Regional Federal será composto de 2/3 dos Membros dos seus membros presentes na sessão. constituído da totalidade dos desembargadores federais. na respectiva região e nomeados pelo Presidente da República dentre brasileiros com mais de trinta e menos de sessenta e cinco anos.um quinto dentre advogados com mais de dez anos de efetiva atividade profissional e membros do Ministério Público Federal com mais de dez anos de carreira. COMENTÁRIOS: O PLENÁRIO do TRF1 é composto de TODOS Desembargadores Federais da Corte (totalidade dos Membros: Desembargadores). 107. recrutados. alternadamente. Os Tribunais Regionais Federais compõem-se de. sete juízes.os demais. é presidido pelo presidente do Tribunal.pontodosconcursos. no mínimo. 2º § 1º O Plenário.com. por antigüidade e merecimento.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES CF-88 Art.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . os 27 RESPOSTA CERTA: LETRA E QUESTÃO 9 (RITRF1): 26 Prof.br . sendo presidido pelo Presidente do Tribunal. II . sendo: I .

constituída cada uma de três desembargadores federais. etc). sendo cada uma delas integrada por 2 (duas) TURMAS. 3º Há. COMENTÁRIOS: As Seções e Turmas são órgãos jurisdicionais colegiados do Tribunal fracionados. a 4ª Seção. Ricardo Gomes . Art. quatro seções. A 1ª e a 2ª Turmas compõem a 1ª Seção. a 2ª Seção. com a finalidade de redistribuir a jurisdição do Tribunal e conferir maior celeridade no julgamento dos feitos (processos). Cível. quatro seções. sendo 4 (quatro) Turmas e 8 (oito) Seções. RESPOSTA CERTA: LETRA E QUESTÃO 10 (RITRF1): As Turmas são compostas por 3 (três) Desembargadores. a 3ª e a 4ª Turmas. Art. integrada cada uma 27 www. isto é. 3º Há. a 7ª e a 8ª Turmas. sendo realizado rodízio a cada 2 (dois) anos de mandato.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES O Tribunal Regional Federal é composto de Turmas e Seções. são órgãos resultados de fracionamento/divisão das competências dos Membros da Corte em pequenos grupos. conforme áreas/matérias de especialização de cada uma.pontodosconcursos. Cada Turma é composta por 2 (duas) Seções especializadas. Isto porque as turmas são divididas conforme áreas específicas (ex: Penal. § 1º O Tribunal tem oito turmas. a 5ª e a 6ª Turmas.com. no Tribunal. O TRF da 1ª Região é composto por 4 (quatro) SEÇÕES. no Tribunal. integrada cada uma pelos componentes das turmas da respectiva área de especialização. O presidência da Turma ficará a cargo do Desembargador mais ANTIGO entre os 3 membros. sendo considerado o Presidente o Desembargador mais antigo entre os membros.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . mas será em sistema de rodízio. COMENTÁRIOS: Cada TURMA é composta por 3 (três) Desembargadores Federais.br Prof. pelo prazo de 2 (dois) ANOS. a 3ª Seção.

pontodosconcursos. Contudo. a 4ª Seção. RESPOSTA CERTA: LETRA C 28 Prof.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . haverá o rodízio necessariamente entre eles. se nenhum dos 3 membros da Turma contarem com exercício de 2 ANOS ou mais. enquanto nesta condição. obedecendo-se à ordem de antiguidade no órgão fracionário. obedecendo-se à ordem de antiguidade no órgão fracionário.br . COMENTÁRIOS: Não participará do rodízio na presidência da Turma aquele Membro que não contar com 2 ANOS de exercício no cargo de Desembargador Federal. das turmas da respectiva área de § 1º O Tribunal tem oito turmas.com. salvo se nenhum dos componentes do colegiado preencher tal requisito. em sistema de rodízio. a 2ª Seção. Art. desde que conte com pelo menos dois anos de exercício no cargo. A 1ª e a 2ª Turmas compõem a 1ª Seção.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES pelos componentes especialização. § 2º As seções e as turmas serão presididas pelo Desembargador federal mais antigo entre seus membros.. a 7ª e a 8ª Turmas. constituída cada uma de três desembargadores federais. pelo prazo de dois anos. (. a 3ª e a 4ª Turmas. a 3ª Seção.. a 5ª e a 6ª Turmas. 3 § 2º As seções e as turmas serão presididas pelo Desembargador federal mais antigo entre seus membros. em sistema de rodízio. Ricardo Gomes www. pelo prazo de dois anos.) RESPOSTA CERTA: LETRA C QUESTÃO 11 (RITRF1): Se a Turma for composta por 2 (dois) membros que possuem mais de 2 (dois) anos de exercício no cargo. o 3º (terceiro) membro da Turma não poderá participar do rodízio da presidência.

deixa automaticamente de integrar Seção ou Turma.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . em virtude do acúmulo de serviço e de funções. observando-se o seguinte: I – o presidente e o corregedor regional integrarão. No entanto. RESPOSTA CERTA: LETRA E 29 Prof. § 4º O presidente. o Vice-Presidente e o Corregedor Regional NÃO integram SEÇÃO ou TURMA! Regras para o retorno às Turmas por parte do Presidente. o vice-presidente e o corregedor regional.com. este retornará à Turma em que por último exerceu suas funções. quando vagar o cargo de Presidente. a turma do presidente e a do corregedor regional eleitos. Assim.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES QUESTÃO 12 (RITRF1): Quando o Presidente assume a função de Presidência.pontodosconcursos. Art. o Presidente. VICE e Corregedor Regional: o Presidente e o Corregedor Regional integrarão.br . retornam à turma. o vice-presidente e o corregedor regional não integram seção ou turma. respectivamente. 3 § 3º O presidente. não retornam às Turmas anteriormente por eles ocupadas. respectivamente. ao deixarem seus cargos. COMENTÁRIOS: De fato. a TURMA do Presidente e a do Corregedor Regional eleitos. Ricardo Gomes www.

Ricardo Gomes 21 (vinte e um) entre Juízes FEDERAIS (de 1º grau) 30 www. pelos Tribunais Militares da União (a serem criados).pontodosconcursos. por Juízes Eleitorais e Juntas Eleitorais. O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) é composto de 27 (vinte e sete) Juízes vitalícios (Desembargadores Federais) nomeados pelo Presidente da República.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 .br . a Justiça ESPECIAL (Especializada) é composta pela: a) Justiça ELEITORAL – formada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). sendo estes 27 Desembargadores assim distribuídos. por 27 (vinte e sete) Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) em cada Estado. A Justiça FEDERAL brasileira hoje é formada pelos: a) Tribunais Regionais Federais (TRFs) .TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES RESUMO DA AULA A Justiça COMUM é composta pela: a) Justiça FEDERAL – formada por 5 (cinco) Tribunais Regionais Federais (TRFs) e Juízes Federais respectivos. b) Justiça ESTADUAL – formada por 27 (vinte e sete) Tribunais de Justiça dos Estados (1 por Estado). Tribunais de Justiça Militar Estadual e Conselho de Justiça Militar. b) Juízes Federais – em 1º grau/1ª instância. b) Justiça do TRABALHO – formada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). c) Justiça MILITAR – formada pelo Superior Tribunal Militar (STM). de acordo com a origem: Prof.em 2º Grau/ 2ª Instância.com. pelos Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) e por Juízes do Trabalho. Por sua vez. Auditorias Militares.

dentre Juízes Federais promovidos por antiguidade e merecimento.br . alternadamente. sendo cada uma delas integrada por 2 (duas) TURMAS. sendo também presidida pelo Presidente do Tribunal. 4) Turmas Especializadas. As vagas destes 18 Desembargadores da Corte Especial devem ser divididas e providas da seguinte forma: o 9 (nove) vagas . com + 5 ANOS de exercício O Regimento do TRF1 preleciona que o Tribunal funcionará com os 4 (quatro) órgãos jurisdicionais colegiados listados abaixo: 1) Plenário. Ricardo Gomes www. 3) Seções Especializadas. Isto porque as turmas são divididas conforme áreas específicas (ex: Penal.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . que determina parâmetros numéricos/proporcionais da quantidade de Juízes Federais. As Turmas e Seções da Corte são organizadas nos seguintes termos: 31 Prof. 2) Corte Especial.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES 3 (três) ADVOGADOS 3 (três) Membros do Ministério Público Federal (MPF) Esta previsão do Regimento Interno respeita a regra constitucional do art. Advogados e Membros do Ministério Público Federal (MPF): 1/5 (um quinto) – dentre Advogados e Membros do MPF com + de 10 ANOS de efetiva atividade profissional/carreira 4/5 (quatro quintos) . Cível. etc).com. conforme áreas/matérias de especialização de cada uma.metade – providas por antiguidade o 9 (nove) vagas – outra metade – providas por eleição do Plenário (Tribunal Pleno) O TRF da 1ª Região é composto por 4 (quatro) SEÇÕES. 107 da CF-88. A Corte Especial é constituída por 18 (dezoito) Desembargadores Federais.pontodosconcursos.

com. O presidência da Turma ficará a cargo do Desembargador mais ANTIGO entre os 3 membros. mas será em sistema de rodízio.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES 1ª TURMA 2ª TURMA 3ª TURMA 4ª TURMA 5ª TURMA 6ª TURMA 7ª TURMA 8ª TURMA 1ª SEÇÃO 2ª SEÇÃO 3ª SEÇÃO 4ª SEÇÃO Cada TURMA é composta por 3 (três) Desembargadores Federais.pontodosconcursos.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . Ricardo Gomes www. pelo prazo de 2 (dois) ANOS. 32 Prof.br .

presidida pelo presidente do Tribunal e constituída por (A) dezoito desembargadores federais.2006.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES EXERCÍCIOS com Gabarito Obs: listo os exercícios sem comentários para aqueles que desejam imprimir e/ou testar seus conhecimentos sem os comentários. terá jurisdição em todo o território nacional e sede na Capital Federal. (B) vinte e quatro desembargadores federais. (C) vinte e sete juízes vitalícios.Analista Judiciário – Execução de Mandados [FCC] . Ricardo Gomes www. QUESTÃO 1: TRF-1ª REGIÃO . (B) dezoito desembargadores federais. de notável saber jurídico e reputação ilibada. O Tribunal Regional Federal da 1a Região compõe-se de (A) onze ministros nomeados pelo Presidente do Congresso Nacional dentre brasileiros com mais de trinta e cinco e menos de sessenta anos. (E) todos os desembargadores federais.br . dentre os quais um terço. em partes iguais. será composta por vinte e um juízes federais. (C) vinte e cinco desembargadores federais nomeados pelo Presidente do Senado Federal. 33 Prof. três advogados e três membros do Ministério Público Federal. sendo um quinto dentre advogados com mais de dez anos de efetiva atividade profissional.com. entre advogados e membros do Ministério Público Federal. QUESTÃO 2: TRF-1ª REGIÃO .pontodosconcursos. A Corte Especial do Tribunal Regional Federal da 1a Região. sendo metade deles escolhidos por antiguidade e a outra metade por eleição do Tribunal Pleno. (D) trinta e três ministros eleitos por voto secreto do Plenário. será integrada pelo corregedorgeral e pelos vinte e dois desembargadores federais que integram o Plenário.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . destina-se à formulação e implantação das políticas administrativas do Tribunal.Analista Judiciário – Área Judiciária [FCC] – 2006 (ADAPTADA).

pelo menos. são órgãos da Justiça Federal os Tribunais Regionais Federais.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . recrutados necessariamente na respectiva região. sendo um terço dentre desembargadores dos Tribunais de Justiça indicados em lista tríplice elaborada pelo Tribunal Regional Federal. enquanto que a Justiça Eleitoral e do Trabalho fazem parte da Justiça Estadual. os Juízes Federais e o Conselho da Justiça Federal. QUESTÃO 8 (RITRF1): O Plenário do Tribunal Regional Federal será composto de 2/3 dos Membros dos seus membros presentes na sessão. QUESTÃO 7 (RITRF1): Comporão o Tribunal Regional Federal 3 (três) Advogados com mais de 10 (dez) anos de atividade profissional e 3 (três) Membros do Ministério Público Federal com mais de 5 (cinco) anos de carreira. Cada Turma é composta por 2 (duas) Seções 34 www. QUESTÃO 4 (RITRF1): Segundo a Constituição Federal.pontodosconcursos. sendo 4 (quatro) Turmas e 8 (oito) Seções. QUESTÃO 6 (RITRF1): Por força de determinação constitucional. QUESTÃO 9 (RITRF1): O Tribunal Regional Federal é composto de Turmas e Seções. sendo vinte e um entre juízes federais. 7 (sete) Juízes vitalícios nomeados pelo Presidente da República.br Prof. três entre advogados e três entre membros do Ministério Público Federal.com. Ricardo Gomes . QUESTÃO 3 (RITRF1): A Justiça Federal faz parte da Justiça Comum. com idade entre 35 (trinta e cinco) e 70 (setenta) anos. os Tribunais Regionais Federais serão compostos com. QUESTÃO 5 (RITRF1): A sede do Tribunal Regional Federal da 1ª Região é em Brasília/DF e sua jurisdição estende-se exclusivamente a todo o Distrito Federal. sendo presidido pelo Presidente do Tribunal. (E) trinta e três juízes vitalícios.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES (D) vinte e sete juízes vitalícios nomeados pelo Presidente da República.

No entanto.br . o 3º (terceiro) membro da Turma não poderá participar do rodízio da presidência. este retornará à Turma em que por último exerceu suas funções. QUESTÃO 10 (RITRF1): As Turmas são compostas por 3 (três) Desembargadores.pontodosconcursos.REGIMENTO INTERNO DO TRF1 . enquanto nesta condição. sendo considerado o Presidente o Desembargador mais antigo entre os membros. QUESTÃO 12 (RITRF1): Quando o Presidente assume a função de Presidência. Ricardo Gomes www. sendo realizado rodízio a cada 2 (dois) anos de mandato. QUESTÃO 11 (RITRF1): Se a Turma for composta por 2 (dois) membros que possuem mais de 2 (dois) anos de exercício no cargo. quando vagar o cargo de Presidente.com. deixa automaticamente de integrar Seção ou Turma.TEORIA E EXERCÍCIOS ANALISTA JUDICÁRIO – ÁREA JUDICIÁRIA E EXECUÇÃO DE MANDADOS AULA DEMONSTRATIVA PROFESSOR: RICARDO GOMES especializadas. GABARITOS OFICIAIS 1 A 11 C 2 D 12 E 3 E 4 E 5 E 6 E 7 C 8 E 9 E 10 C 35 Prof.