Você está na página 1de 8
6. Apelação Criminal Conforme a previsão do art. 593, do Código de Processo Penal, caberá

6. Apelação Criminal

Conforme a previsão do art. 593, do Código de Processo Penal, caberá apelação das sentenças de condenação e absolvição, das sentenças definitivas ou com força de definitivas, todas proferidas por juiz singular e das decisões do Tribunal do Júri. Ressalta-se que a apelação é um recurso residual, ou seja, caberá nos casos em que não houver previsão expressa de utilização do recurso em sentido estrito. No âmbito dos Juizados Especiais Criminais caberá apelação contra a decisão de rejeição da denúncia ou queixa e a sentença, que será julgada por turma composta de três Juízes em exercício no primeiro grau de jurisdição, reunidos na sede do Juizado (art. 82, da Lei 9.099/1995).

Obs.1:Verificar se a apelação já foi, ou não, interposta. Caso não tenha sido, o candidato deverá elaborar a peça de interposição e as razões recursais. Na hipótese da apelação já ter sido interposta, bastará elaborar as razões recursais.

Obs.2: Quando necessária a interposição da apelação, o prazo será de 5 dias (art.593 do CPP), devendo ser razões apresentadas na mesma data.

Obs.3: Se as razões forem apresentadas separadamente, o prazo será de 8 dias (art.600 do CPP), contados da intimação para apresentação das razões recursais.

Obs.4: Atentar-se para os casos de apelação nos Juizados Especiais Criminais, em que a interposição ocorrerá no prazo de 10 (dez) dias, devendo ser ofertada em conjunto com as razões do pedido de reforma (art. 82, §1º, da Lei n.º 9.099/1995)

Petição de interposição

1. Endereçamento: Verifique na proposta de peça qual autoridade judicial proferiu a

sentença, ou, na a ausência de indicação, qual seria a autoridade competente para

propositura da ação penal, pois a interposição deve ser endereçada para o juiz a quo.

a) Justiça Estadual:

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA _ VARA

CRIMINAL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA

DE CURITIBA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA CRIMINAL DO FORO REGIONAL DE ALMIRANTE TAMANDARÉ DA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA

CRIMINAL DO FORO REGIONAL DE ALMIRANTE TAMANDARÉ DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA

VARA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA

CRIMINAL DA CIRCUNSCRIÇÃO ESPECIAL JUDICIÁRIA DE BRASÍLIA/DF.

VARA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ PRESIDENTE DO TRIBUNAL DO JÚRI DA CIRCUNSCRIÇÃO ESPECIAL JUDICIÁRIA DE BRASÍLIA-DF.

b) Justiça Federal:

VARA

FEDERAL CRIMINAL DA SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE CURITIBA– SEÇÃO

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL DA

JUDICIÁRIA DO ESTADO DO PARANÁ

2. Qualificação resumida: logo abaixo do endereçamento, à esquerda, mencione as informações básicas do processo (número dos autos, acusação e acusado).

01

linha

 

Autos nº

Acusação:

Acusado:

01

linha

3. Qualificação do acusado: Como o acusado já foi qualificado no processo, mencione apenas seu nome completo:

FULANO DE TAL, já qualificado nos autos em epígrafe, por intermédio de seu advogado que

FULANO

DE

TAL,

já qualificado nos

autos

em

epígrafe, por intermédio de seu advogado que ao final

assina, vem perante Vossa Excelência( )

Obs. 1: Verificar se já houve informação sobre juntada de procuração nos autos ou constituição de advogado. Caso contrário, deve-se fazer menção à “procuração em anexo” e qualificar o advogado.

Obs. 2: Na ausência de dados na prova da OAB, estes não devem ser inventados sob pena de identificação da prova.

Obs. 3: Jamais abreviar nomes e dados.

4. Peça e fundamento jurídico: Para identificação da peça, lance mão da linha

processual do tempo ministrada em aula. Coloque o nome de peça processual em caixa

alta e fundamente-a com o artigo correspondente - art. 593 (I, II ou III) do Código de

Processo Penal ou art. 82, da Lei n.º 9.099/1995:

de

Processo Penal, RECURSO DE APELAÇÃO CRIMINAL, requerendo

seja a presente recebida e encaminhada ao juízo “ad quem”,

para processamento e julgamento.

)interpor, (

com

fulcro

no

art. 593,

I

do Código

9. Encerramento: A peça processual deve ser encerrada com i- pedido de deferimento;

ii- local em que foi elaborada a peça e data ii- nome do advogado, inscrição na OAB e

assinatura.

Nestes Termos

Pede Deferimento

Cidade, (dia), de (mês), de (ano)

Advogado

Obs. 1: A cidade deve ser a mesma do escritório do advogado trazido na proposta

Obs. 1: A cidade deve ser a mesma do escritório do advogado trazido na proposta de peça. Na ausência desse dado, coloque a cidade da realização da prova da OAB.

Obs. 2: A data deve corresponder ao último dia do prazo hábil para apresentação da peça processual. O prazo para interposição da apelação é de 5 dias (art.593 do CPP).

Obs. 3: Não assine a prova, sob pena de identificá-la. Indique com as palavras “assinatura do advogado” a existência desse dado.

Razões de Apelação

1. Endereçamento: Verifique na proposta de peça qual autoridade judicial proferiu a

sentença, ou, na a ausência de indicação, qual seria a autoridade competente para

propositura da ação penal, segundo as regras gerais de competência do Código de

Processo Penal. Identificado o juiz a quo, enderece para respectivo tribunal competente:

a) Justiça Estadual:

EGRÉGIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ

COLENDA CÂMARA CRIMINAL

EMINENTES DESEMBARGADORES

EGRÉGIO TRIBUNAL DE

TERRITÓRIOS

JUSTIÇA

COLENDA CÂMARA CRIMINAL

EMINENTES DESEMBARGADORES

b) Justiça Federal:

DO DISTRITO

FEDERAL

E

EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4 A REGIÃO

COLENDA TURMA

EMINENTES DESEMBARGADORES FEDERAIS

2. Qualificação resumida : logo abaixo do endereçamento, à esquerda, mencione as informações básicas do

2. Qualificação resumida: logo abaixo do endereçamento, à esquerda, mencione as

informações básicas do processo (número dos autos, apelante e apelado).

01

linha

 

Autos de origem nº

Apelante:

Apelado:

01

linha

3. Qualificação do acusado: Como o acusado já foi qualificado no processo, mencione

apenas seu nome completo e a qualificação do advogado:

em

epígrafe, vem perante Vossa Excelência, por intermédio de

seu advogado que ao final assina,(

FULANO

DE

TAL,

já qualificado

)

nos autos

Obs. 1: Na hipótese das razões serem o primeiro momento em que o advogado atua em prol do acusado, deve ser ele qualificado.

Obs. 2: Verificar se já houve informação sobre juntada de procuração nos autos ou constituição de advogado. Caso contrário, deve-se fazer menção à “procuração em anexo”.

Obs. 3: Na ausência de dados na prova da OAB, estes não devem ser inventados, sob pena de identificação da prova. Devem ser substituídos pelo seu gênero respectivo (Ex:

João da Silva, nacionalidade, solteiro, etc.).

Obs. 3: Jamais abreviar nomes e dados.

4. Peça e fundamento jurídico: Para identificação da peça, lance mão da linha

processual do tempo ministrada em aula. Coloque o nome de peça processual em caixa

alta e fundamente-a com o artigo correspondente:

)apresentar, ( com fulcro no art. 600 do Código de Processo Penal as presentes RAZÕES

)apresentar, (

com fulcro

no

art.

600

do Código

de

Processo Penal as presentes RAZÕES DE APELAÇÃO CRIMINAL,

pelos motivos de fato e de direito adiante expostos:

5. Síntese fática-processual: Em todas as peças da OAB, é necessário relatar,

sinteticamente, os fatos. Não se trata de mera transcrição do problema, mas verdadeiro

resumo do acontecido. Deve-se narrar os fatos de maneira clara, lógica e concisa,

seguindo a ordem lógica de introdução, desenvolvimento e conclusão.

No dia (

),

o réu foi preso sob a alegação de

O Ministério

A denúncia

instrução foram ouvidas

ter infringido o Código Penal no seu art (

Público, em sua peça acusatória, sustenta que

foi recebida em

Na

fase

De

testemunhas, interrogando-se o réu ao final

Em

suas

alegações finais, o Ministério Público alegou que

já a

defesa sustentou que

que ( )

Na sentença, o juiz a quo entendeu

Obs. 1: Na prova da OAB não devem ser inventados fatos, sob pena de anulação da prova decorrente de identificação.

Obs. 2: Ao redigir a peça, fazer remissão aos documentos mencionados na proposta que comprovem os fatos alegados.

6. Preliminares:

As teses de defesa devem ser divididas em preliminares e mérito.

As matérias preliminares antecedem a análise do mérito do caso penal e são

divididas em:

A- Prejudiciais de Mérito - As prejudiciais mais comuns são prescrição e decadência . B-

A- Prejudiciais de Mérito- As prejudiciais mais comuns são prescrição e decadência. B- Nulidades- As nulidades são matérias relativas aos descumprimento de regras processuais.

Obs.: Terminada a discussão das preliminares, fazer ligação com o mérito da seguinte forma:

Caso não seja este o entendimento de Vossas Excelências, e em sendo superadas as preliminares (prejudiciais de mérito e/ou Nulidades), em homenagem ao princípio da eventualidade, passa-se a demonstrar que igualmente quanto ao mérito a absolvição é medida

que se impõe:”

7. Mérito: O mérito consiste na análise das provas produzidas ao longo do processo e a

aplicação da teoria do crime para cada um dos crimes imputados na denúncia.

8. Dosimetria da pena: Na apelação é o momento oportuno para questionar a fixação da

pena. Assim, deve ser requerido para que, em sendo mantida a condenação, a pena seja

fixada no mínimo legal, de acordo com os elementos constantes do problema Também devem ser mencionadas todas as atenuantes e causas de diminuição da pena aplicáveis ao caso proposto.

9. Dos requerimentos: O requerimento não pode ser genérico, isto é, para cada tese de defesa deve haver um pedido em separado.

Diante do exposto, requer:

1. seja o presente recurso conhecido, haja vista estarem presentes os requisitos objetivos e subjetivos; 2. seja dado provimento, a fim de que:

2.1) Preliminarmente:

a) Se reconheça a prescrição quanto ao crime de

e, assim, declarada extinta a punibilidade, nos termos do inciso IV, art.107; b) Se declare

e, assim, declarada extinta a punibilidade, nos termos do

inciso IV, art.107;

b) Se declare a nulidade do processo

este o entendimento de Vossas

Excelências, no mérito, requer que seja dado provimento ao

para o

fim de:

recurso para reformar a decisão das folhas (

2.2)

Não sendo

),

9. Encerramento: A peça processual deve ser encerrada com i- pedido de deferimento;

ii- local em que foi elaborada a peça e data ii- nome do advogado, inscrição na OAB e

assinatura.

Nestes Termos

Pede Deferimento

Cidade, (dia), de (mês), de (ano)

Advogado

Obs. 1: A cidade deve ser a mesma do escritório do advogado trazido na proposta de peça. Na ausência desse dado, coloque a cidade da realização da prova da OAB.

Obs. 2: A data deve corresponder ao último dia do prazo hábil para apresentação da peça processual. O prazo para apresentação das razões de apelação é de 8 dias (art.600 do CPP).

Obs. 3: Quando for necessário interpor a apelação e apresentar suas razões, o prazo de cada uma das peças deverá ser o mesmo, qual seja, o da interposição (5 dias, nos termos do art.593 do CPP).

Obs. 4: Não assine a prova, sob pena de identificá-la. Indique com a palavra “advogado”.

Para cada tese de defesa – seja nas preliminares no mérito ou na dosimetria da pena-

abrir um tópico próprio, titulando-o, se possível, com a tese e a sua conclusão.